A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Correspondencia Capa ilustrativa

Correspondência

Arthur Rimbaud

Este livro de cartas de Arthur Rimbaud me fez regressar às indagações que me assaltaram quando, jovem ainda, tomei conhecimento da poesia desse poeta-menino e de sua vida atordoante. Rimbaud reuniu todos os ingredientes capazes de despertar a admiração e a perplexidade de seus contemporâneos, particularmente daqueles que com ele conviveram nos primeiros três anos de sua intermitente estadia em Paris. Um garoto de dezesseis anos, chegado da provinciana Charleville, trazendo nos bolsos alguns poemas de surpreendente beleza e originalidade, que violavam os conceitos estéticos, religiosos e morais da época, só podia ser visto como um gênio. Acrescentemos a isso dois olhos azuis de inquietante transparência, que pareciam arrastar quem os fitasse ao paraíso ou ao inferno. É que aquele menino, cujos poemas revelavam um lado deslumbrante e perturbador da realidade, comportava-se como um pequeno demônio, que se exibia nu à janela da casa do amigo que o hospedara, levando os vizinhos a chamar a polícia; que se deitava, vestido de roupa amarfanhada e chapéu, no jardim de outro amigo, a fumar haxixe num enorme cachimbo para chocar os transeuntes; ou, nos bares do Quartier Latin, insultava os companheiros de mesa e os agredia, como fez com Etienne Carjat, a quem feriu com a ponta metálica de uma bengala. Tomado de fúria, Carjat, fotógrafo respeitado, autor da célebre imagem do Rimbaud menino que todos conhecem, destruiu todas as fotos que fizera dele, com exceção de três que não tinha consigo. Fechar Ler mais

Este livro de cartas de Arthur Rimbaud me fez regressar às indagações que me assaltaram quando, jovem ainda, tomei conhecimento da poesia desse poeta-menino e de sua vida atordoante. Rimbaud reuniu todos os ingredientes capazes de despertar a admiração e a perplexidade de seus contemporâneos, particularmente daqueles que com ele conviveram nos primeiros três anos de sua intermitente estadia em Paris. Um garoto de dezesseis anos, chegado da provinciana Charleville, trazendo nos bolsos alguns poemas de surpreendente beleza e originalidade, que violavam os conceitos estéticos, religiosos e morais da época, só podia ser visto como um gênio. Acrescentemos a isso dois olhos azuis de inquietante transparência, que pareciam arrastar quem os fitasse ao paraíso ou ao inferno. É que aquele menino, cujos poemas revelavam um lado deslumbrante e perturbador da realidade, comportava-se como um pequeno demônio, que se exibia nu à janela da casa do amigo que o hospedara, levando os vizinhos a chamar a polícia; que se deitava, vestido de roupa amarfanhada e chapéu, no jardim de outro amigo, a fumar haxixe num enorme cachimbo para chocar os transeuntes; ou, nos bares do Quartier Latin, insultava os companheiros de mesa e os agredia, como fez com Etienne Carjat, a quem feriu com a ponta metálica de uma bengala. Tomado de fúria, Carjat, fotógrafo respeitado, autor da célebre imagem do Rimbaud menino que todos conhecem, destruiu todas as fotos que fizera dele, com exceção de três que não tinha consigo. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Correspondência de Arthur Rimbaud, a (rebeldes Malditos 04)

Correspondência de Arthur Rimbaud, a (rebeldes Malditos 04)

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Correspondência de Arthur Rimbaud, a (rebeldes Malditos 04)

Correspondência de Arthur Rimbaud, a (rebeldes Malditos 04)

Ano:   Editora: L Pm

Tipo: seminovo/usado

Pacobello Sebo Pacobello Sebo SP - Santo André
99% Positivas
919 qualificações
R$ 28,00 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Cód. Barras: 2000038590007 Assunto: Crítica Literária Loja: Livraria Pacobello (Elisa)

Correspondência de Arthur Rimbaud, a (rebeldes Malditos 04)

Correspondência de Arthur Rimbaud, a (rebeldes Malditos 04)

Ano:   Editora: L Pm

Tipo: seminovo/usado

Pacobello Sebo Pacobello Sebo SP - Santo André
99% Positivas
919 qualificações
R$ 28,00 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Cód. Barras: 2000038590007 Assunto: Crítica Literária Loja: Livraria Pacobello (Elisa)

Correspondência

Correspondência

Ano:   Editora: Topbooks

Tipo: novo

Sebo Educare Sebo Educare MA - São Luís
96% Positivas
49 qualificações
R$ 70,00 + R$ 11,37 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado/ sem assinaturas ou textos grifados/ sem qualquer desgaste ou amarelecimento/ dimensões: 14x21/ Capa comum: 474 págs. Em 1994, a Topbooks lançou, pela primeira vez no Brasil, a edição bilíngue da Poesia Completa de Rimbaud, que dez anos depois ganhou nova edição, comemorativa dos 150 anos de nascimento do poeta de Charleville, festejados em 20 de outubro de 2004. Já sua Prosa Poética, publicada em 1998, deu o Prêmio Jabuti ao tradutor Ivo Barroso, responsável pela iniciativa de se publicar a obra completa de Arthur Rimbaud, projeto este que se completa em 2009, ano da França no Brasil, com o terceiro e último volume: Correspondência. wf

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro