A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Inquisicao Capa ilustrativa

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Inquisição

Inquisição

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Inquisição

Inquisição

Ano:   Editora: Imprensa Nacional

Tipo: seminovo/usado

Kione Livros Kione Livros SP - Embu
100% Positivas
50 qualificações
R$ 15,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, 286 páginas, sem grifos, rasuras, sublinhados ou quaisquer problema que prejudique a leitura. Exemplar traz páginas e cortes amarelados devido a ação do tempo. Inquisição - Inventário de Bens Confiscados a Cristãos Novos. Fonte para a história de Portugal e do Brasil.

Inquisição

Inquisição

Ano:   Editora: Brasiliense

Tipo: seminovo/usado

Aiky Sebo Aiky Sebo SP - São José dos Campos
99% Positivas
107 qualificações
R$ 15,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição F61347/C57F - Folhas amareladas. - 201610924

Inquisição

Inquisição

Ano:   Editora: Nd

Tipo: seminovo/usado

Sebo Kapricho I Curitiba Sebo Kapricho I Curitiba PR - Curitiba
98% Positivas
300 qualificações
R$ 19,90 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Este livro apresenta, capa desgastada, paginas com danos amareladas, vinco e acidificações e algumas paginas soltas --- DC: 18/04/16 COD:1000212048615

Inquisição: Inventários de Bens Confiscados a Cristãos Novos

Inquisição: Inventários de Bens Confiscados a Cristãos Novos

Ano:   Editora: Imprensa Nacional

Tipo: seminovo/usado

Elizart Livros Elizart Livros RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
150 qualificações
R$ 20,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Fonte para a História de Portugal e do Brasil. Brochura, 288 páginas, Razoável Estado (sem grifos, rasuras, etc; páginas levemente amareladas pelo tempo; mancha de umidade nas primeiras e nas últimas páginas; pequeno dano na última página).

Inquisição

Inquisição

Ano:   Editora: Casa da Moeda

Tipo: seminovo/usado

Livraria Virtual Incunábulo Livraria Virtual Incunábulo SP - São Paulo
98% Positivas
118 qualificações
R$ 30,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição galvão 2.

Inquisição

Inquisição

Ano:   Editora: N C

Tipo: seminovo/usado

Sebo Alegria do Saber Sebo Alegria do Saber SP - São Paulo
100% Positivas
99 qualificações
R$ 35,00 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro com capa e lombada pouco manuseada, miolo em bom estado, paginas manchadas pelo tempo, brochura, 286pgs

Inquisicao

Inquisicao

Ano:   Editora: Nao Informado

Tipo: seminovo/usado

Maciel Livros Usados e Novos Maciel Livros Usados e Novos MS - Campo Grande
100% Positivas
348 qualificações
R$ 43,00 + R$ 13,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Exemplar Usado, no geral dele está conservado. Qualquer dúvida, estamos a sua disposição pelo Whats (67) 9 9352-6666 ou visite o nosso site www.maciellivros.com.br

Inquisição

Inquisição

Ano:   Editora: Imprensa Nacional

Tipo: seminovo/usado

Red Star Teodoro Sampaio Red Star Teodoro Sampaio SP - São Paulo
98% Positivas
407 qualificações
R$ 50,00 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, 21x14. Livro com 286 páginas em muito bom estado de conservação. Sem rasuras e sem manchas.

Inquisição prisioneiros do Brasil

Inquisição prisioneiros do Brasil

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: seminovo/usado

Sebo Perdizes Sebo Perdizes SP - São Paulo
99% Positivas
332 qualificações
R$ 50,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro usado em bom estado de conservação, leves sinais de desgaste pelas extremidades, nada que interfira na leitura.

Inquisição - Prisioneiros do Brasil

Inquisição - Prisioneiros do Brasil

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: seminovo/usado

Simetra Books Simetra Books SP - São Paulo
99% Positivas
187 qualificações
R$ 50,00 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Exemplar em muito bom estado, apenas com carimbo de biblioteca particular na borda superior, formato 17.5 x 25 cm. capa brochura e soma 244 paginas sem grifos ou rasuras.

Inquisicao Ensaios Sobre Mentalidade Her Esias E Arte

Inquisicao Ensaios Sobre Mentalidade Her Esias E Arte

Ano:   Editora: Nao Informado

Tipo: seminovo/usado

Maciel Livros Usados e Novos Maciel Livros Usados e Novos MS - Campo Grande
100% Positivas
348 qualificações
R$ 51,00 + R$ 13,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Exemplar Usado, no geral dele está conservado. Qualquer dúvida, estamos a sua disposição pelo Whats (67) 9 9352-6666 ou visite o nosso site www.maciellivros.com.br

Inquisicao Prisioneiros do Brasil

Inquisicao Prisioneiros do Brasil

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: novo

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
93% Positivas
316 qualificações
R$ 51,75 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição origem: nacionaleditora: perspectivaedição: 1assunto: história - história do brasilidioma: portuguÊs ano: 2009país de produção: brasilcódigo de barras: 9788527308557 isbn: 852730855xencadernação: brochura peso: 0, 51 kgcomplemento: nenhum

Inquisição: Prisioneiros do Brasil - Séculos XVI a XIX

Inquisição: Prisioneiros do Brasil - Séculos XVI a XIX

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: seminovo/usado

O Leitor Livraria O Leitor Livraria SP - São Caetano do Sul
99% Positivas
254 qualificações
R$ 52,00 + R$ 10,10 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Loja I cód. 331128 livro capa brochura, em bom estado de conservação, capa e cortes com sinais de manuseio, capa e cortes com leves sinais de manuseio. Os brasileiros que foram presos na época colonial, acusados de judaismo, homosexualismo, bigamia, feitiçaria, heresias e blasfêmias, todos delitos proibidos pela Igreja e pelo Estado. Entre eles grandes nomes da nossa cultura como Bento Teixeira, o primeiro poeta do Brasil e Antonio José da Silva, o mais importante escritor de língua portuguesa do século XVIII, além de nomes das mais tradicionais famílias brasileiras, como Mesquita, Guimarães, Oliveira, Valle, Albuquerque, Cavancanti, Almeida, Prado, Sodré, etc, condenados a cárcere perpétuo e algumas vezes à fogueira.

INQUISIÇÃO: PRISIONEIROS DO BRASIL [HIS] Capa ilustrativa

INQUISIÇÃO: PRISIONEIROS DO BRASIL [HIS]

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: novo

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
97% Positivas
1345 qualificações
R$ 55,20 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado

INQUISIÇÃO: PRISIONEIROS DO BRASIL [HIS] Capa ilustrativa

INQUISIÇÃO: PRISIONEIROS DO BRASIL [HIS]

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: novo

Livraria Livro Vivo Livraria Livro Vivo SP - São Paulo
97% Positivas
1345 qualificações
R$ 55,20 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo nunca manuseado

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
610 qualificações
R$ 55,20 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788527308557. Dimensão 18,0 x 25,5, 248 pág. Sinopse: Foram levados do Brasil 1076 prisioneiros para os cárceres da Inquisição em Portugal, durante a época colonial, porque sentiam e pensavam diferente. Judaísmo, luteranismo, islamismo, assim como feitiçaria, sodomia, bigamia, proposições heréticas e blasfêmias, eram considerados crimes e punidos com degradação moral, exílio, confisco, cárcere perpétuo ou morte na fogueira. Como a sobrevivência do Tribunal dependia do confisco, o moloch inquisitorial clamava por mais oferendas, recriando as heresias sempre que arrefeciam. A Inquisição foi sobretudo uma instituição racista, que discriminava e excluía, por lei, os descendentes de judeus, árabes, ciganos, negros e mulatos, até onde a memória podia chegar. A esta imposiçã

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
610 qualificações
R$ 55,20 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788527308557. Dimensão 18,0 x 25,5, 248 pág. Sinopse: Foram levados do Brasil 1076 prisioneiros para os cárceres da Inquisição em Portugal, durante a época colonial, porque sentiam e pensavam diferente. Judaísmo, luteranismo, islamismo, assim como feitiçaria, sodomia, bigamia, proposições heréticas e blasfêmias, eram considerados crimes e punidos com degradação moral, exílio, confisco, cárcere perpétuo ou morte na fogueira. Como a sobrevivência do Tribunal dependia do confisco, o moloch inquisitorial clamava por mais oferendas, recriando as heresias sempre que arrefeciam. A Inquisição foi sobretudo uma instituição racista, que discriminava e excluía, por lei, os descendentes de judeus, árabes, ciganos, negros e mulatos, até onde a memória podia chegar. A esta imposiçã

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
610 qualificações
R$ 55,20 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788527308557. Dimensão 18,0 x 25,5, 248 pág. Sinopse: Foram levados do Brasil 1076 prisioneiros para os cárceres da Inquisição em Portugal, durante a época colonial, porque sentiam e pensavam diferente. Judaísmo, luteranismo, islamismo, assim como feitiçaria, sodomia, bigamia, proposições heréticas e blasfêmias, eram considerados crimes e punidos com degradação moral, exílio, confisco, cárcere perpétuo ou morte na fogueira. Como a sobrevivência do Tribunal dependia do confisco, o moloch inquisitorial clamava por mais oferendas, recriando as heresias sempre que arrefeciam. A Inquisição foi sobretudo uma instituição racista, que discriminava e excluía, por lei, os descendentes de judeus, árabes, ciganos, negros e mulatos, até onde a memória podia chegar. A esta imposiçã

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
610 qualificações
R$ 55,20 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788527308557. Dimensão 18,0 x 25,5, 248 pág. Sinopse: Foram levados do Brasil 1076 prisioneiros para os cárceres da Inquisição em Portugal, durante a época colonial, porque sentiam e pensavam diferente. Judaísmo, luteranismo, islamismo, assim como feitiçaria, sodomia, bigamia, proposições heréticas e blasfêmias, eram considerados crimes e punidos com degradação moral, exílio, confisco, cárcere perpétuo ou morte na fogueira. Como a sobrevivência do Tribunal dependia do confisco, o moloch inquisitorial clamava por mais oferendas, recriando as heresias sempre que arrefeciam. A Inquisição foi sobretudo uma instituição racista, que discriminava e excluía, por lei, os descendentes de judeus, árabes, ciganos, negros e mulatos, até onde a memória podia chegar. A esta imposiçã

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
610 qualificações
R$ 55,20 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788527308557. Dimensão 18,0 x 25,5, 248 pág. Sinopse: Foram levados do Brasil 1076 prisioneiros para os cárceres da Inquisição em Portugal, durante a época colonial, porque sentiam e pensavam diferente. Judaísmo, luteranismo, islamismo, assim como feitiçaria, sodomia, bigamia, proposições heréticas e blasfêmias, eram considerados crimes e punidos com degradação moral, exílio, confisco, cárcere perpétuo ou morte na fogueira. Como a sobrevivência do Tribunal dependia do confisco, o moloch inquisitorial clamava por mais oferendas, recriando as heresias sempre que arrefeciam. A Inquisição foi sobretudo uma instituição racista, que discriminava e excluía, por lei, os descendentes de judeus, árabes, ciganos, negros e mulatos, até onde a memória podia chegar. A esta imposiçã

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
610 qualificações
R$ 55,20 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788527308557. Dimensão 18,0 x 25,5, 248 pág. Sinopse: Foram levados do Brasil 1076 prisioneiros para os cárceres da Inquisição em Portugal, durante a época colonial, porque sentiam e pensavam diferente. Judaísmo, luteranismo, islamismo, assim como feitiçaria, sodomia, bigamia, proposições heréticas e blasfêmias, eram considerados crimes e punidos com degradação moral, exílio, confisco, cárcere perpétuo ou morte na fogueira. Como a sobrevivência do Tribunal dependia do confisco, o moloch inquisitorial clamava por mais oferendas, recriando as heresias sempre que arrefeciam. A Inquisição foi sobretudo uma instituição racista, que discriminava e excluía, por lei, os descendentes de judeus, árabes, ciganos, negros e mulatos, até onde a memória podia chegar. A esta imposiçã

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
610 qualificações
R$ 55,20 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788527308557. Dimensão 18,0 x 25,5, 248 pág. Sinopse: Foram levados do Brasil 1076 prisioneiros para os cárceres da Inquisição em Portugal, durante a época colonial, porque sentiam e pensavam diferente. Judaísmo, luteranismo, islamismo, assim como feitiçaria, sodomia, bigamia, proposições heréticas e blasfêmias, eram considerados crimes e punidos com degradação moral, exílio, confisco, cárcere perpétuo ou morte na fogueira. Como a sobrevivência do Tribunal dependia do confisco, o moloch inquisitorial clamava por mais oferendas, recriando as heresias sempre que arrefeciam. A Inquisição foi sobretudo uma instituição racista, que discriminava e excluía, por lei, os descendentes de judeus, árabes, ciganos, negros e mulatos, até onde a memória podia chegar. A esta imposiçã

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
610 qualificações
R$ 55,20 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788527308557. Dimensão 18,0 x 25,5, 248 pág. Sinopse: Foram levados do Brasil 1076 prisioneiros para os cárceres da Inquisição em Portugal, durante a época colonial, porque sentiam e pensavam diferente. Judaísmo, luteranismo, islamismo, assim como feitiçaria, sodomia, bigamia, proposições heréticas e blasfêmias, eram considerados crimes e punidos com degradação moral, exílio, confisco, cárcere perpétuo ou morte na fogueira. Como a sobrevivência do Tribunal dependia do confisco, o moloch inquisitorial clamava por mais oferendas, recriando as heresias sempre que arrefeciam. A Inquisição foi sobretudo uma instituição racista, que discriminava e excluía, por lei, os descendentes de judeus, árabes, ciganos, negros e mulatos, até onde a memória podia chegar. A esta imposiçã

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
610 qualificações
R$ 55,20 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788527308557. Dimensão 18,0 x 25,5, 248 pág. Sinopse: Foram levados do Brasil 1076 prisioneiros para os cárceres da Inquisição em Portugal, durante a época colonial, porque sentiam e pensavam diferente. Judaísmo, luteranismo, islamismo, assim como feitiçaria, sodomia, bigamia, proposições heréticas e blasfêmias, eram considerados crimes e punidos com degradação moral, exílio, confisco, cárcere perpétuo ou morte na fogueira. Como a sobrevivência do Tribunal dependia do confisco, o moloch inquisitorial clamava por mais oferendas, recriando as heresias sempre que arrefeciam. A Inquisição foi sobretudo uma instituição racista, que discriminava e excluía, por lei, os descendentes de judeus, árabes, ciganos, negros e mulatos, até onde a memória podia chegar. A esta imposiçã

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Inquisição: prisioneiros do Brasil

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: novo

Klaxon livros Klaxon livros SP - São Paulo
98% Positivas
610 qualificações
R$ 55,20 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. ISBN 9788527308557. Dimensão 18,0 x 25,5, 248 pág. Sinopse: Foram levados do Brasil 1076 prisioneiros para os cárceres da Inquisição em Portugal, durante a época colonial, porque sentiam e pensavam diferente. Judaísmo, luteranismo, islamismo, assim como feitiçaria, sodomia, bigamia, proposições heréticas e blasfêmias, eram considerados crimes e punidos com degradação moral, exílio, confisco, cárcere perpétuo ou morte na fogueira. Como a sobrevivência do Tribunal dependia do confisco, o moloch inquisitorial clamava por mais oferendas, recriando as heresias sempre que arrefeciam. A Inquisição foi sobretudo uma instituição racista, que discriminava e excluía, por lei, os descendentes de judeus, árabes, ciganos, negros e mulatos, até onde a memória podia chegar. A esta imposiçã

Inquisição: Prisioneiros do Brasil His

Inquisição: Prisioneiros do Brasil His

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: novo

Sociedade dos Livros Sociedade dos Livros SP - São Paulo
98% Positivas
378 qualificações
R$ 58,00 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo. Adquirido diretamente da editora

Inquisição: Prisioneiros do Brasil His

Inquisição: Prisioneiros do Brasil His

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: novo

Sociedade dos Livros Sociedade dos Livros SP - São Paulo
98% Positivas
378 qualificações
R$ 58,00 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo. Adquirido diretamente da editora

INQUISICAO - PRISIONEIROS DO BRASIL SECULOS XVI A

INQUISICAO - PRISIONEIROS DO BRASIL SECULOS XVI A

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
796 qualificações
R$ 58,65 + R$ 17,89 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! L55471988 ISBN: Sinopse: Foram levados do Brasil 1076 prisioneiros para os cárceres da Inquisição em Portugal, durante a época colonial, porque sentiam e pensavam diferente . Judaísmo, luteranismo, islamismo, assim como feitiçaria, sodomia, bigamia, proposições heréticas e blasfêmias, eram considerados crimes e punidos com degradação moral, exílio, confisco, cárcere perpétuo ou morte na fogueira. Como a sobrevivência do Tribunal dependia do confisco, o moloch inquisitorial clamava por mais oferendas, recriando as heresias sempre que arrefeciam. - A Inquisição foi sobretudo uma instituição racista, que discriminava e excluía, por lei, os descendentes de judeus, árabes, ciganos, negros e mulatos, até onde a memória podia chegar. A esta imposição forçada de crença e pensamento, os diversos grupos étnicos responderam com uma contestação clandestina, recusando os dogmas, semeando a livre crítica e perpetuando seus costumes ancestrais. - A este mundo subterrâneo e clandestino luso-brasileiro levam as fontes que são aqui apresentadas, em Inquisição: Prisioneiros dos Brasil, da renomada historiadora e pesquisadora Anita Waingort Novinsky, e que descortinam outra história do Brasil, ainda oculta e em grande parte inexplorada.

INQUISICAO - PRISIONEIROS DO BRASIL SECULOS XVI A

INQUISICAO - PRISIONEIROS DO BRASIL SECULOS XVI A

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
796 qualificações
R$ 58,65 + R$ 17,89 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! L55471988 ISBN: Sinopse: Foram levados do Brasil 1076 prisioneiros para os cárceres da Inquisição em Portugal, durante a época colonial, porque sentiam e pensavam diferente . Judaísmo, luteranismo, islamismo, assim como feitiçaria, sodomia, bigamia, proposições heréticas e blasfêmias, eram considerados crimes e punidos com degradação moral, exílio, confisco, cárcere perpétuo ou morte na fogueira. Como a sobrevivência do Tribunal dependia do confisco, o moloch inquisitorial clamava por mais oferendas, recriando as heresias sempre que arrefeciam. - A Inquisição foi sobretudo uma instituição racista, que discriminava e excluía, por lei, os descendentes de judeus, árabes, ciganos, negros e mulatos, até onde a memória podia chegar. A esta imposição forçada de crença e pensamento, os diversos grupos étnicos responderam com uma contestação clandestina, recusando os dogmas, semeando a livre crítica e perpetuando seus costumes ancestrais. - A este mundo subterrâneo e clandestino luso-brasileiro levam as fontes que são aqui apresentadas, em Inquisição: Prisioneiros dos Brasil, da renomada historiadora e pesquisadora Anita Waingort Novinsky, e que descortinam outra história do Brasil, ainda oculta e em grande parte inexplorada.

INQUISICAO - PRISIONEIROS DO BRASIL SECULOS XVI A

INQUISICAO - PRISIONEIROS DO BRASIL SECULOS XVI A

Ano:   Editora: Perspectiva

Tipo: novo

Livraria Livros e Livros Livraria Livros e Livros SC - Florianópolis
99% Positivas
796 qualificações
R$ 58,65 + R$ 17,89 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! L55471988 ISBN: Sinopse: Foram levados do Brasil 1076 prisioneiros para os cárceres da Inquisição em Portugal, durante a época colonial, porque sentiam e pensavam diferente . Judaísmo, luteranismo, islamismo, assim como feitiçaria, sodomia, bigamia, proposições heréticas e blasfêmias, eram considerados crimes e punidos com degradação moral, exílio, confisco, cárcere perpétuo ou morte na fogueira. Como a sobrevivência do Tribunal dependia do confisco, o moloch inquisitorial clamava por mais oferendas, recriando as heresias sempre que arrefeciam. - A Inquisição foi sobretudo uma instituição racista, que discriminava e excluía, por lei, os descendentes de judeus, árabes, ciganos, negros e mulatos, até onde a memória podia chegar. A esta imposição forçada de crença e pensamento, os diversos grupos étnicos responderam com uma contestação clandestina, recusando os dogmas, semeando a livre crítica e perpetuando seus costumes ancestrais. - A este mundo subterrâneo e clandestino luso-brasileiro levam as fontes que são aqui apresentadas, em Inquisição: Prisioneiros dos Brasil, da renomada historiadora e pesquisadora Anita Waingort Novinsky, e que descortinam outra história do Brasil, ainda oculta e em grande parte inexplorada.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro