A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Arquitetura na era Digital Financeira Capa ilustrativa

Arquitetura na era Digital-financeira

Pedro Fiori Arantes

Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção. Fechar Ler mais

Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em se u processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Arquitetura na era Digital Financeira

Capa ilustrativa

47 livros novos em 12 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Arquitetura na era Digital Financeira Capa ilustrativa

Arquitetura na era Digital Financeira

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
97% Positivas
283 qualificações
R$ 48,00 + frete R$ 10,16

Total: R$ 58,16

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Em Arquitetura na era digital-financeira, Pedro Fiori Arantes investiga o cenário da arquitetura contemporânea, investiga seu sentido plástico, econômico e político, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível uma arquitetura do excesso e da exceção.

Arquitetura na era Digital Financeira

Arquitetura na era Digital Financeira

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
97% Positivas
283 qualificações
R$ 48,00 + frete R$ 10,16

Total: R$ 58,16

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Em Arquitetura na era digital-financeira, Pedro Fiori Arantes investiga o cenário da arquitetura contemporânea, investiga seu sentido plástico, econômico e político, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível uma arquitetura do excesso e da exceção.

Arquitetura na era Digital Financeira

Arquitetura na era Digital Financeira

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
97% Positivas
283 qualificações
R$ 48,00 + frete R$ 10,16

Total: R$ 58,16

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Em Arquitetura na era digital-financeira, Pedro Fiori Arantes investiga o cenário da arquitetura contemporânea, investiga seu sentido plástico, econômico e político, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível uma arquitetura do excesso e da exceção.

Arquitetura na era Digital-financeira

Arquitetura na era Digital-financeira

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
98% Positivas
273 qualificações
R$ 48,00 + frete R$ 12,31

Total: R$ 60,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Arquitetura na era Digital-financeira

Arquitetura na era Digital-financeira

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
98% Positivas
273 qualificações
R$ 48,00 + frete R$ 12,31

Total: R$ 60,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Arquitetura na era Digital-financeira

Arquitetura na era Digital-financeira

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
98% Positivas
273 qualificações
R$ 48,00 + frete R$ 12,31

Total: R$ 60,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Arquitetura na era Digital-financeira

Arquitetura na era Digital-financeira

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
98% Positivas
273 qualificações
R$ 48,00 + frete R$ 12,31

Total: R$ 60,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Arquitetura na era Digital-financeira

Arquitetura na era Digital-financeira

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
98% Positivas
273 qualificações
R$ 48,00 + frete R$ 12,31

Total: R$ 60,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Arquitetura na era Digital-financeira

Arquitetura na era Digital-financeira

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
98% Positivas
273 qualificações
R$ 48,00 + frete R$ 12,31

Total: R$ 60,31

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Arquitetura na Era Digital Financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Forma

Arquitetura na Era Digital Financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Forma

Ano:   Editora: Editora 34

Tipo: novo

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
97% Positivas
466 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 11,05

Total: R$ 60,95

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arquitetura na Era Digital Financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Forma Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Arquitetura na Era Digital Financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Forma

Arquitetura na Era Digital Financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Forma

Ano:   Editora: Editora 34

Tipo: novo

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
97% Positivas
466 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 11,05

Total: R$ 60,95

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arquitetura na Era Digital Financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Forma Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Arquitetura na Era Digital Financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Forma

Arquitetura na Era Digital Financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Forma

Ano:   Editora: Editora 34

Tipo: novo

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
97% Positivas
466 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 11,05

Total: R$ 60,95

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arquitetura na Era Digital Financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Forma Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Arquitetura na Era Digital Financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Forma

Arquitetura na Era Digital Financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Forma

Ano:   Editora: Editora 34

Tipo: novo

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
97% Positivas
466 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 11,05

Total: R$ 60,95

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arquitetura na Era Digital Financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Forma Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Arquitetura na Era Digital Financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Forma

Arquitetura na Era Digital Financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Forma

Ano:   Editora: Editora 34

Tipo: novo

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
97% Positivas
466 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 11,05

Total: R$ 60,95

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Arquitetura na Era Digital Financeira: Desenho, Canteiro e Renda da Forma Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Arquitetura na era digital-financeira - Desenho, canteiro e renda da forma

Arquitetura na era digital-financeira - Desenho, canteiro e renda da forma

Ano:   Editora: Editora 34

Tipo: novo

Livraria 30porcento Livraria 30porcento SP - São Paulo
99% Positivas
224 qualificações
R$ 52,63 + frete R$ 9,63

Total: R$ 62,26

Comprar ler descrição ocultar

Descrição 368 p. - 16 x 23 cm
ISBN 978-85-7326-500-2
2012 - 1ª edição

Na passagem do século XX para o XXI &madsh; mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contemporânea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que conferem valor à obra.

Em Arquitetura na era digital-financeira, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político dessas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Sobre o autor

Pedro Fiori Arantes nasceu em São Paulo, em 1974. Graduou-se pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo em 1999, e concluiu seu mestrado (2004) e doutorado (2010) pela mesma instituição. Atualmente é professor do Departamento de História da Arte da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). É integrante do coletivo Usina, que atua na área de habitação popular e autogestão, autor do livro Arquitetura Nova (Editora 34, 2002) e organizador da coletânea de ensaios de Sérgio Ferro, Arquitetura e trabalho livre (Cosac Naify, 2006).

Arquitetura na era digital-financeira - Desenho, canteiro e renda da forma

Arquitetura na era digital-financeira - Desenho, canteiro e renda da forma

Ano:   Editora: Editora 34

Tipo: novo

Livraria 30porcento Livraria 30porcento SP - São Paulo
99% Positivas
224 qualificações
R$ 52,63 + frete R$ 9,63

Total: R$ 62,26

Comprar ler descrição ocultar

Descrição 368 p. - 16 x 23 cm
ISBN 978-85-7326-500-2
2012 - 1ª edição

Na passagem do século XX para o XXI &madsh; mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contemporânea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que conferem valor à obra.

Em Arquitetura na era digital-financeira, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político dessas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Sobre o autor

Pedro Fiori Arantes nasceu em São Paulo, em 1974. Graduou-se pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo em 1999, e concluiu seu mestrado (2004) e doutorado (2010) pela mesma instituição. Atualmente é professor do Departamento de História da Arte da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). É integrante do coletivo Usina, que atua na área de habitação popular e autogestão, autor do livro Arquitetura Nova (Editora 34, 2002) e organizador da coletânea de ensaios de Sérgio Ferro, Arquitetura e trabalho livre (Cosac Naify, 2006).

Arquitetura na era digital-financeira - Desenho, canteiro e renda da forma

Arquitetura na era digital-financeira - Desenho, canteiro e renda da forma

Ano:   Editora: Editora 34

Tipo: novo

Livraria 30porcento Livraria 30porcento SP - São Paulo
99% Positivas
224 qualificações
R$ 52,63 + frete R$ 9,63

Total: R$ 62,26

Comprar ler descrição ocultar

Descrição 368 p. - 16 x 23 cm
ISBN 978-85-7326-500-2
2012 - 1ª edição

Na passagem do século XX para o XXI &madsh; mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contemporânea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que conferem valor à obra.

Em Arquitetura na era digital-financeira, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político dessas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Sobre o autor

Pedro Fiori Arantes nasceu em São Paulo, em 1974. Graduou-se pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo em 1999, e concluiu seu mestrado (2004) e doutorado (2010) pela mesma instituição. Atualmente é professor do Departamento de História da Arte da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). É integrante do coletivo Usina, que atua na área de habitação popular e autogestão, autor do livro Arquitetura Nova (Editora 34, 2002) e organizador da coletânea de ensaios de Sérgio Ferro, Arquitetura e trabalho livre (Cosac Naify, 2006).

Arquitetura na era digital-financeira - Desenho, canteiro e renda da forma

Arquitetura na era digital-financeira - Desenho, canteiro e renda da forma

Ano:   Editora: Editora 34

Tipo: novo

Livraria 30porcento Livraria 30porcento SP - São Paulo
99% Positivas
224 qualificações
R$ 52,63 + frete R$ 9,63

Total: R$ 62,26

Comprar ler descrição ocultar

Descrição 368 p. - 16 x 23 cm
ISBN 978-85-7326-500-2
2012 - 1ª edição

Na passagem do século XX para o XXI &madsh; mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contemporânea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que conferem valor à obra.

Em Arquitetura na era digital-financeira, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político dessas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Sobre o autor

Pedro Fiori Arantes nasceu em São Paulo, em 1974. Graduou-se pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo em 1999, e concluiu seu mestrado (2004) e doutorado (2010) pela mesma instituição. Atualmente é professor do Departamento de História da Arte da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). É integrante do coletivo Usina, que atua na área de habitação popular e autogestão, autor do livro Arquitetura Nova (Editora 34, 2002) e organizador da coletânea de ensaios de Sérgio Ferro, Arquitetura e trabalho livre (Cosac Naify, 2006).

Arquitetura na era digital-financeira - Desenho, canteiro e renda da forma

Arquitetura na era digital-financeira - Desenho, canteiro e renda da forma

Ano:   Editora: Editora 34

Tipo: novo

Livraria 30porcento Livraria 30porcento SP - São Paulo
99% Positivas
224 qualificações
R$ 52,63 + frete R$ 9,63

Total: R$ 62,26

Comprar ler descrição ocultar

Descrição 368 p. - 16 x 23 cm
ISBN 978-85-7326-500-2
2012 - 1ª edição

Na passagem do século XX para o XXI &madsh; mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contemporânea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que conferem valor à obra.

Em Arquitetura na era digital-financeira, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político dessas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Sobre o autor

Pedro Fiori Arantes nasceu em São Paulo, em 1974. Graduou-se pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo em 1999, e concluiu seu mestrado (2004) e doutorado (2010) pela mesma instituição. Atualmente é professor do Departamento de História da Arte da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). É integrante do coletivo Usina, que atua na área de habitação popular e autogestão, autor do livro Arquitetura Nova (Editora 34, 2002) e organizador da coletânea de ensaios de Sérgio Ferro, Arquitetura e trabalho livre (Cosac Naify, 2006).

Arquitetura na era Digital-financeira Capa ilustrativa

Arquitetura na era Digital-financeira

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Ludy Livros Ludy Livros RS - Porto Alegre
99% Positivas
169 qualificações
R$ 51,00 + frete R$ 11,53

Total: R$ 62,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Lacrado no plástico!

Arquitetura na era Digital-financeira

Arquitetura na era Digital-financeira

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Sebo Simples Sebo Simples SP - São Paulo
98% Positivas
60 qualificações
R$ 51,84 + frete R$ 11,05

Total: R$ 62,89

Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO

Arquitetura na era digital-financeira Capa ilustrativa

Arquitetura na era digital-financeira

Ano:   Editora: Editora 34

Tipo: novo

Klaxon Livros Klaxon Livros SP - São Paulo
98% Positivas
1442 qualificações
R$ 51,20 + frete R$ 12,31

Total: R$ 63,51

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788573265002. Dimensão 16 X 23, 368 pág. Sinopse: Na passagem do século XX para o XXI - mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contemporânea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que confe

Arquitetura na era digital-financeira Capa ilustrativa

Arquitetura na era digital-financeira

Ano:   Editora: Editora 34

Tipo: novo

Klaxon Livros Klaxon Livros SP - São Paulo
98% Positivas
1442 qualificações
R$ 51,20 + frete R$ 12,31

Total: R$ 63,51

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788573265002. Dimensão 16 X 23, 368 pág. Sinopse: Na passagem do século XX para o XXI - mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contemporânea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que confe

Arquitetura na era digital-financeira Capa ilustrativa

Arquitetura na era digital-financeira

Ano:   Editora: Editora 34

Tipo: novo

Klaxon Livros Klaxon Livros SP - São Paulo
98% Positivas
1442 qualificações
R$ 51,20 + frete R$ 12,31

Total: R$ 63,51

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788573265002. Dimensão 16 X 23, 368 pág. Sinopse: Na passagem do século XX para o XXI - mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contemporânea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que confe

Arquitetura na era digital-financeira Capa ilustrativa

Arquitetura na era digital-financeira

Ano:   Editora: Editora 34

Tipo: novo

Klaxon Livros Klaxon Livros SP - São Paulo
98% Positivas
1442 qualificações
R$ 51,20 + frete R$ 12,31

Total: R$ 63,51

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788573265002. Dimensão 16 X 23, 368 pág. Sinopse: Na passagem do século XX para o XXI - mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contemporânea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que confe

Arquitetura na era digital-financeira Capa ilustrativa

Arquitetura na era digital-financeira

Ano:   Editora: Editora 34

Tipo: novo

Klaxon Livros Klaxon Livros SP - São Paulo
98% Positivas
1442 qualificações
R$ 51,20 + frete R$ 12,31

Total: R$ 63,51

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788573265002. Dimensão 16 X 23, 368 pág. Sinopse: Na passagem do século XX para o XXI - mais precisamente a partir da inauguração do Museu Guggenheim Bilbao, de Frank Gehry, em 1997 -, o cenário da arquitetura contemporânea foi tomado por um imaginário espetacular que, dando as costas à vocação social da arquitetura, acompanha a lógica do capital financeiro em sua busca do lucro máximo. Os arquitetos que tiveram seus nomes lançados às alturas nas últimas décadas - Gehry, Peter Eisenman, Rem Koolhaas, Norman Foster, Zaha Hadid, Herzog & de Meuron e outros - pautam seus projetos pelo avesso dos preceitos modernistas de racionalidade e universalidade: são as propriedades intrínsecas da forma, desvinculada do trabalho e expandida até o limite de sua materialidade, que confe

Arquitetura Na Era Digital Financeira Capa ilustrativa

Arquitetura Na Era Digital Financeira

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Sebo Simples Sebo Simples SP - São Paulo
98% Positivas
60 qualificações
R$ 54,40 + frete R$ 11,53

Total: R$ 65,93

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo.

Arquitetura na era digital-financeira: desenho, canteiro e renda da forma Capa ilustrativa

Arquitetura na era digital-financeira: desenho, canteiro e renda da forma

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
100% Positivas
274 qualificações
R$ 56,00 + frete R$ 11,53

Total: R$ 67,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! X 368 p. 16x23 Sinopse: Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Arquitetura na era digital-financeira: desenho, canteiro e renda da forma Capa ilustrativa

Arquitetura na era digital-financeira: desenho, canteiro e renda da forma

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
100% Positivas
274 qualificações
R$ 56,00 + frete R$ 11,53

Total: R$ 67,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! X 368 p. 16x23 Sinopse: Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Arquitetura na era digital-financeira: desenho, canteiro e renda da forma Capa ilustrativa

Arquitetura na era digital-financeira: desenho, canteiro e renda da forma

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
100% Positivas
274 qualificações
R$ 56,00 + frete R$ 11,53

Total: R$ 67,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! X 368 p. 16x23 Sinopse: Nesta obra, Pedro Fiori Arantes investiga o sentido plástico, econômico e político de certas formas únicas, detém-se em seu processo produtivo - as novas modalidades de projeto digital e as transformações do canteiro de obras -, e examina as condições de circulação, consumo e distribuição que tornaram possível essa arquitetura do excesso e da exceção.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro