A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Diario da Corte Capa ilustrativa

Diário da Corte

Paulo Francis

Diário da corte reúne os textos que fizeram de Paulo Francis um dos jornalistas mais influentes e o polemista mais audacioso da história recente da imprensa brasileira. Publicados originalmente na Folha de S.Paulo, os 76 artigos pela primeira vez reunidos em livro tratam dos mais variados assuntos: da política americana no pós-Watergate à redemocratização brasileira, da literatura de John Updike ao teatro de Nelson Rodrigues e o cinema de Woody Allen. A obra também traz as principais polêmicas do jornalista, como os ataques que desfechou contra José Guilherme Merquior, Caetano Veloso e o primeiro ombudsman da Folha, Caio Túlio Costa. Fechar Ler mais

Diário da corte reúne os textos que fizeram de Paulo Francis um dos jornalistas mais influentes e o polemista mais audacio so da história recente da imprensa brasileira. Publicados originalmente na Folha de S.Paulo, os 76 artigos pela primeira vez reunidos em livro tratam dos mais variados assuntos: da política americana no pós-Watergate à redemocratização brasileira, da literatura de John Updike ao teatro de Nelson Rodrigues e o cinema de Woody Allen. A obra também traz as principais polêmicas do jornalista, como os ataques que desfechou contra José Guilherme Merquior, Caetano Veloso e o primeiro ombudsman da Folha, Caio Túlio Costa. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Diário da Corte

12 livros novos e 22 livros usados em 21 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Diário da Corte

Diário da Corte

Ano:   Editora: Paulo Francis

Tipo: seminovo/usado

Livraria Jefferson Livraria Jefferson RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
52 qualificações
R$ 18,00 + frete R$ 12,52

Total: R$ 30,52

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Formato brochura, 16x23 cm, contendo 407 páginas, sem grifos ou anotações, contorno da capa amassadinho, lombada com marca de sujidade e pontos amarelados na parte superior, conteúdo preservado - Livraria Jefferson cód.1845

DIARIO DA CORTE Capa ilustrativa

DIARIO DA CORTE

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: seminovo/usado

Sebolandia Guarulhos Sebolandia Guarulhos SP - Guarulhos
100% Positivas
424 qualificações
R$ 18,00 + frete R$ 13,05

Total: R$ 31,05

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Encadernação: BROCHURA 24X17 - Paginas: 407 - ISBN: 9788565339025 - Assunto: COMUNICAÇAO - Idioma: PORTUGUES

Diário da Corte

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: seminovo/usado

Livraria Dom Casmurro Livraria Dom Casmurro RJ - São Gonçalo
100% Positivas
79 qualificações
R$ 15,00 + frete R$ 18,26

Total: R$ 33,26

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro em bom estado de conservação, possui alguns poucos grifos a caneta, nada que prejudique a sua leitura, 407 páginas. cód: 0318

Diário da Corte - Crônicas do Maior Polemista da Imprensa Brasileira

Diário da Corte - Crônicas do Maior Polemista da Imprensa Brasileira

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: seminovo/usado

Livraria Marcultural Livraria Marcultural SP - São Paulo
100% Positivas
102 qualificações
R$ 20,90 + frete R$ 12,52

Total: R$ 33,42

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Ótimo estado, sem anotações, 407 págs, 16x23cm. Diário da corte reúne textos de Paulo Francis que mostram a sua trajetória na imprensa brasileira. Os 76 artigos, publicados originalmente na Folha de São Paulo, são organizados pelo jornalista Nelson de Sá, que abarca as diferentes dimensões do trabalho de Francis - como crítico da cultura, analista da história mundial e americana, observador da política brasileira e satirista.

Diário da Corte

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres

Tipo: seminovo/usado

Sebo Lima Barreto Sebo Lima Barreto RJ - Rio de Janeiro
99% Positivas
1192 qualificações
R$ 19,99 + frete R$ 13,89

Total: R$ 33,88

Comprar ler descrição ocultar

Descrição 09/03/2017. Livro usado em bom estado de conservação. Envelhecido pelo tempo.

Diário da Corte

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: seminovo/usado

Edusan Sebo Virtual Edusan Sebo Virtual SP - São Paulo
100% Positivas
48 qualificações
R$ 22,80 + frete R$ 13,05

Total: R$ 35,85

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro usado em bom estado geral

Diário da Corte de Paulo Francis

Diário da Corte de Paulo Francis

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Livros da estante Livros da estante SP - São Paulo
100% Positivas
234 qualificações
R$ 28,00 + frete R$ 13,05

Total: R$ 41,05

Comprar ler descrição ocultar

Descrição 407 pgs Livro em bom estado. 15-02-17

Diário da Corte

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: seminovo/usado

Red Star Teodoro Sampaio Red Star Teodoro Sampaio SP - São Paulo
99% Positivas
466 qualificações
R$ 30,00 + frete R$ 13,05

Total: R$ 43,05

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, 23x16, contendo 407 páginas. Em ótimo estado de conservação, sem grifos e sem rasuras, borda superior com leves manchas do tempo. M. jo.

Diário da Corte Capa ilustrativa

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: seminovo/usado

Livraria Amaral Livraria Amaral SP - São Paulo
99% Positivas
432 qualificações
R$ 32,00 + frete R$ 12,52

Total: R$ 44,52

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado de conservação, brochura, 407 págs., Não há anotações, grifos, destaques em marca texto ou nome do antigo dono.

Diário da Corte Capa ilustrativa

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: seminovo/usado

Pacobello Sebo Pacobello Sebo SP - Santo André
97% Positivas
1247 qualificações
R$ 35,00 + frete R$ 9,42

Total: R$ 44,42

Comprar ler descrição ocultar

Descrição bom estado de conservação. Não possui grifos nem anotações. Cód. Barras: 1000204495281 Assunto: Comunicação Loja: Livraria Pacobello (Abilio Soares)

Diário da Corte Crônicas do Maior Polemista da Imprensa Brasileira Capa ilustrativa

Diário da Corte Crônicas do Maior Polemista da Imprensa Brasileira

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: seminovo/usado

Livraria Amaral Livraria Amaral SP - São Paulo
99% Positivas
432 qualificações
R$ 34,00 + frete R$ 12,00

Total: R$ 46,00

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado de conservação, brochura; 407 páginas, capa e lombada com vincos, miolo em boas condições, não apresenta riscos ou grifos, contém nome do ex dono.

Diário da Corte

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: seminovo/usado

Loplop Livros Loplop Livros SP - São Paulo
97% Positivas
170 qualificações
R$ 36,00 + frete R$ 11,16

Total: R$ 47,16

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em ótimo estado de conservação! Sem grifos ou marcações. Brochura. Formato 23x16 cm. 408 pgs. Diário da corte reúne textos de Paulo Francis que mostram a sua trajetória na imprensa brasileira. Os 76 artigos, publicados originalmente na Folha de São Paulo, são organizados pelo jornalista Nelson de Sá, que abarca as diferentes dimensões do trabalho de Francis - como crítico da cultura, analista da história mundial e americana, observador da política brasileira e satirista.

Diário da Corte Capa ilustrativa

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: seminovo/usado

Sebo Bela Cintra Sebo Bela Cintra SP - São Paulo
100% Positivas
63 qualificações
R$ 39,00 + frete R$ 12,52

Total: R$ 51,52

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro usado, capa integra, bordas claras, miolo firme - 407 páginas - Posfácio : Luiz Felipe Pondé, Organização e Apresetação : Nelson De Sá

Diário da Corte Capa ilustrativa

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: seminovo/usado

Eliseu José Eliseu José SP - São Paulo
100% Positivas
11 qualificações
R$ 40,00 + frete R$ 11,58

Total: R$ 51,58

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro capa brochura em bom estado de conservação 407 páginas sem riscos e sem rasuras não contém páginas soltas ou rasgadas

Diário da Corte Capa ilustrativa

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: seminovo/usado

Sebo Capricho I Sebo Capricho I PR - Londrina
98% Positivas
734 qualificações
R$ 40,00 + frete R$ 11,58

Total: R$ 51,58

Comprar ler descrição ocultar

Descrição brochura, ótimo estado, sem rasuras. loc. jornalismo

Diário da Corte Capa ilustrativa

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: seminovo/usado

Livraria Progresso Sebo Livraria Progresso Sebo PE - Recife
98% Positivas
192 qualificações
R$ 40,00 + frete R$ 12,52

Total: R$ 52,52

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado de conservação, porém com vários trechos grifados a marcador de texto, mas não compromete a leitura.

Diario da Corte

Diario da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: seminovo/usado

Angel e Hadassa Comércio de Li Angel e Hadassa Comércio de Li SP - São Paulo
96% Positivas
100 qualificações
R$ 40,00 + frete R$ 13,05

Total: R$ 53,05

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado de conservação . Sem grifos ou rasuras . Miolo firme .Dedicatória na 1ª pg. Sinais de manuseio na capa e bordas das páginas. páginas amareladas devido a ação do tempo. Texto preservado, legibilidade perfeita. Envio Imediato - 201611650

Diário da Corte

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: seminovo/usado

My Bookcase My Bookcase SP - São Paulo
99% Positivas
165 qualificações
R$ 44,00 + frete R$ 13,05

Total: R$ 57,05

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Foto do livro anunciado - brochura - 407 páginas - 16 x 23 cm - livro em estado de novo - Damos preferência para pagamento via depósito CEF ou BB - T5

Diário da Corte

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: novo

O Leitor Livraria O Leitor Livraria SP - São Caetano do Sul
99% Positivas
275 qualificações
R$ 59,90 + frete R$ 11,58

Total: R$ 71,48

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Loja I cód. 305370 livro capa brochura, novo.Diário da corte reúne textos de Paulo Francis que mostram a sua trajetória na imprensa brasileira. Os 76 artigos, publicados originalmente na Folha de São Paulo, são organizados pelo jornalista Nelson de Sá, que abarca as diferentes dimensões do trabalho de Francis - como crítico da cultura, analista da história mundial e americana, observador da política brasileira e satirista.

Diário da Corte Capa ilustrativa

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: novo

Sebo Graúna P. Prudente Sebo Graúna P. Prudente SP - Presidente Prudente
98% Positivas
82 qualificações
R$ 57,90 + frete R$ 13,89

Total: R$ 71,79

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo sem uso! Diário da corte' reúne textos de Paulo Francis que mostram a sua trajetória na imprensa brasileira. Os 76 artigos, publicados originalmente na Folha de São Paulo, são organizados pelo jornalista Nelson de Sá, que abarca as diferentes dimensões do trabalho de Francis - como crítico da cultura, analista da história mundial e americana, observador da política brasileira e satirista.

Diario da Corte

Diario da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: seminovo/usado

Sebo Linha Paulista Sebo Linha Paulista SP - São Paulo
99% Positivas
893 qualificações
R$ 60,00 + frete R$ 12,52

Total: R$ 72,52

Comprar ler descrição ocultar

Descrição MA0408-15.... 407 páginas em Brochura. Formato 16x23. Livro em bom estado. Corte e borda levemente amarelados pela ação do tempo. Miolo com alguns grifos feitos a marca texto. Foto ilustrativa MA52T

Diário da Corte

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
1446 qualificações
R$ 68,00 + frete R$ 12,00

Total: R$ 80,00

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788565339025. Dimensão 16 x 23, 408 pág. Sinopse: Paulo Francis iniciou sua carreira jornalística como crítico de teatro no final dos anos 1950. Enveredou pelo comentário político na década de 1960, quando atuou na Última Hora e ajudou a criar O Pasquim, marco da imprensa alternativa. A independência intelectual e a ferocidade crítica de seus comentários levaram-no a ser preso quatro vezes pela ditadura militar. Mudou-se para Nova York em 1971 e, quatro anos depois, passou a escrever para a Folha de S.Paulo, sobre os mais variados assuntos: da hegemonia mundial dos EUA ao cinema de Coppola e Woody Allen, da crise do comunismo ao assassinato de John Lennon, dos impasses da redemocratização brasileira à ascensão de Lula no cenário político. Organizado pelo jornalista Nels

Diário da Corte

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
1446 qualificações
R$ 68,00 + frete R$ 12,00

Total: R$ 80,00

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788565339025. Dimensão 16 x 23, 408 pág. Sinopse: Paulo Francis iniciou sua carreira jornalística como crítico de teatro no final dos anos 1950. Enveredou pelo comentário político na década de 1960, quando atuou na Última Hora e ajudou a criar O Pasquim, marco da imprensa alternativa. A independência intelectual e a ferocidade crítica de seus comentários levaram-no a ser preso quatro vezes pela ditadura militar. Mudou-se para Nova York em 1971 e, quatro anos depois, passou a escrever para a Folha de S.Paulo, sobre os mais variados assuntos: da hegemonia mundial dos EUA ao cinema de Coppola e Woody Allen, da crise do comunismo ao assassinato de John Lennon, dos impasses da redemocratização brasileira à ascensão de Lula no cenário político. Organizado pelo jornalista Nels

Diário da Corte

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
1446 qualificações
R$ 68,00 + frete R$ 12,00

Total: R$ 80,00

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788565339025. Dimensão 16 x 23, 408 pág. Sinopse: Paulo Francis iniciou sua carreira jornalística como crítico de teatro no final dos anos 1950. Enveredou pelo comentário político na década de 1960, quando atuou na Última Hora e ajudou a criar O Pasquim, marco da imprensa alternativa. A independência intelectual e a ferocidade crítica de seus comentários levaram-no a ser preso quatro vezes pela ditadura militar. Mudou-se para Nova York em 1971 e, quatro anos depois, passou a escrever para a Folha de S.Paulo, sobre os mais variados assuntos: da hegemonia mundial dos EUA ao cinema de Coppola e Woody Allen, da crise do comunismo ao assassinato de John Lennon, dos impasses da redemocratização brasileira à ascensão de Lula no cenário político. Organizado pelo jornalista Nels

Diário da Corte

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
1446 qualificações
R$ 68,00 + frete R$ 12,00

Total: R$ 80,00

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788565339025. Dimensão 16 x 23, 408 pág. Sinopse: Paulo Francis iniciou sua carreira jornalística como crítico de teatro no final dos anos 1950. Enveredou pelo comentário político na década de 1960, quando atuou na Última Hora e ajudou a criar O Pasquim, marco da imprensa alternativa. A independência intelectual e a ferocidade crítica de seus comentários levaram-no a ser preso quatro vezes pela ditadura militar. Mudou-se para Nova York em 1971 e, quatro anos depois, passou a escrever para a Folha de S.Paulo, sobre os mais variados assuntos: da hegemonia mundial dos EUA ao cinema de Coppola e Woody Allen, da crise do comunismo ao assassinato de John Lennon, dos impasses da redemocratização brasileira à ascensão de Lula no cenário político. Organizado pelo jornalista Nels

Diário da Corte

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
1446 qualificações
R$ 68,00 + frete R$ 12,00

Total: R$ 80,00

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788565339025. Dimensão 16 x 23, 408 pág. Sinopse: Paulo Francis iniciou sua carreira jornalística como crítico de teatro no final dos anos 1950. Enveredou pelo comentário político na década de 1960, quando atuou na Última Hora e ajudou a criar O Pasquim, marco da imprensa alternativa. A independência intelectual e a ferocidade crítica de seus comentários levaram-no a ser preso quatro vezes pela ditadura militar. Mudou-se para Nova York em 1971 e, quatro anos depois, passou a escrever para a Folha de S.Paulo, sobre os mais variados assuntos: da hegemonia mundial dos EUA ao cinema de Coppola e Woody Allen, da crise do comunismo ao assassinato de John Lennon, dos impasses da redemocratização brasileira à ascensão de Lula no cenário político. Organizado pelo jornalista Nels

Diário da Corte

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
1446 qualificações
R$ 68,00 + frete R$ 12,00

Total: R$ 80,00

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788565339025. Dimensão 16 x 23, 408 pág. Sinopse: Paulo Francis iniciou sua carreira jornalística como crítico de teatro no final dos anos 1950. Enveredou pelo comentário político na década de 1960, quando atuou na Última Hora e ajudou a criar O Pasquim, marco da imprensa alternativa. A independência intelectual e a ferocidade crítica de seus comentários levaram-no a ser preso quatro vezes pela ditadura militar. Mudou-se para Nova York em 1971 e, quatro anos depois, passou a escrever para a Folha de S.Paulo, sobre os mais variados assuntos: da hegemonia mundial dos EUA ao cinema de Coppola e Woody Allen, da crise do comunismo ao assassinato de John Lennon, dos impasses da redemocratização brasileira à ascensão de Lula no cenário político. Organizado pelo jornalista Nels

Diário da Corte

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
1446 qualificações
R$ 68,00 + frete R$ 12,00

Total: R$ 80,00

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788565339025. Dimensão 16 x 23, 408 pág. Sinopse: Paulo Francis iniciou sua carreira jornalística como crítico de teatro no final dos anos 1950. Enveredou pelo comentário político na década de 1960, quando atuou na Última Hora e ajudou a criar O Pasquim, marco da imprensa alternativa. A independência intelectual e a ferocidade crítica de seus comentários levaram-no a ser preso quatro vezes pela ditadura militar. Mudou-se para Nova York em 1971 e, quatro anos depois, passou a escrever para a Folha de S.Paulo, sobre os mais variados assuntos: da hegemonia mundial dos EUA ao cinema de Coppola e Woody Allen, da crise do comunismo ao assassinato de John Lennon, dos impasses da redemocratização brasileira à ascensão de Lula no cenário político. Organizado pelo jornalista Nels

Diário da Corte

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
1446 qualificações
R$ 68,00 + frete R$ 12,00

Total: R$ 80,00

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788565339025. Dimensão 16 x 23, 408 pág. Sinopse: Paulo Francis iniciou sua carreira jornalística como crítico de teatro no final dos anos 1950. Enveredou pelo comentário político na década de 1960, quando atuou na Última Hora e ajudou a criar O Pasquim, marco da imprensa alternativa. A independência intelectual e a ferocidade crítica de seus comentários levaram-no a ser preso quatro vezes pela ditadura militar. Mudou-se para Nova York em 1971 e, quatro anos depois, passou a escrever para a Folha de S.Paulo, sobre os mais variados assuntos: da hegemonia mundial dos EUA ao cinema de Coppola e Woody Allen, da crise do comunismo ao assassinato de John Lennon, dos impasses da redemocratização brasileira à ascensão de Lula no cenário político. Organizado pelo jornalista Nels

Diário da Corte

Diário da Corte

Ano:   Editora: Tres Estrelas

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
1446 qualificações
R$ 68,00 + frete R$ 12,00

Total: R$ 80,00

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788565339025. Dimensão 16 x 23, 408 pág. Sinopse: Paulo Francis iniciou sua carreira jornalística como crítico de teatro no final dos anos 1950. Enveredou pelo comentário político na década de 1960, quando atuou na Última Hora e ajudou a criar O Pasquim, marco da imprensa alternativa. A independência intelectual e a ferocidade crítica de seus comentários levaram-no a ser preso quatro vezes pela ditadura militar. Mudou-se para Nova York em 1971 e, quatro anos depois, passou a escrever para a Folha de S.Paulo, sobre os mais variados assuntos: da hegemonia mundial dos EUA ao cinema de Coppola e Woody Allen, da crise do comunismo ao assassinato de John Lennon, dos impasses da redemocratização brasileira à ascensão de Lula no cenário político. Organizado pelo jornalista Nels

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro