A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
A Republica Negra Capa ilustrativa

A Republica Negra

Luis Kawaguti

Uma insurreição armada irrompeu no Haiti no início de 2004, resultando na renúncia e no exílio do então presidente Jean-Bertrand Aristide. Para evitar uma guerra civil, em 1º de junho de 2004, soldados brasileiros chegaram à cidade de Porto Príncipe, capital do país, para formar a força principal da recém-nascida Missão das Nações Unidas para a estabilização do Haiti, a Minustah. O livro surgiu a partir das viagens que o jornalista fez para presenciar o cotidiano das tropas brasileiras, que viraram reportagens publicadas nos jornais Diário de S. Paulo e O Globo. A publicação aprofunda o conteúdo das matérias e mostra o quanto o Brasil influi nas vidas dos oito milhões de hatianos seja por canais diplomáticos, militares ou culturais. Traz depoimentos inéditos de rebeldes e de militares brasileiros sobre supostos casos de espancamento durante interrogatórios e abusos de violência contra haitianos. Narra também os combates e as estratégias militares que fizeram da ocupação brasileira na capital haitiana um exemplo de operação de paz bem-sucedida realizada pelas Nações Unidas. Luís Kawaguti relata a sucessão de acontecimentos que, em pouco mais de dois anos, levaram uma nação do caos social e político ao processo de redemocratização, iniciado com a eleição de um novo presidente. Para compreender a complexidade da situação do Haiti e, conseqüentemente, da missão da ONU, o autor faz uma passeio pela história do país. Aborda desde a sua descoberta na primeira viagem do navegador Cristóvão Colombo à América, em 1492, passando pela revolução de 1804, que libertou o Haiti da França, e pelos 28 anos extremamente violentos da ditadura de Duvalier. O jornalista faz um panorama do sistema educacional, sanitário e de transporte do país; mostra de que maneira a religião católica, professada pela maioria da população, convive harmonicamente com os rituais de vodu. O livro configura-se como uma rica fonte de informações, pois o autor conheceu de perto tanto as dificuldades quanto o trabalho dos militares brasileiros. Narra, detalhadamente, operações importantes das tropas da Onu, como as realizadas em Bel Air, a maior favela de Porto Príncipe. Revela quais os diversos problemas enfrentados, desde o desarmamento da população até dificuldades logísticas, como o alojamento das tropas brasileiras. Fechar Ler mais

Uma insurreição armada irrompeu no Haiti no início de 2004, resultando na renúncia e no exílio do então presidente Jean-Bertrand Aristide. Para evitar uma guerra civil, em 1º de junho de 2004, soldados brasileiros chegaram à cidade de Porto Príncipe, capital do país, para formar a força principal da recém-nascida Missão das Nações Unidas para a estabilização do Haiti, a Minustah. O livro surgiu a partir das viagens que o jornalista fez para presenciar o cotidiano das tropas brasileiras, que viraram reportagens publicadas nos jornais Diário de S. Paulo e O Globo. A publicação aprofunda o conteúdo das matérias e mostra o quanto o Brasil influi nas vidas dos oito milhões de hatianos seja por canais diplomáticos, militares ou culturais. Traz depoimentos inéditos de rebeldes e de militares brasileiros sobre supostos casos de espancamento durante interrogatórios e abusos de violência contra haitianos. Narra também os combates e as estratégias militares que fizeram da ocupação brasileira na capital haitiana um exemplo de operação de paz bem-sucedida realizada pelas Nações Unidas. Luís Kawaguti relata a sucessão de acontecimentos que, em pouco mais de dois anos, levaram uma nação do caos social e político ao processo de redemocratização, iniciado com a eleição de um novo presidente. Para compreender a complexidade da situação do Haiti e, conseqüentemente, da missão da ONU, o autor faz uma passeio pela história do país. Aborda desde a sua descoberta na primeira viagem do navegador Cristóvão Colombo à América, em 1492, passando pela revolução de 1804, que libertou o Haiti da França, e pelos 28 anos extremamente violentos da ditadura de Duvalier. O jornalista faz um panorama do sistema educacional, sanitário e de transporte do país; mostra de que maneira a religião católica, professada pela maioria da população, convive harmonicamente com os rituais de vodu. O livro configura-se como uma rica fonte de informações, pois o autor conheceu de perto tanto as dificuldades quanto o trabalho dos militares brasileiros. Narra, detalhadamente, operações importantes das tropas da Onu, como as realizadas em Bel Air, a maior favela de Porto Príncipe. Revela quais os diversos problemas enfrentados, desde o desarmamento da população até dificuldades logísticas, como o alojamento das tropas brasileiras. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

A República Negra

Capa ilustrativa

A República Negra

Capa ilustrativa
Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
A República Negra Capa ilustrativa

A República Negra

Ano:   Editora: Globo

Tipo: seminovo/usado

Livraria Prosa da Praça Livraria Prosa da Praça RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
25 qualificações
R$ 18,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, língua portuguesa, capa com poucas marcas de uso, lombada sem marcas de uso, miolo firme, sem rasuras, sublinhados ou anotações, entre em contato para maiores detalhes.

A República Negra Capa ilustrativa

A República Negra

Ano:   Editora: Globo

Tipo: seminovo/usado

Sebo Logos Virtual Sebo Logos Virtual RJ - Rio de Janeiro
89% Positivas
223 qualificações
R$ 18,99 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Muito Bom Estado

A Repúplica Negra

A Repúplica Negra

Ano:   Editora: Globo

Tipo: seminovo/usado

Sebo Saber Osasco Sebo Saber Osasco SP - Osasco
98% Positivas
125 qualificações
R$ 20,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro em bom estado de conservação.Uma insurreição armada irrompeu no Haiti no início de 2004, resultando na renúncia e no exílio do então presidente Jean-Bertrand Aristide. Para evitar uma guerra civil, em 1º de junho de 2004, soldados brasileiros chegaram à cidade de Porto Príncipe, capital do país, para formar a força principal da recém-nascida Missão das Nações Unidas para a estabilização do Haiti, a Minustah. O livro surgiu a partir das viagens que o jornalista fez para presenciar o cotidiano das tropas brasileiras, que viraram reportagens publicadas nos jornais Diário de S. Paulo e O Globo. (pag, 216).

A República Negra.

A República Negra.

Ano:   Editora: Globo

Tipo: seminovo/usado

Otto Livros Otto Livros SP - São Paulo
95% Positivas
56 qualificações
R$ 20,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Formato 14 x 21; livro usado em bom estado, páginas levemente amareladas devido a ação do tempo, sinais de uso. Caixa 11 - 20163341

A Republica Negra

A Republica Negra

Ano:   Editora: Globo

Tipo: seminovo/usado

Casa Puebla Sebo Casa Puebla Sebo SP - São Paulo
100% Positivas
31 qualificações
R$ 20,00 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Para evitar uma guerra civil, em 1º de junho de 2004, soldados brasileiros chegaram à cidade de Porto Príncipe, capital do país, para formar a força principal da recém-nascida Missão das Nações Unidas para a estabilização do Haiti, a Minustah. O livro surgiu a partir das viagens que o jornalista fez para presenciar o cotidiano das tropas brasileiras, que viraram reportagens publicadas nos jornais Diário de S. Paulo e O Globo. A publicação aprofunda o conteúdo das matérias e mostra o quanto o Brasil influi nas vidas dos oito milhões de hatianos seja por canais diplomáticos, militares ou culturais. Brochura usado sem grifos ou rasuras, borda superior levemente amarelecida.

A República Negra Capa ilustrativa

A República Negra

Ano:   Editora: Globo

Tipo: seminovo/usado

Livraria Progresso Sebo Livraria Progresso Sebo PE - Recife
96% Positivas
196 qualificações
R$ 25,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar
A República Negra

A República Negra

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Sebo Equilíbrio Sebo Equilíbrio SP - São Bernardo do Campo
100% Positivas
20 qualificações
R$ 27,00 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Histórias de um repórter sobre as tropas brasileiras no Haiti. Livro novo, capa cartoanda, 199 páginas. 1ª rempressão de 2008.

A República Negra

A República Negra

Ano:   Editora: Globo

Tipo: seminovo/usado

Sebo Alternativa Sebo Alternativa SP - São Paulo
98% Positivas
57 qualificações
R$ 30,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição C. Livro brochura sem rasuras em bom estado de conservação.

A República Negra Histórias de um Repórter Sobre as Tropas Brasileiras Capa ilustrativa

A República Negra Histórias de um Repórter Sobre as Tropas Brasileiras

Ano:   Editora: Globo

Tipo: seminovo/usado

Espaço do Livro Espaço do Livro SP - São Paulo
100% Positivas
41 qualificações
R$ 30,00 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição òtimo estado

A Republica Negra Capa ilustrativa

A Republica Negra

Ano:   Editora: Globo

Tipo: novo

Livreiro dos Araças Livreiro dos Araças SP - Araçatuba
99% Positivas
584 qualificações
R$ 35,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo. Cód. 01. Em Perfeito Estado. Higienizado. Embalado em filme de PVC. Com páginas 198 limpas e claras. Formato: 21x14. Sinopse padronizada pelo Livreiro dos Araças. O livro configura-se como uma rica fonte de informações, pois o autor conheceu de perto tanto as dificuldades quanto o trabalho dos militares brasileiros. Narra, detalhadamente, operações importantes das tropas da Onu, como as realizadas em Bel Air, a maior favela de Porto Príncipe. Revela quais os diversos problemas enfrentados, desde o desarmamento da população até dificuldades logísticas, como o alojamento das tropas brasileiras. A publicação reúne histórias de soldados, oficiais, diplomatas, intérpretes, funcionários da Onu, líderes comunitários, políticos e haitianos comuns.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro