A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Geografia do Romance Capa ilustrativa

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Geografia do Romance

Capa ilustrativa

12 livros novos e 7 livros usados em 12 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Geografia do Romance Capa ilustrativa

Geografia do Romance

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: seminovo/usado

Sebo Dulcinéia Sebo Dulcinéia SP - São Paulo
100% Positivas
337 qualificações
R$ 10,00 + frete R$ 10,16

Total: R$ 20,16

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro usado em bom estado, sinais de uso nas bordas da capa, miolo e cortes sem amarelados ou grifos. P081

Geografia do Romance

Geografia do Romance

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: seminovo/usado

A Savassi Livros A Savassi Livros MG - Belo Horizonte
99% Positivas
194 qualificações
R$ 19,90 + frete R$ 7,05

Total: R$ 26,95

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em perfeito estado de conservação! Como novo!

Geografia do Romance

Geografia do Romance

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Mamão Livros Mamão Livros RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
49 qualificações
R$ 22,70 + frete R$ 8,53

Total: R$ 31,23

Comprar ler descrição ocultar

Descrição novo. lacrado (#e6)

Geografia do Romance

Geografia do Romance

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: seminovo/usado

Rodinaldo Santos Rodinaldo Santos SP - São Paulo
100% Positivas
3 qualificações
R$ 21,00 + frete R$ 11,89

Total: R$ 32,89

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado de conservação. Brochura com 191 páginas

Geografia do Romance

Geografia do Romance

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Miguilim Livros Miguilim Livros SP - Diadema
100% Positivas
208 qualificações
R$ 24,90 + frete R$ 8,05

Total: R$ 32,95

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 191pp.

Geografia do Romance Capa ilustrativa

Geografia do Romance

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: seminovo/usado

Clube do Livro2 Clube do Livro2 RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
7 qualificações
R$ 25,00 + frete R$ 8,05

Total: R$ 33,05

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Capa e livro em muito bom estado.

Geografia do Romance

Geografia do Romance

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
98% Positivas
986 qualificações
R$ 23,20 + frete R$ 10,16

Total: R$ 33,36

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Houve quem acreditasse que a globalização e a cultura de massa matariam o romance. No entanto, o escritor mexicano Carlos Fuentes crê que o efeito foi justamente o inverso - a literatura ganhou nova voz ao se dissolver a fronteira artificial que existia entre realismo e fantasia. Além disso, também foi inaugurada uma nova geografia do romance, pois os romancistas foram situados para além de suas nacionalidades, na terra comum da imaginação e da palavra. Esta é a tese principal defendida por Fuentes no livro 'Geografia do romance'. A teoria de Fuentes é embasada em uma análise profunda das obras de 11 autores de diferentes nacionalidades - Jorge Luis Borges (Argentina), Juan Goytisolo (Espanha), Augusto Roa Bastos (Paraguai), Sergio Ramírez (Nicarágua), Héctor Aguilar Camín (México), Milan Kundera (República Tcheca), György Konrád (Hungria), Julian Barnes (Inglaterra), Artur Lundkvist (Suécia), Italo Calvino (Itália) e Salman Rushdie (Índia). Ele começa com Borges, por ser o escritor que transformou o tempo e o espaço em protagonistas de suas histórias, ensinando-nos a compreender a realidade relativista desses dois conceitos. O espaço e o tempo são linguagem, e o significado dos livros não está atrás de nós, mas no futuro, no porvir. O leitor é o autor de 'Dom Quixote', por exemplo, porque ele cria o seu livro. O leitor conhece o futuro; Cervantes, não. À luz de seus mestres contemporâneos, Fuentes explica que, mesmo em um mundo onde a informação nos chega sem que se precise buscá-la, o livro acrescenta algo à realidade que antes não estava ali e, ao fazê-lo, forma a realidade, mas uma realidade que, muitas vezes, não é imediatamente perceptível ou material.

Geografia do Romance

Geografia do Romance

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
98% Positivas
986 qualificações
R$ 23,20 + frete R$ 10,16

Total: R$ 33,36

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Houve quem acreditasse que a globalização e a cultura de massa matariam o romance. No entanto, o escritor mexicano Carlos Fuentes crê que o efeito foi justamente o inverso - a literatura ganhou nova voz ao se dissolver a fronteira artificial que existia entre realismo e fantasia. Além disso, também foi inaugurada uma nova geografia do romance, pois os romancistas foram situados para além de suas nacionalidades, na terra comum da imaginação e da palavra. Esta é a tese principal defendida por Fuentes no livro 'Geografia do romance'. A teoria de Fuentes é embasada em uma análise profunda das obras de 11 autores de diferentes nacionalidades - Jorge Luis Borges (Argentina), Juan Goytisolo (Espanha), Augusto Roa Bastos (Paraguai), Sergio Ramírez (Nicarágua), Héctor Aguilar Camín (México), Milan Kundera (República Tcheca), György Konrád (Hungria), Julian Barnes (Inglaterra), Artur Lundkvist (Suécia), Italo Calvino (Itália) e Salman Rushdie (Índia). Ele começa com Borges, por ser o escritor que transformou o tempo e o espaço em protagonistas de suas histórias, ensinando-nos a compreender a realidade relativista desses dois conceitos. O espaço e o tempo são linguagem, e o significado dos livros não está atrás de nós, mas no futuro, no porvir. O leitor é o autor de 'Dom Quixote', por exemplo, porque ele cria o seu livro. O leitor conhece o futuro; Cervantes, não. À luz de seus mestres contemporâneos, Fuentes explica que, mesmo em um mundo onde a informação nos chega sem que se precise buscá-la, o livro acrescenta algo à realidade que antes não estava ali e, ao fazê-lo, forma a realidade, mas uma realidade que, muitas vezes, não é imediatamente perceptível ou material.

Geografia do Romance

Geografia do Romance

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
98% Positivas
986 qualificações
R$ 23,20 + frete R$ 10,16

Total: R$ 33,36

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Houve quem acreditasse que a globalização e a cultura de massa matariam o romance. No entanto, o escritor mexicano Carlos Fuentes crê que o efeito foi justamente o inverso - a literatura ganhou nova voz ao se dissolver a fronteira artificial que existia entre realismo e fantasia. Além disso, também foi inaugurada uma nova geografia do romance, pois os romancistas foram situados para além de suas nacionalidades, na terra comum da imaginação e da palavra. Esta é a tese principal defendida por Fuentes no livro 'Geografia do romance'. A teoria de Fuentes é embasada em uma análise profunda das obras de 11 autores de diferentes nacionalidades - Jorge Luis Borges (Argentina), Juan Goytisolo (Espanha), Augusto Roa Bastos (Paraguai), Sergio Ramírez (Nicarágua), Héctor Aguilar Camín (México), Milan Kundera (República Tcheca), György Konrád (Hungria), Julian Barnes (Inglaterra), Artur Lundkvist (Suécia), Italo Calvino (Itália) e Salman Rushdie (Índia). Ele começa com Borges, por ser o escritor que transformou o tempo e o espaço em protagonistas de suas histórias, ensinando-nos a compreender a realidade relativista desses dois conceitos. O espaço e o tempo são linguagem, e o significado dos livros não está atrás de nós, mas no futuro, no porvir. O leitor é o autor de 'Dom Quixote', por exemplo, porque ele cria o seu livro. O leitor conhece o futuro; Cervantes, não. À luz de seus mestres contemporâneos, Fuentes explica que, mesmo em um mundo onde a informação nos chega sem que se precise buscá-la, o livro acrescenta algo à realidade que antes não estava ali e, ao fazê-lo, forma a realidade, mas uma realidade que, muitas vezes, não é imediatamente perceptível ou material.

Geografia do Romance

Geografia do Romance

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
98% Positivas
986 qualificações
R$ 23,20 + frete R$ 10,16

Total: R$ 33,36

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Houve quem acreditasse que a globalização e a cultura de massa matariam o romance. No entanto, o escritor mexicano Carlos Fuentes crê que o efeito foi justamente o inverso - a literatura ganhou nova voz ao se dissolver a fronteira artificial que existia entre realismo e fantasia. Além disso, também foi inaugurada uma nova geografia do romance, pois os romancistas foram situados para além de suas nacionalidades, na terra comum da imaginação e da palavra. Esta é a tese principal defendida por Fuentes no livro 'Geografia do romance'. A teoria de Fuentes é embasada em uma análise profunda das obras de 11 autores de diferentes nacionalidades - Jorge Luis Borges (Argentina), Juan Goytisolo (Espanha), Augusto Roa Bastos (Paraguai), Sergio Ramírez (Nicarágua), Héctor Aguilar Camín (México), Milan Kundera (República Tcheca), György Konrád (Hungria), Julian Barnes (Inglaterra), Artur Lundkvist (Suécia), Italo Calvino (Itália) e Salman Rushdie (Índia). Ele começa com Borges, por ser o escritor que transformou o tempo e o espaço em protagonistas de suas histórias, ensinando-nos a compreender a realidade relativista desses dois conceitos. O espaço e o tempo são linguagem, e o significado dos livros não está atrás de nós, mas no futuro, no porvir. O leitor é o autor de 'Dom Quixote', por exemplo, porque ele cria o seu livro. O leitor conhece o futuro; Cervantes, não. À luz de seus mestres contemporâneos, Fuentes explica que, mesmo em um mundo onde a informação nos chega sem que se precise buscá-la, o livro acrescenta algo à realidade que antes não estava ali e, ao fazê-lo, forma a realidade, mas uma realidade que, muitas vezes, não é imediatamente perceptível ou material.

Geografia do Romance

Geografia do Romance

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
98% Positivas
986 qualificações
R$ 23,20 + frete R$ 10,16

Total: R$ 33,36

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Houve quem acreditasse que a globalização e a cultura de massa matariam o romance. No entanto, o escritor mexicano Carlos Fuentes crê que o efeito foi justamente o inverso - a literatura ganhou nova voz ao se dissolver a fronteira artificial que existia entre realismo e fantasia. Além disso, também foi inaugurada uma nova geografia do romance, pois os romancistas foram situados para além de suas nacionalidades, na terra comum da imaginação e da palavra. Esta é a tese principal defendida por Fuentes no livro 'Geografia do romance'. A teoria de Fuentes é embasada em uma análise profunda das obras de 11 autores de diferentes nacionalidades - Jorge Luis Borges (Argentina), Juan Goytisolo (Espanha), Augusto Roa Bastos (Paraguai), Sergio Ramírez (Nicarágua), Héctor Aguilar Camín (México), Milan Kundera (República Tcheca), György Konrád (Hungria), Julian Barnes (Inglaterra), Artur Lundkvist (Suécia), Italo Calvino (Itália) e Salman Rushdie (Índia). Ele começa com Borges, por ser o escritor que transformou o tempo e o espaço em protagonistas de suas histórias, ensinando-nos a compreender a realidade relativista desses dois conceitos. O espaço e o tempo são linguagem, e o significado dos livros não está atrás de nós, mas no futuro, no porvir. O leitor é o autor de 'Dom Quixote', por exemplo, porque ele cria o seu livro. O leitor conhece o futuro; Cervantes, não. À luz de seus mestres contemporâneos, Fuentes explica que, mesmo em um mundo onde a informação nos chega sem que se precise buscá-la, o livro acrescenta algo à realidade que antes não estava ali e, ao fazê-lo, forma a realidade, mas uma realidade que, muitas vezes, não é imediatamente perceptível ou material.

Geografia Do Romance Capa ilustrativa

Geografia Do Romance

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

BookMarket BookMarket SP - São Paulo
99% Positivas
205 qualificações
R$ 27,55 + frete R$ 7,58

Total: R$ 35,13

Comprar ler descrição ocultar
Geografia do Romance

Geografia do Romance

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Miguilim Livros Miguilim Livros SP - Diadema
100% Positivas
208 qualificações
R$ 27,90 + frete R$ 8,05

Total: R$ 35,95

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 191pp.

Geografia Do Romance

Geografia Do Romance

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
97% Positivas
497 qualificações
R$ 29,00 + frete R$ 7,58

Total: R$ 36,58

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Houve quem acreditasse que a globalização e a cultura de massa matariam o romance. No entanto, o escritor mexicano Carlos Fuentes crê que o efeito foi justamente o inverso: a literatura ganhou nova voz ao se dissolver a fronteira artificial que existia entre realismo e fantasia. Além disso, também foi inaugurada uma nova geografia do romance, pois os romancistas foram situados para além de suas nacionalidades, na terra comum da imaginação e da palavra. Esta é a tese principal defendida por Fuentes no livro Geografia do romance. A teoria de Fuentes é embasada em uma análise profunda das obras de 11 autores de diferentes nacionalidades: Jorge Luis Borges (Argentina), Juan Goytisolo (Espanha), Augusto Roa Bastos (Paraguai), Sergio Ramírez (Nicarágua), Héctor Aguilar Camín (México), Milan Kundera (República Tcheca), György Konrád (Hungria), Julian Barnes (Inglaterra), Artur Lundkvist (Suécia), Italo Calvino (Itália) e Salman Rushdie (Índia). Ele começa com Borges, por ser o escritor que transformou o tempo e o espaço em protagonistas de suas histórias, ensinando-nos a compreender a realidade relativista desses dois conceitos. O espaço e o tempo são linguagem, e o significado dos livros não está atrás de nós, mas no futuro, no porvir. O leitor é o autor de Dom Quixote, por exemplo, porque ele cria o seu livro. O leitor conhece o futuro; Cervantes, não. À luz de seus mestres contemporâneos, Fuentes explica que, mesmo em um mundo onde a informação nos chega sem que se precise buscá-la, o livro acrescenta algo à realidade que antes não estava ali e, ao fazê-lo, forma a realidade, mas uma realidade que, muitas vezes, não é imediatamente perceptível ou material. O romance, mesmo o mais realista deles, não mostra nem demonstra o mundo, mas acrescenta algo ao mundo. Pode refletir o espírito de seu tempo, mas não é idêntico a ele. Se a História esgotasse o sentido dos romances, eles se tornariam ilegíveis com o passar do tempo, interessariam apenas aos historiadores. Idade Mínima Recomendada: 18 Anos

Geografia do Romance

Geografia do Romance

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: novo

Paola Livros Paola Livros DF - Brasília
99% Positivas
139 qualificações
R$ 30,00 + frete R$ 8,05

Total: R$ 38,05

Comprar ler descrição ocultar

Descrição - 191 páginas. Tamanho: 21 x 14 cm (Livro novo). - Resumo: Houve quem acreditasse que a globalização e a cultura de massa matariam o romance. No entanto, o escritor mexicano Carlos Fuentes crê que o efeito foi justamente o inverso: a literatura ganhou nova voz ao se dissolver a fronteira artificial que existia entre realismo e fantasia. Além disso, também foi inaugurada uma nova geografia do romance, pois os autores foram situados para além de suas nacionalidades, na terra comum da imaginação e da palavra. Esta é a tese principal defendida por Fuentes no lançamento Geografia do romance. (Frete grátis nas compras a partir de R 50.00)

Geografia do Romance Capa ilustrativa

Geografia do Romance

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: seminovo/usado

Mania Antiga Mania Antiga RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
86 qualificações
R$ 30,00 + frete R$ 8,05

Total: R$ 38,05

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, em bom estado, pags bem preservadas, sem furos, marcações ou rasuras. 191pags. 30F

Geografia do Romance Capa ilustrativa

Geografia do Romance

Ano:   Editora: Rocco

Tipo: seminovo/usado

Livros Mat e Phy Livros Mat e Phy RJ - Rio de Janeiro
98% Positivas
50 qualificações
R$ 56,00 Frete grátis
Comprar ler descrição ocultar

Descrição Ótimo estado tem 191 paginas c, 108

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro