A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
As Sete Culturas do Capitalismo Capa ilustrativa

As sete culturas do capitalismo

Charles Hampden-Turner / Alfons Trompenaars

Nesta obra está implícita uma abordagem coerente à forma como a riqueza é, efectivamente, criada por qualquer um em qualquer parte. Quer comece com clientes particulares ou com uma procura universal, ambas as abordagens necessitam ser afinadas e desenvolvidas conjuntamente. Não se podem criar unidades viáveis e com valor, a menos que se tenha capacidade para as demonstrar até aos seus elementos ínfimos. Ninguém pode crescer na sua individualidade sem o apoio de uma comunidade, e nenhuma comunidade pode sobreviver por muito tempo sem a dedicação dos indivíduos que a compõem. Não se fala aqui apenas de equilíbrios ou de regras de ouro, mas de círculos virtuosos ou hélices, nos quais a sensibilidade ao mundo exterior reforça a orientação de cada um, e processos cuidadosamente sincronizados aprendem a avançar cada vez com maior rapidez, numa dança que se transforma em corrida. Não é errado favorecer-se o estatuto pelo desempenho. É incompleto. Isto porque o valor humano de alguns êxitos excede largamente o de outros. Para além dos valores em separado, existe uma harmonia de valores, uma sinergia entre a igualdade e o patrocínio daqueles que, no início, determinaram a competição. Aqui reside a integridade da riqueza e do valor que se criam. CHARLES HAMPDEM-TURNER é professor convidado do Instituto de Gestão da Universidade de Cambridge. ALFONS TROMPENAARS é director de gestão no Centro de Comércio Internacional, na Holanda. Fechar Ler mais

Nesta obra está implícita uma abordagem coerente à forma como a riqueza é, efectivamente, criada por qualquer um em qualquer parte. Quer comece com clientes particulares ou com uma procura universal, ambas as abordagens necessitam ser afinadas e desenvolvidas conjuntamente. Não se podem criar unidades viáveis e com valor, a menos que se tenha capacidade para as demonstrar até aos seus elementos ínfimos. Ninguém pode crescer na sua individualidade sem o apoio de uma comunidade, e nenhuma comunidade pode sobreviver por muito tempo sem a dedicação dos indivíduos que a compõem. Não se fala aqui apenas de equilíbrios ou de regras de ouro, mas de círculos virtuosos ou hélices, nos quais a sensibilidade ao mundo exterior reforça a orientação de cada um, e processos cuidadosamente sincronizados aprendem a avançar cada vez com maior rapidez, numa dança que se transforma em corrida. Não é errado favorecer-se o estatuto pelo desempenho. É incompleto. Isto porque o valor humano de alguns êxitos excede largamente o de outros. Para além dos valores em separado, existe uma harmonia de valores, uma sinergia entre a igualdade e o patrocínio daqueles que, no início, determinaram a competição. Aqui reside a integridade da riqueza e do valor que se criam. CHARLES HAMPDEM-TURNER é professor convidado do Instituto de Gestão da Universidade de Cambridge. ALFONS TROMPENAARS é director de gestão no Centro de Comércio Internacional, na Holanda. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

As sete culturas do capitalismo

As sete culturas do capitalismo

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
As sete culturas do capitalismo

As sete culturas do capitalismo

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: seminovo/usado

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
100% Positivas
86 qualificações
R$ 12,00 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura. Bom estado de conservação.

As Sete Culturas do Capitalismo

As Sete Culturas do Capitalismo

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: seminovo/usado

Livraria Erico Verissimo Livraria Erico Verissimo RS - Porto Alegre
99% Positivas
141 qualificações
R$ 25,00 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro sem manuseio, grifos ou rasuras, Coleção Economia e Política n° 50, 403 páginas.

As sete culturas do capitalismo

As sete culturas do capitalismo

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: seminovo/usado

Academia do Saber Academia do Saber RJ - Rio de Janeiro
95% Positivas
244 qualificações
R$ 35,00 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 403 páginas. Bordas levemente amareladas. Loja 34345

As Sete Culturas do Capitalismo

As Sete Culturas do Capitalismo

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: seminovo/usado

Anaterra Livros Anaterra Livros RS - Santa Maria
100% Positivas
95 qualificações
R$ 39,00 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura com 403 páginas; partes internas da capa, primeiras e últimas páginas amareladas. Linhas de corte com algumas pigmentações escuras. Miolo em boas condições de leitura, sem anotações. Edição portuguesa. Nesta obra está implícita uma abordagem coerente à forma como a riqueza é criada por qualquer um em qualquer parte. Ninguém pode crescer na sua individualidade sem o apoio de uma comunidade, e nenhuma comunidade pode sobreviver sem a dedicação dos indivíduos que a compõem.

As Sete Culturas do Capitalismo

As Sete Culturas do Capitalismo

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
92% Positivas
504 qualificações
R$ 71,30 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Nesta obra está implícita uma abordagem coerente à forma como a riqueza é, efectivamente, criada por qualquer um em qualquer parte. Quer comece com clientes particulares ou com uma procura universal, ambas as abordagens necessitam ser afinadas e desenvolvidas conjuntamente. Não se podem criar unidades viáveis e com valor, a menos que se tenha capacidade para as demonstrar até aos seus elementos ínfimos. Ninguém pode crescer na sua individualidade sem o apoio de uma comunidade, e nenhuma comunidade pode sobreviver por muito tempo sem a dedicação dos indivíduos que a compõem. Não se fala aqui apenas de equilíbrios ou de regras de ouro, mas de círculos virtuosos ou hélices, nos quais a sensibilidade ao mundo exterior reforça a orientação de cada um, e processos cuidadosamente sincronizados

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro