A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Mais Que Palavras Capa ilustrativa

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
95% Positivas
21 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
95% Positivas
21 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
95% Positivas
21 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
95% Positivas
21 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
95% Positivas
21 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Livros para Sempre Livros para Sempre RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
104 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Livros para Sempre Livros para Sempre RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
104 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Livros para Sempre Livros para Sempre RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
104 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Livros para Sempre Livros para Sempre RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
104 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Livros para Sempre Livros para Sempre RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
104 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
95% Positivas
21 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm LW 64

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
95% Positivas
21 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm ///LW 248

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
95% Positivas
21 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm ///LW 442

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: novo

Robson Achiamé Livros Robson Achiamé Livros SC - Santo Amaro da Imperatriz
95% Positivas
21 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Dizer "Rio de Prata", quer dizer algo mais que a denominação do maior e mais largo rio do planeta, é também um espaço imaginário que engloba ambas as margens do estuário. O tango é um produto das duas margens. Sempre houve um ir e vir de cidadão das capitais portuárias. A nacionalidade do maior mito é disputada com fervor, por um lado e outro do caudaloso gigante de água marrons: do lado oriental, se apresentam documentos para provar sua condição de Tacuaremboense, do lado Bonaerense, o preferem francês a uruguaio, seria Gardès e não Gardel. Também o submundo do delito participava dessa cultura nômade, e há infinidade de registros dessas inter-relações de barras-pesadas dos dois lados. Livro NOVO, com 48 páginas, no formato 15. 6x23cm /// LW 708

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: seminovo/usado

Ladeira Livros Ladeira Livros RS - Porto Alegre
98% Positivas
588 qualificações
R$ 8,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição brochura em bom estado sem grifos m. u

Mais Que Palavras

Mais Que Palavras

Ano:   Editora: Achiame

Tipo: seminovo/usado

Ladeira Livros Ladeira Livros RS - Porto Alegre
98% Positivas
588 qualificações
R$ 10,00 + R$ 5,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição brochura em bom estado

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro