A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Fahrenheit 451 Capa ilustrativa

Livro Fahrenheit 451

Ray Bradbury

4 de 5 estrelas (1 avaliação)

Escrito após o término da Segunda Guerra Mundial, em 1953, 'Fahrenheit 451', de Ray Bradubury é um texto que condena não só a opressão anti-intelectual nazista, mas principalmente o cenário dos anos 1950, revelando sua apreensão numa sociedade opressiva e comandada pelo autoritarismo do mundo pós-guerra. O livro se propõe a descrever um governo totalitário, num futuro incerto, mas próximo, que proíbe qualquer livro ou tipo de leitura, prevendo que o povo possa ficar instruído e se rebelar contra o status quo. Tudo é controlado e as pessoas só têm conhecimento dos fatos por aparelhos de TVs instalados em suas casas ou em praças ao ar livre. A leitura deixou de ser meio para aquisição de conhecimento crítico e tornou-se tão instrumental quanto a vida dos cidadãos, suficiente apenas para que saibam ler manuais e operar aparelhos.    

Escrito após o término da Segunda Guerra Mundial, em 1953, 'Fahrenheit 451', de Ray Bradubury é um texto que condena não s ó a opressão anti-intelectual nazista, mas principalmente o cenário dos anos 1950, revelando sua apreensão numa sociedade opressiva e comandada pelo autoritarismo do mundo pós-guerra. O livro se propõe a descrever um governo totalitário, num futuro incerto, mas próximo, que proíbe qualquer livro ou tipo de leitura, prevendo que o povo possa ficar instruído e se rebelar contra o status quo. Tudo é controlado e as pessoas só têm conhecimento dos fatos por aparelhos de TVs instalados em suas casas ou em praças ao ar livre. A leitura deixou de ser meio para aquisição de conhecimento crítico e tornou-se tão instrumental quanto a vida dos cidadãos, suficiente apenas para que saibam ler manuais e operar aparelhos. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Fahrenheit 451

Capa ilustrativa
Refinar resultado

125 livros novos e 18 livros usados em 60 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Fahrenheit 451 Capa ilustrativa

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Sebo Novo Sebo Novo PR - Curitiba
100% Positivas
240 qualificações
R$ 29,90 + frete R$ 10,61

Total: R$ 40,51

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Em excelente estado, brochura, leves marcas de armazenamento e manuseio, leve desgaste na capa, 216 páginas.

Fahrenheit 451 Capa ilustrativa

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Globo

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Não Informado

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
95% Positivas
1341 qualificações
R$ 33,00 + frete R$ 11,87

Total: R$ 44,87

Comprar ler descrição ocultar

Descrição lacrado novo

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Lápis-Lazúli Livraria Lápis-Lazúli MG - Juatuba
98% Positivas
47 qualificações
R$ 33,70 + frete R$ 9,93

Total: R$ 43,63

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Capa brochura. Sinopse: Um clássico da ficção científica e da literatura distópica, Fahrenheit 451 foi escrito originalmente como um conto: "O bombeiro", contido no volume Prazer em Queimar: histórias de Fahrenheit 451. Incentivado pelo seu editor, transformou a ideia inicial em um romance, que se tornou um dos livros mais influentes de sua geração – e também um dos mais censurados e banidos de todos os tempos. Guy Montag é um bombeiro. Sua profissão é atear fogo nos livros. Em um mundo onde as pessoas vivem em função das telas e a literatura está ameaçada de extinção, os livros são objetos proibidos, e seus portadores são considerados criminosos. Enviamos um marcador de páginas de brinde!

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul

Tipo: novo

Idioma: Português

Antonio Torres5 Antonio Torres5 RJ - Niterói
99% Positivas
275 qualificações
R$ 33,86 + frete R$ 14,87

Total: R$ 48,73

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Escrito após o término da Segunda Guerra Mundial, em 1953, Fahrenheit 451, de Ray Bradubury, revolucionou a literatura com um texto que condena não só a opressão anti-intelectual nazista, mas principalmente o cenário dos anos 1950, revelando sua apreensão numa sociedade opressiva e comandada pelo autoritarismo do mundo pós-guerra. Agora, o título de Bradbury, que morreu recentemente, em 6 de junho de 2012, ganhou nova edição pela Biblioteca Azul, selo de alta literatura e clássicos da Globo Livros, e atualização para a nova ortografia. /vv/Lacrado

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul

Tipo: novo

Idioma: Português

Antonio Torres5 Antonio Torres5 RJ - Niterói
99% Positivas
275 qualificações
R$ 33,86 + frete R$ 14,87

Total: R$ 48,73

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Escrito após o término da Segunda Guerra Mundial, em 1953, Fahrenheit 451, de Ray Bradubury, revolucionou a literatura com um texto que condena não só a opressão anti-intelectual nazista, mas principalmente o cenário dos anos 1950, revelando sua apreensão numa sociedade opressiva e comandada pelo autoritarismo do mundo pós-guerra. Agora, o título de Bradbury, que morreu recentemente, em 6 de junho de 2012, ganhou nova edição pela Biblioteca Azul, selo de alta literatura e clássicos da Globo Livros, e atualização para a nova ortografia. /vv/Lacrado

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul

Tipo: novo

Idioma: Português

Antonio Torres5 Antonio Torres5 RJ - Niterói
99% Positivas
275 qualificações
R$ 33,86 + frete R$ 14,87

Total: R$ 48,73

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Escrito após o término da Segunda Guerra Mundial, em 1953, Fahrenheit 451, de Ray Bradubury, revolucionou a literatura com um texto que condena não só a opressão anti-intelectual nazista, mas principalmente o cenário dos anos 1950, revelando sua apreensão numa sociedade opressiva e comandada pelo autoritarismo do mundo pós-guerra. Agora, o título de Bradbury, que morreu recentemente, em 6 de junho de 2012, ganhou nova edição pela Biblioteca Azul, selo de alta literatura e clássicos da Globo Livros, e atualização para a nova ortografia. /vv/Lacrado

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul

Tipo: novo

Idioma: Português

Antonio Torres5 Antonio Torres5 RJ - Niterói
99% Positivas
275 qualificações
R$ 33,86 + frete R$ 14,87

Total: R$ 48,73

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Escrito após o término da Segunda Guerra Mundial, em 1953, Fahrenheit 451, de Ray Bradubury, revolucionou a literatura com um texto que condena não só a opressão anti-intelectual nazista, mas principalmente o cenário dos anos 1950, revelando sua apreensão numa sociedade opressiva e comandada pelo autoritarismo do mundo pós-guerra. Agora, o título de Bradbury, que morreu recentemente, em 6 de junho de 2012, ganhou nova edição pela Biblioteca Azul, selo de alta literatura e clássicos da Globo Livros, e atualização para a nova ortografia. /vv/Lacrado

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul

Tipo: novo

Idioma: Português

Antonio Torres5 Antonio Torres5 RJ - Niterói
99% Positivas
275 qualificações
R$ 33,86 + frete R$ 14,87

Total: R$ 48,73

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Escrito após o término da Segunda Guerra Mundial, em 1953, Fahrenheit 451, de Ray Bradubury, revolucionou a literatura com um texto que condena não só a opressão anti-intelectual nazista, mas principalmente o cenário dos anos 1950, revelando sua apreensão numa sociedade opressiva e comandada pelo autoritarismo do mundo pós-guerra. Agora, o título de Bradbury, que morreu recentemente, em 6 de junho de 2012, ganhou nova edição pela Biblioteca Azul, selo de alta literatura e clássicos da Globo Livros, e atualização para a nova ortografia. /vv/Lacrado

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Globo de Bolso

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

SEBO DO AUGUSTO SEBO DO AUGUSTO SP - São Paulo
100% Positivas
7 qualificações
R$ 34,00 + frete R$ 7,03

Total: R$ 41,03

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Em estado de novo.

Fahrenheit 451 Capa ilustrativa

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

Kangoroo Web Kangoroo Web SP - São Paulo
95% Positivas
487 qualificações
R$ 34,89 + frete R$ 12,92

Total: R$ 47,81

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, nunca manuseado, direto da editora!!!

Fahrenheit 451 Capa ilustrativa

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul

Tipo: novo

Idioma: Português

Torre do Tombo Torre do Tombo SP - São José do Rio Preto
100% Positivas
68 qualificações
R$ 35,00 + frete R$ 9,93

Total: R$ 44,93

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Novo. Lacrado.

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Baú de Livros Sebo Baú de Livros PE - Caruaru
100% Positivas
69 qualificações
R$ 35,00 + frete R$ 10,61

Total: R$ 45,61

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo nunca manuseado. Lacrado.

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Red Star Teodoro Sampaio Red Star Teodoro Sampaio SP - São Paulo
99% Positivas
607 qualificações
R$ 35,00 + frete R$ 11,24

Total: R$ 46,24

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em muito bom estado de conservação, brochura, 14 x 21cm, 215 páginas, possui alguns paragrafos grifados com lapis (somente em algumas páginas), capa e extremidades com discretos sinais de manuseio, capa com uma pequena manchinha, . estoque Mel

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Circulo do Livro

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

loiolalivros loiolalivros SP - São Caetano do Sul
94% Positivas
52 qualificações
R$ 35,90 + frete R$ 12,29

Total: R$ 48,19

Comprar ler descrição ocultar

Descrição capa dura, bom estado de conservação, páginas 193 levemente amarelas Cod P-35

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

Authentic Livros Authentic Livros SP - São Paulo
99% Positivas
807 qualificações
R$ 35,92 + frete R$ 9,40

Total: R$ 45,32

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Um clássico da distopia com uma mensagem cada vez mais atual Guy Montag é um bombeiro. Sua profissão é atear fogo nos livros. Em um mundo onde as pessoas vivem em função das telas e a literatura está ameaçada de extinção, os livros são objetos proib idos, e seus portadores são considerados criminosos. Montag nunca questionou seu trabalho vive uma vida comum, cumpre o expediente e retorna ao final do dia para sua esposa e para a rotina do lar. Até que conhece Clarisse, uma jovem de comportamento suspeito, cheia de imaginação e boas histórias. Quando sua esposa entra em colapso mental e Clarisse desaparece, a vida de Montag não poderá mais ser a mesma. Um clássico da ficção científica e da literatura distópica, Fahrenheit 451 foi escrito o riginalmente como um conto: "O bombeiro", contido no volume Prazer em Queimar: histórias de Fahrenheit 451. Incentivado pelo seu editor, transformou a ideia inicial em um romance, que se tornou um dos livros mais influentes de sua geração – e também um dos mais censurados e banidos de todos os tempos. Foi adaptado para o cinema duas vezes, a primeira pelas mãos do lendário cineasta francês François Truffaut, e depois para diversos formatos. Escrito durante a era do macartismo – a sistemática ce nsura à arte promovida pelo governo americano nos anos 1950 – Bradbury costumava dizer que a proibição a livros não foi o motivo central que o levou a compor a obra, e sim a percepção de que as pessoas passavam a se interessar cada vez menos pela lit eratura com o surgimento de novas mídias, como a televisão. Com o passar do tempo, Fahrenheit 451 ganhou muitas camadas de interpretação: a história de um burocrata que questiona a vileza do seu trabalho, o poder libertador da palavra, a estupidez da censura às artes. Embora soubesse estar testemunhando uma transformação social única, Bradbury afirmava não acreditar que o cenário que imaginou se tornaria realidade tão rápido. Lançado em 1953, Fahrenheit 451 é hoje uma obra de leitura indispensá vel junto com 1984, de George Orwell, e Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley.

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

Authentic Livros Authentic Livros SP - São Paulo
99% Positivas
807 qualificações
R$ 35,92 + frete R$ 9,40

Total: R$ 45,32

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Um clássico da distopia com uma mensagem cada vez mais atual Guy Montag é um bombeiro. Sua profissão é atear fogo nos livros. Em um mundo onde as pessoas vivem em função das telas e a literatura está ameaçada de extinção, os livros são objetos proib idos, e seus portadores são considerados criminosos. Montag nunca questionou seu trabalho vive uma vida comum, cumpre o expediente e retorna ao final do dia para sua esposa e para a rotina do lar. Até que conhece Clarisse, uma jovem de comportamento suspeito, cheia de imaginação e boas histórias. Quando sua esposa entra em colapso mental e Clarisse desaparece, a vida de Montag não poderá mais ser a mesma. Um clássico da ficção científica e da literatura distópica, Fahrenheit 451 foi escrito o riginalmente como um conto: "O bombeiro", contido no volume Prazer em Queimar: histórias de Fahrenheit 451. Incentivado pelo seu editor, transformou a ideia inicial em um romance, que se tornou um dos livros mais influentes de sua geração – e também um dos mais censurados e banidos de todos os tempos. Foi adaptado para o cinema duas vezes, a primeira pelas mãos do lendário cineasta francês François Truffaut, e depois para diversos formatos. Escrito durante a era do macartismo – a sistemática ce nsura à arte promovida pelo governo americano nos anos 1950 – Bradbury costumava dizer que a proibição a livros não foi o motivo central que o levou a compor a obra, e sim a percepção de que as pessoas passavam a se interessar cada vez menos pela lit eratura com o surgimento de novas mídias, como a televisão. Com o passar do tempo, Fahrenheit 451 ganhou muitas camadas de interpretação: a história de um burocrata que questiona a vileza do seu trabalho, o poder libertador da palavra, a estupidez da censura às artes. Embora soubesse estar testemunhando uma transformação social única, Bradbury afirmava não acreditar que o cenário que imaginou se tornaria realidade tão rápido. Lançado em 1953, Fahrenheit 451 é hoje uma obra de leitura indispensá vel junto com 1984, de George Orwell, e Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley.

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

Authentic Livros Authentic Livros SP - São Paulo
99% Positivas
807 qualificações
R$ 35,92 + frete R$ 9,40

Total: R$ 45,32

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Um clássico da distopia com uma mensagem cada vez mais atual Guy Montag é um bombeiro. Sua profissão é atear fogo nos livros. Em um mundo onde as pessoas vivem em função das telas e a literatura está ameaçada de extinção, os livros são objetos proib idos, e seus portadores são considerados criminosos. Montag nunca questionou seu trabalho vive uma vida comum, cumpre o expediente e retorna ao final do dia para sua esposa e para a rotina do lar. Até que conhece Clarisse, uma jovem de comportamento suspeito, cheia de imaginação e boas histórias. Quando sua esposa entra em colapso mental e Clarisse desaparece, a vida de Montag não poderá mais ser a mesma. Um clássico da ficção científica e da literatura distópica, Fahrenheit 451 foi escrito o riginalmente como um conto: "O bombeiro", contido no volume Prazer em Queimar: histórias de Fahrenheit 451. Incentivado pelo seu editor, transformou a ideia inicial em um romance, que se tornou um dos livros mais influentes de sua geração – e também um dos mais censurados e banidos de todos os tempos. Foi adaptado para o cinema duas vezes, a primeira pelas mãos do lendário cineasta francês François Truffaut, e depois para diversos formatos. Escrito durante a era do macartismo – a sistemática ce nsura à arte promovida pelo governo americano nos anos 1950 – Bradbury costumava dizer que a proibição a livros não foi o motivo central que o levou a compor a obra, e sim a percepção de que as pessoas passavam a se interessar cada vez menos pela lit eratura com o surgimento de novas mídias, como a televisão. Com o passar do tempo, Fahrenheit 451 ganhou muitas camadas de interpretação: a história de um burocrata que questiona a vileza do seu trabalho, o poder libertador da palavra, a estupidez da censura às artes. Embora soubesse estar testemunhando uma transformação social única, Bradbury afirmava não acreditar que o cenário que imaginou se tornaria realidade tão rápido. Lançado em 1953, Fahrenheit 451 é hoje uma obra de leitura indispensá vel junto com 1984, de George Orwell, e Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley.

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
98% Positivas
1769 qualificações
R$ 35,92 + frete R$ 9,40

Total: R$ 45,32

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Escrito após o término da Segunda Guerra Mundial, em 1953, Fahrenheit 451, de Ray Bradubury, revolucionou a literatura com um texto que condena não só a opressão anti-intelectual nazista, mas principalmente o cenário dos anos 1950, revelando sua apreensão numa sociedade opressiva e comandada pelo autoritarismo do mundo pós-guerra. Agora, o título de Bradbury, que morreu recentemente, em 6 de junho de 2012, ganhou nova edição pela Biblioteca Azul, selo de alta literatura e clássicos da Globo Livros, e atualização para a nova ortografia. A singularidade da obra de Bradbury, se comparada a outras distopias, como Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley, ou 1984, de George Orwell, é perceber uma forma muito mais sutil de totalitarismo, uma que não se liga somente aos regimes que tomaram conta da Europa em meados do século passado. Trata-se da “indústria cultural, a sociedade de consumo e seu corolário ético – a moral do senso comum”, segundo as palavras do jornalista Manuel da Costa Pinto, que assina o prefácio da obra. Graças a esta percepção, Fahrenheit 451 continua uma narrativa atual, alvo de estudos e reflexões constantes. O livro descreve um governo totalitário, num futuro incerto, mas próximo, que proíbe qualquer livro ou tipo de leitura, prevendo que o povo possa ficar instruído e se rebelar contra o status quo. Tudo é controlado e as pessoas só têm conhecimento dos fatos por aparelhos de TVs instalados em suas casas ou em praças ao ar livre. A leitura deixou de ser meio para aquisição de conhecimento crítico e tornou-se tão instrumental quanto a vida dos cidadãos, suficiente apenas para que saibam ler manuais e operar aparelhos. Fahrenheit 451 tornou-se um clássico não só na literatura, mas também no cinema. Em 1966, o diretor François Truffaut adaptou o livro e lançou o filme de mesmo nome estrelado por Oskar Werner e Julie Christie.

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

Authentic Livros Authentic Livros SP - São Paulo
99% Positivas
807 qualificações
R$ 35,92 + frete R$ 9,40

Total: R$ 45,32

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Um clássico da distopia com uma mensagem cada vez mais atual Guy Montag é um bombeiro. Sua profissão é atear fogo nos livros. Em um mundo onde as pessoas vivem em função das telas e a literatura está ameaçada de extinção, os livros são objetos proib idos, e seus portadores são considerados criminosos. Montag nunca questionou seu trabalho vive uma vida comum, cumpre o expediente e retorna ao final do dia para sua esposa e para a rotina do lar. Até que conhece Clarisse, uma jovem de comportamento suspeito, cheia de imaginação e boas histórias. Quando sua esposa entra em colapso mental e Clarisse desaparece, a vida de Montag não poderá mais ser a mesma. Um clássico da ficção científica e da literatura distópica, Fahrenheit 451 foi escrito o riginalmente como um conto: "O bombeiro", contido no volume Prazer em Queimar: histórias de Fahrenheit 451. Incentivado pelo seu editor, transformou a ideia inicial em um romance, que se tornou um dos livros mais influentes de sua geração – e também um dos mais censurados e banidos de todos os tempos. Foi adaptado para o cinema duas vezes, a primeira pelas mãos do lendário cineasta francês François Truffaut, e depois para diversos formatos. Escrito durante a era do macartismo – a sistemática ce nsura à arte promovida pelo governo americano nos anos 1950 – Bradbury costumava dizer que a proibição a livros não foi o motivo central que o levou a compor a obra, e sim a percepção de que as pessoas passavam a se interessar cada vez menos pela lit eratura com o surgimento de novas mídias, como a televisão. Com o passar do tempo, Fahrenheit 451 ganhou muitas camadas de interpretação: a história de um burocrata que questiona a vileza do seu trabalho, o poder libertador da palavra, a estupidez da censura às artes. Embora soubesse estar testemunhando uma transformação social única, Bradbury afirmava não acreditar que o cenário que imaginou se tornaria realidade tão rápido. Lançado em 1953, Fahrenheit 451 é hoje uma obra de leitura indispensá vel junto com 1984, de George Orwell, e Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley.

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
98% Positivas
1769 qualificações
R$ 35,92 + frete R$ 9,40

Total: R$ 45,32

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Escrito após o término da Segunda Guerra Mundial, em 1953, Fahrenheit 451, de Ray Bradubury, revolucionou a literatura com um texto que condena não só a opressão anti-intelectual nazista, mas principalmente o cenário dos anos 1950, revelando sua apreensão numa sociedade opressiva e comandada pelo autoritarismo do mundo pós-guerra. Agora, o título de Bradbury, que morreu recentemente, em 6 de junho de 2012, ganhou nova edição pela Biblioteca Azul, selo de alta literatura e clássicos da Globo Livros, e atualização para a nova ortografia. A singularidade da obra de Bradbury, se comparada a outras distopias, como Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley, ou 1984, de George Orwell, é perceber uma forma muito mais sutil de totalitarismo, uma que não se liga somente aos regimes que tomaram conta da Europa em meados do século passado. Trata-se da “indústria cultural, a sociedade de consumo e seu corolário ético – a moral do senso comum”, segundo as palavras do jornalista Manuel da Costa Pinto, que assina o prefácio da obra. Graças a esta percepção, Fahrenheit 451 continua uma narrativa atual, alvo de estudos e reflexões constantes. O livro descreve um governo totalitário, num futuro incerto, mas próximo, que proíbe qualquer livro ou tipo de leitura, prevendo que o povo possa ficar instruído e se rebelar contra o status quo. Tudo é controlado e as pessoas só têm conhecimento dos fatos por aparelhos de TVs instalados em suas casas ou em praças ao ar livre. A leitura deixou de ser meio para aquisição de conhecimento crítico e tornou-se tão instrumental quanto a vida dos cidadãos, suficiente apenas para que saibam ler manuais e operar aparelhos. Fahrenheit 451 tornou-se um clássico não só na literatura, mas também no cinema. Em 1966, o diretor François Truffaut adaptou o livro e lançou o filme de mesmo nome estrelado por Oskar Werner e Julie Christie.

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
98% Positivas
1769 qualificações
R$ 35,92 + frete R$ 9,40

Total: R$ 45,32

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Escrito após o término da Segunda Guerra Mundial, em 1953, Fahrenheit 451, de Ray Bradubury, revolucionou a literatura com um texto que condena não só a opressão anti-intelectual nazista, mas principalmente o cenário dos anos 1950, revelando sua apreensão numa sociedade opressiva e comandada pelo autoritarismo do mundo pós-guerra. Agora, o título de Bradbury, que morreu recentemente, em 6 de junho de 2012, ganhou nova edição pela Biblioteca Azul, selo de alta literatura e clássicos da Globo Livros, e atualização para a nova ortografia. A singularidade da obra de Bradbury, se comparada a outras distopias, como Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley, ou 1984, de George Orwell, é perceber uma forma muito mais sutil de totalitarismo, uma que não se liga somente aos regimes que tomaram conta da Europa em meados do século passado. Trata-se da “indústria cultural, a sociedade de consumo e seu corolário ético – a moral do senso comum”, segundo as palavras do jornalista Manuel da Costa Pinto, que assina o prefácio da obra. Graças a esta percepção, Fahrenheit 451 continua uma narrativa atual, alvo de estudos e reflexões constantes. O livro descreve um governo totalitário, num futuro incerto, mas próximo, que proíbe qualquer livro ou tipo de leitura, prevendo que o povo possa ficar instruído e se rebelar contra o status quo. Tudo é controlado e as pessoas só têm conhecimento dos fatos por aparelhos de TVs instalados em suas casas ou em praças ao ar livre. A leitura deixou de ser meio para aquisição de conhecimento crítico e tornou-se tão instrumental quanto a vida dos cidadãos, suficiente apenas para que saibam ler manuais e operar aparelhos. Fahrenheit 451 tornou-se um clássico não só na literatura, mas também no cinema. Em 1966, o diretor François Truffaut adaptou o livro e lançou o filme de mesmo nome estrelado por Oskar Werner e Julie Christie.

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
98% Positivas
1769 qualificações
R$ 35,92 + frete R$ 9,40

Total: R$ 45,32

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Escrito após o término da Segunda Guerra Mundial, em 1953, Fahrenheit 451, de Ray Bradubury, revolucionou a literatura com um texto que condena não só a opressão anti-intelectual nazista, mas principalmente o cenário dos anos 1950, revelando sua apreensão numa sociedade opressiva e comandada pelo autoritarismo do mundo pós-guerra. Agora, o título de Bradbury, que morreu recentemente, em 6 de junho de 2012, ganhou nova edição pela Biblioteca Azul, selo de alta literatura e clássicos da Globo Livros, e atualização para a nova ortografia. A singularidade da obra de Bradbury, se comparada a outras distopias, como Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley, ou 1984, de George Orwell, é perceber uma forma muito mais sutil de totalitarismo, uma que não se liga somente aos regimes que tomaram conta da Europa em meados do século passado. Trata-se da “indústria cultural, a sociedade de consumo e seu corolário ético – a moral do senso comum”, segundo as palavras do jornalista Manuel da Costa Pinto, que assina o prefácio da obra. Graças a esta percepção, Fahrenheit 451 continua uma narrativa atual, alvo de estudos e reflexões constantes. O livro descreve um governo totalitário, num futuro incerto, mas próximo, que proíbe qualquer livro ou tipo de leitura, prevendo que o povo possa ficar instruído e se rebelar contra o status quo. Tudo é controlado e as pessoas só têm conhecimento dos fatos por aparelhos de TVs instalados em suas casas ou em praças ao ar livre. A leitura deixou de ser meio para aquisição de conhecimento crítico e tornou-se tão instrumental quanto a vida dos cidadãos, suficiente apenas para que saibam ler manuais e operar aparelhos. Fahrenheit 451 tornou-se um clássico não só na literatura, mas também no cinema. Em 1966, o diretor François Truffaut adaptou o livro e lançou o filme de mesmo nome estrelado por Oskar Werner e Julie Christie.

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

Authentic Livros Authentic Livros SP - São Paulo
99% Positivas
807 qualificações
R$ 35,92 + frete R$ 9,40

Total: R$ 45,32

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Um clássico da distopia com uma mensagem cada vez mais atual Guy Montag é um bombeiro. Sua profissão é atear fogo nos livros. Em um mundo onde as pessoas vivem em função das telas e a literatura está ameaçada de extinção, os livros são objetos proib idos, e seus portadores são considerados criminosos. Montag nunca questionou seu trabalho vive uma vida comum, cumpre o expediente e retorna ao final do dia para sua esposa e para a rotina do lar. Até que conhece Clarisse, uma jovem de comportamento suspeito, cheia de imaginação e boas histórias. Quando sua esposa entra em colapso mental e Clarisse desaparece, a vida de Montag não poderá mais ser a mesma. Um clássico da ficção científica e da literatura distópica, Fahrenheit 451 foi escrito o riginalmente como um conto: "O bombeiro", contido no volume Prazer em Queimar: histórias de Fahrenheit 451. Incentivado pelo seu editor, transformou a ideia inicial em um romance, que se tornou um dos livros mais influentes de sua geração – e também um dos mais censurados e banidos de todos os tempos. Foi adaptado para o cinema duas vezes, a primeira pelas mãos do lendário cineasta francês François Truffaut, e depois para diversos formatos. Escrito durante a era do macartismo – a sistemática ce nsura à arte promovida pelo governo americano nos anos 1950 – Bradbury costumava dizer que a proibição a livros não foi o motivo central que o levou a compor a obra, e sim a percepção de que as pessoas passavam a se interessar cada vez menos pela lit eratura com o surgimento de novas mídias, como a televisão. Com o passar do tempo, Fahrenheit 451 ganhou muitas camadas de interpretação: a história de um burocrata que questiona a vileza do seu trabalho, o poder libertador da palavra, a estupidez da censura às artes. Embora soubesse estar testemunhando uma transformação social única, Bradbury afirmava não acreditar que o cenário que imaginou se tornaria realidade tão rápido. Lançado em 1953, Fahrenheit 451 é hoje uma obra de leitura indispensá vel junto com 1984, de George Orwell, e Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley.

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Padula Livros Padula Livros RS - Porto Alegre
98% Positivas
195 qualificações
R$ 36,00 + frete R$ 10,61

Total: R$ 46,61

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura. Usado. Livro em ótimo estado. Sem grifos. lj

Fahrenheit 451 Capa ilustrativa

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

Livrofast Livrofast SP - São Paulo
96% Positivas
499 qualificações
R$ 36,82 + frete R$ 9,40

Total: R$ 46,22

Comprar ler descrição ocultar

Descrição NOVO DIRETO DO FABRICANTE

Fahrenheit 451 Capa ilustrativa

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

Livrofast Livrofast SP - São Paulo
96% Positivas
499 qualificações
R$ 36,82 + frete R$ 9,40

Total: R$ 46,22

Comprar ler descrição ocultar

Descrição NOVO DIRETO DO FABRICANTE

Fahrenheit 451 Capa ilustrativa

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

Livrofast Livrofast SP - São Paulo
96% Positivas
499 qualificações
R$ 36,82 + frete R$ 9,40

Total: R$ 46,22

Comprar ler descrição ocultar

Descrição NOVO DIRETO DO FABRICANTE

Fahrenheit 451 Capa ilustrativa

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

Livrofast Livrofast SP - São Paulo
96% Positivas
499 qualificações
R$ 36,82 + frete R$ 9,93

Total: R$ 46,75

Comprar ler descrição ocultar

Descrição NOVO DIRETO DO FABRICANTE

Fahrenheit 451 Capa ilustrativa

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

Kangoroo Web Kangoroo Web SP - São Paulo
95% Positivas
487 qualificações
R$ 37,79 + frete R$ 10,61

Total: R$ 48,40

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, nunca manuseado, direto da editora!!! Escrito após o término da Segunda Guerra Mundial, em 1953, Fahrenheit 451, de Ray Bradubury, revolucionou a literatura com um texto que condena não só a opressão anti-intelectual nazista, mas principalmente o cenário dos anos 1950, revelando sua apreensão numa sociedade opressiva e comandada pelo autoritarismo do mundo pós-guerra. O livro descreve um governo totalitário, num futuro incerto, mas próximo, que proíbe qualquer livro ou tipo de leitura, prevendo que o povo possa ficar instruído e se rebelar contra o status quo. Tudo é controlado e as pessoas só têm conhecimento dos fatos por aparelhos de TVs instalados em suas casas ou em praças ao ar livre. A leitura deixou de ser meio para aquisição de conhecimento crítico e tornou-se tão instrumental quanto a vida dos cidadãos, suficiente apenas para que saibam ler manuais e operar aparelhos.

Fahrenheit 451

Fahrenheit 451

Ano:   Editora: Biblioteca Azul

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Continental Sebo Continental SP - São Paulo
99% Positivas
68 qualificações
R$ 38,00 + frete R$ 9,93

Total: R$ 47,93

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Novo, em perfeito estado com 215 páginas. Foto original do livro.

Avaliações do livro

4 de 5 estrelas (1 avaliação)

Faça sua avaliação

Avalie o livro

  • Por: Alcir Sturari pinna , em 27/11/2009 Eu recomendo este livro

    o livro inspirou um flme de mesmo título. conta a história de uma sociedade onde os livros são proibidos e queimados. a tradição oral manterá os livros vivos? esse tema já apareceu modificado em outros filmes (indiana jones, por exemplo).

    Esta avaliação foi útil?