A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Morreu na Contramao o Suicidio Como Noticia Capa ilustrativa

Morreu na Contramão - o Suicídio Como Notícia

Arthur Dapieve

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Morreu na Contramão: o Suicídio Como Notícia

Morreu na Contramão

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Morreu na Contramão: o Suicídio Como Notícia

Morreu na Contramão: o Suicídio Como Notícia

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: novo

Crocotó Livros Crocotó Livros PR - Curitiba
100% Positivas
59 qualificações
R$ 11,90 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 192 páginas. Livro novo. 14x21cm. ISBN 9788571109803. Dapieve analisa a maneira pela qual o suicídio é tratado na imprensa e conclui que, em vez de determinar a forma de pensarmos o assunto, ela espelha nossa maneira de lidar com o tema. Nesse sentido, o autor examina a própria natureza da morte voluntária como conceito socialmente construído. Ao fazer isso, Dapieve -- há quase 15 anos colunista de O Globo -- põe em discussão nossa incapacidade de enfrentar o próprio sentido da existência.

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: seminovo/usado

Sebo Maravilha Sebo Maravilha MG - Uberlândia
100% Positivas
244 qualificações
R$ 12,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição semi novo, com 190 paginas sem rasuras ou grifos

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: novo

The Book is on the Table The Book is on the Table RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
64 qualificações
R$ 12,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novíssimo! Este livro traz um ensaio esclarecedor que analisa como o suicídio é tratado na imprensa e conclui que, em vez de determinar a forma de pensarmos o assunto, ela espelha nossa incapacidade de enfrentar o próprio sentido da existência. Para o autor, o modo de encararmos o suicídio tem raízes históricas e remete até mesmo ao romance clássico de Goethe, Os sofrimentos do jovem Werther, de 1774. Em sua pesquisa, o jornalista, escritor e professor da PUC-Rio Arthur Dapieve entrevistou jornalistas de O Globo; pesquisou os manuais de redação dos principais periódicos do país; consultou estatísticas; analisou casos marcantes e mergulhou num vasto material teórico sobre o assunto.

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: novo

The Book is on the Table The Book is on the Table RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
64 qualificações
R$ 12,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novíssimo! Este livro traz um ensaio esclarecedor que analisa como o suicídio é tratado na imprensa e conclui que, em vez de determinar a forma de pensarmos o assunto, ela espelha nossa incapacidade de enfrentar o próprio sentido da existência. Para o autor, o modo de encararmos o suicídio tem raízes históricas e remete até mesmo ao romance clássico de Goethe, Os sofrimentos do jovem Werther, de 1774. Em sua pesquisa, o jornalista, escritor e professor da PUC-Rio Arthur Dapieve entrevistou jornalistas de O Globo; pesquisou os manuais de redação dos principais periódicos do país; consultou estatísticas; analisou casos marcantes e mergulhou num vasto material teórico sobre o assunto.

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: novo

The Book is on the Table The Book is on the Table RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
64 qualificações
R$ 12,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novíssimo! Este livro traz um ensaio esclarecedor que analisa como o suicídio é tratado na imprensa e conclui que, em vez de determinar a forma de pensarmos o assunto, ela espelha nossa incapacidade de enfrentar o próprio sentido da existência. Para o autor, o modo de encararmos o suicídio tem raízes históricas e remete até mesmo ao romance clássico de Goethe, Os sofrimentos do jovem Werther, de 1774. Em sua pesquisa, o jornalista, escritor e professor da PUC-Rio Arthur Dapieve entrevistou jornalistas de O Globo; pesquisou os manuais de redação dos principais periódicos do país; consultou estatísticas; analisou casos marcantes e mergulhou num vasto material teórico sobre o assunto.

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: novo

The Book is on the Table The Book is on the Table RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
64 qualificações
R$ 12,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novíssimo! Este livro traz um ensaio esclarecedor que analisa como o suicídio é tratado na imprensa e conclui que, em vez de determinar a forma de pensarmos o assunto, ela espelha nossa incapacidade de enfrentar o próprio sentido da existência. Para o autor, o modo de encararmos o suicídio tem raízes históricas e remete até mesmo ao romance clássico de Goethe, Os sofrimentos do jovem Werther, de 1774. Em sua pesquisa, o jornalista, escritor e professor da PUC-Rio Arthur Dapieve entrevistou jornalistas de O Globo; pesquisou os manuais de redação dos principais periódicos do país; consultou estatísticas; analisou casos marcantes e mergulhou num vasto material teórico sobre o assunto.

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: novo

The Book is on the Table The Book is on the Table RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
64 qualificações
R$ 12,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novíssimo! Este livro traz um ensaio esclarecedor que analisa como o suicídio é tratado na imprensa e conclui que, em vez de determinar a forma de pensarmos o assunto, ela espelha nossa incapacidade de enfrentar o próprio sentido da existência. Para o autor, o modo de encararmos o suicídio tem raízes históricas e remete até mesmo ao romance clássico de Goethe, Os sofrimentos do jovem Werther, de 1774. Em sua pesquisa, o jornalista, escritor e professor da PUC-Rio Arthur Dapieve entrevistou jornalistas de O Globo; pesquisou os manuais de redação dos principais periódicos do país; consultou estatísticas; analisou casos marcantes e mergulhou num vasto material teórico sobre o assunto.

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: novo

The Book is on the Table The Book is on the Table RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
64 qualificações
R$ 12,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novíssimo! Este livro traz um ensaio esclarecedor que analisa como o suicídio é tratado na imprensa e conclui que, em vez de determinar a forma de pensarmos o assunto, ela espelha nossa incapacidade de enfrentar o próprio sentido da existência. Para o autor, o modo de encararmos o suicídio tem raízes históricas e remete até mesmo ao romance clássico de Goethe, Os sofrimentos do jovem Werther, de 1774. Em sua pesquisa, o jornalista, escritor e professor da PUC-Rio Arthur Dapieve entrevistou jornalistas de O Globo; pesquisou os manuais de redação dos principais periódicos do país; consultou estatísticas; analisou casos marcantes e mergulhou num vasto material teórico sobre o assunto.

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: novo

The Book is on the Table The Book is on the Table RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
64 qualificações
R$ 12,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novíssimo! Este livro traz um ensaio esclarecedor que analisa como o suicídio é tratado na imprensa e conclui que, em vez de determinar a forma de pensarmos o assunto, ela espelha nossa incapacidade de enfrentar o próprio sentido da existência. Para o autor, o modo de encararmos o suicídio tem raízes históricas e remete até mesmo ao romance clássico de Goethe, Os sofrimentos do jovem Werther, de 1774. Em sua pesquisa, o jornalista, escritor e professor da PUC-Rio Arthur Dapieve entrevistou jornalistas de O Globo; pesquisou os manuais de redação dos principais periódicos do país; consultou estatísticas; analisou casos marcantes e mergulhou num vasto material teórico sobre o assunto.

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: novo

The Book is on the Table The Book is on the Table RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
64 qualificações
R$ 12,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novíssimo! Este livro traz um ensaio esclarecedor que analisa como o suicídio é tratado na imprensa e conclui que, em vez de determinar a forma de pensarmos o assunto, ela espelha nossa incapacidade de enfrentar o próprio sentido da existência. Para o autor, o modo de encararmos o suicídio tem raízes históricas e remete até mesmo ao romance clássico de Goethe, Os sofrimentos do jovem Werther, de 1774. Em sua pesquisa, o jornalista, escritor e professor da PUC-Rio Arthur Dapieve entrevistou jornalistas de O Globo; pesquisou os manuais de redação dos principais periódicos do país; consultou estatísticas; analisou casos marcantes e mergulhou num vasto material teórico sobre o assunto.

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: novo

The Book is on the Table The Book is on the Table RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
64 qualificações
R$ 12,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novíssimo! Este livro traz um ensaio esclarecedor que analisa como o suicídio é tratado na imprensa e conclui que, em vez de determinar a forma de pensarmos o assunto, ela espelha nossa incapacidade de enfrentar o próprio sentido da existência. Para o autor, o modo de encararmos o suicídio tem raízes históricas e remete até mesmo ao romance clássico de Goethe, Os sofrimentos do jovem Werther, de 1774. Em sua pesquisa, o jornalista, escritor e professor da PUC-Rio Arthur Dapieve entrevistou jornalistas de O Globo; pesquisou os manuais de redação dos principais periódicos do país; consultou estatísticas; analisou casos marcantes e mergulhou num vasto material teórico sobre o assunto.

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: novo

Sebo Cyber Oficinas Sebo Cyber Oficinas SC - Tubarão
97% Positivas
388 qualificações
R$ 12,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, brochura, perfeito estado.Um estudo profundo e filosófico que analisa a maneira pela qual o suicídio é tratado na imprensa e conclui que, em vez de determinar a forma de pensarmos o assunto, ela espelha nossa incapacidade de enfrentar o próprio sentido da existência. #

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: novo

Sebo Cyber Oficinas Sebo Cyber Oficinas SC - Tubarão
97% Positivas
388 qualificações
R$ 12,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, brochura, perfeito estado.Um estudo profundo e filosófico que analisa a maneira pela qual o suicídio é tratado na imprensa e conclui que, em vez de determinar a forma de pensarmos o assunto, ela espelha nossa incapacidade de enfrentar o próprio sentido da existência. #

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: novo

Sebo Cyber Oficinas Sebo Cyber Oficinas SC - Tubarão
97% Positivas
388 qualificações
R$ 12,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, brochura, perfeito estado.Um estudo profundo e filosófico que analisa a maneira pela qual o suicídio é tratado na imprensa e conclui que, em vez de determinar a forma de pensarmos o assunto, ela espelha nossa incapacidade de enfrentar o próprio sentido da existência. #

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: novo

The Book is on the Table The Book is on the Table RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
64 qualificações
R$ 12,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novíssimo! Este livro traz um ensaio esclarecedor que analisa como o suicídio é tratado na imprensa e conclui que, em vez de determinar a forma de pensarmos o assunto, ela espelha nossa incapacidade de enfrentar o próprio sentido da existência. Para o autor, o modo de encararmos o suicídio tem raízes históricas e remete até mesmo ao romance clássico de Goethe, Os sofrimentos do jovem Werther, de 1774. Em sua pesquisa, o jornalista, escritor e professor da PUC-Rio Arthur Dapieve entrevistou jornalistas de O Globo; pesquisou os manuais de redação dos principais periódicos do país; consultou estatísticas; analisou casos marcantes e mergulhou num vasto material teórico sobre o assunto.

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Jorge Zahar Editor

Tipo: novo

Sebo Livraria Econômica Sebo Livraria Econômica SP - Sorocaba
99% Positivas
486 qualificações
R$ 12,90 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Jorge Zahar Editor

Tipo: novo

Sebo Livraria Econômica Sebo Livraria Econômica SP - Sorocaba
99% Positivas
486 qualificações
R$ 12,90 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Jorge Zahar Editor

Tipo: novo

Sebo Livraria Econômica Sebo Livraria Econômica SP - Sorocaba
99% Positivas
486 qualificações
R$ 12,90 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Jorge Zahar Editor

Tipo: novo

Sebo Livraria Econômica Sebo Livraria Econômica SP - Sorocaba
99% Positivas
486 qualificações
R$ 12,90 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: seminovo/usado

Sebo Capricho I Sebo Capricho I PR - Londrina
98% Positivas
590 qualificações
R$ 13,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição o suicidio como noticia; brochura, bom estado, sem grifo ou rasuras, loc ciencia social

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: seminovo/usado

Sebo Capricho I Sebo Capricho I PR - Londrina
98% Positivas
590 qualificações
R$ 13,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição o suicidio como noticia; brochura, bom estado, sem grifo ou rasuras, loc ciencia social

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: seminovo/usado

Sebo Capricho I Sebo Capricho I PR - Londrina
98% Positivas
590 qualificações
R$ 13,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição o suicidio como noticia; brochura, bom estado, sem grifo ou rasuras, loc ciencia social

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: seminovo/usado

Sebo Capricho I Sebo Capricho I PR - Londrina
98% Positivas
590 qualificações
R$ 13,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição o suicidio como noticia; brochura, bom estado, sem grifo ou rasuras, loc ciencia social

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: seminovo/usado

Sebo Capricho II Sebo Capricho II PR - Londrina
99% Positivas
295 qualificações
R$ 13,90 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição O Suicídio Como Notícia. em Morreu na Contramão, Dapieve Analisa a Maneira Pela Qual o Suicídio é Tratado na Imprensa e Conclui Que, em Vez de Determinar a Forma de Pensarmos o Assunto, Ela Espelha Ossa Maneira de Lidar com o Tema. Nesse Sentido, o Autor Examina a Própria Natureza da Morte Voluntária Como Conceito Socialmente Construído. Excelente Estado,

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: seminovo/usado

Sebo Capricho II Sebo Capricho II PR - Londrina
99% Positivas
295 qualificações
R$ 13,90 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição O Suicídio Como Notícia. em Morreu na Contramão, Dapieve Analisa a Maneira Pela Qual o Suicídio é Tratado na Imprensa e Conclui Que, em Vez de Determinar a Forma de Pensarmos o Assunto, Ela Espelha Ossa Maneira de Lidar com o Tema. Nesse Sentido, o Autor Examina a Própria Natureza da Morte Voluntária Como Conceito Socialmente Construído. Excelente Estado,

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: seminovo/usado

Sebo Capricho II Sebo Capricho II PR - Londrina
99% Positivas
295 qualificações
R$ 13,90 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição O Suicídio Como Notícia. em Morreu na Contramão, Dapieve Analisa a Maneira Pela Qual o Suicídio é Tratado na Imprensa e Conclui Que, em Vez de Determinar a Forma de Pensarmos o Assunto, Ela Espelha Ossa Maneira de Lidar com o Tema. Nesse Sentido, o Autor Examina a Própria Natureza da Morte Voluntária Como Conceito Socialmente Construído. Excelente Estado,

Morreu na Contramão

Morreu na Contramão

Ano:   Editora: Jorge Zahar

Tipo: seminovo/usado

Sebo Capricho II Sebo Capricho II PR - Londrina
99% Positivas
295 qualificações
R$ 13,90 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição O Suicídio Como Notícia. em Morreu na Contramão, Dapieve Analisa a Maneira Pela Qual o Suicídio é Tratado na Imprensa e Conclui Que, em Vez de Determinar a Forma de Pensarmos o Assunto, Ela Espelha Ossa Maneira de Lidar com o Tema. Nesse Sentido, o Autor Examina a Própria Natureza da Morte Voluntária Como Conceito Socialmente Construído. Excelente Estado,

Morreu na Contramão - o Suicídio Como Notícia

Morreu na Contramão - o Suicídio Como Notícia

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: seminovo/usado

Sebo Líder Sebo Líder PR - Curitiba
99% Positivas
882 qualificações
R$ 15,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 190 páginas. brochura. ótimo estado. 04 / 04 / 2014 tipo: usado TIPO: USADO CÓDIGO DE BARRAS: 1000209050331

Morreu na Contramão - o Suicídio Como Notícia

Morreu na Contramão - o Suicídio Como Notícia

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: seminovo/usado

Sebo Líder Sebo Líder PR - Curitiba
99% Positivas
882 qualificações
R$ 15,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição seminovo sem uso. brochura. 08 / 04 / 2014 tipo: usado TIPO: USADO CÓDIGO DE BARRAS: 1000209050171

Morreu na Contramão - o Suicídio Como Notícia

Morreu na Contramão - o Suicídio Como Notícia

Ano:   Editora: Zahar

Tipo: seminovo/usado

Sebo Líder Sebo Líder PR - Curitiba
99% Positivas
882 qualificações
R$ 15,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição seminovo sem uso. brochura. 08 / 04 / 2014 tipo: usado TIPO: USADO CÓDIGO DE BARRAS: 1000209050034

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro