A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
O Complexo Arte Arquitetura Capa ilustrativa

O Complexo Arte-arquitetura

Hal Foster

Arquitetura e arte nunca estiveram tão próximas como no fim do século passado e no início deste XXI, e essa condição de “complexo” é, para Hal Foster, um aspecto definidor da cultura atual. O crítico identifica um “estilo global” na arquitetura – análogo ao Estilo Internacional dos modernistas – e a consequente transformação das noções de transparência e experiência, que coloca em jogo também as forças políticas e econômicas que delas se beneficiam. Sua escrita límpida e incisiva perpassa os desdobramentos sutis do pós-modernismo, a maneira como o minimalismo passou de movimento artístico a estilo arquitetônico, o caráter escultórico e espetacular dos edifícios e, também, a perda de autonomia do sujeito ao se deparar com obras de arte que trabalham com a ilusão do espaço. Clássico imediato de nossos dias, este livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas. Fechar Ler mais

Arquitetura e arte nunca estiveram tão próximas como no fim do século passado e no início deste XXI, e essa condição de “c omplexo” é, para Hal Foster, um aspecto definidor da cultura atual. O crítico identifica um “estilo global” na arquitetura – análogo ao Estilo Internacional dos modernistas – e a consequente transformação das noções de transparência e experiência, que coloca em jogo também as forças políticas e econômicas que delas se beneficiam. Sua escrita límpida e incisiva perpassa os desdobramentos sutis do pós-modernismo, a maneira como o minimalismo passou de movimento artístico a estilo arquitetônico, o caráter escultórico e espetacular dos edifícios e, também, a perda de autonomia do sujeito ao se deparar com obras de arte que trabalham com a ilusão do espaço. Clássico imediato de nossos dias, este livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

O Complexo Arte-Arquitetura

74 livros novos em 20 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
O Complexo Arte-Arquitetura

O Complexo Arte-Arquitetura

Ano:   Editora: Ubu Editora

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
99% Positivas
903 qualificações
R$ 33,65 + frete R$ 11,53

Total: R$ 45,18

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais – como um “complexo industrial-militar” –, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um “estilo global”, análogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a obra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, “foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidade sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo.” Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

O Complexo Arte-Arquitetura

O Complexo Arte-Arquitetura

Ano:   Editora: Ubu Editora

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
99% Positivas
903 qualificações
R$ 33,65 + frete R$ 11,53

Total: R$ 45,18

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais – como um “complexo industrial-militar” –, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um “estilo global”, análogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a obra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, “foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidade sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo.” Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

O Complexo Arte-Arquitetura

O Complexo Arte-Arquitetura

Ano:   Editora: Ubu Editora

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
99% Positivas
903 qualificações
R$ 33,65 + frete R$ 11,53

Total: R$ 45,18

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais – como um “complexo industrial-militar” –, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um “estilo global”, análogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a obra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, “foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidade sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo.” Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

O Complexo Arte-Arquitetura

O Complexo Arte-Arquitetura

Ano:   Editora: Ubu Editora

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
99% Positivas
903 qualificações
R$ 33,65 + frete R$ 11,53

Total: R$ 45,18

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais – como um “complexo industrial-militar” –, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um “estilo global”, análogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a obra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, “foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidade sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo.” Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

O Complexo Arte-Arquitetura

O Complexo Arte-Arquitetura

Ano:   Editora: Ubu Editora

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
99% Positivas
903 qualificações
R$ 33,65 + frete R$ 11,53

Total: R$ 45,18

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais – como um “complexo industrial-militar” –, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um “estilo global”, análogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a obra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, “foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidade sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo.” Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

Complexo Arte-arquitetura, O

Complexo Arte-arquitetura, O

Ano:   Editora: Ubu Editora

Tipo: novo

Idioma: Português

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
99% Positivas
868 qualificações
R$ 38,40 + frete R$ 9,63

Total: R$ 48,03

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais – como um “complexo industrial-militar” –, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um “estilo global”, análogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a obra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, “foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidade sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo.” Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

Complexo Arte-arquitetura, O

Complexo Arte-arquitetura, O

Ano:   Editora: Ubu Editora

Tipo: novo

Idioma: Português

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
99% Positivas
868 qualificações
R$ 38,40 + frete R$ 9,63

Total: R$ 48,03

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais – como um “complexo industrial-militar” –, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um “estilo global”, análogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a obra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, “foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidade sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo.” Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

Complexo Arte-arquitetura, O

Complexo Arte-arquitetura, O

Ano:   Editora: Ubu Editora

Tipo: novo

Idioma: Português

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
99% Positivas
868 qualificações
R$ 38,40 + frete R$ 9,63

Total: R$ 48,03

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais – como um “complexo industrial-militar” –, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um “estilo global”, análogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a obra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, “foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidade sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo.” Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

Complexo Arte-arquitetura, O

Complexo Arte-arquitetura, O

Ano:   Editora: Ubu Editora

Tipo: novo

Idioma: Português

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
99% Positivas
868 qualificações
R$ 38,40 + frete R$ 9,63

Total: R$ 48,03

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais – como um “complexo industrial-militar” –, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um “estilo global”, análogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a obra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, “foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidade sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo.” Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

O Complexo Arte-Arquitetura

O Complexo Arte-Arquitetura

Ano:   Editora: Ubu

Tipo: novo

Idioma: Português

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
93% Positivas
1018 qualificações
R$ 47,90 + frete R$ 9,63

Total: R$ 57,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a cond ição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais – como um complexo industrial-militar –, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatore s sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global , análogo ao Estilo Internacional da arquitetur a moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, e mbora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a o bra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidad e sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo. Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

O Complexo Arte-Arquitetura Capa ilustrativa

O Complexo Arte-Arquitetura

Ano:   Editora: Ubu

Tipo: novo

Idioma: Português

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
93% Positivas
1018 qualificações
R$ 47,90 + frete R$ 9,63

Total: R$ 57,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a cond ição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais – como um complexo industrial-militar –, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatore s sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global , análogo ao Estilo Internacional da arquitetur a moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, e mbora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a o bra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidad e sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo. Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

O Complexo Arte-Arquitetura Capa ilustrativa

O Complexo Arte-Arquitetura

Ano:   Editora: Ubu

Tipo: novo

Idioma: Português

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
93% Positivas
1018 qualificações
R$ 47,90 + frete R$ 9,63

Total: R$ 57,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a cond ição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais – como um complexo industrial-militar –, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatore s sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global , análogo ao Estilo Internacional da arquitetur a moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, e mbora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a o bra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidad e sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo. Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

O Complexo Arte-Arquitetura Capa ilustrativa

O Complexo Arte-Arquitetura

Ano:   Editora: Ubu

Tipo: novo

Idioma: Português

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
93% Positivas
1018 qualificações
R$ 47,90 + frete R$ 9,63

Total: R$ 57,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a cond ição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais – como um complexo industrial-militar –, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatore s sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global , análogo ao Estilo Internacional da arquitetur a moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, e mbora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a o bra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidad e sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo. Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

O Complexo Arte-Arquitetura Capa ilustrativa

O Complexo Arte-Arquitetura

Ano:   Editora: Ubu

Tipo: novo

Idioma: Português

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
93% Positivas
1018 qualificações
R$ 47,90 + frete R$ 9,63

Total: R$ 57,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a cond ição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais – como um complexo industrial-militar –, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatore s sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global , análogo ao Estilo Internacional da arquitetur a moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, e mbora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a o bra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidad e sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo. Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

O complexo arte-arquitetura Capa ilustrativa

O complexo arte-arquitetura

Ano:   Editora: Ubu

Tipo: novo

Idioma: Não Informado

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
99% Positivas
2129 qualificações
R$ 48,00 + frete R$ 10,53

Total: R$ 58,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Dimensão 23 x 15, 288 pág. Sinopse: Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais - como um complexo industrial-militar -, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global, análogo ao Estilo Internacional da arquitetur

O complexo arte-arquitetura Capa ilustrativa

O complexo arte-arquitetura

Ano:   Editora: Ubu

Tipo: novo

Idioma: Não Informado

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
99% Positivas
2129 qualificações
R$ 48,00 + frete R$ 10,53

Total: R$ 58,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Dimensão 23 x 15, 288 pág. Sinopse: Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais - como um complexo industrial-militar -, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global, análogo ao Estilo Internacional da arquitetur

O complexo arte-arquitetura Capa ilustrativa

O complexo arte-arquitetura

Ano:   Editora: Ubu

Tipo: novo

Idioma: Não Informado

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
99% Positivas
2129 qualificações
R$ 48,00 + frete R$ 10,53

Total: R$ 58,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Dimensão 23 x 15, 288 pág. Sinopse: Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais - como um complexo industrial-militar -, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global, análogo ao Estilo Internacional da arquitetur

O complexo arte-arquitetura Capa ilustrativa

O complexo arte-arquitetura

Ano:   Editora: Ubu

Tipo: novo

Idioma: Não Informado

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
99% Positivas
2129 qualificações
R$ 48,00 + frete R$ 10,53

Total: R$ 58,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Dimensão 23 x 15, 288 pág. Sinopse: Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais - como um complexo industrial-militar -, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global, análogo ao Estilo Internacional da arquitetur

O complexo arte-arquitetura Capa ilustrativa

O complexo arte-arquitetura

Ano:   Editora: Ubu

Tipo: novo

Idioma: Não Informado

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
99% Positivas
2129 qualificações
R$ 48,00 + frete R$ 10,53

Total: R$ 58,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Dimensão 23 x 15, 288 pág. Sinopse: Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais - como um complexo industrial-militar -, é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global, análogo ao Estilo Internacional da arquitetur

Complexo Arte-Arquitetura, O Capa ilustrativa

Complexo Arte-Arquitetura, O

Ano:   Editora: Ubu Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

Kangoroo Web Kangoroo Web SP - São Paulo
97% Positivas
89 qualificações
R$ 49,54 + frete R$ 9,63

Total: R$ 59,17

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, nunca manuseado, direto da editora!!!!

Complexo Arte-Arquitetura, O

Complexo Arte-Arquitetura, O

Ano:   Editora: Ubu Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
94% Positivas
674 qualificações
R$ 49,92 + frete R$ 9,63

Total: R$ 59,55

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais como um complexo industrial-militar , é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global , análogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a obra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidade sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo. Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

Complexo Arte-Arquitetura, O

Complexo Arte-Arquitetura, O

Ano:   Editora: Ubu Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
94% Positivas
674 qualificações
R$ 49,92 + frete R$ 9,63

Total: R$ 59,55

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais como um complexo industrial-militar , é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global , análogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a obra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidade sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo. Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

Complexo Arte-Arquitetura, O

Complexo Arte-Arquitetura, O

Ano:   Editora: Ubu Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
94% Positivas
674 qualificações
R$ 49,92 + frete R$ 9,63

Total: R$ 59,55

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais como um complexo industrial-militar , é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global , análogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a obra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidade sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo. Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

Complexo Arte-Arquitetura, O

Complexo Arte-Arquitetura, O

Ano:   Editora: Ubu Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
94% Positivas
674 qualificações
R$ 49,92 + frete R$ 9,63

Total: R$ 59,55

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais como um complexo industrial-militar , é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global , análogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a obra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidade sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo. Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

Complexo Arte-Arquitetura, O

Complexo Arte-Arquitetura, O

Ano:   Editora: Ubu Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
94% Positivas
674 qualificações
R$ 49,92 + frete R$ 9,63

Total: R$ 59,55

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tão próximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessão em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Já a condição de complexo, cujas significações abrangem desde o léxico psicanalítico até a designação de grandes aparatos sociais como um complexo industrial-militar , é, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e econômicos do mundo contemporâneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, são os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global , análogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritórios contemporâneos, a arte passou a ser a inspiração primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposição, a passagem da arte para a arquitetura é vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transição da ideia de objeto para a ideia de espaço, como atesta a obra de Richard Serra. Clássico imediato de nossos dias, o livro é referência incontornável para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporâneas e, nas palavras do próprio autor, foi escrito em apoio a práticas que insistem na particularidade sensível da experiência no aqui e agora e que resistem à subjetividade atordoada e à sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetáculo. Além dos textos de Foster, a edição traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

COMPLEXO ARTE-ARQUITETURA, O

COMPLEXO ARTE-ARQUITETURA, O

Ano:   Editora: Ubu

Tipo: novo

Idioma: Português

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
97% Positivas
1426 qualificações
R$ 51,20 + frete R$ 10,53

Total: R$ 61,73

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tao proximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessao em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Ja a condicao de complexo, cujas significacoes abrangem desde o lexico psicanalitico ate a designacao de grandes aparatos sociais como um complexo industrial-militar , e, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e economicos do mundo contemporaneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, sao os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global , analogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritorios contemporaneos, a arte passou a ser a inspiracao primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposicao, a passagem da arte para a arquitetura e vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transicao da ideia de objeto para a ideia de espaco, como atesta a obra de Richard Serra. Classico imediato de nossos dias, o livro e referencia incontornavel para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporaneas e, nas palavras do proprio autor, foi escrito em apoio a praticas que insistem na particularidade sensivel da experiencia no aqui e agora e que resistem a subjetividade atordoada e a sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetaculo. Alem dos textos de Foster, a edicao traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

COMPLEXO ARTE-ARQUITETURA, O

COMPLEXO ARTE-ARQUITETURA, O

Ano:   Editora: Ubu

Tipo: novo

Idioma: Português

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
97% Positivas
1426 qualificações
R$ 51,20 + frete R$ 10,53

Total: R$ 61,73

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tao proximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessao em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Ja a condicao de complexo, cujas significacoes abrangem desde o lexico psicanalitico ate a designacao de grandes aparatos sociais como um complexo industrial-militar , e, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e economicos do mundo contemporaneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, sao os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global , analogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritorios contemporaneos, a arte passou a ser a inspiracao primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposicao, a passagem da arte para a arquitetura e vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transicao da ideia de objeto para a ideia de espaco, como atesta a obra de Richard Serra. Classico imediato de nossos dias, o livro e referencia incontornavel para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporaneas e, nas palavras do proprio autor, foi escrito em apoio a praticas que insistem na particularidade sensivel da experiencia no aqui e agora e que resistem a subjetividade atordoada e a sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetaculo. Alem dos textos de Foster, a edicao traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

COMPLEXO ARTE-ARQUITETURA, O

COMPLEXO ARTE-ARQUITETURA, O

Ano:   Editora: Ubu

Tipo: novo

Idioma: Português

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
97% Positivas
1426 qualificações
R$ 51,20 + frete R$ 10,53

Total: R$ 61,73

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tao proximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessao em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Ja a condicao de complexo, cujas significacoes abrangem desde o lexico psicanalitico ate a designacao de grandes aparatos sociais como um complexo industrial-militar , e, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e economicos do mundo contemporaneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, sao os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global , analogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritorios contemporaneos, a arte passou a ser a inspiracao primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposicao, a passagem da arte para a arquitetura e vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transicao da ideia de objeto para a ideia de espaco, como atesta a obra de Richard Serra. Classico imediato de nossos dias, o livro e referencia incontornavel para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporaneas e, nas palavras do proprio autor, foi escrito em apoio a praticas que insistem na particularidade sensivel da experiencia no aqui e agora e que resistem a subjetividade atordoada e a sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetaculo. Alem dos textos de Foster, a edicao traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

COMPLEXO ARTE-ARQUITETURA, O

COMPLEXO ARTE-ARQUITETURA, O

Ano:   Editora: Ubu

Tipo: novo

Idioma: Português

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
97% Positivas
1426 qualificações
R$ 51,20 + frete R$ 10,53

Total: R$ 61,73

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tao proximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessao em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Ja a condicao de complexo, cujas significacoes abrangem desde o lexico psicanalitico ate a designacao de grandes aparatos sociais como um complexo industrial-militar , e, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e economicos do mundo contemporaneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, sao os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global , analogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritorios contemporaneos, a arte passou a ser a inspiracao primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposicao, a passagem da arte para a arquitetura e vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transicao da ideia de objeto para a ideia de espaco, como atesta a obra de Richard Serra. Classico imediato de nossos dias, o livro e referencia incontornavel para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporaneas e, nas palavras do proprio autor, foi escrito em apoio a praticas que insistem na particularidade sensivel da experiencia no aqui e agora e que resistem a subjetividade atordoada e a sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetaculo. Alem dos textos de Foster, a edicao traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

COMPLEXO ARTE-ARQUITETURA, O

COMPLEXO ARTE-ARQUITETURA, O

Ano:   Editora: Ubu

Tipo: novo

Idioma: Português

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
97% Positivas
1426 qualificações
R$ 51,20 + frete R$ 10,53

Total: R$ 61,73

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arte e arquitetura nunca estiveram tao proximas como atualmente. Mas seria a mescla positiva? Em seu livro, Hal Foster critica o mau uso da arte na arquitetura e a obsessao em juntar as duas em projetos arrojados, mas esvaziados de sentido. Ja a condicao de complexo, cujas significacoes abrangem desde o lexico psicanalitico ate a designacao de grandes aparatos sociais como um complexo industrial-militar , e, segundo o autor, um aspecto definidor da cultura atual e permite compreender fatores sociais e economicos do mundo contemporaneo. Grandes nomes da arquitetura atual, como Norman Foster e Renzo Piano, sao os protagonistas da obra. A partir deles, Hal Foster identifica um estilo global , analogo ao Estilo Internacional da arquitetura moderna praticada por Le Corbusier, Mies van der Rohe e Walter Gropius. Se anteriormente os arquitetos se voltavam para a teoria, para Zaha Hadid, Herzog & de Meuron, e outros escritorios contemporaneos, a arte passou a ser a inspiracao primeira, embora seja utilizada apenas em termos de imagem em seus projetos. Em contraposicao, a passagem da arte para a arquitetura e vista pelo autor de maneira mais positiva, sobretudo pela transicao da ideia de objeto para a ideia de espaco, como atesta a obra de Richard Serra. Classico imediato de nossos dias, o livro e referencia incontornavel para o pensamento sobre a arte e a arquitetura contemporaneas e, nas palavras do proprio autor, foi escrito em apoio a praticas que insistem na particularidade sensivel da experiencia no aqui e agora e que resistem a subjetividade atordoada e a sociabilidade atrofiada sustentadas pelo espetaculo. Alem dos textos de Foster, a edicao traz entrevista realizada pelo autor com o artista Richard Serra.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro