A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Felicidade Clandestina Capa ilustrativa

Felicidade Clandestina

Clarice Lispector

Publicado pela primeira vez em 1971, Felicidade clandestina reúne 25 contos que falam de infância, adolescência e família, mas relatam, acima de tudo, as angústias da alma. Como é comum na obra de Clarice Lispector, a descrição dos ambientes e das personagens perde importância para a revelação de sentimentos mais profundos. "Felicidade clandestina" é o nome do primeiro conto. Como em muitos outros, é narrado na primeira pessoa, e mostra que o prazer da leitura é solitário e, quando difícil de ser conquistado, torna-se ainda maior. O conto narra a crueldade da filha do dono de uma livraria que se recusa a emprestar As reinações de Narizinho , de Monteiro Lobato, até que a intervenção da mãe da menina permite à narradora deliciar-se, vagarosamente, com a posse do livro. A história, como outras do livro, acontece no Recife, onde a autora passou sua infância. A dificuldade de se relacionar está presente em todos os contos. Em "Uma amizade sincera", dois amigos quanto mais se aproximam fisicamente, mais distantes ficam; em "Miopia progressiva", sobre a expectativa de um garoto em passar o dia na casa da prima mais velha e a decepção quando, enfim, chega o grande dia e nada de especial acontece. Solidão e morte também estão presentes no melancólico "O grande passeio", sobre a velhinha solitária com quem ninguém quer ficar; "A legião estrangeira" fala das visitas, dos conselhos e do silêncio da menina Ofélia; e "Os obedientes", da insuportável simetria do casamento. O cotidiano da vida familiar também faz parte da coletânea, em "Uma esperança" e "Macacos", nos quais as relações dos humanos com os animais servem para a autora falar dos mistérios da vida e da morte. "Os desastres de Sofia" é um dos mais belos contos e trata da relação de amor e ódio de uma menina de nove anos e seu professor. Outro grande exemplo das dificuldades de relacionamento é "A mensagem", sobre dois estudantes, que tentam não se ver como homem e mulher. Só quando ela vai embora é que o rapaz percebe que já é um homem e vê a colega como uma mulher. A descoberta do sexo também é tema da última história, "O primeiro beijo", em que um estudante descobre a mulher após "beijar" os lábios de uma estátua. Entre os 25 contos de Felicidade clandestina , há textos originalmente publicados em jornal e outros que faziam parte do livro A legião estrangeira . A maioria trata de recordações familiares e de infância, mas todos testemunham os mais profundos segredos da alma humana. Felicidade clandestina, como os demais títulos de Clarice Lispector relançados pela Rocco, recebeu novo tratamento gráfico e passou por rigorosa revisão de texto, feita pela especialista em crítica textual Marlene Gomes Mendes, baseada em sua primeira edição.    

Publicado pela primeira vez em 1971, Felicidade clandestina reúne 25 contos que falam de infância, adolescência e família , mas relatam, acima de tudo, as angústias da alma. Como é comum na obra de Clarice Lispector, a descrição dos ambientes e das personagens perde importância para a revelação de sentimentos mais profundos. "Felicidade clandestina" é o nome do primeiro conto. Como em muitos outros, é narrado na primeira pessoa, e mostra que o prazer da leitura é solitário e, quando difícil de ser conquistado, torna-se ainda maior. O conto narra a crueldade da filha do dono de uma livraria que se recusa a emprestar As reinações de Narizinho , de Monteiro Lobato, até que a intervenção da mãe da menina permite à narradora deliciar-se, vagarosamente, com a posse do livro. A história, como outras do livro, acontece no Recife, onde a autora passou sua infância. A dificuldade de se relacionar está presente em todos os contos. Em "Uma amizade sincera", dois amigos quanto mais se aproximam fisicamente, mais distantes ficam; em "Miopia progressiva", sobre a expectativa de um garoto em passar o dia na casa da prima mais velha e a decepção quando, enfim, chega o grande dia e nada de especial acontece. Solidão e morte também estão presentes no melancólico "O grande passeio", sobre a velhinha solitária com quem ninguém quer ficar; "A legião estrangeira" fala das visitas, dos conselhos e do silêncio da menina Ofélia; e "Os obedientes", da insuportável simetria do casamento. O cotidiano da vida familiar também faz parte da coletânea, em "Uma esperança" e "Macacos", nos quais as relações dos humanos com os animais servem para a autora falar dos mistérios da vida e da morte. "Os desastres de Sofia" é um dos mais belos contos e trata da relação de amor e ódio de uma menina de nove anos e seu professor. Outro grande exemplo das dificuldades de relacionamento é "A mensagem", sobre dois estudantes, que tentam não se ver como homem e mulher. Só quando ela vai embora é que o rapaz percebe que já é um homem e vê a colega como uma mulher. A descoberta do sexo também é tema da última história, "O primeiro beijo", em que um estudante descobre a mulher após "beijar" os lábios de uma estátua. Entre os 25 contos de Felicidade clandestina , há textos originalmente publicados em jornal e outros que faziam parte do livro A legião estrangeira . A maioria trata de recordações familiares e de infância, mas todos testemunham os mais profundos segredos da alma humana. Felicidade clandestina, como os demais títulos de Clarice Lispector relançados pela Rocco, recebeu novo tratamento gráfico e passou por rigorosa revisão de texto, feita pela especialista em crítica textual Marlene Gomes Mendes, baseada em sua primeira edição. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Felicidade clandestina

Capa ilustrativa
Refinar resultado

27 livros novos e 22 livros usados em 29 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Felicidade clandestina Capa ilustrativa

Felicidade clandestina

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Não Informado

Sebo Segunda Mão Sebo Segunda Mão SP - São Bernardo do Campo
100% Positivas
66 qualificações
R$ 10,00 + frete R$ 9,40

Total: R$ 19,40

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Bom estado

Felicidade Clandestina Capa ilustrativa

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Livraria Urbana Livraria Urbana SP - São Paulo
99% Positivas
190 qualificações
R$ 13,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 21,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro em bom estado

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Livraria Amaral Livraria Amaral SP - São Paulo
100% Positivas
415 qualificações
R$ 20,00 + frete R$ 9,40

Total: R$ 29,40

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Usado Muito bom estado de conservação. Brochura, 159 págs. Não contém anotações ou grifos. Contém etiqueta com nome do ex dono na 1ª capa. Foto original. T

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Sebo da Lili Sebo da Lili PR - Piraquara
98% Positivas
130 qualificações
R$ 20,00 + frete R$ 13,87

Total: R$ 33,87

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado, sem riscos, sem rasgos, sinais de manuseio, capa levemente dobrada, adesivo colado.

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Individuação Livros Individuação Livros PR - Curitiba
97% Positivas
29 qualificações
R$ 22,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 30,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Capas em ótimo estado. Texto sem intervenções. Bordas com sinais de manuseio e armazenamento. // "Reúne 25 contos que falam de infância, adolescência e família, relatando também as angústias da alma. Felicidade Clandestina é o nome do primeiro conto. É narrado na primeira pessoa, e mostra que o prazer da leitura é solitário e, quando difícil de ser conquistado, torna-se ainda maior. O conto narra a crueldade da filha do dono de uma livraria que se recusa a emprestar As Reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato, até que a intervenção da mãe da menina permite à narradora deliciar-se, vagarosamente, com a posse do livro. A história, como outras do livro, acontece no Recife, onde a autora passou sua infância. A dificuldade de se relacionar está presente em todos os contos."

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Nova Fronteira

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Livraria Passos Livraria Passos RS - Porto Alegre
100% Positivas
28 qualificações
R$ 22,00 + frete R$ 9,93

Total: R$ 31,93

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, bom estado de conservação, lombada e capas com sinais de manuseio, cortes amarelados, com assinatura na folha de rosto, páginas amareladas. - 201625064

FELICIDADE CLANDESTINA

FELICIDADE CLANDESTINA

Ano:   Editora: Nova Fronteira

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Sebo Fulô Sebo Fulô RS - Porto Alegre
99% Positivas
94 qualificações
R$ 22,00 + frete R$ 11,24

Total: R$ 33,24

Comprar ler descrição ocultar

Descrição PEQUENO DANO NA LOMBADA, BOM ESTADO GERAL

FELICIDADE CLANDESTINA Capa ilustrativa

FELICIDADE CLANDESTINA

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
98% Positivas
172 qualificações
R$ 22,95 + frete R$ 11,24

Total: R$ 34,19

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, SKU: L55040040 ISBN: 9788532508171 Sinopse: Publicado pela primeira vez em 1971, Felicidade clandestina reúne 25 contos que falam de infância, adolescência e família, mas relatam, acima de tudo, as angústias da alma. Como é comum na obra de Clarice Lispector, a descrição dos ambientes e das personagens perde importância para a revelação de sentimentos mais profundos. Felicidade clandestina é o nome do primeiro conto. Como em muitos outros, é narrado na primeira pessoa, e mostra que o prazer da leitura é solitário e, quando difícil de ser conquistado, torna-se ainda maior. O conto narra a crueldade da filha do dono de uma livraria que se recusa a emprestar As reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato, até que a intervenção da mãe da menina permite à narradora deliciar-se, vagarosamente, com a posse do livro. A história, como outras do livro, acontece no Recife, onde a autora passou sua infância. A dificuldade de se relacionar está presente em todos os contos. Em Uma amizade sincera , dois amigos quanto mais se aproximam fisicamente, mais distantes ficam; em Miopia progressiva , sobre a expectativa de um garoto em passar o dia na casa da prima mais velha e a decepção quando, enfim, chega o grande dia e nada de especial acontece. Solidão e morte também estão presentes no melancólico O grande passeio , sobre a velhinha solitária com quem ninguém quer ficar; A legião estrangeira fala das visitas, dos conselhos e do silêncio da menina Ofélia; e Os obedientes , da insuportável simetria do casamento. O cotidiano da vida familiar também faz parte da coletânea, em Uma esperança e Macacos , nos quais as relações dos humanos com os animais servem para a autora falar dos mistérios da vida e da morte. Os desastres de Sofia é um dos mais belos contos e trata da relação de amor e ódio de uma menina de nove anos e seu professor. Outro grande exemplo das dificuldades de relacionamento é A mensagem , sobre dois estudantes, que tentam não se ver como homem e mulher. Só quando ela vai embora é que o rapaz percebe que já é um homem e vê a colega como uma mulher. A descoberta do sexo também é tema da última história, O primeiro beijo , em que um estudante descobre a mulher após beijar os lábios de uma estátua. Entre os 25 contos de Felicidade clandestina, há textos originalmente publicados em jornal e outros que faziam parte do livro A legião estrangeira. A maioria trata de recordações familiares e de infância, mas todos testemunham os mais profundos segredos da alma humana. Felicidade clandestina, como os demais títulos de Clarice Lispector relançados pela Rocco, recebeu novo tratamento gráfico e passou por rigorosa revisão de texto, feita pela especialista em crítica textual Marlene Gomes Mendes, baseada em sua primeira edição.

FELICIDADE CLANDESTINA Capa ilustrativa

FELICIDADE CLANDESTINA

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
98% Positivas
172 qualificações
R$ 22,95 + frete R$ 11,24

Total: R$ 34,19

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, SKU: L55040040 ISBN: 9788532508171 Sinopse: Publicado pela primeira vez em 1971, Felicidade clandestina reúne 25 contos que falam de infância, adolescência e família, mas relatam, acima de tudo, as angústias da alma. Como é comum na obra de Clarice Lispector, a descrição dos ambientes e das personagens perde importância para a revelação de sentimentos mais profundos. Felicidade clandestina é o nome do primeiro conto. Como em muitos outros, é narrado na primeira pessoa, e mostra que o prazer da leitura é solitário e, quando difícil de ser conquistado, torna-se ainda maior. O conto narra a crueldade da filha do dono de uma livraria que se recusa a emprestar As reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato, até que a intervenção da mãe da menina permite à narradora deliciar-se, vagarosamente, com a posse do livro. A história, como outras do livro, acontece no Recife, onde a autora passou sua infância. A dificuldade de se relacionar está presente em todos os contos. Em Uma amizade sincera , dois amigos quanto mais se aproximam fisicamente, mais distantes ficam; em Miopia progressiva , sobre a expectativa de um garoto em passar o dia na casa da prima mais velha e a decepção quando, enfim, chega o grande dia e nada de especial acontece. Solidão e morte também estão presentes no melancólico O grande passeio , sobre a velhinha solitária com quem ninguém quer ficar; A legião estrangeira fala das visitas, dos conselhos e do silêncio da menina Ofélia; e Os obedientes , da insuportável simetria do casamento. O cotidiano da vida familiar também faz parte da coletânea, em Uma esperança e Macacos , nos quais as relações dos humanos com os animais servem para a autora falar dos mistérios da vida e da morte. Os desastres de Sofia é um dos mais belos contos e trata da relação de amor e ódio de uma menina de nove anos e seu professor. Outro grande exemplo das dificuldades de relacionamento é A mensagem , sobre dois estudantes, que tentam não se ver como homem e mulher. Só quando ela vai embora é que o rapaz percebe que já é um homem e vê a colega como uma mulher. A descoberta do sexo também é tema da última história, O primeiro beijo , em que um estudante descobre a mulher após beijar os lábios de uma estátua. Entre os 25 contos de Felicidade clandestina, há textos originalmente publicados em jornal e outros que faziam parte do livro A legião estrangeira. A maioria trata de recordações familiares e de infância, mas todos testemunham os mais profundos segredos da alma humana. Felicidade clandestina, como os demais títulos de Clarice Lispector relançados pela Rocco, recebeu novo tratamento gráfico e passou por rigorosa revisão de texto, feita pela especialista em crítica textual Marlene Gomes Mendes, baseada em sua primeira edição.

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Livraria e Sebo Universitário Livraria e Sebo Universitário MG - Belo Horizonte
95% Positivas
44 qualificações
R$ 23,00 + frete R$ 9,40

Total: R$ 32,40

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em brochura, muito bom estado de conservação, contém 159 págnas, com dimensões de 13x20 cm, isento de marcações e escritas. 25/05/2020 ISA

Felicidade Clandestina (livro Novo)

Felicidade Clandestina (livro Novo)

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Idioma: Português

Eccos da Terra Eccos da Terra RS - Porto Alegre
100% Positivas
19 qualificações
R$ 23,80 + frete R$ 12,29

Total: R$ 36,09

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro NOVO de loja. Não é livro meramente conservado. Traz 160 páginas. Sinopse: Contos que falam de infância, adolescência e família, relatando também as angústias da alma. Felicidade Clandestina é o nome do primeiro conto. É narrado na primeira pessoa, e mostra que o prazer da leitura é solitário e, quando difícil de ser conquistado, torna-se ainda maior. O conto narra a crueldade da filha do dono de uma livraria que se recusa a emprestar As Reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato, até que a intervenção da mãe da menina permite à narradora deliciar-se, vagarosamente, com a posse do livro. A história, como outras do livro, acontece no Recife, onde a autora passou sua infância. A dificuldade de se relacionar está presente em todos os contos.

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Editora Rocco

Tipo: novo

Idioma: Português

Editora Rocco Editora Rocco SP - São Paulo
94% Positivas
54 qualificações
R$ 24,90 + frete R$ 8,24

Total: R$ 33,14

Comprar ler descrição ocultar

Descrição

Publicado pela primeira vez em 1971, Felicidade clandestina reúne 25 contos que falam de infância, adolescência e família, mas relatam, acima de tudo, as angústias da alma. Como é comum na obra de Clarice Lispector, a descrição dos ambientes e das personagens perde importância para a revelação de sentimentos mais profundos. "Felicidade clandestina" é o nome do primeiro conto. Como em muitos outros, é narrado na primeira pessoa, e mostra que o prazer da leitura é solitário e, quando difícil de ser conquistado, torna-se ainda maior. O conto narra a crueldade da filha do dono de uma livraria que se recusa a emprestar As reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato, até que a intervenção da mãe da menina permite à narradora deliciar-se, vagarosamente, com a posse do livro. A história, como outras do livro, acontece no Recife, onde a autora passou sua infância.

A dificuldade de se relacionar está presente em todos os contos. Em "Uma amizade sincera", dois amigos quanto mais se aproximam fisicamente, mais distantes ficam; em "Miopia progressiva", sobre a expectativa de um garoto em passar o dia na casa da prima mais velha e a decepção quando, enfim, chega o grande dia e nada de especial acontece. Solidão e morte também estão presentes no melancólico "O grande passeio", sobre a velhinha solitária com quem ninguém quer ficar; "A legião estrangeira" fala das visitas, dos conselhos e do silêncio da menina Ofélia; e "Os obedientes", da insuportável simetria do casamento. O cotidiano da vida familiar também faz parte da coletânea, em "Uma esperança" e "Macacos", nos quais as relações dos humanos com os animais servem para a autora falar dos mistérios da vida e da morte.

"Os desastres de Sofia" é um dos mais belos contos e trata da relação de amor e ódio de uma menina de nove anos e seu professor. Outro grande exemplo das dificuldades de relacionamento é "A mensagem", sobre dois estudantes, que tentam não se ver como homem e mulher. Só quando ela vai embora é que o rapaz percebe que já é um homem e vê a colega como uma mulher. A descoberta do sexo também é tema da última história, "O primeiro beijo", em que um estudante descobre a mulher após "beijar" os lábios de uma estátua. Entre os 25 contos de Felicidade clandestina, há textos originalmente publicados em jornal e outros que faziam parte do livro A legião estrangeira. A maioria trata de recordações familiares e de infância, mas todos testemunham os mais profundos segredos da alma humana.

Felicidade clandestina, como os demais títulos de Clarice Lispector relançados pela Rocco, recebeu novo tratamento gráfico e passou por rigorosa revisão de texto, feita pela especialista em crítica textual Marlene Gomes Mendes, baseada em sua primeira edição.

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Editora Rocco

Tipo: novo

Idioma: Português

Editora Rocco Editora Rocco SP - São Paulo
94% Positivas
54 qualificações
R$ 24,90 + frete R$ 8,24

Total: R$ 33,14

Comprar ler descrição ocultar

Descrição

Publicado pela primeira vez em 1971, Felicidade clandestina reúne 25 contos que falam de infância, adolescência e família, mas relatam, acima de tudo, as angústias da alma. Como é comum na obra de Clarice Lispector, a descrição dos ambientes e das personagens perde importância para a revelação de sentimentos mais profundos. "Felicidade clandestina" é o nome do primeiro conto. Como em muitos outros, é narrado na primeira pessoa, e mostra que o prazer da leitura é solitário e, quando difícil de ser conquistado, torna-se ainda maior. O conto narra a crueldade da filha do dono de uma livraria que se recusa a emprestar As reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato, até que a intervenção da mãe da menina permite à narradora deliciar-se, vagarosamente, com a posse do livro. A história, como outras do livro, acontece no Recife, onde a autora passou sua infância.

A dificuldade de se relacionar está presente em todos os contos. Em "Uma amizade sincera", dois amigos quanto mais se aproximam fisicamente, mais distantes ficam; em "Miopia progressiva", sobre a expectativa de um garoto em passar o dia na casa da prima mais velha e a decepção quando, enfim, chega o grande dia e nada de especial acontece. Solidão e morte também estão presentes no melancólico "O grande passeio", sobre a velhinha solitária com quem ninguém quer ficar; "A legião estrangeira" fala das visitas, dos conselhos e do silêncio da menina Ofélia; e "Os obedientes", da insuportável simetria do casamento. O cotidiano da vida familiar também faz parte da coletânea, em "Uma esperança" e "Macacos", nos quais as relações dos humanos com os animais servem para a autora falar dos mistérios da vida e da morte.

"Os desastres de Sofia" é um dos mais belos contos e trata da relação de amor e ódio de uma menina de nove anos e seu professor. Outro grande exemplo das dificuldades de relacionamento é "A mensagem", sobre dois estudantes, que tentam não se ver como homem e mulher. Só quando ela vai embora é que o rapaz percebe que já é um homem e vê a colega como uma mulher. A descoberta do sexo também é tema da última história, "O primeiro beijo", em que um estudante descobre a mulher após "beijar" os lábios de uma estátua. Entre os 25 contos de Felicidade clandestina, há textos originalmente publicados em jornal e outros que faziam parte do livro A legião estrangeira. A maioria trata de recordações familiares e de infância, mas todos testemunham os mais profundos segredos da alma humana.

Felicidade clandestina, como os demais títulos de Clarice Lispector relançados pela Rocco, recebeu novo tratamento gráfico e passou por rigorosa revisão de texto, feita pela especialista em crítica textual Marlene Gomes Mendes, baseada em sua primeira edição.

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Editora Rocco

Tipo: novo

Idioma: Português

Editora Rocco Editora Rocco SP - São Paulo
94% Positivas
54 qualificações
R$ 24,90 + frete R$ 8,24

Total: R$ 33,14

Comprar ler descrição ocultar

Descrição

Publicado pela primeira vez em 1971, Felicidade clandestina reúne 25 contos que falam de infância, adolescência e família, mas relatam, acima de tudo, as angústias da alma. Como é comum na obra de Clarice Lispector, a descrição dos ambientes e das personagens perde importância para a revelação de sentimentos mais profundos. "Felicidade clandestina" é o nome do primeiro conto. Como em muitos outros, é narrado na primeira pessoa, e mostra que o prazer da leitura é solitário e, quando difícil de ser conquistado, torna-se ainda maior. O conto narra a crueldade da filha do dono de uma livraria que se recusa a emprestar As reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato, até que a intervenção da mãe da menina permite à narradora deliciar-se, vagarosamente, com a posse do livro. A história, como outras do livro, acontece no Recife, onde a autora passou sua infância.

A dificuldade de se relacionar está presente em todos os contos. Em "Uma amizade sincera", dois amigos quanto mais se aproximam fisicamente, mais distantes ficam; em "Miopia progressiva", sobre a expectativa de um garoto em passar o dia na casa da prima mais velha e a decepção quando, enfim, chega o grande dia e nada de especial acontece. Solidão e morte também estão presentes no melancólico "O grande passeio", sobre a velhinha solitária com quem ninguém quer ficar; "A legião estrangeira" fala das visitas, dos conselhos e do silêncio da menina Ofélia; e "Os obedientes", da insuportável simetria do casamento. O cotidiano da vida familiar também faz parte da coletânea, em "Uma esperança" e "Macacos", nos quais as relações dos humanos com os animais servem para a autora falar dos mistérios da vida e da morte.

"Os desastres de Sofia" é um dos mais belos contos e trata da relação de amor e ódio de uma menina de nove anos e seu professor. Outro grande exemplo das dificuldades de relacionamento é "A mensagem", sobre dois estudantes, que tentam não se ver como homem e mulher. Só quando ela vai embora é que o rapaz percebe que já é um homem e vê a colega como uma mulher. A descoberta do sexo também é tema da última história, "O primeiro beijo", em que um estudante descobre a mulher após "beijar" os lábios de uma estátua. Entre os 25 contos de Felicidade clandestina, há textos originalmente publicados em jornal e outros que faziam parte do livro A legião estrangeira. A maioria trata de recordações familiares e de infância, mas todos testemunham os mais profundos segredos da alma humana.

Felicidade clandestina, como os demais títulos de Clarice Lispector relançados pela Rocco, recebeu novo tratamento gráfico e passou por rigorosa revisão de texto, feita pela especialista em crítica textual Marlene Gomes Mendes, baseada em sua primeira edição.

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Editora Rocco

Tipo: novo

Idioma: Português

Editora Rocco Editora Rocco SP - São Paulo
94% Positivas
54 qualificações
R$ 24,90 + frete R$ 8,24

Total: R$ 33,14

Comprar ler descrição ocultar

Descrição

Publicado pela primeira vez em 1971, Felicidade clandestina reúne 25 contos que falam de infância, adolescência e família, mas relatam, acima de tudo, as angústias da alma. Como é comum na obra de Clarice Lispector, a descrição dos ambientes e das personagens perde importância para a revelação de sentimentos mais profundos. "Felicidade clandestina" é o nome do primeiro conto. Como em muitos outros, é narrado na primeira pessoa, e mostra que o prazer da leitura é solitário e, quando difícil de ser conquistado, torna-se ainda maior. O conto narra a crueldade da filha do dono de uma livraria que se recusa a emprestar As reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato, até que a intervenção da mãe da menina permite à narradora deliciar-se, vagarosamente, com a posse do livro. A história, como outras do livro, acontece no Recife, onde a autora passou sua infância.

A dificuldade de se relacionar está presente em todos os contos. Em "Uma amizade sincera", dois amigos quanto mais se aproximam fisicamente, mais distantes ficam; em "Miopia progressiva", sobre a expectativa de um garoto em passar o dia na casa da prima mais velha e a decepção quando, enfim, chega o grande dia e nada de especial acontece. Solidão e morte também estão presentes no melancólico "O grande passeio", sobre a velhinha solitária com quem ninguém quer ficar; "A legião estrangeira" fala das visitas, dos conselhos e do silêncio da menina Ofélia; e "Os obedientes", da insuportável simetria do casamento. O cotidiano da vida familiar também faz parte da coletânea, em "Uma esperança" e "Macacos", nos quais as relações dos humanos com os animais servem para a autora falar dos mistérios da vida e da morte.

"Os desastres de Sofia" é um dos mais belos contos e trata da relação de amor e ódio de uma menina de nove anos e seu professor. Outro grande exemplo das dificuldades de relacionamento é "A mensagem", sobre dois estudantes, que tentam não se ver como homem e mulher. Só quando ela vai embora é que o rapaz percebe que já é um homem e vê a colega como uma mulher. A descoberta do sexo também é tema da última história, "O primeiro beijo", em que um estudante descobre a mulher após "beijar" os lábios de uma estátua. Entre os 25 contos de Felicidade clandestina, há textos originalmente publicados em jornal e outros que faziam parte do livro A legião estrangeira. A maioria trata de recordações familiares e de infância, mas todos testemunham os mais profundos segredos da alma humana.

Felicidade clandestina, como os demais títulos de Clarice Lispector relançados pela Rocco, recebeu novo tratamento gráfico e passou por rigorosa revisão de texto, feita pela especialista em crítica textual Marlene Gomes Mendes, baseada em sua primeira edição.

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Editora Rocco

Tipo: novo

Idioma: Português

Editora Rocco Editora Rocco SP - São Paulo
94% Positivas
54 qualificações
R$ 24,90 + frete R$ 8,24

Total: R$ 33,14

Comprar ler descrição ocultar

Descrição

Publicado pela primeira vez em 1971, Felicidade clandestina reúne 25 contos que falam de infância, adolescência e família, mas relatam, acima de tudo, as angústias da alma. Como é comum na obra de Clarice Lispector, a descrição dos ambientes e das personagens perde importância para a revelação de sentimentos mais profundos. "Felicidade clandestina" é o nome do primeiro conto. Como em muitos outros, é narrado na primeira pessoa, e mostra que o prazer da leitura é solitário e, quando difícil de ser conquistado, torna-se ainda maior. O conto narra a crueldade da filha do dono de uma livraria que se recusa a emprestar As reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato, até que a intervenção da mãe da menina permite à narradora deliciar-se, vagarosamente, com a posse do livro. A história, como outras do livro, acontece no Recife, onde a autora passou sua infância.

A dificuldade de se relacionar está presente em todos os contos. Em "Uma amizade sincera", dois amigos quanto mais se aproximam fisicamente, mais distantes ficam; em "Miopia progressiva", sobre a expectativa de um garoto em passar o dia na casa da prima mais velha e a decepção quando, enfim, chega o grande dia e nada de especial acontece. Solidão e morte também estão presentes no melancólico "O grande passeio", sobre a velhinha solitária com quem ninguém quer ficar; "A legião estrangeira" fala das visitas, dos conselhos e do silêncio da menina Ofélia; e "Os obedientes", da insuportável simetria do casamento. O cotidiano da vida familiar também faz parte da coletânea, em "Uma esperança" e "Macacos", nos quais as relações dos humanos com os animais servem para a autora falar dos mistérios da vida e da morte.

"Os desastres de Sofia" é um dos mais belos contos e trata da relação de amor e ódio de uma menina de nove anos e seu professor. Outro grande exemplo das dificuldades de relacionamento é "A mensagem", sobre dois estudantes, que tentam não se ver como homem e mulher. Só quando ela vai embora é que o rapaz percebe que já é um homem e vê a colega como uma mulher. A descoberta do sexo também é tema da última história, "O primeiro beijo", em que um estudante descobre a mulher após "beijar" os lábios de uma estátua. Entre os 25 contos de Felicidade clandestina, há textos originalmente publicados em jornal e outros que faziam parte do livro A legião estrangeira. A maioria trata de recordações familiares e de infância, mas todos testemunham os mais profundos segredos da alma humana.

Felicidade clandestina, como os demais títulos de Clarice Lispector relançados pela Rocco, recebeu novo tratamento gráfico e passou por rigorosa revisão de texto, feita pela especialista em crítica textual Marlene Gomes Mendes, baseada em sua primeira edição.

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Cultural Foz Sebo Cultural Foz PR - Foz do Iguaçu
99% Positivas
305 qualificações
R$ 25,40 + frete R$ 9,40

Total: R$ 34,80

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. lombada: vermelha escuraescrita: branca

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Cultural Foz Sebo Cultural Foz PR - Foz do Iguaçu
99% Positivas
305 qualificações
R$ 25,50 + frete R$ 9,40

Total: R$ 34,90

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. lombada: vermelhaescrita: branca

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Francisco Alves

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Livraria Sebo Ponta de Lança Livraria Sebo Ponta de Lança SP - São Paulo
99% Positivas
76 qualificações
R$ 25,82 + frete R$ 11,87

Total: R$ 37,69

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro usado em bom estado de conservação com leves sinais de armazenamento ou manuseio, páginas e bordas levemente amareladas devido a ação do tempo. Miolo apresenta leves manchas amareladas.

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Nova Fronteira

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Claudia R Fortes Claudia R Fortes SP - Caraguatatuba
100% Positivas
14 qualificações
R$ 25,90 + frete R$ 9,93

Total: R$ 35,83

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Capa e lombada gastas em suas extremidades vê amareladas Algumas páginas do livro estão grifadas a lápis , tem cortes e páginas amareladas, miolo preservado.

Felicidade Clandestina - Contos

Felicidade Clandestina - Contos

Ano:   Editora: Sabia

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Mamão Livros Mamão Livros RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
60 qualificações
R$ 27,90 + frete R$ 10,61

Total: R$ 38,51

Comprar ler descrição ocultar

Descrição com manchas e assinatura a caneta. sinais de tempo. manchinhas e leve desgaste na capa (#varf1)

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Sebonline Livros Sebonline Livros SP - São Paulo
R$ 28,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 36,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro em perfeito estado de conservação.

Felicidade Clandestina / Contos

Felicidade Clandestina / Contos

Ano:   Editora: Caminho Suave

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria São Miguel Livraria São Miguel MG - Belo Horizonte
100% Positivas
17 qualificações
R$ 29,50 + frete R$ 9,93

Total: R$ 39,43

Comprar ler descrição ocultar

Descrição CX 165 ( Exemplar novo lacrado )M

Felicidade Clandestina / Contos

Felicidade Clandestina / Contos

Ano:   Editora: Caminho Suave

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria São Miguel Livraria São Miguel MG - Belo Horizonte
100% Positivas
17 qualificações
R$ 29,50 + frete R$ 9,93

Total: R$ 39,43

Comprar ler descrição ocultar

Descrição CX 165 ( Exemplar novo lacrado )M

Felicidade Clandestina / Contos Capa ilustrativa

Felicidade Clandestina / Contos

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria São Miguel Livraria São Miguel MG - Belo Horizonte
100% Positivas
17 qualificações
R$ 29,50 + frete R$ 9,93

Total: R$ 39,43

Comprar ler descrição ocultar

Descrição CX 165 ( Exemplar novo lacrado )M

Felicidade Clandestina / Contos Capa ilustrativa

Felicidade Clandestina / Contos

Ano:   Editora: Caminho Suave

Tipo: novo

Idioma: Português

Livraria São Miguel Livraria São Miguel MG - Belo Horizonte
100% Positivas
17 qualificações
R$ 29,50 + frete R$ 9,93

Total: R$ 39,43

Comprar ler descrição ocultar

Descrição CX 165 ( Exemplar novo lacrado )M

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: seminovo/usado

Idioma: Português

Sebo da Lili Sebo da Lili PR - Piraquara
98% Positivas
130 qualificações
R$ 31,00 + frete R$ 10,61

Total: R$ 41,61

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro em bom estado , com carimbo na parte de dentro e leves marcas de manuseio.

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Idioma: Português

Solario Livraria Solario Livraria RJ - Rio de Janeiro
98% Positivas
64 qualificações
R$ 31,90 + frete R$ 9,40

Total: R$ 41,30

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO. Publicado pela primeira vez em 1971, Felicidade clandestina reúne 25 contos que falam de infância, adolescência e família, mas relatam, acima de tudo, as angústias da alma. Esta edição conta com um posfácio de Marina Colasanti.

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Idioma: Português

Solario Livraria Solario Livraria RJ - Rio de Janeiro
98% Positivas
64 qualificações
R$ 31,90 + frete R$ 9,40

Total: R$ 41,30

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO. Publicado pela primeira vez em 1971, Felicidade clandestina reúne 25 contos que falam de infância, adolescência e família, mas relatam, acima de tudo, as angústias da alma. Esta edição conta com um posfácio de Marina Colasanti.

Felicidade Clandestina

Felicidade Clandestina

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Idioma: Português

Sebo Estação Cultural Taubaté Sebo Estação Cultural Taubaté SP - Taubaté
99% Positivas
160 qualificações
R$ 34,00 + frete R$ 8,82

Total: R$ 42,82

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro