A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Holocausto Brasileiro Capa ilustrativa

Holocausto Brasileiro

Daniela Arbex

5 de 5 estrelas (1 avaliação)

Neste livro-reportagem fundamental, a premiada jornalista Daniela Arbex resgata do esquecimento um dos capítulos mais macabros da nossa história: a barbárie e a desumanidade praticadas, durante a maior parte do século XX, no maior hospício do Brasil, conhecido por Colônia, situado na cidade mineira de Barbacena. Ao fazê-lo, a autora traz à luz um genocídio cometido, sistematicamente, pelo Estado brasileiro, com a conivência de médicos, funcionários e também da população, pois nenhuma violação dos direitos humanos mais básicos se sustenta por tanto tempo sem a omissão da sociedade. Pelo menos 60 mil pessoas morreram entre os muros da Colônia. Em sua maioria, haviam sido internadas à força. Cerca de 70% não tinham diagnóstico de doença mental. Eram epiléticos, alcoólatras, homossexuais, prostitutas, gente que se rebelava ou que se tornara incômoda para alguém com mais poder. Eram meninas grávidas violentadas por seus patrões, esposas confinadas para que o marido pudesse morar com a amante, filhas de fazendeiros que perderam a virgindade antes do casamento, homens e mulheres que haviam extraviado seus documentos. Alguns eram apenas tímidos. Pelo menos 33 eram crianças.    

Neste livro-reportagem fundamental, a premiada jornalista Daniela Arbex resgata do esquecimento um dos capítulos mais maca bros da nossa história: a barbárie e a desumanidade praticadas, durante a maior parte do século XX, no maior hospício do Brasil, conhecido por Colônia, situado na cidade mineira de Barbacena. Ao fazê-lo, a autora traz à luz um genocídio cometido, sistematicamente, pelo Estado brasileiro, com a conivência de médicos, funcionários e também da população, pois nenhuma violação dos direitos humanos mais básicos se sustenta por tanto tempo sem a omissão da sociedade. Pelo menos 60 mil pessoas morreram entre os muros da Colônia. Em sua maioria, haviam sido internadas à força. Cerca de 70% não tinham diagnóstico de doença mental. Eram epiléticos, alcoólatras, homossexuais, prostitutas, gente que se rebelava ou que se tornara incômoda para alguém com mais poder. Eram meninas grávidas violentadas por seus patrões, esposas confinadas para que o marido pudesse morar com a amante, filhas de fazendeiros que perderam a virgindade antes do casamento, homens e mulheres que haviam extraviado seus documentos. Alguns eram apenas tímidos. Pelo menos 33 eram crianças. Fechar Ler mais

Refinar resultado

71 livros novos e 10 livros usados em 37 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Holocausto Brasileiro

Holocausto Brasileiro

Ano:   Editora: Intrinseca

Tipo: novo

Idioma: Não Informado

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
97% Positivas
950 qualificações
R$ 42,42 + frete R$ 14,40

Total: R$ 56,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado i

Holocausto Brasileiro

Holocausto Brasileiro

Ano:   Editora: Intrinseca

Tipo: novo

Idioma: Não Informado

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
97% Positivas
950 qualificações
R$ 42,42 + frete R$ 14,40

Total: R$ 56,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado i

Holocausto Brasileiro Capa ilustrativa

Holocausto Brasileiro

Ano:   Editora: Geracao

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Livraria Humanidades Livraria Humanidades MG - Belo Horizonte
100% Positivas
92 qualificações
R$ 44,90 + frete R$ 12,29

Total: R$ 57,19

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em perfeito estado de conservação.. Excelente exemplar, sem anotações no miolo. Adquirido de biblioteca particular, apresenta um carimbo do antigo proprietário na primeira folha. Embalado em plástico + papelão, terá postagem imediata com a devida nota fiscal.

Holocausto Brasileiro

Holocausto Brasileiro

Ano:   Editora: Geracao

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Livraria Progresso Sebo Livraria Progresso Sebo PE - Recife
99% Positivas
142 qualificações
R$ 45,00 + frete R$ 13,45

Total: R$ 58,45

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro encontra-se em bom estado de conservação.

Holocausto Brasileiro - Genocídio: 60 Mil Mortos no Maior Hospício...

Holocausto Brasileiro - Genocídio: 60 Mil Mortos no Maior Hospício...

Ano:   Editora: Intrinseca

Tipo: novo

Idioma: Português

Alexandria Livros Alexandria Livros DF - Brasília
100% Positivas
28 qualificações
R$ 45,90 + frete R$ 12,92

Total: R$ 58,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição *60 mil mortos no maior Hospício do Brasil* Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena, conhecido apenas por Colônia, ocorreu uma das maiores barbáries da história do Brasil. O centro recebia diariamente, além de pacientes com diagnóstico de doença mental, homossexuais, prostitutas, epiléticos, mães solteiras, meninas problemáticas, mulheres engravidadas pelos patrões, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento, mendigos, alcoólatras, melancólicos, tímidos e todo tipo de gente considerada fora dos padrões sociais. Essas pessoas foram maltratadas e mortas com o consentimento do Estado, médicos, funcionários e sociedade. Apesar das denúncias feitas a partir da década de 1960, mais de 60 mil internos morreram e um número incontável de vidas foi marcado de maneira irreversível.

Holocausto Brasileiro - Vida, Genocídio e 60 Mil Mortes no Maior

Holocausto Brasileiro - Vida, Genocídio e 60 Mil Mortes no Maior

Ano:   Editora: Geracao Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Continental Sebo Continental SP - São Paulo
98% Positivas
80 qualificações
R$ 48,00 + frete R$ 11,24

Total: R$ 59,24

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Holocausto Brasileiro - Vida, Genocídio e 60 Mil Mortes no Maior Hospício do Brasil - Daniela Arbex (8581301576) - Brochura novo . Neste livro-reportagem, a autora resgata do esquecimento um dos capítulos da nossa história - as práticas ocorridas durante a maior parte do século XX, no maior hospício do Brasil, conhecido por Colônia, situado na cidade mineira de Barbacena. Ao fazê-lo, a autora traz à luz um genocídio cometido, sistematicamente, pelo Estado brasileiro, com a conivência de médicos, funcionários e também da população. Pelo menos 60 mil pessoas morreram entre os muros da Colônia. Em sua maioria, haviam sido internadas à força. Cerca de 70% não tinham diagnóstico de doença mental. Eram epiléticos, alcoólatras, homossexuais, prostitutas, gente que se rebelava ou que se tornara in

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

Ano:   Editora: Intrinseca

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
153 qualificações
R$ 44,91 + frete R$ 14,87

Total: R$ 59,78

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, SKU: L55731910 ISBN: 9788551004630 Sinopse: Em reportagem consagrada, Daniela Arbex denuncia um dos maiores genocídios do Brasil, no hospital Colônia, em Minas Gerais No Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena, conhecido apenas por Colônia, ocorreu uma das maiores barbáries da história do Brasil. O centro recebia diariamente, além de pacientes com diagnóstico de doença mental, homossexuais, prostitutas, epiléticos, mães solteiras, meninas problemáticas, mulheres engravidadas pelos patrões, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento, mendigos, alcoólatras, melancólicos, tímidos e todo tipo de gente considerada fora dos padrões sociais. Essas pessoas foram maltratadas e mortas com o consentimento do Estado, médicos, funcionários e sociedade. Apesar das denúncias feitas a partir da década de 1960, mais de 60 mil internos morreram e um número incontável de vidas foi marcado de maneira irreversível. Daniela Arbex entrevistou ex-funcionários e sobreviventes para resgatar de maneira detalhada e emocionante as histórias de quem viveu de perto o horror perpetrado por uma instituição com um propósito de limpeza social comparável aos regimes mais abomináveis do século XX. Um relato essencial e um marco do jornalismo investigativo no país, relançado pela Intrínseca com novo projeto gráfico e posfácio inédito da autora.

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

Ano:   Editora: Intrinseca

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
153 qualificações
R$ 44,91 + frete R$ 14,87

Total: R$ 59,78

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, SKU: L55731910 ISBN: 9788551004630 Sinopse: Em reportagem consagrada, Daniela Arbex denuncia um dos maiores genocídios do Brasil, no hospital Colônia, em Minas Gerais No Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena, conhecido apenas por Colônia, ocorreu uma das maiores barbáries da história do Brasil. O centro recebia diariamente, além de pacientes com diagnóstico de doença mental, homossexuais, prostitutas, epiléticos, mães solteiras, meninas problemáticas, mulheres engravidadas pelos patrões, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento, mendigos, alcoólatras, melancólicos, tímidos e todo tipo de gente considerada fora dos padrões sociais. Essas pessoas foram maltratadas e mortas com o consentimento do Estado, médicos, funcionários e sociedade. Apesar das denúncias feitas a partir da década de 1960, mais de 60 mil internos morreram e um número incontável de vidas foi marcado de maneira irreversível. Daniela Arbex entrevistou ex-funcionários e sobreviventes para resgatar de maneira detalhada e emocionante as histórias de quem viveu de perto o horror perpetrado por uma instituição com um propósito de limpeza social comparável aos regimes mais abomináveis do século XX. Um relato essencial e um marco do jornalismo investigativo no país, relançado pela Intrínseca com novo projeto gráfico e posfácio inédito da autora.

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

Ano:   Editora: Intrinseca

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
153 qualificações
R$ 44,91 + frete R$ 14,87

Total: R$ 59,78

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, SKU: L55731910 ISBN: 9788551004630 Sinopse: Em reportagem consagrada, Daniela Arbex denuncia um dos maiores genocídios do Brasil, no hospital Colônia, em Minas Gerais No Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena, conhecido apenas por Colônia, ocorreu uma das maiores barbáries da história do Brasil. O centro recebia diariamente, além de pacientes com diagnóstico de doença mental, homossexuais, prostitutas, epiléticos, mães solteiras, meninas problemáticas, mulheres engravidadas pelos patrões, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento, mendigos, alcoólatras, melancólicos, tímidos e todo tipo de gente considerada fora dos padrões sociais. Essas pessoas foram maltratadas e mortas com o consentimento do Estado, médicos, funcionários e sociedade. Apesar das denúncias feitas a partir da década de 1960, mais de 60 mil internos morreram e um número incontável de vidas foi marcado de maneira irreversível. Daniela Arbex entrevistou ex-funcionários e sobreviventes para resgatar de maneira detalhada e emocionante as histórias de quem viveu de perto o horror perpetrado por uma instituição com um propósito de limpeza social comparável aos regimes mais abomináveis do século XX. Um relato essencial e um marco do jornalismo investigativo no país, relançado pela Intrínseca com novo projeto gráfico e posfácio inédito da autora.

Holocausto Brasileiro - Genocídio: 60 Mil Mortes no Maior Hospício ...

Holocausto Brasileiro - Genocídio: 60 Mil Mortes no Maior Hospício ...

Ano:   Editora: Geracao Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Grandes Escritores Livraria Grandes Escritores SP - São Paulo
100% Positivas
11 qualificações
R$ 44,95 + frete R$ 14,87

Total: R$ 59,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro "Novo"; Envio em até 3 dias úteis + prazo do frete; Idioma: Português; Formato: 23x16cm; Acabaamento: Brochura; 256 páginas; ISBN: 9788581301570; Sinopse: Neste livro-reportagem, a autora resgata do esquecimento um dos capítulos da nossa história - as práticas ocorridas durante a maior parte do século XX, no maior hospício do Brasil, conhecido por Colônia, situado na cidade mineira de Barbacena. Ao fazê-lo, a autora traz à luz um genocídio cometido, sistematicamente, pelo Estado brasileiro, com a conivência de médicos, funcionários e também da população. Pelo menos 60 mil pessoas morreram entre os muros da Colônia. Em sua maioria, haviam sido internadas à força. Título Completo: Holocausto Brasileiro - Genocídio: 60 mil mortes no maior hospício do Brasil - 12ª Edição.

Holocausto Brasileiro - Genocídio: 60 Mil Mortes no Maior Hospício ...

Holocausto Brasileiro - Genocídio: 60 Mil Mortes no Maior Hospício ...

Ano:   Editora: Geracao Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Grandes Escritores Livraria Grandes Escritores SP - São Paulo
100% Positivas
11 qualificações
R$ 44,95 + frete R$ 14,87

Total: R$ 59,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro "Novo"; Envio em até 3 dias úteis + prazo do frete; Idioma: Português; Formato: 23x16cm; Acabaamento: Brochura; 256 páginas; ISBN: 9788581301570; Sinopse: Neste livro-reportagem, a autora resgata do esquecimento um dos capítulos da nossa história - as práticas ocorridas durante a maior parte do século XX, no maior hospício do Brasil, conhecido por Colônia, situado na cidade mineira de Barbacena. Ao fazê-lo, a autora traz à luz um genocídio cometido, sistematicamente, pelo Estado brasileiro, com a conivência de médicos, funcionários e também da população. Pelo menos 60 mil pessoas morreram entre os muros da Colônia. Em sua maioria, haviam sido internadas à força. Título Completo: Holocausto Brasileiro - Genocídio: 60 mil mortes no maior hospício do Brasil - 12ª Edição.

Holocausto Brasileiro - Genocídio: 60 Mil Mortes no Maior Hospício ...

Holocausto Brasileiro - Genocídio: 60 Mil Mortes no Maior Hospício ...

Ano:   Editora: Geracao Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Grandes Escritores Livraria Grandes Escritores SP - São Paulo
100% Positivas
11 qualificações
R$ 44,95 + frete R$ 14,87

Total: R$ 59,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro "Novo"; Envio em até 3 dias úteis + prazo do frete; Idioma: Português; Formato: 23x16cm; Acabaamento: Brochura; 256 páginas; ISBN: 9788581301570; Sinopse: Neste livro-reportagem, a autora resgata do esquecimento um dos capítulos da nossa história - as práticas ocorridas durante a maior parte do século XX, no maior hospício do Brasil, conhecido por Colônia, situado na cidade mineira de Barbacena. Ao fazê-lo, a autora traz à luz um genocídio cometido, sistematicamente, pelo Estado brasileiro, com a conivência de médicos, funcionários e também da população. Pelo menos 60 mil pessoas morreram entre os muros da Colônia. Em sua maioria, haviam sido internadas à força. Título Completo: Holocausto Brasileiro - Genocídio: 60 mil mortes no maior hospício do Brasil - 12ª Edição.

Holocausto Brasileiro - Genocídio: 60 Mil Mortes no Maior Hospício ...

Holocausto Brasileiro - Genocídio: 60 Mil Mortes no Maior Hospício ...

Ano:   Editora: Geracao Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Grandes Escritores Livraria Grandes Escritores SP - São Paulo
100% Positivas
11 qualificações
R$ 44,95 + frete R$ 14,87

Total: R$ 59,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro "Novo"; Envio em até 3 dias úteis + prazo do frete; Idioma: Português; Formato: 23x16cm; Acabaamento: Brochura; 256 páginas; ISBN: 9788581301570; Sinopse: Neste livro-reportagem, a autora resgata do esquecimento um dos capítulos da nossa história - as práticas ocorridas durante a maior parte do século XX, no maior hospício do Brasil, conhecido por Colônia, situado na cidade mineira de Barbacena. Ao fazê-lo, a autora traz à luz um genocídio cometido, sistematicamente, pelo Estado brasileiro, com a conivência de médicos, funcionários e também da população. Pelo menos 60 mil pessoas morreram entre os muros da Colônia. Em sua maioria, haviam sido internadas à força. Título Completo: Holocausto Brasileiro - Genocídio: 60 mil mortes no maior hospício do Brasil - 12ª Edição.

Holocausto Brasileiro - Genocídio: 60 Mil Mortes no Maior Hospício ...

Holocausto Brasileiro - Genocídio: 60 Mil Mortes no Maior Hospício ...

Ano:   Editora: Geracao Editorial

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Grandes Escritores Livraria Grandes Escritores SP - São Paulo
100% Positivas
11 qualificações
R$ 44,95 + frete R$ 14,87

Total: R$ 59,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro "Novo"; Envio em até 3 dias úteis + prazo do frete; Idioma: Português; Formato: 23x16cm; Acabaamento: Brochura; 256 páginas; ISBN: 9788581301570; Sinopse: Neste livro-reportagem, a autora resgata do esquecimento um dos capítulos da nossa história - as práticas ocorridas durante a maior parte do século XX, no maior hospício do Brasil, conhecido por Colônia, situado na cidade mineira de Barbacena. Ao fazê-lo, a autora traz à luz um genocídio cometido, sistematicamente, pelo Estado brasileiro, com a conivência de médicos, funcionários e também da população. Pelo menos 60 mil pessoas morreram entre os muros da Colônia. Em sua maioria, haviam sido internadas à força. Título Completo: Holocausto Brasileiro - Genocídio: 60 mil mortes no maior hospício do Brasil - 12ª Edição.

Holocausto Brasileiro

Holocausto Brasileiro

Ano:   Editora: Geracao

Tipo: novo

Idioma: Português

Solario Livraria Solario Livraria RJ - Rio de Janeiro
97% Positivas
58 qualificações
R$ 46,90 + frete R$ 12,92

Total: R$ 59,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO. Durante décadas, milhares de pacientes foram internados à força, sem diagnóstico de doença mental, num enorme hospício na cidade de Barbacena, em Minas Gerais. Ali foram torturados, violentados e mortos sem que ninguém se importasse com seu destino. Eram apenas epilépticos, alcoólatras, homossexuais, prostitutas, meninas grávidas pelos patrões, mulheres confinadas pelos maridos, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento. Ninguém ouvia seus gritos. Jornalistas famosos, nos anos 60 e 70, fizeram reportagens denunciando os maus tratos. Nenhum deles — como faz agora Daniela Arbex — conseguiu contar a história completa. O que se praticou no Hospício de Barbacena foi um genocídio, com 60 mil mortes.

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

Ano:   Editora: Intrinseca

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
99% Positivas
617 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 9,93

Total: R$ 59,83

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Em reportagem consagrada, Daniela Arbex denuncia um dos maiores genocídios do Brasil, no hospital Colônia, em Minas Gerais   No Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena, conhecido apenas por Colônia, ocorreu uma das maiores barbáries da história do Brasil. O centro recebia diariamente, além de pacientes com diagnóstico de doença mental, homossexuais, prostitutas, epiléticos, mães solteiras, meninas problemáticas, mulheres engravidadas pelos patrões, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento, mendigos, alcoólatras, melancólicos, tímidos e todo tipo de gente considerada fora dos padrões sociais. Essas pessoas foram maltratadas e mortas com o consentimento do Estado, médicos, funcionários e sociedade. Apesar das denúncias feitas a partir da década de 1960, mais de 60 mil internos morreram e um número incontável de vidas foi marcado de maneira irreversível. Daniela Arbex entrevistou ex-funcionários e sobreviventes para resgatar de maneira detalhada e emocionante as histórias de quem viveu de perto o horror perpetrado por uma instituição com um propósito de limpeza social comparável aos regimes mais abomináveis do século XX. Um relato essencial e um marco do jornalismo investigativo no país, relançado pela Intrínseca com novo projeto gráfico e posfácio inédito da autora.

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

Ano:   Editora: Intrinseca

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
99% Positivas
617 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 9,93

Total: R$ 59,83

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Em reportagem consagrada, Daniela Arbex denuncia um dos maiores genocídios do Brasil, no hospital Colônia, em Minas Gerais   No Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena, conhecido apenas por Colônia, ocorreu uma das maiores barbáries da história do Brasil. O centro recebia diariamente, além de pacientes com diagnóstico de doença mental, homossexuais, prostitutas, epiléticos, mães solteiras, meninas problemáticas, mulheres engravidadas pelos patrões, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento, mendigos, alcoólatras, melancólicos, tímidos e todo tipo de gente considerada fora dos padrões sociais. Essas pessoas foram maltratadas e mortas com o consentimento do Estado, médicos, funcionários e sociedade. Apesar das denúncias feitas a partir da década de 1960, mais de 60 mil internos morreram e um número incontável de vidas foi marcado de maneira irreversível. Daniela Arbex entrevistou ex-funcionários e sobreviventes para resgatar de maneira detalhada e emocionante as histórias de quem viveu de perto o horror perpetrado por uma instituição com um propósito de limpeza social comparável aos regimes mais abomináveis do século XX. Um relato essencial e um marco do jornalismo investigativo no país, relançado pela Intrínseca com novo projeto gráfico e posfácio inédito da autora.

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

Ano:   Editora: Intrinseca

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
99% Positivas
617 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 9,93

Total: R$ 59,83

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Em reportagem consagrada, Daniela Arbex denuncia um dos maiores genocídios do Brasil, no hospital Colônia, em Minas Gerais   No Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena, conhecido apenas por Colônia, ocorreu uma das maiores barbáries da história do Brasil. O centro recebia diariamente, além de pacientes com diagnóstico de doença mental, homossexuais, prostitutas, epiléticos, mães solteiras, meninas problemáticas, mulheres engravidadas pelos patrões, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento, mendigos, alcoólatras, melancólicos, tímidos e todo tipo de gente considerada fora dos padrões sociais. Essas pessoas foram maltratadas e mortas com o consentimento do Estado, médicos, funcionários e sociedade. Apesar das denúncias feitas a partir da década de 1960, mais de 60 mil internos morreram e um número incontável de vidas foi marcado de maneira irreversível. Daniela Arbex entrevistou ex-funcionários e sobreviventes para resgatar de maneira detalhada e emocionante as histórias de quem viveu de perto o horror perpetrado por uma instituição com um propósito de limpeza social comparável aos regimes mais abomináveis do século XX. Um relato essencial e um marco do jornalismo investigativo no país, relançado pela Intrínseca com novo projeto gráfico e posfácio inédito da autora.

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

Ano:   Editora: Intrinseca

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
99% Positivas
617 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 9,93

Total: R$ 59,83

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Em reportagem consagrada, Daniela Arbex denuncia um dos maiores genocídios do Brasil, no hospital Colônia, em Minas Gerais   No Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena, conhecido apenas por Colônia, ocorreu uma das maiores barbáries da história do Brasil. O centro recebia diariamente, além de pacientes com diagnóstico de doença mental, homossexuais, prostitutas, epiléticos, mães solteiras, meninas problemáticas, mulheres engravidadas pelos patrões, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento, mendigos, alcoólatras, melancólicos, tímidos e todo tipo de gente considerada fora dos padrões sociais. Essas pessoas foram maltratadas e mortas com o consentimento do Estado, médicos, funcionários e sociedade. Apesar das denúncias feitas a partir da década de 1960, mais de 60 mil internos morreram e um número incontável de vidas foi marcado de maneira irreversível. Daniela Arbex entrevistou ex-funcionários e sobreviventes para resgatar de maneira detalhada e emocionante as histórias de quem viveu de perto o horror perpetrado por uma instituição com um propósito de limpeza social comparável aos regimes mais abomináveis do século XX. Um relato essencial e um marco do jornalismo investigativo no país, relançado pela Intrínseca com novo projeto gráfico e posfácio inédito da autora.

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

Ano:   Editora: Intrinseca

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
99% Positivas
617 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 9,93

Total: R$ 59,83

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Em reportagem consagrada, Daniela Arbex denuncia um dos maiores genocídios do Brasil, no hospital Colônia, em Minas Gerais   No Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena, conhecido apenas por Colônia, ocorreu uma das maiores barbáries da história do Brasil. O centro recebia diariamente, além de pacientes com diagnóstico de doença mental, homossexuais, prostitutas, epiléticos, mães solteiras, meninas problemáticas, mulheres engravidadas pelos patrões, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento, mendigos, alcoólatras, melancólicos, tímidos e todo tipo de gente considerada fora dos padrões sociais. Essas pessoas foram maltratadas e mortas com o consentimento do Estado, médicos, funcionários e sociedade. Apesar das denúncias feitas a partir da década de 1960, mais de 60 mil internos morreram e um número incontável de vidas foi marcado de maneira irreversível. Daniela Arbex entrevistou ex-funcionários e sobreviventes para resgatar de maneira detalhada e emocionante as histórias de quem viveu de perto o horror perpetrado por uma instituição com um propósito de limpeza social comparável aos regimes mais abomináveis do século XX. Um relato essencial e um marco do jornalismo investigativo no país, relançado pela Intrínseca com novo projeto gráfico e posfácio inédito da autora.

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

Ano:   Editora: Intrinseca

Tipo: novo

Idioma: Português

Boa Viagem Distribuidora Boa Viagem Distribuidora MG - Belo Horizonte
100% Positivas
48 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 9,93

Total: R$ 59,83

Comprar ler descrição ocultar

Descrição No Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena, conhecido apenas por Colônia, ocorreu uma das maiores barbáries da história do Brasil. O centro recebia diariamente, além de pacientes com diagnóstico de doença mental, homossexuais, prostitutas, epiléticos, mães solteiras, meninas problemáticas, mulheres engravidadas pelos patrões, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento, mendigos, alcoólatras, melancólicos, tímidos e todo tipo de gente considerada fora dos padrões sociais.Essas pessoas foram maltratadas e mortas com o consentimento do Estado, médicos, funcionários e sociedade. Apesar das denúncias feitas a partir da década de 1960, mais de 60 mil internos morreram e um número incontável de vidas foi marcado de maneira irreversível.Daniela Arbex entrevistou ex-funcionários e sobreviventes para resgatar de maneira detalhada e emocionante as histórias de quem viveu de perto o horror perpetrado por uma instituição com um propósito de limpeza social comparável aos regimes mais abomináveis do século XX. Um relato essencial e um marco do jornalismo investigativo no país, relançado pela Intrínseca com novo projeto gráfico e posfácio inédito da autora.

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

Ano:   Editora: Intrinseca

Tipo: novo

Idioma: Português

Boa Viagem Distribuidora Boa Viagem Distribuidora MG - Belo Horizonte
100% Positivas
48 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 9,93

Total: R$ 59,83

Comprar ler descrição ocultar

Descrição No Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena, conhecido apenas por Colônia, ocorreu uma das maiores barbáries da história do Brasil. O centro recebia diariamente, além de pacientes com diagnóstico de doença mental, homossexuais, prostitutas, epiléticos, mães solteiras, meninas problemáticas, mulheres engravidadas pelos patrões, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento, mendigos, alcoólatras, melancólicos, tímidos e todo tipo de gente considerada fora dos padrões sociais.Essas pessoas foram maltratadas e mortas com o consentimento do Estado, médicos, funcionários e sociedade. Apesar das denúncias feitas a partir da década de 1960, mais de 60 mil internos morreram e um número incontável de vidas foi marcado de maneira irreversível.Daniela Arbex entrevistou ex-funcionários e sobreviventes para resgatar de maneira detalhada e emocionante as histórias de quem viveu de perto o horror perpetrado por uma instituição com um propósito de limpeza social comparável aos regimes mais abomináveis do século XX. Um relato essencial e um marco do jornalismo investigativo no país, relançado pela Intrínseca com novo projeto gráfico e posfácio inédito da autora.

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

Ano:   Editora: Intrinseca

Tipo: novo

Idioma: Português

Boa Viagem Distribuidora Boa Viagem Distribuidora MG - Belo Horizonte
100% Positivas
48 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 9,93

Total: R$ 59,83

Comprar ler descrição ocultar

Descrição No Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena, conhecido apenas por Colônia, ocorreu uma das maiores barbáries da história do Brasil. O centro recebia diariamente, além de pacientes com diagnóstico de doença mental, homossexuais, prostitutas, epiléticos, mães solteiras, meninas problemáticas, mulheres engravidadas pelos patrões, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento, mendigos, alcoólatras, melancólicos, tímidos e todo tipo de gente considerada fora dos padrões sociais.Essas pessoas foram maltratadas e mortas com o consentimento do Estado, médicos, funcionários e sociedade. Apesar das denúncias feitas a partir da década de 1960, mais de 60 mil internos morreram e um número incontável de vidas foi marcado de maneira irreversível.Daniela Arbex entrevistou ex-funcionários e sobreviventes para resgatar de maneira detalhada e emocionante as histórias de quem viveu de perto o horror perpetrado por uma instituição com um propósito de limpeza social comparável aos regimes mais abomináveis do século XX. Um relato essencial e um marco do jornalismo investigativo no país, relançado pela Intrínseca com novo projeto gráfico e posfácio inédito da autora.

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

Ano:   Editora: Intrinseca

Tipo: novo

Idioma: Português

Boa Viagem Distribuidora Boa Viagem Distribuidora MG - Belo Horizonte
100% Positivas
48 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 9,93

Total: R$ 59,83

Comprar ler descrição ocultar

Descrição No Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena, conhecido apenas por Colônia, ocorreu uma das maiores barbáries da história do Brasil. O centro recebia diariamente, além de pacientes com diagnóstico de doença mental, homossexuais, prostitutas, epiléticos, mães solteiras, meninas problemáticas, mulheres engravidadas pelos patrões, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento, mendigos, alcoólatras, melancólicos, tímidos e todo tipo de gente considerada fora dos padrões sociais.Essas pessoas foram maltratadas e mortas com o consentimento do Estado, médicos, funcionários e sociedade. Apesar das denúncias feitas a partir da década de 1960, mais de 60 mil internos morreram e um número incontável de vidas foi marcado de maneira irreversível.Daniela Arbex entrevistou ex-funcionários e sobreviventes para resgatar de maneira detalhada e emocionante as histórias de quem viveu de perto o horror perpetrado por uma instituição com um propósito de limpeza social comparável aos regimes mais abomináveis do século XX. Um relato essencial e um marco do jornalismo investigativo no país, relançado pela Intrínseca com novo projeto gráfico e posfácio inédito da autora.

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

HOLOCAUSTO BRASILEIRO

Ano:   Editora: Intrinseca

Tipo: novo

Idioma: Português

Boa Viagem Distribuidora Boa Viagem Distribuidora MG - Belo Horizonte
100% Positivas
48 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 9,93

Total: R$ 59,83

Comprar ler descrição ocultar

Descrição No Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena, conhecido apenas por Colônia, ocorreu uma das maiores barbáries da história do Brasil. O centro recebia diariamente, além de pacientes com diagnóstico de doença mental, homossexuais, prostitutas, epiléticos, mães solteiras, meninas problemáticas, mulheres engravidadas pelos patrões, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento, mendigos, alcoólatras, melancólicos, tímidos e todo tipo de gente considerada fora dos padrões sociais.Essas pessoas foram maltratadas e mortas com o consentimento do Estado, médicos, funcionários e sociedade. Apesar das denúncias feitas a partir da década de 1960, mais de 60 mil internos morreram e um número incontável de vidas foi marcado de maneira irreversível.Daniela Arbex entrevistou ex-funcionários e sobreviventes para resgatar de maneira detalhada e emocionante as histórias de quem viveu de perto o horror perpetrado por uma instituição com um propósito de limpeza social comparável aos regimes mais abomináveis do século XX. Um relato essencial e um marco do jornalismo investigativo no país, relançado pela Intrínseca com novo projeto gráfico e posfácio inédito da autora.

Holocausto Brasileiro

Holocausto Brasileiro

Ano:   Editora: Geracao

Tipo: novo

Idioma: Português

A Savassi Livros A Savassi Livros MG - Belo Horizonte
98% Positivas
287 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 10,61

Total: R$ 60,51

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo. L

HOLOCAUSTO BRASILEIRO, O - VIDA, GENOCIDIO

HOLOCAUSTO BRASILEIRO, O - VIDA, GENOCIDIO

Ano:   Editora: Geracao

Tipo: novo

Idioma: Português

Boa Viagem Distribuidora Boa Viagem Distribuidora MG - Belo Horizonte
100% Positivas
48 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 10,61

Total: R$ 60,51

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Neste livro-reportagem, a autora resgata do esquecimento um dos capítulos da nossa história - as práticas ocorridas durante a maior parte do século XX, no maior hospício do Brasil, conhecido por Colônia, situado na cidade mineira de Barbacena. Ao fazê-lo, a autora traz à luz um genocídio cometido, sistematicamente, pelo Estado brasileiro, com a conivência de médicos, funcionários e também da população. Pelo menos 60 mil pessoas morreram entre os muros da Colônia. Em sua maioria, haviam sido internadas à força. Cerca de 70% não tinham diagnóstico de doença mental. Eram epiléticos, alcoólatras, homossexuais, prostitutas, gente que se rebelava ou que se tornara incômoda para alguém com mais poder. Eram meninas grávidas violentadas por seus patrões, esposas confinadas para que o marido pudesse morar com a amante, filhas de fazendeiros que perderam a virgindade antes do casamento, homens e mulheres que haviam extraviado seus documentos. Alguns eram apenas tímidos. Pelo menos 33 eram crianças.

HOLOCAUSTO BRASILEIRO, O - VIDA, GENOCIDIO

HOLOCAUSTO BRASILEIRO, O - VIDA, GENOCIDIO

Ano:   Editora: Geracao

Tipo: novo

Idioma: Português

Boa Viagem Distribuidora Boa Viagem Distribuidora MG - Belo Horizonte
100% Positivas
48 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 10,61

Total: R$ 60,51

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Neste livro-reportagem, a autora resgata do esquecimento um dos capítulos da nossa história - as práticas ocorridas durante a maior parte do século XX, no maior hospício do Brasil, conhecido por Colônia, situado na cidade mineira de Barbacena. Ao fazê-lo, a autora traz à luz um genocídio cometido, sistematicamente, pelo Estado brasileiro, com a conivência de médicos, funcionários e também da população. Pelo menos 60 mil pessoas morreram entre os muros da Colônia. Em sua maioria, haviam sido internadas à força. Cerca de 70% não tinham diagnóstico de doença mental. Eram epiléticos, alcoólatras, homossexuais, prostitutas, gente que se rebelava ou que se tornara incômoda para alguém com mais poder. Eram meninas grávidas violentadas por seus patrões, esposas confinadas para que o marido pudesse morar com a amante, filhas de fazendeiros que perderam a virgindade antes do casamento, homens e mulheres que haviam extraviado seus documentos. Alguns eram apenas tímidos. Pelo menos 33 eram crianças.

HOLOCAUSTO BRASILEIRO, O - VIDA, GENOCIDIO

HOLOCAUSTO BRASILEIRO, O - VIDA, GENOCIDIO

Ano:   Editora: Geracao

Tipo: novo

Idioma: Português

Boa Viagem Distribuidora Boa Viagem Distribuidora MG - Belo Horizonte
100% Positivas
48 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 10,61

Total: R$ 60,51

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Neste livro-reportagem, a autora resgata do esquecimento um dos capítulos da nossa história - as práticas ocorridas durante a maior parte do século XX, no maior hospício do Brasil, conhecido por Colônia, situado na cidade mineira de Barbacena. Ao fazê-lo, a autora traz à luz um genocídio cometido, sistematicamente, pelo Estado brasileiro, com a conivência de médicos, funcionários e também da população. Pelo menos 60 mil pessoas morreram entre os muros da Colônia. Em sua maioria, haviam sido internadas à força. Cerca de 70% não tinham diagnóstico de doença mental. Eram epiléticos, alcoólatras, homossexuais, prostitutas, gente que se rebelava ou que se tornara incômoda para alguém com mais poder. Eram meninas grávidas violentadas por seus patrões, esposas confinadas para que o marido pudesse morar com a amante, filhas de fazendeiros que perderam a virgindade antes do casamento, homens e mulheres que haviam extraviado seus documentos. Alguns eram apenas tímidos. Pelo menos 33 eram crianças.

HOLOCAUSTO BRASILEIRO, O - VIDA, GENOCIDIO

HOLOCAUSTO BRASILEIRO, O - VIDA, GENOCIDIO

Ano:   Editora: Geracao

Tipo: novo

Idioma: Português

Boa Viagem Distribuidora Boa Viagem Distribuidora MG - Belo Horizonte
100% Positivas
48 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 10,61

Total: R$ 60,51

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Neste livro-reportagem, a autora resgata do esquecimento um dos capítulos da nossa história - as práticas ocorridas durante a maior parte do século XX, no maior hospício do Brasil, conhecido por Colônia, situado na cidade mineira de Barbacena. Ao fazê-lo, a autora traz à luz um genocídio cometido, sistematicamente, pelo Estado brasileiro, com a conivência de médicos, funcionários e também da população. Pelo menos 60 mil pessoas morreram entre os muros da Colônia. Em sua maioria, haviam sido internadas à força. Cerca de 70% não tinham diagnóstico de doença mental. Eram epiléticos, alcoólatras, homossexuais, prostitutas, gente que se rebelava ou que se tornara incômoda para alguém com mais poder. Eram meninas grávidas violentadas por seus patrões, esposas confinadas para que o marido pudesse morar com a amante, filhas de fazendeiros que perderam a virgindade antes do casamento, homens e mulheres que haviam extraviado seus documentos. Alguns eram apenas tímidos. Pelo menos 33 eram crianças.

Avaliações do livro

5 de 5 estrelas (1 avaliação)

Faça sua avaliação

Avalie o livro

  • excelente

    Por: Eleandra Cristina Bibiano da Silva , em 24/08/2018 Eu recomendo este livro

    Chegou dentro do prazo, em excelentes condições. Parabéns.

    Esta avaliação foi útil?