A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Em Honra de Fadime Assassinato e Humilhacao Capa ilustrativa

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação

Unni Wikan

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Em Honra de Fadime

10 livros novos e 1 livro usado em 2 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Em Honra de Fadime

Em Honra de Fadime

Ano:   Editora: Unifesp

Tipo: seminovo/usado

Iluminações Livros e Cds Iluminações Livros e Cds SP - Campinas
99% Positivas
633 qualificações
R$ 30,00 + frete R$ 10,31

Total: R$ 40,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição código: WIK1 Livro em muito bom estado.

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação Capa ilustrativa

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação

Ano:   Editora: Unifesp

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
97% Positivas
1447 qualificações
R$ 44,00 + frete R$ 10,31

Total: R$ 54,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 336p. 16x23 Sinopse: Em 2002, Fadime Sahindal foi assassinada pelo próprio pai. Filha de imigrantes curdos e radicada na Suécia havia mais de vinte anos, considerava-se cidadã sueca, mas sua família preservava a moral originária, inexorável sobretudo no que respeita ao comportamento feminino. A relação de Fadime com um homem sueco desencadeou um conflito entre duas culturas e fez a moça ser banida de sua comunidade. Sua recusa a submeter-se a esses ditames, aos olhos do pai, ultrajou a honra da família, que só poderia ser restaurada com a morte da transgressora. A autora examina em profundidade o conceito de honra em uma abordagem histórica e transcultural, concluindo que a culpa pelo assassinato não deve ser atribuída à religião da família de Fadime - na verdade, crimes de honra ocorrem também entre pessoas de outras religiões e etnias - mas, antes, ao modo como muitas culturas ligam a honra à violência.

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação Capa ilustrativa

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação

Ano:   Editora: Unifesp

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
97% Positivas
1447 qualificações
R$ 44,00 + frete R$ 10,31

Total: R$ 54,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 336p. 16x23 Sinopse: Em 2002, Fadime Sahindal foi assassinada pelo próprio pai. Filha de imigrantes curdos e radicada na Suécia havia mais de vinte anos, considerava-se cidadã sueca, mas sua família preservava a moral originária, inexorável sobretudo no que respeita ao comportamento feminino. A relação de Fadime com um homem sueco desencadeou um conflito entre duas culturas e fez a moça ser banida de sua comunidade. Sua recusa a submeter-se a esses ditames, aos olhos do pai, ultrajou a honra da família, que só poderia ser restaurada com a morte da transgressora. A autora examina em profundidade o conceito de honra em uma abordagem histórica e transcultural, concluindo que a culpa pelo assassinato não deve ser atribuída à religião da família de Fadime - na verdade, crimes de honra ocorrem também entre pessoas de outras religiões e etnias - mas, antes, ao modo como muitas culturas ligam a honra à violência.

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação Capa ilustrativa

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação

Ano:   Editora: Unifesp

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
97% Positivas
1447 qualificações
R$ 44,00 + frete R$ 10,31

Total: R$ 54,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 336p. 16x23 Sinopse: Em 2002, Fadime Sahindal foi assassinada pelo próprio pai. Filha de imigrantes curdos e radicada na Suécia havia mais de vinte anos, considerava-se cidadã sueca, mas sua família preservava a moral originária, inexorável sobretudo no que respeita ao comportamento feminino. A relação de Fadime com um homem sueco desencadeou um conflito entre duas culturas e fez a moça ser banida de sua comunidade. Sua recusa a submeter-se a esses ditames, aos olhos do pai, ultrajou a honra da família, que só poderia ser restaurada com a morte da transgressora. A autora examina em profundidade o conceito de honra em uma abordagem histórica e transcultural, concluindo que a culpa pelo assassinato não deve ser atribuída à religião da família de Fadime - na verdade, crimes de honra ocorrem também entre pessoas de outras religiões e etnias - mas, antes, ao modo como muitas culturas ligam a honra à violência.

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação Capa ilustrativa

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação

Ano:   Editora: Unifesp

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
97% Positivas
1447 qualificações
R$ 44,00 + frete R$ 10,31

Total: R$ 54,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 336p. 16x23 Sinopse: Em 2002, Fadime Sahindal foi assassinada pelo próprio pai. Filha de imigrantes curdos e radicada na Suécia havia mais de vinte anos, considerava-se cidadã sueca, mas sua família preservava a moral originária, inexorável sobretudo no que respeita ao comportamento feminino. A relação de Fadime com um homem sueco desencadeou um conflito entre duas culturas e fez a moça ser banida de sua comunidade. Sua recusa a submeter-se a esses ditames, aos olhos do pai, ultrajou a honra da família, que só poderia ser restaurada com a morte da transgressora. A autora examina em profundidade o conceito de honra em uma abordagem histórica e transcultural, concluindo que a culpa pelo assassinato não deve ser atribuída à religião da família de Fadime - na verdade, crimes de honra ocorrem também entre pessoas de outras religiões e etnias - mas, antes, ao modo como muitas culturas ligam a honra à violência.

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação Capa ilustrativa

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação

Ano:   Editora: Unifesp

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
97% Positivas
1447 qualificações
R$ 44,00 + frete R$ 10,31

Total: R$ 54,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 336p. 16x23 Sinopse: Em 2002, Fadime Sahindal foi assassinada pelo próprio pai. Filha de imigrantes curdos e radicada na Suécia havia mais de vinte anos, considerava-se cidadã sueca, mas sua família preservava a moral originária, inexorável sobretudo no que respeita ao comportamento feminino. A relação de Fadime com um homem sueco desencadeou um conflito entre duas culturas e fez a moça ser banida de sua comunidade. Sua recusa a submeter-se a esses ditames, aos olhos do pai, ultrajou a honra da família, que só poderia ser restaurada com a morte da transgressora. A autora examina em profundidade o conceito de honra em uma abordagem histórica e transcultural, concluindo que a culpa pelo assassinato não deve ser atribuída à religião da família de Fadime - na verdade, crimes de honra ocorrem também entre pessoas de outras religiões e etnias - mas, antes, ao modo como muitas culturas ligam a honra à violência.

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação Capa ilustrativa

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação

Ano:   Editora: Unifesp

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
97% Positivas
1447 qualificações
R$ 44,00 + frete R$ 10,31

Total: R$ 54,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 336p. 16x23 Sinopse: Em 2002, Fadime Sahindal foi assassinada pelo próprio pai. Filha de imigrantes curdos e radicada na Suécia havia mais de vinte anos, considerava-se cidadã sueca, mas sua família preservava a moral originária, inexorável sobretudo no que respeita ao comportamento feminino. A relação de Fadime com um homem sueco desencadeou um conflito entre duas culturas e fez a moça ser banida de sua comunidade. Sua recusa a submeter-se a esses ditames, aos olhos do pai, ultrajou a honra da família, que só poderia ser restaurada com a morte da transgressora. A autora examina em profundidade o conceito de honra em uma abordagem histórica e transcultural, concluindo que a culpa pelo assassinato não deve ser atribuída à religião da família de Fadime - na verdade, crimes de honra ocorrem também entre pessoas de outras religiões e etnias - mas, antes, ao modo como muitas culturas ligam a honra à violência.

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação Capa ilustrativa

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação

Ano:   Editora: Unifesp

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
97% Positivas
1447 qualificações
R$ 44,00 + frete R$ 10,31

Total: R$ 54,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 336p. 16x23 Sinopse: Em 2002, Fadime Sahindal foi assassinada pelo próprio pai. Filha de imigrantes curdos e radicada na Suécia havia mais de vinte anos, considerava-se cidadã sueca, mas sua família preservava a moral originária, inexorável sobretudo no que respeita ao comportamento feminino. A relação de Fadime com um homem sueco desencadeou um conflito entre duas culturas e fez a moça ser banida de sua comunidade. Sua recusa a submeter-se a esses ditames, aos olhos do pai, ultrajou a honra da família, que só poderia ser restaurada com a morte da transgressora. A autora examina em profundidade o conceito de honra em uma abordagem histórica e transcultural, concluindo que a culpa pelo assassinato não deve ser atribuída à religião da família de Fadime - na verdade, crimes de honra ocorrem também entre pessoas de outras religiões e etnias - mas, antes, ao modo como muitas culturas ligam a honra à violência.

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação Capa ilustrativa

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação

Ano:   Editora: Unifesp

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
97% Positivas
1447 qualificações
R$ 44,00 + frete R$ 10,31

Total: R$ 54,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 336p. 16x23 Sinopse: Em 2002, Fadime Sahindal foi assassinada pelo próprio pai. Filha de imigrantes curdos e radicada na Suécia havia mais de vinte anos, considerava-se cidadã sueca, mas sua família preservava a moral originária, inexorável sobretudo no que respeita ao comportamento feminino. A relação de Fadime com um homem sueco desencadeou um conflito entre duas culturas e fez a moça ser banida de sua comunidade. Sua recusa a submeter-se a esses ditames, aos olhos do pai, ultrajou a honra da família, que só poderia ser restaurada com a morte da transgressora. A autora examina em profundidade o conceito de honra em uma abordagem histórica e transcultural, concluindo que a culpa pelo assassinato não deve ser atribuída à religião da família de Fadime - na verdade, crimes de honra ocorrem também entre pessoas de outras religiões e etnias - mas, antes, ao modo como muitas culturas ligam a honra à violência.

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação Capa ilustrativa

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação

Ano:   Editora: Unifesp

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
97% Positivas
1447 qualificações
R$ 44,00 + frete R$ 10,31

Total: R$ 54,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 336p. 16x23 Sinopse: Em 2002, Fadime Sahindal foi assassinada pelo próprio pai. Filha de imigrantes curdos e radicada na Suécia havia mais de vinte anos, considerava-se cidadã sueca, mas sua família preservava a moral originária, inexorável sobretudo no que respeita ao comportamento feminino. A relação de Fadime com um homem sueco desencadeou um conflito entre duas culturas e fez a moça ser banida de sua comunidade. Sua recusa a submeter-se a esses ditames, aos olhos do pai, ultrajou a honra da família, que só poderia ser restaurada com a morte da transgressora. A autora examina em profundidade o conceito de honra em uma abordagem histórica e transcultural, concluindo que a culpa pelo assassinato não deve ser atribuída à religião da família de Fadime - na verdade, crimes de honra ocorrem também entre pessoas de outras religiões e etnias - mas, antes, ao modo como muitas culturas ligam a honra à violência.

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação Capa ilustrativa

Em Honra de Fadime: Assassinato e Humilhação

Ano:   Editora: Unifesp

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
97% Positivas
1447 qualificações
R$ 44,00 + frete R$ 10,31

Total: R$ 54,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 336p. 16x23 Sinopse: Em 2002, Fadime Sahindal foi assassinada pelo próprio pai. Filha de imigrantes curdos e radicada na Suécia havia mais de vinte anos, considerava-se cidadã sueca, mas sua família preservava a moral originária, inexorável sobretudo no que respeita ao comportamento feminino. A relação de Fadime com um homem sueco desencadeou um conflito entre duas culturas e fez a moça ser banida de sua comunidade. Sua recusa a submeter-se a esses ditames, aos olhos do pai, ultrajou a honra da família, que só poderia ser restaurada com a morte da transgressora. A autora examina em profundidade o conceito de honra em uma abordagem histórica e transcultural, concluindo que a culpa pelo assassinato não deve ser atribuída à religião da família de Fadime - na verdade, crimes de honra ocorrem também entre pessoas de outras religiões e etnias - mas, antes, ao modo como muitas culturas ligam a honra à violência.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro