A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Critica da Filosofia do Direito de Hegel Capa ilustrativa

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Karl Marx

Com apresentação de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro Crítica da filosofia do direito de Hegel traz uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio Marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase "juvenil" para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o "Estado real" em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de "sociedade civil". Fechar Ler mais

Com apresentação de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro Críti ca da filosofia do direito de Hegel traz uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio Marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase "juvenil" para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o "Estado real" em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de "sociedade civil". Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel - 03 Ed

Capa ilustrativa

80 livros novos e 7 livros usados em 32 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel - 03 Ed Capa ilustrativa

Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel - 03 Ed

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sob encomenda: Até 5 dias úteis + tempo de envio
Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
99% Positivas
827 qualificações
R$ 27,30 + frete R$ 8,35

Total: R$ 35,65

Comprar ler descrição ocultar

Descrição vCom apresentação de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro traz ainda uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio Marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. Publicado originalmente em 1843, a 'Crítica da filosofia do direito de Hegel' marca a transição da chamada fase 'juvenil' para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o 'Estado real' em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de 'sociedade civil'. O autor também repensa o papel da teoria crítica, estabelecendo que esta não se completa apenas no campo teórico das filosofias da religião e da ciência, mas tem um indispensável campo prático na política. Se por um lado visava superar os fundamentos estabelecidos por Hegel para o Estado alemão, por outro visava, através da associação entre a reflexão e a prática, ir além do trabalho teórico de crítica da religião de Feuerbach, uma forte influência neste trabalho. Marx provoca um salto sobre os debates da época em torno da obra de Hegel, para uma visão mais ampla dos fundamentos do direito na Alemanha, seu anacronismo que não permite concessões, suas relações com as classes sociais e com o estágio de desenvolvimento nacional. Uma defesa radical da verdadeira democracia, da máxima generalização do Estado, com a participação de cada cidadão para superar a divisão entre política e sociedade. A gênese da alienação política será detectada no seio da sociedade civil, nas relações materiais fundadas na propriedade privada. Consequentemente, não se tratará mais de buscar uma resolução política para além da esfera do Estado abstrato, mas sim uma resolução social para além da esfera abstrata da política. Na Crítica, Marx encontrou seu objeto.

Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel - 03 Ed Capa ilustrativa

Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel - 03 Ed

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sob encomenda: Até 5 dias úteis + tempo de envio
Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
99% Positivas
827 qualificações
R$ 27,30 + frete R$ 8,35

Total: R$ 35,65

Comprar ler descrição ocultar

Descrição vCom apresentação de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro traz ainda uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio Marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. Publicado originalmente em 1843, a 'Crítica da filosofia do direito de Hegel' marca a transição da chamada fase 'juvenil' para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o 'Estado real' em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de 'sociedade civil'. O autor também repensa o papel da teoria crítica, estabelecendo que esta não se completa apenas no campo teórico das filosofias da religião e da ciência, mas tem um indispensável campo prático na política. Se por um lado visava superar os fundamentos estabelecidos por Hegel para o Estado alemão, por outro visava, através da associação entre a reflexão e a prática, ir além do trabalho teórico de crítica da religião de Feuerbach, uma forte influência neste trabalho. Marx provoca um salto sobre os debates da época em torno da obra de Hegel, para uma visão mais ampla dos fundamentos do direito na Alemanha, seu anacronismo que não permite concessões, suas relações com as classes sociais e com o estágio de desenvolvimento nacional. Uma defesa radical da verdadeira democracia, da máxima generalização do Estado, com a participação de cada cidadão para superar a divisão entre política e sociedade. A gênese da alienação política será detectada no seio da sociedade civil, nas relações materiais fundadas na propriedade privada. Consequentemente, não se tratará mais de buscar uma resolução política para além da esfera do Estado abstrato, mas sim uma resolução social para além da esfera abstrata da política. Na Crítica, Marx encontrou seu objeto.

Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel - 03 Ed Capa ilustrativa

Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel - 03 Ed

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sob encomenda: Até 5 dias úteis + tempo de envio
Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
99% Positivas
827 qualificações
R$ 27,30 + frete R$ 8,35

Total: R$ 35,65

Comprar ler descrição ocultar

Descrição vCom apresentação de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro traz ainda uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio Marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. Publicado originalmente em 1843, a 'Crítica da filosofia do direito de Hegel' marca a transição da chamada fase 'juvenil' para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o 'Estado real' em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de 'sociedade civil'. O autor também repensa o papel da teoria crítica, estabelecendo que esta não se completa apenas no campo teórico das filosofias da religião e da ciência, mas tem um indispensável campo prático na política. Se por um lado visava superar os fundamentos estabelecidos por Hegel para o Estado alemão, por outro visava, através da associação entre a reflexão e a prática, ir além do trabalho teórico de crítica da religião de Feuerbach, uma forte influência neste trabalho. Marx provoca um salto sobre os debates da época em torno da obra de Hegel, para uma visão mais ampla dos fundamentos do direito na Alemanha, seu anacronismo que não permite concessões, suas relações com as classes sociais e com o estágio de desenvolvimento nacional. Uma defesa radical da verdadeira democracia, da máxima generalização do Estado, com a participação de cada cidadão para superar a divisão entre política e sociedade. A gênese da alienação política será detectada no seio da sociedade civil, nas relações materiais fundadas na propriedade privada. Consequentemente, não se tratará mais de buscar uma resolução política para além da esfera do Estado abstrato, mas sim uma resolução social para além da esfera abstrata da política. Na Crítica, Marx encontrou seu objeto.

Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel - 03 Ed Capa ilustrativa

Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel - 03 Ed

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sob encomenda: Até 5 dias úteis + tempo de envio
Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
99% Positivas
827 qualificações
R$ 27,30 + frete R$ 8,35

Total: R$ 35,65

Comprar ler descrição ocultar

Descrição vCom apresentação de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro traz ainda uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio Marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. Publicado originalmente em 1843, a 'Crítica da filosofia do direito de Hegel' marca a transição da chamada fase 'juvenil' para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o 'Estado real' em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de 'sociedade civil'. O autor também repensa o papel da teoria crítica, estabelecendo que esta não se completa apenas no campo teórico das filosofias da religião e da ciência, mas tem um indispensável campo prático na política. Se por um lado visava superar os fundamentos estabelecidos por Hegel para o Estado alemão, por outro visava, através da associação entre a reflexão e a prática, ir além do trabalho teórico de crítica da religião de Feuerbach, uma forte influência neste trabalho. Marx provoca um salto sobre os debates da época em torno da obra de Hegel, para uma visão mais ampla dos fundamentos do direito na Alemanha, seu anacronismo que não permite concessões, suas relações com as classes sociais e com o estágio de desenvolvimento nacional. Uma defesa radical da verdadeira democracia, da máxima generalização do Estado, com a participação de cada cidadão para superar a divisão entre política e sociedade. A gênese da alienação política será detectada no seio da sociedade civil, nas relações materiais fundadas na propriedade privada. Consequentemente, não se tratará mais de buscar uma resolução política para além da esfera do Estado abstrato, mas sim uma resolução social para além da esfera abstrata da política. Na Crítica, Marx encontrou seu objeto.

Crítica da filosofia do direito de Hegel Capa ilustrativa

Crítica da filosofia do direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

O Marquês Cardeal O Marquês Cardeal RJ - Niterói
98% Positivas
126 qualificações
R$ 29,39 + frete R$ 8,35

Total: R$ 37,74

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Em bom estado, livre de grifos, rasgos ou marcações. 06/19 AW00

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Copola Livros Copola Livros SP - Campinas
99% Positivas
99 qualificações
R$ 28,55 + frete R$ 9,40

Total: R$ 37,95

Comprar ler descrição ocultar

Descrição obra nova recém chegada =====================================================================

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boi Tempo

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Sebo Alvares Machado Sebo Alvares Machado SP - São Paulo
100% Positivas
253 qualificações
R$ 28,00 + frete R$ 10,45

Total: R$ 38,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição brochura, 184 páginas em ótimo estado de conservação. sem grifos ou rasuras.; atenÇÃo! pedidos feitos atÉ Às 14h30 serÃo enviados no mesmo dia! (exceto finais de semana e feriados) com apresentação de rubens enderle (tradutor do livro junto com leonardo de deus) e notas de marcelo backes, o livro traz ainda uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. publicado originalmente em 1843, a crítica da filosofia do direito de hegel marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. ao investigar hegel, marx associaria a compree... - 201649317

CRITICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL Capa ilustrativa

CRITICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Wesley Cruz Wesley Cruz MG - Belo Horizonte
100% Positivas
288 qualificações
R$ 30,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 38,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição NOVOS

CRITICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL Capa ilustrativa

CRITICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Wesley Cruz Wesley Cruz MG - Belo Horizonte
100% Positivas
288 qualificações
R$ 30,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 38,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição NOVOS

CRITICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL Capa ilustrativa

CRITICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Wesley Cruz Wesley Cruz MG - Belo Horizonte
100% Positivas
288 qualificações
R$ 30,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 38,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição NOVOS

Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel Capa ilustrativa

Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
98% Positivas
301 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 8,35

Total: R$ 39,85

Comprar ler descrição ocultar
Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel Capa ilustrativa

Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
98% Positivas
301 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 8,35

Total: R$ 39,85

Comprar ler descrição ocultar
Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel Capa ilustrativa

Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
98% Positivas
301 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 8,35

Total: R$ 39,85

Comprar ler descrição ocultar
Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
27 qualificações
R$ 39,99 Frete grátis
Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO - 184 p. Sinopse: Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o Estado real em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de sociedade civil.

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
27 qualificações
R$ 39,99 Frete grátis
Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO - 184 p. Sinopse: Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o Estado real em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de sociedade civil.

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
27 qualificações
R$ 39,99 Frete grátis
Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO - 184 p. Sinopse: Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o Estado real em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de sociedade civil.

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
27 qualificações
R$ 39,99 Frete grátis
Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO - 184 p. Sinopse: Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o Estado real em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de sociedade civil.

Critica da Filosofia do Direito de Hegel

Critica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Presenca

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Sebo Poesia Sebo Poesia SP - Santo André
99% Positivas
294 qualificações
R$ 30,00 + frete R$ 10,45

Total: R$ 40,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, em bom estado, 195 paginas.

Critica da Filosofia do Direito de Hegel

Critica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
92% Positivas
291 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 9,40

Total: R$ 40,90

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Com apresentação de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro traz ainda uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio Marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o Estado real em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de sociedade civil.

Critica da Filosofia do Direito de Hegel

Critica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
92% Positivas
291 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 9,40

Total: R$ 40,90

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Com apresentação de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro traz ainda uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio Marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o Estado real em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de sociedade civil.

Crítica da filosofia do direito de Hegel Capa ilustrativa

Crítica da filosofia do direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Não Informado

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
99% Positivas
1659 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 9,40

Total: R$ 40,90

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 16,0 x 23,0 cm, 176 págs. Sinopse: No seu projeto de publicar toda a obra de Karl Marx no Brasil em edições comentadas com novas traduções feitas diretamente do alemão, a Boitempo lança Crítica da filosofia do direito de Hegel. Com apresentação de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro traz ainda uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio Marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar He

Crítica da filosofia do direito de Hegel Capa ilustrativa

Crítica da filosofia do direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Não Informado

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
99% Positivas
1659 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 9,40

Total: R$ 40,90

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 16,0 x 23,0 cm, 176 págs. Sinopse: No seu projeto de publicar toda a obra de Karl Marx no Brasil em edições comentadas com novas traduções feitas diretamente do alemão, a Boitempo lança Crítica da filosofia do direito de Hegel. Com apresentação de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro traz ainda uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio Marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar He

Crítica da filosofia do direito de Hegel Capa ilustrativa

Crítica da filosofia do direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Não Informado

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
99% Positivas
1659 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 9,40

Total: R$ 40,90

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 16,0 x 23,0 cm, 176 págs. Sinopse: No seu projeto de publicar toda a obra de Karl Marx no Brasil em edições comentadas com novas traduções feitas diretamente do alemão, a Boitempo lança Crítica da filosofia do direito de Hegel. Com apresentação de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro traz ainda uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio Marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar He

Crítica da filosofia do direito de Hegel Capa ilustrativa

Crítica da filosofia do direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
99% Positivas
1659 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 9,40

Total: R$ 40,90

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 16,0 x 23,0 cm, 176 págs. Sinopse: No seu projeto de publicar toda a obra de Karl Marx no Brasil em edições comentadas com novas traduções feitas diretamente do alemão, a Boitempo lança Crítica da filosofia do direito de Hegel. Com apresentação de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro traz ainda uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio Marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar He

Crítica da filosofia do direito de Hegel Capa ilustrativa

Crítica da filosofia do direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
99% Positivas
1659 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 9,40

Total: R$ 40,90

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 16,0 x 23,0 cm, 176 págs. Sinopse: No seu projeto de publicar toda a obra de Karl Marx no Brasil em edições comentadas com novas traduções feitas diretamente do alemão, a Boitempo lança Crítica da filosofia do direito de Hegel. Com apresentação de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro traz ainda uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio Marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar He

CRITICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL Capa ilustrativa

CRITICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

Ano:   Editora: Boitempo Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Simples Sebo Simples SP - São Paulo
98% Positivas
102 qualificações
R$ 33,60 + frete R$ 8,35

Total: R$ 41,95

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, direto da editora

CRITICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL Capa ilustrativa

CRITICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

Ano:   Editora: Boitempo Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Simples Sebo Simples SP - São Paulo
98% Positivas
102 qualificações
R$ 33,60 + frete R$ 8,35

Total: R$ 41,95

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, direto da editora

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Andorra Livros Andorra Livros SP - São Paulo
100% Positivas
25 qualificações
R$ 33,00 + frete R$ 9,40

Total: R$ 42,40

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO - 184 p. Sinopse: Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o Estado real em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de sociedade civil. 2033

Crítica da filosofia do direito de Hegel Capa ilustrativa

Crítica da filosofia do direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
100% Positivas
223 qualificações
R$ 33,60 + frete R$ 8,82

Total: R$ 42,42

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! X 184 p. Sinopse: Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o Estado real em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de sociedade civil.

critica da filosofia do direito de hegel Capa ilustrativa

critica da filosofia do direito de hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Não Informado

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
97% Positivas
1007 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 11,35

Total: R$ 42,85

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro