A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Sic Transit Gloria Artis Capa ilustrativa

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Sic Transit Gloria Artis

Capa ilustrativa

2 livros novos em 2 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Sic Transit Gloria Artis Capa ilustrativa

Sic Transit Gloria Artis

Ano:   Editora: Centelha Viva

Tipo: novo

Livros para Sempre Livros para Sempre RJ - Rio de Janeiro
98% Positivas
104 qualificações
R$ 10,00 + frete R$ 5,79

Total: R$ 15,79

Comprar ler descrição ocultar

Descrição O "Fim da Arte" segundo Theodor W. Adorno e Guy Debord. Debord e Adorno chegam a avaliações opostas quanto ao fim da arte: isto exige uma explicação, considerando-se a afinidade de seus respectivos pontos de partida. Ambos defendem que a contradição entre forças produtivas e relações da produção se reproduz no interior da esfera cultural: Ambos adotam, quanto ao essencial, a mesma atitude diante do desenvolvimento do potencial técnico e econômico, em que vêem, sem deificá-lo ou condena-lo simplesmente, um condição prévia - que se superará por si mesma - de uma sociedade libertada. /// Livro NOVO. 43 páginas, no formato 14X21

Sic Transit Gloria Artis - o Fim da Arte Segundo Adorno e Guy Debord

Sic Transit Gloria Artis - o Fim da Arte Segundo Adorno e Guy Debord

Ano:   Editora: Centelha Viva

Tipo: novo

Angela Barbirato Sousa Angela Barbirato Sousa RJ - São Gonçalo
100% Positivas
16 qualificações
R$ 9,90 + frete R$ 6,32

Total: R$ 16,22

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Debord e Adorno chegam a avaliações opostas quanto ao fim da arte : isto exige uma explicação, considerando-se a afinidade de seus respectivos pontos de partida. Ambos defendem que a contradição entre forças produtivas e relações de produção se reproduz no interior da esfera cultural; ambos adotam, quanto ao essencial, a mesma atitude diante do desenvolvimento do potencial técnico e econômico, em que veem, sem deificá-lo ou condená-lo simplesmente, uma condição prévia - que se superará por si mesma - de uma sociedade libertada. §§§ Livro NOVO! Sem USO! Grampeado com 44 páginas, formato 14x21cm;

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro