A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
O Pintor da Vida Moderna Capa ilustrativa

O Pintor da Vida Moderna

Charles Baudelaire

Charles Baudelaire publica, no final de 1863, no jornal Figaro, um ensaio que se tornaria referência canônica para a noção de modernidade em arte e literatura: “O Pintor da Vida moderna”, no qual o poeta francês descreve e analisa a obra de um artista, Constantin Guys, que, para ele, captaria alguns dos aspectos definidores da vida moderna: a instantaneidade, o transitório, o fugidio, o contingente. Baudelaire aproxima, na sua curiosidade, na sua avidez pela vida, Constantin Guys, o “pintor da vida moderna”, do personagem anônimo do conto “O homem da multidão”, de Edgar Allan Poe. O presente livro coloca, pela primeira vez, no Brasil, os textos de Baudelaire e de Poe, em nova tradução, ao lado das preciosas e deliciosas imagens de Constantin Guys. “O Pintor da Vida moderna” pode ser lido, assim, sob uma nova e fascinante perspectiva. A presente edição é enriquecida, ainda, por um ensaio sobre as relações entre o pintor e o poeta, de autoria de Jérôme Dufilho, especialista francês da obra de Constantin Guys, que foi também o responsável pelo trabalho de reunião do inestimável material iconográfico que compõe o livro. Fechar Ler mais

Charles Baudelaire publica, no final de 1863, no jornal Figaro, um ensaio que se tornaria referência canônica para a noção de modernidade em arte e literatura: “O Pintor da Vida moderna”, no qual o poeta francês descreve e analisa a obra de um artista, Constantin Guys, que, para ele, captaria alguns dos aspectos definidores da vida moderna: a instantaneidade, o transitório, o fugidio, o contingente. Baudelaire aproxima, na sua curiosidade, na sua avidez pela vida, Constantin Guys, o “pintor da vida moderna”, do personagem anônimo do conto “O homem da multidão”, de Edgar Allan Poe. O presente livro coloca, pela primeira vez, no Brasil, os textos de Baudelaire e de Poe, em nova tradução, ao lado das preciosas e deliciosas imagens de Constantin Guys. “O Pintor da Vida moderna” pode ser lido, assim, sob uma nova e fascinante perspectiva. A presente edição é enriquecida, ainda, por um ensaio sobre as relações entre o pintor e o poeta, de autoria de Jérôme Dufilho, especialista francês da obra de Constantin Guys, que foi também o responsável pelo trabalho de reunião do inestimável material iconográfico que compõe o livro. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

O Pintor da Vida Moderna

Capa ilustrativa

O Pintor da Vida Moderna

Capa ilustrativa
Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
O Pintor da Vida Moderna Capa ilustrativa

O Pintor da Vida Moderna

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: seminovo/usado

Sebo e Lojão Sebo e Lojão SP - Campinas
99% Positivas
620 qualificações
R$ 36,90 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Tipo de Capa: Dura; Número de Páginas: 151; Dimensões: 18 x 25 cm; Tradução: Tomaz Tadeu; Estado de Conservação: Livro usado, em bom estado de conservação: Sinais de uso, manchas devido ao manuseio, sem grifos ou escritos, leitura não prejudicada; E: 2; R: 11; Data: 16/11/2017

O Pintor da Vida Moderna

O Pintor da Vida Moderna

Ano:   Editora: Nao Encontrada

Tipo: seminovo/usado

Julian Livros Julian Livros SP - São Paulo
99% Positivas
1403 qualificações
R$ 39,00 + R$ 12,79 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Código: 1635586 Nota: A presente obra encontra-se em bom estado de conservação, contém, apenas, algumas manchas amareladas causadas pelo tempo e marcações à caneta na segunda página. Ano: 2010 Nº de páginas: 151 Formato: 17 x 24 Conservação da capa: Bom Estado Conservação do miolo: Bom Estado Acabamento: Capa Dura Idioma: Português Curiosidade: Editora: Autêntica

O Pintor da Vida Moderna Capa ilustrativa

O Pintor da Vida Moderna

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: seminovo/usado

Julivros e Livros Julivros e Livros SP - São Paulo
98% Positivas
59 qualificações
R$ 40,00 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Ótimo. Como novo. Sem grifos, marcas ou anotações. Capa dura e sobrecapa impecáveis. Cortes sem marcas de uso aparente. “O Pintor da Vida moderna” pode ser lido, assim, sob uma nova e fascinante perspectiva. A presente edição é enriquecida, ainda, por um ensaio sobre as relações entre o pintor e o poeta, de autoria de Jérôme Dufilho, especialista francês da obra de Constantin Guys, que foi também o responsável pelo trabalho de reunião do inestimável material iconográfico que compõe o livro. 151 páginas numeradas.

O Pintor da Vida Moderna Capa ilustrativa

O Pintor da Vida Moderna

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: seminovo/usado

Sebo Poesia Sebo Poesia SP - Santo André
98% Positivas
951 qualificações
R$ 40,00 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Capa dura, com sobre capa ,em ótimo estado, 151 páginas, loja 03. Ilustrado.

O Pintor da Vida Moderna

O Pintor da Vida Moderna

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: seminovo/usado

Sebo José de Alencar Sebo José de Alencar SP - São Paulo
98% Positivas
106 qualificações
R$ 40,00 + R$ 11,37 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Em ótimo estado de conservação, sem grifos ou rasuras ao longo do texto, dedicatória a caneta na página de guarda. Descrição Charles Baudelaire publica, no final de 1863, no jornal Figaro, um ensaio que se tornaria referência canônica para a noção de modernidade em arte e literatura: O Pintor da Vida moderna, no qual o poeta francês descreve e analisa a obra de um artista, Constantin Guys, que, para ele, captaria alguns dos aspectos definidores da vida moderna: a instantaneidade, o transitório, o fugidio, o contingente. Baudelaire aproxima, na sua curiosidade, na sua avidez pela vida, Constantin Guys, o pintor da vida moderna, do personagem anônimo do conto O homem da multidão, de Edgar Allan Poe. O presente livro coloca, pela primeira... - 201624489

O Pintor da Vida Moderna Capa ilustrativa

O Pintor da Vida Moderna

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: novo

Livraria da Amelia Livraria da Amelia MG - Belo Horizonte
95% Positivas
263 qualificações
R$ 64,90 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo - Ano de Lançamento: 2010 - Edição: 1ª - Páginas: 152 - Idioma: Português - ISBN: 9788575264867

O Pintor da Vida Moderna

O Pintor da Vida Moderna

Ano:   Editora: Autentica

Tipo: novo

Livraria Virtual Embooks Livraria Virtual Embooks SP - Embu
90% Positivas
31 qualificações
R$ 76,89 + R$ 11,37 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição *LIVRO NOVO* Charles Baudelaire publica, no final de 1863, no jornal Figaro, um ensaio que se tornaria referência canônica para a noção de modernidade em arte e literatura: “O Pintor da Vida Moderna”, no qual o poeta francês descreve e analisa a obra de um artista, Constantin Guys, que, para ele, captaria alguns dos aspectos definidores da vida moderna: a instantaneidade, o transitório, o fugidio, o contingente. Baudelaire aproxima, na sua curiosidade, na sua avidez pela vida, Constantin Guys, o “pintor da vida moderna”, do personagem anônimo do conto “O homem da multidão”, de Edgar Allan Poe. O presente livro coloca, pela primeira vez, no Brasil, os textos de Baudelaire e de Poe, em nova tradução, ao lado das preciosas e deliciosas imagens de Constantin Guys.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro