A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Revolucao Molecular Pulsacoes Politicas do Desejo Capa ilustrativa

Revolução Molecular: Pulsações Políticas do Desejo

Felix Guattari

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Trio Pagao

Refinar resultado

11 livros novos e 6 livros usados em 9 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Trio Pagao

Trio Pagao

Ano:   Editora: Iluminuras

Tipo: novo

Idioma: Português

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
97% Positivas
1028 qualificações
R$ 34,30 + frete R$ 9,40

Total: R$ 43,70

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Neste novo livro, o poeta Sérgio Medeiros reúne três propostas distintas que transitam pela expressão gráfica e pela expressão verbal. Todas, porém, falam de um momento de crise e de renascimento, num universo em exaustão. Na primeira delas, ?Caligrafias de esculturas?, Medeiros recupera a escrita fantasiosa de Jerônimo Tsawé, um índio xavante que lhe deixou de herança uma folha coberta de linhas sinuosas que são exercícios de caligrafia. Relendo à sua maneira essestraços, o poeta cria totens gráficos que lembram objetos do universo xavante, como lianas, fumaça, linhas de pescar etc., os quais revelam uma nova maneira de comunicação entre o presente e o passado, por meio de signos que cruzam verticalmente na página, unindo os extremos. Na segunda proposta, ?Enrique Flor, o novo?, é a herança joyciana que é trazida à tona, numa homenagem à arte do músico português Enrique Flor, inventado pelo mestre irlandês no seu romance Ulysses. Ao cultuar a arte vegetal, Flor transita entre países desmatados (Portugal e Irlanda) e busca uma linguagem que possa reativar as antigas árvores abatidas nos dois países. Medeiros, ao retomar no livro esse personagem português, tenta imaginar como soaria no mundo atual a música mítica que Enrique Flor tocou em Dublin no início do século XX. Completa a proposta um poema ?desmaterializado?, em que a atuação dos vegetais é diretamente registrada nas páginas do poema, embora,à primeira vista, essas mesmas páginas (folhas) estejam em branco. Na terceira proposta,?[O] rio perdido?, o poeta fala de uma ninfa andina que envelhece com os rios, tornando-se finalmente uma imagem quase apagada numa rocha sobre um leito seco. Povoado de falas, o rio, ao ser descrito antes do fim, borbulha eloquentemente, trazendo na sua correnteza falas do futuro que fazem uma reflexão sobre a vida na Terra. Feito de sinais gráficos que denotam não apenas borbulhas, mas também bocas, ouvidos etc., o poema é a descrição de um rio que arrasta infinitamente sons, imagens, enigmas... Sérgio Medeiros tem vários livros de poesia publicados. Ganhou o Prêmio Literário Biblioteca Nacional 2017 na categoria poesia, com a obra A idolatria poética ou a febre de imagens (Iluminuras, 2017).

TRIO PAGAO

TRIO PAGAO

Ano:   Editora: Iluminuras

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
143 qualificações
R$ 44,10 + frete R$ 14,87

Total: R$ 58,97

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, SKU: L99134294 ISBN: 9788573215762 Sinopse: Neste novo livro, o poeta Sérgio Medeiros reúne três propostas distintas que transitam pela expressão gráfica e pela expressão verbal. Todas, porém, falam de um momento de crise e de renascimento, num universo em exaustão.

TRIO PAGAO

TRIO PAGAO

Ano:   Editora: Iluminuras

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
143 qualificações
R$ 44,10 + frete R$ 14,87

Total: R$ 58,97

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, SKU: L99134294 ISBN: 9788573215762 Sinopse: Neste novo livro, o poeta Sérgio Medeiros reúne três propostas distintas que transitam pela expressão gráfica e pela expressão verbal. Todas, porém, falam de um momento de crise e de renascimento, num universo em exaustão.

TRIO PAGAO

TRIO PAGAO

Ano:   Editora: Iluminuras

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
143 qualificações
R$ 44,10 + frete R$ 14,87

Total: R$ 58,97

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, SKU: L99134294 ISBN: 9788573215762 Sinopse: Neste novo livro, o poeta Sérgio Medeiros reúne três propostas distintas que transitam pela expressão gráfica e pela expressão verbal. Todas, porém, falam de um momento de crise e de renascimento, num universo em exaustão.

TRIO PAGAO

TRIO PAGAO

Ano:   Editora: Iluminuras

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
143 qualificações
R$ 44,10 + frete R$ 14,87

Total: R$ 58,97

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, SKU: L99134294 ISBN: 9788573215762 Sinopse: Neste novo livro, o poeta Sérgio Medeiros reúne três propostas distintas que transitam pela expressão gráfica e pela expressão verbal. Todas, porém, falam de um momento de crise e de renascimento, num universo em exaustão.

TRIO PAGAO

TRIO PAGAO

Ano:   Editora: Iluminuras

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
143 qualificações
R$ 44,10 + frete R$ 14,87

Total: R$ 58,97

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, SKU: L99134294 ISBN: 9788573215762 Sinopse: Neste novo livro, o poeta Sérgio Medeiros reúne três propostas distintas que transitam pela expressão gráfica e pela expressão verbal. Todas, porém, falam de um momento de crise e de renascimento, num universo em exaustão.

TRIO PAGAO

TRIO PAGAO

Ano:   Editora: Iluminuras

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
99% Positivas
631 qualificações
R$ 49,00 + frete R$ 9,40

Total: R$ 58,40

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Neste novo livro, o poeta Sérgio Medeiros reúne três propostas distintas que transitam pela expressão gráfica e pela expressão verbal. Todas, porém, falam de um momento de crise e de renascimento, num universo em exaustão. Na primeira delas, “Caligrafias de esculturas”, Medeiros recupera a escrita fantasiosa de Jerônimo Tsawé, um índio xavante que lhe deixou de herança uma folha coberta de linhas sinuosas que são exercícios de caligrafia. Relendo à sua maneira esses traços, o poeta cria totens gráficos que lembram objetos do universo xavante, como lianas, fumaça, linhas de pescar etc., os quais revelam uma nova maneira de comunicação entre o presente e o passado, por meio de signos que cruzam verticalmente na página, unindo os extremos. Na segunda proposta, “Enrique Flor, o novo”, é a herança joyciana que é trazida à tona, numa homenagem à arte do músico português Enrique Flor, inventado pelo mestre irlandês no seu romance Ulysses. Ao cultuar a arte vegetal, Flor transita entre países desmatados (Portugal e Irlanda) e busca uma linguagem que possa reativar as antigas árvores abatidas nos dois países. Medeiros, ao retomar no livro esse personagem português, tenta imaginar como soaria no mundo atual a música mítica que Enrique Flor tocou em Dublin no início do século XX. Completa a proposta um poema “desmaterializado”, em que a atuação dos vegetais é diretamente registrada nas páginas do poema, embora, à primeira vista, essas mesmas páginas (folhas) estejam em branco. Na terceira proposta,”[O] rio perdido”, o poeta fala de uma ninfa andina que envelhece com os rios, tornando-se finalmente uma imagem quase apagada numa rocha sobre um leito seco. Povoado de falas, o rio, ao ser descrito antes do fim, borbulha eloquentemente, trazendo na sua correnteza falas do futuro que fazem uma reflexão sobre a vida na Terra. Feito de sinais gráficos que denotam não apenas borbulhas, mas também bocas, ouvidos etc., o poema é a descrição de um rio que arrasta infinitamente sons, imagens, enigmas...

TRIO PAGAO

TRIO PAGAO

Ano:   Editora: Iluminuras

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
99% Positivas
631 qualificações
R$ 49,00 + frete R$ 9,40

Total: R$ 58,40

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Neste novo livro, o poeta Sérgio Medeiros reúne três propostas distintas que transitam pela expressão gráfica e pela expressão verbal. Todas, porém, falam de um momento de crise e de renascimento, num universo em exaustão. Na primeira delas, “Caligrafias de esculturas”, Medeiros recupera a escrita fantasiosa de Jerônimo Tsawé, um índio xavante que lhe deixou de herança uma folha coberta de linhas sinuosas que são exercícios de caligrafia. Relendo à sua maneira esses traços, o poeta cria totens gráficos que lembram objetos do universo xavante, como lianas, fumaça, linhas de pescar etc., os quais revelam uma nova maneira de comunicação entre o presente e o passado, por meio de signos que cruzam verticalmente na página, unindo os extremos. Na segunda proposta, “Enrique Flor, o novo”, é a herança joyciana que é trazida à tona, numa homenagem à arte do músico português Enrique Flor, inventado pelo mestre irlandês no seu romance Ulysses. Ao cultuar a arte vegetal, Flor transita entre países desmatados (Portugal e Irlanda) e busca uma linguagem que possa reativar as antigas árvores abatidas nos dois países. Medeiros, ao retomar no livro esse personagem português, tenta imaginar como soaria no mundo atual a música mítica que Enrique Flor tocou em Dublin no início do século XX. Completa a proposta um poema “desmaterializado”, em que a atuação dos vegetais é diretamente registrada nas páginas do poema, embora, à primeira vista, essas mesmas páginas (folhas) estejam em branco. Na terceira proposta,”[O] rio perdido”, o poeta fala de uma ninfa andina que envelhece com os rios, tornando-se finalmente uma imagem quase apagada numa rocha sobre um leito seco. Povoado de falas, o rio, ao ser descrito antes do fim, borbulha eloquentemente, trazendo na sua correnteza falas do futuro que fazem uma reflexão sobre a vida na Terra. Feito de sinais gráficos que denotam não apenas borbulhas, mas também bocas, ouvidos etc., o poema é a descrição de um rio que arrasta infinitamente sons, imagens, enigmas...

TRIO PAGAO

TRIO PAGAO

Ano:   Editora: Iluminuras

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
99% Positivas
631 qualificações
R$ 49,00 + frete R$ 9,40

Total: R$ 58,40

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Neste novo livro, o poeta Sérgio Medeiros reúne três propostas distintas que transitam pela expressão gráfica e pela expressão verbal. Todas, porém, falam de um momento de crise e de renascimento, num universo em exaustão. Na primeira delas, “Caligrafias de esculturas”, Medeiros recupera a escrita fantasiosa de Jerônimo Tsawé, um índio xavante que lhe deixou de herança uma folha coberta de linhas sinuosas que são exercícios de caligrafia. Relendo à sua maneira esses traços, o poeta cria totens gráficos que lembram objetos do universo xavante, como lianas, fumaça, linhas de pescar etc., os quais revelam uma nova maneira de comunicação entre o presente e o passado, por meio de signos que cruzam verticalmente na página, unindo os extremos. Na segunda proposta, “Enrique Flor, o novo”, é a herança joyciana que é trazida à tona, numa homenagem à arte do músico português Enrique Flor, inventado pelo mestre irlandês no seu romance Ulysses. Ao cultuar a arte vegetal, Flor transita entre países desmatados (Portugal e Irlanda) e busca uma linguagem que possa reativar as antigas árvores abatidas nos dois países. Medeiros, ao retomar no livro esse personagem português, tenta imaginar como soaria no mundo atual a música mítica que Enrique Flor tocou em Dublin no início do século XX. Completa a proposta um poema “desmaterializado”, em que a atuação dos vegetais é diretamente registrada nas páginas do poema, embora, à primeira vista, essas mesmas páginas (folhas) estejam em branco. Na terceira proposta,”[O] rio perdido”, o poeta fala de uma ninfa andina que envelhece com os rios, tornando-se finalmente uma imagem quase apagada numa rocha sobre um leito seco. Povoado de falas, o rio, ao ser descrito antes do fim, borbulha eloquentemente, trazendo na sua correnteza falas do futuro que fazem uma reflexão sobre a vida na Terra. Feito de sinais gráficos que denotam não apenas borbulhas, mas também bocas, ouvidos etc., o poema é a descrição de um rio que arrasta infinitamente sons, imagens, enigmas...

TRIO PAGAO

TRIO PAGAO

Ano:   Editora: Iluminuras

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
99% Positivas
631 qualificações
R$ 49,00 + frete R$ 9,40

Total: R$ 58,40

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Neste novo livro, o poeta Sérgio Medeiros reúne três propostas distintas que transitam pela expressão gráfica e pela expressão verbal. Todas, porém, falam de um momento de crise e de renascimento, num universo em exaustão. Na primeira delas, “Caligrafias de esculturas”, Medeiros recupera a escrita fantasiosa de Jerônimo Tsawé, um índio xavante que lhe deixou de herança uma folha coberta de linhas sinuosas que são exercícios de caligrafia. Relendo à sua maneira esses traços, o poeta cria totens gráficos que lembram objetos do universo xavante, como lianas, fumaça, linhas de pescar etc., os quais revelam uma nova maneira de comunicação entre o presente e o passado, por meio de signos que cruzam verticalmente na página, unindo os extremos. Na segunda proposta, “Enrique Flor, o novo”, é a herança joyciana que é trazida à tona, numa homenagem à arte do músico português Enrique Flor, inventado pelo mestre irlandês no seu romance Ulysses. Ao cultuar a arte vegetal, Flor transita entre países desmatados (Portugal e Irlanda) e busca uma linguagem que possa reativar as antigas árvores abatidas nos dois países. Medeiros, ao retomar no livro esse personagem português, tenta imaginar como soaria no mundo atual a música mítica que Enrique Flor tocou em Dublin no início do século XX. Completa a proposta um poema “desmaterializado”, em que a atuação dos vegetais é diretamente registrada nas páginas do poema, embora, à primeira vista, essas mesmas páginas (folhas) estejam em branco. Na terceira proposta,”[O] rio perdido”, o poeta fala de uma ninfa andina que envelhece com os rios, tornando-se finalmente uma imagem quase apagada numa rocha sobre um leito seco. Povoado de falas, o rio, ao ser descrito antes do fim, borbulha eloquentemente, trazendo na sua correnteza falas do futuro que fazem uma reflexão sobre a vida na Terra. Feito de sinais gráficos que denotam não apenas borbulhas, mas também bocas, ouvidos etc., o poema é a descrição de um rio que arrasta infinitamente sons, imagens, enigmas...

TRIO PAGAO

TRIO PAGAO

Ano:   Editora: Iluminuras

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
99% Positivas
631 qualificações
R$ 49,00 + frete R$ 9,40

Total: R$ 58,40

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Neste novo livro, o poeta Sérgio Medeiros reúne três propostas distintas que transitam pela expressão gráfica e pela expressão verbal. Todas, porém, falam de um momento de crise e de renascimento, num universo em exaustão. Na primeira delas, “Caligrafias de esculturas”, Medeiros recupera a escrita fantasiosa de Jerônimo Tsawé, um índio xavante que lhe deixou de herança uma folha coberta de linhas sinuosas que são exercícios de caligrafia. Relendo à sua maneira esses traços, o poeta cria totens gráficos que lembram objetos do universo xavante, como lianas, fumaça, linhas de pescar etc., os quais revelam uma nova maneira de comunicação entre o presente e o passado, por meio de signos que cruzam verticalmente na página, unindo os extremos. Na segunda proposta, “Enrique Flor, o novo”, é a herança joyciana que é trazida à tona, numa homenagem à arte do músico português Enrique Flor, inventado pelo mestre irlandês no seu romance Ulysses. Ao cultuar a arte vegetal, Flor transita entre países desmatados (Portugal e Irlanda) e busca uma linguagem que possa reativar as antigas árvores abatidas nos dois países. Medeiros, ao retomar no livro esse personagem português, tenta imaginar como soaria no mundo atual a música mítica que Enrique Flor tocou em Dublin no início do século XX. Completa a proposta um poema “desmaterializado”, em que a atuação dos vegetais é diretamente registrada nas páginas do poema, embora, à primeira vista, essas mesmas páginas (folhas) estejam em branco. Na terceira proposta,”[O] rio perdido”, o poeta fala de uma ninfa andina que envelhece com os rios, tornando-se finalmente uma imagem quase apagada numa rocha sobre um leito seco. Povoado de falas, o rio, ao ser descrito antes do fim, borbulha eloquentemente, trazendo na sua correnteza falas do futuro que fazem uma reflexão sobre a vida na Terra. Feito de sinais gráficos que denotam não apenas borbulhas, mas também bocas, ouvidos etc., o poema é a descrição de um rio que arrasta infinitamente sons, imagens, enigmas...

Revolucao Molecular: Pulsacoes Politicas Do Desejo Capa ilustrativa

Revolucao Molecular: Pulsacoes Politicas Do Desejo

Ano:   Editora: Brasiliense

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

O Sebo Cultural O Sebo Cultural PB - João Pessoa
99% Positivas
746 qualificações
R$ 93,75 Frete grátis
Comprar ler descrição ocultar

Descrição ID=32356A. Qtd.Páginas=229. CONDICAO GERAL: BOM, CONSERVA-SE EM BOAS CONDICOES PARA O MANUSEIO DA LEITURA EM RELACAO AO ANO DE PUBLICACAO. .CAPA/CONTRA CAPA: COM LEVES DESGASTE NAS EXTREMIDADES. .FOLHAS DE ROSTO: COM PEQUENAS MANCHAS DE OXIDACAO. .PAGINAS: AMARELADAS NA LATERAL DO MIOLO. COM ALGUNS RISCOS EM MARCA TEXTO. COM EXERCICIOS RESPONDIDOS EM GRAFITE. CONSERVADAS. LEVEMENTE AMARELADAS PELA ACAO DO TEMPO. NADA QUE ATRAPALHE A LEITURA.

Revolução Molecular: Pulsações Políticas do Desejo Capa ilustrativa

Revolução Molecular: Pulsações Políticas do Desejo

Ano:   Editora: Brasiliense

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Livraria e Sebo Cidade Livraria e Sebo Cidade MG - Belo Horizonte
97% Positivas
59 qualificações
R$ 100,00 + frete R$ 12,92

Total: R$ 112,92

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Bom estado páginas levemente amareladas conteúdo perfeito

Revolução Molecular Pulsações Políticas do Desejo Capa ilustrativa

Revolução Molecular Pulsações Políticas do Desejo

Ano:   Editora: Brasiliense

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Sebo Livrologia Sebo Livrologia SP - São Bernardo do Campo
99% Positivas
460 qualificações
R$ 109,90 Frete grátis
Comprar ler descrição ocultar

Descrição Há carimbo em uma página. Livro amarelado devido ação do tempo. O livro está em Bom estado de conservação. O livro não possui avarias, rasuras e outros complementos. C69221 M

Revolução Molecular: Pulsações Políticas do Desejo

Revolução Molecular: Pulsações Políticas do Desejo

Ano:   Editora: Brasiliense

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Livraria Melo Martins Livraria Melo Martins SP - São Paulo
100% Positivas
225 qualificações
R$ 180,00 + frete R$ 9,93

Total: R$ 189,93

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Ano de Publicação: 1985;Livro Usado em bom estado de conservação, brochura, formato 14 x 21cm, 229 páginas, capa e miolo ok, não apresenta riscos, grifos ou anotações, contém nome do antigo dono na primeira página. Assunto: Sociologia, Editora: Brasiliense EV ML

Revolução Molecular: Pulsações Políticas do Desejo Capa ilustrativa

Revolução Molecular: Pulsações Políticas do Desejo

Ano:   Editora: Brasiliense

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Sebo Minha Princesa Sebo Minha Princesa SP - São Bernardo do Campo
99% Positivas
1431 qualificações
R$ 320,00 Frete grátis
Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado, Corte das páginas amarelado devido a ação do tempo. Miolo com alguns trechos sublinhados/grifados. capa com marcas de manuseio. sf2018

Revolução Molecular: Pulsações Políticas do Desejo

Revolução Molecular: Pulsações Políticas do Desejo

Ano:   Editora: Brasiliense

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Carlaccio Livros Carlaccio Livros SP - São Paulo
100% Positivas
5 qualificações
R$ 350,00 + frete R$ 9,40

Total: R$ 359,40

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado de conservação. Sem grifos e anotações. Páginas levemente amareladas pelo tempo; capa e encadernação em ótimo estado; corte superior escurecido. Livro higienizado pelo livreiro. Brochura. 232 p. Assuntos: Filosofia e Psicanálise.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro