A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Os Melhores Contos de Arthur Azevedo Capa ilustrativa

Os Melhores Contos de Arthur Azevedo

Arthur Azevedo

Artur Azevedo morreu em 1908. Agonizava, quando uma pequena multidão de curiosos formou-se diante de sua casa, querendo saber o estado de saúde do escritor. Logo a morte sobreveio, comovendo os presentes, a cidade, o país. Neste momento, podia-se aplicar a ele os versos que alguns anos antes, nas mesmas circunstâncias, dedicara a Paula Ney: "pela primeira vez o espírito perdeste, e fizeste chorar pela primeira vez". Durante mais de 35 anos, o escritor jovial e buliçoso, malicioso mas sem ressentimentos ou maldade, distribuíra alegria e bom humor, fazendo o brasileiro rir de suas próprias fragilidades e ridículos. Homem de teatro, foi no palco que Artur obteve os maiores triunfos. As suas peças, disputadas por atores e empresários, eram certeza de sucesso e bons lucros. Sua vocação teatral era tão forte que se impunha a tudo que escrevia. "Quando repensava o mundo, já o fazia de maneira dramática", observa Antonio Martins de Araújo, no prefácio aos Melhores Contos Artur Azevedo. As suas crônicas e os seus contos trazem a marca do homem de teatro, pela fixação da cena, apresentação dos personagens, diálogos. Como contista, Artur foi o mais popular de sua época, fixando, sem preocupações de psicologia, os aspectos grotescos ou apenas cômicos da pequena burguesia carioca, em um Rio de Janeiro amável, sem violência, onde todas as novidades eram filtradas através da maledicência da rua do Ouvidor. Um Rio de Janeiro em que as repartições encerravam o expediente às três horas da tarde, deixando os escritores, muitos deles funcionários públicos (como Machado de Assis e o próprio Artur) disponíveis para o bate-papo descontraído na livraria ou na confeitaria. Hoje, cem anos após a morte do escritor, os seus contos mantêm a mesma vivacidade e a mesma graça marota que fez as delícias de seus contemporâneos. É ler, comprovar e se regalar. Fechar Ler mais

Artur Azevedo morreu em 1908. Agonizava, quando uma pequena multidão de curiosos formou-se diante de sua casa, querendo saber o estado de saúde do escritor. Logo a morte sobreveio, comovendo os presentes, a cidade, o país. Neste momento, podia-se aplicar a ele os versos que alguns anos antes, nas mesmas circunstâncias, dedicara a Paula Ney: "pela primeira vez o espírito perdeste, e fizeste chorar pela primeira vez". Durante mais de 35 anos, o escritor jovial e buliçoso, malicioso mas sem ressentimentos ou maldade, distribuíra alegria e bom humor, fazendo o brasileiro rir de suas próprias fragilidades e ridículos. Homem de teatro, foi no palco que Artur obteve os maiores triunfos. As suas peças, disputadas por atores e empresários, eram certeza de sucesso e bons lucros. Sua vocação teatral era tão forte que se impunha a tudo que escrevia. "Quando repensava o mundo, já o fazia de maneira dramática", observa Antonio Martins de Araújo, no prefácio aos Melhores Contos Artur Azevedo. As suas crônicas e os seus contos trazem a marca do homem de teatro, pela fixação da cena, apresentação dos personagens, diálogos. Como contista, Artur foi o mais popular de sua época, fixando, sem preocupações de psicologia, os aspectos grotescos ou apenas cômicos da pequena burguesia carioca, em um Rio de Janeiro amável, sem violência, onde todas as novidades eram filtradas através da maledicência da rua do Ouvidor. Um Rio de Janeiro em que as repartições encerravam o expediente às três horas da tarde, deixando os escritores, muitos deles funcionários públicos (como Machado de Assis e o próprio Artur) disponíveis para o bate-papo descontraído na livraria ou na confeitaria. Hoje, cem anos após a morte do escritor, os seus contos mantêm a mesma vivacidade e a mesma graça marota que fez as delícias de seus contemporâneos. É ler, comprovar e se regalar. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Os Melhores Contos de Arthur e Azevedo

Os Melhores Contos de Arthur e Azevedo

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Os Melhores Contos  de Arthur e Azevedo

Os Melhores Contos de Arthur e Azevedo

Ano:   Editora: Traco

Tipo: seminovo/usado

Wilton Fonseca2 Wilton Fonseca2 SP - Mairiporã
100% Positivas
157 qualificações
R$ 4,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição LIVRO USADO. Cadastrado em: 31/05/2017 Tipo de capa: Comum. páginas: 95. Formato: 21cmx14cmx0, 5cm. idioma: Português.Condições do livro: Bom estado. Livro antigo com os desgastes provocados pelo tempo decorrido e pelo manuseio. Capa e lombada sem defeitos apresentando somente o desgaste natural, além de manchas e desbotamento. Páginas amareladas. Manchas de poeira nas bordas. Miolo firme e alinhado. O livro proporciona leitura íntegra e fluente. Envio fotos.

Os Melhores Contos de Arthur Azevedo

Os Melhores Contos de Arthur Azevedo

Ano:   Editora: Traco

Tipo: seminovo/usado

Universo Literário Universo Literário SP - Osasco
98% Positivas
44 qualificações
R$ 8,00 + R$ 6,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 1ª ed. "O período de 1880 a 1905 foi cenário de alterações na vida política econômica e social do Brasil; mudanças que afetaram sensivelmente os meios literários e artísticos do país, introduzindo o espírito nacionalista e o culto de temas brasileiros. (...)". Livro com páginas amareladas, pontos de oxidação, lombada desnivelada e escoriações nas bordas da capa, mas fora isso está em bom estado de leitura. Páginas: 95.

Os Melhores Contos de Arthur Azevedo

Os Melhores Contos de Arthur Azevedo

Ano:   Editora: Traco

Tipo: seminovo/usado

Lugar do Livro Lugar do Livro SP - Piracicaba
96% Positivas
84 qualificações
R$ 8,05 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Cod. 154836 / Literatura Brasileira / Brochura / bom estado. Sem rasuras.

Os Melhores Contos de Arthur Azevedo

Os Melhores Contos de Arthur Azevedo

Ano:   Editora: Traco

Tipo: seminovo/usado

Super Sebo Super Sebo SP - São Paulo
96% Positivas
198 qualificações
R$ 10,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro com folhas amareladas pelo tempo.

Os Melhores Contos de Arthur Azevedo

Os Melhores Contos de Arthur Azevedo

Ano:   Editora: Traco

Tipo: seminovo/usado

Sebo Kapricho I Curitiba Sebo Kapricho I Curitiba PR - Curitiba
98% Positivas
299 qualificações
R$ 13,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição --- O livro apresenta capa um pouco desgastada, principalmente nas extremidades e lombada, páginas um pouco amareladas e bordas com marcas de sujeira e acidificação. loc: Contos e Crônicas Cód. Interno: 417067915 Loja: Sebo Kapricho I DC: xx/xx/xx COD:1000185015560

Os Melhores Contos de Arthur Azevedo

Os Melhores Contos de Arthur Azevedo

Ano:   Editora: Global

Tipo: seminovo/usado

Livraria Acervo Livraria Acervo SP - São Paulo
99% Positivas
191 qualificações
R$ 19,90 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em ótimo estado. 288 páginas. As suas crônicas e os seus contos trazem a marca do homem de teatro, pela fixação da cena, apresentação dos personagens, diálogos. Como contista, Artur foi o mais popular de sua época, fixando, sem preocupações de psicologia, os aspectos grotescos ou apenas cômicos da pequena burguesia carioca, em um Rio de Janeiro amável, sem violência, onde todas as novidades eram filtradas através da maledicência da rua do Ouvidor. 0717

Seleção de Contos Arthur Azevedo

Seleção de Contos Arthur Azevedo

Ano:   Editora: Revan

Tipo: novo

Nova Floresta Nova Floresta SP - São Paulo
97% Positivas
462 qualificações
R$ 21,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro Novo brochura 14 x 21 cm. Contos

Selecão de Contos: Arthur Azevedo Capa ilustrativa

Selecão de Contos: Arthur Azevedo

Ano:   Editora: Revan

Tipo: novo

Wtr Livros Wtr Livros SP - Guarulhos
95% Positivas
3582 qualificações
R$ 22,68 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo e sem uso. / EAN 9788571064980 - FFB

Seleção de Contos: Arthur Azevedo Capa ilustrativa

Seleção de Contos: Arthur Azevedo

Ano:   Editora: Revan

Tipo: novo

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
96% Positivas
1330 qualificações
R$ 23,80 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado bk

Seleção de Contos: Arthur Azevedo Capa ilustrativa

Seleção de Contos: Arthur Azevedo

Ano:   Editora: Revan

Tipo: novo

Livro Rapido2 Livro Rapido2 SP - São Paulo
94% Positivas
53 qualificações
R$ 28,00 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição *** Livro Novo Lacrado***

Seleção de Contos: Arthur Azevedo Capa ilustrativa

Seleção de Contos: Arthur Azevedo

Ano:   Editora: Revan

Tipo: novo

Sociedade dos Livros Sociedade dos Livros SP - São Paulo
98% Positivas
362 qualificações
R$ 28,00 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo. Adquirido da editora.emporio

Melhores Contos Arthur de Azevedo

Melhores Contos Arthur de Azevedo

Ano:   Editora: Global

Tipo: seminovo/usado

Livraria Aurora Livraria Aurora RS - Porto Alegre
93% Positivas
71 qualificações
R$ 28,60 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Capa e dorso de folhas em bom estado de conservação, miolo bom para leitura com 279 páginas

Melhores Contos Arthur de Azevedo

Melhores Contos Arthur de Azevedo

Ano:   Editora: Global

Tipo: seminovo/usado

Livraria Aurora Livraria Aurora RS - Porto Alegre
93% Positivas
71 qualificações
R$ 28,60 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Capa e dorso de folhas em bom estado de conservação, miolo bom para leitura com 279 páginas.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro