A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
O Homem Delinquente Capa ilustrativa

O Homem Delinquente

Cesare Lombroso

Sugestiva contribuição à cultura criminal vem trazer a Ícone Editora com a publicação da obra-prima de Cesare Lombroso, “O Homem Delinqüente”, que revolucionou o Direito Penal e a Medicina Legal. Lançou ainda as bases da Criminologia e da Antropologia Criminal de forma muito vigorosa. Esta obra foi escrita há mais de um século e se baseou em pesquisas desenvolvidas com poucos recursos, como por exemplo, a ausência do exame do DNA. Além do mais, Cesare Lombroso focaliza a vida criminal européia do século XIX, em que predominava uma sociedade e uma mentalidade bem diferentes da realidade brasileira atual. Todavia, cabe ao leitor, apoiando-se nos critérios lombrosianos, adaptar a teoria do grande mestre ao Brasil atual. Na verdade, as idéias de Cesare Lombroso vão além do tempo e do espaço e daqui a mil anos deverão elas ser levadas em conta pelas gerações futuras. O que aconteceu, todavia, nessa profunda evolução da sociedade moderna, foi a mudança ampla do perfil do criminoso. A posição do criminoso perante a sociedade dos tempos lombrosianos era peculiar: olhado com desdém, desconfiança, temor e hostilidade em todas as camadas da população e todas as áreas sociais. Para ele a justiça era implacável e as penas severas. Não estranhem, pois, os leitores, quando Lombroso fala dos criminosos encaminhando-se à execução, ou ao cadafalso, pois a pena de morte era comum e irreversível, apoiada pela população e sem alarde da imprensa. Nem tampouco estranhem quando ele fala nos criminosos sofrerem chibatadas, uma vez que naquela época eram vergastados até em praça pública. Não é sem razão que São Paulo dedicou ao Professor Cesare Lombroso o nome de uma rua, como fizeram Paris, Roma, Nova York, Londres e inúmeras outras cidades. Não poderia passar em vão toda uma vida dedicada à pesquisa científica, ao estudo do criminoso e do crime, das razões do crime e dos corretivos necessários para preservar a sociedade. Lombroso revela-se um apaixonado pelo criminoso, devido à sua paixão pelo bem-estar social. Percorria a Europa, reunindo os esque-letos de todos os criminosos, as pesquisas e opiniões de outros médicos. Era um visitante assíduo das prisões, dos hospitais psiquiátricos. De toda essa diligência resultou vasta bibliografia sobre o criminoso e o demente que se envereda pelo crime, com várias e complexas obras, além de “O Homem Delinqüente”. Fechar Ler mais

Sugestiva contribuição à cultura criminal vem trazer a Ícone Editora com a publicação da obra-prima de Cesare Lombroso, “O Homem Delinqüente”, que revolucionou o Direito Penal e a Medicina Legal. Lançou ainda as bases da Criminologia e da Antropologia Criminal de forma muito vigorosa. Esta obra foi escrita há mais de um século e se baseou em pesquisas desenvolvidas com poucos recursos, como por exemplo, a ausência do exame do DNA. Além do mais, Cesare Lombroso focaliza a vida criminal européia do século XIX, em que predominava uma sociedade e uma mentalidade bem diferentes da realidade brasileira atual. Todavia, cabe ao leitor, apoiando-se nos critérios lombrosianos, adaptar a teoria do grande mestre ao Brasil atual. Na verdade, as idéias de Cesare Lombroso vão além do tempo e do espaço e daqui a mil anos deverão elas ser levadas em conta pelas gerações futuras. O que aconteceu, todavia, nessa profunda evolução da sociedade moderna, foi a mudança ampla do perfil do criminoso. A posição do criminoso perante a sociedade dos tempos lombrosianos era peculiar: olhado com desdém, desconfiança, temor e hostilidade em todas as camadas da população e todas as áreas sociais. Para ele a justiça era implacável e as penas severas. Não estranhem, pois, os leitores, quando Lombroso fala dos criminosos encaminhando-se à execução, ou ao cadafalso, pois a pena de morte era comum e irreversível, apoiada pela população e sem alarde da imprensa. Nem tampouco estranhem quando ele fala nos criminosos sofrerem chibatadas, uma vez que naquela época eram vergastados até em praça pública. Não é sem razão que São Paulo dedicou ao Professor Cesare Lombroso o nome de uma rua, como fizeram Paris, Roma, Nova York, Londres e inúmeras outras cidades. Não poderia passar em vão toda uma vida dedicada à pesquisa científica, ao estudo do criminoso e do crime, das razões do crime e dos corretivos necessários para preservar a sociedade. Lombroso revela-se um apaixonado pelo criminoso, devido à sua paixão pelo bem-estar social. Percorria a Europa, reunindo os esque-letos de todos os criminosos, as pesquisas e opiniões de outros médicos. Era um visitante assíduo das prisões, dos hospitais psiquiátricos. De toda essa diligência resultou vasta bibliografia sobre o criminoso e o demente que se envereda pelo crime, com várias e complexas obras, além de “O Homem Delinqüente”. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

O Homem Delinquente - Col. Fundamentos do Direito

4 livros novos e 1 livro usado em 4 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
O Homem Delinquente - Col. Fundamentos do Direito

O Homem Delinquente - Col. Fundamentos do Direito

Ano:   Editora: Icone

Tipo: novo

Livreiro dos Araças Livreiro dos Araças SP - Araçatuba
100% Positivas
425 qualificações
R$ 28,00 + frete R$ 9,63

Total: R$ 37,63

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo. B.0420.61. Embalado em filme de PVC. Com 224 páginas limpas e claras. Formato: 14x21. Sinopse por Livreiro dos Araçás. ISBN: 9788527409285. Sugestiva contribuição à cultura criminal vem trazer a Ícone Editora com a publicação da obra-prima de Cesare Lombroso, O Homem Delinquente, que revolucionou o Direito Penal e a Medicina Legal. Lançou ainda as bases da Criminologia e da Antropologia Criminal de forma muito vigorosa. Esta obra foi escrita há mais de um século e se baseou em pesquisas desenvolvidas com poucos recursos, como por exemplo, a ausência do exame do DNA. Não poderia passar em vão toda uma vida dedicada à pesquisa científica, ao estudo do criminoso e do crime, das razões do crime e dos corretivos necessários para preservar a sociedade.

Homem delinquente o

Homem delinquente o

Ano:   Editora: Icone

Tipo: novo

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
96% Positivas
2419 qualificações
R$ 38,71 + frete R$ 9,63

Total: R$ 48,34

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Sugestiva contribuicao a cultura criminal vem trazer a Icone Editora com a publicacao da obra-prima de Cesare Lombroso, O Homem Delinquente , que revolucionou o Direito Penal e a Medicina Legal. Lancou ainda as bases da Criminologia e da Antropologia Criminal de forma muito vigorosa. Esta obra foi escrita ha mais de um seculo e se baseou em pesquisas desenvolvidas com poucos recursos, como por exemplo, a ausencia do exame do DNA. Alem do mais, Cesare Lombroso focaliza a vida criminal europeia do seculo XIX, em que predominava uma sociedade e uma mentalidade bem diferentes da realidade brasileira atual. Todavia, cabe ao leitor, apoiando-se nos criterios lombrosianos, adaptar a teoria do grande mestre ao Brasil atual. Na verdade, as ideias de Cesare Lombroso vao alem do tempo e do espaco e daqui a mil anos deverao elas ser levadas em conta pelas geracoes futuras. O que aconteceu, todavia, nessa profunda evolucao da sociedade moderna, foi a mudanca ampla do perfil do criminoso. A posicao do criminoso perante a sociedade dos tempos lombrosianos era peculiar- olhado com desdem, desconfianca, temor e hostilidade em todas as camadas da populacao e todas as areas sociais. Para ele a justica era implacavel e as penas severas. Nao estranhem, pois, os leitores, quando Lombroso fala dos criminosos encaminhando-se a execucao, ou ao cadafalso, pois a pena de morte era comum e irreversivel, apoiada pela populacao e sem alarde da imprensa. Nem tampouco estranhem quando ele fala nos criminosos sofrerem chibatadas, uma vez que naquela epoca eram vergastados ate em praca publica. Nao e sem razao que Sao Paulo dedicou ao Professor Cesare Lombroso o nome de uma rua, como fizeram Paris, Roma, Nova York, Londres e inumeras outras cidades. Nao poderia passar em vao toda uma vida dedicada a pesquisa cientifica, ao estudo do criminoso e do crime, das razoes do crime e dos corretivos necessarios para preservar a sociedade. Lombroso revela-se um apaixonado pelo criminoso, devido a sua paixao pelo bem-estar social. Percorria a Europa, reunindo os esque-letos de todos os criminosos, as pesquisas e opinioes de outros medicos. Era um visitante assiduo das prisoes, dos hospitais psiquiatricos. De toda essa diligencia resultou vasta bibliografia sobre o criminoso e o demente que se envereda pelo crime, com varias e complexas obras, alem de O Homem Delinquente .

O Homem Delinquente

O Homem Delinquente

Ano:   Editora: Icone Editora

Tipo: novo

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
98% Positivas
1525 qualificações
R$ 49,00 + frete R$ 9,10

Total: R$ 58,10

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Sugestiva contribuição à cultura criminal vem trazer a Ícone Editora com a publicação da obra-prima de Cesare Lombroso, O Homem Delinqüente , que revolucionou o Direito Penal e a Medicina Legal. Lançou ainda as bases da Criminologia e da Antropologia Criminal de forma muito vigorosa. Esta obra foi escrita há mais de um século e se baseou em pesquisas desenvolvidas com poucos recursos, como por exemplo, a ausência do exame do DNA. Além do mais, Cesare Lombroso focaliza a vida criminal européia do século XIX, em que predominava uma sociedade e uma mentalidade bem diferentes da realidade brasileira atual. Todavia, cabe ao leitor, apoiando-se nos critérios lombrosianos, adaptar a teoria do grande mestre ao Brasil atual. Na verdade, as idéias de Cesare Lombroso vão além do tempo e do espaço e daqui a mil anos deverão elas ser levadas em conta pelas gerações futuras. O que aconteceu, todavia, nessa profunda evolução da sociedade moderna, foi a mudança ampla do perfil do criminoso. A posição do criminoso perante a sociedade dos tempos lombrosianos era peculiar- olhado com desdém, desconfiança, temor e hostilidade em todas as camadas da população e todas as áreas sociais. Para ele a justiça era implacável e as penas severas. Não estranhem, pois, os leitores, quando Lombroso fala dos criminosos encaminhando-se à execução, ou ao cadafalso, pois a pena de morte era comum e irreversível, apoiada pela população e sem alarde da imprensa. Nem tampouco estranhem quando ele fala nos criminosos sofrerem chibatadas, uma vez que naquela época eram vergastados até em praça pública. Não é sem razão que São Paulo dedicou ao Professor Cesare Lombroso o nome de uma rua, como fizeram Paris, Roma, Nova York, Londres e inúmeras outras cidades. Não poderia passar em vão toda uma vida dedicada à pesquisa científica, ao estudo do criminoso e do crime, das razões do crime e dos corretivos necessários para preservar a sociedade. Lombroso revela-se um apaixonado pelo criminoso, devido à sua paixão pelo bem-estar social. Percorria a Europa, reunindo os esque-letos de todos os criminosos, as pesquisas e opiniões de outros médicos. Era um visitante assíduo das prisões, dos hospitais psiquiátricos. De toda essa diligência resultou vasta bibliografia sobre o criminoso e o demente que se envereda pelo crime, com várias e complexas obras, além de O Homem Delinqüente . 

O HOMEM DELINQÜENTE

O HOMEM DELINQÜENTE

Ano:   Editora: Cone

Tipo: seminovo/usado

Sebo Fulô Sebo Fulô RS - Porto Alegre
97% Positivas
104 qualificações
R$ 75,00 + frete R$ 10,16

Total: R$ 85,16

Comprar ler descrição ocultar

Descrição SEMI-NOVO

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro