A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
O Farmaceutico de Auschwitz Capa ilustrativa

O Farmacêutico de Auschwitz

Patricia Posner

A história real de como as gigantes da indústria farmacêutica alemã apoiaram o regime nazista, fizeram fortunas com as câmaras de gás e usaram cobaias nos campos de concentração para desenvolver medicamentos que usamos até hoje. O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessária, o livro conta a pouco conhecida história de Victor Capesius, um farmacêutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmacêutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de extermínio do Terceiro Reich. Entre suas várias atribuições perversas, estavam os testes relacionados à criação de uma maneira rápida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejáveis, até chegar ao gás letal que matou milhões. Patricia Posner faz também uma fascinante análise do pacto diabólico travado entre nazistas e grandes corporações. A autora expõe como a I.G. Farben – empresa-mãe da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha –, além de fornecer o gás que matou milhões de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu próprio campo, onde escravos trabalhavam até a morte. “Chocante e revelador. Um marco na história da Segunda Guerra Mundial.” Washington Post “A combinação perfeita de pesquisas exaustivas e uma prosa eletrizante, que arrepiará o leitor da primeira até a última página e com toda a certeza o acompanhará muito depois de ter terminado o livro.” The New York Times Fechar Ler mais

A história real de como as gigantes da indústria farmacêutica alemã apoiaram o regime nazista, fizeram fortunas com as câm aras de gás e usaram cobaias nos campos de concentração para desenvolver medicamentos que usamos até hoje. O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessária, o livro conta a pouco conhecida história de Victor Capesius, um farmacêutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmacêutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de extermínio do Terceiro Reich. Entre suas várias atribuições perversas, estavam os testes relacionados à criação de uma maneira rápida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejáveis, até chegar ao gás letal que matou milhões. Patricia Posner faz também uma fascinante análise do pacto diabólico travado entre nazistas e grandes corporações. A autora expõe como a I.G. Farben – empresa-mãe da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha –, além de fornecer o gás que matou milhões de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu próprio campo, onde escravos trabalhavam até a morte. “Chocante e revelador. Um marco na história da Segunda Guerra Mundial.” Washington Post “A combinação perfeita de pesquisas exaustivas e uma prosa eletrizante, que arrepiará o leitor da primeira até a última página e com toda a certeza o acompanhará muito depois de ter terminado o livro.” The New York Times Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Farmacêutico de Auschwitz, O

Capa ilustrativa

36 livros novos e 2 livros usados em 12 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Farmacêutico de Auschwitz, O Capa ilustrativa

Farmacêutico de Auschwitz, O

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
69% Positivas
360 qualificações
R$ 32,78 + frete R$ 9,10

Total: R$ 41,88

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessária, o livro conta a pouco conhecida história de Victor Capesius, um farmacêutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmacêutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de extermínio do Terceiro Reich. Entre suas várias atribuições perversas, estavam os testes relacionados à criação de uma maneira rápida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejáveis, até chegar ao gás letal que matou milhões. Patricia Posner faz também uma fascinante análise do pacto diabólico travado entre nazistas e grandes corporações. A autora expõe como a I.G. Farben - empresa-mãe da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha -, além de fornecer o gás que matou milhões de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu próprio campo, onde escravos trabalhavam até a morte.

Farmacêutico de Auschwitz, O Capa ilustrativa

Farmacêutico de Auschwitz, O

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
69% Positivas
360 qualificações
R$ 32,78 + frete R$ 9,10

Total: R$ 41,88

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessária, o livro conta a pouco conhecida história de Victor Capesius, um farmacêutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmacêutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de extermínio do Terceiro Reich. Entre suas várias atribuições perversas, estavam os testes relacionados à criação de uma maneira rápida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejáveis, até chegar ao gás letal que matou milhões. Patricia Posner faz também uma fascinante análise do pacto diabólico travado entre nazistas e grandes corporações. A autora expõe como a I.G. Farben - empresa-mãe da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha -, além de fornecer o gás que matou milhões de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu próprio campo, onde escravos trabalhavam até a morte.

Farmacêutico de Auschwitz, O Capa ilustrativa

Farmacêutico de Auschwitz, O

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
69% Positivas
360 qualificações
R$ 32,78 + frete R$ 9,10

Total: R$ 41,88

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessária, o livro conta a pouco conhecida história de Victor Capesius, um farmacêutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmacêutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de extermínio do Terceiro Reich. Entre suas várias atribuições perversas, estavam os testes relacionados à criação de uma maneira rápida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejáveis, até chegar ao gás letal que matou milhões. Patricia Posner faz também uma fascinante análise do pacto diabólico travado entre nazistas e grandes corporações. A autora expõe como a I.G. Farben - empresa-mãe da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha -, além de fornecer o gás que matou milhões de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu próprio campo, onde escravos trabalhavam até a morte.

Farmacêutico de Auschwitz, O Capa ilustrativa

Farmacêutico de Auschwitz, O

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
69% Positivas
360 qualificações
R$ 32,78 + frete R$ 9,10

Total: R$ 41,88

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessária, o livro conta a pouco conhecida história de Victor Capesius, um farmacêutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmacêutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de extermínio do Terceiro Reich. Entre suas várias atribuições perversas, estavam os testes relacionados à criação de uma maneira rápida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejáveis, até chegar ao gás letal que matou milhões. Patricia Posner faz também uma fascinante análise do pacto diabólico travado entre nazistas e grandes corporações. A autora expõe como a I.G. Farben - empresa-mãe da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha -, além de fornecer o gás que matou milhões de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu próprio campo, onde escravos trabalhavam até a morte.

Farmacêutico de Auschwitz, O Capa ilustrativa

Farmacêutico de Auschwitz, O

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
69% Positivas
360 qualificações
R$ 32,78 + frete R$ 9,10

Total: R$ 41,88

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessária, o livro conta a pouco conhecida história de Victor Capesius, um farmacêutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmacêutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de extermínio do Terceiro Reich. Entre suas várias atribuições perversas, estavam os testes relacionados à criação de uma maneira rápida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejáveis, até chegar ao gás letal que matou milhões. Patricia Posner faz também uma fascinante análise do pacto diabólico travado entre nazistas e grandes corporações. A autora expõe como a I.G. Farben - empresa-mãe da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha -, além de fornecer o gás que matou milhões de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu próprio campo, onde escravos trabalhavam até a morte.

Farmaceutico De Auschwitz, O

Farmaceutico De Auschwitz, O

Ano:   Editora: Globolivros

Tipo: novo

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
97% Positivas
656 qualificações
R$ 33,68 + frete R$ 9,63

Total: R$ 43,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição A história real de como as gigantes da indústria farmacêutica alemã apoiaram o regime nazista, fizeram fortunas com as câmaras de gás e usaram cobaias nos campos de concentração para desenvolver medicamentos que usamos até hoje. O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessária, o livro conta a pouco conhecida história de Victor Capesius, um farmacêutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmacêutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de extermínio do Terceiro Reich. Entre suas várias atribuições perversas, estavam os testes relacionados à criação de uma maneira rápida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejáveis, até chegar ao gás letal que matou milhões. Patricia Posner faz também uma fascinante análise do pacto diabólico travado entre nazistas e grandes corporações. A autora expõe como a I.G. Farben – empresa-mãe da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha –, além de fornecer o gás que matou milhões de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu próprio campo, onde escravos trabalhavam até a morte.

O FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ

O FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ

Ano:   Editora: Globo Livros

Tipo: seminovo/usado

Letra L Letra L CE - Fortaleza
98% Positivas
47 qualificações
R$ 35,00 + frete R$ 10,53

Total: R$ 45,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição ÓTIMO ESTADO DE CONSERVAÇÃO / BROCHURA / CAPA COM POUCOS SINAIS DE USO / DUAS PEQUENAS MANCHAS NO CORTE LATERAL DO LIVRO / SUB-TÍTULO: A HISTÓRIA REAL DE COMO AS GIGANTES DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA ALEMÂ APOIARAM O REGIME NAZISTA, FIZERAM FORTUNAS COM AS CÂMARAS DE GÁS E USARAM COBAIAS NOS CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO PARA DESENVOLVER MEDICAMENTOS QUE USAMOS ATÉ HOJE.

FARMACÊUTICO DE AUSCHWITZ, O

FARMACÊUTICO DE AUSCHWITZ, O

Ano:   Editora: Editora Globo

Tipo: novo

Pook Book Pook Book SP - São Paulo
97% Positivas
678 qualificações
R$ 39,06 + frete R$ 8,53

Total: R$ 47,59

Comprar ler descrição ocultar

Descrição A história real de como as gigantes da indústria farmacêutica alemã apoiaram o regime nazista, fizeram fortunas com as câmaras de gás e usaram cobaias nos campos de concentração para desenvolver medicamentos que usamos até hoje.O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha dopós-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio.Uma obra emocionante e necessária, o livro conta a pouco conhecida história de Victor Capesius, um farmacêutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmacêutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de extermínio do Terceiro Reich. Entre suas várias atribuições perversas, estavam os testes relacionados à criação de uma maneira rápida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejáveis, até chegar ao gás letal que matou milhões.Patricia Posner faz também uma fascinante análise do pacto diabólico travado entre nazistas e grandes corporações. A autora expõe como a I.G. Farben - empresa-mãe da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha -, além de fornecer o gás que matou milhões de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu próprio campo, onde escravos trabalhavam até a morte."Chocante e revelador. Um marco na história da Segunda Guerra Mundial." Washington Post"A combinação perfeita de pesquisas exaustivas e uma prosa eletrizante, que arrepiará o leitor da primeira até a última página e com toda a certeza o acompanhará muito depois de ter terminado o livro." The New York Times

FARMACÊUTICO DE AUSCHWITZ, O

FARMACÊUTICO DE AUSCHWITZ, O

Ano:   Editora: Editora Globo

Tipo: novo

Pook Book Pook Book SP - São Paulo
97% Positivas
678 qualificações
R$ 39,06 + frete R$ 8,53

Total: R$ 47,59

Comprar ler descrição ocultar

Descrição A história real de como as gigantes da indústria farmacêutica alemã apoiaram o regime nazista, fizeram fortunas com as câmaras de gás e usaram cobaias nos campos de concentração para desenvolver medicamentos que usamos até hoje.O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha dopós-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio.Uma obra emocionante e necessária, o livro conta a pouco conhecida história de Victor Capesius, um farmacêutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmacêutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de extermínio do Terceiro Reich. Entre suas várias atribuições perversas, estavam os testes relacionados à criação de uma maneira rápida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejáveis, até chegar ao gás letal que matou milhões.Patricia Posner faz também uma fascinante análise do pacto diabólico travado entre nazistas e grandes corporações. A autora expõe como a I.G. Farben - empresa-mãe da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha -, além de fornecer o gás que matou milhões de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu próprio campo, onde escravos trabalhavam até a morte."Chocante e revelador. Um marco na história da Segunda Guerra Mundial." Washington Post"A combinação perfeita de pesquisas exaustivas e uma prosa eletrizante, que arrepiará o leitor da primeira até a última página e com toda a certeza o acompanhará muito depois de ter terminado o livro." The New York Times

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O Capa ilustrativa

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O

Ano:   Editora: Glo Globo Livros

Tipo: novo

Cliquebooks Cliquebooks SP - São Paulo
98% Positivas
857 qualificações
R$ 38,17 + frete R$ 9,63

Total: R$ 47,80

Comprar ler descrição ocultar

Descrição A história real de como as gigantes da indústria farmacêutica alemã apoiaram o regime nazista, fizeram fortunas com as câmaras de gás e usaram cobaias nos campos de concentração para desenvolver medicamentos que usamos até hoje. O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessária, o livro conta a pouco conhecida história de Victor Capesius, um farmacêutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmacêutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de extermínio do Terceiro Reich. Entre suas várias atribuições perversas, estavam os testes relacionados à criação de uma maneira rápida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejáveis, até chegar ao gás letal que matou milhões. Patricia Posner faz também uma fascinante análise do pacto diabólico travado entre nazistas e grandes corporações. A autora expõe como a I.G. Farben – empresa-mãe da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha –, além de fornecer o gás que matou milhões de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu próprio campo, onde escravos trabalhavam até a morte. “Chocante e revelador. Um marco na história da Segunda Guerra Mundial.” Washington Post “A combinação perfeita de pesquisas exaustivas e uma prosa eletrizante, que arrepiará o leitor da primeira até a última página e com toda a certeza o acompanhará muito depois de ter terminado o livro.” The New York Times

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O Capa ilustrativa

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O

Ano:   Editora: Glo Globo Livros

Tipo: novo

Cliquebooks Cliquebooks SP - São Paulo
98% Positivas
857 qualificações
R$ 38,17 + frete R$ 9,63

Total: R$ 47,80

Comprar ler descrição ocultar

Descrição A história real de como as gigantes da indústria farmacêutica alemã apoiaram o regime nazista, fizeram fortunas com as câmaras de gás e usaram cobaias nos campos de concentração para desenvolver medicamentos que usamos até hoje. O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessária, o livro conta a pouco conhecida história de Victor Capesius, um farmacêutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmacêutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de extermínio do Terceiro Reich. Entre suas várias atribuições perversas, estavam os testes relacionados à criação de uma maneira rápida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejáveis, até chegar ao gás letal que matou milhões. Patricia Posner faz também uma fascinante análise do pacto diabólico travado entre nazistas e grandes corporações. A autora expõe como a I.G. Farben – empresa-mãe da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha –, além de fornecer o gás que matou milhões de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu próprio campo, onde escravos trabalhavam até a morte. “Chocante e revelador. Um marco na história da Segunda Guerra Mundial.” Washington Post “A combinação perfeita de pesquisas exaustivas e uma prosa eletrizante, que arrepiará o leitor da primeira até a última página e com toda a certeza o acompanhará muito depois de ter terminado o livro.” The New York Times

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O Capa ilustrativa

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O

Ano:   Editora: Glo Globo Livros

Tipo: novo

Cliquebooks Cliquebooks SP - São Paulo
98% Positivas
857 qualificações
R$ 38,17 + frete R$ 9,63

Total: R$ 47,80

Comprar ler descrição ocultar

Descrição A história real de como as gigantes da indústria farmacêutica alemã apoiaram o regime nazista, fizeram fortunas com as câmaras de gás e usaram cobaias nos campos de concentração para desenvolver medicamentos que usamos até hoje. O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessária, o livro conta a pouco conhecida história de Victor Capesius, um farmacêutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmacêutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de extermínio do Terceiro Reich. Entre suas várias atribuições perversas, estavam os testes relacionados à criação de uma maneira rápida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejáveis, até chegar ao gás letal que matou milhões. Patricia Posner faz também uma fascinante análise do pacto diabólico travado entre nazistas e grandes corporações. A autora expõe como a I.G. Farben – empresa-mãe da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha –, além de fornecer o gás que matou milhões de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu próprio campo, onde escravos trabalhavam até a morte. “Chocante e revelador. Um marco na história da Segunda Guerra Mundial.” Washington Post “A combinação perfeita de pesquisas exaustivas e uma prosa eletrizante, que arrepiará o leitor da primeira até a última página e com toda a certeza o acompanhará muito depois de ter terminado o livro.” The New York Times

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O Capa ilustrativa

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O

Ano:   Editora: Glo Globo Livros

Tipo: novo

Cliquebooks Cliquebooks SP - São Paulo
98% Positivas
857 qualificações
R$ 38,17 + frete R$ 9,63

Total: R$ 47,80

Comprar ler descrição ocultar

Descrição A história real de como as gigantes da indústria farmacêutica alemã apoiaram o regime nazista, fizeram fortunas com as câmaras de gás e usaram cobaias nos campos de concentração para desenvolver medicamentos que usamos até hoje. O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessária, o livro conta a pouco conhecida história de Victor Capesius, um farmacêutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmacêutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de extermínio do Terceiro Reich. Entre suas várias atribuições perversas, estavam os testes relacionados à criação de uma maneira rápida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejáveis, até chegar ao gás letal que matou milhões. Patricia Posner faz também uma fascinante análise do pacto diabólico travado entre nazistas e grandes corporações. A autora expõe como a I.G. Farben – empresa-mãe da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha –, além de fornecer o gás que matou milhões de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu próprio campo, onde escravos trabalhavam até a morte. “Chocante e revelador. Um marco na história da Segunda Guerra Mundial.” Washington Post “A combinação perfeita de pesquisas exaustivas e uma prosa eletrizante, que arrepiará o leitor da primeira até a última página e com toda a certeza o acompanhará muito depois de ter terminado o livro.” The New York Times

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O Capa ilustrativa

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O

Ano:   Editora: Glo Globo Livros

Tipo: novo

Cliquebooks Cliquebooks SP - São Paulo
98% Positivas
857 qualificações
R$ 38,17 + frete R$ 9,63

Total: R$ 47,80

Comprar ler descrição ocultar

Descrição A história real de como as gigantes da indústria farmacêutica alemã apoiaram o regime nazista, fizeram fortunas com as câmaras de gás e usaram cobaias nos campos de concentração para desenvolver medicamentos que usamos até hoje. O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessária, o livro conta a pouco conhecida história de Victor Capesius, um farmacêutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmacêutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de extermínio do Terceiro Reich. Entre suas várias atribuições perversas, estavam os testes relacionados à criação de uma maneira rápida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejáveis, até chegar ao gás letal que matou milhões. Patricia Posner faz também uma fascinante análise do pacto diabólico travado entre nazistas e grandes corporações. A autora expõe como a I.G. Farben – empresa-mãe da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha –, além de fornecer o gás que matou milhões de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu próprio campo, onde escravos trabalhavam até a morte. “Chocante e revelador. Um marco na história da Segunda Guerra Mundial.” Washington Post “A combinação perfeita de pesquisas exaustivas e uma prosa eletrizante, que arrepiará o leitor da primeira até a última página e com toda a certeza o acompanhará muito depois de ter terminado o livro.” The New York Times

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O Capa ilustrativa

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
87% Positivas
1998 qualificações
R$ 40,54 + frete R$ 9,10

Total: R$ 49,64

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O farmaceutico de Auschwitz e uma historia real de assassinato e ganancia que narra fatos terriveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expoe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmaceuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares ate os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pos-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessaria, o livro conta a pouco conhecida historia de Victor Capesius, um farmaceutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmaceutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de exterminio do Terceiro Reich. Entre suas varias atribuicoes perversas, estavam os testes relacionados a criacao de uma maneira rapida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejaveis, ate chegar ao gas letal que matou milhoes. Patricia Posner faz tambem uma fascinante analise do pacto diabolico travado entre nazistas e grandes corporacoes. A autora expoe como a I.G. Farben - empresa-mae da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha -, alem de fornecer o gas que matou milhoes de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu proprio campo, onde escravos trabalhavam ate a morte.

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O Capa ilustrativa

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
87% Positivas
1998 qualificações
R$ 40,54 + frete R$ 9,10

Total: R$ 49,64

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O farmaceutico de Auschwitz e uma historia real de assassinato e ganancia que narra fatos terriveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expoe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmaceuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares ate os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pos-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessaria, o livro conta a pouco conhecida historia de Victor Capesius, um farmaceutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmaceutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de exterminio do Terceiro Reich. Entre suas varias atribuicoes perversas, estavam os testes relacionados a criacao de uma maneira rapida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejaveis, ate chegar ao gas letal que matou milhoes. Patricia Posner faz tambem uma fascinante analise do pacto diabolico travado entre nazistas e grandes corporacoes. A autora expoe como a I.G. Farben - empresa-mae da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha -, alem de fornecer o gas que matou milhoes de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu proprio campo, onde escravos trabalhavam ate a morte.

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O Capa ilustrativa

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
87% Positivas
1998 qualificações
R$ 40,54 + frete R$ 9,10

Total: R$ 49,64

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O farmaceutico de Auschwitz e uma historia real de assassinato e ganancia que narra fatos terriveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expoe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmaceuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares ate os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pos-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessaria, o livro conta a pouco conhecida historia de Victor Capesius, um farmaceutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmaceutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de exterminio do Terceiro Reich. Entre suas varias atribuicoes perversas, estavam os testes relacionados a criacao de uma maneira rapida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejaveis, ate chegar ao gas letal que matou milhoes. Patricia Posner faz tambem uma fascinante analise do pacto diabolico travado entre nazistas e grandes corporacoes. A autora expoe como a I.G. Farben - empresa-mae da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha -, alem de fornecer o gas que matou milhoes de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu proprio campo, onde escravos trabalhavam ate a morte.

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O Capa ilustrativa

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
87% Positivas
1998 qualificações
R$ 40,54 + frete R$ 9,10

Total: R$ 49,64

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O farmaceutico de Auschwitz e uma historia real de assassinato e ganancia que narra fatos terriveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expoe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmaceuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares ate os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pos-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessaria, o livro conta a pouco conhecida historia de Victor Capesius, um farmaceutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmaceutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de exterminio do Terceiro Reich. Entre suas varias atribuicoes perversas, estavam os testes relacionados a criacao de uma maneira rapida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejaveis, ate chegar ao gas letal que matou milhoes. Patricia Posner faz tambem uma fascinante analise do pacto diabolico travado entre nazistas e grandes corporacoes. A autora expoe como a I.G. Farben - empresa-mae da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha -, alem de fornecer o gas que matou milhoes de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu proprio campo, onde escravos trabalhavam ate a morte.

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O Capa ilustrativa

FARMACEUTICO DE AUSCHWITZ, O

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
87% Positivas
1998 qualificações
R$ 40,54 + frete R$ 9,10

Total: R$ 49,64

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O farmaceutico de Auschwitz e uma historia real de assassinato e ganancia que narra fatos terriveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expoe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmaceuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares ate os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pos-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessaria, o livro conta a pouco conhecida historia de Victor Capesius, um farmaceutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmaceutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de exterminio do Terceiro Reich. Entre suas varias atribuicoes perversas, estavam os testes relacionados a criacao de uma maneira rapida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejaveis, ate chegar ao gas letal que matou milhoes. Patricia Posner faz tambem uma fascinante analise do pacto diabolico travado entre nazistas e grandes corporacoes. A autora expoe como a I.G. Farben - empresa-mae da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha -, alem de fornecer o gas que matou milhoes de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu proprio campo, onde escravos trabalhavam ate a morte.

O Farmacêutico de Auschwitz

O Farmacêutico de Auschwitz

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Arkan Livros Arkan Livros SP - Ferraz de Vasconcelos
98% Positivas
115 qualificações
R$ 39,90 + frete R$ 10,16

Total: R$ 50,06

Comprar ler descrição ocultar

Descrição novo/A história real de como as gigantes da indústria farmacêutica alemã apoiaram o regime nazista, fizeram fortunas com as câmaras de gás e usaram cobaias nos campos de concentração para desenvolver medicamentos que usamos até hoje. O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu pass

O Farmacêutico de Auschwitz

O Farmacêutico de Auschwitz

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Arkan Livros Arkan Livros SP - Ferraz de Vasconcelos
98% Positivas
115 qualificações
R$ 39,90 + frete R$ 10,16

Total: R$ 50,06

Comprar ler descrição ocultar

Descrição novo/A história real de como as gigantes da indústria farmacêutica alemã apoiaram o regime nazista, fizeram fortunas com as câmaras de gás e usaram cobaias nos campos de concentração para desenvolver medicamentos que usamos até hoje. O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu pass

O Farmacêutico de Auschwitz

O Farmacêutico de Auschwitz

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Arkan Livros Arkan Livros SP - Ferraz de Vasconcelos
98% Positivas
115 qualificações
R$ 39,90 + frete R$ 10,16

Total: R$ 50,06

Comprar ler descrição ocultar

Descrição novo/A história real de como as gigantes da indústria farmacêutica alemã apoiaram o regime nazista, fizeram fortunas com as câmaras de gás e usaram cobaias nos campos de concentração para desenvolver medicamentos que usamos até hoje. O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu pass

O Farmacêutico de Auschwitz

O Farmacêutico de Auschwitz

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Arkan Livros Arkan Livros SP - Ferraz de Vasconcelos
98% Positivas
115 qualificações
R$ 39,90 + frete R$ 10,16

Total: R$ 50,06

Comprar ler descrição ocultar

Descrição novo/A história real de como as gigantes da indústria farmacêutica alemã apoiaram o regime nazista, fizeram fortunas com as câmaras de gás e usaram cobaias nos campos de concentração para desenvolver medicamentos que usamos até hoje. O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu pass

Farmacêutico de Auschwitz, O Capa ilustrativa

Farmacêutico de Auschwitz, O

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
95% Positivas
1401 qualificações
R$ 38,17 + frete R$ 11,89

Total: R$ 50,06

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado ct

Farmacêutico de Auschwitz, O Capa ilustrativa

Farmacêutico de Auschwitz, O

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
95% Positivas
1401 qualificações
R$ 38,17 + frete R$ 11,89

Total: R$ 50,06

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado ct

Farmacêutico de Auschwitz, O Capa ilustrativa

Farmacêutico de Auschwitz, O

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
95% Positivas
1401 qualificações
R$ 38,17 + frete R$ 11,89

Total: R$ 50,06

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado ct

Farmacêutico de Auschwitz, O Capa ilustrativa

Farmacêutico de Auschwitz, O

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
95% Positivas
1401 qualificações
R$ 38,17 + frete R$ 11,89

Total: R$ 50,06

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado ct

O Farmacêutico de Auschwitz Capa ilustrativa

O Farmacêutico de Auschwitz

Ano:   Editora: Globo

Tipo: seminovo/usado

Sebo Rs Raridades Sebo Rs Raridades PR - Curitiba
100% Positivas
187 qualificações
R$ 42,00 + frete R$ 9,63

Total: R$ 51,63

Comprar ler descrição ocultar

Descrição A história real de como as gigantes da indústria farmacêutica alemã apoiara, o regime nazista, fizeram fortunas com as câmaras de gás e usaram cobaias nos campos de concentração para desenvolver medicamentos que usamos até hoje. Brochura. Dimensões: 17 cm x 24 cm; Livro usado em boas condições. Capa íntegra em ótima conservação. Conteúdo íntegro com páginas e ilustrações preservadas; texto livre de grifos, manchas, rasuras e anotações.

O Farmacêutico de Auschwitz Capa ilustrativa

O Farmacêutico de Auschwitz

Ano:   Editora: Globo Livros

Tipo: novo

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
98% Positivas
762 qualificações
R$ 44,90 + frete R$ 9,10

Total: R$ 54,00

Comprar ler descrição ocultar

Descrição A história real de como as gigantes da indústria farmacêutica alemã apoiaram o regime nazista, fizeram fortunas com as câmaras de gás e usaram cobaias nos campos de concentração para desenvolver medicamentos que usamos até hoje. O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessária, o livro conta a pouco conhecida história de Victor Capesius, um farmacêutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmacêutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de extermínio do Terceiro Reich. Entre suas várias atribuições perversas, estavam os testes relacionados à criação de uma maneira rápida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejáveis, até chegar ao gás letal que matou milhões. Patricia Posner faz também uma fascinante análise do pacto diabólico travado entre nazistas e grandes corporações. A autora expõe como a I.G. Farben – empresa-mãe da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha –, além de fornecer o gás que matou milhões de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu próprio campo, onde escravos trabalhavam até a morte. “Chocante e revelador. Um marco na história da Segunda Guerra Mundial.” Washington Post “A combinação perfeita de pesquisas exaustivas e uma prosa eletrizante, que arrepiará o leitor da primeira até a última página e com toda a certeza o acompanhará muito depois de ter terminado o livro.” The New York Times

O Farmacêutico de Auschwitz Capa ilustrativa

O Farmacêutico de Auschwitz

Ano:   Editora: Globo Livros

Tipo: novo

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
98% Positivas
762 qualificações
R$ 44,90 + frete R$ 9,10

Total: R$ 54,00

Comprar ler descrição ocultar

Descrição A história real de como as gigantes da indústria farmacêutica alemã apoiaram o regime nazista, fizeram fortunas com as câmaras de gás e usaram cobaias nos campos de concentração para desenvolver medicamentos que usamos até hoje. O farmacêutico de Auschwitz é uma história real de assassinato e ganância que narra fatos terríveis e ainda obscuros sobre o Holocausto e o Terceiro Reich em um estilo que lembra o dos melhores thrillers. Baseada em uma vasta pesquisa, Patricia Posner expõe as atrocidades cometidas por um dos maiores conglomerados farmacêuticos do mundo, detentor de marcas que aparecem em nossos lares até os dias de hoje, como a Bayer e a Hoechst, investigando como homens comuns se tornaram criminosos de guerra e como a Alemanha do pós-guerra foi obrigada a confrontar seu passado sombrio. Uma obra emocionante e necessária, o livro conta a pouco conhecida história de Victor Capesius, um farmacêutico romeno representante da Bayer que, em 1943, aos 35 anos, se juntou a SS nazista e rapidamente se tornou o farmacêutico-chefe de Auschwitz, o maior e mais cruel campo de extermínio do Terceiro Reich. Entre suas várias atribuições perversas, estavam os testes relacionados à criação de uma maneira rápida e eficaz de exterminar prisioneiros indesejáveis, até chegar ao gás letal que matou milhões. Patricia Posner faz também uma fascinante análise do pacto diabólico travado entre nazistas e grandes corporações. A autora expõe como a I.G. Farben – empresa-mãe da Bayer e maior conglomerado industrial da Alemanha –, além de fornecer o gás que matou milhões de judeus, testava drogas em prisioneiros e construiu seu próprio campo, onde escravos trabalhavam até a morte. “Chocante e revelador. Um marco na história da Segunda Guerra Mundial.” Washington Post “A combinação perfeita de pesquisas exaustivas e uma prosa eletrizante, que arrepiará o leitor da primeira até a última página e com toda a certeza o acompanhará muito depois de ter terminado o livro.” The New York Times

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro