A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Genes Povos e Linguas Capa ilustrativa

Genes, Povos e Línguas

Luigi Luca Cavalli-sforza

Se utilizarmos simplesmente os nomes que os homens deram a si próprios, reconhecemos milhares de populações, com algumas ténues diferenças em relação às outras. Há sempre um motivo para uma população querer dar um nome diferente a si própria. A diferença está na origem, ou então forma-se porque os que se julgam diferentes querem continuar a ser eles próprios, e esta intenção é suficiente para gerar diferenças, genéticas e culturais, embora habitualmente muito pequenas. É interessante perguntarmo-nos como nasceu esta diversidade, que forças agiram, qual a sucessão dos acontecimentos - em suma, a história desta evolução. Durante quarenta e cinco anos Cavalli-Sforza, com uma equipa de outros cientistas, dedicou-se a uma empresa magistral e poderosa; Cavalli-Sforza e os seus colaboradores cartografaram a distribuição de centenas de genes à escala mundial, para a partir da comparação dos mapas deduzirem as linhas filogenéticas das populações. A árvore genealógica assim construída foi relacionada com uma enorme quantidade de dados demográficos, arqueológicos e linguísticos. E a surpreendente conclusão para a qual converge a pesquisa mostra-nos a sobreposição de genealogias diferentes: a genética, a paleoantropologia e a linguística estão de acordo, corroborando-se mutuamente. De onde resulta que os genes, os povos e as línguas se difundiram paralelamente, através de uma série de migrações que tiveram origem em África. Sob o olhar do leitor, vai-se assim elaborando uma perspectiva unitária sobre cerca de cem mil anos de vicissitudes da espécie humana. Nunca até agora uma investigação científica soubera iluminar com tanta precisão a relação entre genes e culturas, conseguindo, aliás, libertar de pressupostos erróneos a controversa noção de raça. LUIGI LUCA CAVALLI-SFORZA ensinou nas Universidades de Cambridge, Parma, Pavia e Stanford, na Califórnia. Entre as suas inúmeras obras o Instituto Piaget publicou, Quem Somos Nós, escrita em colaboração com F. Cavalli-Sforza, seu filho. Fechar Ler mais

Se utilizarmos simplesmente os nomes que os homens deram a si próprios, reconhecemos milhares de populações, com algumas ténues diferenças em relação às outras. Há sempre um motivo para uma população querer dar um nome diferente a si própria. A diferença está na origem, ou então forma-se porque os que se julgam diferentes querem continuar a ser eles próprios, e esta intenção é suficiente para gerar diferenças, genéticas e culturais, embora habitualmente muito pequenas. É interessante perguntarmo-nos como nasceu esta diversidade, que forças agiram, qual a sucessão dos acontecimentos - em suma, a história desta evolução. Durante quarenta e cinco anos Cavalli-Sforza, com uma equipa de outros cientistas, dedicou-se a uma empresa magistral e poderosa; Cavalli-Sforza e os seus colaboradores cartografaram a distribuição de centenas de genes à escala mundial, para a partir da comparação dos mapas deduzirem as linhas filogenéticas das populações. A árvore genealógica assim construída foi relacionada com uma enorme quantidade de dados demográficos, arqueológicos e linguísticos. E a surpreendente conclusão para a qual converge a pesquisa mostra-nos a sobreposição de genealogias diferentes: a genética, a paleoantropologia e a linguística estão de acordo, corroborando-se mutuamente. De onde resulta que os genes, os povos e as línguas se difundiram paralelamente, através de uma série de migrações que tiveram origem em África. Sob o olhar do leitor, vai-se assim elaborando uma perspectiva unitária sobre cerca de cem mil anos de vicissitudes da espécie humana. Nunca até agora uma investigação científica soubera iluminar com tanta precisão a relação entre genes e culturas, conseguindo, aliás, libertar de pressupostos erróneos a controversa noção de raça. LUIGI LUCA CAVALLI-SFORZA ensinou nas Universidades de Cambridge, Parma, Pavia e Stanford, na Califórnia. Entre as suas inúmeras obras o Instituto Piaget publicou, Quem Somos Nós, escrita em colaboração com F. Cavalli-Sforza, seu filho. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

on the road (pé na estrada) - no plástico

2 livros usados em 1 vendedor

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
on the road (pé na estrada) - no plástico

on the road (pé na estrada) - no plástico

Ano:   Editora: Circulo do Livro

Tipo: seminovo/usado

Emana Livros Emana Livros RJ - Araruama
100% Positivas
152 qualificações
R$ 14,00 + frete R$ 10,16

Total: R$ 24,16

Comprar ler descrição ocultar

Descrição novo , no plástico

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro