A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
A Sociedade do Espetaculo Capa ilustrativa

A Sociedade do Espetáculo

Guy Debord

Mais importante obra teórica produzida no contexto que precedeu os acontecimentos de Maio de 1968, A sociedade do espetáculo é um livro genial e único, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo. Para Antonio Negri, é um dos dez livros mais importantes do século. Para Jean–Jacques Pauvert, “não antecipou 1968, como normalmente se diz; antecipou o século XXI”. Está certo: nunca a tirania das imagens e a submissão alienante ao império da mídia, denunciadas por Debord, foram tão fortes como agora. Nunca os profissionais do espetáculo tiveram tanto poder: invadiram todas as fronteiras e conquistaram todos os domínios — da arte à economia, da vida cotidiana à política —, passando a organizar de forma consciente e sistemática o império da passividade. O livro é, sem dúvida, a mais aguda crítica à sociedade que se organiza em torno dessa falsificação da vida comum. A edição brasileira inclui dois trabalhos posteriores — um de 1979, outro de 1988 — em que Debord comenta sua própria obra Fechar Ler mais

Mais importante obra teórica produzida no contexto que precedeu os acontecimentos de Maio de 1968, A sociedade do espetáculo é um livro genial e único, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo. Para Antonio Negri, é um dos dez livros mais importantes do século. Para Jean–Jacques Pauvert, “não antecipou 1968, como normalmente se diz; antecipou o século XXI”. Está certo: nunca a tirania das imagens e a submissão alienante ao império da mídia, denunciadas por Debord, foram tão fortes como agora. Nunca os profissionais do espetáculo tiveram tanto poder: invadiram todas as fronteiras e conquistaram todos os domínios — da arte à economia, da vida cotidiana à política —, passando a organizar de forma consciente e sistemática o império da passividade. O livro é, sem dúvida, a mais aguda crítica à sociedade que se organiza em torno dessa falsificação da vida comum. A edição brasileira inclui dois trabalhos posteriores — um de 1979, outro de 1988 — em que Debord comenta sua própria obra Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

A Sociedade do Espetáculo Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo

A Sociedade do Espetáculo Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
A Sociedade do Espetáculo Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo

A Sociedade do Espetáculo Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: seminovo/usado

AntigoPorto AntigoPorto RS - Porto Alegre
97% Positivas
71 qualificações
R$ 33,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 238 páginas, livro em ótimo estado, foto do próprio livro.

A Sociedade do Espetáculo

A Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: seminovo/usado

Sebo Livraria Papagali Sebo Livraria Papagali SP - São Paulo
100% Positivas
24 qualificações
R$ 34,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, 14 x 21 cm., 240 pg.; livro em ótimo estado; tem apenas as capas um pouco manuseadas e os cortes e algumas páginas um pouco oxidados; tem também alguns poucos trechos grifados a lápis e pelo menos uma curta anotação à caneta azul. Sinopse: Filósofo, agitador social, diretor de cinema, Guy Debord se definia como doutor em nada e pensador radical. Ligou-se nos anos 50 à geração herdeira do dadaísmo e do surrealismo. A primeira edição brasileira de A sociedade do espetáculo - um livro lúcido e demolidor, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo - sai neste volume acompanhada de dois trabalhos posteriores - um de 1979, outro de 1988 -, em que Debord comenta a própria obra.

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo Capa ilustrativa

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
99% Positivas
185 qualificações
R$ 35,20 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! X 240 p. Sinopse: Filósofo, agitador social, diretor de cinema, Guy Debord se definia como doutor em nada e pensador radical. Ligou-se nos anos 50 à geração herdeira do dadaísmo e do surrealismo. A primeira edição brasileira de A sociedade do espetáculo - um livro lúcido e demolidor, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo - sai neste volume acompanhada de dois trabalhos posteriores - um de 1979, outro de 1988 -, em que Debord comenta a própria obra.

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo Capa ilustrativa

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
99% Positivas
185 qualificações
R$ 35,20 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! X 240 p. Sinopse: Filósofo, agitador social, diretor de cinema, Guy Debord se definia como doutor em nada e pensador radical. Ligou-se nos anos 50 à geração herdeira do dadaísmo e do surrealismo. A primeira edição brasileira de A sociedade do espetáculo - um livro lúcido e demolidor, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo - sai neste volume acompanhada de dois trabalhos posteriores - um de 1979, outro de 1988 -, em que Debord comenta a própria obra.

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo Capa ilustrativa

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
99% Positivas
185 qualificações
R$ 35,20 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! X 240 p. Sinopse: Filósofo, agitador social, diretor de cinema, Guy Debord se definia como doutor em nada e pensador radical. Ligou-se nos anos 50 à geração herdeira do dadaísmo e do surrealismo. A primeira edição brasileira de A sociedade do espetáculo - um livro lúcido e demolidor, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo - sai neste volume acompanhada de dois trabalhos posteriores - um de 1979, outro de 1988 -, em que Debord comenta a própria obra.

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo Capa ilustrativa

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
99% Positivas
185 qualificações
R$ 35,20 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! X 240 p. Sinopse: Filósofo, agitador social, diretor de cinema, Guy Debord se definia como doutor em nada e pensador radical. Ligou-se nos anos 50 à geração herdeira do dadaísmo e do surrealismo. A primeira edição brasileira de A sociedade do espetáculo - um livro lúcido e demolidor, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo - sai neste volume acompanhada de dois trabalhos posteriores - um de 1979, outro de 1988 -, em que Debord comenta a própria obra.

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo Capa ilustrativa

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
99% Positivas
185 qualificações
R$ 35,20 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! X 240 p. Sinopse: Filósofo, agitador social, diretor de cinema, Guy Debord se definia como doutor em nada e pensador radical. Ligou-se nos anos 50 à geração herdeira do dadaísmo e do surrealismo. A primeira edição brasileira de A sociedade do espetáculo - um livro lúcido e demolidor, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo - sai neste volume acompanhada de dois trabalhos posteriores - um de 1979, outro de 1988 -, em que Debord comenta a própria obra.

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo Capa ilustrativa

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
99% Positivas
185 qualificações
R$ 35,20 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! X 240 p. Sinopse: Filósofo, agitador social, diretor de cinema, Guy Debord se definia como doutor em nada e pensador radical. Ligou-se nos anos 50 à geração herdeira do dadaísmo e do surrealismo. A primeira edição brasileira de A sociedade do espetáculo - um livro lúcido e demolidor, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo - sai neste volume acompanhada de dois trabalhos posteriores - um de 1979, outro de 1988 -, em que Debord comenta a própria obra.

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo Capa ilustrativa

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
99% Positivas
185 qualificações
R$ 35,20 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! X 240 p. Sinopse: Filósofo, agitador social, diretor de cinema, Guy Debord se definia como doutor em nada e pensador radical. Ligou-se nos anos 50 à geração herdeira do dadaísmo e do surrealismo. A primeira edição brasileira de A sociedade do espetáculo - um livro lúcido e demolidor, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo - sai neste volume acompanhada de dois trabalhos posteriores - um de 1979, outro de 1988 -, em que Debord comenta a própria obra.

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo Capa ilustrativa

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
99% Positivas
185 qualificações
R$ 35,20 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! X 240 p. Sinopse: Filósofo, agitador social, diretor de cinema, Guy Debord se definia como doutor em nada e pensador radical. Ligou-se nos anos 50 à geração herdeira do dadaísmo e do surrealismo. A primeira edição brasileira de A sociedade do espetáculo - um livro lúcido e demolidor, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo - sai neste volume acompanhada de dois trabalhos posteriores - um de 1979, outro de 1988 -, em que Debord comenta a própria obra.

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo Capa ilustrativa

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
99% Positivas
185 qualificações
R$ 35,20 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! X 240 p. Sinopse: Filósofo, agitador social, diretor de cinema, Guy Debord se definia como doutor em nada e pensador radical. Ligou-se nos anos 50 à geração herdeira do dadaísmo e do surrealismo. A primeira edição brasileira de A sociedade do espetáculo - um livro lúcido e demolidor, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo - sai neste volume acompanhada de dois trabalhos posteriores - um de 1979, outro de 1988 -, em que Debord comenta a própria obra.

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo Capa ilustrativa

A Sociedade do Espetáculo: Comentários Sobre a Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
99% Positivas
185 qualificações
R$ 35,20 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! X 240 p. Sinopse: Filósofo, agitador social, diretor de cinema, Guy Debord se definia como doutor em nada e pensador radical. Ligou-se nos anos 50 à geração herdeira do dadaísmo e do surrealismo. A primeira edição brasileira de A sociedade do espetáculo - um livro lúcido e demolidor, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo - sai neste volume acompanhada de dois trabalhos posteriores - um de 1979, outro de 1988 -, em que Debord comenta a própria obra.

A Sociedade do Espetáculo Capa ilustrativa

A Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: seminovo/usado

Livraria Amaral Livraria Amaral SP - São Paulo
99% Positivas
875 qualificações
R$ 39,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Usado Bom estado de conservação. Brochura, 237 págs. Não contém anotações, nome do ex-dono, grifos ou destaques em marca texto.com pontos de oxidação na parte interna da capa nas bordas e corte lateral.

A Sociedade do Espetáculo Capa ilustrativa

A Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: seminovo/usado

Padula Livros Padula Livros RS - Porto Alegre
99% Positivas
173 qualificações
R$ 39,90 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura. Livro em ótimo estado. Assinado na folha de rosto. Não apresenta rasuras, grifos, sublinhados ou carimbos. LJ

A Sociedade do Espetáculo Capa ilustrativa

A Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: seminovo/usado

Sebo Lima Barreto Sebo Lima Barreto RJ - Rio de Janeiro
99% Positivas
1050 qualificações
R$ 39,99 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 03/10/2017 LJ Livro em bom estado de conservação. Envelhecido pelo tempo.

A Sociedade do Espetáculo

A Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: seminovo/usado

Livraria Opção Cultural II Livraria Opção Cultural II GO - Goiânia
100% Positivas
54 qualificações
R$ 40,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em ótimo estado de conservação, 237 páginas, imagem meramente ilustrativa. Filósofo, agitador social, diretor de cinema, Guy Debord se definia como doutor em nada e pensador radical. Ligou-se nos anos 50 à geração herdeira do dadaísmo e do surrealismo. A primeira edição brasileira de A sociedade do espetáculo - um livro lúcido e demolidor, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo - sai neste volume acompanhada de dois trabalhos posteriores - um de 1979, outro de 1988 -, em que Debord comenta a própria obra.

a sociedade do espetaculo comentarios sobre a sociedade do espetaculo

a sociedade do espetaculo comentarios sobre a sociedade do espetaculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: seminovo/usado

Livraria Brasil2 Livraria Brasil2 SP - São Paulo
100% Positivas
15 qualificações
R$ 40,00 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição novo

A Sociedade do Espetáculo

A Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: novo

Sebo Clepsidra Sebo Clepsidra SP - São Paulo
99% Positivas
612 qualificações
R$ 44,90 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado! Mais importante obra teórica produzida no contexto que precedeu os acontecimentos de Maio de 1968, A sociedade do espetáculo é um livro genial e único, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo. Para Antonio Negri, é um dos dez livros mais importantes do século. Para Jean–Jacques Pauvert, “não antecipou 1968, como normalmente se diz; antecipou o século XXI”. Está certo: nunca a tirania das imagens e a submissão alienante ao império da mídia, denunciadas por Debord, foram tão fortes como agora. Nunca os profissionais do espetáculo tiveram tanto poder: invadiram todas as fronteiras e conquistaram todos os domínios, da arte à economia, da vida cotidiana à política, passando a organizar de forma consciente e sistemática o império da passividade.

A Sociedade do Espetáculo

A Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: novo

Sebo Clepsidra Sebo Clepsidra SP - São Paulo
99% Positivas
612 qualificações
R$ 44,90 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado! Mais importante obra teórica produzida no contexto que precedeu os acontecimentos de Maio de 1968, A sociedade do espetáculo é um livro genial e único, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo. Para Antonio Negri, é um dos dez livros mais importantes do século. Para Jean–Jacques Pauvert, “não antecipou 1968, como normalmente se diz; antecipou o século XXI”. Está certo: nunca a tirania das imagens e a submissão alienante ao império da mídia, denunciadas por Debord, foram tão fortes como agora. Nunca os profissionais do espetáculo tiveram tanto poder: invadiram todas as fronteiras e conquistaram todos os domínios, da arte à economia, da vida cotidiana à política, passando a organizar de forma consciente e sistemática o império da passividade.

A Sociedade do Espetáculo

A Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: novo

Sebo Clepsidra Sebo Clepsidra SP - São Paulo
99% Positivas
612 qualificações
R$ 44,90 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado! Mais importante obra teórica produzida no contexto que precedeu os acontecimentos de Maio de 1968, A sociedade do espetáculo é um livro genial e único, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo. Para Antonio Negri, é um dos dez livros mais importantes do século. Para Jean–Jacques Pauvert, “não antecipou 1968, como normalmente se diz; antecipou o século XXI”. Está certo: nunca a tirania das imagens e a submissão alienante ao império da mídia, denunciadas por Debord, foram tão fortes como agora. Nunca os profissionais do espetáculo tiveram tanto poder: invadiram todas as fronteiras e conquistaram todos os domínios, da arte à economia, da vida cotidiana à política, passando a organizar de forma consciente e sistemática o império da passividade.

A Sociedade do Espetáculo

A Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: novo

Sebo Clepsidra Sebo Clepsidra SP - São Paulo
99% Positivas
612 qualificações
R$ 44,90 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado! Mais importante obra teórica produzida no contexto que precedeu os acontecimentos de Maio de 1968, A sociedade do espetáculo é um livro genial e único, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo. Para Antonio Negri, é um dos dez livros mais importantes do século. Para Jean–Jacques Pauvert, “não antecipou 1968, como normalmente se diz; antecipou o século XXI”. Está certo: nunca a tirania das imagens e a submissão alienante ao império da mídia, denunciadas por Debord, foram tão fortes como agora. Nunca os profissionais do espetáculo tiveram tanto poder: invadiram todas as fronteiras e conquistaram todos os domínios, da arte à economia, da vida cotidiana à política, passando a organizar de forma consciente e sistemática o império da passividade.

A Sociedade do Espetáculo

A Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: novo

Sebo Clepsidra Sebo Clepsidra SP - São Paulo
99% Positivas
612 qualificações
R$ 44,90 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado! Mais importante obra teórica produzida no contexto que precedeu os acontecimentos de Maio de 1968, A sociedade do espetáculo é um livro genial e único, precursor de toda análise crítica da moderna sociedade de consumo. Para Antonio Negri, é um dos dez livros mais importantes do século. Para Jean–Jacques Pauvert, “não antecipou 1968, como normalmente se diz; antecipou o século XXI”. Está certo: nunca a tirania das imagens e a submissão alienante ao império da mídia, denunciadas por Debord, foram tão fortes como agora. Nunca os profissionais do espetáculo tiveram tanto poder: invadiram todas as fronteiras e conquistaram todos os domínios, da arte à economia, da vida cotidiana à política, passando a organizar de forma consciente e sistemática o império da passividade.

A Sociedade do Espetáculo Capa ilustrativa

A Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: seminovo/usado

Sebo Lima Barreto Sebo Lima Barreto RJ - Rio de Janeiro
99% Positivas
1050 qualificações
R$ 49,99 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 23/09/2017. LJ Livro em bom estado de conservação. Envelhecido pelo tempo.

A Sociedade do Espetáculo Capa ilustrativa

A Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: seminovo/usado

Shop Eclético Sebo Shop Eclético Sebo RN - Natal
100% Positivas
3 qualificações
R$ 55,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro em excelente estado de conservação usado mas em estado de seminivo. sem rasuras ou grifios, integralmente conservado.

A Sociedade do Espetáculo Capa ilustrativa

A Sociedade do Espetáculo

Ano:   Editora: Contraponto

Tipo: novo

Adelino Ribeiro2 Adelino Ribeiro2 RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
1 qualificações
R$ 65,00 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro com 238 páginas. Comentários sobre a sociedade do espetáculo seguido do prefácio à 4ª edição italiana.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro