A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
O Dilema do Porco Espinho Como Encarar a Solidao Capa ilustrativa

Livro O Dilema do Porco-espinho - Como Encarar a Solidão

Leandro Karnal

5 de 5 estrelas (3 avaliações)

O poeta Vinicius de Moraes cantava “que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? Este é um dos fios da meada que o historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais mais influentes do país, toma como mote neste livro. A partir de referências filosóficas ou religiosas, relacionadas a fatos históricos ou a romances, ele faz uma saborosa reflexão sobre a natureza de viver só – ainda que por pouco tempo. Ele apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser uma luz e que, em alguns casos, Deus revela-se aos solitários. Segundo o Gênesis, aliás, Deus teria dito: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda”. E o autor amplia o tema para discorrer como a tradição judaico-cristã em geral abordou a solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e também analisa a solidão no mundo virtual. Contempla tanto temas como os amigos imaginários das crianças até pensamentos de filósofos como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem se amplificado em sua maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida seu interlocutor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar de seus pensamentos.    

O poeta Vinicius de Moraes cantava “que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? Este é um dos fios da me ada que o historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais mais influentes do país, toma como mote neste livro. A partir de referências filosóficas ou religiosas, relacionadas a fatos históricos ou a romances, ele faz uma saborosa reflexão sobre a natureza de viver só – ainda que por pouco tempo. Ele apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser uma luz e que, em alguns casos, Deus revela-se aos solitários. Segundo o Gênesis, aliás, Deus teria dito: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda”. E o autor amplia o tema para discorrer como a tradição judaico-cristã em geral abordou a solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e também analisa a solidão no mundo virtual. Contempla tanto temas como os amigos imaginários das crianças até pensamentos de filósofos como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem se amplificado em sua maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida seu interlocutor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar de seus pensamentos. Fechar Ler mais

Refinar resultado

166 livros novos e 10 livros usados em 48 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão Capa ilustrativa

O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão

Ano:   Editora: Planeta Br

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
93% Positivas
481 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 8,82

Total: R$ 40,32

Comprar ler descrição ocultar
O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão Capa ilustrativa

O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão

Ano:   Editora: Planeta Br

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
93% Positivas
481 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 8,82

Total: R$ 40,32

Comprar ler descrição ocultar
O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão Capa ilustrativa

O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão

Ano:   Editora: Planeta Br

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
93% Positivas
481 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 8,82

Total: R$ 40,32

Comprar ler descrição ocultar
O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão Capa ilustrativa

O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão

Ano:   Editora: Planeta Br

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
93% Positivas
481 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 8,82

Total: R$ 40,32

Comprar ler descrição ocultar
O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão Capa ilustrativa

O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão

Ano:   Editora: Planeta Br

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
93% Positivas
481 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 8,82

Total: R$ 40,32

Comprar ler descrição ocultar
O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão Capa ilustrativa

O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão

Ano:   Editora: Planeta Br

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
93% Positivas
481 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 8,82

Total: R$ 40,32

Comprar ler descrição ocultar
O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão Capa ilustrativa

O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão

Ano:   Editora: Planeta Br

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
93% Positivas
481 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 8,82

Total: R$ 40,32

Comprar ler descrição ocultar
O dilema do porco-espinho: Como encarar a solidão

O dilema do porco-espinho: Como encarar a solidão

Ano:   Editora: Planeta do Brasil Grupo P

Tipo: novo

Idioma: Português

Authentic Livros Authentic Livros SP - São Paulo
99% Positivas
813 qualificações
R$ 31,92 + frete R$ 8,82

Total: R$ 40,74

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava "que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acom panhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: “Não é bom que o homem esteja só fa rei para ele alguém que o auxilie e corresponda.” E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos a migos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na matu ridade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

O dilema do porco-espinho: Como encarar a solidão

O dilema do porco-espinho: Como encarar a solidão

Ano:   Editora: Planeta do Brasil Grupo P

Tipo: novo

Idioma: Português

Authentic Livros Authentic Livros SP - São Paulo
99% Positivas
813 qualificações
R$ 31,92 + frete R$ 8,82

Total: R$ 40,74

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava "que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acom panhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: “Não é bom que o homem esteja só fa rei para ele alguém que o auxilie e corresponda.” E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos a migos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na matu ridade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

O dilema do porco-espinho: Como encarar a solidão

O dilema do porco-espinho: Como encarar a solidão

Ano:   Editora: Planeta do Brasil Grupo P

Tipo: novo

Idioma: Português

Authentic Livros Authentic Livros SP - São Paulo
99% Positivas
813 qualificações
R$ 31,92 + frete R$ 8,82

Total: R$ 40,74

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava "que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acom panhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: “Não é bom que o homem esteja só fa rei para ele alguém que o auxilie e corresponda.” E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos a migos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na matu ridade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

O dilema do porco-espinho: Como encarar a solidão

O dilema do porco-espinho: Como encarar a solidão

Ano:   Editora: Planeta do Brasil Grupo P

Tipo: novo

Idioma: Português

Authentic Livros Authentic Livros SP - São Paulo
99% Positivas
813 qualificações
R$ 31,92 + frete R$ 8,82

Total: R$ 40,74

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava "que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acom panhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: “Não é bom que o homem esteja só fa rei para ele alguém que o auxilie e corresponda.” E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos a migos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na matu ridade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

O dilema do porco-espinho: Como encarar a solidão

O dilema do porco-espinho: Como encarar a solidão

Ano:   Editora: Planeta do Brasil Grupo P

Tipo: novo

Idioma: Português

Authentic Livros Authentic Livros SP - São Paulo
99% Positivas
813 qualificações
R$ 31,92 + frete R$ 8,82

Total: R$ 40,74

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava "que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acom panhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: “Não é bom que o homem esteja só fa rei para ele alguém que o auxilie e corresponda.” E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos a migos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na matu ridade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

O Dilema do Porco-espinho. Como Encarar a Solidao

O Dilema do Porco-espinho. Como Encarar a Solidao

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Caminhos do Saber Caminhos do Saber RJ - Rio de Janeiro
98% Positivas
51 qualificações
R$ 32,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 40,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição 5- Edição brochura, LIVRO NOVO.Cod 12178 - 201615043

O Dilema do Porco-espinho. Como Encarar a Solidao

O Dilema do Porco-espinho. Como Encarar a Solidao

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Caminhos do Saber Caminhos do Saber RJ - Rio de Janeiro
98% Positivas
51 qualificações
R$ 32,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 40,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição 5- Edição brochura, LIVRO NOVO.Cod 12178 - 201615020

Dilema do Porco Espinho, o - Como Encarar a Solidao Capa ilustrativa

Dilema do Porco Espinho, o - Como Encarar a Solidao

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Livrofast Livrofast SP - São Paulo
96% Positivas
498 qualificações
R$ 32,72 + frete R$ 8,82

Total: R$ 41,54

Comprar ler descrição ocultar

Descrição NOVO DIRETO DO FABRICANTE

Dilema do Porco Espinho, o - Como Encarar a Solidao Capa ilustrativa

Dilema do Porco Espinho, o - Como Encarar a Solidao

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Livrofast Livrofast SP - São Paulo
96% Positivas
498 qualificações
R$ 32,72 + frete R$ 8,82

Total: R$ 41,54

Comprar ler descrição ocultar

Descrição NOVO DIRETO DO FABRICANTE

Dilema do Porco Espinho, o - Como Encarar a Solidao Capa ilustrativa

Dilema do Porco Espinho, o - Como Encarar a Solidao

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Livrofast Livrofast SP - São Paulo
96% Positivas
498 qualificações
R$ 32,72 + frete R$ 8,82

Total: R$ 41,54

Comprar ler descrição ocultar

Descrição NOVO DIRETO DO FABRICANTE

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA Capa ilustrativa

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Astro dos Livros Infinity Astro dos Livros Infinity SP - São Paulo
R$ 33,52 + frete R$ 9,93

Total: R$ 43,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda. E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA Capa ilustrativa

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Astro dos Livros Astro dos Livros SP - São Paulo
100% Positivas
157 qualificações
R$ 33,52 + frete R$ 9,93

Total: R$ 43,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda. E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA Capa ilustrativa

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Astro dos Livros Infinity Astro dos Livros Infinity SP - São Paulo
R$ 33,52 + frete R$ 9,93

Total: R$ 43,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda. E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA Capa ilustrativa

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Astro dos Livros Astro dos Livros SP - São Paulo
100% Positivas
157 qualificações
R$ 33,52 + frete R$ 9,93

Total: R$ 43,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda. E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA Capa ilustrativa

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Astro dos Livros Infinity Astro dos Livros Infinity SP - São Paulo
R$ 33,52 + frete R$ 9,93

Total: R$ 43,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda. E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA Capa ilustrativa

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Astro dos Livros Infinity Astro dos Livros Infinity SP - São Paulo
R$ 33,52 + frete R$ 9,93

Total: R$ 43,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda. E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA Capa ilustrativa

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Astro dos Livros 2 Astro dos Livros 2 SP - São Paulo
100% Positivas
89 qualificações
R$ 33,52 + frete R$ 9,93

Total: R$ 43,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda. E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA Capa ilustrativa

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Astro dos Livros Infinity Astro dos Livros Infinity SP - São Paulo
R$ 33,52 + frete R$ 9,93

Total: R$ 43,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda. E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA Capa ilustrativa

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Astro dos Livros 2 Astro dos Livros 2 SP - São Paulo
100% Positivas
89 qualificações
R$ 33,52 + frete R$ 9,93

Total: R$ 43,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda. E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA Capa ilustrativa

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Astro dos Livros 2 Astro dos Livros 2 SP - São Paulo
100% Positivas
89 qualificações
R$ 33,52 + frete R$ 9,93

Total: R$ 43,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda. E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA Capa ilustrativa

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Astro dos Livros 2 Astro dos Livros 2 SP - São Paulo
100% Positivas
89 qualificações
R$ 33,52 + frete R$ 9,93

Total: R$ 43,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda. E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA Capa ilustrativa

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Astro dos Livros 2 Astro dos Livros 2 SP - São Paulo
100% Positivas
89 qualificações
R$ 33,52 + frete R$ 9,93

Total: R$ 43,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda. E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA Capa ilustrativa

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Astro dos Livros Astro dos Livros SP - São Paulo
100% Positivas
157 qualificações
R$ 33,52 + frete R$ 9,93

Total: R$ 43,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda. E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

Avaliações do livro

5 de 5 estrelas (3 avaliações)

Faça sua avaliação

Avalie o livro

  • Ótimo!

    Por: Karolina Sathler Hott , em 24/06/2020 Eu recomendo este livro

    Comprei o meu livro pelo vendedor Livraria Lápis-Lazúli, chegou rapidinho e o livro perfeito. Recomendo a leitura que nos ajuda neste tempo de pandemia e o vendedor!

    Esta avaliação foi útil?

  • Melhor livro para se ler em tempos de isolamento social.

    Por: Kelly Sathler Hot , em 20/06/2020 Eu recomendo este livro

    Melhor livro para se ler em tempos de isolamento social. Link do vídeo feito pelo próprio autor do livro sobre o tema solidão. https://www.youtube.com/watch?v=C8lF84sgVz8

    Esta avaliação foi útil?