A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Cora Coralina Doceira e Poeta Capa ilustrativa

Cora Coralina Doceira e Poeta

Cora Coralina

Em julho de 1979 o Brasil foi surpreendido com uma carta de Carlos Drummond de Andrade endereçada a uma poeta, até então, pouco conhecida, com o seguinte texto: "Não tendo seu endereço, lanço essas palavras ao vento, na esperança que ele as deposite em suas mãos (...) Seu livro é um encanto, seu lirismo tem a força e a delicadeza das coisas naturais.". A poeta em questão, uma senhorinha de quase noventa anos, nasceu Ana Lins dos Guimarães Peixoto e a essa altura era conhecida como Cora Coralina, a doce poeta de Goiás. Embora escrevesse desde menina, essa senhora só publicou seu primeiro livro pouco antes de completar 76 anos, depois de ter ficado viúva. O que ela fez então nesses anos todos, antes de encantar o público e a crítica com sua prosa e seus poemas? Criou quatro filhos e trabalhou muito enquanto poetou. Morou por 45 anos no interior e na capital de São Paulo, onde vendeu livros, teve uma loja de armarinhos e uma chácara de flores. Ao voltar para Goiás, tornou-se doceira, junto a um fogão à lenha. Conhecedores da doçura de seus versos, os leitores de Cora Coralina sempre se perguntaram como teriam sido os doces feitos por ela. Para matar essa curiosidade, a Global Editora, com a anuência de Vicência Brêtas Tahan, filha da poeta, está lançando Cora Coralina Doceira e Poeta. Uma obra planejada não só como um livro de receitas, mas também em comemoração aos 120 anos de nascimento da poeta e em homenagem a esta mulher aguerrida, que sempre esteve à frente de seu tempo. Enquanto decidiam quais receitas integrariam o livro - escolhidas a dedo em cadernos amarelecidos pelo tempo -, a equipe percebeu que, mesmo tendo vivido mais de quarenta anos no estado de São Paulo, as receitas tinham uma profunda relação com os costumes goianos, em especial com a cidade de Villa Boa de Goyaz, terra natal de Cora Coralina. Com isso, os organizadores viajaram para Goiás com o objetivo de captar momentos reveladores dessa relação e tornar visíveis para os leitores as circunstâncias da vida da poeta. Fechar Ler mais

Em julho de 1979 o Brasil foi surpreendido com uma carta de Carlos Drummond de Andrade endereçada a uma poeta, até então, pouco conhecida, com o seguinte texto: "Não tendo seu endereço, lanço essas palavras ao vento, na esperança que ele as deposite em suas mãos (...) Seu livro é um encanto, seu lirismo tem a força e a delicadeza das coisas naturais.". A poeta em questão, uma senhorinha de quase noventa anos, nasceu Ana Lins dos Guimarães Peixoto e a essa altura era conhecida como Cora Coralina, a doce poeta de Goiás. Embora escrevesse desde menina, essa senhora só publicou seu primeiro livro pouco antes de completar 76 anos, depois de ter ficado viúva. O que ela fez então nesses anos todos, antes de encantar o público e a crítica com sua prosa e seus poemas? Criou quatro filhos e trabalhou muito enquanto poetou. Morou por 45 anos no interior e na capital de São Paulo, onde vendeu livros, teve uma loja de armarinhos e uma chácara de flores. Ao voltar para Goiás, tornou-se doceira, junto a um fogão à lenha. Conhecedores da doçura de seus versos, os leitores de Cora Coralina sempre se perguntaram como teriam sido os doces feitos por ela. Para matar essa curiosidade, a Global Editora, com a anuência de Vicência Brêtas Tahan, filha da poeta, está lançando Cora Coralina Doceira e Poeta. Uma obra planejada não só como um livro de receitas, mas também em comemoração aos 120 anos de nascimento da poeta e em homenagem a esta mulher aguerrida, que sempre esteve à frente de seu tempo. Enquanto decidiam quais receitas integrariam o livro - escolhidas a dedo em cadernos amarelecidos pelo tempo -, a equipe percebeu que, mesmo tendo vivido mais de quarenta anos no estado de São Paulo, as receitas tinham uma profunda relação com os costumes goianos, em especial com a cidade de Villa Boa de Goyaz, terra natal de Cora Coralina. Com isso, os organizadores viajaram para Goiás com o objetivo de captar momentos reveladores dessa relação e tornar visíveis para os leitores as circunstâncias da vida da poeta. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Cora Coralina. Doceira e Poeta

Capa ilustrativa

Cora Coralina. Doceira e Poeta

Capa ilustrativa

3 livros novos e 4 livros usados em 5 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Cora Coralina. Doceira e Poeta Capa ilustrativa

Cora Coralina. Doceira e Poeta

Ano:   Editora: Global

Tipo: seminovo/usado

Livro Rápido Livro Rápido SP - São Paulo
100% Positivas
631 qualificações
R$ 79,00 + frete R$ 18,26

Total: R$ 97,26

Comprar ler descrição ocultar

Descrição #Y G2 P314 Livro em bom estado de conservação, porém descolamento da lombada, desgastes ponta da quarta capa e marcas# Embora escrevesse desde menina, essa senhora só publicou seu primeiro livro pouco antes de completar 76 anos, depois de ter ficado viúva. O que ela fez então nesses anos todos, antes de encantar o público e a crítica com sua prosa e seus poemas? Criou quatro filhos e trabalhou muito enquanto poetou. Morou por 45 anos no interior e na capital de São Paulo, onde vendeu livros, teve uma loja de armarinhos e uma chácara de flores. Ao voltar para Goiás, tornou-se doceira, junto a um fogão à lenha. - 201662617

Doceira e Poeta

Doceira e Poeta

Ano:   Editora: Global Editora

Tipo: novo

Sociedade dos Livros Sociedade dos Livros SP - São Paulo
97% Positivas
351 qualificações
R$ 133,00 + frete R$ 18,26

Total: R$ 151,26

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo. Adquirido da editora.

Cora coralina - doceira e poeta Capa ilustrativa

Cora coralina - doceira e poeta

Ano:   Editora: Global

Tipo: novo

Mercado de Livros do Brasil Lt Mercado de Livros do Brasil Lt SP - São Paulo
100% Positivas
111 qualificações
R$ 137,08 + frete R$ 18,26

Total: R$ 155,34

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Em julho de 1979 o Brasil foi surpreendido com uma carta de Carlos Drummond de Andrade endereçada a uma poeta, até então, pouco conhecida, com o seguinte texto: Não tendo seu endereço, lanço essas palavras ao vento, na esperança que ele as deposite em suas mãos (...) Seu livro é um encanto, seu lirismo tem a força e a delicadeza das coisas naturais.. A poeta em questão, uma senhorinha de quase 90 anos, nasceu Ana Lins dos Guimarães Peixoto e a essa altura era conhecida como Cora Coralina, a doce poeta de Goiás. Embora escrevesse desde menina, essa senhora só publicou seu primeiro livro pouco antes de completar 76 anos, depois de ter ficado viúva. O que ela fez então nesses anos todos, antes de encantar o público e a crítica com sua prosa e seus poemas? Criou quatro filhos e trabalhou muito enquanto poetou. Morou por 45 anos no interior e na capital de São Paulo, onde vendeu livros, teve uma loja de armarinhos e uma chácara de flores. Ao voltar para Goiás, tornou-se doceira, junto a um fogão à lenha.Conhecedores da doçura de seus versos, os leitores de Cora Coralina sempre se perguntaram como teriam sido os doces feitos por ela. Para matar essa curiosidade, a Global Editora, com a anuência de Vicência Brêtas Tahan, filha da poeta, está lançando Cora Coralina Doceira e Poeta. Uma obra planejada não só como um livro de receitas, mas também em comemoração aos 120 anos de nascimento da poeta e em homenagem a essa mulher aguerrida, que sempre esteve à frente de seu tempo.Enquanto decidiam quais receitas integrariam o livro ? escolhidas a dedo em cadernos amarelecidos pelo tempo ?, a equipe percebeu que, mesmo tendo vivido mais de quarenta anos no estado de São Paulo, as receitas tinham uma profunda relação com os costumes goianos, em especial com a cidade de Villa Boa de Goyaz, terra natal de Cora Coralina. Com isso, os organizadores viajaram para Goiás com o objetivo de captar momentos reveladores dessa relação e tornar visíveis para os leitores as circunstâncias da vida da poeta.

Doceira e Poeta Capa ilustrativa

Doceira e Poeta

Ano:   Editora: Global

Tipo: seminovo/usado

Sebo Capricho 3 Sebo Capricho 3 PR - Londrina
98% Positivas
193 qualificações
R$ 149,00 + frete R$ 18,26

Total: R$ 167,26

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo ** Capa dura. Esta obra não tem como meta ser um livro de receitas, mas, sim, uma homenagem à poeta Cora Coralina, que, além de fazer versos, fazia doces, valorizando com suas mãos o simples e o belo. As receitas antigas sofreram atualização para reduzir e/ou substituir alguns ingredientes. Mas os textos iniciais de cada uma foram escritos por ela. Convidamos você a folhear e degustar esse mundo de delícias!

Doceira e Poeta Capa ilustrativa

Doceira e Poeta

Ano:   Editora: Global

Tipo: seminovo/usado

Sebo Capricho 3 Sebo Capricho 3 PR - Londrina
98% Positivas
193 qualificações
R$ 149,00 + frete R$ 18,26

Total: R$ 167,26

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo ** Capa dura. Esta obra não tem como meta ser um livro de receitas, mas, sim, uma homenagem à poeta Cora Coralina, que, além de fazer versos, fazia doces, valorizando com suas mãos o simples e o belo. As receitas antigas sofreram atualização para reduzir e/ou substituir alguns ingredientes. Mas os textos iniciais de cada uma foram escritos por ela. Convidamos você a folhear e degustar esse mundo de delícias!

Doceira e Poeta Capa ilustrativa

Doceira e Poeta

Ano:   Editora: Global

Tipo: seminovo/usado

Ciranda dos Livros Ciranda dos Livros SP - São Paulo
100% Positivas
21 qualificações
R$ 160,00 + frete R$ 18,26

Total: R$ 178,26

Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro esgotado em estado de novo

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro