A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
A Etificacao da Psicanalise Capa ilustrativa

Livro A Etificação da Psicanálise

Jean Allouch

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

A Etificacao da Psicanalise

Capa ilustrativa
Refinar resultado

7 livros novos e 6 livros usados em 9 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
A Etificacao da Psicanalise Capa ilustrativa

A Etificacao da Psicanalise

Ano:   Editora: Companhia de Freud

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Sebo São José Sebo São José BA - Salvador
97% Positivas
207 qualificações
R$ 25,00 + frete R$ 9,93

Total: R$ 34,93

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura original, 144 páginas em bom estado. 16 x 23 cm.

A Etificação da Psicologia Capa ilustrativa

A Etificação da Psicologia

Ano:   Editora: Companhia de Freud

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Livraria Progresso Sebo Livraria Progresso Sebo PE - Recife
98% Positivas
179 qualificações
R$ 25,00 + frete R$ 12,29

Total: R$ 37,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Cód 9954

A Etificação da Psicanálise

A Etificação da Psicanálise

Ano:   Editora: Companhia de Freud

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Sebo Mafalda Sebo Mafalda SC - Florianópolis
95% Positivas
103 qualificações
R$ 28,00 + frete R$ 10,61

Total: R$ 38,61

Comprar ler descrição ocultar

Descrição  livro seminovo, brochura, um bom exemplar, cad 23/07/20 est 21 HD - 72 - -- Imagem ilustrativa ------ B

A Etificação da Psicanálise Calamidade Capa ilustrativa

A Etificação da Psicanálise Calamidade

Ano:   Editora: Companhia de Freud

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Sebo Isquisito Sebo Isquisito MG - Belo Horizonte
96% Positivas
24 qualificações
R$ 29,00 + frete R$ 9,40

Total: R$ 38,40

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Exemplar sem Uso.

A Etificação da Psicanálise

A Etificação da Psicanálise

Ano:   Editora: Companhia Freud

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Livraria Europa Prime Livraria Europa Prime RJ - Rio de Janeiro
86% Positivas
22 qualificações
R$ 29,90 + frete R$ 11,87

Total: R$ 41,77

Comprar ler descrição ocultar

Descrição ★★★ Bom Estado ........................................................................................................................... Apresenta boa aparência, alinhado, integro e sem avarias. Paginas limpas e livre de marcações ou anotações. Miolo, dorso e lombada firme. Corte e folha guarda um pouco amarelados devido ao tempo. (N.ABR.1) .............................................................................................................................. Obs: Nosso exame obedece critérios subjetivos e temporais, portanto estão sujeitos a alteração de percepção realizada pelo cliente.

ETIFICAÇÃO DA PSICANÁLISE, A

ETIFICAÇÃO DA PSICANÁLISE, A

Ano:   Editora: Cia Freud

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria do Psicólogo e Educador Livraria do Psicólogo e Educador MG - Belo Horizonte
97% Positivas
237 qualificações
R$ 30,40 + frete R$ 9,93

Total: R$ 40,33

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Assim como a informatização atualmente, a eletrificação há alguns decênios, e mais precocemente ainda a industrialização, como ondas a que ninguém escapa por pouco que se esteja em seu caminho, a psicanálise sofre hoje, como chicotadas, uma rebentação: a etificação.Afirmaremos que assim etificada a psicanálise simplesmente não tem lugar.Que ela esta, portanto, em vias de... morrer de ética.Sem sabê-lo.Calamidade. Não de trata mais de supereu, aqui chegou a ética; não se trata mais do caso clínico, aqui chegou uma clínica do fato social; não se trata mais de método, aqui chegou o analista sabedor; não se trata mais de explicar a experiência, aqui chegou a psicanálise como ideologia.Esta quádrupla calamidade, entretanto, tem seu reverso de revelação ou de confirmação (pois já Freud sabia e sustentava isso): não há ética psicanalítica.Um caso nos ensina isso hoje, sem duvida mais exemplarmente que todos os que - numerosos - se encontram de forma semelhante (des)orientados por esta ética que não existe. Propomo-nos estudá-lo, a partir do testemunho parcializado e parcial que nos dá a obra de H. Besserman Vianna, Politique de la psychanalyse face à la disctature et à la torture. N´ em parlez à personne [Não conte a ninguém]. E do inenarrável happening a que este livro dá lugar, em Paris, Hospital Sainte-Anne, no domingo 9 de fevereiro de 1997.Ele também remete à existência ou à recusa daquilo que, há mais de vinte anos, tenta forçar seu caminho sob o nome, ainda mantido quase que absolutamente velado, de psicanálise derridiana.(m3/16set2015).

ETIFICAÇÃO DA PSICANÁLISE, A

ETIFICAÇÃO DA PSICANÁLISE, A

Ano:   Editora: Cia Freud

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria do Psicólogo e Educador Livraria do Psicólogo e Educador MG - Belo Horizonte
97% Positivas
237 qualificações
R$ 30,40 + frete R$ 9,93

Total: R$ 40,33

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Assim como a informatização atualmente, a eletrificação há alguns decênios, e mais precocemente ainda a industrialização, como ondas a que ninguém escapa por pouco que se esteja em seu caminho, a psicanálise sofre hoje, como chicotadas, uma rebentação: a etificação.Afirmaremos que assim etificada a psicanálise simplesmente não tem lugar.Que ela esta, portanto, em vias de... morrer de ética.Sem sabê-lo.Calamidade. Não de trata mais de supereu, aqui chegou a ética; não se trata mais do caso clínico, aqui chegou uma clínica do fato social; não se trata mais de método, aqui chegou o analista sabedor; não se trata mais de explicar a experiência, aqui chegou a psicanálise como ideologia.Esta quádrupla calamidade, entretanto, tem seu reverso de revelação ou de confirmação (pois já Freud sabia e sustentava isso): não há ética psicanalítica.Um caso nos ensina isso hoje, sem duvida mais exemplarmente que todos os que - numerosos - se encontram de forma semelhante (des)orientados por esta ética que não existe. Propomo-nos estudá-lo, a partir do testemunho parcializado e parcial que nos dá a obra de H. Besserman Vianna, Politique de la psychanalyse face à la disctature et à la torture. N´ em parlez à personne [Não conte a ninguém]. E do inenarrável happening a que este livro dá lugar, em Paris, Hospital Sainte-Anne, no domingo 9 de fevereiro de 1997.Ele também remete à existência ou à recusa daquilo que, há mais de vinte anos, tenta forçar seu caminho sob o nome, ainda mantido quase que absolutamente velado, de psicanálise derridiana.(m3/16set2015).

ETIFICAÇÃO DA PSICANÁLISE, A

ETIFICAÇÃO DA PSICANÁLISE, A

Ano:   Editora: Cia Freud

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria do Psicólogo e Educador Livraria do Psicólogo e Educador MG - Belo Horizonte
97% Positivas
237 qualificações
R$ 30,40 + frete R$ 9,93

Total: R$ 40,33

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Assim como a informatização atualmente, a eletrificação há alguns decênios, e mais precocemente ainda a industrialização, como ondas a que ninguém escapa por pouco que se esteja em seu caminho, a psicanálise sofre hoje, como chicotadas, uma rebentação: a etificação.Afirmaremos que assim etificada a psicanálise simplesmente não tem lugar.Que ela esta, portanto, em vias de... morrer de ética.Sem sabê-lo.Calamidade. Não de trata mais de supereu, aqui chegou a ética; não se trata mais do caso clínico, aqui chegou uma clínica do fato social; não se trata mais de método, aqui chegou o analista sabedor; não se trata mais de explicar a experiência, aqui chegou a psicanálise como ideologia.Esta quádrupla calamidade, entretanto, tem seu reverso de revelação ou de confirmação (pois já Freud sabia e sustentava isso): não há ética psicanalítica.Um caso nos ensina isso hoje, sem duvida mais exemplarmente que todos os que - numerosos - se encontram de forma semelhante (des)orientados por esta ética que não existe. Propomo-nos estudá-lo, a partir do testemunho parcializado e parcial que nos dá a obra de H. Besserman Vianna, Politique de la psychanalyse face à la disctature et à la torture. N´ em parlez à personne [Não conte a ninguém]. E do inenarrável happening a que este livro dá lugar, em Paris, Hospital Sainte-Anne, no domingo 9 de fevereiro de 1997.Ele também remete à existência ou à recusa daquilo que, há mais de vinte anos, tenta forçar seu caminho sob o nome, ainda mantido quase que absolutamente velado, de psicanálise derridiana.(m3/16set2015).

ETIFICAÇÃO DA PSICANÁLISE, A

ETIFICAÇÃO DA PSICANÁLISE, A

Ano:   Editora: Cia Freud

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria do Psicólogo e Educador Livraria do Psicólogo e Educador MG - Belo Horizonte
97% Positivas
237 qualificações
R$ 30,40 + frete R$ 9,93

Total: R$ 40,33

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Assim como a informatização atualmente, a eletrificação há alguns decênios, e mais precocemente ainda a industrialização, como ondas a que ninguém escapa por pouco que se esteja em seu caminho, a psicanálise sofre hoje, como chicotadas, uma rebentação: a etificação.Afirmaremos que assim etificada a psicanálise simplesmente não tem lugar.Que ela esta, portanto, em vias de... morrer de ética.Sem sabê-lo.Calamidade. Não de trata mais de supereu, aqui chegou a ética; não se trata mais do caso clínico, aqui chegou uma clínica do fato social; não se trata mais de método, aqui chegou o analista sabedor; não se trata mais de explicar a experiência, aqui chegou a psicanálise como ideologia.Esta quádrupla calamidade, entretanto, tem seu reverso de revelação ou de confirmação (pois já Freud sabia e sustentava isso): não há ética psicanalítica.Um caso nos ensina isso hoje, sem duvida mais exemplarmente que todos os que - numerosos - se encontram de forma semelhante (des)orientados por esta ética que não existe. Propomo-nos estudá-lo, a partir do testemunho parcializado e parcial que nos dá a obra de H. Besserman Vianna, Politique de la psychanalyse face à la disctature et à la torture. N´ em parlez à personne [Não conte a ninguém]. E do inenarrável happening a que este livro dá lugar, em Paris, Hospital Sainte-Anne, no domingo 9 de fevereiro de 1997.Ele também remete à existência ou à recusa daquilo que, há mais de vinte anos, tenta forçar seu caminho sob o nome, ainda mantido quase que absolutamente velado, de psicanálise derridiana.(m3/16set2015).

ETIFICAÇÃO DA PSICANÁLISE, A

ETIFICAÇÃO DA PSICANÁLISE, A

Ano:   Editora: Cia Freud

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria do Psicólogo e Educador Livraria do Psicólogo e Educador MG - Belo Horizonte
97% Positivas
237 qualificações
R$ 30,40 + frete R$ 9,93

Total: R$ 40,33

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Assim como a informatização atualmente, a eletrificação há alguns decênios, e mais precocemente ainda a industrialização, como ondas a que ninguém escapa por pouco que se esteja em seu caminho, a psicanálise sofre hoje, como chicotadas, uma rebentação: a etificação.Afirmaremos que assim etificada a psicanálise simplesmente não tem lugar.Que ela esta, portanto, em vias de... morrer de ética.Sem sabê-lo.Calamidade. Não de trata mais de supereu, aqui chegou a ética; não se trata mais do caso clínico, aqui chegou uma clínica do fato social; não se trata mais de método, aqui chegou o analista sabedor; não se trata mais de explicar a experiência, aqui chegou a psicanálise como ideologia.Esta quádrupla calamidade, entretanto, tem seu reverso de revelação ou de confirmação (pois já Freud sabia e sustentava isso): não há ética psicanalítica.Um caso nos ensina isso hoje, sem duvida mais exemplarmente que todos os que - numerosos - se encontram de forma semelhante (des)orientados por esta ética que não existe. Propomo-nos estudá-lo, a partir do testemunho parcializado e parcial que nos dá a obra de H. Besserman Vianna, Politique de la psychanalyse face à la disctature et à la torture. N´ em parlez à personne [Não conte a ninguém]. E do inenarrável happening a que este livro dá lugar, em Paris, Hospital Sainte-Anne, no domingo 9 de fevereiro de 1997.Ele também remete à existência ou à recusa daquilo que, há mais de vinte anos, tenta forçar seu caminho sob o nome, ainda mantido quase que absolutamente velado, de psicanálise derridiana.(m3/16set2015).

A Etificação da Psicanálise - Calamidade

A Etificação da Psicanálise - Calamidade

Ano:   Editora: Companhia de Freud

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Padula Livros Padula Livros RS - Porto Alegre
96% Positivas
174 qualificações
R$ 35,00 + frete R$ 10,61

Total: R$ 45,61

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura. Livro em bom estado. Não apresenta rasuras, grifos, sublinhados ou carimbos. Miolo e corte levemente amarelecidos. LJ

ETIFICACAO DA PSICANALISE, A Capa ilustrativa

ETIFICACAO DA PSICANALISE, A

Ano:   Editora: Companhia de Freud

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Peruíbe Livraria Peruíbe SP - São Paulo
94% Positivas
81 qualificações
R$ 38,00 + frete R$ 14,87

Total: R$ 52,87

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Assim como a informatização atualmente, a eletrificação há alguns decênios, e mais precocemente ainda a industrialização, como ondas a que ninguém escapa por pouco que se esteja em seu caminho, a psicanálise sofre hoje, como chicotadas, uma rebentação: a etificação.Afirmaremos que assim etificada a psicanálise simplesmente não tem lugar.Que ela esta, portanto, em vias de... morrer de ética.Sem sabê-lo.Calamidade. Não de trata mais de supereu, aqui chegou a ética; não se trata mais do caso clínico, aqui chegou uma clínica do fato social; não se trata mais de método, aqui chegou o analista sabedor; não se trata mais de explicar a experiência, aqui chegou a psicanálise como ideologia.Esta quádrupla calamidade, entretanto, tem seu reverso de revelação ou de confirmação (pois já Freud sabia e sustentava isso): não há ética psicanalítica.Um caso nos ensina isso hoje, sem duvida mais exemplarmente que todos os que - numerosos - se encontram de forma semelhante (des)orientados por esta ética que não existe. Propomo-nos estudá-lo, a partir do testemunho parcializado e parcial que nos dá a obra de H. Besserman Vianna, Politique de la psychanalyse face à la disctature et à la torture. N´ em parlez à personne [Não conte a ninguém]. E do inenarrável happening a que este livro dá lugar, em Paris, Hospital Sainte-Anne, no domingo 9 de fevereiro de 1997.Ele também remete à existência ou à recusa daquilo que, há mais de vinte anos, tenta forçar seu caminho sob o nome, ainda mantido quase que absolutamente velado, de psicanálise derridiana.

Etificação da psicanalise

Etificação da psicanalise

Ano:   Editora: Cia de Freud

Tipo: novo

Idioma: Não especificado

Sociedade dos Livros Sociedade dos Livros SP - São Paulo
94% Positivas
192 qualificações
R$ 40,00 + frete R$ 14,40

Total: R$ 54,40

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, em excelente estado de conservação. Brochura fabio

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro