A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Uma Republica de Leitores Capa ilustrativa

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Uma República de Leitores - História e Memória na Recepção das Cart...

Capa ilustrativa

21 livros novos e 68 livros usados em 43 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Uma República de Leitores - História e Memória na Recepção das Cart... Capa ilustrativa

Uma República de Leitores - História e Memória na Recepção das Cart...

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

Sebo Líder Sebo Líder PR - Curitiba
100% Positivas
1027 qualificações
R$ 15,00 + frete R$ 9,42

Total: R$ 24,42

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro seminovo, brochura, levemente amarelado, carimbo de editora na folha folha bastarda e na página 100, em bom estado, estante: estudos literários, 230 páginas. 03 / 12 / 2014 título completo: uma república de leitores - história e memória na recepção das cartas chilenas 1845-1989; tipo: usado TIPO: USADO CÓDIGO DE BARRAS: 1000209071435 300 Livro Usado 20907143 Crítica Literária 03/12/2014

Uma República de Leitores: História na Recepção das Cartas Chilenas Capa ilustrativa

Uma República de Leitores: História na Recepção das Cartas Chilenas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

Sebo Universidade Sebo Universidade SP - Jandira
97% Positivas
86 qualificações
R$ 7,90 + frete R$ 8,89

Total: R$ 16,79

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Capa brochura, sem rasuras, anotações e sublinhados, muito bom estado geral.

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Moinho do Livro Moinho do Livro MG - Belo Horizonte
97% Positivas
367 qualificações
R$ 8,40 + frete R$ 8,89

Total: R$ 17,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, sem uso, impecável; Envio imediato; formato 14 x 21 cm; 225 páginas. Sinopse: Analisa a recepção das Cartas Chilenas, a famosa sátira atribuida a Tomas Antônio Gonzaga, escritas às vésperas da Inconfidência Mineira, que apresentaram-se desde o início como um instrumento pedagógico. A forma de cartas é importante recurso retórico que remete a naturalidade e parcialidade. Pesquisa, analisa e periodiza as permanências e as mudanças nessa postura interpretativa, procurando relações entre esta última e a apropriação das Cartas Chilenas, enquanto fonte histórica, nos anos compreendidos entre 1845 - primeira edição da sátira - e 1989, o bicentenário da Inconfidência mineira e centenário da Proclamação da República.

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Moinho do Livro Moinho do Livro MG - Belo Horizonte
97% Positivas
367 qualificações
R$ 8,40 + frete R$ 8,89

Total: R$ 17,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, sem uso, impecável; Envio imediato; formato 14 x 21 cm; 225 páginas. Sinopse: Analisa a recepção das Cartas Chilenas, a famosa sátira atribuida a Tomas Antônio Gonzaga, escritas às vésperas da Inconfidência Mineira, que apresentaram-se desde o início como um instrumento pedagógico. A forma de cartas é importante recurso retórico que remete a naturalidade e parcialidade. Pesquisa, analisa e periodiza as permanências e as mudanças nessa postura interpretativa, procurando relações entre esta última e a apropriação das Cartas Chilenas, enquanto fonte histórica, nos anos compreendidos entre 1845 - primeira edição da sátira - e 1989, o bicentenário da Inconfidência mineira e centenário da Proclamação da República.

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Moinho do Livro Moinho do Livro MG - Belo Horizonte
97% Positivas
367 qualificações
R$ 8,40 + frete R$ 8,89

Total: R$ 17,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, sem uso, impecável; Envio imediato; formato 14 x 21 cm; 225 páginas. Sinopse: Analisa a recepção das Cartas Chilenas, a famosa sátira atribuida a Tomas Antônio Gonzaga, escritas às vésperas da Inconfidência Mineira, que apresentaram-se desde o início como um instrumento pedagógico. A forma de cartas é importante recurso retórico que remete a naturalidade e parcialidade. Pesquisa, analisa e periodiza as permanências e as mudanças nessa postura interpretativa, procurando relações entre esta última e a apropriação das Cartas Chilenas, enquanto fonte histórica, nos anos compreendidos entre 1845 - primeira edição da sátira - e 1989, o bicentenário da Inconfidência mineira e centenário da Proclamação da República.

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Moinho do Livro Moinho do Livro MG - Belo Horizonte
97% Positivas
367 qualificações
R$ 8,40 + frete R$ 8,89

Total: R$ 17,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, sem uso, impecável; Envio imediato; formato 14 x 21 cm; 225 páginas. Sinopse: Analisa a recepção das Cartas Chilenas, a famosa sátira atribuida a Tomas Antônio Gonzaga, escritas às vésperas da Inconfidência Mineira, que apresentaram-se desde o início como um instrumento pedagógico. A forma de cartas é importante recurso retórico que remete a naturalidade e parcialidade. Pesquisa, analisa e periodiza as permanências e as mudanças nessa postura interpretativa, procurando relações entre esta última e a apropriação das Cartas Chilenas, enquanto fonte histórica, nos anos compreendidos entre 1845 - primeira edição da sátira - e 1989, o bicentenário da Inconfidência mineira e centenário da Proclamação da República.

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Moinho do Livro Moinho do Livro MG - Belo Horizonte
97% Positivas
367 qualificações
R$ 8,40 + frete R$ 8,89

Total: R$ 17,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, sem uso, impecável; Envio imediato; formato 14 x 21 cm; 225 páginas. Sinopse: Analisa a recepção das Cartas Chilenas, a famosa sátira atribuida a Tomas Antônio Gonzaga, escritas às vésperas da Inconfidência Mineira, que apresentaram-se desde o início como um instrumento pedagógico. A forma de cartas é importante recurso retórico que remete a naturalidade e parcialidade. Pesquisa, analisa e periodiza as permanências e as mudanças nessa postura interpretativa, procurando relações entre esta última e a apropriação das Cartas Chilenas, enquanto fonte histórica, nos anos compreendidos entre 1845 - primeira edição da sátira - e 1989, o bicentenário da Inconfidência mineira e centenário da Proclamação da República.

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Moinho do Livro Moinho do Livro MG - Belo Horizonte
97% Positivas
367 qualificações
R$ 8,40 + frete R$ 8,89

Total: R$ 17,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, sem uso, impecável; Envio imediato; formato 14 x 21 cm; 225 páginas. Sinopse: Analisa a recepção das Cartas Chilenas, a famosa sátira atribuida a Tomas Antônio Gonzaga, escritas às vésperas da Inconfidência Mineira, que apresentaram-se desde o início como um instrumento pedagógico. A forma de cartas é importante recurso retórico que remete a naturalidade e parcialidade. Pesquisa, analisa e periodiza as permanências e as mudanças nessa postura interpretativa, procurando relações entre esta última e a apropriação das Cartas Chilenas, enquanto fonte histórica, nos anos compreendidos entre 1845 - primeira edição da sátira - e 1989, o bicentenário da Inconfidência mineira e centenário da Proclamação da República.

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Moinho do Livro Moinho do Livro MG - Belo Horizonte
97% Positivas
367 qualificações
R$ 8,40 + frete R$ 8,89

Total: R$ 17,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, sem uso, impecável; Envio imediato; formato 14 x 21 cm; 225 páginas. Sinopse: Analisa a recepção das Cartas Chilenas, a famosa sátira atribuida a Tomas Antônio Gonzaga, escritas às vésperas da Inconfidência Mineira, que apresentaram-se desde o início como um instrumento pedagógico. A forma de cartas é importante recurso retórico que remete a naturalidade e parcialidade. Pesquisa, analisa e periodiza as permanências e as mudanças nessa postura interpretativa, procurando relações entre esta última e a apropriação das Cartas Chilenas, enquanto fonte histórica, nos anos compreendidos entre 1845 - primeira edição da sátira - e 1989, o bicentenário da Inconfidência mineira e centenário da Proclamação da República.

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Moinho do Livro Moinho do Livro MG - Belo Horizonte
97% Positivas
367 qualificações
R$ 8,40 + frete R$ 8,89

Total: R$ 17,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, sem uso, impecável; Envio imediato; formato 14 x 21 cm; 225 páginas. Sinopse: Analisa a recepção das Cartas Chilenas, a famosa sátira atribuida a Tomas Antônio Gonzaga, escritas às vésperas da Inconfidência Mineira, que apresentaram-se desde o início como um instrumento pedagógico. A forma de cartas é importante recurso retórico que remete a naturalidade e parcialidade. Pesquisa, analisa e periodiza as permanências e as mudanças nessa postura interpretativa, procurando relações entre esta última e a apropriação das Cartas Chilenas, enquanto fonte histórica, nos anos compreendidos entre 1845 - primeira edição da sátira - e 1989, o bicentenário da Inconfidência mineira e centenário da Proclamação da República.

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Moinho do Livro Moinho do Livro MG - Belo Horizonte
97% Positivas
367 qualificações
R$ 8,40 + frete R$ 8,89

Total: R$ 17,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, sem uso, impecável; Envio imediato; formato 14 x 21 cm; 225 páginas. Sinopse: Analisa a recepção das Cartas Chilenas, a famosa sátira atribuida a Tomas Antônio Gonzaga, escritas às vésperas da Inconfidência Mineira, que apresentaram-se desde o início como um instrumento pedagógico. A forma de cartas é importante recurso retórico que remete a naturalidade e parcialidade. Pesquisa, analisa e periodiza as permanências e as mudanças nessa postura interpretativa, procurando relações entre esta última e a apropriação das Cartas Chilenas, enquanto fonte histórica, nos anos compreendidos entre 1845 - primeira edição da sátira - e 1989, o bicentenário da Inconfidência mineira e centenário da Proclamação da República.

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Cartas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: novo

Moinho do Livro Moinho do Livro MG - Belo Horizonte
97% Positivas
367 qualificações
R$ 8,40 + frete R$ 8,89

Total: R$ 17,29

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo, sem uso, impecável; Envio imediato; formato 14 x 21 cm; 225 páginas. Sinopse: Analisa a recepção das Cartas Chilenas, a famosa sátira atribuida a Tomas Antônio Gonzaga, escritas às vésperas da Inconfidência Mineira, que apresentaram-se desde o início como um instrumento pedagógico. A forma de cartas é importante recurso retórico que remete a naturalidade e parcialidade. Pesquisa, analisa e periodiza as permanências e as mudanças nessa postura interpretativa, procurando relações entre esta última e a apropriação das Cartas Chilenas, enquanto fonte histórica, nos anos compreendidos entre 1845 - primeira edição da sátira - e 1989, o bicentenário da Inconfidência mineira e centenário da Proclamação da República.

Uma Republica de Leitores: Historia e Memoria na Recepção das Cartas Capa ilustrativa

Uma Republica de Leitores: Historia e Memoria na Recepção das Cartas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

Livraria dos Bibliófilos Livraria dos Bibliófilos SP - Barueri
100% Positivas
52 qualificações
R$ 9,00 + frete R$ 8,37

Total: R$ 17,37

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em ótimo estado de conservação. Lombada com costura íntegra e segura! Sem riscos. Sem sublinhados. Sem orelhas. 230 páginas. Envio imediato! Peça fotos pelo whatsapp. Contate-nos nas redes sociais: Livraria dos Bibliófilos!

Uma república de leitores.História e Memória na recepção das cartas Chilenas Capa ilustrativa

Uma república de leitores.História e Memória na recepção das cartas Chilenas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

Mexericando Livros Mexericando Livros SP - Ribeirão Preto
98% Positivas
50 qualificações
R$ 8,00 + frete R$ 9,79

Total: R$ 17,79

Comprar ler descrição ocultar

Descrição bem conservado

Uma República de Leitores: História na Recepção das Cartas Chilenas

Uma República de Leitores: História na Recepção das Cartas Chilenas

Ano:   Editora: Hucitec Edusp

Tipo: novo

Roberto Lirancos Roberto Lirancos SP - São Paulo
100% Positivas
29 qualificações
R$ 8,50 + frete R$ 9,42

Total: R$ 17,92

Comprar ler descrição ocultar

Descrição 225 páginas, publicado em 1997 editora: hucitec dimensões: 21, 0 x 14, 0 cm Área: história a metodologia da história deverá ser devidamente contemplada. como se vê, o projeto é ambicioso, e se destina não apenas aos aprendizes e mestres do ofício de historiador, mas ao público cultivado em geral, que cada vez mais vai sentindo a necessidade e importância dos estudos históricos. nem poderia ser de outra forma: conhecer o passado é a única maneira de nos libertarmos dele, isto é, destruir os seus mitos. brochura

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Carta... Capa ilustrativa

Uma República de Leitores: História e Memória na Recepção das Carta...

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

Sebo Líder Sebo Líder PR - Curitiba
100% Positivas
1027 qualificações
R$ 18,00 + frete R$ 9,42

Total: R$ 27,42

Comprar ler descrição ocultar

Descrição 230 páginas, brochura, usado, levemente amarelado, carimbo pessoal nas laterais, folha bastarda, folha de rosto, nas páginas 7, 9, 21, 26 e 217 e na última página. título completo: uma república de leitores: história e memória na recepção das cartas chilenas 1845-1989; tipo: usado TIPO: USADO CÓDIGO DE BARRAS: 1000209071497 305 Livro Usado 20907149 Crítica Literária

Uma Republica de Leitores - Historia e Memoria na Recepção das Cartas

Uma Republica de Leitores - Historia e Memoria na Recepção das Cartas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

Sebo Cyber Oficinas Sebo Cyber Oficinas SC - Tubarão
99% Positivas
490 qualificações
R$ 9,90 + frete R$ 8,37

Total: R$ 18,27

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado de conservação, sem grifos ou rasuras, 230 Paginas, 14 x 21 cm;Analisa a recepção das Cartas Chilenas, a famosa sátira atribuida a Tomas Antônio Gonzaga, escritas às vésperas da Inconfidência Mineira, que apresentaram-se desde o início como um instrumento pedagógico. A forma de cartas é importante recurso retórico que remete a naturalidade e parcialidade. Pesquisa, analisa e periodiza as permanências e as mudanças nessa postura interpretativa, procurando relações entre esta última e a apropriação das Cartas Chilenas, enquanto fonte histórica, nos anos compreendidos entre 1845 - primeira edição da sátira - e 1989, o bicentenário da Inconfidência mineira e centenário da Proclamação da República.

Uma Republica de Leitores - Historia e Memoria na Recepção das Cartas

Uma Republica de Leitores - Historia e Memoria na Recepção das Cartas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

Sebo Cyber Oficinas Sebo Cyber Oficinas SC - Tubarão
99% Positivas
490 qualificações
R$ 9,90 + frete R$ 8,37

Total: R$ 18,27

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado de conservação, sem grifos ou rasuras, 230 Paginas, 14 x 21 cm;Analisa a recepção das Cartas Chilenas, a famosa sátira atribuida a Tomas Antônio Gonzaga, escritas às vésperas da Inconfidência Mineira, que apresentaram-se desde o início como um instrumento pedagógico. A forma de cartas é importante recurso retórico que remete a naturalidade e parcialidade. Pesquisa, analisa e periodiza as permanências e as mudanças nessa postura interpretativa, procurando relações entre esta última e a apropriação das Cartas Chilenas, enquanto fonte histórica, nos anos compreendidos entre 1845 - primeira edição da sátira - e 1989, o bicentenário da Inconfidência mineira e centenário da Proclamação da República.

Uma Republica de Leitores - Historia e Memoria na Recepção das Cartas

Uma Republica de Leitores - Historia e Memoria na Recepção das Cartas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

Sebo Cyber Oficinas Sebo Cyber Oficinas SC - Tubarão
99% Positivas
490 qualificações
R$ 9,90 + frete R$ 8,37

Total: R$ 18,27

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado de conservação, sem grifos ou rasuras, 230 Paginas, 14 x 21 cm;Analisa a recepção das Cartas Chilenas, a famosa sátira atribuida a Tomas Antônio Gonzaga, escritas às vésperas da Inconfidência Mineira, que apresentaram-se desde o início como um instrumento pedagógico. A forma de cartas é importante recurso retórico que remete a naturalidade e parcialidade. Pesquisa, analisa e periodiza as permanências e as mudanças nessa postura interpretativa, procurando relações entre esta última e a apropriação das Cartas Chilenas, enquanto fonte histórica, nos anos compreendidos entre 1845 - primeira edição da sátira - e 1989, o bicentenário da Inconfidência mineira e centenário da Proclamação da República.

Uma Republica de Leitores - Historia e Memoria na Recepção das Cartas

Uma Republica de Leitores - Historia e Memoria na Recepção das Cartas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

Sebo Cyber Oficinas Sebo Cyber Oficinas SC - Tubarão
99% Positivas
490 qualificações
R$ 9,90 + frete R$ 8,37

Total: R$ 18,27

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado de conservação, sem grifos ou rasuras, 230 Paginas, 14 x 21 cm;Analisa a recepção das Cartas Chilenas, a famosa sátira atribuida a Tomas Antônio Gonzaga, escritas às vésperas da Inconfidência Mineira, que apresentaram-se desde o início como um instrumento pedagógico. A forma de cartas é importante recurso retórico que remete a naturalidade e parcialidade. Pesquisa, analisa e periodiza as permanências e as mudanças nessa postura interpretativa, procurando relações entre esta última e a apropriação das Cartas Chilenas, enquanto fonte histórica, nos anos compreendidos entre 1845 - primeira edição da sátira - e 1989, o bicentenário da Inconfidência mineira e centenário da Proclamação da República.

Uma Republica de Leitores - Historia e Memoria na Recepção das Cartas

Uma Republica de Leitores - Historia e Memoria na Recepção das Cartas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

Sebo Cyber Oficinas Sebo Cyber Oficinas SC - Tubarão
99% Positivas
490 qualificações
R$ 9,90 + frete R$ 8,37

Total: R$ 18,27

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado de conservação, sem grifos ou rasuras, 230 Paginas, 14 x 21 cm;Analisa a recepção das Cartas Chilenas, a famosa sátira atribuida a Tomas Antônio Gonzaga, escritas às vésperas da Inconfidência Mineira, que apresentaram-se desde o início como um instrumento pedagógico. A forma de cartas é importante recurso retórico que remete a naturalidade e parcialidade. Pesquisa, analisa e periodiza as permanências e as mudanças nessa postura interpretativa, procurando relações entre esta última e a apropriação das Cartas Chilenas, enquanto fonte histórica, nos anos compreendidos entre 1845 - primeira edição da sátira - e 1989, o bicentenário da Inconfidência mineira e centenário da Proclamação da República.

Uma República de Leitores Capa ilustrativa

Uma República de Leitores

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

Apoena Cultural Apoena Cultural SP - Peruíbe
96% Positivas
235 qualificações
R$ 10,00 + frete R$ 8,37

Total: R$ 18,37

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, em bom estado de conservação, contendo 230 páginas. M.

Uma República de Leitores Capa ilustrativa

Uma República de Leitores

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

Livro Rápido Livro Rápido SP - São Paulo
98% Positivas
666 qualificações
R$ 9,90 + frete R$ 8,89

Total: R$ 18,79

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Com Páginas amareladas devido ao Tempo, e arranhados e um vinco na capa e contra-capaAnalisa a recepção das Cartas Chilenas, a famosa sátira atribuída a Tomas Antônio Gonzaga, escritas às vésperas da Inconfidência Mineira, que apresentaram-se desde o início como um instrumento pedagógico. A forma de cartas é importante recurso retórico que remete a naturalidade e parcialidade. Pesquisa, analisa e periodiza as permanências e as mudanças nessa postura interpretativa, procurando relações entre esta última e a apropriação das Cartas Chilenas, enquanto fonte histórica, nos anos compreendidos entre 1845 - primeira edição da sátira - e 1989, o bicentenário da Inconfidência mineira e centenário da Proclamação da República.

Uma Republica De Leitores - Historia E Memoria Na Recepcao Das Cartas Chilenas - 1845-1989 Capa ilustrativa

Uma Republica De Leitores - Historia E Memoria Na Recepcao Das Cartas Chilenas - 1845-1989

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

O Sebo Cultural O Sebo Cultural PB - João Pessoa
98% Positivas
1278 qualificações
R$ 10,00 + frete R$ 8,89

Total: R$ 18,89

Comprar ler descrição ocultar

Descrição ID=82652A. Qtd.Páginas=230. LIVRO EM BOM ESTADO DE CONSERVAÇÃO EM RELAÇÃO AO ANO DE PUBLICAÇÃO. SE NECESSÁRIO ENVIAREMOS MAIORES INFORMAÇÕES SOBRE O EXEMPLAR ANTES DO ENVIO NO E-MAIL CADASTRADO.

Uma Republica De Leitores - Historia E Memoria Na Recepcao Das Cartas Chilenas - 1845-1989 Capa ilustrativa

Uma Republica De Leitores - Historia E Memoria Na Recepcao Das Cartas Chilenas - 1845-1989

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

O Sebo Cultural O Sebo Cultural PB - João Pessoa
98% Positivas
1278 qualificações
R$ 10,00 + frete R$ 8,89

Total: R$ 18,89

Comprar ler descrição ocultar

Descrição ID=82652B. Qtd.Páginas=230. CONDICAO GERAL: BOM, CONSERVA-SE EM BOAS CONDICOES PARA O MANUSEIO DA LEITURA EM RELACAO AO ANO DE PUBLICACAO. .CAPA/CONTRA CAPA: PRESERVADAS. .PAGINAS: CONSERVADAS. LEVEMENTE AMARELADAS PELA ACAO DO TEMPO.

Uma Republica De Leitores - Historia E Memoria Na Recepcao Das Cartas Chilenas - 1845-1989 Capa ilustrativa

Uma Republica De Leitores - Historia E Memoria Na Recepcao Das Cartas Chilenas - 1845-1989

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

O Sebo Cultural O Sebo Cultural PB - João Pessoa
98% Positivas
1278 qualificações
R$ 10,00 + frete R$ 8,89

Total: R$ 18,89

Comprar ler descrição ocultar

Descrição ID=82652C. Qtd.Páginas=230. CONDICAO GERAL: BOM, CONSERVA-SE EM BOAS CONDICOES PARA O MANUSEIO DA LEITURA EM RELACAO AO ANO DE PUBLICACAO. .CAPA/CONTRA CAPA: PRESERVADAS. .PAGINAS: CONSERVADAS.

Uma República de Leitores

Uma República de Leitores

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

Umma Livraria Umma Livraria SP - São Paulo
100% Positivas
80 qualificações
R$ 12,00 + frete R$ 8,37

Total: R$ 20,37

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Uma República De Leitores - História E Memória Na Recepção Das Cartas Chilenas (1845-1989). Analisa a recepção das Cartas Chilenas, a famosa sátira atribuida a Tomas Antônio Gonzaga, escritas às vésperas da Inconfidência Mineira, que apresentaram-se desde o início como um instrumento pedagógico. A forma de cartas é importante recurso retórico que remete a naturalidade e parcialidade. 230 páginas. 21 cm. Em bom estado de conservação. Bordas amarelas.

Uma República de Leitores Capa ilustrativa

Uma República de Leitores

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

Sebo Capricho 3 Sebo Capricho 3 PR - Londrina
97% Positivas
265 qualificações
R$ 12,00 + frete R$ 8,37

Total: R$ 20,37

Comprar ler descrição ocultar

Descrição historia e memória na recpçao das cartas chilenas, livro em otimo estado de consideração.

Uma República de Leitores Capa ilustrativa

Uma República de Leitores

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

Sebo Capricho 3 Sebo Capricho 3 PR - Londrina
97% Positivas
265 qualificações
R$ 12,00 + frete R$ 8,37

Total: R$ 20,37

Comprar ler descrição ocultar

Descrição historia e memória na recpçao das cartas chilenas, livro em otimo estado de consideração.

Uma República de Leitores - História e Memória na Recepção das Cartas

Uma República de Leitores - História e Memória na Recepção das Cartas

Ano:   Editora: Hucitec

Tipo: seminovo/usado

Rota Literária Rota Literária RS - Porto Alegre
100% Positivas
68 qualificações
R$ 12,80 + frete R$ 7,79

Total: R$ 20,59

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Uma República de Leitores - História e Memória na Recepção das Cartas Chilenas (1845 - 1989). Livro capa brochura em estado de novo, sem leitura, impecável. 230p. (Crítica Literária). Sinopse: A metodologia da história deverá ser devidamente contemplada. Como se vê, o projeto é ambicioso, e se destina não apenas aos aprendizes e mestres do ofício de historiador, mas ao público cultivado em geral, que cada vez mais vai sentindo a necessidade e importância dos estudos históricos. Nem poderia ser de outra forma: conhecer o passado é a única maneira de nos libertarmos dele, isto é, destruir os seus mitos.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro