A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Critica da Filosofia do Direito de Hegel Capa ilustrativa

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Karl Marx

Com apresentação de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro Crítica da filosofia do direito de Hegel traz uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio Marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase "juvenil" para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o "Estado real" em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de "sociedade civil".    

Com apresentação de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro Críti ca da filosofia do direito de Hegel traz uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio Marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase "juvenil" para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o "Estado real" em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de "sociedade civil". Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Refinar resultado

71 livros novos e 9 livros usados em 33 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Presenca Martins Fontes

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Traça Livraria e Sebo Traça Livraria e Sebo RS - Porto Alegre
99% Positivas
660 qualificações
R$ 16,90 + frete R$ 8,24

Total: R$ 25,14

Comprar ler descrição ocultar

Descrição ID 1280109 Coleção Biblioteca de ciências humanas; 13 Encadernação: brochura Estado de Conservação: Regular Livro já lido. encadernação comum. editoração normal. livro adquirido de particular. poucas marcas de tempo nas páginas. corte um pouco escurecido. papel comum. algumas páginas com sublinhados de lápis. livro não está muito bem conservado. poucas marcas do tempo na capa. livro refilado. lombada reforçada. anotações a lápis.

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
32 qualificações
R$ 27,99 + frete R$ 13,87

Total: R$ 41,86

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO - 184 p. Sinopse: Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o Estado real em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de sociedade civil.

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sobrallivros Sobrallivros SP - São Paulo
100% Positivas
70 qualificações
R$ 28,00 + frete R$ 10,61

Total: R$ 38,61

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO Publicado originalmente em 1843, a Crítica da Filosofia do Direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo, o Estado real em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de sociedade civil. O autor também repensa o papel da teoria crítica, estabelecendo que esta não se completa apenas no campo teórico das filosofi

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sobrallivros Sobrallivros SP - São Paulo
100% Positivas
70 qualificações
R$ 28,00 + frete R$ 10,61

Total: R$ 38,61

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO Publicado originalmente em 1843, a Crítica da Filosofia do Direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo, o Estado real em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de sociedade civil. O autor também repensa o papel da teoria crítica, estabelecendo que esta não se completa apenas no campo teórico das filosofi

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sobrallivros Sobrallivros SP - São Paulo
100% Positivas
70 qualificações
R$ 28,00 + frete R$ 10,61

Total: R$ 38,61

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO Publicado originalmente em 1843, a Crítica da Filosofia do Direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo, o Estado real em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de sociedade civil. O autor também repensa o papel da teoria crítica, estabelecendo que esta não se completa apenas no campo teórico das filosofi

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sobrallivros Sobrallivros SP - São Paulo
100% Positivas
70 qualificações
R$ 28,00 + frete R$ 10,61

Total: R$ 38,61

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO Publicado originalmente em 1843, a Crítica da Filosofia do Direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo, o Estado real em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de sociedade civil. O autor também repensa o papel da teoria crítica, estabelecendo que esta não se completa apenas no campo teórico das filosofi

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Individuação Livros Individuação Livros PR - Curitiba
100% Positivas
35 qualificações
R$ 30,00 + frete R$ 9,40

Total: R$ 39,40

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! // Tradução de Rubens Enderle e Leonardo de Deus // "Hegel parte do Estado e faz do homem o Estado subjetivado; a democracia parte do homem e faz do Estado o homem objetivado. Do mesmo modo que a religião não cria o homem, mas o homem cria a religião, assim também não é a constituição que cria o povo, mas o povo a constituição." (Marx)

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Presenca

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Sebo São José Sebo São José BA - Salvador
96% Positivas
168 qualificações
R$ 30,00 + frete R$ 10,61

Total: R$ 40,61

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura original, 195 páginas em bom estado. 13 x 19 cm.

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Palmarinca Livraria Palmarinca RS - Porto Alegre
100% Positivas
12 qualificações
R$ 30,00 + frete R$ 11,24

Total: R$ 41,24

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Nunca manuseado.

Critica da Filosofia do Direito de Hegel

Critica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
89% Positivas
258 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 10,61

Total: R$ 42,11

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Com apresentação de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro traz ainda uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio Marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o Estado real em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de sociedade civil.

Critica da Filosofia do Direito de Hegel

Critica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
89% Positivas
258 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 10,61

Total: R$ 42,11

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Com apresentação de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro traz ainda uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio Marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo; o Estado real em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de sociedade civil.

crítica da filosofia do direito de hegel Capa ilustrativa

crítica da filosofia do direito de hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Não Informado

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
95% Positivas
977 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 11,87

Total: R$ 43,37

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado

crítica da filosofia do direito de hegel Capa ilustrativa

crítica da filosofia do direito de hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Não Informado

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
95% Positivas
977 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 11,87

Total: R$ 43,37

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado

crítica da filosofia do direito de hegel Capa ilustrativa

crítica da filosofia do direito de hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Não Informado

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
95% Positivas
977 qualificações
R$ 31,50 + frete R$ 11,87

Total: R$ 43,37

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado

Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel Capa ilustrativa

Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
96% Positivas
241 qualificações
R$ 32,70 + frete R$ 9,40

Total: R$ 42,10

Comprar ler descrição ocultar
Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel Capa ilustrativa

Critica Da Filosofia Do Direito De Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
96% Positivas
241 qualificações
R$ 32,70 + frete R$ 9,40

Total: R$ 42,10

Comprar ler descrição ocultar
CRITICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

CRITICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

Ano:   Editora: Geral

Tipo: novo

Idioma: Português

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
93% Positivas
425 qualificações
R$ 33,18 + frete R$ 11,24

Total: R$ 44,42

Comprar ler descrição ocultar

Descrição vCom apresentacao de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro traz ainda uma cronobiografia do autor e a introducao ao livro feita pelo proprio Marx, na qual tece uma critica a religiao e a monarquia constitucional alema. Publicado originalmente em 1843, a Critica da filosofia do direito de Hegel marca a transicao da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidacao dos pressupostos que irao orientar a producao do seu pensamento ate sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria a compreensao das relacoes juridicas na sociedade com as suas condicoes materiais; o pensar em funcao do ser e a alienacao do povo; o Estado real em relacao ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de sociedade civil. O autor tambem repensa o papel da teoria critica, estabelecendo que esta nao se completa apenas no campo teorico das filosofias da religiao e da ciencia, mas tem um indispensavel campo pratico na politica. Se por um lado visava superar os fundamentos estabelecidos por Hegel para o Estado alemao, por outro visava, atraves da associacao entre a reflexao e a pratica, ir alem do trabalho teorico de critica da religiao de Feuerbach, uma forte influencia neste trabalho. Marx provoca um salto sobre os debates da epoca em torno da obra de Hegel, para uma visao mais ampla dos fundamentos do direito na Alemanha, seu anacronismo que nao permite concessoes, suas relacoes com as classes sociais e com o estagio de desenvolvimento nacional. Uma defesa radical da verdadeira democracia, da maxima generalizacao do Estado, com a participacao de cada cidadao para superar a divisao entre politica e sociedade. A genese da alienacao politica sera detectada no seio da sociedade civil, nas relacoes materiais fundadas na propriedade privada. Consequentemente, nao se tratara mais de buscar uma resolucao politica para alem da esfera do Estado abstrato, mas sim uma resolucao social para alem da esfera abstrata da politica. Na Critica, Marx encontrou seu objeto.

Crítica Da Filosofia Do Direito De Hegel Capa ilustrativa

Crítica Da Filosofia Do Direito De Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
292 qualificações
R$ 33,60 + frete R$ 10,61

Total: R$ 44,21

Comprar ler descrição ocultar

Descrição # Livro novo. ISBN: 9788575593332. Dimensão: 16 x 23 cm. 176 págs. Sinopse: No seu projeto de publicar toda a obra de Karl Marx no Brasil em edições comentadas com novas traduções feitas diretamente do alemão, a Boitempo lança Crítica da filosofia do direito de Hegel. Com apresentação de Rubens Enderle (tradutor do livro junto com Leonardo de Deus) e notas de Marcelo Backes, o livro traz ainda uma cronobiografia do autor e a introdução ao livro feita pelo próprio Marx, na qual tece uma crítica à religião e à monarquia constitucional alemã. Publicado originalmente em 1843, a Crítica da filosofia do direito de Hegel é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase juvenil para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar He

CRITICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL Capa ilustrativa

CRITICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

Ano:   Editora: Grupo Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Lima Barreto Sebo Lima Barreto RJ - Rio de Janeiro
99% Positivas
897 qualificações
R$ 34,86 + frete R$ 9,93

Total: R$ 44,79

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, estocado na loja e do grupo boitempo

CRITICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL Capa ilustrativa

CRITICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria e Sebo Fenix Abcd Livraria e Sebo Fenix Abcd SP - Diadema
98% Positivas
65 qualificações
R$ 35,00 Frete grátis
Comprar ler descrição ocultar

Descrição PRODUTO NOVO - Havendo necessidade de detalhamentos mais precisos, pedimos que entre em contato conosco.

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Presenca

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Sebo Brandão Bahia Sebo Brandão Bahia BA - Salvador
100% Positivas
106 qualificações
R$ 35,00 + frete R$ 11,24

Total: R$ 46,24

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Tradução de Conceição Jardim e Eduardo Lúcio Nogueira. 195pg. 18cm. Brochura original. Miolo completo, pigmentos amarelados pela ação do tempo. Boa conservação. ( Dt - Filos ) 68/6

Critica da Filosofia do Direito de Hegel Capa ilustrativa

Critica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

O Gato que Lê O Gato que Lê SP - São Paulo
97% Positivas
100 qualificações
R$ 35,00 + frete R$ 11,87

Total: R$ 46,87

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO EM ÓTIMO ESTADO DE CONSERVAÇAO.TRADUÇAO DE RUBENS ENDERLE E LEONARDO DE DEUS.

CRÍTICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

CRÍTICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Pook Book Pook Book SP - São Paulo
97% Positivas
683 qualificações
R$ 35,70 + frete R$ 9,93

Total: R$ 45,63

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Publicado originalmente em 1843, a 'Crítica da Filosofia do Direito de Hegel' é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase 'juvenil' para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo, o 'Estado real' em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de 'sociedade civil'. O autor também repensa o papel da teoria crítica, estabelecendo que esta não se completa apenas no campo teórico das filosofias da religião e da ciência, mas tem um indispensável campo prático na política. Se por um lado visava superar os fundamentos estabelecidos por Hegel para o Estado alemão, por outro visava, através da associação entre a reflexão e a prática, ir além do trabalho teórico de crítica da religião de Feuerbach, uma forte influência na sua formação.

CRÍTICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

CRÍTICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Pook Book Pook Book SP - São Paulo
97% Positivas
683 qualificações
R$ 35,70 + frete R$ 9,93

Total: R$ 45,63

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Publicado originalmente em 1843, a 'Crítica da Filosofia do Direito de Hegel' é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase 'juvenil' para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo, o 'Estado real' em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de 'sociedade civil'. O autor também repensa o papel da teoria crítica, estabelecendo que esta não se completa apenas no campo teórico das filosofias da religião e da ciência, mas tem um indispensável campo prático na política. Se por um lado visava superar os fundamentos estabelecidos por Hegel para o Estado alemão, por outro visava, através da associação entre a reflexão e a prática, ir além do trabalho teórico de crítica da religião de Feuerbach, uma forte influência na sua formação.

CRÍTICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

CRÍTICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Pook Book Pook Book SP - São Paulo
97% Positivas
683 qualificações
R$ 35,70 + frete R$ 9,93

Total: R$ 45,63

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Publicado originalmente em 1843, a 'Crítica da Filosofia do Direito de Hegel' é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase 'juvenil' para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo, o 'Estado real' em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de 'sociedade civil'. O autor também repensa o papel da teoria crítica, estabelecendo que esta não se completa apenas no campo teórico das filosofias da religião e da ciência, mas tem um indispensável campo prático na política. Se por um lado visava superar os fundamentos estabelecidos por Hegel para o Estado alemão, por outro visava, através da associação entre a reflexão e a prática, ir além do trabalho teórico de crítica da religião de Feuerbach, uma forte influência na sua formação.

CRÍTICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

CRÍTICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Pook Book Pook Book SP - São Paulo
97% Positivas
683 qualificações
R$ 35,70 + frete R$ 9,93

Total: R$ 45,63

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Publicado originalmente em 1843, a 'Crítica da Filosofia do Direito de Hegel' é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase 'juvenil' para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo, o 'Estado real' em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de 'sociedade civil'. O autor também repensa o papel da teoria crítica, estabelecendo que esta não se completa apenas no campo teórico das filosofias da religião e da ciência, mas tem um indispensável campo prático na política. Se por um lado visava superar os fundamentos estabelecidos por Hegel para o Estado alemão, por outro visava, através da associação entre a reflexão e a prática, ir além do trabalho teórico de crítica da religião de Feuerbach, uma forte influência na sua formação.

CRÍTICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

CRÍTICA DA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Pook Book Pook Book SP - São Paulo
97% Positivas
683 qualificações
R$ 35,70 + frete R$ 9,93

Total: R$ 45,63

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Publicado originalmente em 1843, a 'Crítica da Filosofia do Direito de Hegel' é um divisor de águas na obra marxiana: marca a transição da chamada fase 'juvenil' para a fase adulta e a consolidação dos pressupostos que irão orientar a produção do seu pensamento até sua maturidade. Ao investigar Hegel, Marx associaria definitivamente a compreensão das relações jurídicas na sociedade com as suas condições materiais; o pensar em função do ser e a alienação do povo, o 'Estado real' em relação ao Estado moderno que o segrega e o burocratiza na qualidade de 'sociedade civil'. O autor também repensa o papel da teoria crítica, estabelecendo que esta não se completa apenas no campo teórico das filosofias da religião e da ciência, mas tem um indispensável campo prático na política. Se por um lado visava superar os fundamentos estabelecidos por Hegel para o Estado alemão, por outro visava, através da associação entre a reflexão e a prática, ir além do trabalho teórico de crítica da religião de Feuerbach, uma forte influência na sua formação.

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Local da Cultura Local da Cultura RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
43 qualificações
R$ 35,70 + frete R$ 12,92

Total: R$ 48,62

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo em folha!! Sem uso!! 3ª edição, 1ª reimpressão de novembro 2014.

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

In Books In Books RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
100 qualificações
R$ 35,70 + frete R$ 12,92

Total: R$ 48,62

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo em folha!! Sem uso!! 3ª edição, 1ª reimpressão de novembro 2014.

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Crítica da Filosofia do Direito de Hegel

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Local da Cultura Local da Cultura RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
43 qualificações
R$ 35,70 + frete R$ 12,92

Total: R$ 48,62

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo em folha!! Sem uso!! 3ª edição, 1ª reimpressão de novembro 2014.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro