A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Planeta Favela Capa ilustrativa

Planeta Favela

Mike Davis

Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, 'Planeta favela' leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pela realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades, Davis traz a história da expansão das metrópoles do Terceiro Mundo, analisando os paralelos entre as políticas econômicas e urbanas defendidas pelo FMI e pelo Banco Mundial e suas conseqüências desastrosas nas gecekondus de Istambul (Turquia), nas desakotas de Accra (Gana) ou nos bairros de Caracas (Venezuela), alguns dos nomes locais para as aproximadamente 200 mil favelas existentes no planeta. Cada aspecto dessa 'nova cidade' é analisado - informalidade, desemprego, criminalidade; o gangsterismo dos senhorios que lucram com a miséria; a incapacidade do Estado de oferecer infra-estrutura e casas populares, e em contrapartida sua atuação nas remoções de 'revitalização' que abrem caminho para a especulação imobiliária; as soluções ilusórias de ONGs e organismos multilaterais; os limites das estratégias de titulação de propriedade, os riscos ambientais e sanitários de se viver em favelas, com exposição a resíduos tóxicos e carência de saneamento básico; o crescimento do fanatismo religioso; e a disseminação de doenças como cólera e AIDS. Além das estatísticas, o autor revela as histórias trágicas que os dados frios não mostram, como as crianças abandonadas pelas famílias nas ruas de Kinshasa (Congo), por serem consideradas 'feiticeiras', ou a nuvem de gás letal expelida pela fábrica da Union Carbide na Índia, que causou a morte de aproximadamente 22 mil habitantes de barracos nos arredores da unidade da empresa, que não tinham informação sobre os riscos ou opção de morar em outro local. O livro traça um retrato da nova geografia humana das metrópoles, onde algumas 'ilhas de riqueza' florescem em torres de escritório ou condomínios fortificados que imitam os bairros do subúrbio norte-americano, separados da crescente população favelada por muros e exércitos privados, mas conectados entre si por auto-estradas, aeroportos, redes de comunicação e pelo consumo das marcas globais. A edição brasileira traz ainda um posfácio da urbanista Erminia Maricato que dialoga com a obra de Davis e um caderno de fotografias de favelas brasileiras de André Cypriano. Fechar Ler mais

Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, 'Planeta favela' leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pela realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades, Davis traz a história da expansão das metrópoles do Terceiro Mundo, analisando os paralelos entre as políticas econômicas e urbanas defendidas pelo FMI e pelo Banco Mundial e suas conseqüências desastrosas nas gecekondus de Istambul (Turquia), nas desakotas de Accra (Gana) ou nos bairros de Caracas (Venezuela), alguns dos nomes locais para as aproximadamente 200 mil favelas existentes no planeta. Cada aspecto dessa 'nova cidade' é analisado - informalidade, desemprego, criminalidade; o gangsterismo dos senhorios que lucram com a miséria; a incapacidade do Estado de oferecer infra-estrutura e casas populares, e em contrapartida sua atuação nas remoções de 'revitalização' que abrem caminho para a especulação imobiliária; as soluções ilusórias de ONGs e organismos multilaterais; os limites das estratégias de titulação de propriedade, os riscos ambientais e sanitários de se viver em favelas, com exposição a resíduos tóxicos e carência de saneamento básico; o crescimento do fanatismo religioso; e a disseminação de doenças como cólera e AIDS. Além das estatísticas, o autor revela as histórias trágicas que os dados frios não mostram, como as crianças abandonadas pelas famílias nas ruas de Kinshasa (Congo), por serem consideradas 'feiticeiras', ou a nuvem de gás letal expelida pela fábrica da Union Carbide na Índia, que causou a morte de aproximadamente 22 mil habitantes de barracos nos arredores da unidade da empresa, que não tinham informação sobre os riscos ou opção de morar em outro local. O livro traça um retrato da nova geografia humana das metrópoles, onde algumas 'ilhas de riqueza' florescem em torres de escritório ou condomínios fortificados que imitam os bairros do subúrbio norte-americano, separados da crescente população favelada por muros e exércitos privados, mas conectados entre si por auto-estradas, aeroportos, redes de comunicação e pelo consumo das marcas globais. A edição brasileira traz ainda um posfácio da urbanista Erminia Maricato que dialoga com a obra de Davis e um caderno de fotografias de favelas brasileiras de André Cypriano. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Planeta Favela

Capa ilustrativa

Planeta Favela

Capa ilustrativa
Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Planeta Favela Capa ilustrativa

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: seminovo/usado

Livreiro do Largo da Carioca Livreiro do Largo da Carioca RJ - Rio de Janeiro
97% Positivas
191 qualificações
R$ 26,50 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Exemplar usado, em bom estado geral, apresenta sinais normais de livro usado e antigo, como o amarelamento da idade nas páginas e nos cortes, miolo perfeito, conteúdo preservado, capas e lombada em excelente estado, folhas limpas, texto e imagens completamente preservados, aparentemente está livre de grifos e anotações. Lembramos que a descrição é subjetiva, podendo variar de acordo com o julgador, quando houver algum dano que impossibilite o uso normal do exemplar o mesmo é apontado na descrição.

Planeta Favela Capa ilustrativa

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: seminovo/usado

Sebo Almanaque Sebo Almanaque SP - Franca
99% Positivas
140 qualificações
R$ 27,00 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em muito bom estado de conservação. Capas, miolo e lombada em ótimo estado. Bordas limpas. Sem grifos, rasuras ou anotações. Ótimo para leitura, pesquisa e estudo. 270 páginas.

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: seminovo/usado

Germinal Sebo Germinal Sebo SP - São Paulo
R$ 30,00 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em ótimo estado, bem conservado, sem anotações ou grifos, brochura, 270 páginas.

Planeta Favela Capa ilustrativa

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: seminovo/usado

Sebo Baluarte Sebo Baluarte PR - Toledo
97% Positivas
36 qualificações
R$ 30,00 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em excelente estado de conservação. Refilo em excelente estado, capa em excelente estado, lombada em excelente estado, sem grifos, sem riscos, sem vincos, páginas em excelente estado de conservação. Codigo: 13483

Planeta favela Capa ilustrativa

Planeta favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: seminovo/usado

Sebo Museu do Livro Sebo Museu do Livro SP - São Paulo
99% Positivas
71 qualificações
R$ 35,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Ótimo estado de conservação DHF 29/09/17

Planeta Favela Capa ilustrativa

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: seminovo/usado

Cristina Silva58 Cristina Silva58 RJ - Nova Iguaçu
100% Positivas
10 qualificações
R$ 37,00 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro usado em bom estado, brochura. Sem marcações ou sublinhados.

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
98% Positivas
54 qualificações
R$ 39,99 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO ==Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, Planeta favela leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pela realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades,

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
98% Positivas
54 qualificações
R$ 39,99 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO ==Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, Planeta favela leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pela realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades,

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: seminovo/usado

Pasani Livros Pasani Livros SP - São Paulo
90% Positivas
31 qualificações
R$ 40,15 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado de conservação.

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
92% Positivas
494 qualificações
R$ 40,50 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Descrição: Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, Planeta favela leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pela realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades, Davis traz a história da expansão das metrópoles do Terceiro Mundo, analisando os paralelos entre as políticas econômicas e urbanas defendidas pelo FMI e pelo Banco Mundial e suas conseqüências desastrosas

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
92% Positivas
494 qualificações
R$ 40,50 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Descrição: Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, Planeta favela leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pela realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades, Davis traz a história da expansão das metrópoles do Terceiro Mundo, analisando os paralelos entre as políticas econômicas e urbanas defendidas pelo FMI e pelo Banco Mundial e suas conseqüências desastrosas

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
92% Positivas
494 qualificações
R$ 40,50 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Descrição: Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, Planeta favela leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pela realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades, Davis traz a história da expansão das metrópoles do Terceiro Mundo, analisando os paralelos entre as políticas econômicas e urbanas defendidas pelo FMI e pelo Banco Mundial e suas conseqüências desastrosas

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
92% Positivas
494 qualificações
R$ 40,50 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Descrição: Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, Planeta favela leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pela realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades, Davis traz a história da expansão das metrópoles do Terceiro Mundo, analisando os paralelos entre as políticas econômicas e urbanas defendidas pelo FMI e pelo Banco Mundial e suas conseqüências desastrosas

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
92% Positivas
494 qualificações
R$ 40,50 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Descrição: Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, Planeta favela leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pela realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades, Davis traz a história da expansão das metrópoles do Terceiro Mundo, analisando os paralelos entre as políticas econômicas e urbanas defendidas pelo FMI e pelo Banco Mundial e suas conseqüências desastrosas

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
93% Positivas
493 qualificações
R$ 40,50 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, Planeta favela leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pela realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades, Davis traz a história da expansão das metrópoles do Terceiro Mundo, analisando os paralelos entre as políticas econômicas e urbanas defendidas pelo FMI e pelo Banco Mundial e suas conseqüências desastrosas nas gecekondus de Istambul (Tu

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
93% Positivas
493 qualificações
R$ 40,50 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, Planeta favela leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pela realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades, Davis traz a história da expansão das metrópoles do Terceiro Mundo, analisando os paralelos entre as políticas econômicas e urbanas defendidas pelo FMI e pelo Banco Mundial e suas conseqüências desastrosas nas gecekondus de Istambul (Tu

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
93% Positivas
493 qualificações
R$ 40,50 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, Planeta favela leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pela realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades, Davis traz a história da expansão das metrópoles do Terceiro Mundo, analisando os paralelos entre as políticas econômicas e urbanas defendidas pelo FMI e pelo Banco Mundial e suas conseqüências desastrosas nas gecekondus de Istambul (Tu

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Anima Livros Anima Livros SP - São Paulo
97% Positivas
205 qualificações
R$ 40,90 + R$ 12,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição novo/Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, Planeta favela leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pela realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades, Davis traz a história da expansão das metrópoles do Terceiro Mundo, analisando os paralelos entre as políticas econômicas e urbanas defendidas pelo FMI e pelo Banco Mundial e suas conseqüências desastrosas nas gecekondus de Istambu

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Anima Livros Anima Livros SP - São Paulo
97% Positivas
205 qualificações
R$ 40,90 + R$ 12,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição novo/Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, Planeta favela leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pela realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades, Davis traz a história da expansão das metrópoles do Terceiro Mundo, analisando os paralelos entre as políticas econômicas e urbanas defendidas pelo FMI e pelo Banco Mundial e suas conseqüências desastrosas nas gecekondus de Istambu

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sociedade dos Livros Sociedade dos Livros SP - São Paulo
98% Positivas
411 qualificações
R$ 45,00 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo. Adquirido diretamente da editora

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

In Books In Books RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
275 qualificações
R$ 45,90 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo em folha!! Sem uso!! 2ª reimpressão de fevereiro de 2015.

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

In Books In Books RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
275 qualificações
R$ 45,90 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo em folha!! Sem uso!! 2ª reimpressão de fevereiro de 2015.

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

In Books In Books RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
275 qualificações
R$ 45,90 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo em folha!! Sem uso!! 2ª reimpressão de fevereiro de 2015.

Planeta Favela

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Local da Cultura Local da Cultura RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
133 qualificações
R$ 45,90 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo em folha!! Sem uso!! 2ª reimpressão de fevereiro de 2015.

PLANETA FAVELA Capa ilustrativa

PLANETA FAVELA

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
100% Positivas
666 qualificações
R$ 45,90 + R$ 12,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. SKU: L55360220 Sinopse: Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, Planeta Favela leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pelos realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades, Davis traz a história da expansão das metrópoles do Terceiro Mundo, analisando os paralelos entre as políticas econômicas e urbanas defendidas pelo FMI e pelo Banco Mundial e suas conseqüências desastrosas nas gecekondus de Istambul (Turquia), nas desakotas de Accra (Gana) ou nos barrios de Caracas (Venezuela), alguns dos nomes locais para as aproximadamente 200 mil favelas existentes no planeta. Cada aspecto dessa nova cidade é analisado: informalidade, desemprego, criminalidade; o gangsterismo dos senhorios que lucram com a miséria; a incapacidade do Estado de oferecer infra-estrutura e casas populares, e em contrapartida sua atuação nas remoções de revitalização que abrem caminho para a especulação imobiliária; as soluções ilusórias de ONGs e organismos multilaterais; os limites das estratégias de titulação de propriedade, os riscos ambientais e sanitários de se viver em favelas, com exposição a resíduos tóxicos e carência de saneamento básico; o crescimento do fanatismo religioso; e a disseminação de doenças como cólera e aids. Além das estatísticas, o autor revela as histórias trágicas que os dados frios não mostram, como as crianças abandonadas pelas famílias nas ruas de Kinshasa (Congo), por serem consideradas feiticeiras , ou a nuvem de gás letal expelida pela fábrica da Union Carbide na Índia, que causou a morte de aproximadamente 22 mil habitantes de barracos nos arredores da unidade da empresa, que não tinham informação sobre os riscos ou opção de morar em outro local. O livro traça um retrato da nova geografia humana das metrópoles, onde algumas ' ilhas de riqueza florescem em torres de escritório ou condomínios fortificados que imitam os bairros do subúrbio norte-americano, separados da crescente população favelada por muros e exércitos privados, mas conectados entre si por auto-estradas, aeroportos, redes de comunicação e pelo consumo das marcas globais. Como coloca o autor, citando, entre outros, Alphaville, enclaves constituídos como parques temáticos deslocados da sua realidade social mas integrados na globalização, onde se deixa de ser cidadão do seu próprio país para ser um patriota da riqueza, nacionalista de um afluente e dourado lugar-nenhum , como os classifica o urbanista Jeremy Seabrook, citado no livro. Davis explora a natureza desse novo contexto do conflito de classes, entre os que vivem dentro dos muros como em uma cidade medieval , e a humanidade excedente , que vive fora dela. Um proletariado informal , ainda não compreendido pelo marxismo clássico e tampouco pelo neoliberalismo.

PLANETA FAVELA Capa ilustrativa

PLANETA FAVELA

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
100% Positivas
666 qualificações
R$ 45,90 + R$ 12,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. SKU: L55360220 Sinopse: Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, Planeta Favela leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pelos realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades, Davis traz a história da expansão das metrópoles do Terceiro Mundo, analisando os paralelos entre as políticas econômicas e urbanas defendidas pelo FMI e pelo Banco Mundial e suas conseqüências desastrosas nas gecekondus de Istambul (Turquia), nas desakotas de Accra (Gana) ou nos barrios de Caracas (Venezuela), alguns dos nomes locais para as aproximadamente 200 mil favelas existentes no planeta. Cada aspecto dessa nova cidade é analisado: informalidade, desemprego, criminalidade; o gangsterismo dos senhorios que lucram com a miséria; a incapacidade do Estado de oferecer infra-estrutura e casas populares, e em contrapartida sua atuação nas remoções de revitalização que abrem caminho para a especulação imobiliária; as soluções ilusórias de ONGs e organismos multilaterais; os limites das estratégias de titulação de propriedade, os riscos ambientais e sanitários de se viver em favelas, com exposição a resíduos tóxicos e carência de saneamento básico; o crescimento do fanatismo religioso; e a disseminação de doenças como cólera e aids. Além das estatísticas, o autor revela as histórias trágicas que os dados frios não mostram, como as crianças abandonadas pelas famílias nas ruas de Kinshasa (Congo), por serem consideradas feiticeiras , ou a nuvem de gás letal expelida pela fábrica da Union Carbide na Índia, que causou a morte de aproximadamente 22 mil habitantes de barracos nos arredores da unidade da empresa, que não tinham informação sobre os riscos ou opção de morar em outro local. O livro traça um retrato da nova geografia humana das metrópoles, onde algumas ' ilhas de riqueza florescem em torres de escritório ou condomínios fortificados que imitam os bairros do subúrbio norte-americano, separados da crescente população favelada por muros e exércitos privados, mas conectados entre si por auto-estradas, aeroportos, redes de comunicação e pelo consumo das marcas globais. Como coloca o autor, citando, entre outros, Alphaville, enclaves constituídos como parques temáticos deslocados da sua realidade social mas integrados na globalização, onde se deixa de ser cidadão do seu próprio país para ser um patriota da riqueza, nacionalista de um afluente e dourado lugar-nenhum , como os classifica o urbanista Jeremy Seabrook, citado no livro. Davis explora a natureza desse novo contexto do conflito de classes, entre os que vivem dentro dos muros como em uma cidade medieval , e a humanidade excedente , que vive fora dela. Um proletariado informal , ainda não compreendido pelo marxismo clássico e tampouco pelo neoliberalismo.

PLANETA FAVELA Capa ilustrativa

PLANETA FAVELA

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
100% Positivas
666 qualificações
R$ 45,90 + R$ 12,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. SKU: L55360220 Sinopse: Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, Planeta Favela leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pelos realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades, Davis traz a história da expansão das metrópoles do Terceiro Mundo, analisando os paralelos entre as políticas econômicas e urbanas defendidas pelo FMI e pelo Banco Mundial e suas conseqüências desastrosas nas gecekondus de Istambul (Turquia), nas desakotas de Accra (Gana) ou nos barrios de Caracas (Venezuela), alguns dos nomes locais para as aproximadamente 200 mil favelas existentes no planeta. Cada aspecto dessa nova cidade é analisado: informalidade, desemprego, criminalidade; o gangsterismo dos senhorios que lucram com a miséria; a incapacidade do Estado de oferecer infra-estrutura e casas populares, e em contrapartida sua atuação nas remoções de revitalização que abrem caminho para a especulação imobiliária; as soluções ilusórias de ONGs e organismos multilaterais; os limites das estratégias de titulação de propriedade, os riscos ambientais e sanitários de se viver em favelas, com exposição a resíduos tóxicos e carência de saneamento básico; o crescimento do fanatismo religioso; e a disseminação de doenças como cólera e aids. Além das estatísticas, o autor revela as histórias trágicas que os dados frios não mostram, como as crianças abandonadas pelas famílias nas ruas de Kinshasa (Congo), por serem consideradas feiticeiras , ou a nuvem de gás letal expelida pela fábrica da Union Carbide na Índia, que causou a morte de aproximadamente 22 mil habitantes de barracos nos arredores da unidade da empresa, que não tinham informação sobre os riscos ou opção de morar em outro local. O livro traça um retrato da nova geografia humana das metrópoles, onde algumas ' ilhas de riqueza florescem em torres de escritório ou condomínios fortificados que imitam os bairros do subúrbio norte-americano, separados da crescente população favelada por muros e exércitos privados, mas conectados entre si por auto-estradas, aeroportos, redes de comunicação e pelo consumo das marcas globais. Como coloca o autor, citando, entre outros, Alphaville, enclaves constituídos como parques temáticos deslocados da sua realidade social mas integrados na globalização, onde se deixa de ser cidadão do seu próprio país para ser um patriota da riqueza, nacionalista de um afluente e dourado lugar-nenhum , como os classifica o urbanista Jeremy Seabrook, citado no livro. Davis explora a natureza desse novo contexto do conflito de classes, entre os que vivem dentro dos muros como em uma cidade medieval , e a humanidade excedente , que vive fora dela. Um proletariado informal , ainda não compreendido pelo marxismo clássico e tampouco pelo neoliberalismo.

PLANETA FAVELA Capa ilustrativa

PLANETA FAVELA

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
100% Positivas
666 qualificações
R$ 45,90 + R$ 12,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. SKU: L55360220 Sinopse: Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, Planeta Favela leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pelos realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades, Davis traz a história da expansão das metrópoles do Terceiro Mundo, analisando os paralelos entre as políticas econômicas e urbanas defendidas pelo FMI e pelo Banco Mundial e suas conseqüências desastrosas nas gecekondus de Istambul (Turquia), nas desakotas de Accra (Gana) ou nos barrios de Caracas (Venezuela), alguns dos nomes locais para as aproximadamente 200 mil favelas existentes no planeta. Cada aspecto dessa nova cidade é analisado: informalidade, desemprego, criminalidade; o gangsterismo dos senhorios que lucram com a miséria; a incapacidade do Estado de oferecer infra-estrutura e casas populares, e em contrapartida sua atuação nas remoções de revitalização que abrem caminho para a especulação imobiliária; as soluções ilusórias de ONGs e organismos multilaterais; os limites das estratégias de titulação de propriedade, os riscos ambientais e sanitários de se viver em favelas, com exposição a resíduos tóxicos e carência de saneamento básico; o crescimento do fanatismo religioso; e a disseminação de doenças como cólera e aids. Além das estatísticas, o autor revela as histórias trágicas que os dados frios não mostram, como as crianças abandonadas pelas famílias nas ruas de Kinshasa (Congo), por serem consideradas feiticeiras , ou a nuvem de gás letal expelida pela fábrica da Union Carbide na Índia, que causou a morte de aproximadamente 22 mil habitantes de barracos nos arredores da unidade da empresa, que não tinham informação sobre os riscos ou opção de morar em outro local. O livro traça um retrato da nova geografia humana das metrópoles, onde algumas ' ilhas de riqueza florescem em torres de escritório ou condomínios fortificados que imitam os bairros do subúrbio norte-americano, separados da crescente população favelada por muros e exércitos privados, mas conectados entre si por auto-estradas, aeroportos, redes de comunicação e pelo consumo das marcas globais. Como coloca o autor, citando, entre outros, Alphaville, enclaves constituídos como parques temáticos deslocados da sua realidade social mas integrados na globalização, onde se deixa de ser cidadão do seu próprio país para ser um patriota da riqueza, nacionalista de um afluente e dourado lugar-nenhum , como os classifica o urbanista Jeremy Seabrook, citado no livro. Davis explora a natureza desse novo contexto do conflito de classes, entre os que vivem dentro dos muros como em uma cidade medieval , e a humanidade excedente , que vive fora dela. Um proletariado informal , ainda não compreendido pelo marxismo clássico e tampouco pelo neoliberalismo.

PLANETA FAVELA Capa ilustrativa

PLANETA FAVELA

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
100% Positivas
666 qualificações
R$ 45,90 + R$ 12,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. SKU: L55360220 Sinopse: Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, Planeta Favela leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pelos realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético. Combinando erudição acadêmica e conhecimento in loco das áreas pobres das grandes cidades, Davis traz a história da expansão das metrópoles do Terceiro Mundo, analisando os paralelos entre as políticas econômicas e urbanas defendidas pelo FMI e pelo Banco Mundial e suas conseqüências desastrosas nas gecekondus de Istambul (Turquia), nas desakotas de Accra (Gana) ou nos barrios de Caracas (Venezuela), alguns dos nomes locais para as aproximadamente 200 mil favelas existentes no planeta. Cada aspecto dessa nova cidade é analisado: informalidade, desemprego, criminalidade; o gangsterismo dos senhorios que lucram com a miséria; a incapacidade do Estado de oferecer infra-estrutura e casas populares, e em contrapartida sua atuação nas remoções de revitalização que abrem caminho para a especulação imobiliária; as soluções ilusórias de ONGs e organismos multilaterais; os limites das estratégias de titulação de propriedade, os riscos ambientais e sanitários de se viver em favelas, com exposição a resíduos tóxicos e carência de saneamento básico; o crescimento do fanatismo religioso; e a disseminação de doenças como cólera e aids. Além das estatísticas, o autor revela as histórias trágicas que os dados frios não mostram, como as crianças abandonadas pelas famílias nas ruas de Kinshasa (Congo), por serem consideradas feiticeiras , ou a nuvem de gás letal expelida pela fábrica da Union Carbide na Índia, que causou a morte de aproximadamente 22 mil habitantes de barracos nos arredores da unidade da empresa, que não tinham informação sobre os riscos ou opção de morar em outro local. O livro traça um retrato da nova geografia humana das metrópoles, onde algumas ' ilhas de riqueza florescem em torres de escritório ou condomínios fortificados que imitam os bairros do subúrbio norte-americano, separados da crescente população favelada por muros e exércitos privados, mas conectados entre si por auto-estradas, aeroportos, redes de comunicação e pelo consumo das marcas globais. Como coloca o autor, citando, entre outros, Alphaville, enclaves constituídos como parques temáticos deslocados da sua realidade social mas integrados na globalização, onde se deixa de ser cidadão do seu próprio país para ser um patriota da riqueza, nacionalista de um afluente e dourado lugar-nenhum , como os classifica o urbanista Jeremy Seabrook, citado no livro. Davis explora a natureza desse novo contexto do conflito de classes, entre os que vivem dentro dos muros como em uma cidade medieval , e a humanidade excedente , que vive fora dela. Um proletariado informal , ainda não compreendido pelo marxismo clássico e tampouco pelo neoliberalismo.

Planeta Favela Capa ilustrativa

Planeta Favela

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sebo Reliquia Sebo Reliquia PR - Curitiba
99% Positivas
180 qualificações
R$ 47,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo!Se a imagem da metrópole no século XX era a dos arranha-céus e das oportunidades de emprego, ''''Planeta favela'''' leva o leitor para uma viagem ao redor do mundo pela realidade dos cenários de pobreza onde vive a maioria dos habitantes das megacidades do século XXI. O urbanista norte-americano Mike Davis investiga as origens do crescimento vertiginoso da população em moradias precárias a partir dos anos 80 na América Latina, na África, na Ásia e no antigo bloco soviético.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro