A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
A Legalizacao da Classe Operaria Capa ilustrativa

A Legalização da Classe Operária

Bernard Edelman

A obra trata dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a proteção dos trabalhadores. No plano da organização coletiva do trabalho, em especial na situação de sindicatos e de suas representações e das manifestações coletivas do trabalho, com destaque para os movimentos grevistas, ficam claros os efeitos nefastos da legalização da classe operária. Na luta de classes, considerando-se a instância jurídica, a greve, por exemplo, seria instrumento dos trabalhadores, e o direito de greve, um instrumento de dominação da burguesia. A ideologia jurídica, portanto, aparece como elemento indispensável à ideologia burguesa, o que sequer poderia ser abandonado com uma legislação de proteção dos trabalhadores ou interpretações humanistas dos direitos dos trabalhadores. Utilizando-se do materialismo histórico-dialético, a obra vai desconstruindo vários mitos relacionados à suposta proteção dos trabalhadores promovida no plano jurídico. Fechar Ler mais

A obra trata dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a proteção dos trabalhadores. No plano da organização coletiva do trabalho, em especial na situação de sindicatos e de suas representações e das manifestações coletivas do trabalho, com destaque para os movimentos grevistas, ficam claros os efeitos nefastos da legalização da classe operária. Na luta de classes, considerando-se a instância jurídica, a greve, por exemplo, seria instrumento dos trabalhadores, e o direito de greve, um instrumento de dominação da burguesia. A ideologia jurídica, portanto, aparece como elemento indispensável à ideologia burguesa, o que sequer poderia ser abandonado com uma legislação de proteção dos trabalhadores ou interpretações humanistas dos direitos dos trabalhadores. Utilizando-se do materialismo histórico-dialético, a obra vai desconstruindo vários mitos relacionados à suposta proteção dos trabalhadores promovida no plano jurídico. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

a legalização da classe operária

Capa ilustrativa

A Legalização da Classe Operária

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
a legalização da classe operária Capa ilustrativa

a legalização da classe operária

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: seminovo/usado

Sebo Avalovara Sebo Avalovara SP - São Paulo
95% Positivas
293 qualificações
R$ 35,00 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro em ótimo estado de conservação. Sem marcas de uso.

LEGALIZACAO DA CLASSE OPERARIA, A Capa ilustrativa

LEGALIZACAO DA CLASSE OPERARIA, A

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Wesley Cruz Wesley Cruz MG - Belo Horizonte
98% Positivas
348 qualificações
R$ 35,77 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição NOVO

LEGALIZACAO DA CLASSE OPERARIA, A Capa ilustrativa

LEGALIZACAO DA CLASSE OPERARIA, A

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Wesley Cruz Wesley Cruz MG - Belo Horizonte
98% Positivas
348 qualificações
R$ 35,77 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição NOVO

LEGALIZACAO DA CLASSE OPERARIA, A Capa ilustrativa

LEGALIZACAO DA CLASSE OPERARIA, A

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Wesley Cruz Wesley Cruz MG - Belo Horizonte
98% Positivas
348 qualificações
R$ 35,77 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição NOVO

LEGALIZACAO DA CLASSE OPERARIA, A Capa ilustrativa

LEGALIZACAO DA CLASSE OPERARIA, A

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Wesley Cruz Wesley Cruz MG - Belo Horizonte
98% Positivas
348 qualificações
R$ 35,77 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição NOVO

LEGALIZACAO DA CLASSE OPERARIA, A Capa ilustrativa

LEGALIZACAO DA CLASSE OPERARIA, A

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Wesley Cruz Wesley Cruz MG - Belo Horizonte
98% Positivas
348 qualificações
R$ 35,77 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição NOVO

A Legalização da Classe Operária

A Legalização da Classe Operária

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
29 qualificações
R$ 35,99 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO ==: Regulamentação da jornada de trabalho, férias remuneradas, reforma da dispensa, direito de greve, reconhecimento da organização sindical... E se todas essas históricas conquistas trabalhistas no mbito jurídico representassem na verdade momentos fundamentais da captura política da classe trabalhadora? É essa tese avessa ao lugar comum que o jurista e filósofo francês Bernard Edelman defende em sua mais polêmica e original obra, A legalização da classe operária. Escrito em 1978, o livro permanece bastante atual ao tratar dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a garantia de seus direitos. A partir da análise de experiências concretas da jurisprudência francesa em relação às reivindicações dos trabalhadores

A Legalização da Classe Operária

A Legalização da Classe Operária

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
29 qualificações
R$ 35,99 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO ==: Regulamentação da jornada de trabalho, férias remuneradas, reforma da dispensa, direito de greve, reconhecimento da organização sindical... E se todas essas históricas conquistas trabalhistas no mbito jurídico representassem na verdade momentos fundamentais da captura política da classe trabalhadora? É essa tese avessa ao lugar comum que o jurista e filósofo francês Bernard Edelman defende em sua mais polêmica e original obra, A legalização da classe operária. Escrito em 1978, o livro permanece bastante atual ao tratar dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a garantia de seus direitos. A partir da análise de experiências concretas da jurisprudência francesa em relação às reivindicações dos trabalhadores

A Legalização da Classe Operária

A Legalização da Classe Operária

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
29 qualificações
R$ 35,99 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO ==: Regulamentação da jornada de trabalho, férias remuneradas, reforma da dispensa, direito de greve, reconhecimento da organização sindical... E se todas essas históricas conquistas trabalhistas no mbito jurídico representassem na verdade momentos fundamentais da captura política da classe trabalhadora? É essa tese avessa ao lugar comum que o jurista e filósofo francês Bernard Edelman defende em sua mais polêmica e original obra, A legalização da classe operária. Escrito em 1978, o livro permanece bastante atual ao tratar dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a garantia de seus direitos. A partir da análise de experiências concretas da jurisprudência francesa em relação às reivindicações dos trabalhadores

A Legalização da Classe Operária

A Legalização da Classe Operária

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
29 qualificações
R$ 35,99 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO ==: Regulamentação da jornada de trabalho, férias remuneradas, reforma da dispensa, direito de greve, reconhecimento da organização sindical... E se todas essas históricas conquistas trabalhistas no mbito jurídico representassem na verdade momentos fundamentais da captura política da classe trabalhadora? É essa tese avessa ao lugar comum que o jurista e filósofo francês Bernard Edelman defende em sua mais polêmica e original obra, A legalização da classe operária. Escrito em 1978, o livro permanece bastante atual ao tratar dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a garantia de seus direitos. A partir da análise de experiências concretas da jurisprudência francesa em relação às reivindicações dos trabalhadores

A Legalização da Classe Operária

A Legalização da Classe Operária

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
29 qualificações
R$ 35,99 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO ==: Regulamentação da jornada de trabalho, férias remuneradas, reforma da dispensa, direito de greve, reconhecimento da organização sindical... E se todas essas históricas conquistas trabalhistas no mbito jurídico representassem na verdade momentos fundamentais da captura política da classe trabalhadora? É essa tese avessa ao lugar comum que o jurista e filósofo francês Bernard Edelman defende em sua mais polêmica e original obra, A legalização da classe operária. Escrito em 1978, o livro permanece bastante atual ao tratar dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a garantia de seus direitos. A partir da análise de experiências concretas da jurisprudência francesa em relação às reivindicações dos trabalhadores

A Legalização da Classe Operária

A Legalização da Classe Operária

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
29 qualificações
R$ 35,99 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO ==: Regulamentação da jornada de trabalho, férias remuneradas, reforma da dispensa, direito de greve, reconhecimento da organização sindical... E se todas essas históricas conquistas trabalhistas no mbito jurídico representassem na verdade momentos fundamentais da captura política da classe trabalhadora? É essa tese avessa ao lugar comum que o jurista e filósofo francês Bernard Edelman defende em sua mais polêmica e original obra, A legalização da classe operária. Escrito em 1978, o livro permanece bastante atual ao tratar dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a garantia de seus direitos. A partir da análise de experiências concretas da jurisprudência francesa em relação às reivindicações dos trabalhadores

A Legalização da Classe Operária

A Legalização da Classe Operária

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
29 qualificações
R$ 35,99 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO ==: Regulamentação da jornada de trabalho, férias remuneradas, reforma da dispensa, direito de greve, reconhecimento da organização sindical... E se todas essas históricas conquistas trabalhistas no mbito jurídico representassem na verdade momentos fundamentais da captura política da classe trabalhadora? É essa tese avessa ao lugar comum que o jurista e filósofo francês Bernard Edelman defende em sua mais polêmica e original obra, A legalização da classe operária. Escrito em 1978, o livro permanece bastante atual ao tratar dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a garantia de seus direitos. A partir da análise de experiências concretas da jurisprudência francesa em relação às reivindicações dos trabalhadores

A Legalização da Classe Operária

A Legalização da Classe Operária

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
29 qualificações
R$ 35,99 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO ==: Regulamentação da jornada de trabalho, férias remuneradas, reforma da dispensa, direito de greve, reconhecimento da organização sindical... E se todas essas históricas conquistas trabalhistas no mbito jurídico representassem na verdade momentos fundamentais da captura política da classe trabalhadora? É essa tese avessa ao lugar comum que o jurista e filósofo francês Bernard Edelman defende em sua mais polêmica e original obra, A legalização da classe operária. Escrito em 1978, o livro permanece bastante atual ao tratar dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a garantia de seus direitos. A partir da análise de experiências concretas da jurisprudência francesa em relação às reivindicações dos trabalhadores

A Legalização da Classe Operária

A Legalização da Classe Operária

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
29 qualificações
R$ 35,99 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO ==: Regulamentação da jornada de trabalho, férias remuneradas, reforma da dispensa, direito de greve, reconhecimento da organização sindical... E se todas essas históricas conquistas trabalhistas no mbito jurídico representassem na verdade momentos fundamentais da captura política da classe trabalhadora? É essa tese avessa ao lugar comum que o jurista e filósofo francês Bernard Edelman defende em sua mais polêmica e original obra, A legalização da classe operária. Escrito em 1978, o livro permanece bastante atual ao tratar dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a garantia de seus direitos. A partir da análise de experiências concretas da jurisprudência francesa em relação às reivindicações dos trabalhadores

A Legalização da Classe Operária

A Legalização da Classe Operária

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Sebo Atitude Sebo Atitude SP - São Paulo
100% Positivas
29 qualificações
R$ 35,99 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO ==: Regulamentação da jornada de trabalho, férias remuneradas, reforma da dispensa, direito de greve, reconhecimento da organização sindical... E se todas essas históricas conquistas trabalhistas no mbito jurídico representassem na verdade momentos fundamentais da captura política da classe trabalhadora? É essa tese avessa ao lugar comum que o jurista e filósofo francês Bernard Edelman defende em sua mais polêmica e original obra, A legalização da classe operária. Escrito em 1978, o livro permanece bastante atual ao tratar dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a garantia de seus direitos. A partir da análise de experiências concretas da jurisprudência francesa em relação às reivindicações dos trabalhadores

A Legalização da Classe Operária

A Legalização da Classe Operária

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Andorra Livros Andorra Livros SP - São Paulo
100% Positivas
33 qualificações
R$ 36,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO - Regulamentação da jornada de trabalho, férias remuneradas, reforma da dispensa, direito de greve, reconhecimento da organização sindical... E se todas essas históricas conquistas trabalhistas no âmbito jurídico representassem na verdade momentos fundamentais da captura política da classe trabalhadora? É essa tese avessa ao lugar comum que o jurista e filósofo francês Bernard Edelman defende em sua mais polêmica e original obra, A legalização da classe operária. Escrito em 1978, o livro permanece bastante atual ao tratar dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a garantia de seus direitos. Cod. 70

A Legalização da Classe Operária

A Legalização da Classe Operária

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Andorra Livros Andorra Livros SP - São Paulo
100% Positivas
33 qualificações
R$ 36,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO NOVO - Regulamentação da jornada de trabalho, férias remuneradas, reforma da dispensa, direito de greve, reconhecimento da organização sindical... E se todas essas históricas conquistas trabalhistas no âmbito jurídico representassem na verdade momentos fundamentais da captura política da classe trabalhadora? É essa tese avessa ao lugar comum que o jurista e filósofo francês Bernard Edelman defende em sua mais polêmica e original obra, A legalização da classe operária. Escrito em 1978, o livro permanece bastante atual ao tratar dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a garantia de seus direitos. Cod. 71

Legalização da Classe Operária

Legalização da Classe Operária

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
93% Positivas
349 qualificações
R$ 36,75 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição A obra trata dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a proteção dos trabalhadores. No plano da organização coletiva do trabalho, em especial na situação de sindicatos e de suas representações e das manifestações coletivas do trabalho, com destaque para os movimentos grevistas, ficam claros os efeitos nefastos da legalização da classe operária. Na luta de classes, considerando-se a instância jurídica, a greve, por exemplo, seria instrumento dos trabalhadores, e o direito de greve, um instrumento de dominação da burguesia. A ideologia jurídica, portanto, aparece como elemento indispensável à ideologia burguesa, o que sequer poderia ser abandonado com uma legislação de proteção dos trabalhadores ou interpretações humanistas dos dir

Legalizacao da Classe Operaria

Legalizacao da Classe Operaria

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
93% Positivas
307 qualificações
R$ 36,75 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição A obra trata dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a proteção dos trabalhadores. No plano da organização coletiva do trabalho, em especial na situação de sindicatos e de suas representações e das manifestações coletivas do trabalho, com destaque para os movimentos grevistas, ficam claros os efeitos nefastos da legalização da classe operária. Na luta de classes, considerando-se a instância jurídica, a greve, por exemplo, seria instrumento dos trabalhadores, e o direito de greve, um instrumento de dominação da burguesia. A ideologia jurídica, portanto, aparece como elemento indispensável à ideologia burguesa, o que sequer poderia ser abandonado com uma legislação de proteção dos trabalhadores ou interpretações humanistas dos dir

Legalizacao da Classe Operaria

Legalizacao da Classe Operaria

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
93% Positivas
307 qualificações
R$ 36,75 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição A obra trata dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a proteção dos trabalhadores. No plano da organização coletiva do trabalho, em especial na situação de sindicatos e de suas representações e das manifestações coletivas do trabalho, com destaque para os movimentos grevistas, ficam claros os efeitos nefastos da legalização da classe operária. Na luta de classes, considerando-se a instância jurídica, a greve, por exemplo, seria instrumento dos trabalhadores, e o direito de greve, um instrumento de dominação da burguesia. A ideologia jurídica, portanto, aparece como elemento indispensável à ideologia burguesa, o que sequer poderia ser abandonado com uma legislação de proteção dos trabalhadores ou interpretações humanistas dos dir

Legalizacao da Classe Operaria

Legalizacao da Classe Operaria

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
93% Positivas
307 qualificações
R$ 36,75 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição A obra trata dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a proteção dos trabalhadores. No plano da organização coletiva do trabalho, em especial na situação de sindicatos e de suas representações e das manifestações coletivas do trabalho, com destaque para os movimentos grevistas, ficam claros os efeitos nefastos da legalização da classe operária. Na luta de classes, considerando-se a instância jurídica, a greve, por exemplo, seria instrumento dos trabalhadores, e o direito de greve, um instrumento de dominação da burguesia. A ideologia jurídica, portanto, aparece como elemento indispensável à ideologia burguesa, o que sequer poderia ser abandonado com uma legislação de proteção dos trabalhadores ou interpretações humanistas dos dir

Legalizacao da Classe Operaria

Legalizacao da Classe Operaria

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
93% Positivas
349 qualificações
R$ 36,90 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição A obra trata dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a proteção dos trabalhadores. No plano da organização coletiva do trabalho, em especial na situação de sindicatos e de suas representações e das manifestações coletivas do trabalho, com destaque para os movimentos grevistas, ficam claros os efeitos nefastos da legalização da classe operária. Na luta de classes, considerando-se a instância jurídica, a greve, por exemplo, seria instrumento dos trabalhadores, e o direito de greve, um instrumento de dominação da burguesia. A ideologia jurídica, portanto, aparece como elemento indispensável à ideologia burguesa, o que sequer poderia ser abandonado com uma legislação de proteção dos trabalhadores ou interpretações humanistas dos dir

Legalizacao da Classe Operaria

Legalizacao da Classe Operaria

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
93% Positivas
349 qualificações
R$ 36,90 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição A obra trata dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a proteção dos trabalhadores. No plano da organização coletiva do trabalho, em especial na situação de sindicatos e de suas representações e das manifestações coletivas do trabalho, com destaque para os movimentos grevistas, ficam claros os efeitos nefastos da legalização da classe operária. Na luta de classes, considerando-se a instância jurídica, a greve, por exemplo, seria instrumento dos trabalhadores, e o direito de greve, um instrumento de dominação da burguesia. A ideologia jurídica, portanto, aparece como elemento indispensável à ideologia burguesa, o que sequer poderia ser abandonado com uma legislação de proteção dos trabalhadores ou interpretações humanistas dos dir

Legalizacao da Classe Operaria

Legalizacao da Classe Operaria

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
93% Positivas
349 qualificações
R$ 36,90 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição A obra trata dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a proteção dos trabalhadores. No plano da organização coletiva do trabalho, em especial na situação de sindicatos e de suas representações e das manifestações coletivas do trabalho, com destaque para os movimentos grevistas, ficam claros os efeitos nefastos da legalização da classe operária. Na luta de classes, considerando-se a instância jurídica, a greve, por exemplo, seria instrumento dos trabalhadores, e o direito de greve, um instrumento de dominação da burguesia. A ideologia jurídica, portanto, aparece como elemento indispensável à ideologia burguesa, o que sequer poderia ser abandonado com uma legislação de proteção dos trabalhadores ou interpretações humanistas dos dir

Legalizacao da Classe Operaria

Legalizacao da Classe Operaria

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
93% Positivas
349 qualificações
R$ 36,90 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição A obra trata dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a proteção dos trabalhadores. No plano da organização coletiva do trabalho, em especial na situação de sindicatos e de suas representações e das manifestações coletivas do trabalho, com destaque para os movimentos grevistas, ficam claros os efeitos nefastos da legalização da classe operária. Na luta de classes, considerando-se a instância jurídica, a greve, por exemplo, seria instrumento dos trabalhadores, e o direito de greve, um instrumento de dominação da burguesia. A ideologia jurídica, portanto, aparece como elemento indispensável à ideologia burguesa, o que sequer poderia ser abandonado com uma legislação de proteção dos trabalhadores ou interpretações humanistas dos dir

Legalizacao da Classe Operaria

Legalizacao da Classe Operaria

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
93% Positivas
349 qualificações
R$ 36,90 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição A obra trata dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a proteção dos trabalhadores. No plano da organização coletiva do trabalho, em especial na situação de sindicatos e de suas representações e das manifestações coletivas do trabalho, com destaque para os movimentos grevistas, ficam claros os efeitos nefastos da legalização da classe operária. Na luta de classes, considerando-se a instância jurídica, a greve, por exemplo, seria instrumento dos trabalhadores, e o direito de greve, um instrumento de dominação da burguesia. A ideologia jurídica, portanto, aparece como elemento indispensável à ideologia burguesa, o que sequer poderia ser abandonado com uma legislação de proteção dos trabalhadores ou interpretações humanistas dos dir

Legalizacao da Classe Operaria

Legalizacao da Classe Operaria

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
93% Positivas
349 qualificações
R$ 36,90 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição A obra trata dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a proteção dos trabalhadores. No plano da organização coletiva do trabalho, em especial na situação de sindicatos e de suas representações e das manifestações coletivas do trabalho, com destaque para os movimentos grevistas, ficam claros os efeitos nefastos da legalização da classe operária. Na luta de classes, considerando-se a instância jurídica, a greve, por exemplo, seria instrumento dos trabalhadores, e o direito de greve, um instrumento de dominação da burguesia. A ideologia jurídica, portanto, aparece como elemento indispensável à ideologia burguesa, o que sequer poderia ser abandonado com uma legislação de proteção dos trabalhadores ou interpretações humanistas dos dir

Legalizacao da Classe Operaria

Legalizacao da Classe Operaria

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
93% Positivas
349 qualificações
R$ 36,90 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição A obra trata dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a proteção dos trabalhadores. No plano da organização coletiva do trabalho, em especial na situação de sindicatos e de suas representações e das manifestações coletivas do trabalho, com destaque para os movimentos grevistas, ficam claros os efeitos nefastos da legalização da classe operária. Na luta de classes, considerando-se a instância jurídica, a greve, por exemplo, seria instrumento dos trabalhadores, e o direito de greve, um instrumento de dominação da burguesia. A ideologia jurídica, portanto, aparece como elemento indispensável à ideologia burguesa, o que sequer poderia ser abandonado com uma legislação de proteção dos trabalhadores ou interpretações humanistas dos dir

Legalizacao da Classe Operaria

Legalizacao da Classe Operaria

Ano:   Editora: Boitempo

Tipo: novo

Só Livros Só Livros SP - São Paulo
93% Positivas
349 qualificações
R$ 36,90 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição A obra trata dos reflexos, na situação da classe trabalhadora, de leis que supostamente teriam como finalidade a proteção dos trabalhadores. No plano da organização coletiva do trabalho, em especial na situação de sindicatos e de suas representações e das manifestações coletivas do trabalho, com destaque para os movimentos grevistas, ficam claros os efeitos nefastos da legalização da classe operária. Na luta de classes, considerando-se a instância jurídica, a greve, por exemplo, seria instrumento dos trabalhadores, e o direito de greve, um instrumento de dominação da burguesia. A ideologia jurídica, portanto, aparece como elemento indispensável à ideologia burguesa, o que sequer poderia ser abandonado com uma legislação de proteção dos trabalhadores ou interpretações humanistas dos dir

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro