A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Para uma Ontologia do Ser Social I Capa ilustrativa

Para uma Ontologia do Ser Social I

Gyorgy Lukács

György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX. Herdeiro da rigorosa concepção de totalidade que toma de Hegel e de Marx, aceita o desafio que Engels e Lenin lançam aos marxistas e formula a mais complexa sistematização filosófica do seu tempo. Esse longo projeto, que passa pela mediação estética, e desemboca na exigência de elaboração de uma ética, tem na ontologia do ser social sua forma derradeira. A tomada de posição ontológica marxiana vai acontecer nos anos 1930, quando Lukács apreende do jovem Marx as ricas possibilidades abertas pela definição de essência genérica do ser que não se pode restringir à forma fenomênica de classe. Ao longo de toda a década de 1960, Lukács trabalha arduamente nos manuscritos de Para uma ontologia do ser social, obra que vai significar o salto da ontologia intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens. Esta era a peça que, depois da edição dos Prolegômenos, nos faltava da incompleta, mas seminal sistematização filosófica lukácsiana. Fechar Ler mais

György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX. Herdeiro da rigorosa concepção de totalidad e que toma de Hegel e de Marx, aceita o desafio que Engels e Lenin lançam aos marxistas e formula a mais complexa sistematização filosófica do seu tempo. Esse longo projeto, que passa pela mediação estética, e desemboca na exigência de elaboração de uma ética, tem na ontologia do ser social sua forma derradeira. A tomada de posição ontológica marxiana vai acontecer nos anos 1930, quando Lukács apreende do jovem Marx as ricas possibilidades abertas pela definição de essência genérica do ser que não se pode restringir à forma fenomênica de classe. Ao longo de toda a década de 1960, Lukács trabalha arduamente nos manuscritos de Para uma ontologia do ser social, obra que vai significar o salto da ontologia intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens. Esta era a peça que, depois da edição dos Prolegômenos, nos faltava da incompleta, mas seminal sistematização filosófica lukácsiana. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

PARA UMA ONTOLOGIA DO SER SOCIAL I

86 livros novos e 8 livros usados em 28 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
PARA UMA ONTOLOGIA DO SER SOCIAL I

PARA UMA ONTOLOGIA DO SER SOCIAL I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Wesley Cruz Wesley Cruz MG - Belo Horizonte
100% Positivas
257 qualificações
R$ 55,29 + frete R$ 13,03

Total: R$ 68,32

Comprar ler descrição ocultar

Descrição NOVOS

PARA UMA ONTOLOGIA DO SER SOCIAL I

PARA UMA ONTOLOGIA DO SER SOCIAL I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Wesley Cruz Wesley Cruz MG - Belo Horizonte
100% Positivas
257 qualificações
R$ 55,29 + frete R$ 13,03

Total: R$ 68,32

Comprar ler descrição ocultar

Descrição NOVOS

Para uma Ontologia do Ser Social - Vol. 1

Para uma Ontologia do Ser Social - Vol. 1

Ano:   Editora: Boitempo Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
99% Positivas
293 qualificações
R$ 59,10 + frete R$ 12,19

Total: R$ 71,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX. Herdeiro da rigorosa concepção de totalidade que toma de Hegel e de Marx, aceita o desafio que Engels e Lenin lançam aos marxistas e formula a mais complexa sistematização filosófica do seu tempo. Esse longo projeto, que passa pela mediação estética, e desemboca na exigência de elaboração de uma ética, tem na ontologia do ser social sua forma derradeira. A tomada de posição ontológica marxiana vai acontecer nos anos 1930, quando Lukács apreende do jovem Marx as ricas possibilidades abertas pela definição de essência genérica do ser que não se pode restringir à forma fenomênica de classe. Ao longo de toda a década de 1960, Lukács trabalha arduamente nos manuscritos de Para uma ontologia do ser social, obra que vai significar o salto da ontologia intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens. Esta era a peça que, depois da edição dos Prolegômenos, nos faltava da incompleta, mas seminal sistematização filosófica lukácsiana.

Para uma Ontologia do Ser Social - Vol. 1

Para uma Ontologia do Ser Social - Vol. 1

Ano:   Editora: Boitempo Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
99% Positivas
293 qualificações
R$ 59,10 + frete R$ 12,19

Total: R$ 71,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX. Herdeiro da rigorosa concepção de totalidade que toma de Hegel e de Marx, aceita o desafio que Engels e Lenin lançam aos marxistas e formula a mais complexa sistematização filosófica do seu tempo. Esse longo projeto, que passa pela mediação estética, e desemboca na exigência de elaboração de uma ética, tem na ontologia do ser social sua forma derradeira. A tomada de posição ontológica marxiana vai acontecer nos anos 1930, quando Lukács apreende do jovem Marx as ricas possibilidades abertas pela definição de essência genérica do ser que não se pode restringir à forma fenomênica de classe. Ao longo de toda a década de 1960, Lukács trabalha arduamente nos manuscritos de Para uma ontologia do ser social, obra que vai significar o salto da ontologia intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens. Esta era a peça que, depois da edição dos Prolegômenos, nos faltava da incompleta, mas seminal sistematização filosófica lukácsiana.

Para uma Ontologia do Ser Social - Vol. 1

Para uma Ontologia do Ser Social - Vol. 1

Ano:   Editora: Boitempo Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
99% Positivas
293 qualificações
R$ 59,10 + frete R$ 12,19

Total: R$ 71,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX. Herdeiro da rigorosa concepção de totalidade que toma de Hegel e de Marx, aceita o desafio que Engels e Lenin lançam aos marxistas e formula a mais complexa sistematização filosófica do seu tempo. Esse longo projeto, que passa pela mediação estética, e desemboca na exigência de elaboração de uma ética, tem na ontologia do ser social sua forma derradeira. A tomada de posição ontológica marxiana vai acontecer nos anos 1930, quando Lukács apreende do jovem Marx as ricas possibilidades abertas pela definição de essência genérica do ser que não se pode restringir à forma fenomênica de classe. Ao longo de toda a década de 1960, Lukács trabalha arduamente nos manuscritos de Para uma ontologia do ser social, obra que vai significar o salto da ontologia intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens. Esta era a peça que, depois da edição dos Prolegômenos, nos faltava da incompleta, mas seminal sistematização filosófica lukácsiana.

Para uma Ontologia do Ser Social - Vol. 1

Para uma Ontologia do Ser Social - Vol. 1

Ano:   Editora: Boitempo Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
99% Positivas
293 qualificações
R$ 59,10 + frete R$ 12,19

Total: R$ 71,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX. Herdeiro da rigorosa concepção de totalidade que toma de Hegel e de Marx, aceita o desafio que Engels e Lenin lançam aos marxistas e formula a mais complexa sistematização filosófica do seu tempo. Esse longo projeto, que passa pela mediação estética, e desemboca na exigência de elaboração de uma ética, tem na ontologia do ser social sua forma derradeira. A tomada de posição ontológica marxiana vai acontecer nos anos 1930, quando Lukács apreende do jovem Marx as ricas possibilidades abertas pela definição de essência genérica do ser que não se pode restringir à forma fenomênica de classe. Ao longo de toda a década de 1960, Lukács trabalha arduamente nos manuscritos de Para uma ontologia do ser social, obra que vai significar o salto da ontologia intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens. Esta era a peça que, depois da edição dos Prolegômenos, nos faltava da incompleta, mas seminal sistematização filosófica lukácsiana.

Para uma Ontologia do Ser Social - Vol. 1

Para uma Ontologia do Ser Social - Vol. 1

Ano:   Editora: Boitempo Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
99% Positivas
293 qualificações
R$ 59,10 + frete R$ 12,19

Total: R$ 71,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX. Herdeiro da rigorosa concepção de totalidade que toma de Hegel e de Marx, aceita o desafio que Engels e Lenin lançam aos marxistas e formula a mais complexa sistematização filosófica do seu tempo. Esse longo projeto, que passa pela mediação estética, e desemboca na exigência de elaboração de uma ética, tem na ontologia do ser social sua forma derradeira. A tomada de posição ontológica marxiana vai acontecer nos anos 1930, quando Lukács apreende do jovem Marx as ricas possibilidades abertas pela definição de essência genérica do ser que não se pode restringir à forma fenomênica de classe. Ao longo de toda a década de 1960, Lukács trabalha arduamente nos manuscritos de Para uma ontologia do ser social, obra que vai significar o salto da ontologia intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens. Esta era a peça que, depois da edição dos Prolegômenos, nos faltava da incompleta, mas seminal sistematização filosófica lukácsiana.

Para uma ontologia do ser social I

Para uma ontologia do ser social I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Não Informado

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
99% Positivas
1441 qualificações
R$ 59,25 + frete R$ 13,03

Total: R$ 72,28

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 16,0 x 23,0 cm, 440 págs. Sinopse: György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX e Para uma ontologia do ser social é a mais complexa sistematização filosófica de seu tempo. Considerada uma das mais importantes obras do filósofo húngaro, concebida no curso dos anos 1960, a Ontologia (como se tornou conhecida) significa o salto daquela intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens. O primeiro volume de um dos centrais projetos editoriais da Boitempo, acalentado por mais de uma década, finalmente chega às livrarias brasileiras com primorosa apresentação de José Paulo Netto e tradução direta do alemão por Mario Duayer e Nélio Schneider, acrescida

Para uma ontologia do ser social I

Para uma ontologia do ser social I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Não Informado

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
99% Positivas
1441 qualificações
R$ 59,25 + frete R$ 13,03

Total: R$ 72,28

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 16,0 x 23,0 cm, 440 págs. Sinopse: György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX e Para uma ontologia do ser social é a mais complexa sistematização filosófica de seu tempo. Considerada uma das mais importantes obras do filósofo húngaro, concebida no curso dos anos 1960, a Ontologia (como se tornou conhecida) significa o salto daquela intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens. O primeiro volume de um dos centrais projetos editoriais da Boitempo, acalentado por mais de uma década, finalmente chega às livrarias brasileiras com primorosa apresentação de José Paulo Netto e tradução direta do alemão por Mario Duayer e Nélio Schneider, acrescida

Para uma ontologia do ser social I

Para uma ontologia do ser social I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
99% Positivas
1441 qualificações
R$ 59,25 + frete R$ 13,03

Total: R$ 72,28

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 16,0 x 23,0 cm, 440 págs. Sinopse: György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX e Para uma ontologia do ser social é a mais complexa sistematização filosófica de seu tempo. Considerada uma das mais importantes obras do filósofo húngaro, concebida no curso dos anos 1960, a Ontologia (como se tornou conhecida) significa o salto daquela intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens. O primeiro volume de um dos centrais projetos editoriais da Boitempo, acalentado por mais de uma década, finalmente chega às livrarias brasileiras com primorosa apresentação de José Paulo Netto e tradução direta do alemão por Mario Duayer e Nélio Schneider, acrescida

Para uma ontologia do ser social I

Para uma ontologia do ser social I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

A Livraria A Livraria SP - São Paulo
99% Positivas
1441 qualificações
R$ 59,25 + frete R$ 13,03

Total: R$ 72,28

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 16,0 x 23,0 cm, 440 págs. Sinopse: György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX e Para uma ontologia do ser social é a mais complexa sistematização filosófica de seu tempo. Considerada uma das mais importantes obras do filósofo húngaro, concebida no curso dos anos 1960, a Ontologia (como se tornou conhecida) significa o salto daquela intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens. O primeiro volume de um dos centrais projetos editoriais da Boitempo, acalentado por mais de uma década, finalmente chega às livrarias brasileiras com primorosa apresentação de José Paulo Netto e tradução direta do alemão por Mario Duayer e Nélio Schneider, acrescida

Para uma Ontologia do Ser Social I

Para uma Ontologia do Ser Social I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Andorra Livros Andorra Livros SP - São Paulo
100% Positivas
14 qualificações
R$ 64,00 + frete R$ 12,61

Total: R$ 76,61

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO - György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX e Para uma ontologia do ser social é a mais complexa sistematização filosófica de seu tempo. Considerada uma das mais importantes obras do filósofo húngaro, concebida no curso dos anos 1960, a Ontologia (como se tornou conhecida) significa o salto daquela intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens.O primeiro volume de um dos centrais projetos editoriais da Boitempo, acalentado por mais de uma década, finalmente chega às livrarias brasileiras com primorosa apresentação de José Paulo Netto e tradução direta do alemão por Mario Duayer e Nélio Schneider. 2610

Para uma Ontologia do Ser Social I

Para uma Ontologia do Ser Social I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Andorra Livros Andorra Livros SP - São Paulo
100% Positivas
14 qualificações
R$ 64,00 + frete R$ 12,61

Total: R$ 76,61

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO - György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX e Para uma ontologia do ser social é a mais complexa sistematização filosófica de seu tempo. Considerada uma das mais importantes obras do filósofo húngaro, concebida no curso dos anos 1960, a Ontologia (como se tornou conhecida) significa o salto daquela intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens.O primeiro volume de um dos centrais projetos editoriais da Boitempo, acalentado por mais de uma década, finalmente chega às livrarias brasileiras com primorosa apresentação de José Paulo Netto e tradução direta do alemão por Mario Duayer e Nélio Schneider. 2842

Para uma Ontologia do Ser Social I

Para uma Ontologia do Ser Social I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Andorra Livros Andorra Livros SP - São Paulo
100% Positivas
14 qualificações
R$ 64,00 + frete R$ 12,61

Total: R$ 76,61

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO - György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX e Para uma ontologia do ser social é a mais complexa sistematização filosófica de seu tempo. Considerada uma das mais importantes obras do filósofo húngaro, concebida no curso dos anos 1960, a Ontologia (como se tornou conhecida) significa o salto daquela intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens.O primeiro volume de um dos centrais projetos editoriais da Boitempo, acalentado por mais de uma década, finalmente chega às livrarias brasileiras com primorosa apresentação de José Paulo Netto e tradução direta do alemão por Mario Duayer e Nélio Schneider.3118

Para uma Ontologia do Ser Social I

Para uma Ontologia do Ser Social I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Andorra Livros Andorra Livros SP - São Paulo
100% Positivas
14 qualificações
R$ 64,00 + frete R$ 12,61

Total: R$ 76,61

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO - György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX e Para uma ontologia do ser social é a mais complexa sistematização filosófica de seu tempo. Considerada uma das mais importantes obras do filósofo húngaro, concebida no curso dos anos 1960, a Ontologia (como se tornou conhecida) significa o salto daquela intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens.O primeiro volume de um dos centrais projetos editoriais da Boitempo, acalentado por mais de uma década, finalmente chega às livrarias brasileiras com primorosa apresentação de José Paulo Netto e tradução direta do alemão por Mario Duayer e Nélio Schneider.3119

Para uma Ontologia do Ser Social I

Para uma Ontologia do Ser Social I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Andorra Livros Andorra Livros SP - São Paulo
100% Positivas
14 qualificações
R$ 64,00 + frete R$ 12,61

Total: R$ 76,61

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO - György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX e Para uma ontologia do ser social é a mais complexa sistematização filosófica de seu tempo. Considerada uma das mais importantes obras do filósofo húngaro, concebida no curso dos anos 1960, a Ontologia (como se tornou conhecida) significa o salto daquela intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens.O primeiro volume de um dos centrais projetos editoriais da Boitempo, acalentado por mais de uma década, finalmente chega às livrarias brasileiras com primorosa apresentação de José Paulo Netto e tradução direta do alemão por Mario Duayer e Nélio Schneider.3120

Para uma Ontologia do Ser Social I

Para uma Ontologia do Ser Social I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Andorra Livros Andorra Livros SP - São Paulo
100% Positivas
14 qualificações
R$ 64,00 + frete R$ 12,61

Total: R$ 76,61

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO - György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX e Para uma ontologia do ser social é a mais complexa sistematização filosófica de seu tempo. Considerada uma das mais importantes obras do filósofo húngaro, concebida no curso dos anos 1960, a Ontologia (como se tornou conhecida) significa o salto daquela intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens.O primeiro volume de um dos centrais projetos editoriais da Boitempo, acalentado por mais de uma década, finalmente chega às livrarias brasileiras com primorosa apresentação de José Paulo Netto e tradução direta do alemão por Mario Duayer e Nélio Schneider.3121

Para uma Ontologia do Ser Social I

Para uma Ontologia do Ser Social I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Andorra Livros Andorra Livros SP - São Paulo
100% Positivas
14 qualificações
R$ 64,00 + frete R$ 12,61

Total: R$ 76,61

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO - György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX e Para uma ontologia do ser social é a mais complexa sistematização filosófica de seu tempo. Considerada uma das mais importantes obras do filósofo húngaro, concebida no curso dos anos 1960, a Ontologia (como se tornou conhecida) significa o salto daquela intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens.O primeiro volume de um dos centrais projetos editoriais da Boitempo, acalentado por mais de uma década, finalmente chega às livrarias brasileiras com primorosa apresentação de José Paulo Netto e tradução direta do alemão por Mario Duayer e Nélio Schneider.3122

Para uma Ontologia do Ser Social I

Para uma Ontologia do Ser Social I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Andorra Livros Andorra Livros SP - São Paulo
100% Positivas
14 qualificações
R$ 64,00 + frete R$ 13,03

Total: R$ 77,03

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO - György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX e Para uma ontologia do ser social é a mais complexa sistematização filosófica de seu tempo. Considerada uma das mais importantes obras do filósofo húngaro, concebida no curso dos anos 1960, a Ontologia (como se tornou conhecida) significa o salto daquela intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens.O primeiro volume de um dos centrais projetos editoriais da Boitempo, acalentado por mais de uma década, finalmente chega às livrarias brasileiras com primorosa apresentação de José Paulo Netto e tradução direta do alemão por Mario Duayer e Nélio Schneider. 2444

Para uma Ontologia do Ser Social - Vol. 1

Para uma Ontologia do Ser Social - Vol. 1

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Arkan Livros Arkan Livros SP - Ferraz de Vasconcelos
100% Positivas
27 qualificações
R$ 68,90 + frete R$ 10,45

Total: R$ 79,35

Comprar ler descrição ocultar

Descrição novo/György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX. Herdeiro da rigorosa concepção de totalidade que toma de Hegel e de Marx, aceita o desafio que Engels e Lenin lançam aos marxistas e formula a mais complexa sistematização filosófica do seu tempo. Esse longo projeto, que passa pela mediação estética, e desemboca na exigência de elaboração de uma ética, tem na ontologia do ser social sua forma derradeira. A tomada de posição ontológica marxiana vai acontecer nos anos 1930, quando Lukács apreende do jovem Marx as ricas possibilidades abertas pela definição de essência genérica do ser que não se pode restringir à forma fenomênica de classe. Ao longo de toda a década de 1960, Lukács trabalha arduamente nos manuscritos de Para uma ontologia do ser social, obra q

Para uma Ontologia do Ser Social - Vol. 1

Para uma Ontologia do Ser Social - Vol. 1

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Arkan Livros Arkan Livros SP - Ferraz de Vasconcelos
100% Positivas
27 qualificações
R$ 68,90 + frete R$ 10,45

Total: R$ 79,35

Comprar ler descrição ocultar

Descrição novo/György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX. Herdeiro da rigorosa concepção de totalidade que toma de Hegel e de Marx, aceita o desafio que Engels e Lenin lançam aos marxistas e formula a mais complexa sistematização filosófica do seu tempo. Esse longo projeto, que passa pela mediação estética, e desemboca na exigência de elaboração de uma ética, tem na ontologia do ser social sua forma derradeira. A tomada de posição ontológica marxiana vai acontecer nos anos 1930, quando Lukács apreende do jovem Marx as ricas possibilidades abertas pela definição de essência genérica do ser que não se pode restringir à forma fenomênica de classe. Ao longo de toda a década de 1960, Lukács trabalha arduamente nos manuscritos de Para uma ontologia do ser social, obra q

Para uma Ontologia do Ser Social I

Para uma Ontologia do Ser Social I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

In Books In Books RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
42 qualificações
R$ 67,00 + frete R$ 13,03

Total: R$ 80,03

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo em folha!! Sem uso!! 2ª edição.

Para uma Ontologia do Ser Social I

Para uma Ontologia do Ser Social I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Livros na Web Livros na Web MG - Belo Horizonte
98% Positivas
104 qualificações
R$ 71,10 + frete R$ 12,19

Total: R$ 83,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX e Para uma ontologia do ser social é a mais complexa sistematização filosófica de seu tempo. Considerada uma das mais importantes obras do filósofo húngaro, concebida no curso dos anos 1960, a Ontologia (como se tornou conhecida) significa o salto daquela intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens. O primeiro volume de um dos centrais projetos editoriais da Boitempo, acalentado por mais de uma década, finalmente chega às livrarias brasileiras com primorosa apresentação de José Paulo Netto e tradução direta do alemão por Mario Duayer e Nélio ... - 201624977

PARA UMA ONTOLOGIA DO SER SOCIAL I

PARA UMA ONTOLOGIA DO SER SOCIAL I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Agrega Agrega SP - Cajamar
100% Positivas
39 qualificações
R$ 73,92 + frete R$ 12,19

Total: R$ 86,11

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Gy?rgy Luk?cs ? um dos maiores expoentes do pensamento humanista do s?culo XX e Para uma ontologia do ser social ? a mais complexa sistematiza??o filos?fica de seu tempo. Considerada uma das mais importantes obras do fil?sofo h?ngaro, concebida no curso dos anos 1960, a Ontologia (como se tornou conhecida) significa o salto daquela intu?da ? ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens. O primeiro volume de um dos centrais projetos editoriais da Boitempo, acalentado por mais de uma d?cada, finalmente chega ?s livrarias brasileiras com primorosa apresenta??o de Jos? Paulo Netto e tradu??o direta do alem?o por Mario Duayer e N?lio Schneider, acrescida da tradu??o de Carlos Nelson Coutinho, introdutor de Luk?cs no Brasil e profundo conhecedor de sua obra, baseada na edi??o italiana. O texto contou tamb?m com uma minuciosa revis?o t?cnica de Ronaldo Vielmi Fortes, auxiliado por Ester Vaisman e Elcemir Pa?o Cunha. A tomada de posi??o ontol?gica marxiana tem in?cio nos anos 1930, quando o fil?sofo segue da Hungria para Moscou. No Instituto Marx-Engels-Lenin faz um mergulho definitivo nos Manuscritos econ?mico-filos?ficos do jovem Marx. Mas, se a guinada ontol?gica de Luk?cs acontece ainda na juventude, marcando todos os seus escritos dos quarenta anos seguintes, ? na maturidade, nos anos de 1950, que lhe ocorre a necessidade de desenvolver uma sistematiza??o categorial das reflex?es que vinha fazendo sobre arte e literatura. Retira-se ent?o da vida pol?tica para dedicar-se ? elabora??o dos volumes que comp?em a Est?tica. Sua finaliza??o aponta para o projeto de uma ?tica; antes, por?m, era preciso definir o sujeito capaz de assumir um comportamento verdadeiramente ?tico. V?m da? as motiva?es que impeliram Luk?cs a trabalhar t?o arduamente, ao longo de toda a d?cada de 1960, nos manuscritos de Para uma ontologia do ser social. Segundo o pesquisador romeno Nicolas Tertulian, Luk?cs tinha perfeita consci?ncia do extremo empobrecimento sofrido pelo pensamento marxista durante a ?poca staliniana. ?Desse modo, Para uma ontologia do ser social representa um gigantesco esfor?o para examinar, passo a passo, as categorias fundamentais do pensamento marxiano, a fim de restituir-lhe a densidade e a substancialidade?, afirma na introdu??o dos Proleg?menos. Obra de s?ntese, Para uma ontologia do ser social pretende precisar os pontos do debate que agitaram o pensamento marxista nos ?ltimos dec?nios. A Ontologia permitiu-lhe abordar a fundo esses pontos de dissenso e fornecer esclarecimentos acerca dos problemas essenciais do marxismo e dos fundamentos da pr?pria evolu??o. ?Os materiais que deveriam constituir uma ?introdu??o? ? ?tica adquirem, assim, o estatuto de fundacionais da Ontologia, obra que n?o foi ainda suficientemente analisada. Em rela??o a ela, no entanto, se pode afirmar, com inteira seguran?a, que abre um novo horizonte te?rico-filos?fico para o desenvolvimento do marxismo, e que n?o haver? nenhum renascimento do marxismo se ela for ignorada?, sentencia Jos? Paulo Netto.

Para Uma Ontologia do Ser Social I

Para Uma Ontologia do Ser Social I

Ano:   Editora: Boi Tempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Agrega Agrega SP - Cajamar
100% Positivas
39 qualificações
R$ 73,92 + frete R$ 12,19

Total: R$ 86,11

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Gy?rgy Luk?cs ? um dos maiores expoentes do pensamento humanista do s?culo XX e Para uma ontologia do ser social ? a mais complexa sistematiza??o filos?fica de seu tempo. Considerada uma das mais importantes obras do fil?sofo h?ngaro, concebida no curso dos anos 1960, a Ontologia (como se tornou conhecida) significa o salto daquela intu?da ? ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens. O primeiro volume de um dos centrais projetos editoriais da Boitempo, acalentado por mais de uma d?cada, finalmente chega ?s livrarias brasileiras com primorosa apresenta??o de Jos? Paulo Netto e tradu??o direta do alem?o por Mario Duayer e N?lio Schneider, acrescida da tradu??o de Carlos Nelson Coutinho, introdutor de Luk?cs no Brasil e profundo conhecedor de sua obra, baseada na edi??o italiana. O texto contou tamb?m com uma minuciosa revis?o t?cnica de Ronaldo Vielmi Fortes, auxiliado por Ester Vaisman e Elcemir Pa?o Cunha. A tomada de posi??o ontol?gica marxiana tem in?cio nos anos 1930, quando o fil?sofo segue da Hungria para Moscou. No Instituto Marx-Engels-Lenin faz um mergulho definitivo nos Manuscritos econ?mico-filos?ficos do jovem Marx. Mas, se a guinada ontol?gica de Luk?cs acontece ainda na juventude, marcando todos os seus escritos dos quarenta anos seguintes, ? na maturidade, nos anos de 1950, que lhe ocorre a necessidade de desenvolver uma sistematiza??o categorial das reflex?es que vinha fazendo sobre arte e literatura. Retira-se ent?o da vida pol?tica para dedicar-se ? elabora??o dos volumes que comp?em a Est?tica. Sua finaliza??o aponta para o projeto de uma ?tica; antes, por?m, era preciso definir o sujeito capaz de assumir um comportamento verdadeiramente ?tico. V?m da? as motiva?es que impeliram Luk?cs a trabalhar t?o arduamente, ao longo de toda a d?cada de 1960, nos manuscritos de Para uma ontologia do ser social. Segundo o pesquisador romeno Nicolas Tertulian, Luk?cs tinha perfeita consci?ncia do extremo empobrecimento sofrido pelo pensamento marxista durante a ?poca staliniana. ?Desse modo, Para uma ontologia do ser social representa um gigantesco esfor?o para examinar, passo a passo, as categorias fundamentais do pensamento marxiano, a fim de restituir-lhe a densidade e a substancialidade?, afirma na introdu??o dos Proleg?menos. Obra de s?ntese, Para uma ontologia do ser social pretende precisar os pontos do debate que agitaram o pensamento marxista nos ?ltimos dec?nios. A Ontologia permitiu-lhe abordar a fundo esses pontos de dissenso e fornecer esclarecimentos acerca dos problemas essenciais do marxismo e dos fundamentos da pr?pria evolu??o. ?Os materiais que deveriam constituir uma ?introdu??o? ? ?tica adquirem, assim, o estatuto de fundacionais da Ontologia, obra que n?o foi ainda suficientemente analisada. Em rela??o a ela, no entanto, se pode afirmar, com inteira seguran?a, que abre um novo horizonte te?rico-filos?fico para o desenvolvimento do marxismo, e que n?o haver? nenhum renascimento do marxismo se ela for ignorada?, sentencia Jos? Paulo Netto.

Para Uma Ontologia do Ser Social I

Para Uma Ontologia do Ser Social I

Ano:   Editora: Boi Tempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Agrega Agrega SP - Cajamar
100% Positivas
39 qualificações
R$ 73,92 + frete R$ 12,19

Total: R$ 86,11

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Gy?rgy Luk?cs ? um dos maiores expoentes do pensamento humanista do s?culo XX e Para uma ontologia do ser social ? a mais complexa sistematiza??o filos?fica de seu tempo. Considerada uma das mais importantes obras do fil?sofo h?ngaro, concebida no curso dos anos 1960, a Ontologia (como se tornou conhecida) significa o salto daquela intu?da ? ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens. O primeiro volume de um dos centrais projetos editoriais da Boitempo, acalentado por mais de uma d?cada, finalmente chega ?s livrarias brasileiras com primorosa apresenta??o de Jos? Paulo Netto e tradu??o direta do alem?o por Mario Duayer e N?lio Schneider, acrescida da tradu??o de Carlos Nelson Coutinho, introdutor de Luk?cs no Brasil e profundo conhecedor de sua obra, baseada na edi??o italiana. O texto contou tamb?m com uma minuciosa revis?o t?cnica de Ronaldo Vielmi Fortes, auxiliado por Ester Vaisman e Elcemir Pa?o Cunha. A tomada de posi??o ontol?gica marxiana tem in?cio nos anos 1930, quando o fil?sofo segue da Hungria para Moscou. No Instituto Marx-Engels-Lenin faz um mergulho definitivo nos Manuscritos econ?mico-filos?ficos do jovem Marx. Mas, se a guinada ontol?gica de Luk?cs acontece ainda na juventude, marcando todos os seus escritos dos quarenta anos seguintes, ? na maturidade, nos anos de 1950, que lhe ocorre a necessidade de desenvolver uma sistematiza??o categorial das reflex?es que vinha fazendo sobre arte e literatura. Retira-se ent?o da vida pol?tica para dedicar-se ? elabora??o dos volumes que comp?em a Est?tica. Sua finaliza??o aponta para o projeto de uma ?tica; antes, por?m, era preciso definir o sujeito capaz de assumir um comportamento verdadeiramente ?tico. V?m da? as motiva?es que impeliram Luk?cs a trabalhar t?o arduamente, ao longo de toda a d?cada de 1960, nos manuscritos de Para uma ontologia do ser social. Segundo o pesquisador romeno Nicolas Tertulian, Luk?cs tinha perfeita consci?ncia do extremo empobrecimento sofrido pelo pensamento marxista durante a ?poca staliniana. ?Desse modo, Para uma ontologia do ser social representa um gigantesco esfor?o para examinar, passo a passo, as categorias fundamentais do pensamento marxiano, a fim de restituir-lhe a densidade e a substancialidade?, afirma na introdu??o dos Proleg?menos. Obra de s?ntese, Para uma ontologia do ser social pretende precisar os pontos do debate que agitaram o pensamento marxista nos ?ltimos dec?nios. A Ontologia permitiu-lhe abordar a fundo esses pontos de dissenso e fornecer esclarecimentos acerca dos problemas essenciais do marxismo e dos fundamentos da pr?pria evolu??o. ?Os materiais que deveriam constituir uma ?introdu??o? ? ?tica adquirem, assim, o estatuto de fundacionais da Ontologia, obra que n?o foi ainda suficientemente analisada. Em rela??o a ela, no entanto, se pode afirmar, com inteira seguran?a, que abre um novo horizonte te?rico-filos?fico para o desenvolvimento do marxismo, e que n?o haver? nenhum renascimento do marxismo se ela for ignorada?, sentencia Jos? Paulo Netto.

PARA UMA ONTOLOGIA DO SER SOCIAL I

PARA UMA ONTOLOGIA DO SER SOCIAL I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
100% Positivas
173 qualificações
R$ 67,15 + frete R$ 19,29

Total: R$ 86,44

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, SKU: L99135568 ISBN: 9788575596395 Sinopse: György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX e Para uma ontologia do ser social é a mais complexa sistematização filosófica de seu tempo. Considerada uma das mais importantes obras do filósofo húngaro, concebida no curso dos anos 1960, a Ontologia (como se tornou conhecida) significa o salto daquela intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens. O primeiro volume de um dos centrais projetos editoriais da Boitempo, acalentado por mais de uma década, finalmente chega às livrarias brasileiras com primorosa apresentação de José Paulo Netto e tradução direta do alemão por Mario Duayer e Nélio Schneider, acrescida da tradução de Carlos Nelson Coutinho, introdutor de Lukács no Brasil e profundo conhecedor de sua obra, baseada na edição italiana. O texto contou também com uma minuciosa revisão técnica de Ronaldo Vielmi Fortes, auxiliado por Ester Vaisman e Elcemir Paço Cunha.

PARA UMA ONTOLOGIA DO SER SOCIAL I

PARA UMA ONTOLOGIA DO SER SOCIAL I

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
100% Positivas
173 qualificações
R$ 67,15 + frete R$ 19,29

Total: R$ 86,44

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, SKU: L99135568 ISBN: 9788575596395 Sinopse: György Lukács é um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX e Para uma ontologia do ser social é a mais complexa sistematização filosófica de seu tempo. Considerada uma das mais importantes obras do filósofo húngaro, concebida no curso dos anos 1960, a Ontologia (como se tornou conhecida) significa o salto daquela intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens. O primeiro volume de um dos centrais projetos editoriais da Boitempo, acalentado por mais de uma década, finalmente chega às livrarias brasileiras com primorosa apresentação de José Paulo Netto e tradução direta do alemão por Mario Duayer e Nélio Schneider, acrescida da tradução de Carlos Nelson Coutinho, introdutor de Lukács no Brasil e profundo conhecedor de sua obra, baseada na edição italiana. O texto contou também com uma minuciosa revisão técnica de Ronaldo Vielmi Fortes, auxiliado por Ester Vaisman e Elcemir Paço Cunha.

Para uma Ontologia do Ser Social 2 Capa ilustrativa

Para uma Ontologia do Ser Social 2

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria a  Relíquia Livraria a Relíquia SP - São Paulo
100% Positivas
43 qualificações
R$ 67,95 + frete R$ 19,29

Total: R$ 87,24

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Novo, perfeito estado de conservação.

Para uma Ontologia do Ser Social 2

Para uma Ontologia do Ser Social 2

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Livraria 44 da Camões Livraria 44 da Camões RJ - Rio de Janeiro
99% Positivas
112 qualificações
R$ 68,00 + frete R$ 19,29

Total: R$ 87,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em brochura contendo 845 páginas em estado de novo, em perfeitas condições para a leitura. . Ref. Icaraí 08/19.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro