A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Origens da Habitacao Social no Brasil Capa ilustrativa

Origens da Habitação Social no Brasil

Nabil Bonduki

Costuma causar espanto para quem vem de fora a aparência caótica das grandes cidades brasileiras, com seus arranha-céus brotando desordenadamente e suas intermináveis periferias e favelas construídas ao "deus-dará". Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período que precede a ditadura militar, este quarto livro de Nabil Bonduki constitui um extenso e candente estudo das origens deste crescimento tão caótico, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanistíco, sociológico e de história econômica. A obra traça um painel do desenvolvimento urbano no Brasil na primeira metade do século, buscando identificar os primórdios da transformação da habitação numa questão social: a produção rentista do início do século, com suas vilas operárias, cortiços e casas geminadas; o debate sobre a necessidade da intervenção estatal nos anos 30 e 40; os primeiros conjuntos residenciais públicos, edificados a partir do Estado Novo, resgatando uma produção arquitetônica de grande qualidade e desaparecida da historiografia brasileira; a Lei do Inquilinato e a crise de habitação do pós-guerra, num quadro de boom do mercado imobiliário e de acentuada verticalização; a consolidação da periferia, frente à inexistência de outras alternativas, com a generalização do autoempreendimento da casa própria e da precária urbanização. Centrando-se nas intervenções promovidas por Vargas — em meio às influências cruzadas da social-democracia européia e do fascismo —, o livro mostra como o governo buscou, através de iniciativas populistas como o controle dos aluguéis, a produção de habitação pelos Institutos de Aposentadoria e Pensões e a difusão da pequena propriedade através da venda de lotes em prestações, reduzir o custo da moradia (e,conseqüentemente, dos salários) e desestimular o investimento privado em habitação, numa estratégia que tinha como pano de fundo o desenvolvimento industrial com base no capital nacional. Num momento em que a política habitacional e urbana passa por grandes reformulações, marcadas pelo fim do Banco Nacional de Habitação (BNH) e pela revisão de suas estratégias, este livro permite rever a era Vargas e o período que antecede a criação deste que foi o principal órgão estatal de financiamento da moradia do país, lançando luzes para a reflexão sobre o futuro das cidades e da habitação no Brasil. Fechar Ler mais

Costuma causar espanto para quem vem de fora a aparência caótica das grandes cidades brasileiras, com seus arranha-céus br otando desordenadamente e suas intermináveis periferias e favelas construídas ao "deus-dará". Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período que precede a ditadura militar, este quarto livro de Nabil Bonduki constitui um extenso e candente estudo das origens deste crescimento tão caótico, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanistíco, sociológico e de história econômica. A obra traça um painel do desenvolvimento urbano no Brasil na primeira metade do século, buscando identificar os primórdios da transformação da habitação numa questão social: a produção rentista do início do século, com suas vilas operárias, cortiços e casas geminadas; o debate sobre a necessidade da intervenção estatal nos anos 30 e 40; os primeiros conjuntos residenciais públicos, edificados a partir do Estado Novo, resgatando uma produção arquitetônica de grande qualidade e desaparecida da historiografia brasileira; a Lei do Inquilinato e a crise de habitação do pós-guerra, num quadro de boom do mercado imobiliário e de acentuada verticalização; a consolidação da periferia, frente à inexistência de outras alternativas, com a generalização do autoempreendimento da casa própria e da precária urbanização. Centrando-se nas intervenções promovidas por Vargas — em meio às influências cruzadas da social-democracia européia e do fascismo —, o livro mostra como o governo buscou, através de iniciativas populistas como o controle dos aluguéis, a produção de habitação pelos Institutos de Aposentadoria e Pensões e a difusão da pequena propriedade através da venda de lotes em prestações, reduzir o custo da moradia (e,conseqüentemente, dos salários) e desestimular o investimento privado em habitação, numa estratégia que tinha como pano de fundo o desenvolvimento industrial com base no capital nacional. Num momento em que a política habitacional e urbana passa por grandes reformulações, marcadas pelo fim do Banco Nacional de Habitação (BNH) e pela revisão de suas estratégias, este livro permite rever a era Vargas e o período que antecede a criação deste que foi o principal órgão estatal de financiamento da moradia do país, lançando luzes para a reflexão sobre o futuro das cidades e da habitação no Brasil. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Origens da Habitação Social no Brasil

Capa ilustrativa

28 livros novos e 4 livros usados em 11 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Origens da Habitação Social no Brasil Capa ilustrativa

Origens da Habitação Social no Brasil

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: seminovo/usado

Marinho Books Marinho Books SP - Barueri
100% Positivas
66 qualificações
R$ 30,00 + frete R$ 11,16

Total: R$ 41,16

Comprar ler descrição ocultar

Descrição bom estado de conservação, páginas e bordas amareladas devido ao tempo, capa com amassos devido ao manuseio e ao tempo

Rigens da Habitação Social no Brasil

Rigens da Habitação Social no Brasil

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: seminovo/usado

A Casa dos Livros A Casa dos Livros SP - São Paulo
100% Positivas
124 qualificações
R$ 42,00 + frete R$ 12,00

Total: R$ 54,00

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Rigens da habitação social no Brasil . Arquitetura Moderna, lei do inquilinato e difusão da Casa Própria. Exemplar em bom estado de conservação, com leves marcas de manuseio. Papel amarelado. Com reprodução de fotos em P/B. Contém 342 Pgs. JB.

ORIGENS DA HABITAÇÃO SOCIAL NO BRASIL Capa ilustrativa

ORIGENS DA HABITAÇÃO SOCIAL NO BRASIL

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
98% Positivas
169 qualificações
R$ 47,40 + frete R$ 8,37

Total: R$ 55,77

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, 'Origens da habitação social no Brasil' constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura.
A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social.
Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes.
Centrando-se nas intervenções promovidas por Vargas - em meio às influências cruzadas da social-democracia europeia e do fascismo - a obra, com dezenas de fotografias dos locais analisados, busca identificar os primórdios da transformação da habitação numa questão social: a produção rentista do início do século, com suas vilas operárias e cortiços; o debate sobre a intervenção estatal nos anos 1930 e 1940; os primeiros conjuntos residenciais públicos, resgatando uma produção arquitetônica de grande qualidade e desaparecida da historiografia; a Lei do Inquilinato e a crise de habitação do pós-guerra, num quadro de boom imobiliário e de verticalização; a consolidação da periferia, frente à inexistência de outras alternativas, com a generalização da casa própria e da urbanização precária.
O livro mostra os modos pelos quais medidas populistas, tais como o controle dos aluguéis, a produção de habitação pelo setor público e a difusão da pequena propriedade através da venda de lotes em prestação, geraram uma redução do custo da moradia (e, consequentemente, dos salários) e desestimularam o investimento privado em habitação, numa estratégia que tinha como pano de fundo o desenvolvimento industrial com base no capital nacional.
Desenvolvido em um período de grandes transformações nas questões de urbanismo e habitação no país, Origens da habitação social resgata e analisa a experiência histórica do Brasil na área, dialogando com as aspirações contemporâneas dos arquitetos brasileiros.

ORIGENS DA HABITAÇÃO SOCIAL NO BRASIL Capa ilustrativa

ORIGENS DA HABITAÇÃO SOCIAL NO BRASIL

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
98% Positivas
169 qualificações
R$ 47,40 + frete R$ 8,37

Total: R$ 55,77

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, 'Origens da habitação social no Brasil' constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura.
A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social.
Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes.
Centrando-se nas intervenções promovidas por Vargas - em meio às influências cruzadas da social-democracia europeia e do fascismo - a obra, com dezenas de fotografias dos locais analisados, busca identificar os primórdios da transformação da habitação numa questão social: a produção rentista do início do século, com suas vilas operárias e cortiços; o debate sobre a intervenção estatal nos anos 1930 e 1940; os primeiros conjuntos residenciais públicos, resgatando uma produção arquitetônica de grande qualidade e desaparecida da historiografia; a Lei do Inquilinato e a crise de habitação do pós-guerra, num quadro de boom imobiliário e de verticalização; a consolidação da periferia, frente à inexistência de outras alternativas, com a generalização da casa própria e da urbanização precária.
O livro mostra os modos pelos quais medidas populistas, tais como o controle dos aluguéis, a produção de habitação pelo setor público e a difusão da pequena propriedade através da venda de lotes em prestação, geraram uma redução do custo da moradia (e, consequentemente, dos salários) e desestimularam o investimento privado em habitação, numa estratégia que tinha como pano de fundo o desenvolvimento industrial com base no capital nacional.
Desenvolvido em um período de grandes transformações nas questões de urbanismo e habitação no país, Origens da habitação social resgata e analisa a experiência histórica do Brasil na área, dialogando com as aspirações contemporâneas dos arquitetos brasileiros.

ORIGENS DA HABITAÇÃO SOCIAL NO BRASIL Capa ilustrativa

ORIGENS DA HABITAÇÃO SOCIAL NO BRASIL

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
98% Positivas
169 qualificações
R$ 47,40 + frete R$ 8,37

Total: R$ 55,77

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, 'Origens da habitação social no Brasil' constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura.
A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social.
Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes.
Centrando-se nas intervenções promovidas por Vargas - em meio às influências cruzadas da social-democracia europeia e do fascismo - a obra, com dezenas de fotografias dos locais analisados, busca identificar os primórdios da transformação da habitação numa questão social: a produção rentista do início do século, com suas vilas operárias e cortiços; o debate sobre a intervenção estatal nos anos 1930 e 1940; os primeiros conjuntos residenciais públicos, resgatando uma produção arquitetônica de grande qualidade e desaparecida da historiografia; a Lei do Inquilinato e a crise de habitação do pós-guerra, num quadro de boom imobiliário e de verticalização; a consolidação da periferia, frente à inexistência de outras alternativas, com a generalização da casa própria e da urbanização precária.
O livro mostra os modos pelos quais medidas populistas, tais como o controle dos aluguéis, a produção de habitação pelo setor público e a difusão da pequena propriedade através da venda de lotes em prestação, geraram uma redução do custo da moradia (e, consequentemente, dos salários) e desestimularam o investimento privado em habitação, numa estratégia que tinha como pano de fundo o desenvolvimento industrial com base no capital nacional.
Desenvolvido em um período de grandes transformações nas questões de urbanismo e habitação no país, Origens da habitação social resgata e analisa a experiência histórica do Brasil na área, dialogando com as aspirações contemporâneas dos arquitetos brasileiros.

ORIGENS DA HABITAÇÃO SOCIAL NO BRASIL Capa ilustrativa

ORIGENS DA HABITAÇÃO SOCIAL NO BRASIL

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
98% Positivas
169 qualificações
R$ 47,40 + frete R$ 8,37

Total: R$ 55,77

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, 'Origens da habitação social no Brasil' constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura.
A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social.
Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes.
Centrando-se nas intervenções promovidas por Vargas - em meio às influências cruzadas da social-democracia europeia e do fascismo - a obra, com dezenas de fotografias dos locais analisados, busca identificar os primórdios da transformação da habitação numa questão social: a produção rentista do início do século, com suas vilas operárias e cortiços; o debate sobre a intervenção estatal nos anos 1930 e 1940; os primeiros conjuntos residenciais públicos, resgatando uma produção arquitetônica de grande qualidade e desaparecida da historiografia; a Lei do Inquilinato e a crise de habitação do pós-guerra, num quadro de boom imobiliário e de verticalização; a consolidação da periferia, frente à inexistência de outras alternativas, com a generalização da casa própria e da urbanização precária.
O livro mostra os modos pelos quais medidas populistas, tais como o controle dos aluguéis, a produção de habitação pelo setor público e a difusão da pequena propriedade através da venda de lotes em prestação, geraram uma redução do custo da moradia (e, consequentemente, dos salários) e desestimularam o investimento privado em habitação, numa estratégia que tinha como pano de fundo o desenvolvimento industrial com base no capital nacional.
Desenvolvido em um período de grandes transformações nas questões de urbanismo e habitação no país, Origens da habitação social resgata e analisa a experiência histórica do Brasil na área, dialogando com as aspirações contemporâneas dos arquitetos brasileiros.

ORIGENS DA HABITAÇÃO SOCIAL NO BRASIL Capa ilustrativa

ORIGENS DA HABITAÇÃO SOCIAL NO BRASIL

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
98% Positivas
169 qualificações
R$ 47,40 + frete R$ 8,37

Total: R$ 55,77

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, 'Origens da habitação social no Brasil' constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura.
A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social.
Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes.
Centrando-se nas intervenções promovidas por Vargas - em meio às influências cruzadas da social-democracia europeia e do fascismo - a obra, com dezenas de fotografias dos locais analisados, busca identificar os primórdios da transformação da habitação numa questão social: a produção rentista do início do século, com suas vilas operárias e cortiços; o debate sobre a intervenção estatal nos anos 1930 e 1940; os primeiros conjuntos residenciais públicos, resgatando uma produção arquitetônica de grande qualidade e desaparecida da historiografia; a Lei do Inquilinato e a crise de habitação do pós-guerra, num quadro de boom imobiliário e de verticalização; a consolidação da periferia, frente à inexistência de outras alternativas, com a generalização da casa própria e da urbanização precária.
O livro mostra os modos pelos quais medidas populistas, tais como o controle dos aluguéis, a produção de habitação pelo setor público e a difusão da pequena propriedade através da venda de lotes em prestação, geraram uma redução do custo da moradia (e, consequentemente, dos salários) e desestimularam o investimento privado em habitação, numa estratégia que tinha como pano de fundo o desenvolvimento industrial com base no capital nacional.
Desenvolvido em um período de grandes transformações nas questões de urbanismo e habitação no país, Origens da habitação social resgata e analisa a experiência histórica do Brasil na área, dialogando com as aspirações contemporâneas dos arquitetos brasileiros.

Origens da Habitação Social no Brasil Capa ilustrativa

Origens da Habitação Social no Brasil

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: seminovo/usado

Academia do Saber Passos Academia do Saber Passos RJ - Rio de Janeiro
97% Positivas
230 qualificações
R$ 50,00 + frete R$ 11,16

Total: R$ 61,16

Comprar ler descrição ocultar

Descrição (Estoque E0269); Capa preservada e em brochura.; Miolo possui grifos em marca texto .; Livro em bom estado; Lombada preservada; Pág 342; - 201616732

Origens da Habitação Social no Brasil

Origens da Habitação Social no Brasil

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Divas e Contrabaixos Divas e Contrabaixos SP - São Paulo
95% Positivas
59 qualificações
R$ 60,00 + frete R$ 11,16

Total: R$ 71,16

Comprar ler descrição ocultar

Descrição novo

Origens da Habitação Social no Brasil Capa ilustrativa

Origens da Habitação Social no Brasil

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
1281 qualificações
R$ 63,20 + frete R$ 11,58

Total: R$ 74,78

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 352p. 17x24 Sinopse: Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, Origens da habitação social no Brasil constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura. A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social. Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes.

Origens da Habitação Social no Brasil Capa ilustrativa

Origens da Habitação Social no Brasil

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
1281 qualificações
R$ 63,20 + frete R$ 11,58

Total: R$ 74,78

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 352p. 17x24 Sinopse: Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, Origens da habitação social no Brasil constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura. A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social. Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes.

Origens da Habitação Social no Brasil Capa ilustrativa

Origens da Habitação Social no Brasil

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
1281 qualificações
R$ 63,20 + frete R$ 11,58

Total: R$ 74,78

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 352p. 17x24 Sinopse: Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, Origens da habitação social no Brasil constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura. A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social. Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes.

Origens da Habitação Social no Brasil Capa ilustrativa

Origens da Habitação Social no Brasil

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
1281 qualificações
R$ 63,20 + frete R$ 11,58

Total: R$ 74,78

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 352p. 17x24 Sinopse: Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, Origens da habitação social no Brasil constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura. A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social. Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes.

Origens da Habitação Social no Brasil Capa ilustrativa

Origens da Habitação Social no Brasil

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
1281 qualificações
R$ 63,20 + frete R$ 11,58

Total: R$ 74,78

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 352p. 17x24 Sinopse: Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, Origens da habitação social no Brasil constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura. A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social. Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes.

Origens da Habitação Social no Brasil Capa ilustrativa

Origens da Habitação Social no Brasil

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
1281 qualificações
R$ 63,20 + frete R$ 11,58

Total: R$ 74,78

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 352p. 17x24 Sinopse: Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, Origens da habitação social no Brasil constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura. A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social. Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes.

Origens da Habitação Social no Brasil Capa ilustrativa

Origens da Habitação Social no Brasil

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
1281 qualificações
R$ 63,20 + frete R$ 11,58

Total: R$ 74,78

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 352p. 17x24 Sinopse: Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, Origens da habitação social no Brasil constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura. A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social. Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes.

Origens da Habitação Social no Brasil Capa ilustrativa

Origens da Habitação Social no Brasil

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
1281 qualificações
R$ 63,20 + frete R$ 11,58

Total: R$ 74,78

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 352p. 17x24 Sinopse: Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, Origens da habitação social no Brasil constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura. A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social. Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes.

Origens da Habitação Social no Brasil Capa ilustrativa

Origens da Habitação Social no Brasil

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
1281 qualificações
R$ 63,20 + frete R$ 11,58

Total: R$ 74,78

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 352p. 17x24 Sinopse: Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, Origens da habitação social no Brasil constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura. A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social. Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes.

Origens da Habitação Social no Brasil

Origens da Habitação Social no Brasil

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
97% Positivas
1016 qualificações
R$ 67,40 + frete R$ 13,05

Total: R$ 80,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, Origens da habitação social no Brasil constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura. A Pesquisa original de NABIL BONDUKI para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. COm o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social. NEsta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O Aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. NEste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes.

Origens da Habitação Social no Brasil

Origens da Habitação Social no Brasil

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: seminovo/usado

Sebo Gnose Sebo Gnose SP - São Paulo
100% Positivas
17 qualificações
R$ 70,00 + frete R$ 11,16

Total: R$ 81,16

Comprar ler descrição ocultar

Descrição 29/08/2017. MLAB. Arquitetura. Livro em ótimo estado de conservação. Miolo com páginas claras. Texto livre de grifos e de rasuras. 5ª Edição. 344 páginas. 17x24 cm. Ano 2011. ... 605 A. ... Sinopse: Origens da habitação social no Brasil é uma análise histórica da habitação popular no país no período que precede a ditadura militar. Nesta obra, o autor traça um painel do desenvolvimento urbano no Brasil na primeira metade do século, buscando identificar as origens do crescimento caótico e os primórdios da transformação da habitação em uma questão social, baseando-se em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico e de história econômica. ...

ORIGENS DA HABITACAO SOCIAL NO BRASIL Capa ilustrativa

ORIGENS DA HABITACAO SOCIAL NO BRASIL

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
456 qualificações
R$ 67,15 + frete R$ 18,26

Total: R$ 85,41

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Nunca manuseado. SKU: L55709698 ISBN: 9788574482828 SINOPSE: Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, Origens da habitação social no Brasil constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura. A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social. Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes. Centrando-se nas intervenções promovidas por Vargas - em meio às influências cruzadas da social-democracia europeia e do fascismo - a obra, com dezenas de fotografias dos locais analisados, busca identificar os primórdios da transformação da habitação numa questão social: a produção rentista do início do século, com suas vilas operárias e cortiços; o debate sobre a intervenção estatal nos anos 1930 e 1940; os primeiros conjuntos residenciais públicos, resgatando uma produção arquitetônica de grande qualidade e desaparecida da historiografia; a Lei do Inquilinato e a crise de habitação do pós-guerra, num quadro de boom imobiliário e de verticalização; a consolidação da periferia, frente à inexistência de outras alternativas, com a generalização da casa própria e da urbanização precária. O livro mostra os modos pelos quais medidas populistas, tais como o controle dos aluguéis, a produção de habitação pelo setor público e a difusão da pequena propriedade através da venda de lotes em prestação, geraram uma redução do custo da moradia (e, consequentemente, dos salários) e desestimularam o investimento privado em habitação, numa estratégia que tinha como pano de fundo o desenvolvimento industrial com base no capital nacional. Desenvolvido em um período de grandes transformações nas questões de urbanismo e habitação no país, Origens da habitação social resgata e analisa a experiência histórica do Brasil na área, dialogando com as aspirações contemporâneas dos arquitetos brasileiros.

ORIGENS DA HABITACAO SOCIAL NO BRASIL Capa ilustrativa

ORIGENS DA HABITACAO SOCIAL NO BRASIL

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
456 qualificações
R$ 67,15 + frete R$ 18,26

Total: R$ 85,41

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Nunca manuseado. SKU: L55709698 ISBN: 9788574482828 SINOPSE: Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, Origens da habitação social no Brasil constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura. A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social. Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes. Centrando-se nas intervenções promovidas por Vargas - em meio às influências cruzadas da social-democracia europeia e do fascismo - a obra, com dezenas de fotografias dos locais analisados, busca identificar os primórdios da transformação da habitação numa questão social: a produção rentista do início do século, com suas vilas operárias e cortiços; o debate sobre a intervenção estatal nos anos 1930 e 1940; os primeiros conjuntos residenciais públicos, resgatando uma produção arquitetônica de grande qualidade e desaparecida da historiografia; a Lei do Inquilinato e a crise de habitação do pós-guerra, num quadro de boom imobiliário e de verticalização; a consolidação da periferia, frente à inexistência de outras alternativas, com a generalização da casa própria e da urbanização precária. O livro mostra os modos pelos quais medidas populistas, tais como o controle dos aluguéis, a produção de habitação pelo setor público e a difusão da pequena propriedade através da venda de lotes em prestação, geraram uma redução do custo da moradia (e, consequentemente, dos salários) e desestimularam o investimento privado em habitação, numa estratégia que tinha como pano de fundo o desenvolvimento industrial com base no capital nacional. Desenvolvido em um período de grandes transformações nas questões de urbanismo e habitação no país, Origens da habitação social resgata e analisa a experiência histórica do Brasil na área, dialogando com as aspirações contemporâneas dos arquitetos brasileiros.

ORIGENS DA HABITACAO SOCIAL NO BRASIL Capa ilustrativa

ORIGENS DA HABITACAO SOCIAL NO BRASIL

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
456 qualificações
R$ 67,15 + frete R$ 18,26

Total: R$ 85,41

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Nunca manuseado. SKU: L55709698 ISBN: 9788574482828 SINOPSE: Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, Origens da habitação social no Brasil constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura. A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social. Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes. Centrando-se nas intervenções promovidas por Vargas - em meio às influências cruzadas da social-democracia europeia e do fascismo - a obra, com dezenas de fotografias dos locais analisados, busca identificar os primórdios da transformação da habitação numa questão social: a produção rentista do início do século, com suas vilas operárias e cortiços; o debate sobre a intervenção estatal nos anos 1930 e 1940; os primeiros conjuntos residenciais públicos, resgatando uma produção arquitetônica de grande qualidade e desaparecida da historiografia; a Lei do Inquilinato e a crise de habitação do pós-guerra, num quadro de boom imobiliário e de verticalização; a consolidação da periferia, frente à inexistência de outras alternativas, com a generalização da casa própria e da urbanização precária. O livro mostra os modos pelos quais medidas populistas, tais como o controle dos aluguéis, a produção de habitação pelo setor público e a difusão da pequena propriedade através da venda de lotes em prestação, geraram uma redução do custo da moradia (e, consequentemente, dos salários) e desestimularam o investimento privado em habitação, numa estratégia que tinha como pano de fundo o desenvolvimento industrial com base no capital nacional. Desenvolvido em um período de grandes transformações nas questões de urbanismo e habitação no país, Origens da habitação social resgata e analisa a experiência histórica do Brasil na área, dialogando com as aspirações contemporâneas dos arquitetos brasileiros.

ORIGENS DA HABITACAO SOCIAL NO BRASIL Capa ilustrativa

ORIGENS DA HABITACAO SOCIAL NO BRASIL

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
456 qualificações
R$ 67,15 + frete R$ 18,26

Total: R$ 85,41

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Nunca manuseado. SKU: L55709698 ISBN: 9788574482828 SINOPSE: Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, Origens da habitação social no Brasil constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura. A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social. Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes. Centrando-se nas intervenções promovidas por Vargas - em meio às influências cruzadas da social-democracia europeia e do fascismo - a obra, com dezenas de fotografias dos locais analisados, busca identificar os primórdios da transformação da habitação numa questão social: a produção rentista do início do século, com suas vilas operárias e cortiços; o debate sobre a intervenção estatal nos anos 1930 e 1940; os primeiros conjuntos residenciais públicos, resgatando uma produção arquitetônica de grande qualidade e desaparecida da historiografia; a Lei do Inquilinato e a crise de habitação do pós-guerra, num quadro de boom imobiliário e de verticalização; a consolidação da periferia, frente à inexistência de outras alternativas, com a generalização da casa própria e da urbanização precária. O livro mostra os modos pelos quais medidas populistas, tais como o controle dos aluguéis, a produção de habitação pelo setor público e a difusão da pequena propriedade através da venda de lotes em prestação, geraram uma redução do custo da moradia (e, consequentemente, dos salários) e desestimularam o investimento privado em habitação, numa estratégia que tinha como pano de fundo o desenvolvimento industrial com base no capital nacional. Desenvolvido em um período de grandes transformações nas questões de urbanismo e habitação no país, Origens da habitação social resgata e analisa a experiência histórica do Brasil na área, dialogando com as aspirações contemporâneas dos arquitetos brasileiros.

ORIGENS DA HABITACAO SOCIAL NO BRASIL Capa ilustrativa

ORIGENS DA HABITACAO SOCIAL NO BRASIL

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
456 qualificações
R$ 67,15 + frete R$ 18,26

Total: R$ 85,41

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Nunca manuseado. SKU: L55709698 ISBN: 9788574482828 SINOPSE: Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, Origens da habitação social no Brasil constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura. A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social. Nesta 7ª edição, o livro traz um prefácio inédito do autor, cobrindo as mudanças ocorridas de 1995 até os dias de hoje. O aumento exponencial do número de escolas de arquitetura, o apoio a pesquisas científicas na área e a entrada da busca pelo direito à habitação na agenda dos arquitetos e urbanistas foram algumas delas. Neste prefácio, Bonduki faz uma avaliação também das políticas públicas para a habitação social nos anos recentes. Centrando-se nas intervenções promovidas por Vargas - em meio às influências cruzadas da social-democracia europeia e do fascismo - a obra, com dezenas de fotografias dos locais analisados, busca identificar os primórdios da transformação da habitação numa questão social: a produção rentista do início do século, com suas vilas operárias e cortiços; o debate sobre a intervenção estatal nos anos 1930 e 1940; os primeiros conjuntos residenciais públicos, resgatando uma produção arquitetônica de grande qualidade e desaparecida da historiografia; a Lei do Inquilinato e a crise de habitação do pós-guerra, num quadro de boom imobiliário e de verticalização; a consolidação da periferia, frente à inexistência de outras alternativas, com a generalização da casa própria e da urbanização precária. O livro mostra os modos pelos quais medidas populistas, tais como o controle dos aluguéis, a produção de habitação pelo setor público e a difusão da pequena propriedade através da venda de lotes em prestação, geraram uma redução do custo da moradia (e, consequentemente, dos salários) e desestimularam o investimento privado em habitação, numa estratégia que tinha como pano de fundo o desenvolvimento industrial com base no capital nacional. Desenvolvido em um período de grandes transformações nas questões de urbanismo e habitação no país, Origens da habitação social resgata e analisa a experiência histórica do Brasil na área, dialogando com as aspirações contemporâneas dos arquitetos brasileiros.

Origens da Habitação Social no Brasil: Arquitetura Moderna, Lei do Inquilinato e Difusão da Casa Própria

Origens da Habitação Social no Brasil: Arquitetura Moderna, Lei do Inquilinato e Difusão da Casa Própria

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
96% Positivas
1402 qualificações
R$ 67,15 + frete R$ 18,26

Total: R$ 85,41

Comprar ler descrição ocultar

Descrição novo nunca manuseado in

Origens da Habitação Social no Brasil

Origens da Habitação Social no Brasil

Ano:   Editora: Estacao Liberdade

Tipo: novo

Livraria Vertov Livraria Vertov PR - Curitiba
97% Positivas
38 qualificações
R$ 79,00 + frete R$ 12,00

Total: R$ 91,00

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Analisando de forma interdisciplinar a história da habitação popular no país no período pré-1964, Origens da habitação social no Brasil constitui um extenso estudo das origens do nosso crescimento urbano, abordado em seus aspectos arquitetônico, urbanístico, sociológico, de história econômica e da arquitetura. A pesquisa original de Nabil Bonduki para a publicação, desenvolvida ao longo de dezoito anos, somou-se à sua experiência política como gestor dos programas habitacionais de São Paulo na gestão de Luiza Erundina. Com o crescimento dos estudos nas áreas de história do urbanismo e da cidade, a análise proposta em Origens se tornou um marco na pesquisa brasileira nas áreas de urbanismo e arquitetura social.

ORIGENS DA HABITAÇÃO SOCIAL NO BRASIL Capa ilustrativa

ORIGENS DA HABITAÇÃO SOCIAL NO BRASIL

Ano:   Editora: Bonduki Nabil

Tipo: novo

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
96% Positivas
1402 qualificações
R$ 75,05 + frete R$ 18,26

Total: R$ 93,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição novo nunca manuseado ly

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro