A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democratico Capa ilustrativa

Tempo Comprado - a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Wolfgang Streeck

O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão entre democracia e capitalismo ao longo de mais de quatro décadas e como ela rebate nos conflitos entre os Estados, os governos, os eleitores e os interesses do capital. Embasada em ampla pesquisa de dados econômicos (representada por dezenas de gráficos), a séria investigação que se apresenta ao leitor não tem nada da frieza que se espera nessa seara; ao contrário, trata-se de um texto direto e com tiradas irônicas. O resultado é uma combinação rara e impactante da análise de tendências estruturais do capitalismo e a correlação de forças sociais, políticas e culturais. Fechar Ler mais

O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão entre democracia e capitalismo ao longo de mais de quatro décadas e como ela rebate nos conflitos entre os Estados, os governos, os eleitores e os interesses do capital. Embasada em ampla pesquisa de dados econômicos (representada por dezenas de gráficos), a séria investigação que se apresenta ao leitor não tem nada da frieza que se espera nessa seara; ao contrário, trata-se de um texto direto e com tiradas irônicas. O resultado é uma combinação rara e impactante da análise de tendências estruturais do capitalismo e a correlação de forças sociais, políticas e culturais. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democratico

32 livros novos e 3 livros usados em 12 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democratico

Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democratico

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
94% Positivas
261 qualificações
R$ 35,00 + frete R$ 9,10

Total: R$ 44,10

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão

Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democratico

Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democratico

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
94% Positivas
261 qualificações
R$ 35,00 + frete R$ 9,10

Total: R$ 44,10

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão

Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democratico

Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democratico

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
94% Positivas
261 qualificações
R$ 35,00 + frete R$ 9,10

Total: R$ 44,10

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão

Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Andorra Livros Andorra Livros SP - São Paulo
100% Positivas
52 qualificações
R$ 35,00 + frete R$ 9,63

Total: R$ 44,63

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO - sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt. 2459

Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Andorra Livros Andorra Livros SP - São Paulo
100% Positivas
52 qualificações
R$ 35,00 + frete R$ 9,63

Total: R$ 44,63

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO - sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt. 2461

Tempo Comprado : A crise adiada do capitalismo democrático Capa ilustrativa

Tempo Comprado : A crise adiada do capitalismo democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
98% Positivas
1470 qualificações
R$ 35,25 + frete R$ 9,63

Total: R$ 44,88

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, cm, 240 págs. Sinopse: O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão entre democracia e capitalismo ao longo de mais de quatro décadas e como ela rebate nos conflitos entre os Estados, os governos, os eleitores e os interesses do capital. Embasada em ampla pesquisa de dados econômicos (representada por dezenas de gráficos), a séria investigação que se apresenta ao leitor não tem nada da frieza que se espera nessa seara; ao contrário, trata-se de um texto direto e com tiradas irônicas. O resultado é uma combinação rara e impactante da análise de tendências estruturais do capitalismo e a correlação de forças sociais, políticas e culturais.

Tempo Comprado : A crise adiada do capitalismo democrático Capa ilustrativa

Tempo Comprado : A crise adiada do capitalismo democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
98% Positivas
1470 qualificações
R$ 35,25 + frete R$ 9,63

Total: R$ 44,88

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, cm, 240 págs. Sinopse: O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão entre democracia e capitalismo ao longo de mais de quatro décadas e como ela rebate nos conflitos entre os Estados, os governos, os eleitores e os interesses do capital. Embasada em ampla pesquisa de dados econômicos (representada por dezenas de gráficos), a séria investigação que se apresenta ao leitor não tem nada da frieza que se espera nessa seara; ao contrário, trata-se de um texto direto e com tiradas irônicas. O resultado é uma combinação rara e impactante da análise de tendências estruturais do capitalismo e a correlação de forças sociais, políticas e culturais.

Tempo Comprado : A crise adiada do capitalismo democrático Capa ilustrativa

Tempo Comprado : A crise adiada do capitalismo democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
98% Positivas
1470 qualificações
R$ 35,25 + frete R$ 9,63

Total: R$ 44,88

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, cm, 240 págs. Sinopse: O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão entre democracia e capitalismo ao longo de mais de quatro décadas e como ela rebate nos conflitos entre os Estados, os governos, os eleitores e os interesses do capital. Embasada em ampla pesquisa de dados econômicos (representada por dezenas de gráficos), a séria investigação que se apresenta ao leitor não tem nada da frieza que se espera nessa seara; ao contrário, trata-se de um texto direto e com tiradas irônicas. O resultado é uma combinação rara e impactante da análise de tendências estruturais do capitalismo e a correlação de forças sociais, políticas e culturais.

Tempo Comprado : A crise adiada do capitalismo democrático Capa ilustrativa

Tempo Comprado : A crise adiada do capitalismo democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
98% Positivas
1470 qualificações
R$ 35,25 + frete R$ 9,63

Total: R$ 44,88

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, cm, 240 págs. Sinopse: O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão entre democracia e capitalismo ao longo de mais de quatro décadas e como ela rebate nos conflitos entre os Estados, os governos, os eleitores e os interesses do capital. Embasada em ampla pesquisa de dados econômicos (representada por dezenas de gráficos), a séria investigação que se apresenta ao leitor não tem nada da frieza que se espera nessa seara; ao contrário, trata-se de um texto direto e com tiradas irônicas. O resultado é uma combinação rara e impactante da análise de tendências estruturais do capitalismo e a correlação de forças sociais, políticas e culturais.

Tempo Comprado : A crise adiada do capitalismo democrático Capa ilustrativa

Tempo Comprado : A crise adiada do capitalismo democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
98% Positivas
1470 qualificações
R$ 35,25 + frete R$ 9,63

Total: R$ 44,88

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, cm, 240 págs. Sinopse: O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão entre democracia e capitalismo ao longo de mais de quatro décadas e como ela rebate nos conflitos entre os Estados, os governos, os eleitores e os interesses do capital. Embasada em ampla pesquisa de dados econômicos (representada por dezenas de gráficos), a séria investigação que se apresenta ao leitor não tem nada da frieza que se espera nessa seara; ao contrário, trata-se de um texto direto e com tiradas irônicas. O resultado é uma combinação rara e impactante da análise de tendências estruturais do capitalismo e a correlação de forças sociais, políticas e culturais.

Tempo Comprado - a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado - a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
96% Positivas
227 qualificações
R$ 35,50 + frete R$ 9,63

Total: R$ 45,13

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensã

Tempo Comprado - a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado - a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
96% Positivas
227 qualificações
R$ 35,50 + frete R$ 9,63

Total: R$ 45,13

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensã

Tempo Comprado - a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado - a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
96% Positivas
227 qualificações
R$ 35,50 + frete R$ 9,63

Total: R$ 45,13

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensã

Tempo Comprado - a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado - a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
96% Positivas
227 qualificações
R$ 35,50 + frete R$ 9,63

Total: R$ 45,13

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensã

Tempo Comprado - a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado - a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
96% Positivas
227 qualificações
R$ 35,50 + frete R$ 9,63

Total: R$ 45,13

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensã

Tempo Comprado - a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado - a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
96% Positivas
227 qualificações
R$ 35,50 + frete R$ 9,63

Total: R$ 45,13

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensã

Tempo Comprado: a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado: a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo Editorial

Tipo: novo

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
96% Positivas
980 qualificações
R$ 37,50 + frete R$ 8,53

Total: R$ 46,03

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão entre democracia e capitalismo ao longo de mais de quatro décadas e como ela rebate nos conflitos entre os Estados, os governos, os eleitores e os interesses do capital. Embasada em ampla pesquisa de dados econômicos (representada por dezenas de gráficos), a séria investigação que se apresenta ao leitor não tem nada da frieza que se espera nessa seara; ao contrário, trata-se de um texto direto e com tiradas irônicas. O resultado é uma combinação rara e impactante da análise de tendências estruturais do capitalismo e a correlação de forças sociais, políticas e culturais.

Tempo Comprado: a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado: a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo Editorial

Tipo: novo

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
96% Positivas
980 qualificações
R$ 37,50 + frete R$ 8,53

Total: R$ 46,03

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão entre democracia e capitalismo ao longo de mais de quatro décadas e como ela rebate nos conflitos entre os Estados, os governos, os eleitores e os interesses do capital. Embasada em ampla pesquisa de dados econômicos (representada por dezenas de gráficos), a séria investigação que se apresenta ao leitor não tem nada da frieza que se espera nessa seara; ao contrário, trata-se de um texto direto e com tiradas irônicas. O resultado é uma combinação rara e impactante da análise de tendências estruturais do capitalismo e a correlação de forças sociais, políticas e culturais.

Tempo Comprado: a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado: a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo Editorial

Tipo: novo

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
96% Positivas
980 qualificações
R$ 37,50 + frete R$ 8,53

Total: R$ 46,03

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão entre democracia e capitalismo ao longo de mais de quatro décadas e como ela rebate nos conflitos entre os Estados, os governos, os eleitores e os interesses do capital. Embasada em ampla pesquisa de dados econômicos (representada por dezenas de gráficos), a séria investigação que se apresenta ao leitor não tem nada da frieza que se espera nessa seara; ao contrário, trata-se de um texto direto e com tiradas irônicas. O resultado é uma combinação rara e impactante da análise de tendências estruturais do capitalismo e a correlação de forças sociais, políticas e culturais.

Tempo Comprado: a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado: a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo Editorial

Tipo: novo

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
96% Positivas
980 qualificações
R$ 37,50 + frete R$ 8,53

Total: R$ 46,03

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão entre democracia e capitalismo ao longo de mais de quatro décadas e como ela rebate nos conflitos entre os Estados, os governos, os eleitores e os interesses do capital. Embasada em ampla pesquisa de dados econômicos (representada por dezenas de gráficos), a séria investigação que se apresenta ao leitor não tem nada da frieza que se espera nessa seara; ao contrário, trata-se de um texto direto e com tiradas irônicas. O resultado é uma combinação rara e impactante da análise de tendências estruturais do capitalismo e a correlação de forças sociais, políticas e culturais.

Tempo Comprado: a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado: a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo Editorial

Tipo: novo

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
96% Positivas
980 qualificações
R$ 37,50 + frete R$ 8,53

Total: R$ 46,03

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão entre democracia e capitalismo ao longo de mais de quatro décadas e como ela rebate nos conflitos entre os Estados, os governos, os eleitores e os interesses do capital. Embasada em ampla pesquisa de dados econômicos (representada por dezenas de gráficos), a séria investigação que se apresenta ao leitor não tem nada da frieza que se espera nessa seara; ao contrário, trata-se de um texto direto e com tiradas irônicas. O resultado é uma combinação rara e impactante da análise de tendências estruturais do capitalismo e a correlação de forças sociais, políticas e culturais.

Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sobrallivros Sobrallivros SP - São Paulo
100% Positivas
34 qualificações
R$ 36,99 + frete R$ 9,10

Total: R$ 46,09

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão

Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sobrallivros Sobrallivros SP - São Paulo
100% Positivas
34 qualificações
R$ 36,99 + frete R$ 9,10

Total: R$ 46,09

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão

Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sobrallivros Sobrallivros SP - São Paulo
100% Positivas
34 qualificações
R$ 36,99 + frete R$ 9,10

Total: R$ 46,09

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão

Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sobrallivros Sobrallivros SP - São Paulo
100% Positivas
34 qualificações
R$ 36,99 + frete R$ 9,10

Total: R$ 46,09

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma narrativa fascinante sobre os desdobramentos da tensão

Tempo Comprado: a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado: a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

In Books In Books RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
103 qualificações
R$ 39,95 + frete R$ 11,05

Total: R$ 51,00

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo em folha!! Sem uso!!

Tempo Comprado: a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado: a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

In Books In Books RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
103 qualificações
R$ 39,95 + frete R$ 11,05

Total: R$ 51,00

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo em folha!! Sem uso!!

Tempo Comprado: a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado: a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

In Books In Books RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
103 qualificações
R$ 39,95 + frete R$ 11,05

Total: R$ 51,00

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo em folha!! Sem uso!!

Tempo Comprado. a Crise Adiada do Capitalismo Democratico

Tempo Comprado. a Crise Adiada do Capitalismo Democratico

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Livros na Web Livros na Web MG - Belo Horizonte
94% Positivas
102 qualificações
R$ 42,30 + frete R$ 9,10

Total: R$ 51,40

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O sucesso de Tempo comprado, dentro e fora dos meios acadêmicos, surpreendeu o próprio autor, o sociólogo alemão Wolfgang Streeck. O livro traz uma interpretação original da crise econômica que irrompeu em 2008 e seus efeitos, entre os quais uma crise política de governança democrática de proporções globais. Para Streeck, sintomas como o Brexit e a recessão continuada da União Europeia são as manifestações mais recentes da crescente incompatibilidade entre capitalismo e democracia, situada na longa transformação neoliberal do capitalismo pós-guerra a partir dos anos 1970. Diante da escassez de análises que expliquem as dinâmicas econômicas atuais, Streeck empenha-se em atualizar as teorias da crise da Escola de Frankfurt e entrega uma na... - 201622542

Tempo Comprado - a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Tempo Comprado - a Crise Adiada do Capitalismo Democrático

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: seminovo/usado

Ladeira Livros Ladeira Livros RS - Porto Alegre
99% Positivas
404 qualificações
R$ 47,00 + frete R$ 9,10

Total: R$ 56,10

Comprar ler descrição ocultar

Descrição 19/ 12/ 18 novo m.u

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro