A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
O Dilema do Porco Espinho Como Encarar a Solidao Capa ilustrativa

O Dilema do Porco-espinho - Como Encarar a Solidão

Leandro Karnal

5 de 5 estrelas (1 avaliação)

O poeta Vinicius de Moraes cantava “que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? Este é um dos fios da meada que o historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais mais influentes do país, toma como mote neste livro. A partir de referências filosóficas ou religiosas, relacionadas a fatos históricos ou a romances, ele faz uma saborosa reflexão sobre a natureza de viver só – ainda que por pouco tempo. Ele apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser uma luz e que, em alguns casos, Deus revela-se aos solitários. Segundo o Gênesis, aliás, Deus teria dito: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda”. E o autor amplia o tema para discorrer como a tradição judaico-cristã em geral abordou a solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e também analisa a solidão no mundo virtual. Contempla tanto temas como os amigos imaginários das crianças até pensamentos de filósofos como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem se amplificado em sua maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida seu interlocutor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar de seus pensamentos. Fechar Ler mais

O poeta Vinicius de Moraes cantava “que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? Este é um dos fios da me ada que o historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais mais influentes do país, toma como mote neste livro. A partir de referências filosóficas ou religiosas, relacionadas a fatos históricos ou a romances, ele faz uma saborosa reflexão sobre a natureza de viver só – ainda que por pouco tempo. Ele apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser uma luz e que, em alguns casos, Deus revela-se aos solitários. Segundo o Gênesis, aliás, Deus teria dito: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda”. E o autor amplia o tema para discorrer como a tradição judaico-cristã em geral abordou a solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e também analisa a solidão no mundo virtual. Contempla tanto temas como os amigos imaginários das crianças até pensamentos de filósofos como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem se amplificado em sua maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida seu interlocutor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar de seus pensamentos. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Dilema Do Porco-espinho, O - Como Encarar A Solidao

135 livros novos e 5 livros usados em 42 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Dilema Do Porco-espinho, O - Como Encarar A Solidao

Dilema Do Porco-espinho, O - Como Encarar A Solidao

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
100% Positivas
839 qualificações
R$ 19,93 + frete R$ 9,40

Total: R$ 29,33

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava ""que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda.” E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

Dilema Do Porco-espinho, O - Como Encarar A Solidao

Dilema Do Porco-espinho, O - Como Encarar A Solidao

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
100% Positivas
839 qualificações
R$ 19,93 + frete R$ 9,40

Total: R$ 29,33

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava ""que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda.” E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

Dilema Do Porco-espinho, O - Como Encarar A Solidao

Dilema Do Porco-espinho, O - Como Encarar A Solidao

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
100% Positivas
839 qualificações
R$ 19,93 + frete R$ 9,40

Total: R$ 29,33

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava ""que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda.” E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

O Dilema do Porco-espinho - Como Encarar a Solidão

O Dilema do Porco-espinho - Como Encarar a Solidão

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Os Melhores Livros Os Melhores Livros RS - Porto Alegre
100% Positivas
30 qualificações
R$ 20,00 + frete R$ 9,40

Total: R$ 29,40

Comprar ler descrição ocultar

Descrição 11.856 - Livro em bom estado de conservação. Capa, corte superior e inferior com sinal de uso. Caso queira imagem do livro entrar em contato pelo whats (51) 99518-8862

O Dilema do Porco-Espinho

O Dilema do Porco-Espinho

Ano:   Editora: Planeta do Brasil

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
99% Positivas
1371 qualificações
R$ 22,14 + frete R$ 9,40

Total: R$ 31,54

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava "que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda.” E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

O Dilema do Porco-Espinho

O Dilema do Porco-Espinho

Ano:   Editora: Planeta do Brasil

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
99% Positivas
1371 qualificações
R$ 22,14 + frete R$ 9,40

Total: R$ 31,54

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava "que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda.” E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

O Dilema do Porco-Espinho

O Dilema do Porco-Espinho

Ano:   Editora: Planeta do Brasil

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
99% Positivas
1371 qualificações
R$ 22,14 + frete R$ 9,40

Total: R$ 31,54

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava "que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda.” E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

O Dilema do Porco-Espinho

O Dilema do Porco-Espinho

Ano:   Editora: Planeta do Brasil

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
99% Positivas
1371 qualificações
R$ 22,14 + frete R$ 9,40

Total: R$ 31,54

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava "que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda.” E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

O Dilema do Porco-Espinho

O Dilema do Porco-Espinho

Ano:   Editora: Planeta do Brasil

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
99% Positivas
1371 qualificações
R$ 22,14 + frete R$ 9,40

Total: R$ 31,54

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava "que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda.” E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

O Dilema do Porco-Espinho

O Dilema do Porco-Espinho

Ano:   Editora: Planeta do Brasil

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
99% Positivas
1371 qualificações
R$ 22,14 + frete R$ 9,40

Total: R$ 31,54

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava "que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda.” E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

Dilema Do Porco-Espinho, O - Como Encarar A Solidao Capa ilustrativa

Dilema Do Porco-Espinho, O - Como Encarar A Solidao

Ano:   Editora: Planeta do Brasil

Tipo: novo

Idioma: Português

Uai livros Uai livros MG - Belo Horizonte
99% Positivas
364 qualificações
R$ 33,21 Frete grátis
Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, sem manuseio O poeta Vinicius de Moraes cantava que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda. E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também. Ref 115561

O Dilema do Porco-espinho

O Dilema do Porco-espinho

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

VITÓRIA LIVROS E VARIEDADES VITÓRIA LIVROS E VARIEDADES BA - Vitória da Conquista
100% Positivas
69 qualificações
R$ 25,28 + frete R$ 9,93

Total: R$ 35,21

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado. Edição em brochura, formato 14x21cm, 192 páginas. O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda.” E expõe como se desenvolveu.

O Dilema Do Porco Espinho

O Dilema Do Porco Espinho

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Sebos Império Sebos Império SC - Florianópolis
97% Positivas
279 qualificações
R$ 24,90 + frete R$ 11,35

Total: R$ 36,25

Comprar ler descrição ocultar

Descrição ÓTIMO ESTADO

Dilema do Porco Espinho, o - Como Encarar a Solidao

Dilema do Porco Espinho, o - Como Encarar a Solidao

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
98% Positivas
567 qualificações
R$ 28,69 + frete R$ 7,87

Total: R$ 36,56

Comprar ler descrição ocultar

Descrição

O poeta Vinicius de Moraes cantava 'que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho'. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: 'Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda.' E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

Dilema do Porco Espinho, o - Como Encarar a Solidao

Dilema do Porco Espinho, o - Como Encarar a Solidao

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
98% Positivas
567 qualificações
R$ 28,69 + frete R$ 7,87

Total: R$ 36,56

Comprar ler descrição ocultar

Descrição

O poeta Vinicius de Moraes cantava 'que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho'. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: 'Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda.' E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

Dilema do Porco Espinho, o - Como Encarar a Solidao

Dilema do Porco Espinho, o - Como Encarar a Solidao

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
98% Positivas
567 qualificações
R$ 28,69 + frete R$ 7,87

Total: R$ 36,56

Comprar ler descrição ocultar

Descrição

O poeta Vinicius de Moraes cantava 'que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho'. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: 'Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda.' E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

Dilema do Porco Espinho, o - Como Encarar a Solidao

Dilema do Porco Espinho, o - Como Encarar a Solidao

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
98% Positivas
567 qualificações
R$ 28,69 + frete R$ 7,87

Total: R$ 36,56

Comprar ler descrição ocultar

Descrição

O poeta Vinicius de Moraes cantava 'que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho'. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: 'Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda.' E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

Dilema do Porco Espinho, o - Como Encarar a Solidao

Dilema do Porco Espinho, o - Como Encarar a Solidao

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
98% Positivas
567 qualificações
R$ 28,69 + frete R$ 7,87

Total: R$ 36,56

Comprar ler descrição ocultar

Descrição

O poeta Vinicius de Moraes cantava 'que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho'. Será? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. A partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. O mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: 'Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda.' E expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
96% Positivas
1704 qualificações
R$ 29,52 + frete R$ 7,87

Total: R$ 37,39

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava que e melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Sera? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, atraves de seus livros, palestras e videos, nos ajuda a pensar o mundo contemporaneo, discute uma questao presente na vida de todos: a solidao. A partir de referencias de filosofos e da propria Biblia, de fatos historicos e de romances, ele faz uma reflexao sobre a natureza de viver so - por pouco ou muito tempo, estando ou nao acompanhado. Apresenta como a solidao e encarada no cinema, na literatura, na musica, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitarios. O mesmo Deus que, segundo Geneses, teria dito: Nao e bom que o homem esteja so; farei para ele alguem que o auxilie e corresponda.E expoe como se desenvolveu a tradicao judaico-crista da solidao. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade liquida e analisa a solidao no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginarios criados pelas criancas aos pensamentos de alguns filosofos, como Aristoteles, que dizia que a solidao criava deuses e bestas. Como a solidao e um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o proprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditacoes, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidao de lado e compartilhar seus pensamentos tambem.

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
96% Positivas
1704 qualificações
R$ 29,52 + frete R$ 7,87

Total: R$ 37,39

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava que e melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Sera? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, atraves de seus livros, palestras e videos, nos ajuda a pensar o mundo contemporaneo, discute uma questao presente na vida de todos: a solidao. A partir de referencias de filosofos e da propria Biblia, de fatos historicos e de romances, ele faz uma reflexao sobre a natureza de viver so - por pouco ou muito tempo, estando ou nao acompanhado. Apresenta como a solidao e encarada no cinema, na literatura, na musica, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitarios. O mesmo Deus que, segundo Geneses, teria dito: Nao e bom que o homem esteja so; farei para ele alguem que o auxilie e corresponda.E expoe como se desenvolveu a tradicao judaico-crista da solidao. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade liquida e analisa a solidao no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginarios criados pelas criancas aos pensamentos de alguns filosofos, como Aristoteles, que dizia que a solidao criava deuses e bestas. Como a solidao e um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o proprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditacoes, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidao de lado e compartilhar seus pensamentos tambem.

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
96% Positivas
1704 qualificações
R$ 29,52 + frete R$ 7,87

Total: R$ 37,39

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava que e melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Sera? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, atraves de seus livros, palestras e videos, nos ajuda a pensar o mundo contemporaneo, discute uma questao presente na vida de todos: a solidao. A partir de referencias de filosofos e da propria Biblia, de fatos historicos e de romances, ele faz uma reflexao sobre a natureza de viver so - por pouco ou muito tempo, estando ou nao acompanhado. Apresenta como a solidao e encarada no cinema, na literatura, na musica, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitarios. O mesmo Deus que, segundo Geneses, teria dito: Nao e bom que o homem esteja so; farei para ele alguem que o auxilie e corresponda.E expoe como se desenvolveu a tradicao judaico-crista da solidao. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade liquida e analisa a solidao no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginarios criados pelas criancas aos pensamentos de alguns filosofos, como Aristoteles, que dizia que a solidao criava deuses e bestas. Como a solidao e um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o proprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditacoes, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidao de lado e compartilhar seus pensamentos tambem.

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
96% Positivas
1704 qualificações
R$ 29,52 + frete R$ 7,87

Total: R$ 37,39

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava que e melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Sera? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, atraves de seus livros, palestras e videos, nos ajuda a pensar o mundo contemporaneo, discute uma questao presente na vida de todos: a solidao. A partir de referencias de filosofos e da propria Biblia, de fatos historicos e de romances, ele faz uma reflexao sobre a natureza de viver so - por pouco ou muito tempo, estando ou nao acompanhado. Apresenta como a solidao e encarada no cinema, na literatura, na musica, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitarios. O mesmo Deus que, segundo Geneses, teria dito: Nao e bom que o homem esteja so; farei para ele alguem que o auxilie e corresponda.E expoe como se desenvolveu a tradicao judaico-crista da solidao. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade liquida e analisa a solidao no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginarios criados pelas criancas aos pensamentos de alguns filosofos, como Aristoteles, que dizia que a solidao criava deuses e bestas. Como a solidao e um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o proprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditacoes, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidao de lado e compartilhar seus pensamentos tambem.

O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão Capa ilustrativa

O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão

Ano:   Editora: Planeta Br

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
100% Positivas
303 qualificações
R$ 29,52 + frete R$ 7,87

Total: R$ 37,39

Comprar ler descrição ocultar
O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão Capa ilustrativa

O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão

Ano:   Editora: Planeta Br

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
100% Positivas
303 qualificações
R$ 29,52 + frete R$ 7,87

Total: R$ 37,39

Comprar ler descrição ocultar
O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão Capa ilustrativa

O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão

Ano:   Editora: Planeta Br

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
100% Positivas
303 qualificações
R$ 29,52 + frete R$ 7,87

Total: R$ 37,39

Comprar ler descrição ocultar
O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão Capa ilustrativa

O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão

Ano:   Editora: Planeta Br

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
100% Positivas
303 qualificações
R$ 29,52 + frete R$ 7,87

Total: R$ 37,39

Comprar ler descrição ocultar
O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão Capa ilustrativa

O Dilema Do Porco-espinho - Como Encarar A Solidão

Ano:   Editora: Planeta Br

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
100% Positivas
303 qualificações
R$ 29,52 + frete R$ 7,87

Total: R$ 37,39

Comprar ler descrição ocultar
DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

DILEMA DO PORCO ESPINHO, O - COMO ENCARAR A SOLIDA

Ano:   Editora: Planeta

Tipo: novo

Idioma: Português

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
96% Positivas
1704 qualificações
R$ 29,52 + frete R$ 7,87

Total: R$ 37,39

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava que e melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho. Sera? O historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, atraves de seus livros, palestras e videos, nos ajuda a pensar o mundo contemporaneo, discute uma questao presente na vida de todos: a solidao. A partir de referencias de filosofos e da propria Biblia, de fatos historicos e de romances, ele faz uma reflexao sobre a natureza de viver so - por pouco ou muito tempo, estando ou nao acompanhado. Apresenta como a solidao e encarada no cinema, na literatura, na musica, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitarios. O mesmo Deus que, segundo Geneses, teria dito: Nao e bom que o homem esteja so; farei para ele alguem que o auxilie e corresponda.E expoe como se desenvolveu a tradicao judaico-crista da solidao. Em O dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade liquida e analisa a solidao no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginarios criados pelas criancas aos pensamentos de alguns filosofos, como Aristoteles, que dizia que a solidao criava deuses e bestas. Como a solidao e um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o proprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. Ao dividir suas meditacoes, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidao de lado e compartilhar seus pensamentos tambem.

O Dilema do Porco-Espinho: Como Encarar a Solidão

O Dilema do Porco-Espinho: Como Encarar a Solidão

Ano:   Editora: Planeta do Brasil

Tipo: novo

Idioma: Português

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
96% Positivas
327 qualificações
R$ 29,90 + frete R$ 7,87

Total: R$ 37,77

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava "que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? o historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. a partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. o mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda.” e expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. em o dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

O Dilema do Porco-Espinho: Como Encarar a Solidão Capa ilustrativa

O Dilema do Porco-Espinho: Como Encarar a Solidão

Ano:   Editora: Planeta do Brasil

Tipo: novo

Idioma: Português

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
96% Positivas
327 qualificações
R$ 29,90 + frete R$ 7,87

Total: R$ 37,77

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O poeta Vinicius de Moraes cantava "que é melhor se sofrer junto, que viver feliz sozinho”. Será? o historiador Leandro Karnal, um dos intelectuais brasileiros que, através de seus livros, palestras e vídeos, nos ajuda a pensar o mundo contemporâneo, discute uma questão presente na vida de todos: a solidão. a partir de referências de filósofos e da própria Bíblia, de fatos históricos e de romances, ele faz uma reflexão sobre a natureza de viver só - por pouco ou muito tempo, estando ou não acompanhado. Apresenta como a solidão é encarada no cinema, na literatura, na música, nas artes. Mostra que ela pode ser iluminadora e como Deus se revela aos solitários. o mesmo Deus que, segundo Gêneses, teria dito: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e corresponda.” e expõe como se desenvolveu a tradição judaico-cristã da solidão. em o dilema do porco-espinho, Karnal viaja pela modernidade líquida e analisa a solidão no mundo virtual e o isolamento. Discute dos amigos imaginários criados pelas crianças aos pensamentos de alguns filósofos, como Aristóteles, que dizia que a solidão criava deuses e bestas. Como a solidão é um tema que sempre o acompanhou e, segundo revela o próprio Karnal, tem crescido na maturidade, o autor escreve este livro como um ensaio pessoal. ao dividir suas meditações, o autor convida o leitor, durante o ato da leitura, a deixar a solidão de lado e compartilhar seus pensamentos também.

Avaliações do livro

5 de 5 estrelas (1 avaliação)

Faça sua avaliação

Avalie o livro

  • O dolema do porco espinho

    Por: Elisabeth Bernardo, em 10/12/2018 Eu recomendo este livro

    Excelente leitura.Nos faz questionar o que vem a ser a solidao.E durante o decorrer da leitura nos faz sentir muito acompanhados.Vale a leitura.

    Esta avaliação foi útil?