A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Metropole das Mandingas Capa ilustrativa

Metrópole das Mandingas

Daniela Buono Calainho

É muito bem-vindo este Metrópole das Mandingas, cujo título, por metáfora, resume a novidade da pesquisa: a demonstração de que os cultos e ritos africanos, misturados ao catolicismo, floresceram não só no Brasil, mas no próprio Portugal. Entre os ritos praticados pelos jambacousses, o mais destacado era a mandinga, melhor dizendo, o uso e tráfico da bolsa de mandinga. Originária do reino de Mali, região islamizada, a bolsa era então um saquinho contendo algum versículo do Alcorão. À medida que o uso da bolsa se expandiu no espaço atlântico, foi aumentando de tamanho e diversificando seu conteúdo: lascas de pedras d’ara, balas de chumbo, olho de gato, osso de defunto. Tudo para proteger o corpo, entre outros fins. Não raro continha também uns papelitos com orações a São Marcos. Daniela Calainho examina em detalhe o sincretismo presente na mandinga e noutros ritos. Em sua pesquisa chegou mesmo a encontrar uma bolsa ao vivo, apensa a um processo da Inquisição. Coisa de arrepiar. A Inquisição, como é óbvio, perseguiu muitos mandingueiros. Alguns foram queimados. Mas o melhor do livro é ver de perto a circulação de crenças entre Brasil, Portugal e África. Uma prova de que há séculos os Exus atuavam em vários continentes. Salve! Fechar Ler mais

É muito bem-vindo este Metrópole das Mandingas, cujo título, por metáfora, resume a novidade da pesquisa: a demonstração de que os cultos e ritos africanos, misturados ao catolicismo, floresceram não só no Brasil, mas no próprio Portugal. Entre os ritos praticados pelos jambacousses, o mais destacado era a mandinga, melhor dizendo, o uso e tráfico da bolsa de mandinga. Originária do reino de Mali, região islamizada, a bolsa era então um saquinho contendo algum versículo do Alcorão. À medida que o uso da bolsa se expandiu no espaço atlântico, foi aumentando de tamanho e diversificando seu conteúdo: lascas de pedras d’ara, balas de chumbo, olho de gato, osso de defunto. Tudo para proteger o corpo, entre outros fins. Não raro continha também uns papelitos com orações a São Marcos. Daniela Calainho examina em detalhe o sincretismo presente na mandinga e noutros ritos. Em sua pesquisa chegou mesmo a encontrar uma bolsa ao vivo, apensa a um processo da Inquisição. Coisa de arrepiar. A Inquisição, como é óbvio, perseguiu muitos mandingueiros. Alguns foram queimados. Mas o melhor do livro é ver de perto a circulação de crenças entre Brasil, Portugal e África. Uma prova de que há séculos os Exus atuavam em vários continentes. Salve! Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Metrópole das Mandingas

Capa ilustrativa

Metrópole das Mandingas

Capa ilustrativa
Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Metrópole das Mandingas Capa ilustrativa

Metrópole das Mandingas

Ano:   Editora: Garamond

Tipo: novo

Fonte Nova Livros Fonte Nova Livros MG - Belo Horizonte
100% Positivas
35 qualificações
R$ 46,00 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição O título deste livro resume a novidade da pesquisa: a demonstração de que os cultos e ritos africanos, misturados ao catolicismo, floresceram não só no Brasil, mas no próprio Portugal. Entre os ritos praticados pelos jambacousses, o mais destacado era a mandinga, melhor dizendo, o uso e tráfico da bolsa de mandinga. Originária do reino de Mali, região islamizada, a bolsa era então um saquinho contendo algum versículo do Alcorão. Daniela Calainho examina em detalhe o sincretismo presente na mandinga e noutros ritos. Em sua pesquisa chegou mesmo a encontrar uma bolsa ao vivo, apensa a um processo da Inquisição. Coisa de arrepiar. A Inquisição, como é óbvio, perseguiu muitos mandingueiros. Alguns foram queimados.

Metropole Das Mandingas Capa ilustrativa

Metropole Das Mandingas

Ano:   Editora: Garamond

Tipo: seminovo/usado

O Sebo Cultural O Sebo Cultural PB - João Pessoa
98% Positivas
1070 qualificações
R$ 46,25 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição ID=254681A. Qtd.Páginas=320. CONDICAO GERAL: BOM, CONSERVA-SE EM BOAS CONDICOES PARA O MANUSEIO DA LEITURA EM RELACAO AO ANO DE PUBLICACAO. .CAPA/CONTRA CAPA: COM MARCA DE DOBRA. .PAGINAS: CONSERVADAS. NADA QUE ATRAPALHE A LEITURA.

METROPOLE DAS MANDINGAS Capa ilustrativa

METROPOLE DAS MANDINGAS

Ano:   Editora: Garamond

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
775 qualificações
R$ 51,00 + R$ 13,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! L99108909 ISBN: 9788576171539 Sinopse: O título deste livro resume a novidade da pesquisa: a demonstração de que os cultos e ritos africanos, misturados ao catolicismo, floresceram não só no Brasil, mas no próprio Portugal. Entre os ritos praticados pelos jambacousses, o mais destacado era a mandinga, melhor dizendo, o uso e tráfico da bolsa de mandinga. Originária do reino de Mali, região islamizada, a bolsa era então um saquinho contendo algum versículo do Alcorão. Daniela Calainho examina em detalhe o sincretismo presente na mandinga e noutros ritos. Em sua pesquisa chegou mesmo a encontrar uma bolsa ao vivo, apensa a um processo da Inquisição. Coisa de arrepiar. A Inquisição, como é óbvio, perseguiu muitos mandingueiros. Alguns foram queimados. Mas o melhor do livro é ver de perto a circulação de crenças entre Brasil, Portugal e África.

METROPOLE DAS MANDINGAS Capa ilustrativa

METROPOLE DAS MANDINGAS

Ano:   Editora: Garamond

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
775 qualificações
R$ 51,00 + R$ 13,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! L99108909 ISBN: 9788576171539 Sinopse: O título deste livro resume a novidade da pesquisa: a demonstração de que os cultos e ritos africanos, misturados ao catolicismo, floresceram não só no Brasil, mas no próprio Portugal. Entre os ritos praticados pelos jambacousses, o mais destacado era a mandinga, melhor dizendo, o uso e tráfico da bolsa de mandinga. Originária do reino de Mali, região islamizada, a bolsa era então um saquinho contendo algum versículo do Alcorão. Daniela Calainho examina em detalhe o sincretismo presente na mandinga e noutros ritos. Em sua pesquisa chegou mesmo a encontrar uma bolsa ao vivo, apensa a um processo da Inquisição. Coisa de arrepiar. A Inquisição, como é óbvio, perseguiu muitos mandingueiros. Alguns foram queimados. Mas o melhor do livro é ver de perto a circulação de crenças entre Brasil, Portugal e África.

METROPOLE DAS MANDINGAS Capa ilustrativa

METROPOLE DAS MANDINGAS

Ano:   Editora: Garamond

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
775 qualificações
R$ 51,00 + R$ 13,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! L99108909 ISBN: 9788576171539 Sinopse: O título deste livro resume a novidade da pesquisa: a demonstração de que os cultos e ritos africanos, misturados ao catolicismo, floresceram não só no Brasil, mas no próprio Portugal. Entre os ritos praticados pelos jambacousses, o mais destacado era a mandinga, melhor dizendo, o uso e tráfico da bolsa de mandinga. Originária do reino de Mali, região islamizada, a bolsa era então um saquinho contendo algum versículo do Alcorão. Daniela Calainho examina em detalhe o sincretismo presente na mandinga e noutros ritos. Em sua pesquisa chegou mesmo a encontrar uma bolsa ao vivo, apensa a um processo da Inquisição. Coisa de arrepiar. A Inquisição, como é óbvio, perseguiu muitos mandingueiros. Alguns foram queimados. Mas o melhor do livro é ver de perto a circulação de crenças entre Brasil, Portugal e África.

METROPOLE DAS MANDINGAS Capa ilustrativa

METROPOLE DAS MANDINGAS

Ano:   Editora: Garamond

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
775 qualificações
R$ 51,00 + R$ 13,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! L99108909 ISBN: 9788576171539 Sinopse: O título deste livro resume a novidade da pesquisa: a demonstração de que os cultos e ritos africanos, misturados ao catolicismo, floresceram não só no Brasil, mas no próprio Portugal. Entre os ritos praticados pelos jambacousses, o mais destacado era a mandinga, melhor dizendo, o uso e tráfico da bolsa de mandinga. Originária do reino de Mali, região islamizada, a bolsa era então um saquinho contendo algum versículo do Alcorão. Daniela Calainho examina em detalhe o sincretismo presente na mandinga e noutros ritos. Em sua pesquisa chegou mesmo a encontrar uma bolsa ao vivo, apensa a um processo da Inquisição. Coisa de arrepiar. A Inquisição, como é óbvio, perseguiu muitos mandingueiros. Alguns foram queimados. Mas o melhor do livro é ver de perto a circulação de crenças entre Brasil, Portugal e África.

Metrópole das Mandingas

Metrópole das Mandingas

Ano:   Editora: Garamond

Tipo: seminovo/usado

Livraria Investilivros Livraria Investilivros DF - Brasília
100% Positivas
48 qualificações
R$ 53,46 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro em estado de novo, bruchura, 280 paginas cod.409 pu

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro