A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Hungria 1956 e o Muro Comeca a Cair Capa ilustrativa

Hungria 1956: e o Muro Começa a Cair

Ladislao Szabo

O Muro de Berlim começou a cair na Hungria. Parte do bloco socialista comandado pela então União Soviética, a Hungria se posicionava contra a ditadura dos seguidores de Stalin, com suas torturas e execuções em massa dos supostos inimigos do regime,o culto à personalidade do ditador e o autoritarismo arbitrário. A revolução húngara de 1956 foi um dos mais importantes sinalizadores da queda do Muro de Berlim, da derrocada da União Soviética e do "socialismo real". Neste livro, os autores perfazem detalhadamente e analisam todos os ângulos desse levante, que teve adesão tanto de intelectuais e estudantes quanto dos trabalhadores e que por suas conquistas como um movimento de liberdade foi esmagado. A obra, com documentos inéditos em língua portuguesa, trata ainda das repercussões do levante húngaro no Brasil. Uma leitura apaixonante Fechar Ler mais

O Muro de Berlim começou a cair na Hungria. Parte do bloco socialista comandado pela então União Soviética, a Hungria se posicionava contra a ditadura dos seguidores de Stalin, com suas torturas e execuções em massa dos supostos inimigos do regime,o culto à personalidade do ditador e o autoritarismo arbitrário. A revolução húngara de 1956 foi um dos mais importantes sinalizadores da queda do Muro de Berlim, da derrocada da União Soviética e do "socialismo real". Neste livro, os autores perfazem detalhadamente e analisam todos os ângulos desse levante, que teve adesão tanto de intelectuais e estudantes quanto dos trabalhadores e que por suas conquistas como um movimento de liberdade foi esmagado. A obra, com documentos inéditos em língua portuguesa, trata ainda das repercussões do levante húngaro no Brasil. Uma leitura apaixonante Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Hungria 1956... e o Muro Começar a Cair

Capa ilustrativa

Hungria 1956... e o Muro Começar a Cair

Capa ilustrativa
Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Hungria 1956... e o Muro Começar a Cair Capa ilustrativa

Hungria 1956... e o Muro Começar a Cair

Ano:   Editora: Contexto

Tipo: seminovo/usado

Sebo Quixote Belenzinho Sebo Quixote Belenzinho SP - São Paulo
98% Positivas
332 qualificações
R$ 15,15 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, em muito bom estado, texto bem preservado, miolo firme, sem riscos ou grifos, lombada cor:vermelha .

Hungria 1956... e o Muro Começa a Cair

Hungria 1956... e o Muro Começa a Cair

Ano:   Editora: Contexto

Tipo: seminovo/usado

Triunfo Livros Triunfo Livros SP - Ribeirão Preto
100% Positivas
50 qualificações
R$ 24,84 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 172 páginas. Bom estado. Lombadas, capa e texto preservados. Algumas páginas com frases grifadas a caneta marca-texto. O muro de Berlim começou a cair na Hungria. Parte do bloco socialista comandado pela então URSS, a Hungria se posicionava contra a ditadura dos seguidores de Stalin, com suas torturas e execuções em massa dos supostos inimigos do regime, o culto à personalidade do ditador e o autoritarismo arbitrário. A revolução húngara de 1956 foi um dos mais importantes sinalizadores da queda do Muro de Berlim, da derrocada da União Soviética e do socialismo real. Neste livro, os autores analisam todos os ângulos desse levante, que teve adesão tanto de intelectuais e estudantes quanto dos trabalhadores, e que por suas conquistas como um movimento de liberdade foi esmagado...3

HUNGRA 1956 E O MURO COMEÇA A CAIR Capa ilustrativa

HUNGRA 1956 E O MURO COMEÇA A CAIR

Ano:   Editora: Contexto

Tipo: seminovo/usado

Livraria Aurora Livraria Aurora RS - Porto Alegre
94% Positivas
102 qualificações
R$ 27,50 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição BOM ESTADO DE CONSERVAÇÃO Cód. Interno: HGE.SZ.52853

HUNGRIA 1956 - E O MURO COMECA A CAIR Capa ilustrativa

HUNGRIA 1956 - E O MURO COMECA A CAIR

Ano:   Editora: Contexto

Tipo: novo

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
99% Positivas
2439 qualificações
R$ 29,13 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo comprado junto a editora

HUNGRIA 1956 - E O MURO COMECA A CAIR Capa ilustrativa

HUNGRIA 1956 - E O MURO COMECA A CAIR

Ano:   Editora: Contexto

Tipo: novo

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
99% Positivas
2439 qualificações
R$ 29,13 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo comprado junto a editora

HUNGRIA 1956 - E O MURO COMECA A CAIR Capa ilustrativa

HUNGRIA 1956 - E O MURO COMECA A CAIR

Ano:   Editora: Contexto

Tipo: novo

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
99% Positivas
2439 qualificações
R$ 29,13 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo comprado junto a editora

HUNGRIA 1956 - E O MURO COMECA A CAIR Capa ilustrativa

HUNGRIA 1956 - E O MURO COMECA A CAIR

Ano:   Editora: Contexto

Tipo: novo

B2C2 Livros B2C2 Livros SP - São Paulo
99% Positivas
2439 qualificações
R$ 29,13 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo comprado junto a editora

Hungria 1956... e o Muro Começa a Cair Capa ilustrativa

Hungria 1956... e o Muro Começa a Cair

Ano:   Editora: Contexto

Tipo: seminovo/usado

Red Star Teodoro Sampaio Red Star Teodoro Sampaio SP - São Paulo
99% Positivas
454 qualificações
R$ 30,00 + R$ 12,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, 23x16, contendo 172 páginas. Em ótimo estado de conservação, sem grifos e sem rasuras. M.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro