A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
As Portas da Revolucao Escritos de Lenin de 1917 Capa ilustrativa

Às Portas da Revolução: Escritos de Lenin de 1917

Slavoj Zizek

Vladimir Ilianov Lenin, numa hora dessas? Lenin, quando a revolução – dizem – é coisa do passado? Lenin, quando o socialismo – dizem – acabou? Slavoj Žižek nos surpreende uma vez mais, rompendo a “solidão de Lenin”, que havia sido responsabilizado por tudo o que passou depois na URSS, desqualificado como líder e teórico do totalitarismo, reduzido à solidão. Prematuramente, segundo o pensador esloveno. Žižek se contrapõe ao consenso liberal – tão presente dentro da própria esquerda –, para resgatar o Lenin estrategista, que vai desde a oposição pacifista à guerra interimperialista de 1914 até o dirigente da virada revolucionária de 1917 – ‘o Lênin do qual ainda temos que aprender’, escreve ele. Aprender com o dirigente revolucionário que soube resistir ao consenso belicista que se havia imposto até à esquerda, que foi capaz de prever como as situações catastróficas preparam as condições de uma contra-ofensiva revolucionária e conseguiu promover as condições para que o desenvolvimento desigual e combinado do capitalismo fosse rompido no seu elo mais fraco – a Rússia. Que soube, conforme a percepção de Marx, descobrir o aspecto revolucionário na miséria do povo. Žižek retoma o fio da meada da aventura revolucionária dos bolcheviques, sob a direção de Lenin, com textos daquele período ‘em que o extraordinário se torna cotidiano’, e com reflexões que adentram nas várias dimensões do processo revolucionário. Quando existe a tentação de descartar a luta pelo poder e a construção do poder popular alternativo, como se magicamente se pudesse abolir o poder – e, com ele, o imperialismo –, o Lenin estrategista reaparece nesta seleção de textos com toda a sua genialidade. Ler Žižek e reler Lenin em um tempo como este surpreende pela riqueza a que uma leitura contemporânea pode nos permitir, para captar como os movimentos históricos podem ser revertidos e como a história é uma permanente aventura de liberdade e de utopias para a humanidade. Porque Lenin soube articular o realismo com a utopia: ‘É preciso sonhar, mas com a condição de crer em nosso sonho. De observar com atenção a vida real, de confrontar a observação com nosso sonho, de realizar escrupulosamente nossas fantasias. Sonhos, acredite neles’ (Lênin, em Que fazer?) E por isso se tornou um dirigente e teórico revolucionário. Fechar Ler mais

Vladimir Ilianov Lenin, numa hora dessas? Lenin, quando a revolução – dizem – é coisa do passado? Lenin, quando o socialismo – dizem – acabou? Slavoj Žižek nos surpreende uma vez mais, rompendo a “solidão de Lenin”, que havia sido responsabilizado por tudo o que passou depois na URSS, desqualificado como líder e teórico do totalitarismo, reduzido à solidão. Prematuramente, segundo o pensador esloveno. Žižek se contrapõe ao consenso liberal – tão presente dentro da própria esquerda –, para resgatar o Lenin estrategista, que vai desde a oposição pacifista à guerra interimperialista de 1914 até o dirigente da virada revolucionária de 1917 – ‘o Lênin do qual ainda temos que aprender’, escreve ele. Aprender com o dirigente revolucionário que soube resistir ao consenso belicista que se havia imposto até à esquerda, que foi capaz de prever como as situações catastróficas preparam as condições de uma contra-ofensiva revolucionária e conseguiu promover as condições para que o desenvolvimento desigual e combinado do capitalismo fosse rompido no seu elo mais fraco – a Rússia. Que soube, conforme a percepção de Marx, descobrir o aspecto revolucionário na miséria do povo. Žižek retoma o fio da meada da aventura revolucionária dos bolcheviques, sob a direção de Lenin, com textos daquele período ‘em que o extraordinário se torna cotidiano’, e com reflexões que adentram nas várias dimensões do processo revolucionário. Quando existe a tentação de descartar a luta pelo poder e a construção do poder popular alternativo, como se magicamente se pudesse abolir o poder – e, com ele, o imperialismo –, o Lenin estrategista reaparece nesta seleção de textos com toda a sua genialidade. Ler Žižek e reler Lenin em um tempo como este surpreende pela riqueza a que uma leitura contemporânea pode nos permitir, para captar como os movimentos históricos podem ser revertidos e como a história é uma permanente aventura de liberdade e de utopias para a humanidade. Porque Lenin soube articular o realismo com a utopia: ‘É preciso sonhar, mas com a condição de crer em nosso sonho. De observar com atenção a vida real, de confrontar a observação com nosso sonho, de realizar escrupulosamente nossas fantasias. Sonhos, acredite neles’ (Lênin, em Que fazer?) E por isso se tornou um dirigente e teórico revolucionário. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

As Portas da Revolução: Escritos de Lenin de 1917

As Portas da Revolução: Escritos de Lenin de 1917

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
As Portas da Revolução: Escritos de Lenin de 1917

As Portas da Revolução: Escritos de Lenin de 1917

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Livraria Taverna Livraria Taverna RS - Porto Alegre
96% Positivas
72 qualificações
R$ 35,00 + R$ 13,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, nunca lido ou manuseado. Possui apenas uma falha na contracapa que atinge as últimas folhas do livro, trata-se de um rasgo com cerca de 3cm causado pela transportadora. Fora isso está impecável. 356 páginas.

As Portas da Revolução - Escritos de Lenin de 1917

As Portas da Revolução - Escritos de Lenin de 1917

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: seminovo/usado

Red Star Teodoro Sampaio Red Star Teodoro Sampaio SP - São Paulo
99% Positivas
430 qualificações
R$ 40,00 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, 23x16. Em ótimo estado de conservação, sem grifos e sem rasuras, bordas com leves sinais do tempo. M.

As Portas da Revoluçao: Escritos de Lenin de 1917

As Portas da Revoluçao: Escritos de Lenin de 1917

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
91% Positivas
491 qualificações
R$ 45,75 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Descrição: Slavoj Zizek nos surpreende uma vez mais, rompendo a solidão de Lenin, que havia sido responsabilizado por tudo o que passou depois na URSS, desqualificado como líder e teórico do totalitarismo, reduzido à solidão. Prematuramente, segundo o pensador esloveno. Zizek se contrapõe ao consenso liberal - tão presente dentro da própria esquerda -, para resgatar o Lenin estrategista, que vai desde a oposição pacifista à guerra interimperialista de 1914 até o dirigente da virada revolucionária de 1917 - ‘o Lênin do qual ainda temos que aprender’, escreve ele. Aprender com o dirigente revolucionário que soube resistir ao consenso belicista que se havia imposto até à esquerda, que foi capaz de prever como as situações catastróficas preparam as condições de uma contra-ofensiva revolucionár

As Portas da Revoluçao: Escritos de Lenin de 1917

As Portas da Revoluçao: Escritos de Lenin de 1917

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
91% Positivas
491 qualificações
R$ 45,75 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Descrição: Slavoj Zizek nos surpreende uma vez mais, rompendo a solidão de Lenin, que havia sido responsabilizado por tudo o que passou depois na URSS, desqualificado como líder e teórico do totalitarismo, reduzido à solidão. Prematuramente, segundo o pensador esloveno. Zizek se contrapõe ao consenso liberal - tão presente dentro da própria esquerda -, para resgatar o Lenin estrategista, que vai desde a oposição pacifista à guerra interimperialista de 1914 até o dirigente da virada revolucionária de 1917 - ‘o Lênin do qual ainda temos que aprender’, escreve ele. Aprender com o dirigente revolucionário que soube resistir ao consenso belicista que se havia imposto até à esquerda, que foi capaz de prever como as situações catastróficas preparam as condições de uma contra-ofensiva revolucionár

As Portas da Revoluçao: Escritos de Lenin de 1917

As Portas da Revoluçao: Escritos de Lenin de 1917

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
91% Positivas
491 qualificações
R$ 45,75 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Descrição: Slavoj Zizek nos surpreende uma vez mais, rompendo a solidão de Lenin, que havia sido responsabilizado por tudo o que passou depois na URSS, desqualificado como líder e teórico do totalitarismo, reduzido à solidão. Prematuramente, segundo o pensador esloveno. Zizek se contrapõe ao consenso liberal - tão presente dentro da própria esquerda -, para resgatar o Lenin estrategista, que vai desde a oposição pacifista à guerra interimperialista de 1914 até o dirigente da virada revolucionária de 1917 - ‘o Lênin do qual ainda temos que aprender’, escreve ele. Aprender com o dirigente revolucionário que soube resistir ao consenso belicista que se havia imposto até à esquerda, que foi capaz de prever como as situações catastróficas preparam as condições de uma contra-ofensiva revolucionár

ás Portas da Revolução Escritos de Lenin de 1917

ás Portas da Revolução Escritos de Lenin de 1917

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: seminovo/usado

Acervo Pessoal Almeida Acervo Pessoal Almeida SP - São Paulo
100% Positivas
16 qualificações
R$ 48,00 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Slavoj Zizek nos surpreende uma vez mais, rompendo a solidão de Lenin, que havia sido responsabilizado por tudo o que passou depois na URSS, desqualificado como líder e teórico do totalitarismo, reduzido à solidão. Prematuramente, segundo o pensador esloveno. Zizek se contrapõe ao consenso liberal - tão presente dentro da própria esquerda -, para resgatar o Lenin estrategista, que vai desde a oposição pacifista à guerra interimperialista de 1914 até o dirigente da virada revolucionária de 1917 - ‘o Lênin do qual ainda temos que aprender’, escreve ele. Aprender com o dirigente revolucionário que soube resistir ao consenso belicista que se havia imposto até à esquerda, que foi capaz de prever como as situações catastróficas preparam as condições de uma contra-ofensiva revolucionária e cons

Às Portas da Revolução: Escritos de Lenin de 1917

Às Portas da Revolução: Escritos de Lenin de 1917

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
98% Positivas
53 qualificações
R$ 49,99 + R$ 11,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO==Vladimir Ilianov Lenin, numa hora dessas? Lenin, quando a revolução – dizem – é coisa do passado? Lenin, quando o socialismo – dizem – acabou? Slavoj Žižek nos surpreende uma vez mais, rompendo a “solidão de Lenin”, que havia sido responsabilizado por tudo o que passou depois na URSS, desqualificado como líder e teórico do totalitarismo, reduzido à solidão. Prematuramente, segundo o pensador esloveno. Žižek se contrapõe ao consenso liberal – tão presente dentro da própria esquerda –, para resgatar o Lenin estrategista, que vai desde a oposição pacifista à guerra

Às Portas da Revolução: Escritos de Lenin de 1917

Às Portas da Revolução: Escritos de Lenin de 1917

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
98% Positivas
53 qualificações
R$ 49,99 + R$ 11,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO==Vladimir Ilianov Lenin, numa hora dessas? Lenin, quando a revolução – dizem – é coisa do passado? Lenin, quando o socialismo – dizem – acabou? Slavoj Žižek nos surpreende uma vez mais, rompendo a “solidão de Lenin”, que havia sido responsabilizado por tudo o que passou depois na URSS, desqualificado como líder e teórico do totalitarismo, reduzido à solidão. Prematuramente, segundo o pensador esloveno. Žižek se contrapõe ao consenso liberal – tão presente dentro da própria esquerda –, para resgatar o Lenin estrategista, que vai desde a oposição pacifista à guerra

Portas da Revolucao as - Escritos de Lenin de 1917

Portas da Revolucao as - Escritos de Lenin de 1917

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sociedade dos Livros Sociedade dos Livros SP - São Paulo
98% Positivas
409 qualificações
R$ 51,00 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo. Adquirido diretamente da editora

Às Portas da Revolução: Escritos de Lenin de 1917

Às Portas da Revolução: Escritos de Lenin de 1917

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

In Books In Books RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
274 qualificações
R$ 51,85 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo em folha!! Sem uso!!

Às Portas da Revolução: Escritos de Lenin de 1917

Às Portas da Revolução: Escritos de Lenin de 1917

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

In Books In Books RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
274 qualificações
R$ 51,85 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo em folha!! Sem uso!!

Às Portas da Revolução Escritos de Lenin de 1917

Às Portas da Revolução Escritos de Lenin de 1917

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sonhos Escritos Sonhos Escritos SP - São Paulo
100% Positivas
62 qualificações
R$ 55,00 Frete grátis Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO==Vladimir Ilianov Lenin, numa hora dessas? Lenin, quando a revolução – dizem – é coisa do passado? Lenin, quando o socialismo – dizem – acabou? Slavoj Žižek nos surpreende uma vez mais, rompendo a “solidão de Lenin”, que havia sido responsabilizado por tudo o que passou depois na URSS, desqualificado como líder e teórico do totalitarismo, reduzido à solidão. Prematuramente, segundo o pensador esloveno. Žižek se contrapõe ao consenso liberal – tão presente dentro da própria esquerda –, para resgatar o Lenin estrategista, que vai desde a oposição pacifista à guerra

Às Portas da Revolução Escritos de Lenin de 1917

Às Portas da Revolução Escritos de Lenin de 1917

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sonhos Escritos Sonhos Escritos SP - São Paulo
100% Positivas
62 qualificações
R$ 55,00 Frete grátis Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO==Vladimir Ilianov Lenin, numa hora dessas? Lenin, quando a revolução – dizem – é coisa do passado? Lenin, quando o socialismo – dizem – acabou? Slavoj Žižek nos surpreende uma vez mais, rompendo a “solidão de Lenin”, que havia sido responsabilizado por tudo o que passou depois na URSS, desqualificado como líder e teórico do totalitarismo, reduzido à solidão. Prematuramente, segundo o pensador esloveno. Žižek se contrapõe ao consenso liberal – tão presente dentro da própria esquerda –, para resgatar o Lenin estrategista, que vai desde a oposição pacifista à guerra

Às Portas da Revolução Escritos de Lenin de 1917

Às Portas da Revolução Escritos de Lenin de 1917

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sonhos Escritos Sonhos Escritos SP - São Paulo
100% Positivas
62 qualificações
R$ 55,00 Frete grátis Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO==Vladimir Ilianov Lenin, numa hora dessas? Lenin, quando a revolução – dizem – é coisa do passado? Lenin, quando o socialismo – dizem – acabou? Slavoj Žižek nos surpreende uma vez mais, rompendo a “solidão de Lenin”, que havia sido responsabilizado por tudo o que passou depois na URSS, desqualificado como líder e teórico do totalitarismo, reduzido à solidão. Prematuramente, segundo o pensador esloveno. Žižek se contrapõe ao consenso liberal – tão presente dentro da própria esquerda –, para resgatar o Lenin estrategista, que vai desde a oposição pacifista à guerra

S Portas da Revolução: Escritos de Lenin de 1917

S Portas da Revolução: Escritos de Lenin de 1917

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Cope Espaço Cultural Cope Espaço Cultural DF - Brasília
97% Positivas
198 qualificações
R$ 58,00 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro com 352 paginas Lateral de cor vermelha/preta com letras vermelha/preta, novo, capa brochura (D)

Às Portas da Revolução:escritos de Lenin de 1917 Capa ilustrativa

Às Portas da Revolução:escritos de Lenin de 1917

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Ladeira Livros Ladeira Livros RS - Porto Alegre
98% Positivas
564 qualificações
R$ 61,00 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição brochura nova. ing

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro