A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
A Vida Imortal de Henrietta Lacks Capa ilustrativa

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Rebecca Skloot

Henrietta Lacks era descendente de escravos e nasceu em 1920, numa fazenda de tabaco no interior da Virgínia. Aos trinta anos, casada e mãe de cinco filhos, Henrietta descobriu que tinha câncer. Em poucos meses, um tumor no colo do útero se espalhou por seu corpo. Ela se tratou no Hospital Johns Hopkins, e veio a falecer em 1951. No hospital, uma amostra do colo do útero de Henrietta havia sido extraída sem o seu conhecimento, e fornecida à equipe de George Gey. Gey demonstrou que as células cancerígenas desse tecido possuíam uma característica até então inédita - mesmo fora do corpo de Henrietta, multiplicavam-se num curto intervalo, tornando-se virtualmente imortais num meio de cultura adequado. Por causa disso, as células 'HeLa', logo começaram a ser utilizadas nas pesquisas em universidades e centros de tecnologia. Como resultado, a vacina contra a poliomielite e contra o vírus HPV, vários medicamentos para o tratamento de câncer, de AIDS e do mal de Parkinson, por exemplo, foram obtidos com a linhagem 'HeLa'. Apesar disso, os responsáveis jamais deram informações adequadas à família da doadora e tampouco ofereceram qualquer compensação moral ou financeira pela massiva utilização das células. 'A vida imortal de Henrietta Lacks' reconstitui a vida e a morte desta injustiçada personagem da história da medicina. O livro demonstra como o progresso científico do século XX deveu-se em grande medida a essa mulher negra, pobre e quase sem instrução. Fechar Ler mais

Henrietta Lacks era descendente de escravos e nasceu em 1920, numa fazenda de tabaco no interior da Virgínia. Aos trinta a nos, casada e mãe de cinco filhos, Henrietta descobriu que tinha câncer. Em poucos meses, um tumor no colo do útero se espalhou por seu corpo. Ela se tratou no Hospital Johns Hopkins, e veio a falecer em 1951. No hospital, uma amostra do colo do útero de Henrietta havia sido extraída sem o seu conhecimento, e fornecida à equipe de George Gey. Gey demonstrou que as células cancerígenas desse tecido possuíam uma característica até então inédita - mesmo fora do corpo de Henrietta, multiplicavam-se num curto intervalo, tornando-se virtualmente imortais num meio de cultura adequado. Por causa disso, as células 'HeLa', logo começaram a ser utilizadas nas pesquisas em universidades e centros de tecnologia. Como resultado, a vacina contra a poliomielite e contra o vírus HPV, vários medicamentos para o tratamento de câncer, de AIDS e do mal de Parkinson, por exemplo, foram obtidos com a linhagem 'HeLa'. Apesar disso, os responsáveis jamais deram informações adequadas à família da doadora e tampouco ofereceram qualquer compensação moral ou financeira pela massiva utilização das células. 'A vida imortal de Henrietta Lacks' reconstitui a vida e a morte desta injustiçada personagem da história da medicina. O livro demonstra como o progresso científico do século XX deveu-se em grande medida a essa mulher negra, pobre e quase sem instrução. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Capa ilustrativa

37 livros novos e 30 livros usados em 37 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
A Vida Imortal de Henrietta Lacks Capa ilustrativa

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Silas Oeste Livros Silas Oeste Livros SP - São Paulo
99% Positivas
68 qualificações
R$ 15,00 + frete R$ 9,10

Total: R$ 24,10

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado,páginas limpas e sem rasuras.

A Vida Imortal De Henrietta Lacks Capa ilustrativa

A Vida Imortal De Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Livraria Econômica Livraria Econômica RJ - Niterói
98% Positivas
103 qualificações
R$ 15,00 + frete R$ 10,16

Total: R$ 25,16

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Semi Novo

A Vida Imortal de Henrietta Lacks Capa ilustrativa

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Cia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Sebo Releituras Portão Sebo Releituras Portão PR - Curitiba
100% Positivas
185 qualificações
R$ 20,00 + frete R$ 11,89

Total: R$ 31,89

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Cod.246527/Brochura/Biog/L.VM/Bom estado de conservação dim 14 x 21 cm/Livre de rabiscos, grifos, rasgos ou furos. [deposito - nicolas]

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Academia do Saber Passos Academia do Saber Passos RJ - Rio de Janeiro
98% Positivas
198 qualificações
R$ 22,00 + frete R$ 11,05

Total: R$ 33,05

Comprar ler descrição ocultar

Descrição (Estoque E0548); Capa brochura e em bom estado de conservação; Miolo e lombada em bom estado; Quantidade de páginas 454; Atenção! Pedidos feitos por depósito, favor aguardar a confirmação da disposição do livro no Estoque. - 201620247

A Vida Imortal de Henrietta Lacks Capa ilustrativa

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Sebo Livrologia Sebo Livrologia SP - São Bernardo do Campo
99% Positivas
688 qualificações
R$ 21,90 + frete R$ 11,89

Total: R$ 33,79

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Há uma mancha levemente amarelada na borda inferior das páginas. O livro está em Ótimo estado de conservação. O livro não possui CDs, rasuras, carimbos e outros complementos. C50682 M

A Vida Imortal De Henrietta Lacks Capa ilustrativa

A Vida Imortal De Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Releitura Livros Releitura Livros RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
576 qualificações
R$ 21,99 + frete R$ 11,89

Total: R$ 33,88

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro em bom estado de conservação; miolo perfeito---conteúdo preservado; texto completamente preservado, livre de grifos, riscos, sublinhados, anotações, etc.; capas íntegras e em bom estado, porém com leves sinais de armazenamento nas extremidades; folhas claras e limpas; laterais/corte apresentam leves sinais de armazenamento e manuseio; brochura; 14x21cm; 454 págs; isbn: 9788535918151; livro em português; 91353 / cód.int: 88998

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Livraria 2005 Livraria 2005 RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
99 qualificações
R$ 22,00 + frete R$ 11,89

Total: R$ 33,89

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Sem grifos ou rasuras. Alguns pontos amarelados na parte interna da capa e contracapa, bordas e na primeira e última página. Bordas com leves marcas de manuseio. Em bom estado de conservação.

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Academia do Saber Constituição Academia do Saber Constituição RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
257 qualificações
R$ 24,00 + frete R$ 11,05

Total: R$ 35,05

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Edição brochura. Muito bom estado de conservação. Cód.29198 - 20165707

VIDA IMORTAL DE HENRIETTA LACKS, A

VIDA IMORTAL DE HENRIETTA LACKS, A

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Livros e Cia DF Livros e Cia DF DF - Brasília
99% Positivas
333 qualificações
R$ 24,00 + frete R$ 11,05

Total: R$ 35,05

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Bom estado de conservação. sem grifos ou anotações.

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Cia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Livros do Autor Livros do Autor SP - São Bernardo do Campo
100% Positivas
40 qualificações
R$ 22,50 + frete R$ 12,74

Total: R$ 35,24

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Em perfeito estado, sem marcas de leitura, capa , lombada e miolo em perfeito estado sem grifos ou rabiscos, livro sem páginas amareladas. Seminovo. Muito bem conservado.

A Vida Imortal de Henrietta Lacks Capa ilustrativa

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Sebo Capricho II Sebo Capricho II PR - Londrina
99% Positivas
280 qualificações
R$ 24,90 + frete R$ 11,05

Total: R$ 35,95

Comprar ler descrição ocultar

Descrição brochura, bom estado de conservação, com sinais de uso, carimbos, capa e lombada danificados pelo desgaste

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Sebo da Vila Sebo da Vila SP - São Paulo
97% Positivas
59 qualificações
R$ 25,00 + frete R$ 11,05

Total: R$ 36,05

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em ótimo estado de conservação, sem marcas, grifos ou anotações.

A vida imortal de Henrietta Lacks Capa ilustrativa

A vida imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Sebo Releituras Portão Sebo Releituras Portão PR - Curitiba
100% Positivas
185 qualificações
R$ 25,00 + frete R$ 11,05

Total: R$ 36,05

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Cod. 232965/brochura/Biografias/L. vm dim 14x21 cm/ Páginas conservadas. Livre de rabiscos, rasgos e furos. [depósito]

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Cia do Saber Cia do Saber SC - Florianópolis
100% Positivas
126 qualificações
R$ 25,00 + frete R$ 11,53

Total: R$ 36,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura. 454 págs. Formato: 14X21X2.5 cm. Livro em bom estado. Capas, lombada e cortes conservados. Miolo bem conservado, livre de grifos ou rasuras. Sinopse: Glóbulos de tumores brancos acinzentados ... enchiam o cadáver. Parecia que o interior do corpo estava coberto de pérolas. Datado de outubro de 1951, o relatório da autópsia de Henrietta Lacks parece antecipar a estranha vida vivida pela paciente após sua morte. O cultivo das células do raro câncer cervical que a matara, já espalhadas por todo o seu corpo, seria fundamental para o desenvolvimento das pesquisas que renderam bilhões à indústria farmacêutica e de... Imagem Ilustrativa. Verificamos cuidadosamente o estado do livro, mas por se tratar de um artigo usado, é passível de algum detalhe não descrito, Tag 7582

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Sebo Universo Cultural Sebo Universo Cultural SP - Limeira
100% Positivas
68 qualificações
R$ 25,00 + frete R$ 11,89

Total: R$ 36,89

Comprar ler descrição ocultar

Descrição foto ilustrativa!!! caso deseje solicite fotos originais do produto!; boa conservaÇÃo! leves sinais de uso - 20161308

A Vida Imortal De Henrietta Lacks Capa ilustrativa

A Vida Imortal De Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Sebo Releituras Portão Sebo Releituras Portão PR - Curitiba
100% Positivas
185 qualificações
R$ 25,00 + frete R$ 11,89

Total: R$ 36,89

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Cod.229251/Brochura/Biografias/L.Vm. Bom estado de conservação dim 14 x 21 cm. Livre de rabiscos, rasgos, furos ou grifos. [al - gi]

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Sebo Universo Pinheiros Sebo Universo Pinheiros SP - São Paulo
100% Positivas
125 qualificações
R$ 26,00 + frete R$ 11,05

Total: R$ 37,05

Comprar ler descrição ocultar

Descrição L4 Livro em bom estado; laterais e páginas amareladas pelo tempo; capa com marca de vinco - 201631513

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Cia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Alfaiate dos Livros Alfaiate dos Livros SP - São Paulo
95% Positivas
55 qualificações
R$ 26,04 + frete R$ 11,53

Total: R$ 37,57

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Ótimo, como novo, sem uso aparente, cortes claros, brochura, com fotos, 21/14, 454p. (e60)Henrietta Lacks era descendente de escravos e nasceu em 1920, numa fazenda de tabaco no interior da Virgínia. Aos trinta anos, casada e mãe de cinco filhos, Henrietta descobriu que tinha câncer. Em poucos meses, um tumor no colo do útero se espalhou por seu corpo. Ela se tratou no Hospital Johns Hopkins, e veio a falecer em 1951. No hospital, uma amostra do colo do útero de Henrietta havia sido extraída sem o seu conhecimento, e fornecida à equipe de George Gey. Gey demonstrou que as células cancerígenas desse tecido possuíam uma característica até então inédita - mesmo fora do corpo de Henrietta, multiplicavam-se num curto intervalo, tornando-se virtualmente imortais num meio de cultura adequado.

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Casa Puebla Sebo Casa Puebla Sebo SP - São Paulo
100% Positivas
37 qualificações
R$ 25,00 + frete R$ 12,74

Total: R$ 37,74

Comprar ler descrição ocultar

Descrição A vida imortal de Henrietta Lacks reconstitui a vida e a morte de uma das mais injustiçadas personagens da história da medicina. O livro demonstra como o progresso científico do século XX deveu-se em grande medida a uma mulher negra, pobre e quase sem instrução. Doadora involuntária da linhagem “imortal” de células HeLa, a mais pesquisada em todo o mundo, a protagonista do premiado livro de estreia de Rebecca Skloot recebe uma merecida e tardia homenagem. Brochura usado sem grifos ou rasuras.

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Sebo Ceifa Sebo Ceifa SP - Osasco
99% Positivas
107 qualificações
R$ 27,00 + frete R$ 11,53

Total: R$ 38,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Novo .

Vida Imortal de Henrietta Lacks, a Capa ilustrativa

Vida Imortal de Henrietta Lacks, a

Ano:   Editora: Cia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Pacobello Sebo Pacobello Sebo SP - Santo André
99% Positivas
814 qualificações
R$ 29,00 + frete R$ 11,89

Total: R$ 40,89

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Bom estado de conservação. Sem anotações ou grifos. Cód. Barras: 1000180754778 Assunto: Biografia Loja: Livraria Pacobello (Abilio Soares)

A Vida Imortal de Henrietta Lacks Capa ilustrativa

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Sebo Alegria do Saber Sebo Alegria do Saber SP - São Paulo
98% Positivas
105 qualificações
R$ 30,00 + frete R$ 11,05

Total: R$ 41,05

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro com capa e lombada pouco manuseada, miolo em bom estado, brochura, 454PGS

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Livraria Opção Cultural II Livraria Opção Cultural II GO - Goiânia
95% Positivas
61 qualificações
R$ 30,00 + frete R$ 11,53

Total: R$ 41,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro bem conservado, sem grifos ou rasuras, 454 páginas, imagem meramente ilustrativa. Henrietta Lacks era descendente de escravos e nasceu em 1920, numa fazenda de tabaco no interior da Virgínia. Aos trinta anos, casada e mãe de cinco filhos, Henrietta descobriu que tinha câncer. Em poucos meses, um tumor no colo do útero se espalhou por seu corpo. Ela se tratou no Hospital Johns Hopkins, e veio a falecer em 1951. No hospital, uma amostra do colo do útero de Henrietta havia sido extraída sem o seu conhecimento, e fornecida à equipe de George Gey. Gey demonstrou que as células cancerígenas desse tecido possuíam uma característica até então inédita - mesmo fora do corpo de Henrietta, multiplicavam-se num curto intervalo, tornando-se virtualmente imortais num meio de cultura adequado.

A Vida Imortal de Henrietta Lacks Capa ilustrativa

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Os Melhores Livros Os Melhores Livros RS - Porto Alegre
100% Positivas
24 qualificações
R$ 30,00 + frete R$ 12,31

Total: R$ 42,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição 9541 - Exemplar do livro em bom estado de conservação. Capa e miolo com sinal de uso. Corte superior, corte inferior e corte dianteiro com sinal de uso. Fotos e outras informações pelo whatsapp; (51) 99518-8862

A vida imortal de Henrietta Lacks Capa ilustrativa

A vida imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Sebo Simples Sebo Simples SP - São Paulo
100% Positivas
142 qualificações
R$ 34,90 + frete R$ 11,53

Total: R$ 46,43

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro usado, bom estado de conservaçao, miolo intacto. Sinais de manuseio na capa. Sem assinaturas, grifos ou carimbos

A Vida Imortal de Henrietta Lacks Capa ilustrativa

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Cia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Atalho Literário Atalho Literário RS - Canoas
98% Positivas
135 qualificações
R$ 35,00 + frete R$ 12,74

Total: R$ 47,74

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, em excelente estado.

A Vida Imortal de Henrietta Lacks Capa ilustrativa

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: novo

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
97% Positivas
853 qualificações
R$ 41,00 + frete R$ 12,31

Total: R$ 53,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Seu nome de batismo era Loretta Pleasant, e ninguém sabe como se tornou Henrietta. Ela era descendente de escravos e nasceu em 1920, numa fazenda de tabaco no interior da Virgínia. Aos 21 anos, emigrou com o marido, David, seu primo em primeiro grau, para os subúrbios da região de Baltimore. Aos trinta anos, mãe de cinco filhos, Henrietta descobriu que tinha câncer. Em poucos meses, um pequeno tumor no colo do útero se espalhou por seu corpo. Ela perdeu rapidamente o vigor, convertendo-se num “espécime miserável”, nas palavras impiedosas do prontuário médico do Hospital Johns Hopkins, onde se tratava e onde veio a falecer, em 1951. No Johns Hopkins, uma amostra do colo do útero de Henrietta havia sido extraída sem o seu conhecimento, e fornecida à equipe de George Gey, chefe de pesquisa de cultura de tecidos naquela instituição. Gey demonstrou que as células cancerígenas desse tecido possuíam uma característica até então inédita: mesmo fora do corpo de Henrietta, multiplicavam-se num curto intervalo, tornando-se virtualmente imortais num meio de cultura adequado. Por causa disso, as células HeLa, batizadas com as iniciais da involuntária doadora, logo começaram a ser utilizadas nas mais variadas pesquisas em universidades e centros de tecnologia, nos Estados Unidos e no exterior. O surgimento de uma bilionária indústria de medicamentos sintéticos e as fabulosas cifras atualmente envolvidas em pesquisa genética devem-se em grande medida à comercialização das células de Henrietta. A vacina contra a poliomielite e contra o vírus HPV, vários medicamentos para o tratamento de câncer, de aids e do mal de Parkinson, por exemplo, foram obtidos com a linhagem HeLa. Apesar disso, os responsáveis jamais deram informações adequadas à família da doadora e tampouco ofereceram qualquer compensação moral ou financeira pela massiva utilização das células. Rebecca Skloot tenta reverter esse quadro, compondo um comovente relato da vida e da morte da mulher negra e humilde cujo trágico e precoce desaparecimento mudou a história da medicina. Por meio do estreito contato mantido com filhos, netos e o viúvo de Henrietta durante a pesquisa para o livro, a autora discute com muita lucidez as delicadas e complexas questões éticas e raciais envolvidas na história. A autora criou uma fundação para onde parte dos proventos deste livro está sendo encaminhada. Para mais informações e para fazer doações, acesse . “Um dos mais comoventes e encantadores livros de não ficção dos últimos anos.” - The New York Times “Skloot faz uma estreia notável com esta história complexa sobre fé, ciência, jornalismo e graça.” - Publishers Weekly “Um exemplo assombroso de como raça, sexo e doença se cruzam para produzir uma forma singular de vulnerabilidade social. Trata-se de um livro pungente, necessário e brilhante.” - Aloandra Nelson, Universidade de Colúmbia “A vida imortal de Henrietta Lacks pode ser lido como um romance.” - The Washington Post “A vida imortal de Henrietta Lacks é um relato cuidadoso e bem escrito da saga da medicina, da bioética e da questão racial nos Estados Unidos. É também a história de redenção de uma família.”- The Boston Globe

A Vida Imortal de Henrietta Lacks Capa ilustrativa

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: novo

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
97% Positivas
853 qualificações
R$ 41,00 + frete R$ 12,31

Total: R$ 53,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Seu nome de batismo era Loretta Pleasant, e ninguém sabe como se tornou Henrietta. Ela era descendente de escravos e nasceu em 1920, numa fazenda de tabaco no interior da Virgínia. Aos 21 anos, emigrou com o marido, David, seu primo em primeiro grau, para os subúrbios da região de Baltimore. Aos trinta anos, mãe de cinco filhos, Henrietta descobriu que tinha câncer. Em poucos meses, um pequeno tumor no colo do útero se espalhou por seu corpo. Ela perdeu rapidamente o vigor, convertendo-se num “espécime miserável”, nas palavras impiedosas do prontuário médico do Hospital Johns Hopkins, onde se tratava e onde veio a falecer, em 1951. No Johns Hopkins, uma amostra do colo do útero de Henrietta havia sido extraída sem o seu conhecimento, e fornecida à equipe de George Gey, chefe de pesquisa de cultura de tecidos naquela instituição. Gey demonstrou que as células cancerígenas desse tecido possuíam uma característica até então inédita: mesmo fora do corpo de Henrietta, multiplicavam-se num curto intervalo, tornando-se virtualmente imortais num meio de cultura adequado. Por causa disso, as células HeLa, batizadas com as iniciais da involuntária doadora, logo começaram a ser utilizadas nas mais variadas pesquisas em universidades e centros de tecnologia, nos Estados Unidos e no exterior. O surgimento de uma bilionária indústria de medicamentos sintéticos e as fabulosas cifras atualmente envolvidas em pesquisa genética devem-se em grande medida à comercialização das células de Henrietta. A vacina contra a poliomielite e contra o vírus HPV, vários medicamentos para o tratamento de câncer, de aids e do mal de Parkinson, por exemplo, foram obtidos com a linhagem HeLa. Apesar disso, os responsáveis jamais deram informações adequadas à família da doadora e tampouco ofereceram qualquer compensação moral ou financeira pela massiva utilização das células. Rebecca Skloot tenta reverter esse quadro, compondo um comovente relato da vida e da morte da mulher negra e humilde cujo trágico e precoce desaparecimento mudou a história da medicina. Por meio do estreito contato mantido com filhos, netos e o viúvo de Henrietta durante a pesquisa para o livro, a autora discute com muita lucidez as delicadas e complexas questões éticas e raciais envolvidas na história. A autora criou uma fundação para onde parte dos proventos deste livro está sendo encaminhada. Para mais informações e para fazer doações, acesse . “Um dos mais comoventes e encantadores livros de não ficção dos últimos anos.” - The New York Times “Skloot faz uma estreia notável com esta história complexa sobre fé, ciência, jornalismo e graça.” - Publishers Weekly “Um exemplo assombroso de como raça, sexo e doença se cruzam para produzir uma forma singular de vulnerabilidade social. Trata-se de um livro pungente, necessário e brilhante.” - Aloandra Nelson, Universidade de Colúmbia “A vida imortal de Henrietta Lacks pode ser lido como um romance.” - The Washington Post “A vida imortal de Henrietta Lacks é um relato cuidadoso e bem escrito da saga da medicina, da bioética e da questão racial nos Estados Unidos. É também a história de redenção de uma família.”- The Boston Globe

A Vida Imortal de Henrietta Lacks Capa ilustrativa

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: novo

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
97% Positivas
853 qualificações
R$ 41,00 + frete R$ 12,31

Total: R$ 53,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Seu nome de batismo era Loretta Pleasant, e ninguém sabe como se tornou Henrietta. Ela era descendente de escravos e nasceu em 1920, numa fazenda de tabaco no interior da Virgínia. Aos 21 anos, emigrou com o marido, David, seu primo em primeiro grau, para os subúrbios da região de Baltimore. Aos trinta anos, mãe de cinco filhos, Henrietta descobriu que tinha câncer. Em poucos meses, um pequeno tumor no colo do útero se espalhou por seu corpo. Ela perdeu rapidamente o vigor, convertendo-se num “espécime miserável”, nas palavras impiedosas do prontuário médico do Hospital Johns Hopkins, onde se tratava e onde veio a falecer, em 1951. No Johns Hopkins, uma amostra do colo do útero de Henrietta havia sido extraída sem o seu conhecimento, e fornecida à equipe de George Gey, chefe de pesquisa de cultura de tecidos naquela instituição. Gey demonstrou que as células cancerígenas desse tecido possuíam uma característica até então inédita: mesmo fora do corpo de Henrietta, multiplicavam-se num curto intervalo, tornando-se virtualmente imortais num meio de cultura adequado. Por causa disso, as células HeLa, batizadas com as iniciais da involuntária doadora, logo começaram a ser utilizadas nas mais variadas pesquisas em universidades e centros de tecnologia, nos Estados Unidos e no exterior. O surgimento de uma bilionária indústria de medicamentos sintéticos e as fabulosas cifras atualmente envolvidas em pesquisa genética devem-se em grande medida à comercialização das células de Henrietta. A vacina contra a poliomielite e contra o vírus HPV, vários medicamentos para o tratamento de câncer, de aids e do mal de Parkinson, por exemplo, foram obtidos com a linhagem HeLa. Apesar disso, os responsáveis jamais deram informações adequadas à família da doadora e tampouco ofereceram qualquer compensação moral ou financeira pela massiva utilização das células. Rebecca Skloot tenta reverter esse quadro, compondo um comovente relato da vida e da morte da mulher negra e humilde cujo trágico e precoce desaparecimento mudou a história da medicina. Por meio do estreito contato mantido com filhos, netos e o viúvo de Henrietta durante a pesquisa para o livro, a autora discute com muita lucidez as delicadas e complexas questões éticas e raciais envolvidas na história. A autora criou uma fundação para onde parte dos proventos deste livro está sendo encaminhada. Para mais informações e para fazer doações, acesse . “Um dos mais comoventes e encantadores livros de não ficção dos últimos anos.” - The New York Times “Skloot faz uma estreia notável com esta história complexa sobre fé, ciência, jornalismo e graça.” - Publishers Weekly “Um exemplo assombroso de como raça, sexo e doença se cruzam para produzir uma forma singular de vulnerabilidade social. Trata-se de um livro pungente, necessário e brilhante.” - Aloandra Nelson, Universidade de Colúmbia “A vida imortal de Henrietta Lacks pode ser lido como um romance.” - The Washington Post “A vida imortal de Henrietta Lacks é um relato cuidadoso e bem escrito da saga da medicina, da bioética e da questão racial nos Estados Unidos. É também a história de redenção de uma família.”- The Boston Globe

A Vida Imortal de Henrietta Lacks Capa ilustrativa

A Vida Imortal de Henrietta Lacks

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: novo

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
97% Positivas
853 qualificações
R$ 41,00 + frete R$ 12,31

Total: R$ 53,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Seu nome de batismo era Loretta Pleasant, e ninguém sabe como se tornou Henrietta. Ela era descendente de escravos e nasceu em 1920, numa fazenda de tabaco no interior da Virgínia. Aos 21 anos, emigrou com o marido, David, seu primo em primeiro grau, para os subúrbios da região de Baltimore. Aos trinta anos, mãe de cinco filhos, Henrietta descobriu que tinha câncer. Em poucos meses, um pequeno tumor no colo do útero se espalhou por seu corpo. Ela perdeu rapidamente o vigor, convertendo-se num “espécime miserável”, nas palavras impiedosas do prontuário médico do Hospital Johns Hopkins, onde se tratava e onde veio a falecer, em 1951. No Johns Hopkins, uma amostra do colo do útero de Henrietta havia sido extraída sem o seu conhecimento, e fornecida à equipe de George Gey, chefe de pesquisa de cultura de tecidos naquela instituição. Gey demonstrou que as células cancerígenas desse tecido possuíam uma característica até então inédita: mesmo fora do corpo de Henrietta, multiplicavam-se num curto intervalo, tornando-se virtualmente imortais num meio de cultura adequado. Por causa disso, as células HeLa, batizadas com as iniciais da involuntária doadora, logo começaram a ser utilizadas nas mais variadas pesquisas em universidades e centros de tecnologia, nos Estados Unidos e no exterior. O surgimento de uma bilionária indústria de medicamentos sintéticos e as fabulosas cifras atualmente envolvidas em pesquisa genética devem-se em grande medida à comercialização das células de Henrietta. A vacina contra a poliomielite e contra o vírus HPV, vários medicamentos para o tratamento de câncer, de aids e do mal de Parkinson, por exemplo, foram obtidos com a linhagem HeLa. Apesar disso, os responsáveis jamais deram informações adequadas à família da doadora e tampouco ofereceram qualquer compensação moral ou financeira pela massiva utilização das células. Rebecca Skloot tenta reverter esse quadro, compondo um comovente relato da vida e da morte da mulher negra e humilde cujo trágico e precoce desaparecimento mudou a história da medicina. Por meio do estreito contato mantido com filhos, netos e o viúvo de Henrietta durante a pesquisa para o livro, a autora discute com muita lucidez as delicadas e complexas questões éticas e raciais envolvidas na história. A autora criou uma fundação para onde parte dos proventos deste livro está sendo encaminhada. Para mais informações e para fazer doações, acesse . “Um dos mais comoventes e encantadores livros de não ficção dos últimos anos.” - The New York Times “Skloot faz uma estreia notável com esta história complexa sobre fé, ciência, jornalismo e graça.” - Publishers Weekly “Um exemplo assombroso de como raça, sexo e doença se cruzam para produzir uma forma singular de vulnerabilidade social. Trata-se de um livro pungente, necessário e brilhante.” - Aloandra Nelson, Universidade de Colúmbia “A vida imortal de Henrietta Lacks pode ser lido como um romance.” - The Washington Post “A vida imortal de Henrietta Lacks é um relato cuidadoso e bem escrito da saga da medicina, da bioética e da questão racial nos Estados Unidos. É também a história de redenção de uma família.”- The Boston Globe

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro