A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
As Sobras de Ontem Capa ilustrativa

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

As sobras de ontem

Refinar resultado

8 livros novos em 2 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
As sobras de ontem

As sobras de ontem

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
93% Positivas
469 qualificações
R$ 53,30 + frete R$ 9,40

Total: R$ 62,70

Comprar ler descrição ocultar
As sobras de ontem

As sobras de ontem

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
93% Positivas
469 qualificações
R$ 53,30 + frete R$ 9,40

Total: R$ 62,70

Comprar ler descrição ocultar
As sobras de ontem

As sobras de ontem

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
93% Positivas
469 qualificações
R$ 53,30 + frete R$ 9,40

Total: R$ 62,70

Comprar ler descrição ocultar
AS SOBRAS DE ONTEM

AS SOBRAS DE ONTEM

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
97% Positivas
1904 qualificações
R$ 59,90 + frete R$ 9,40

Total: R$ 69,30

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Ao retratar o Brasil através da degradação de sua elite econômica, Marcelo Vicintin constrói um livro singular, com altíssimo poder de capturar o leitor. Uma estreia surpreendente. “Dizem que o dinheiro não muda ninguém, apenas desmascara; e é num mundo sem máscaras que as predileções humanas ficam mais claras.” Esta é a síntese de um romance em que dois narradores privilegiados se alternam para contar cada um a sua história. Um deles é Egydio, herdeiro de uma empresa de navegação, que cumpre pena em prisão domiciliar após ser flagrado por uma força-tarefa da Polícia Federal; a outra é Marilu, espécie de arrivista em busca da imagem perfeita, mergulhada num presente frenético e incerto. São personagens que não buscam a simpatia do leitor, pelo contrário. Mas seu encanto está justamente no que neles há de corrompido. É necessário considerar as nuances da escrita — a meio caminho entre a paródia e a crítica, procurando abarcar um contexto muito mais amplo, o do Brasil desse início de anos 2020 — para que se possa adentrar no coração desta que, sem dúvida, é uma das estreias literárias mais corrosivas e corajosas dos últimos anos. “Falar da elite brasileira sem caricatura, tentando entender os afetos que geram sua degradação privada e pública no passado e no presente, já seria algo raro na nossa literatura. Mas a estreia de Marcelo Vicintin vai além, acrescentando a esse ponto de vista sabor, humor e habilidade narrativa.” — Michel Laub “É com maturidade incomum que Marcelo Vicintin conduz este que não parece em absoluto um romance de estreia. É uma estreia sem hesitação, que não procura evitar os desafios impostos por uma trama e uma estrutura intrincadas.” — Camila von Holdefer

AS SOBRAS DE ONTEM

AS SOBRAS DE ONTEM

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
97% Positivas
1904 qualificações
R$ 59,90 + frete R$ 9,40

Total: R$ 69,30

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Ao retratar o Brasil através da degradação de sua elite econômica, Marcelo Vicintin constrói um livro singular, com altíssimo poder de capturar o leitor. Uma estreia surpreendente. “Dizem que o dinheiro não muda ninguém, apenas desmascara; e é num mundo sem máscaras que as predileções humanas ficam mais claras.” Esta é a síntese de um romance em que dois narradores privilegiados se alternam para contar cada um a sua história. Um deles é Egydio, herdeiro de uma empresa de navegação, que cumpre pena em prisão domiciliar após ser flagrado por uma força-tarefa da Polícia Federal; a outra é Marilu, espécie de arrivista em busca da imagem perfeita, mergulhada num presente frenético e incerto. São personagens que não buscam a simpatia do leitor, pelo contrário. Mas seu encanto está justamente no que neles há de corrompido. É necessário considerar as nuances da escrita — a meio caminho entre a paródia e a crítica, procurando abarcar um contexto muito mais amplo, o do Brasil desse início de anos 2020 — para que se possa adentrar no coração desta que, sem dúvida, é uma das estreias literárias mais corrosivas e corajosas dos últimos anos. “Falar da elite brasileira sem caricatura, tentando entender os afetos que geram sua degradação privada e pública no passado e no presente, já seria algo raro na nossa literatura. Mas a estreia de Marcelo Vicintin vai além, acrescentando a esse ponto de vista sabor, humor e habilidade narrativa.” — Michel Laub “É com maturidade incomum que Marcelo Vicintin conduz este que não parece em absoluto um romance de estreia. É uma estreia sem hesitação, que não procura evitar os desafios impostos por uma trama e uma estrutura intrincadas.” — Camila von Holdefer

AS SOBRAS DE ONTEM

AS SOBRAS DE ONTEM

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
97% Positivas
1904 qualificações
R$ 59,90 + frete R$ 9,40

Total: R$ 69,30

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Ao retratar o Brasil através da degradação de sua elite econômica, Marcelo Vicintin constrói um livro singular, com altíssimo poder de capturar o leitor. Uma estreia surpreendente. “Dizem que o dinheiro não muda ninguém, apenas desmascara; e é num mundo sem máscaras que as predileções humanas ficam mais claras.” Esta é a síntese de um romance em que dois narradores privilegiados se alternam para contar cada um a sua história. Um deles é Egydio, herdeiro de uma empresa de navegação, que cumpre pena em prisão domiciliar após ser flagrado por uma força-tarefa da Polícia Federal; a outra é Marilu, espécie de arrivista em busca da imagem perfeita, mergulhada num presente frenético e incerto. São personagens que não buscam a simpatia do leitor, pelo contrário. Mas seu encanto está justamente no que neles há de corrompido. É necessário considerar as nuances da escrita — a meio caminho entre a paródia e a crítica, procurando abarcar um contexto muito mais amplo, o do Brasil desse início de anos 2020 — para que se possa adentrar no coração desta que, sem dúvida, é uma das estreias literárias mais corrosivas e corajosas dos últimos anos. “Falar da elite brasileira sem caricatura, tentando entender os afetos que geram sua degradação privada e pública no passado e no presente, já seria algo raro na nossa literatura. Mas a estreia de Marcelo Vicintin vai além, acrescentando a esse ponto de vista sabor, humor e habilidade narrativa.” — Michel Laub “É com maturidade incomum que Marcelo Vicintin conduz este que não parece em absoluto um romance de estreia. É uma estreia sem hesitação, que não procura evitar os desafios impostos por uma trama e uma estrutura intrincadas.” — Camila von Holdefer

AS SOBRAS DE ONTEM

AS SOBRAS DE ONTEM

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
97% Positivas
1904 qualificações
R$ 59,90 + frete R$ 9,40

Total: R$ 69,30

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Ao retratar o Brasil através da degradação de sua elite econômica, Marcelo Vicintin constrói um livro singular, com altíssimo poder de capturar o leitor. Uma estreia surpreendente. “Dizem que o dinheiro não muda ninguém, apenas desmascara; e é num mundo sem máscaras que as predileções humanas ficam mais claras.” Esta é a síntese de um romance em que dois narradores privilegiados se alternam para contar cada um a sua história. Um deles é Egydio, herdeiro de uma empresa de navegação, que cumpre pena em prisão domiciliar após ser flagrado por uma força-tarefa da Polícia Federal; a outra é Marilu, espécie de arrivista em busca da imagem perfeita, mergulhada num presente frenético e incerto. São personagens que não buscam a simpatia do leitor, pelo contrário. Mas seu encanto está justamente no que neles há de corrompido. É necessário considerar as nuances da escrita — a meio caminho entre a paródia e a crítica, procurando abarcar um contexto muito mais amplo, o do Brasil desse início de anos 2020 — para que se possa adentrar no coração desta que, sem dúvida, é uma das estreias literárias mais corrosivas e corajosas dos últimos anos. “Falar da elite brasileira sem caricatura, tentando entender os afetos que geram sua degradação privada e pública no passado e no presente, já seria algo raro na nossa literatura. Mas a estreia de Marcelo Vicintin vai além, acrescentando a esse ponto de vista sabor, humor e habilidade narrativa.” — Michel Laub “É com maturidade incomum que Marcelo Vicintin conduz este que não parece em absoluto um romance de estreia. É uma estreia sem hesitação, que não procura evitar os desafios impostos por uma trama e uma estrutura intrincadas.” — Camila von Holdefer

AS SOBRAS DE ONTEM

AS SOBRAS DE ONTEM

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
97% Positivas
1904 qualificações
R$ 59,90 + frete R$ 9,40

Total: R$ 69,30

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Ao retratar o Brasil através da degradação de sua elite econômica, Marcelo Vicintin constrói um livro singular, com altíssimo poder de capturar o leitor. Uma estreia surpreendente. “Dizem que o dinheiro não muda ninguém, apenas desmascara; e é num mundo sem máscaras que as predileções humanas ficam mais claras.” Esta é a síntese de um romance em que dois narradores privilegiados se alternam para contar cada um a sua história. Um deles é Egydio, herdeiro de uma empresa de navegação, que cumpre pena em prisão domiciliar após ser flagrado por uma força-tarefa da Polícia Federal; a outra é Marilu, espécie de arrivista em busca da imagem perfeita, mergulhada num presente frenético e incerto. São personagens que não buscam a simpatia do leitor, pelo contrário. Mas seu encanto está justamente no que neles há de corrompido. É necessário considerar as nuances da escrita — a meio caminho entre a paródia e a crítica, procurando abarcar um contexto muito mais amplo, o do Brasil desse início de anos 2020 — para que se possa adentrar no coração desta que, sem dúvida, é uma das estreias literárias mais corrosivas e corajosas dos últimos anos. “Falar da elite brasileira sem caricatura, tentando entender os afetos que geram sua degradação privada e pública no passado e no presente, já seria algo raro na nossa literatura. Mas a estreia de Marcelo Vicintin vai além, acrescentando a esse ponto de vista sabor, humor e habilidade narrativa.” — Michel Laub “É com maturidade incomum que Marcelo Vicintin conduz este que não parece em absoluto um romance de estreia. É uma estreia sem hesitação, que não procura evitar os desafios impostos por uma trama e uma estrutura intrincadas.” — Camila von Holdefer

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro