A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Profanacoes Capa ilustrativa

Profanações

Giorgio Agamben

O novo livro de Giorgio Agamben, Profanações, "trai" o leitor com a aparente simplicidade dos seus ensaios curtos. Uma coletânea sobre temas "menores" de estética, literatura e filosofia, como: pornografia, paródia, desejo, magia, natureza do autor,fotografia, entre outros. Mas, como em uma narrativa composta de episódios, de pequenas peças que se juntam conforme se avança na trama, os ensaios de Agamben revelam, em seu conjunto, uma discussão de fundo sobre estética e política. É um trabalho inovador, de um dos mais importantes e polêmicos filósofos da atualidade, autor de Estado de exceção (Boitempo, coleção Estado de Sítio) e Homo sacer: o poder soberano e a vida nua (Editora UFMG). Inspirado em Walter Benjamin (de quem Agamben coordenou a publicação das obras completas na Itália) e Michel Foucault, trabalhando a simbologia das tradições e mitologias clássicas gregas e romanas, além da obra de Franz Kafka, Agamben desenvolve ensaios intrigantes, que partem da natureza do indivíduo e das suas relações com a religião, as imagens, a criação e o poder para propor "a tarefa política da geração que vem": a profanação do improfanável. Para o filósofo Vladimir Safatle, trata-se de um livro sobre a ação política: "Com Profanações, Agamben coloca em circulação uma estratégia peculiar que consiste em recorrer a esquemas fornecidos pela tradição da ação religiosa, a fim de pensar novas categorias para o político. Novas categorias não mais dependentes, por exemplo, da noção de transgressão da norma ou de posição de novas normas, mas simplesmente da anulação do potencial normativo da norma. Um ato de anulação que Agamben chama de: desativar a norma". A edição brasileira traz ainda um índice dos princípais nomes e personagens citados e uma apresentação do tradutor, Selvino J. Assman, que situa Profanações na obra de Agamben e a relevância da obra do filósofo na atualidade.    

O novo livro de Giorgio Agamben, Profanações, "trai" o leitor com a aparente simplicidade dos seus ensaios curto s. Uma coletânea sobre temas "menores" de estética, literatura e filosofia, como: pornografia, paródia, desejo, magia, natureza do autor,fotografia, entre outros. Mas, como em uma narrativa composta de episódios, de pequenas peças que se juntam conforme se avança na trama, os ensaios de Agamben revelam, em seu conjunto, uma discussão de fundo sobre estética e política. É um trabalho inovador, de um dos mais importantes e polêmicos filósofos da atualidade, autor de Estado de exceção (Boitempo, coleção Estado de Sítio) e Homo sacer: o poder soberano e a vida nua (Editora UFMG). Inspirado em Walter Benjamin (de quem Agamben coordenou a publicação das obras completas na Itália) e Michel Foucault, trabalhando a simbologia das tradições e mitologias clássicas gregas e romanas, além da obra de Franz Kafka, Agamben desenvolve ensaios intrigantes, que partem da natureza do indivíduo e das suas relações com a religião, as imagens, a criação e o poder para propor "a tarefa política da geração que vem": a profanação do improfanável. Para o filósofo Vladimir Safatle, trata-se de um livro sobre a ação política: "Com Profanações, Agamben coloca em circulação uma estratégia peculiar que consiste em recorrer a esquemas fornecidos pela tradição da ação religiosa, a fim de pensar novas categorias para o político. Novas categorias não mais dependentes, por exemplo, da noção de transgressão da norma ou de posição de novas normas, mas simplesmente da anulação do potencial normativo da norma. Um ato de anulação que Agamben chama de: desativar a norma". A edição brasileira traz ainda um índice dos princípais nomes e personagens citados e uma apresentação do tradutor, Selvino J. Assman, que situa Profanações na obra de Agamben e a relevância da obra do filósofo na atualidade. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Profanações

Capa ilustrativa
Refinar resultado

44 livros novos e 8 livros usados em 27 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Profanações Capa ilustrativa

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Não Informado

Livraria o Relicário Livraria o Relicário PA - Belém
100% Positivas
46 qualificações
R$ 21,00 + frete R$ 8,35

Total: R$ 29,35

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro usado. Em bom estado de conservação. Leves manchas. Sujo nas lombadas. Capa levemente gasta, suja.

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria a  Relíquia Livraria a Relíquia SP - São Paulo
100% Positivas
39 qualificações
R$ 24,60 + frete R$ 8,35

Total: R$ 32,95

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Novo, perfeito estado de conservação.

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria a  Relíquia Livraria a Relíquia SP - São Paulo
100% Positivas
39 qualificações
R$ 24,60 + frete R$ 8,35

Total: R$ 32,95

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Novo, perfeito estado de conservação.

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Editorial Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sobrallivros Sobrallivros SP - São Paulo
100% Positivas
48 qualificações
R$ 33,00 Frete grátis
Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO == No Brasil, o livro Profanações , de Giorgio Agamben, vem se juntar às traduções de Infância e história , A linguagem e a morte , Homo Sacer e Estado de exceção , sendo o mais recente lançamento e, de todos, o publicado originalmente há menos tempo (2005). É preciso celebrar tal rapidez editorial que, com sua iniciativa, sinaliza a necessidade de nos confrontarmos com um pensamento que, no que diz respeito à política, ao direito, à filosofia, à mística, à literatura ou, de modo geral, às artes, é dos mais prolíferos e contundentes em todo mundo de hoje

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Editorial Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sobrallivros Sobrallivros SP - São Paulo
100% Positivas
48 qualificações
R$ 33,00 Frete grátis
Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO == No Brasil, o livro Profanações , de Giorgio Agamben, vem se juntar às traduções de Infância e história , A linguagem e a morte , Homo Sacer e Estado de exceção , sendo o mais recente lançamento e, de todos, o publicado originalmente há menos tempo (2005). É preciso celebrar tal rapidez editorial que, com sua iniciativa, sinaliza a necessidade de nos confrontarmos com um pensamento que, no que diz respeito à política, ao direito, à filosofia, à mística, à literatura ou, de modo geral, às artes, é dos mais prolíferos e contundentes em todo mundo de hoje

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

GALERIA DOS LIVROS GALERIA DOS LIVROS MG - Belo Horizonte
99% Positivas
87 qualificações
R$ 25,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 33,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro semi novo sem sinais de manuseio.

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
13 qualificações
R$ 34,99 Frete grátis
Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO == No Brasil, o livro Profanações , de Giorgio Agamben, vem se juntar às traduções de Infância e história , A linguagem e a morte , Homo Sacer e Estado de exceção , sendo o mais recente lançamento e, de todos, o publicado originalmente há menos tempo (2005). É preciso celebrar tal rapidez editorial que, com sua iniciativa, sinaliza a necessidade de nos confrontarmos com um pensamento que, no que diz respeito à política, ao direito, à filosofia, à mística, à literatura ou, de modo geral, às artes, é dos mais prolíferos e contundentes em todo mundo de hoje

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
13 qualificações
R$ 34,99 Frete grátis
Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO == No Brasil, o livro Profanações , de Giorgio Agamben, vem se juntar às traduções de Infância e história , A linguagem e a morte , Homo Sacer e Estado de exceção , sendo o mais recente lançamento e, de todos, o publicado originalmente há menos tempo (2005). É preciso celebrar tal rapidez editorial que, com sua iniciativa, sinaliza a necessidade de nos confrontarmos com um pensamento que, no que diz respeito à política, ao direito, à filosofia, à mística, à literatura ou, de modo geral, às artes, é dos mais prolíferos e contundentes em todo mundo de hoje

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
13 qualificações
R$ 34,99 Frete grátis
Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO == No Brasil, o livro Profanações , de Giorgio Agamben, vem se juntar às traduções de Infância e história , A linguagem e a morte , Homo Sacer e Estado de exceção , sendo o mais recente lançamento e, de todos, o publicado originalmente há menos tempo (2005). É preciso celebrar tal rapidez editorial que, com sua iniciativa, sinaliza a necessidade de nos confrontarmos com um pensamento que, no que diz respeito à política, ao direito, à filosofia, à mística, à literatura ou, de modo geral, às artes, é dos mais prolíferos e contundentes em todo mundo de hoje

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
13 qualificações
R$ 34,99 Frete grátis
Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO == No Brasil, o livro Profanações , de Giorgio Agamben, vem se juntar às traduções de Infância e história , A linguagem e a morte , Homo Sacer e Estado de exceção , sendo o mais recente lançamento e, de todos, o publicado originalmente há menos tempo (2005). É preciso celebrar tal rapidez editorial que, com sua iniciativa, sinaliza a necessidade de nos confrontarmos com um pensamento que, no que diz respeito à política, ao direito, à filosofia, à mística, à literatura ou, de modo geral, às artes, é dos mais prolíferos e contundentes em todo mundo de hoje

Profanacoes

Profanacoes

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
93% Positivas
141 qualificações
R$ 27,00 + frete R$ 8,35

Total: R$ 35,35

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Esta obra reúne ensaios sobre temas de estética, literatura e filosofia, como - pornografia, paródia, desejo, magia, natureza do autor, fotografia, entre outros. Como em uma narrativa composta de episódios, de pequenas peças que se juntam conforme se avança na trama, os ensaios de Agamben procuram revelar uma discussão de fundo sobre estética e política. Inspirado em Walter Benjamin e Michel Foucault, trabalhando a simbologia das tradições e mitologias clássicas gregas e romanas, além da obra de Franz Kafka, Agamben desenvolve ensaios que partem da natureza do indivíduo e das suas relações com a religião, as imagens, a criação e o poder.

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Sebo Lebrasil Sebo Lebrasil SP - Campinas
98% Positivas
88 qualificações
R$ 26,00 + frete R$ 9,40

Total: R$ 35,40

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro em ótimo estado, sem grifos ou anotações, leves sinais de manuseio

Profanacoes Capa ilustrativa

Profanacoes

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
99% Positivas
156 qualificações
R$ 28,40 + frete R$ 7,35

Total: R$ 35,75

Comprar ler descrição ocultar
Profanacoes Capa ilustrativa

Profanacoes

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
99% Positivas
156 qualificações
R$ 28,40 + frete R$ 7,35

Total: R$ 35,75

Comprar ler descrição ocultar
Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
97% Positivas
199 qualificações
R$ 27,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 35,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O novo livro de Giorgio Agamben, Profanações, trai o leitor com a aparente simplicidade dos seus ensaios curtos. Uma coletânea sobre temas menores de estética, literatura e filosofia, como: pornografia, paródia, desejo, magia, natureza do autor, fotografia, entre outros. Mas, como em uma narrativa composta de episódios, de pequenas peças que se juntam conforme se avança na trama, os ensaios de Agamben revelam, em seu conjunto, uma discussão de fundo sobre estética e política. É um trabalho inovador, de um dos mais importantes e polêmicos filósofos da atualidade, autor de Estado de exceção (Boitempo, coleção Estado de Sítio) e Homo sacer: o poder soberano e a vida nua (Editora UFMG). Inspirado em Walter Benjamin (de quem Agamben coordenou a publicação das obras comp

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
97% Positivas
199 qualificações
R$ 27,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 35,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O novo livro de Giorgio Agamben, Profanações, trai o leitor com a aparente simplicidade dos seus ensaios curtos. Uma coletânea sobre temas menores de estética, literatura e filosofia, como: pornografia, paródia, desejo, magia, natureza do autor, fotografia, entre outros. Mas, como em uma narrativa composta de episódios, de pequenas peças que se juntam conforme se avança na trama, os ensaios de Agamben revelam, em seu conjunto, uma discussão de fundo sobre estética e política. É um trabalho inovador, de um dos mais importantes e polêmicos filósofos da atualidade, autor de Estado de exceção (Boitempo, coleção Estado de Sítio) e Homo sacer: o poder soberano e a vida nua (Editora UFMG). Inspirado em Walter Benjamin (de quem Agamben coordenou a publicação das obras comp

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
97% Positivas
199 qualificações
R$ 27,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 35,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O novo livro de Giorgio Agamben, Profanações, trai o leitor com a aparente simplicidade dos seus ensaios curtos. Uma coletânea sobre temas menores de estética, literatura e filosofia, como: pornografia, paródia, desejo, magia, natureza do autor, fotografia, entre outros. Mas, como em uma narrativa composta de episódios, de pequenas peças que se juntam conforme se avança na trama, os ensaios de Agamben revelam, em seu conjunto, uma discussão de fundo sobre estética e política. É um trabalho inovador, de um dos mais importantes e polêmicos filósofos da atualidade, autor de Estado de exceção (Boitempo, coleção Estado de Sítio) e Homo sacer: o poder soberano e a vida nua (Editora UFMG). Inspirado em Walter Benjamin (de quem Agamben coordenou a publicação das obras comp

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
97% Positivas
199 qualificações
R$ 27,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 35,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O novo livro de Giorgio Agamben, Profanações, trai o leitor com a aparente simplicidade dos seus ensaios curtos. Uma coletânea sobre temas menores de estética, literatura e filosofia, como: pornografia, paródia, desejo, magia, natureza do autor, fotografia, entre outros. Mas, como em uma narrativa composta de episódios, de pequenas peças que se juntam conforme se avança na trama, os ensaios de Agamben revelam, em seu conjunto, uma discussão de fundo sobre estética e política. É um trabalho inovador, de um dos mais importantes e polêmicos filósofos da atualidade, autor de Estado de exceção (Boitempo, coleção Estado de Sítio) e Homo sacer: o poder soberano e a vida nua (Editora UFMG). Inspirado em Walter Benjamin (de quem Agamben coordenou a publicação das obras comp

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Authentic Livros Authentic Livros SP - São Paulo
100% Positivas
303 qualificações
R$ 28,80 + frete R$ 7,35

Total: R$ 36,15

Comprar ler descrição ocultar

Descrição "O novo livro de Giorgio Agamben, Profanações, ""trai"" o leitor com a aparente simplicidade dos seus ensaios curtos. Uma coletânea sobre temas ""menores"" de estética, literatura e filosofia, como: pornografia, paródia, desejo, magia, natureza do au tor,f otografia, entre outros. Mas, como em uma narrativa composta de episódios, de pequenas peças que se juntam conforme se avança na trama, os ensaios de Agamben revelam, em seu conjunto, uma discussão de fundo sobre estética e política. É um traba lho in ovador, de um dos mais importantes e polêmicos filósofos da atualidade, autor de Estado de exceção (Boitempo, coleção Estado de Sítio) e Homo sacer: o poder soberano e a vida nua (Editora UFMG). Inspirado em Walter Benjamin (de quem Agamben co ordenou a publicação das obras completas na Itália) e Michel Foucault, trabalhando a simbologia das tradições e mitologias clássicas gregas e romanas, além da obra de Franz Kafka, Agamben desenvolve ensaios intrigantes, que partem da natureza do ind ivíduo e das suas relações com a religião, as imagens, a criação e o poder para propor ""a tarefa política da geração que vem"": a profanação do improfanável. Para o filósofo Vladimir Safatle, trata-se de um livro sobre a ação política: ""Com Profan ações, Agamb en coloca em circulação uma estratégia peculiar que consiste em recorrer a esquemas fornecidos pela tradição da ação religiosa, a fim de pensar novas categorias para o político. Novas categorias não mais dependentes, por exemplo, da noçã o de transgre ssão da norma ou de posição de novas normas, mas simplesmente da anulação do potencial normativo da norma. Um ato de anulação que Agamben chama de: desativar a norma"". A edição brasileira traz ainda um índice dos princípais nomes e per sonagens citado s e uma apresentação do tradutor, Selvino J. Assman, que situa Profanações na obra de Agamben e a relevância da obra do filósofo na atualidade."

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Authentic Livros Authentic Livros SP - São Paulo
100% Positivas
303 qualificações
R$ 28,80 + frete R$ 7,35

Total: R$ 36,15

Comprar ler descrição ocultar

Descrição "O novo livro de Giorgio Agamben, Profanações, ""trai"" o leitor com a aparente simplicidade dos seus ensaios curtos. Uma coletânea sobre temas ""menores"" de estética, literatura e filosofia, como: pornografia, paródia, desejo, magia, natureza do au tor,f otografia, entre outros. Mas, como em uma narrativa composta de episódios, de pequenas peças que se juntam conforme se avança na trama, os ensaios de Agamben revelam, em seu conjunto, uma discussão de fundo sobre estética e política. É um traba lho in ovador, de um dos mais importantes e polêmicos filósofos da atualidade, autor de Estado de exceção (Boitempo, coleção Estado de Sítio) e Homo sacer: o poder soberano e a vida nua (Editora UFMG). Inspirado em Walter Benjamin (de quem Agamben co ordenou a publicação das obras completas na Itália) e Michel Foucault, trabalhando a simbologia das tradições e mitologias clássicas gregas e romanas, além da obra de Franz Kafka, Agamben desenvolve ensaios intrigantes, que partem da natureza do ind ivíduo e das suas relações com a religião, as imagens, a criação e o poder para propor ""a tarefa política da geração que vem"": a profanação do improfanável. Para o filósofo Vladimir Safatle, trata-se de um livro sobre a ação política: ""Com Profan ações, Agamb en coloca em circulação uma estratégia peculiar que consiste em recorrer a esquemas fornecidos pela tradição da ação religiosa, a fim de pensar novas categorias para o político. Novas categorias não mais dependentes, por exemplo, da noçã o de transgre ssão da norma ou de posição de novas normas, mas simplesmente da anulação do potencial normativo da norma. Um ato de anulação que Agamben chama de: desativar a norma"". A edição brasileira traz ainda um índice dos princípais nomes e per sonagens citado s e uma apresentação do tradutor, Selvino J. Assman, que situa Profanações na obra de Agamben e a relevância da obra do filósofo na atualidade."

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Authentic Livros Authentic Livros SP - São Paulo
100% Positivas
303 qualificações
R$ 28,80 + frete R$ 7,35

Total: R$ 36,15

Comprar ler descrição ocultar

Descrição "O novo livro de Giorgio Agamben, Profanações, ""trai"" o leitor com a aparente simplicidade dos seus ensaios curtos. Uma coletânea sobre temas ""menores"" de estética, literatura e filosofia, como: pornografia, paródia, desejo, magia, natureza do au tor,f otografia, entre outros. Mas, como em uma narrativa composta de episódios, de pequenas peças que se juntam conforme se avança na trama, os ensaios de Agamben revelam, em seu conjunto, uma discussão de fundo sobre estética e política. É um traba lho in ovador, de um dos mais importantes e polêmicos filósofos da atualidade, autor de Estado de exceção (Boitempo, coleção Estado de Sítio) e Homo sacer: o poder soberano e a vida nua (Editora UFMG). Inspirado em Walter Benjamin (de quem Agamben co ordenou a publicação das obras completas na Itália) e Michel Foucault, trabalhando a simbologia das tradições e mitologias clássicas gregas e romanas, além da obra de Franz Kafka, Agamben desenvolve ensaios intrigantes, que partem da natureza do ind ivíduo e das suas relações com a religião, as imagens, a criação e o poder para propor ""a tarefa política da geração que vem"": a profanação do improfanável. Para o filósofo Vladimir Safatle, trata-se de um livro sobre a ação política: ""Com Profan ações, Agamb en coloca em circulação uma estratégia peculiar que consiste em recorrer a esquemas fornecidos pela tradição da ação religiosa, a fim de pensar novas categorias para o político. Novas categorias não mais dependentes, por exemplo, da noçã o de transgre ssão da norma ou de posição de novas normas, mas simplesmente da anulação do potencial normativo da norma. Um ato de anulação que Agamben chama de: desativar a norma"". A edição brasileira traz ainda um índice dos princípais nomes e per sonagens citado s e uma apresentação do tradutor, Selvino J. Assman, que situa Profanações na obra de Agamben e a relevância da obra do filósofo na atualidade."

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Authentic Livros Authentic Livros SP - São Paulo
100% Positivas
303 qualificações
R$ 28,80 + frete R$ 7,35

Total: R$ 36,15

Comprar ler descrição ocultar

Descrição "O novo livro de Giorgio Agamben, Profanações, ""trai"" o leitor com a aparente simplicidade dos seus ensaios curtos. Uma coletânea sobre temas ""menores"" de estética, literatura e filosofia, como: pornografia, paródia, desejo, magia, natureza do au tor,f otografia, entre outros. Mas, como em uma narrativa composta de episódios, de pequenas peças que se juntam conforme se avança na trama, os ensaios de Agamben revelam, em seu conjunto, uma discussão de fundo sobre estética e política. É um traba lho in ovador, de um dos mais importantes e polêmicos filósofos da atualidade, autor de Estado de exceção (Boitempo, coleção Estado de Sítio) e Homo sacer: o poder soberano e a vida nua (Editora UFMG). Inspirado em Walter Benjamin (de quem Agamben co ordenou a publicação das obras completas na Itália) e Michel Foucault, trabalhando a simbologia das tradições e mitologias clássicas gregas e romanas, além da obra de Franz Kafka, Agamben desenvolve ensaios intrigantes, que partem da natureza do ind ivíduo e das suas relações com a religião, as imagens, a criação e o poder para propor ""a tarefa política da geração que vem"": a profanação do improfanável. Para o filósofo Vladimir Safatle, trata-se de um livro sobre a ação política: ""Com Profan ações, Agamb en coloca em circulação uma estratégia peculiar que consiste em recorrer a esquemas fornecidos pela tradição da ação religiosa, a fim de pensar novas categorias para o político. Novas categorias não mais dependentes, por exemplo, da noçã o de transgre ssão da norma ou de posição de novas normas, mas simplesmente da anulação do potencial normativo da norma. Um ato de anulação que Agamben chama de: desativar a norma"". A edição brasileira traz ainda um índice dos princípais nomes e per sonagens citado s e uma apresentação do tradutor, Selvino J. Assman, que situa Profanações na obra de Agamben e a relevância da obra do filósofo na atualidade."

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Authentic Livros Authentic Livros SP - São Paulo
100% Positivas
303 qualificações
R$ 28,80 + frete R$ 7,35

Total: R$ 36,15

Comprar ler descrição ocultar

Descrição "O novo livro de Giorgio Agamben, Profanações, ""trai"" o leitor com a aparente simplicidade dos seus ensaios curtos. Uma coletânea sobre temas ""menores"" de estética, literatura e filosofia, como: pornografia, paródia, desejo, magia, natureza do au tor,f otografia, entre outros. Mas, como em uma narrativa composta de episódios, de pequenas peças que se juntam conforme se avança na trama, os ensaios de Agamben revelam, em seu conjunto, uma discussão de fundo sobre estética e política. É um traba lho in ovador, de um dos mais importantes e polêmicos filósofos da atualidade, autor de Estado de exceção (Boitempo, coleção Estado de Sítio) e Homo sacer: o poder soberano e a vida nua (Editora UFMG). Inspirado em Walter Benjamin (de quem Agamben co ordenou a publicação das obras completas na Itália) e Michel Foucault, trabalhando a simbologia das tradições e mitologias clássicas gregas e romanas, além da obra de Franz Kafka, Agamben desenvolve ensaios intrigantes, que partem da natureza do ind ivíduo e das suas relações com a religião, as imagens, a criação e o poder para propor ""a tarefa política da geração que vem"": a profanação do improfanável. Para o filósofo Vladimir Safatle, trata-se de um livro sobre a ação política: ""Com Profan ações, Agamb en coloca em circulação uma estratégia peculiar que consiste em recorrer a esquemas fornecidos pela tradição da ação religiosa, a fim de pensar novas categorias para o político. Novas categorias não mais dependentes, por exemplo, da noçã o de transgre ssão da norma ou de posição de novas normas, mas simplesmente da anulação do potencial normativo da norma. Um ato de anulação que Agamben chama de: desativar a norma"". A edição brasileira traz ainda um índice dos princípais nomes e per sonagens citado s e uma apresentação do tradutor, Selvino J. Assman, que situa Profanações na obra de Agamben e a relevância da obra do filósofo na atualidade."

profanacoes

profanacoes

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Não Informado

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
97% Positivas
603 qualificações
R$ 27,00 + frete R$ 10,45

Total: R$ 37,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado

profanacoes

profanacoes

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Não Informado

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
97% Positivas
603 qualificações
R$ 27,00 + frete R$ 10,45

Total: R$ 37,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado

PROFANACOES

PROFANACOES

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
93% Positivas
1634 qualificações
R$ 28,80 + frete R$ 9,40

Total: R$ 38,20

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Esta obra reune ensaios sobre temas de estetica, literatura e filosofia, como - pornografia, parodia, desejo, magia, natureza do autor, fotografia, entre outros. Como em uma narrativa composta de episodios, de pequenas pecas que se juntam conforme se avanca na trama, os ensaios de Agamben procuram revelar uma discussao de fundo sobre estetica e politica. Inspirado em Walter Benjamin e Michel Foucault, trabalhando a simbologia das tradicoes e mitologias classicas gregas e romanas, alem da obra de Franz Kafka, Agamben desenvolve ensaios que partem da natureza do individuo e das suas relacoes com a religiao, as imagens, a criacao e o poder.

PROFANACOES

PROFANACOES

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
93% Positivas
1634 qualificações
R$ 28,80 + frete R$ 9,40

Total: R$ 38,20

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Esta obra reune ensaios sobre temas de estetica, literatura e filosofia, como - pornografia, parodia, desejo, magia, natureza do autor, fotografia, entre outros. Como em uma narrativa composta de episodios, de pequenas pecas que se juntam conforme se avanca na trama, os ensaios de Agamben procuram revelar uma discussao de fundo sobre estetica e politica. Inspirado em Walter Benjamin e Michel Foucault, trabalhando a simbologia das tradicoes e mitologias classicas gregas e romanas, alem da obra de Franz Kafka, Agamben desenvolve ensaios que partem da natureza do individuo e das suas relacoes com a religiao, as imagens, a criacao e o poder.

ProfanaÇÕes

ProfanaÇÕes

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Sbs Livraria Internacional Vitoria Sbs Livraria Internacional Vitoria ES - Vitória
100% Positivas
8 qualificações
R$ 32,40 + frete R$ 7,35

Total: R$ 39,75

Comprar ler descrição ocultar
Profanações Capa ilustrativa

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

O Gato que Lê O Gato que Lê SP - São Paulo
100% Positivas
67 qualificações
R$ 30,00 + frete R$ 9,93

Total: R$ 39,93

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em Bom Estado. --- Esta Obra Reúne Ensaios Sobre Temas de Estética, Literatura e Filosofia, Como - Pornografia, Paródia, Desejo, Magia, Natureza do Autor, Fotografia, Entre Outros. ---bom estado de conservação

Profanações

Profanações

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Idioma: Português

Miguilim Livros Miguilim Livros SP - Diadema
98% Positivas
96 qualificações
R$ 32,80 + frete R$ 7,35

Total: R$ 40,15

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 96pp.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro