A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Com Que Corpo Eu Vou Capa ilustrativa

Livro Com Que Corpo Eu Vou?

Joana de Vilhena Novaes

Resultado do pós-doutorado em Psicologia Social na UERJ, o livro Com que corpo eu vou?, de Joana de Vilhena Novaes, procura entender como as mulheres brasileiras percebem, usam e se relacionam com seus corpos. “Busco investigar os usos do corpo e as diferentes formas de sociabilidade no tocante à estética corporal nas camadas populares”, resume a autora, que ganhou uma bolsa da Faperj para se dedicar à pesquisa de campo. Podemos dizer que este lançamento da Pallas Editora, em parceria com a Editora Puc-Rio, aprofunda ainda mais o tema já abordado pela jovem no título O intolerável peso da feiura: sobre as mulheres e seus corpos, de 2006, fruto do doutorado em Psicologia Clínica na Puc-Rio.    

Resultado do pós-doutorado em Psicologia Social na UERJ, o livro Com que corpo eu vou?, de Joana de Vilhena Novaes, procur a entender como as mulheres brasileiras percebem, usam e se relacionam com seus corpos. “Busco investigar os usos do corpo e as diferentes formas de sociabilidade no tocante à estética corporal nas camadas populares”, resume a autora, que ganhou uma bolsa da Faperj para se dedicar à pesquisa de campo. Podemos dizer que este lançamento da Pallas Editora, em parceria com a Editora Puc-Rio, aprofunda ainda mais o tema já abordado pela jovem no título O intolerável peso da feiura: sobre as mulheres e seus corpos, de 2006, fruto do doutorado em Psicologia Clínica na Puc-Rio. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Com Que Corpo Eu Vou?

Capa ilustrativa
Refinar resultado

15 livros novos e 5 livros usados em 13 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Com Que Corpo Eu Vou? Capa ilustrativa

Com Que Corpo Eu Vou?

Ano:   Editora: Pallas

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

ArtePaes ArtePaes RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
6 qualificações
R$ 14,90 + frete R$ 11,87

Total: R$ 26,77

Comprar ler descrição ocultar

Descrição semi novo, bom estado de conservaÇÃo conteÚdo preservado

Com que Corpo Eu Vou? Capa ilustrativa

Com que Corpo Eu Vou?

Ano:   Editora: Pallas

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Sebo Cultural Foz Sebo Cultural Foz PR - Foz do Iguaçu
99% Positivas
249 qualificações
R$ 24,80 + frete R$ 9,93

Total: R$ 34,73

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado, extremidades levemente gastas, sinais de manuseio na lombada, cortes levemente sujecidos.Lombada: PretaEscritas: Brancas, Azuis, Laranjas e Rosas SKU: 24795955

COM QUE CORPO EU VOU

COM QUE CORPO EU VOU

Ano:   Editora: Pallas

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Não especificado

Livros e Cia DF Livros e Cia DF DF - Brasília
100% Positivas
229 qualificações
R$ 25,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 33,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Edição de 2010. Ótimo estado de conservação. sem grifos, anotações ou rasuras. Encadernação e lombada firmes.

Com Que Corpo Eu Vou?

Com Que Corpo Eu Vou?

Ano:   Editora: Pallas

Tipo: novo

Idioma: Português

RK livros RK livros RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
32 qualificações
R$ 27,00 + frete R$ 10,61

Total: R$ 37,61

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Exemplar Novo

Com Que Corpo Eu Vou?

Com Que Corpo Eu Vou?

Ano:   Editora: Pallas

Tipo: novo

Idioma: Português

Casa do Livro Virtual Casa do Livro Virtual MG - Belo Horizonte
96% Positivas
71 qualificações
R$ 27,00 + frete R$ 11,87

Total: R$ 38,87

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO, no plastico, lacrado pela editora!!!!!!! - 201611249

COM QUE CORPO EU VOU?

COM QUE CORPO EU VOU?

Ano:   Editora: Geral

Tipo: novo

Idioma: Português

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
93% Positivas
2623 qualificações
R$ 27,20 + frete R$ 12,92

Total: R$ 40,12

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Resultado do pos-doutorado em Psicologia Social na UERJ, o livro Com Que Corpo Eu Vou? , de Joana de Vilhena Novaes, procura entender como as mulheres brasileiras percebem, usam e se relacionam com seus corpos. Busco investigar os usos do corpo e as diferentes formas de sociabilidade no tocante a estetica corporal nas camadas populares , resume a autora, que ganhou uma bolsa da Faperj para se dedicar a pesquisa de campo. Podemos dizer que este lancamento da Pallas Editora, em parceria com a Editora Puc-Rio, aprofunda ainda mais o tema ja abordado pela jovem no titulo O intoleravel peso da feiura: sobre as mulheres e seus corpos, de 2006, fruto do doutorado em Psicologia Clinica na Puc-Rio.

COM QUE CORPO EU VOU?

COM QUE CORPO EU VOU?

Ano:   Editora: Geral

Tipo: novo

Idioma: Português

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
93% Positivas
2623 qualificações
R$ 27,20 + frete R$ 12,92

Total: R$ 40,12

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Resultado do pos-doutorado em Psicologia Social na UERJ, o livro Com Que Corpo Eu Vou? , de Joana de Vilhena Novaes, procura entender como as mulheres brasileiras percebem, usam e se relacionam com seus corpos. Busco investigar os usos do corpo e as diferentes formas de sociabilidade no tocante a estetica corporal nas camadas populares , resume a autora, que ganhou uma bolsa da Faperj para se dedicar a pesquisa de campo. Podemos dizer que este lancamento da Pallas Editora, em parceria com a Editora Puc-Rio, aprofunda ainda mais o tema ja abordado pela jovem no titulo O intoleravel peso da feiura: sobre as mulheres e seus corpos, de 2006, fruto do doutorado em Psicologia Clinica na Puc-Rio.

Com Que Corpo Eu Vou? Sociabilidade e Usos do Corpo Nas Mulheres

Com Que Corpo Eu Vou? Sociabilidade e Usos do Corpo Nas Mulheres

Ano:   Editora: Puc Rio

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Um Sebo na Praça XV Um Sebo na Praça XV RJ - Rio de Janeiro
99% Positivas
83 qualificações
R$ 30,00 + frete R$ 9,40

Total: R$ 39,40

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura usado capa boa miolo contém grifo de caneta pilot.

Com que corpo eu vou? : Sociabilidade e usos do corpo nas mulheres Capa ilustrativa

Com que corpo eu vou? : Sociabilidade e usos do corpo nas mulheres

Ano:   Editora: Pallas

Tipo: novo

Idioma: Português

Dickens Livraria Dickens Livraria SP - Guarulhos
99% Positivas
609 qualificações
R$ 32,00 + frete R$ 11,24

Total: R$ 43,24

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Dimensão 14 x 21 cm, 216 pág. Sinopse: Neste Com que corpo eu vou?, Joana de Vilhena Novaes aponta para uma nova cartografia do corpo que vem se desenhando nos dias que correm por meio de marcações corporais, como a ideia do corpo sem órgãos e do corpo como tela. Estaríamos em busca de um corpo para além do humano?, questiona a doutora, ressaltando ainda o valor simbólico do corpo, o que ele representa como capital e como, historicamente, a beleza sempre foi um valor. O envelhecimento e suas implicações na sexualidade feminina são também abordados no texto.

Com Que Corpo Eu Vou?

Com Que Corpo Eu Vou?

Ano:   Editora: Pallas

Tipo: novo

Idioma: Português

Mdx Livros Mdx Livros RJ - Rio de Janeiro
99% Positivas
93 qualificações
R$ 34,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 42,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Resultado do pós-doutorado em Psicologia Social na UERJ, o livro Com que corpo eu vou?, de Joana de Vilhena Novaes, procura entender como as mulheres brasileiras percebem, usam e se relacionam com seus corpos. “Busco investigar os usos do corpo e as diferentes formas de sociabilidade no tocante à estética corporal nas camadas populares”, resume a autora, que ganhou uma bolsa da Faperj para se dedicar à pesquisa de campo. Podemos dizer que este lançamento da Pallas Editora, em parceria com a Editora Puc-Rio, aprofunda ainda mais o tema já abordado pela jovem no título O intolerável peso da feiura: sobre as mulheres e seus corpos, de 2006, fruto do doutorado em Psicologia Clínica na Puc-Rio.O corpo humano deixou de ser apenas um cartão de visitas que nos apresenta. Ele também nos representa, para o bem e para o mal. Em suas investigações, Joana descobriu que a gordura, normalmente associada à feiura, é uma das formas mais imperativas de exclusão social. Assim, procurou apurar, nas falas das entrevistadas de baixa renda, de que modo o fato de estar acima do peso ressoa em suas vidas. O interessante é que, numa ponta, estão essas mesmas mulheres abusando dos decotes, das minissaias e das roupas justas e, na outra, as mais abastadas malhando compulsivamente nas academias, buscando a perfeição física, sem coragem de vestir um biquíni e pisar na areia da praia. Os temas abordados neste lançamento vêm atravessando os últimos quatro séculos. No prefácio, a historiadora Mary Del Priore atesta: “Gordura não era só sinônimo de beleza, mas, também, de distinção social. A nobreza podia se dar ao luxo de consumir cremes, manteiga, açúcar e molhos ácidos e temperados. Não havia formosura sem gordura! E gordura era sinônimo de riqueza. A magreza, por sua vez, remetia à consumição, à tísica, à anemia: doenças que enfeavam e matavam. Pior, a magreza tinha uma conotação psicológica. Remetia à mesquinharia, à avareza ou à ambição desenfreada”. Nessa discussão, entram também doenças como anorexia, bulimia e obesidade mórbida.Neste Com que corpo eu vou?, Joana de Vilhena Novaes aponta para uma nova cartografia do corpo que vem se desenhando nos dias que correm por meio de marcações corporais, como a ideia do corpo sem órgãos e do corpo como tela. “Estaríamos em busca de um corpo para além do humano?”, questiona a doutora, ressaltando ainda o valor simbólico do corpo, o que ele representa como capital e como, historicamente, a beleza sempre foi um valor. O envelhecimento e suas implicações na sexualidade feminina são também abordados no texto.

Com Que Corpo Eu Vou?

Com Que Corpo Eu Vou?

Ano:   Editora: Pallas

Tipo: novo

Idioma: Português

Mdx Livros Mdx Livros RJ - Rio de Janeiro
99% Positivas
93 qualificações
R$ 34,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 42,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Resultado do pós-doutorado em Psicologia Social na UERJ, o livro Com que corpo eu vou?, de Joana de Vilhena Novaes, procura entender como as mulheres brasileiras percebem, usam e se relacionam com seus corpos. “Busco investigar os usos do corpo e as diferentes formas de sociabilidade no tocante à estética corporal nas camadas populares”, resume a autora, que ganhou uma bolsa da Faperj para se dedicar à pesquisa de campo. Podemos dizer que este lançamento da Pallas Editora, em parceria com a Editora Puc-Rio, aprofunda ainda mais o tema já abordado pela jovem no título O intolerável peso da feiura: sobre as mulheres e seus corpos, de 2006, fruto do doutorado em Psicologia Clínica na Puc-Rio.O corpo humano deixou de ser apenas um cartão de visitas que nos apresenta. Ele também nos representa, para o bem e para o mal. Em suas investigações, Joana descobriu que a gordura, normalmente associada à feiura, é uma das formas mais imperativas de exclusão social. Assim, procurou apurar, nas falas das entrevistadas de baixa renda, de que modo o fato de estar acima do peso ressoa em suas vidas. O interessante é que, numa ponta, estão essas mesmas mulheres abusando dos decotes, das minissaias e das roupas justas e, na outra, as mais abastadas malhando compulsivamente nas academias, buscando a perfeição física, sem coragem de vestir um biquíni e pisar na areia da praia. Os temas abordados neste lançamento vêm atravessando os últimos quatro séculos. No prefácio, a historiadora Mary Del Priore atesta: “Gordura não era só sinônimo de beleza, mas, também, de distinção social. A nobreza podia se dar ao luxo de consumir cremes, manteiga, açúcar e molhos ácidos e temperados. Não havia formosura sem gordura! E gordura era sinônimo de riqueza. A magreza, por sua vez, remetia à consumição, à tísica, à anemia: doenças que enfeavam e matavam. Pior, a magreza tinha uma conotação psicológica. Remetia à mesquinharia, à avareza ou à ambição desenfreada”. Nessa discussão, entram também doenças como anorexia, bulimia e obesidade mórbida.Neste Com que corpo eu vou?, Joana de Vilhena Novaes aponta para uma nova cartografia do corpo que vem se desenhando nos dias que correm por meio de marcações corporais, como a ideia do corpo sem órgãos e do corpo como tela. “Estaríamos em busca de um corpo para além do humano?”, questiona a doutora, ressaltando ainda o valor simbólico do corpo, o que ele representa como capital e como, historicamente, a beleza sempre foi um valor. O envelhecimento e suas implicações na sexualidade feminina são também abordados no texto.

com que corpo eu vou? Capa ilustrativa

com que corpo eu vou?

Ano:   Editora: Pallas Editora

Tipo: novo

Idioma: Não especificado

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
94% Positivas
1103 qualificações
R$ 39,60 + frete R$ 12,92

Total: R$ 52,52

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado c

COM QUE CORPO EU VOU?

COM QUE CORPO EU VOU?

Ano:   Editora: Pallas

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
97% Positivas
923 qualificações
R$ 40,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 48,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Neste Com que corpo eu vou?, Joana de Vilhena Novaes aponta para uma nova cartografia do corpo que vem se desenhando nos dias que correm por meio de marcações corporais, como a ideia do corpo sem órgãos e do corpo como tela. “Estaríamos em busca de um corpo para além do humano?”, questiona a doutora, ressaltando ainda o valor simbólico do corpo, o que ele representa como capital e como, historicamente, a beleza sempre foi um valor. O envelhecimento e suas implicações na sexualidade feminina são também abordados no texto. 

COM QUE CORPO EU VOU?

COM QUE CORPO EU VOU?

Ano:   Editora: Pallas

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
97% Positivas
923 qualificações
R$ 40,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 48,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Neste Com que corpo eu vou?, Joana de Vilhena Novaes aponta para uma nova cartografia do corpo que vem se desenhando nos dias que correm por meio de marcações corporais, como a ideia do corpo sem órgãos e do corpo como tela. “Estaríamos em busca de um corpo para além do humano?”, questiona a doutora, ressaltando ainda o valor simbólico do corpo, o que ele representa como capital e como, historicamente, a beleza sempre foi um valor. O envelhecimento e suas implicações na sexualidade feminina são também abordados no texto. 

COM QUE CORPO EU VOU?

COM QUE CORPO EU VOU?

Ano:   Editora: Pallas

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
97% Positivas
923 qualificações
R$ 40,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 48,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Neste Com que corpo eu vou?, Joana de Vilhena Novaes aponta para uma nova cartografia do corpo que vem se desenhando nos dias que correm por meio de marcações corporais, como a ideia do corpo sem órgãos e do corpo como tela. “Estaríamos em busca de um corpo para além do humano?”, questiona a doutora, ressaltando ainda o valor simbólico do corpo, o que ele representa como capital e como, historicamente, a beleza sempre foi um valor. O envelhecimento e suas implicações na sexualidade feminina são também abordados no texto. 

COM QUE CORPO EU VOU?

COM QUE CORPO EU VOU?

Ano:   Editora: Pallas

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
97% Positivas
923 qualificações
R$ 40,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 48,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Neste Com que corpo eu vou?, Joana de Vilhena Novaes aponta para uma nova cartografia do corpo que vem se desenhando nos dias que correm por meio de marcações corporais, como a ideia do corpo sem órgãos e do corpo como tela. “Estaríamos em busca de um corpo para além do humano?”, questiona a doutora, ressaltando ainda o valor simbólico do corpo, o que ele representa como capital e como, historicamente, a beleza sempre foi um valor. O envelhecimento e suas implicações na sexualidade feminina são também abordados no texto. 

Com Que Corpo Eu Vou?

Com Que Corpo Eu Vou?

Ano:   Editora: Pallas

Tipo: novo

Idioma: Português

Namastê Books Namastê Books SP - São Paulo
100% Positivas
37 qualificações
R$ 40,00 + frete R$ 12,29

Total: R$ 52,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Resultado do pós-doutorado em Psicologia Social na UERJ, o livro Com que corpo eu vou?, de Joana de Vilhena Novaes, procura entender como as mulheres brasileiras percebem, usam e se relacionam com seus corpos. "Busco investigar os usos do corpo e as diferentes formas de sociabilidade no tocante à estética corporal nas camadas populares", resume a autora, que ganhou uma bolsa da Faperj para se dedicar à pesquisa de campo. Podemos dizer que este lançamento da Pallas Editora, em parceria com a Editora Puc-Rio, aprofunda ainda mais o tema já abordado pela jovem no título O intolerável peso da feiura: sobre as mulheres e seus corpos, de 2006, fruto do doutorado em Psicologia Clínica na Puc-Rio. O corpo humano deixou de ser apenas um cartão de visitas que nos apresenta. Ele também nos representa, para o bem e para o mal. Em suas investigações, Joana descobriu que a gordura, normalmente associada à feiura, é uma das formas mais imperativas de exclusão social. Assim, procurou apurar, nas falas das entrevistadas de baixa renda, de que modo o fato de estar acima do peso ressoa em suas vidas. O interessante é que, numa ponta, estão essas mesmas mulheres abusando dos decotes, das minissaias e das roupas justas e, na outra, as mais abastadas malhando compulsivamente nas academias, buscando a perfeição física, sem coragem de vestir um biquíni e pisar na areia da praia. Os temas abordados neste lançamento vêm atravessando os últimos quatro séculos. No prefácio, a historiadora Mary Del Priore atesta: "Gordura não era só sinônimo de beleza, mas, também, de distinção social. A nobreza podia se dar ao luxo de consumir cremes, manteiga, açúcar e molhos ácidos e temperados. Não havia formosura sem gordura! E gordura era sinônimo de riqueza. A magreza, por sua vez, remetia à consumição, à tísica, à anemia: doenças que enfeavam e matavam. Pior, a magreza tinha uma conotação psicológica. Remetia à mesquinharia, à avareza ou à ambição desenfreada". Nessa discussão, entram também doenças como anorexia, bulimia e obesidade mórbida. Neste Com que corpo eu vou?, Joana de Vilhena Novaes aponta para uma nova cartografia do corpo que vem se desenhando nos dias que correm por meio de marcações corporais, como a ideia do corpo sem órgãos e do corpo como tela. "Estaríamos em busca de um corpo para além do humano?", questiona a doutora, ressaltando ainda o valor simbólico do corpo, o que ele representa como capital e como, historicamente, a beleza sempre foi um valor. O envelhecimento e suas implicações na sexualidade feminina são também abordados no texto.

Com Que Corpo Eu Vou?

Com Que Corpo Eu Vou?

Ano:   Editora: Pallas

Tipo: novo

Idioma: Português

Namastê Books Namastê Books SP - São Paulo
100% Positivas
37 qualificações
R$ 40,00 + frete R$ 12,29

Total: R$ 52,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Resultado do pós-doutorado em Psicologia Social na UERJ, o livro Com que corpo eu vou?, de Joana de Vilhena Novaes, procura entender como as mulheres brasileiras percebem, usam e se relacionam com seus corpos. "Busco investigar os usos do corpo e as diferentes formas de sociabilidade no tocante à estética corporal nas camadas populares", resume a autora, que ganhou uma bolsa da Faperj para se dedicar à pesquisa de campo. Podemos dizer que este lançamento da Pallas Editora, em parceria com a Editora Puc-Rio, aprofunda ainda mais o tema já abordado pela jovem no título O intolerável peso da feiura: sobre as mulheres e seus corpos, de 2006, fruto do doutorado em Psicologia Clínica na Puc-Rio. O corpo humano deixou de ser apenas um cartão de visitas que nos apresenta. Ele também nos representa, para o bem e para o mal. Em suas investigações, Joana descobriu que a gordura, normalmente associada à feiura, é uma das formas mais imperativas de exclusão social. Assim, procurou apurar, nas falas das entrevistadas de baixa renda, de que modo o fato de estar acima do peso ressoa em suas vidas. O interessante é que, numa ponta, estão essas mesmas mulheres abusando dos decotes, das minissaias e das roupas justas e, na outra, as mais abastadas malhando compulsivamente nas academias, buscando a perfeição física, sem coragem de vestir um biquíni e pisar na areia da praia. Os temas abordados neste lançamento vêm atravessando os últimos quatro séculos. No prefácio, a historiadora Mary Del Priore atesta: "Gordura não era só sinônimo de beleza, mas, também, de distinção social. A nobreza podia se dar ao luxo de consumir cremes, manteiga, açúcar e molhos ácidos e temperados. Não havia formosura sem gordura! E gordura era sinônimo de riqueza. A magreza, por sua vez, remetia à consumição, à tísica, à anemia: doenças que enfeavam e matavam. Pior, a magreza tinha uma conotação psicológica. Remetia à mesquinharia, à avareza ou à ambição desenfreada". Nessa discussão, entram também doenças como anorexia, bulimia e obesidade mórbida. Neste Com que corpo eu vou?, Joana de Vilhena Novaes aponta para uma nova cartografia do corpo que vem se desenhando nos dias que correm por meio de marcações corporais, como a ideia do corpo sem órgãos e do corpo como tela. "Estaríamos em busca de um corpo para além do humano?", questiona a doutora, ressaltando ainda o valor simbólico do corpo, o que ele representa como capital e como, historicamente, a beleza sempre foi um valor. O envelhecimento e suas implicações na sexualidade feminina são também abordados no texto.

Com Que Corpo Eu Vou?

Com Que Corpo Eu Vou?

Ano:   Editora: Pallas

Tipo: novo

Idioma: Português

Namastê Books Namastê Books SP - São Paulo
100% Positivas
37 qualificações
R$ 40,00 + frete R$ 12,29

Total: R$ 52,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Resultado do pós-doutorado em Psicologia Social na UERJ, o livro Com que corpo eu vou?, de Joana de Vilhena Novaes, procura entender como as mulheres brasileiras percebem, usam e se relacionam com seus corpos. "Busco investigar os usos do corpo e as diferentes formas de sociabilidade no tocante à estética corporal nas camadas populares", resume a autora, que ganhou uma bolsa da Faperj para se dedicar à pesquisa de campo. Podemos dizer que este lançamento da Pallas Editora, em parceria com a Editora Puc-Rio, aprofunda ainda mais o tema já abordado pela jovem no título O intolerável peso da feiura: sobre as mulheres e seus corpos, de 2006, fruto do doutorado em Psicologia Clínica na Puc-Rio. O corpo humano deixou de ser apenas um cartão de visitas que nos apresenta. Ele também nos representa, para o bem e para o mal. Em suas investigações, Joana descobriu que a gordura, normalmente associada à feiura, é uma das formas mais imperativas de exclusão social. Assim, procurou apurar, nas falas das entrevistadas de baixa renda, de que modo o fato de estar acima do peso ressoa em suas vidas. O interessante é que, numa ponta, estão essas mesmas mulheres abusando dos decotes, das minissaias e das roupas justas e, na outra, as mais abastadas malhando compulsivamente nas academias, buscando a perfeição física, sem coragem de vestir um biquíni e pisar na areia da praia. Os temas abordados neste lançamento vêm atravessando os últimos quatro séculos. No prefácio, a historiadora Mary Del Priore atesta: "Gordura não era só sinônimo de beleza, mas, também, de distinção social. A nobreza podia se dar ao luxo de consumir cremes, manteiga, açúcar e molhos ácidos e temperados. Não havia formosura sem gordura! E gordura era sinônimo de riqueza. A magreza, por sua vez, remetia à consumição, à tísica, à anemia: doenças que enfeavam e matavam. Pior, a magreza tinha uma conotação psicológica. Remetia à mesquinharia, à avareza ou à ambição desenfreada". Nessa discussão, entram também doenças como anorexia, bulimia e obesidade mórbida. Neste Com que corpo eu vou?, Joana de Vilhena Novaes aponta para uma nova cartografia do corpo que vem se desenhando nos dias que correm por meio de marcações corporais, como a ideia do corpo sem órgãos e do corpo como tela. "Estaríamos em busca de um corpo para além do humano?", questiona a doutora, ressaltando ainda o valor simbólico do corpo, o que ele representa como capital e como, historicamente, a beleza sempre foi um valor. O envelhecimento e suas implicações na sexualidade feminina são também abordados no texto.

Com Que Corpo Eu Vou? Capa ilustrativa

Com Que Corpo Eu Vou?

Ano:   Editora: Pallas

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Livraria Sebo Panorama Livraria Sebo Panorama RJ - Niterói
96% Positivas
158 qualificações
R$ 49,98 + frete R$ 12,29

Total: R$ 62,27

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro usado em ótimo estado. Brochura, 214 páginas. Com grifos e anotações à lápis. Bordas, miolo, lombada e capa em ótimo estado. Formato: 14 x 21. 18/05/2017 LO

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro