A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa

Edilson Macedo

São José dos Pinhais - PR

Confira os 6 livros encontrados

filtros
Buscar neste vendedor

FRETE GRÁTIS Ganhe envio grátis nesse vendedor comprando a partir de R$100,00 até o peso total de 2000g.

capa

A Mulher Que Matou os Peixes

    Editora: sabia
Tipo: Seminovo/usado Estante: Livros Raros
R$ 1.800,00 Frete grátis
Comprar
ler descricao
ocultar

Primeira edição com dedicatória manuscrita de Clarice Lispector. Imagens. ZAP 041 99614-1303

Saiba mais

capa

Vidas Secas

    Editora: jose olympio
Tipo: Seminovo/usado Estante: Livros Raros
R$ 1.800,00 Frete grátis
Comprar
ler descricao
ocultar

Segunda edição de 1947 Brochura com dedicatória manuscrita de Graciliano Ramos. Imagens ZAP 041 99614-1303

Saiba mais

capa

Vidas Secas

    Editora: jose olympio
Tipo: Seminovo/usado Estante: Livros Raros
R$ 2.000,00 Frete grátis
Comprar
ler descricao
ocultar

Raríssima primeira edição : Brochura em excelente estado de conservação. Imagens ZAP 041 99614-1303

Saiba mais

capa

A Paixão Segundo G H

    Editora: do autor
Tipo: Seminovo/usado Estante: Livros Raros
R$ 2.000,00 Frete grátis
Comprar
ler descricao
ocultar

Primeira edição com dedicatória manuscrita de Clarice Lispector para Tristão de Atayde. Imagens ZAP 041 99614-1303

Saiba mais

capa

Ausência - Manuscrito do Poema

    Editora: manuscrito
Tipo: Seminovo/usado Estante: Manuscritos
R$ 2.500,00 Frete grátis
Comprar
ler descricao
ocultar

Raríssimo manuscrito do poema Ausência, um dos mais densos e pessimistas do grande poeta. Está entre os dez melhores na fortuna crítica do autor... WhatsApp 41 99614-1303

Saiba mais

capa

Àporo Poema Manuscrito

    Editora: autografo
Tipo: Seminovo/usado Estante: Manuscritos
R$ 2.900,00 Frete grátis
Comprar
ler descricao
ocultar

Raríssimo manuscrito do poema Aporo de Carlos Drummond de Andrade, um dos dez mais profundos do autor de Rosa do Povo. Em excelente estado de conservação. Zap imagens 41 99614-1303 Um inseto cava cava sem alarme perfurando a terra sem achar escape. Que fazer, exausto, em país bloqueado, enlace de noite raiz e minério? Eis que o labirinto (oh razão, mistério) presto se desata: em verde, sozinha, antieuclidiana, uma orquídea forma-se.

Saiba mais