A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Trovas Burlescas Capa ilustrativa

Trovas Burlescas

Luís Gama

O fato de ser negro no Brasil escravocrata do século XIX, quando ser livre era sinônimo de ser branco, determina substancialmente a postura enunciativa de Luiz Gama. Ele usa ao máximo sua liberdade por meio da sátira, modalidade que supõe total liberdade de expressão. No entanto, não se limita em seus poemas à afirmação do “sou negro”. Engana-se quem desejar apreender o poeta pelo particularismo de uma identidade negra. Acima de tudo, o autor procura fazer seu público rir. Fechar Ler mais

O fato de ser negro no Brasil escravocrata do século XIX, quando ser livre era sinônimo de ser branco, determina substancialmente a postura enunciativa de Luiz Gama. Ele usa ao máximo sua liberdade por meio da sátira, modalidade que supõe total liberdade de expressão. No entanto, não se limita em seus poemas à afirmação do “sou negro”. Engana-se quem desejar apreender o poeta pelo particularismo de uma identidade negra. Acima de tudo, o autor procura fazer seu público rir. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Trovas Burlescas: Texto Integral

Trovas Burlescas: Texto Integral

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Trovas Burlescas: Texto Integral

Trovas Burlescas: Texto Integral

Ano:   Editora: Tres

Tipo: seminovo/usado

Cultural Roots Cultural Roots SP - São Paulo
99% Positivas
145 qualificações
R$ 26,90 Frete grátis Comprar ler descrição ocultar

Descrição Formato 14x21 cm com 169 págs. Encadernado; Livro em ótimo estado de conservação, págs. com início de amarelamento devido ação do tempo, capa, miolo e lombada ok! Sem sinais de desgastes nem grifos ou anotações. Coleção Obras Imortais da Nossa Literatura Volume 47. Luís Gama inaugurou a Imprensa humorística paulistana ao fundar, em 1864, o jornal Diabo Coxo. Através da Imprensa iniciou sua cruzada contra o escravismo. Mais tarde, como advogado, libertou uma imensidão de escravos. Sud Mennucci o considera o precursor do abolicionismo no Brasil. Autodidata, natural da Bahia, Luís Gama tornou-se advogado respeitado graças à eloqüência sem par e ao raciocínio arguto. Rui Barbosa disse dele o seguinte: "Um coração de anjo, um espírito genial, uma torrente de eloquência..." DOM.05/2014

TROVAS BURLESCAS Capa ilustrativa

TROVAS BURLESCAS

Ano:   Editora: Sesi Sp

Tipo: novo

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
98% Positivas
2532 qualificações
R$ 31,82 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo comprado junto a editora

TROVAS BURLESCAS Capa ilustrativa

TROVAS BURLESCAS

Ano:   Editora: Sesi Sp

Tipo: novo

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
98% Positivas
2532 qualificações
R$ 31,82 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo comprado junto a editora

Trovas Burlescas Capa ilustrativa

Trovas Burlescas

Ano:   Editora: Sesi

Tipo: novo

Grazilivros Sebos e Afins Grazilivros Sebos e Afins SP - São Paulo
98% Positivas
344 qualificações
R$ 33,86 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em Otimo estado Adquirido direto da EDITORA livro NOVO . ISBN . 9788550402086

Trovas Burlescas Capa ilustrativa

Trovas Burlescas

Ano:   Editora: Sesi

Tipo: novo

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
96% Positivas
1328 qualificações
R$ 36,55 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado bk

Trovas Burlescas Capa ilustrativa

Trovas Burlescas

Ano:   Editora: Sesi

Tipo: novo

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
96% Positivas
1328 qualificações
R$ 36,55 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado bk

Trovas Burlescas Capa ilustrativa

Trovas Burlescas

Ano:   Editora: Sesi

Tipo: novo

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
96% Positivas
1328 qualificações
R$ 36,55 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado bk

Trovas Burlescas Capa ilustrativa

Trovas Burlescas

Ano:   Editora: Sesi

Tipo: novo

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
96% Positivas
1328 qualificações
R$ 36,55 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado bk

TROVAS BURLESCAS Capa ilustrativa

TROVAS BURLESCAS

Ano:   Editora: Sesi Sp

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
777 qualificações
R$ 36,55 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! L99131294 ISBN: 9788550402086 Sinopse: Esta edição das Trovas burlescas de Luiz Gama é uma nobre contribuição que homenageia e celebra a figura do grande homem público, tribuno, jornalista, poeta e advogado de escravos que foi este cidadão brasileiro. Seu passado nos remete à lendária mulher negra e guerreira Luiza Mahin, prócere das insurreições baianas, como a revolta dos Malês. Sua garra poética, com forte teor abolicionista, e sua sede por justiça, certamente, advém do seu sangue materno, seguramente, preponderante na mistura com o sangue fidalgo de seu inconsequente pai branco português que o ajudou a gerar, mas que não o amou, não o reconheceu, e, ainda, infante, o vendeu como escravo. Viveu ferozmente os dois mundos- o de ser escravo e ser homem livre, todos eles permeados pela sede de justiça. Foi, justamente, a sede de justiça que o encaminhou para sede do conhecimento. E, ambas para o sentido inexorável de defesa da liberdade de todos os oprimidos negros ou brancos. Seu interesse pelo saber e seu ouvido tisnado para aprender permitiu que o simples e mirrado limpador de salas da Faculdade de Direto do Largo de São Francisco se transformasse no maior rábula da história jurídica. E quando pode fazer a escolha de onde aplicar o conhecimento e o sentido de sua luta de sobrevivência optou pelos que mais precisavam- os negros escravizados. Sua combativa poesia confunde-se com o aguerrido advogado que libertou centenas de homens e mulheres ilegalmente escravizados, por um sistema torpe e hostil, dando a todos novo destino e liberdade. Não por acaso, é este Luiz Gama que a memória do tempo não quer esquecer, sobretudo pelo legado que nos deixou- Luta, resistência e superação. E nós, como parte da nação brasileira, fazemos questão de honrar e homenagear.

TROVAS BURLESCAS Capa ilustrativa

TROVAS BURLESCAS

Ano:   Editora: Sesi Sp

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
777 qualificações
R$ 36,55 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! L99131294 ISBN: 9788550402086 Sinopse: Esta edição das Trovas burlescas de Luiz Gama é uma nobre contribuição que homenageia e celebra a figura do grande homem público, tribuno, jornalista, poeta e advogado de escravos que foi este cidadão brasileiro. Seu passado nos remete à lendária mulher negra e guerreira Luiza Mahin, prócere das insurreições baianas, como a revolta dos Malês. Sua garra poética, com forte teor abolicionista, e sua sede por justiça, certamente, advém do seu sangue materno, seguramente, preponderante na mistura com o sangue fidalgo de seu inconsequente pai branco português que o ajudou a gerar, mas que não o amou, não o reconheceu, e, ainda, infante, o vendeu como escravo. Viveu ferozmente os dois mundos- o de ser escravo e ser homem livre, todos eles permeados pela sede de justiça. Foi, justamente, a sede de justiça que o encaminhou para sede do conhecimento. E, ambas para o sentido inexorável de defesa da liberdade de todos os oprimidos negros ou brancos. Seu interesse pelo saber e seu ouvido tisnado para aprender permitiu que o simples e mirrado limpador de salas da Faculdade de Direto do Largo de São Francisco se transformasse no maior rábula da história jurídica. E quando pode fazer a escolha de onde aplicar o conhecimento e o sentido de sua luta de sobrevivência optou pelos que mais precisavam- os negros escravizados. Sua combativa poesia confunde-se com o aguerrido advogado que libertou centenas de homens e mulheres ilegalmente escravizados, por um sistema torpe e hostil, dando a todos novo destino e liberdade. Não por acaso, é este Luiz Gama que a memória do tempo não quer esquecer, sobretudo pelo legado que nos deixou- Luta, resistência e superação. E nós, como parte da nação brasileira, fazemos questão de honrar e homenagear.

Trovas Burlescas

Trovas Burlescas

Ano:   Editora: Sesi

Tipo: novo

Livro Rapido2 Livro Rapido2 SP - São Paulo
94% Positivas
53 qualificações
R$ 43,00 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição *** Livro Novo Lacrado***

Trovas Burlescas

Trovas Burlescas

Ano:   Editora: Sesi

Tipo: novo

Sociedade dos Livros Sociedade dos Livros SP - São Paulo
98% Positivas
362 qualificações
R$ 43,00 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo. Adquirido da editora.emporio

Trovas Burlescas

Trovas Burlescas

Ano:   Editora: Sesi

Tipo: novo

Livraria Virtual Embooks Livraria Virtual Embooks SP - Embu
90% Positivas
31 qualificações
R$ 59,90 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição *LIVRO NOVO* Esta edição das “Trovas Burlescas” de Luiz Gama é uma nobre contribuição que homenageia e celebra a figura do grande homem público, tribuno, jornalista, poeta e advogado de escravos que foi este cidadão brasileiro. Seu passado nos remete à lendária mulher negra e guerreira Luiza Mahin, prócere das insurreições baianas, como a revolta dos Malês. Sua garra poética, com forte teor abolicionista, e sua sede por justiça, certamente, advém do seu sangue materno, seguramente, preponderante na mistura com o sangue fidalgo de seu inconsequente pai branco português que o ajudou a gerar, mas que não o amou, não o reconheceu, e, ainda, infante, o vendeu como escravo. Viveu ferozmente os dois mundos: o de ser escravo e ser homem livre, todos eles permeados pela sede de justiça.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro