A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
1889 Capa ilustrativa

Livro 1889

Laurentino Gomes

Nas últimas semanas de 1889, a tripulação de um navio de guerra brasileiro ancorado no porto de Colombo, capital do Ceilão (atual Sri Lanka), foi pega de surpresa pelas notícias alarmantes que chegavam do outro lado do mundo. O Brasil havia se tornado uma república. O império brasileiro, até então tido como a mais sólida, estável e duradoura experiência de governo na América Latina, com 67 anos de história, desabara na manhã de Quinze de Novembro. O austero e admirado imperador Pedro II, um dos homens mais cultos da época, que ocupara o trono por quase meio século, fora obrigado a sair do país junto com toda a família imperial. Vivia agora exilado na Europa, banido para sempre do solo em que nascera. Enquanto isso, os destinos do novo regime estavam nas mãos de um marechal já idoso e bastante doente, o alagoano Manoel Deodoro da Fonseca, considerado até então um monarquista convicto e amigo do imperador deposto. Essas e outras histórias surpreendentes estão em 1889, o novo livro do premiado escritor Laurentino Gomes. A obra, que trata da Proclamação da República, fecha Laurentino Gomes, escritor que já vendeu mais de 1,5 milhão de livros no Brasil, lança ?1889? uma trilogia iniciada com 1808, sobre a fuga da corte portuguesa de Dom João para Rio de Janeiro, e continuada com 1822, sobre a Independência do Brasil. Somados, os dois livros venderam mais de 1,5 milhão de exemplares no Brasil e ganharam quatro prêmios Jabuti, o mais prestigiado da literatura brasileira. Com 24 capítulos e ricamente ilustrado, 1889 contribui para a compreensão de um dos períodos mais controversos da história do país, em um relato cativante que explica não só os acontecimentos que levaram à queda da monarquia, em 1889, mas também outros episódios importantes da história brasileira como a Guerra do Paraguai e o movimento abolicionista. Sobre o autor Estratégia de Marketing Autor de ?1808? e ?1822? conta em novo livro como um imperador cansado, um marechal vaidoso e um professor injustiçado contribuíram para o fim da Monarquia e a Proclamação da República no Brasil 1889 ? Como um imperador    

Nas últimas semanas de 1889, a tripulação de um navio de guerra brasileiro ancorado no porto de Colombo, capital do Ceilão (atual Sri Lanka), foi pega de surpresa pelas notícias alarmantes que chegavam do outro lado do mundo. O Brasil havia se tornado uma república. O império brasileiro, até então tido como a mais sólida, estável e duradoura experiência de governo na América Latina, com 67 anos de história, desabara na manhã de Quinze de Novembro. O austero e admirado imperador Pedro II, um dos homens mais cultos da época, que ocupara o trono por quase meio século, fora obrigado a sair do país junto com toda a família imperial. Vivia agora exilado na Europa, banido para sempre do solo em que nascera. Enquanto isso, os destinos do novo regime estavam nas mãos de um marechal já idoso e bastante doente, o alagoano Manoel Deodoro da Fonseca, considerado até então um monarquista convicto e amigo do imperador deposto. Essas e outras histórias surpreendentes estão em 1889, o novo livro do premiado escritor Laurentino Gomes. A obra, que trata da Proclamação da República, fecha Laurentino Gomes, escritor que já vendeu mais de 1,5 milhão de livros no Brasil, lança ?1889? uma trilogia iniciada com 1808, sobre a fuga da corte portuguesa de Dom João para Rio de Janeiro, e continuada com 1822, sobre a Independência do Brasil. Somados, os dois livros venderam mais de 1,5 milhão de exemplares no Brasil e ganharam quatro prêmios Jabuti, o mais prestigiado da literatura brasileira. Com 24 capítulos e ricamente ilustrado, 1889 contribui para a compreensão de um dos períodos mais controversos da história do país, em um relato cativante que explica não só os acontecimentos que levaram à queda da monarquia, em 1889, mas também outros episódios importantes da história brasileira como a Guerra do Paraguai e o movimento abolicionista. Sobre o autor Estratégia de Marketing Autor de ?1808? e ?1822? conta em novo livro como um imperador cansado, um marechal vaidoso e um professor injustiçado contribuíram para o fim da Monarquia e a Proclamação da República no Brasil 1889 ? Como um imperador Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

1889

Capa ilustrativa
Refinar resultado

45 livros novos e 9 livros usados em 20 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
1889 Capa ilustrativa

1889

Ano:   Editora: Globo

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Livraria Opção Cultural Livraria Opção Cultural GO - Goiânia
98% Positivas
220 qualificações
R$ 33,00 + frete R$ 12,92

Total: R$ 45,92

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro usado em bom estado de conservação; livre de grifos ou rasuras; etiqueta da livraria colada na folha de guarda; 416 páginas; imagem meramente ilustrativa.

1889 Capa ilustrativa

1889

Ano:   Editora: Globo Livros

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Livraria Urbana Livraria Urbana SP - São Paulo
98% Positivas
249 qualificações
R$ 36,00 + frete R$ 13,45

Total: R$ 49,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro em bom estado

1889

1889

Ano:   Editora: Globo

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Philosophia & Scientia Philosophia & Scientia RJ - São João de Meriti
R$ 40,00 + frete R$ 12,92

Total: R$ 52,92

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Ótimo estado de conservação, bordas levemente amareladas pelo manuseio, assinatura de antigo dono na primeira página, brochura.

1889 Capa ilustrativa

1889

Ano:   Editora: Globo Livros

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Ronaldo Livreiro Ronaldo Livreiro RJ - Rio de Janeiro
92% Positivas
12 qualificações
R$ 40,00 + frete R$ 17,08

Total: R$ 57,08

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Em bom estado, primeira edição, quarta reimpressão, 415 páginas. 1889 Como um imperador cansado, um marechal vaidoso e um professor injustiçado contribuíram para o fim da Monarquia e a Proclamação da República no Brasil.

1889

1889

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Espaço Cultural Livraria Espaço Cultural RS - Porto Alegre
100% Positivas
1 qualificações
R$ 41,00 + frete R$ 12,92

Total: R$ 53,92

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Nas últimas semanas de 1889, a tripulação de um navio de guerra brasileira ancorado no porto de Colombo, capital do Ceilão (atual Sri Lanka), foi pega de surpresa pelas notícias alarmantes que chegavam do outro lado do mundo. O Brasil havia se tornado uma república. O império brasileiro, até então tido como a mais sólida, estável e duradoura experiência de governo na América Latina, com 67 anos de história, desabara na manhã de Quinze de Novembro.

1889

1889

Ano:   Editora: Globo Livros

Tipo: novo

Idioma: Português

Pook Book Pook Book SP - São Paulo
97% Positivas
684 qualificações
R$ 42,42 + frete R$ 12,92

Total: R$ 55,34

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O livro "1889 - Como um imperador cansado, um marechal vaidoso e um professor injustiçado contribuíram para o fim da Monarquia e a Proclamação da República no Brasil", de autoria do jornalista e escritor paranaense Laurentino Gomes, acaba de ganhar uma nova edição voltada para o público jovem. O texto de "1889 - Edição juvenil ilustrada" foi adaptado da versão original por Luiz Antonio Aguiar, escritor carioca especializado em linguagem para estudantes adolescentes, e ricamente ilustrado pela artista plástica gaúcha Rita Brugger.

Lançada na Bienal Internacional do Rio de Janeiro em setembro de 2013, a edição original de 1889, para leitores adultos, vendeu cerca de 300 mil exemplares em apenas seis meses, repetindo o sucesso dos dois livros anteriores do autor - 1808, sobre a fuga da corte de D. João para o Brasil, e 1822, sobre a Independência do país. A trilogia, que trata das datas mais importantes da construção do Estado brasileiro no Século 19, já atingiu mais de dois milhões de exemplares de vendas no Brasil, em Portugal e nos Estados Unidos, e permanece há sete anos na lista dos maiores best-sellers do mercado editorial brasileiro.

A nova edição juvenil ilustrada tem o objetivo de tornar ainda mais acessível para os jovens a compreensão de um dos períodos mais controversos da história do país. É um relato cativante que explica não só os acontecimentos que levaram à queda da monarquia, em 1889, mas também outros episódios importantes da história brasileira, como a Guerra do Paraguai e o movimento abolicionista. "A edição juvenil nasceu de uma demanda de pais e professores", explica Laurentino Gomes. "O adolescente ou o estudante que ler esta versão conseguirá entender os personagens e acontecimentos da Proclamação da República tanto quanto o leitor da edição adulta, só que de uma forma mais condensada, mais visual e mais lúdica, sem perder a substância do conteúdo", acrescenta.

No livro, que começa no lançamento do Manifesto Republicano de 1870 e vai até a posse do presidente Campos Salles, em 1898, Laurentino Gomes desmistifica o papel desempenhado por alguns dos principais nomes relacionados à mudança de regime político. Um exemplo é o do marechal Deodoro da Fonseca, um militar idoso e enfermo que, na manhã da Proclamação da República, se encontrava tão esgotado quanto o próprio imperador dom Pedro II. Segundo o autor, até as vésperas do golpe republicano, o marechal era monarquista e agiu movido mais pelo resse

1889

1889

Ano:   Editora: Globo Livros

Tipo: novo

Idioma: Português

Pook Book Pook Book SP - São Paulo
97% Positivas
684 qualificações
R$ 42,42 + frete R$ 12,92

Total: R$ 55,34

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O livro "1889 - Como um imperador cansado, um marechal vaidoso e um professor injustiçado contribuíram para o fim da Monarquia e a Proclamação da República no Brasil", de autoria do jornalista e escritor paranaense Laurentino Gomes, acaba de ganhar uma nova edição voltada para o público jovem. O texto de "1889 - Edição juvenil ilustrada" foi adaptado da versão original por Luiz Antonio Aguiar, escritor carioca especializado em linguagem para estudantes adolescentes, e ricamente ilustrado pela artista plástica gaúcha Rita Brugger.Lançada na Bienal Internacional do Rio de Janeiro em setembro de 2013, a edição original de 1889, para leitores adultos, vendeu cerca de 300 mil exemplares em apenas seis meses, repetindo o sucesso dos dois livros anteriores do autor - 1808, sobre a fuga da corte de D. João para o Brasil, e 1822, sobre a Independência do país. A trilogia, que trata das datas mais importantes da construção do Estado brasileiro no Século 19, já atingiu mais de dois milhões de exemplares de vendas no Brasil, em Portugal e nos Estados Unidos, e permanece há sete anos na lista dos maiores best-sellers do mercado editorial brasileiro.A nova edição juvenil ilustrada tem o objetivo de tornar ainda mais acessível para os jovens a compreensão de um dos períodos mais controversos da história do país. É um relato cativante que explica não só os acontecimentos que levaram à queda da monarquia, em 1889, mas também outros episódios importantes da história brasileira, como a Guerra do Paraguai e o movimento abolicionista. "A edição juvenil nasceu de uma demanda de pais e professores", explica Laurentino Gomes. "O adolescente ou o estudante que ler esta versão conseguirá entender os personagens e acontecimentos da Proclamação da República tanto quanto o leitor da edição adulta, só que de uma forma mais condensada, mais visual e mais lúdica, sem perder a substância do conteúdo", acrescenta.No livro, que começa no lançamento do Manifesto Republicano de 1870 e vai até a posse do presidente Campos Salles, em 1898, Laurentino Gomes desmistifica o papel desempenhado por alguns dos principais nomes relacionados à mudança de regime político. Um exemplo é o do marechal Deodoro da Fonseca, um militar idoso e enfermo que, na manhã da Proclamação da República, se encontrava tão esgotado quanto o próprio imperador dom Pedro II. Segundo o autor, até as vésperas do golpe republicano, o marechal era monarquista e agiu movido mais pelo resse

1889

1889

Ano:   Editora: Edit Globo

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Ronaldo Livreiro Ronaldo Livreiro RJ - Rio de Janeiro
92% Positivas
12 qualificações
R$ 43,00 + frete R$ 17,08

Total: R$ 60,08

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Em muito bom estado, primeira edição, 415 páginas. Comi um imperador cansado, um marechal vaidoso e um professor injustiçado contribuíram para o fim da Monarquia e a Proclamação da República no Brasil.

1889 Capa ilustrativa

1889

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
93% Positivas
478 qualificações
R$ 43,90 + frete R$ 14,40

Total: R$ 58,30

Comprar ler descrição ocultar
1889 Capa ilustrativa

1889

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
93% Positivas
478 qualificações
R$ 43,90 + frete R$ 14,40

Total: R$ 58,30

Comprar ler descrição ocultar
1889 Capa ilustrativa

1889

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
93% Positivas
478 qualificações
R$ 43,90 + frete R$ 14,40

Total: R$ 58,30

Comprar ler descrição ocultar
1889

1889

Ano:   Editora: Globolivros

Tipo: novo

Idioma: Português

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
98% Positivas
1776 qualificações
R$ 43,92 + frete R$ 12,92

Total: R$ 56,84

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Nas últimas semanas de 1889, a tripulação de um navio de guerra brasileiro ancorado no porto de Colombo, capital do Ceilão (atual Sri Lanka), foi pega de surpresa pelas notícias alarmantes que chegavam do outro lado do mundo. O Brasil havia se tornado uma república. O império brasileiro, até então tido como a mais sólida, estável e duradoura experiência de governo na América Latina, com 67 anos de história, desabara na manhã de Quinze de Novembro. O austero e admirado imperador Pedro II, um dos homens mais cultos da época, que ocupara o trono por quase meio século, fora obrigado a sair do país junto com toda a família imperial. Vivia agora exilado na Europa, banido para sempre do solo em que nascera. Enquanto isso, os destinos do novo regime estavam nas mãos de um marechal já idoso e bastante doente, o alagoano Manoel Deodoro da Fonseca, considerado até então um monarquista convicto e amigo do imperador deposto. Essas e outras histórias surpreendentes estão em 1889, o novo livro do premiado escritor Laurentino Gomes. A obra, que trata da Proclamação da República, fecha uma trilogia iniciada com 1808, sobre a fuga da corte portuguesa de Dom João para Rio de Janeiro, e continuada com 1822, sobre a Independência do Brasil. Somados, os dois livros venderam mais de 1,5 milhão de exemplares no Brasil e ganharam quatro prêmios Jabuti, o mais prestigiado da literatura brasileira. Com 24 capítulos e ricamente ilustrado, 1889 contribui para a compreensão de um dos períodos mais controversos da história do país, em um relato cativante que explica não só os acontecimentos que levaram à queda da monarquia, em 1889, mas também outros episódios importantes da história brasileira como a Guerra do Paraguai e o movimento abolicionista.

1889

1889

Ano:   Editora: Globolivros

Tipo: novo

Idioma: Português

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
98% Positivas
1776 qualificações
R$ 43,92 + frete R$ 12,92

Total: R$ 56,84

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Nas últimas semanas de 1889, a tripulação de um navio de guerra brasileiro ancorado no porto de Colombo, capital do Ceilão (atual Sri Lanka), foi pega de surpresa pelas notícias alarmantes que chegavam do outro lado do mundo. O Brasil havia se tornado uma república. O império brasileiro, até então tido como a mais sólida, estável e duradoura experiência de governo na América Latina, com 67 anos de história, desabara na manhã de Quinze de Novembro. O austero e admirado imperador Pedro II, um dos homens mais cultos da época, que ocupara o trono por quase meio século, fora obrigado a sair do país junto com toda a família imperial. Vivia agora exilado na Europa, banido para sempre do solo em que nascera. Enquanto isso, os destinos do novo regime estavam nas mãos de um marechal já idoso e bastante doente, o alagoano Manoel Deodoro da Fonseca, considerado até então um monarquista convicto e amigo do imperador deposto. Essas e outras histórias surpreendentes estão em 1889, o novo livro do premiado escritor Laurentino Gomes. A obra, que trata da Proclamação da República, fecha uma trilogia iniciada com 1808, sobre a fuga da corte portuguesa de Dom João para Rio de Janeiro, e continuada com 1822, sobre a Independência do Brasil. Somados, os dois livros venderam mais de 1,5 milhão de exemplares no Brasil e ganharam quatro prêmios Jabuti, o mais prestigiado da literatura brasileira. Com 24 capítulos e ricamente ilustrado, 1889 contribui para a compreensão de um dos períodos mais controversos da história do país, em um relato cativante que explica não só os acontecimentos que levaram à queda da monarquia, em 1889, mas também outros episódios importantes da história brasileira como a Guerra do Paraguai e o movimento abolicionista.

1889

1889

Ano:   Editora: Globolivros

Tipo: novo

Idioma: Português

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
98% Positivas
1776 qualificações
R$ 43,92 + frete R$ 12,92

Total: R$ 56,84

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Nas últimas semanas de 1889, a tripulação de um navio de guerra brasileiro ancorado no porto de Colombo, capital do Ceilão (atual Sri Lanka), foi pega de surpresa pelas notícias alarmantes que chegavam do outro lado do mundo. O Brasil havia se tornado uma república. O império brasileiro, até então tido como a mais sólida, estável e duradoura experiência de governo na América Latina, com 67 anos de história, desabara na manhã de Quinze de Novembro. O austero e admirado imperador Pedro II, um dos homens mais cultos da época, que ocupara o trono por quase meio século, fora obrigado a sair do país junto com toda a família imperial. Vivia agora exilado na Europa, banido para sempre do solo em que nascera. Enquanto isso, os destinos do novo regime estavam nas mãos de um marechal já idoso e bastante doente, o alagoano Manoel Deodoro da Fonseca, considerado até então um monarquista convicto e amigo do imperador deposto. Essas e outras histórias surpreendentes estão em 1889, o novo livro do premiado escritor Laurentino Gomes. A obra, que trata da Proclamação da República, fecha uma trilogia iniciada com 1808, sobre a fuga da corte portuguesa de Dom João para Rio de Janeiro, e continuada com 1822, sobre a Independência do Brasil. Somados, os dois livros venderam mais de 1,5 milhão de exemplares no Brasil e ganharam quatro prêmios Jabuti, o mais prestigiado da literatura brasileira. Com 24 capítulos e ricamente ilustrado, 1889 contribui para a compreensão de um dos períodos mais controversos da história do país, em um relato cativante que explica não só os acontecimentos que levaram à queda da monarquia, em 1889, mas também outros episódios importantes da história brasileira como a Guerra do Paraguai e o movimento abolicionista.

1889

1889

Ano:   Editora: Globolivros

Tipo: novo

Idioma: Português

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
98% Positivas
1776 qualificações
R$ 43,92 + frete R$ 12,92

Total: R$ 56,84

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Nas últimas semanas de 1889, a tripulação de um navio de guerra brasileiro ancorado no porto de Colombo, capital do Ceilão (atual Sri Lanka), foi pega de surpresa pelas notícias alarmantes que chegavam do outro lado do mundo. O Brasil havia se tornado uma república. O império brasileiro, até então tido como a mais sólida, estável e duradoura experiência de governo na América Latina, com 67 anos de história, desabara na manhã de Quinze de Novembro. O austero e admirado imperador Pedro II, um dos homens mais cultos da época, que ocupara o trono por quase meio século, fora obrigado a sair do país junto com toda a família imperial. Vivia agora exilado na Europa, banido para sempre do solo em que nascera. Enquanto isso, os destinos do novo regime estavam nas mãos de um marechal já idoso e bastante doente, o alagoano Manoel Deodoro da Fonseca, considerado até então um monarquista convicto e amigo do imperador deposto. Essas e outras histórias surpreendentes estão em 1889, o novo livro do premiado escritor Laurentino Gomes. A obra, que trata da Proclamação da República, fecha uma trilogia iniciada com 1808, sobre a fuga da corte portuguesa de Dom João para Rio de Janeiro, e continuada com 1822, sobre a Independência do Brasil. Somados, os dois livros venderam mais de 1,5 milhão de exemplares no Brasil e ganharam quatro prêmios Jabuti, o mais prestigiado da literatura brasileira. Com 24 capítulos e ricamente ilustrado, 1889 contribui para a compreensão de um dos períodos mais controversos da história do país, em um relato cativante que explica não só os acontecimentos que levaram à queda da monarquia, em 1889, mas também outros episódios importantes da história brasileira como a Guerra do Paraguai e o movimento abolicionista.

1889

1889

Ano:   Editora: Globo Livros

Tipo: novo

Idioma: Português

Dunya Livros Dunya Livros DF - Brasília
100% Positivas
5 qualificações
R$ 44,50 + frete R$ 14,87

Total: R$ 59,37

Comprar ler descrição ocultar

Descrição 1889: Como um imperador cansado, um marechal vaidoso e um professor injustiçado contribuíram para o fim da Monarquia e a Proclamação da República no Brasil (Português) Capa comum – 1 Agosto 2014

1889 Capa ilustrativa

1889

Ano:   Editora: Globo Livros

Tipo: novo

Idioma: Português

Estacao Cultural Estacao Cultural SP - São José do Rio Preto
100% Positivas
318 qualificações
R$ 44,90 + frete R$ 12,92

Total: R$ 57,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, não lacrado!

1889

1889

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Idioma: Português

Solario Livraria Solario Livraria RJ - Rio de Janeiro
98% Positivas
87 qualificações
R$ 44,90 + frete R$ 13,45

Total: R$ 58,35

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO Nas últimas semanas de 1889, a tripulação de um navio de guerra brasileiro ancorado no porto de Colombo, capital do Ceilão (atual Sri Lanka), foi pega de surpresa pelas notícias alarmantes que chegavam do outro lado do mundo. O Brasil havia se tornado uma república. O império brasileiro, até então tido como a mais sólida, estável e duradoura experiência de governo na América Latina, com 67 anos de história, desabara na manhã de Quinze de Novembro. O austero e admirado imperador Pedro II, um dos homens mais cultos da época, que ocupara o trono por quase meio século, fora obrigado a sair do país junto com toda a família imperial. Vivia agora exilado na Europa, banido para sempre do solo em que nascera.

1889

1889

Ano:   Editora: Globo Livros

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
97% Positivas
1918 qualificações
R$ 46,67 + frete R$ 14,40

Total: R$ 61,07

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Nas últimas semanas de 1889, a tripulação de um navio de guerra brasileiro ancorado no porto de Colombo, capital do Ceilão (atual Sri Lanka), foi pega de surpresa pelas notícias alarmantes que chegavam do outro lado do mundo. O Brasil havia se tornado uma república. O império brasileiro, até então tido como a mais sólida, estável e duradoura experiência de governo na América Latina, com 67 anos de história, desabara na manhã de Quinze de Novembro. O austero e admirado imperador Pedro II, um dos homens mais cultos da época, que ocupara o trono por quase meio século, fora obrigado a sair do país junto com toda a família imperial. Vivia agora exilado na Europa, banido para sempre do solo em que nascera. Enquanto isso, os destinos do novo regime estavam nas mãos de um marechal já idoso e bastante doente, o alagoano Manoel Deodoro da Fonseca, considerado até então um monarquista convicto e amigo do imperador deposto.Essas e outras histórias surpreendentes estão em 1889, o novo livro do premiado escritor Laurentino Gomes. A obra, que trata da Proclamação da República, fecha uma trilogia iniciada com 1808, sobre a fuga da corte portuguesa de Dom João para Rio de Janeiro, e continuada com 1822, sobre a Independência do Brasil.

1889

1889

Ano:   Editora: Globo Livros

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
97% Positivas
1918 qualificações
R$ 46,67 + frete R$ 14,40

Total: R$ 61,07

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Nas últimas semanas de 1889, a tripulação de um navio de guerra brasileiro ancorado no porto de Colombo, capital do Ceilão (atual Sri Lanka), foi pega de surpresa pelas notícias alarmantes que chegavam do outro lado do mundo. O Brasil havia se tornado uma república. O império brasileiro, até então tido como a mais sólida, estável e duradoura experiência de governo na América Latina, com 67 anos de história, desabara na manhã de Quinze de Novembro. O austero e admirado imperador Pedro II, um dos homens mais cultos da época, que ocupara o trono por quase meio século, fora obrigado a sair do país junto com toda a família imperial. Vivia agora exilado na Europa, banido para sempre do solo em que nascera. Enquanto isso, os destinos do novo regime estavam nas mãos de um marechal já idoso e bastante doente, o alagoano Manoel Deodoro da Fonseca, considerado até então um monarquista convicto e amigo do imperador deposto.Essas e outras histórias surpreendentes estão em 1889, o novo livro do premiado escritor Laurentino Gomes. A obra, que trata da Proclamação da República, fecha uma trilogia iniciada com 1808, sobre a fuga da corte portuguesa de Dom João para Rio de Janeiro, e continuada com 1822, sobre a Independência do Brasil.

1889

1889

Ano:   Editora: Globo Livros

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
97% Positivas
1918 qualificações
R$ 46,67 + frete R$ 14,40

Total: R$ 61,07

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Nas últimas semanas de 1889, a tripulação de um navio de guerra brasileiro ancorado no porto de Colombo, capital do Ceilão (atual Sri Lanka), foi pega de surpresa pelas notícias alarmantes que chegavam do outro lado do mundo. O Brasil havia se tornado uma república. O império brasileiro, até então tido como a mais sólida, estável e duradoura experiência de governo na América Latina, com 67 anos de história, desabara na manhã de Quinze de Novembro. O austero e admirado imperador Pedro II, um dos homens mais cultos da época, que ocupara o trono por quase meio século, fora obrigado a sair do país junto com toda a família imperial. Vivia agora exilado na Europa, banido para sempre do solo em que nascera. Enquanto isso, os destinos do novo regime estavam nas mãos de um marechal já idoso e bastante doente, o alagoano Manoel Deodoro da Fonseca, considerado até então um monarquista convicto e amigo do imperador deposto.Essas e outras histórias surpreendentes estão em 1889, o novo livro do premiado escritor Laurentino Gomes. A obra, que trata da Proclamação da República, fecha uma trilogia iniciada com 1808, sobre a fuga da corte portuguesa de Dom João para Rio de Janeiro, e continuada com 1822, sobre a Independência do Brasil.

1889

1889

Ano:   Editora: Globo Livros

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
97% Positivas
1918 qualificações
R$ 46,67 + frete R$ 14,40

Total: R$ 61,07

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Nas últimas semanas de 1889, a tripulação de um navio de guerra brasileiro ancorado no porto de Colombo, capital do Ceilão (atual Sri Lanka), foi pega de surpresa pelas notícias alarmantes que chegavam do outro lado do mundo. O Brasil havia se tornado uma república. O império brasileiro, até então tido como a mais sólida, estável e duradoura experiência de governo na América Latina, com 67 anos de história, desabara na manhã de Quinze de Novembro. O austero e admirado imperador Pedro II, um dos homens mais cultos da época, que ocupara o trono por quase meio século, fora obrigado a sair do país junto com toda a família imperial. Vivia agora exilado na Europa, banido para sempre do solo em que nascera. Enquanto isso, os destinos do novo regime estavam nas mãos de um marechal já idoso e bastante doente, o alagoano Manoel Deodoro da Fonseca, considerado até então um monarquista convicto e amigo do imperador deposto.Essas e outras histórias surpreendentes estão em 1889, o novo livro do premiado escritor Laurentino Gomes. A obra, que trata da Proclamação da República, fecha uma trilogia iniciada com 1808, sobre a fuga da corte portuguesa de Dom João para Rio de Janeiro, e continuada com 1822, sobre a Independência do Brasil.

1889

1889

Ano:   Editora: Globo Livros

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
97% Positivas
1918 qualificações
R$ 46,67 + frete R$ 14,40

Total: R$ 61,07

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Nas últimas semanas de 1889, a tripulação de um navio de guerra brasileiro ancorado no porto de Colombo, capital do Ceilão (atual Sri Lanka), foi pega de surpresa pelas notícias alarmantes que chegavam do outro lado do mundo. O Brasil havia se tornado uma república. O império brasileiro, até então tido como a mais sólida, estável e duradoura experiência de governo na América Latina, com 67 anos de história, desabara na manhã de Quinze de Novembro. O austero e admirado imperador Pedro II, um dos homens mais cultos da época, que ocupara o trono por quase meio século, fora obrigado a sair do país junto com toda a família imperial. Vivia agora exilado na Europa, banido para sempre do solo em que nascera. Enquanto isso, os destinos do novo regime estavam nas mãos de um marechal já idoso e bastante doente, o alagoano Manoel Deodoro da Fonseca, considerado até então um monarquista convicto e amigo do imperador deposto.Essas e outras histórias surpreendentes estão em 1889, o novo livro do premiado escritor Laurentino Gomes. A obra, que trata da Proclamação da República, fecha uma trilogia iniciada com 1808, sobre a fuga da corte portuguesa de Dom João para Rio de Janeiro, e continuada com 1822, sobre a Independência do Brasil.

1889 Capa ilustrativa

1889

Ano:   Editora: Globolivros

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Não Informado

Livraria Oitenta Livraria Oitenta PR - Curitiba
100% Positivas
64 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 11,87

Total: R$ 61,77

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Novo

1889 Capa ilustrativa

1889

Ano:   Editora: Globo Livros

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Quem Lê Viaja Quem Lê Viaja MG - Belo Horizonte
100% Positivas
16 qualificações
R$ 50,00 + frete R$ 12,92

Total: R$ 62,92

Comprar ler descrição ocultar

Descrição USADO - ASPECTO DE NOVO

1889 Capa ilustrativa

1889

Ano:   Editora: Globolivros

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Capricho I Sebo Capricho I PR - Londrina
98% Positivas
733 qualificações
R$ 54,90 + frete R$ 13,45

Total: R$ 68,35

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, Livro Novo *** Como um imperador cansado, um marechal vaidoso e um professor injustiçado contrubuíram para o fim da Monarquia e a Proclamação da República no Brasil.Nas últimas semanas de 1889, a tripulação de um navio de guerra brasileira ancorado no porto de Colombo, capital do Ceilão (atual Sri Lanka), foi pega de surpresa pelas notícias alarmantes que chegavam do outro lado do mundo. O Brasil havia se tornado uma república. O império brasileiro, até então tido como a mais sólida, estável e duradoura experiência de governo na América Latina, com 67 anos de história, desabara na manhã de Quinze de Novembro. loc terreo e 1 andar

1889 Capa ilustrativa

1889

Ano:   Editora: Globolivros

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Capricho I Sebo Capricho I PR - Londrina
98% Positivas
733 qualificações
R$ 54,90 + frete R$ 13,45

Total: R$ 68,35

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, Livro Novo *** Como um imperador cansado, um marechal vaidoso e um professor injustiçado contrubuíram para o fim da Monarquia e a Proclamação da República no Brasil.Nas últimas semanas de 1889, a tripulação de um navio de guerra brasileira ancorado no porto de Colombo, capital do Ceilão (atual Sri Lanka), foi pega de surpresa pelas notícias alarmantes que chegavam do outro lado do mundo. O Brasil havia se tornado uma república. O império brasileiro, até então tido como a mais sólida, estável e duradoura experiência de governo na América Latina, com 67 anos de história, desabara na manhã de Quinze de Novembro. loc terreo e 1 andar

1889 Capa ilustrativa

1889

Ano:   Editora: Globolivros

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Capricho I Sebo Capricho I PR - Londrina
98% Positivas
733 qualificações
R$ 54,90 + frete R$ 13,45

Total: R$ 68,35

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, Livro Novo *** Como um imperador cansado, um marechal vaidoso e um professor injustiçado contrubuíram para o fim da Monarquia e a Proclamação da República no Brasil.Nas últimas semanas de 1889, a tripulação de um navio de guerra brasileira ancorado no porto de Colombo, capital do Ceilão (atual Sri Lanka), foi pega de surpresa pelas notícias alarmantes que chegavam do outro lado do mundo. O Brasil havia se tornado uma república. O império brasileiro, até então tido como a mais sólida, estável e duradoura experiência de governo na América Latina, com 67 anos de história, desabara na manhã de Quinze de Novembro. loc terreo e 1 andar

1889 Capa ilustrativa

1889

Ano:   Editora: Globolivros

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Capricho I Sebo Capricho I PR - Londrina
98% Positivas
733 qualificações
R$ 54,90 + frete R$ 13,45

Total: R$ 68,35

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, Livro Novo *** Como um imperador cansado, um marechal vaidoso e um professor injustiçado contrubuíram para o fim da Monarquia e a Proclamação da República no Brasil.Nas últimas semanas de 1889, a tripulação de um navio de guerra brasileira ancorado no porto de Colombo, capital do Ceilão (atual Sri Lanka), foi pega de surpresa pelas notícias alarmantes que chegavam do outro lado do mundo. O Brasil havia se tornado uma república. O império brasileiro, até então tido como a mais sólida, estável e duradoura experiência de governo na América Latina, com 67 anos de história, desabara na manhã de Quinze de Novembro. loc terreo e 1 andar

1889 Capa ilustrativa

1889

Ano:   Editora: Globolivros

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Capricho I Sebo Capricho I PR - Londrina
98% Positivas
733 qualificações
R$ 54,90 + frete R$ 13,45

Total: R$ 68,35

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, Livro Novo *** Como um imperador cansado, um marechal vaidoso e um professor injustiçado contrubuíram para o fim da Monarquia e a Proclamação da República no Brasil.Nas últimas semanas de 1889, a tripulação de um navio de guerra brasileira ancorado no porto de Colombo, capital do Ceilão (atual Sri Lanka), foi pega de surpresa pelas notícias alarmantes que chegavam do outro lado do mundo. O Brasil havia se tornado uma república. O império brasileiro, até então tido como a mais sólida, estável e duradoura experiência de governo na América Latina, com 67 anos de história, desabara na manhã de Quinze de Novembro. loc terreo e 1 andar

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro