A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
O Mundo Se Despedaca Capa ilustrativa

O Mundo Se Despedaça

Chinua Achebe

O mundo se despedaça conta a história de um patriarca guerreiro chamado Okonkwo, da etnia ibo, estabelecida no sudeste da Nigéria, às margens do rio Níger. O momento que a narrativa retrata é o da gradual desintegração da vida tribal, graças à chegada ao local do colonizador branco. O delicado equilíbrio de costumes do clã vinha sendo mantido por gerações, mas então atravessa um momento de desestabilização, pois os missionários europeus e seus seguidores começam a acorrer às aldeias de Umuófia pregando em favor de uma nova crença, organizada em torno de um único Deus. A nova religião contraria a crença nas forças anímicas e na sabedoria dos antepassados, em que acreditam os ibos. Além disso, os homens brancos trazem novas instituições: a escola, a lei, a polícia. Okonkwo é dos principais opositores dos missionários, mas ele não contava com a adesão à nova crença de muitos de seus conterrâneos, vizinhos e companheiros de aldeia. Entre eles está ninguém menos que seu primogênito, Nwoye. Também aderem à religião do homem branco aqueles que foram marginalizados pela sociedade tradicional, os párias ou osus, as mulheres, os jovens sem perspectiva. Como escreve o diplomata e estudioso das literaturas africanas Alberto da Costa e Silva no prefácio ao livro, o romance de Achebe é uma das obras fundadoras do romance nigeriano contemporâneo. Segundo ele, o livro “narra a desintegração de uma cultura, com a chegada do estrangeiro, com armas mais poderosas e de pele, costumes e ideias diferentes”. Mas, para o ensaísta, Chinua Achebe, que escreve em inglês, “é cidadão de uma Nigéria criada pelo colonizador” e sabe que a “História não é boa nem má, nascemos dela, de seus sofrimentos e remorsos, de seus sonhos e pesadelos”. O romance é considerado um dos livros mais importantes da literatura africana do século XX. Foi publicado originalmente em 1958, dois anos antes da independência da Nigéria. Primeiro romance do autor, foi publicado em mais de quarenta línguas. Fechar Ler mais

O mundo se despedaça conta a história de um patriarca guerreiro chamado Okonkwo, da etnia ibo, estabelecida no sudeste da Nigéria, às margens do rio Níger. O momento que a narrativa retrata é o da gradual desintegração da vida tribal, graças à chegada ao local do colonizador branco. O delicado equilíbrio de costumes do clã vinha sendo mantido por gerações, mas então atravessa um momento de desestabilização, pois os missionários europeus e seus seguidores começam a acorrer às aldeias de Umuófia pregando em favor de uma nova crença, organizada em torno de um único Deus. A nova religião contraria a crença nas forças anímicas e na sabedoria dos antepassados, em que acreditam os ibos. Além disso, os homens brancos trazem novas instituições: a escola, a lei, a polícia. Okonkwo é dos principais opositores dos missionários, mas ele não contava com a adesão à nova crença de muitos de seus conterrâneos, vizinhos e companheiros de aldeia. Entre eles está ninguém menos que seu primogênito, Nwoye. Também aderem à religião do homem branco aqueles que foram marginalizados pela sociedade tradicional, os párias ou osus, as mulheres, os jovens sem perspectiva. Como escreve o diplomata e estudioso das literaturas africanas Alberto da Costa e Silva no prefácio ao livro, o romance de Achebe é uma das obras fundadoras do romance nigeriano contemporâneo. Segundo ele, o livro “narra a desintegração de uma cultura, com a chegada do estrangeiro, com armas mais poderosas e de pele, costumes e ideias diferentes”. Mas, para o ensaísta, Chinua Achebe, que escreve em inglês, “é cidadão de uma Nigéria criada pelo colonizador” e sabe que a “História não é boa nem má, nascemos dela, de seus sofrimentos e remorsos, de seus sonhos e pesadelos”. O romance é considerado um dos livros mais importantes da literatura africana do século XX. Foi publicado originalmente em 1958, dois anos antes da independência da Nigéria. Primeiro romance do autor, foi publicado em mais de quarenta línguas. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

O Mundo Se Despedaça

8 livros usados em 5 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
O Mundo Se Despedaça

O Mundo Se Despedaça

Ano:   Editora: Atica

Tipo: seminovo/usado

Sebo Capricho II Sebo Capricho II PR - Londrina
100% Positivas
232 qualificações
R$ 159,90 + frete R$ 8,05

Total: R$ 167,95

Comprar ler descrição ocultar

Descrição brochura, com sinais de uso, danos e desgastes, carimbo, inicia da página 3.

O Mundo Se Despedaça

O Mundo Se Despedaça

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Sebo Dulcinéia Sebo Dulcinéia SP - São Paulo
100% Positivas
343 qualificações
R$ 170,00 + frete R$ 9,10

Total: R$ 179,10

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro usado em bom estado, sinais de uso nas bordas da capa, miolo e cortes sem amarelados ou grifos. P07 - 201623596

O Mundo Se Despedaça

O Mundo Se Despedaça

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Literatudo Sebo Literatudo Sebo MG - Uberaba
98% Positivas
45 qualificações
R$ 190,00 + frete R$ 10,16

Total: R$ 200,16

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em muito bom estado de conservação. Capas íntegras, como pode ser visto na foto original do livro ao lado. Páginas limpas e claras, sem grifos, sublinhados, anotações. Muito bom exemplar, sem dúvida. Mais recente edição em português brasileiro lançada deste livro. Raro. Romance fundador da moderna literatura nigeriana, O mundo se despedaça narra a história de Okonkwo, guerreiro de um clã que se desintegra depois da chegada do homem branco e de suas instituições. O momento que a narrativa retrata é o da gradual desintegração da vida tribal, graças à chegada do colonizador branco. Os valores da Ibolândia são colocados em xeque pelos missionários britânicos que trazem consigo o cristianismo, uma nova forma de governo e a força da polícia. O delicado...

O Mundo Se Despedaça

O Mundo Se Despedaça

Ano:   Editora: Atica

Tipo: seminovo/usado

Sebo Universo Fantástico Sebo Universo Fantástico SP - São Paulo
99% Positivas
87 qualificações
R$ 199,97 + frete R$ 10,16

Total: R$ 210,13

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado de conservação. Marcas de desgaste na lombada, manchas na capa traseira, manchas amareladas nos cortes, anotações a caneta na contra capa traseira, mas nada que atrapalhe o leitor. RN6 - 201639020

O Mundo Se Despedaça

O Mundo Se Despedaça

Ano:   Editora: Companhia das Letras

Tipo: seminovo/usado

Literatudo Sebo Literatudo Sebo MG - Uberaba
98% Positivas
45 qualificações
R$ 200,00 + frete R$ 10,16

Total: R$ 210,16

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em muito bom estado de conservação. Capas íntegras, como pode ser visto na foto original do livro ao lado. Páginas limpas e claras, sem grifos, sublinhados, anotações. Muito bom exemplar, sem dúvida. Mais recente edição em português brasileiro lançada deste livro. Raro. Romance fundador da moderna literatura nigeriana, O mundo se despedaça narra a história de Okonkwo, guerreiro de um clã que se desintegra depois da chegada do homem branco e de suas instituições. O momento que a narrativa retrata é o da gradual desintegração da vida tribal, graças à chegada do colonizador branco. Os valores da Ibolândia são colocados em xeque pelos missionários britânicos que trazem consigo o cristianismo, uma nova forma de governo e a força da polícia. O delicado...

O Mundo Se Despedaça Capa ilustrativa

O Mundo Se Despedaça

Ano:   Editora: Atica

Tipo: seminovo/usado

Biblionauta Biblionauta SP - São Paulo
100% Positivas
24 qualificações
R$ 250,00 + frete R$ 9,10

Total: R$ 259,10

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em ótimo estado de conservação. Na capa predomina um pouco do resplendor de quando nova, conservada sem nenhum dano. As páginas internas estão muito levemente amarelecidas rente ao corte superior (uma amarelo esmaecido, bem tênue, praticamente imperceptível), mas perfeitas, sem manchas. Além disso, o corpo do texto permanece intacto, sem nenhuma marcação a lápis ou a caneta. 13, 5 x 21 cm. Brochura. 192 p. 1ª ed. Título da Coleção de Autores Africanos, vol. 17. Tradução de Vera Queiroz da Costa e Silva.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro