A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Ex Agente Abre a Caixa Preta da Abin Agencia Brasileira de Inteligencia Capa ilustrativa

Ex-agente Abre a Caixa Preta da Abin ( Agência Brasileira de Inteligência )

André Soares

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Ex-agente Abre a Caixa-preta da Abin

Capa ilustrativa

15 livros novos e 8 livros usados em 11 vendedores

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Ex-agente Abre a Caixa-preta da Abin Capa ilustrativa

Ex-agente Abre a Caixa-preta da Abin

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: seminovo/usado

Pacobello Sebo Pacobello Sebo SP - Santo André
99% Positivas
556 qualificações
R$ 16,00 + frete R$ 11,89

Total: R$ 27,89

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Bom estado de conservação, não possui anotações ou grifos. Cód. Barras: 1000223955803 Assunto: História do Brasil Loja: Livraria Pacobello (Elisa)

Ex- Agente Abre a Caixa-preta da Abin Capa ilustrativa

Ex- Agente Abre a Caixa-preta da Abin

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: seminovo/usado

Livraria Humanidades Livraria Humanidades MG - Belo Horizonte
100% Positivas
82 qualificações
R$ 17,90 + frete R$ 11,89

Total: R$ 29,79

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em perfeito estado de conservação.. Excelente exemplar, sem anotações no miolo. Adquirido de biblioteca particular, apresenta um carimbo do antigo proprietário na primeira folha. Embalado em plástico + papelão, terá postagem imediata com a devida nota fiscal.

Ex-agente Abre A Caixa Preta Da Abin

Ex-agente Abre A Caixa Preta Da Abin

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: novo

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
100% Positivas
131 qualificações
R$ 27,45 + frete R$ 11,05

Total: R$ 38,50

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Os Serviços de Inteligência brasileiros sempre careceram de transparência - não sobre suas informações - muitas vezes distorcidas e mal utilizadas - mas acerca de seu funcionamento, estrutura e, principalmente, do modus operandi adotado pelos governantes que os tutelam. A obra do tenente-coronel André Soares, ex-analista de contrainteligência da ABIN, em depoimento ao jornalista Cláudio Tognolli, vem lançar essa luz tão necessária sobre o tema. O livro traz a público o que a sociedade tem direito de saber há muito - como funciona nossa arapongagem oficial, sobretudo quando o Brasil mais precisa da inteligência para enfrentar as demandas dos dias atuais. Isso se dá, sobretudo no que diz respeito às questões de segurança, tecnologia, disputas mercadológicas, descobertas científicas e também nas ações anticorrupção. Conforme destaca, no prefácio, o advogado Romeu Tuma Junior, ex-secretário nacional de Justiça, 'produzir conhecimento e tratar a informação é um trabalho que requer especialização, técnica e eficiência. Criar sistemas que integram os órgãos de inteligência não pode ser algo apenas formal - há que ser conceitual. Trata-se de uma Política de Estado, o que nosso País definitivamente não tem'. O livro é o relato de um brasileiro que quer ver o país melhor e sem que o nosso Estado de Direito (construído a tão duras penas), continue sendo impedido por uma antologia de desmandos e malversações, contaminados com milhões em verbas secretas destinadas a fins inconfessáveis. André Soares, enfim, só tem um objetivo - um Brasil melhor, com instituições à altura da democracia plena, tão sonhada por nós. Inserido, como um vocacionado profissional, nesse caótico cenário brasileiro, o autor vem denunciando, há anos, a criminalidade organizada que impera nos serviços de inteligência no Brasil. E é por esta razão que, também há muito tempo, é perseguido. Perseguido e severamente ameaçado, inclusive de morte. Tudo pela criminosa 'comunidade de inteligência', no comando da ABIN e na cúpula do Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN). Eles consideram esta obra como um 'livro proibido'.

Ex-agente Abre A Caixa Preta Da Abin

Ex-agente Abre A Caixa Preta Da Abin

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: novo

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
100% Positivas
131 qualificações
R$ 27,45 + frete R$ 11,05

Total: R$ 38,50

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Os Serviços de Inteligência brasileiros sempre careceram de transparência - não sobre suas informações - muitas vezes distorcidas e mal utilizadas - mas acerca de seu funcionamento, estrutura e, principalmente, do modus operandi adotado pelos governantes que os tutelam. A obra do tenente-coronel André Soares, ex-analista de contrainteligência da ABIN, em depoimento ao jornalista Cláudio Tognolli, vem lançar essa luz tão necessária sobre o tema. O livro traz a público o que a sociedade tem direito de saber há muito - como funciona nossa arapongagem oficial, sobretudo quando o Brasil mais precisa da inteligência para enfrentar as demandas dos dias atuais. Isso se dá, sobretudo no que diz respeito às questões de segurança, tecnologia, disputas mercadológicas, descobertas científicas e também nas ações anticorrupção. Conforme destaca, no prefácio, o advogado Romeu Tuma Junior, ex-secretário nacional de Justiça, 'produzir conhecimento e tratar a informação é um trabalho que requer especialização, técnica e eficiência. Criar sistemas que integram os órgãos de inteligência não pode ser algo apenas formal - há que ser conceitual. Trata-se de uma Política de Estado, o que nosso País definitivamente não tem'. O livro é o relato de um brasileiro que quer ver o país melhor e sem que o nosso Estado de Direito (construído a tão duras penas), continue sendo impedido por uma antologia de desmandos e malversações, contaminados com milhões em verbas secretas destinadas a fins inconfessáveis. André Soares, enfim, só tem um objetivo - um Brasil melhor, com instituições à altura da democracia plena, tão sonhada por nós. Inserido, como um vocacionado profissional, nesse caótico cenário brasileiro, o autor vem denunciando, há anos, a criminalidade organizada que impera nos serviços de inteligência no Brasil. E é por esta razão que, também há muito tempo, é perseguido. Perseguido e severamente ameaçado, inclusive de morte. Tudo pela criminosa 'comunidade de inteligência', no comando da ABIN e na cúpula do Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN). Eles consideram esta obra como um 'livro proibido'.

Ex-agente Abre A Caixa Preta Da Abin

Ex-agente Abre A Caixa Preta Da Abin

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: novo

Bookfast Bookfast PR - CURITIBA
100% Positivas
131 qualificações
R$ 27,45 + frete R$ 11,05

Total: R$ 38,50

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Os Serviços de Inteligência brasileiros sempre careceram de transparência - não sobre suas informações - muitas vezes distorcidas e mal utilizadas - mas acerca de seu funcionamento, estrutura e, principalmente, do modus operandi adotado pelos governantes que os tutelam. A obra do tenente-coronel André Soares, ex-analista de contrainteligência da ABIN, em depoimento ao jornalista Cláudio Tognolli, vem lançar essa luz tão necessária sobre o tema. O livro traz a público o que a sociedade tem direito de saber há muito - como funciona nossa arapongagem oficial, sobretudo quando o Brasil mais precisa da inteligência para enfrentar as demandas dos dias atuais. Isso se dá, sobretudo no que diz respeito às questões de segurança, tecnologia, disputas mercadológicas, descobertas científicas e também nas ações anticorrupção. Conforme destaca, no prefácio, o advogado Romeu Tuma Junior, ex-secretário nacional de Justiça, 'produzir conhecimento e tratar a informação é um trabalho que requer especialização, técnica e eficiência. Criar sistemas que integram os órgãos de inteligência não pode ser algo apenas formal - há que ser conceitual. Trata-se de uma Política de Estado, o que nosso País definitivamente não tem'. O livro é o relato de um brasileiro que quer ver o país melhor e sem que o nosso Estado de Direito (construído a tão duras penas), continue sendo impedido por uma antologia de desmandos e malversações, contaminados com milhões em verbas secretas destinadas a fins inconfessáveis. André Soares, enfim, só tem um objetivo - um Brasil melhor, com instituições à altura da democracia plena, tão sonhada por nós. Inserido, como um vocacionado profissional, nesse caótico cenário brasileiro, o autor vem denunciando, há anos, a criminalidade organizada que impera nos serviços de inteligência no Brasil. E é por esta razão que, também há muito tempo, é perseguido. Perseguido e severamente ameaçado, inclusive de morte. Tudo pela criminosa 'comunidade de inteligência', no comando da ABIN e na cúpula do Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN). Eles consideram esta obra como um 'livro proibido'.

EX AGENTE ABRE A CAIXA PRETA DA ABIN

EX AGENTE ABRE A CAIXA PRETA DA ABIN

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: seminovo/usado

Livraria Páginas Antigas Livraria Páginas Antigas GO - Goiânia
98% Positivas
55 qualificações
R$ 32,93 + frete R$ 11,05

Total: R$ 43,98

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Mercadoria de segunda mão com caracteristicas típicas de material usado

Ex-agente Abre a Caixa-preta da Abin

Ex-agente Abre a Caixa-preta da Abin

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: seminovo/usado

Pasani Livros Pasani Livros SP - São Paulo
100% Positivas
5 qualificações
R$ 34,65 + frete R$ 11,89

Total: R$ 46,54

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em perfeito estado de conservação, sem quaisquer rasuras, grifos ou anotações

Ex-Agente Abre a Caixa-Preta da Abin

Ex-Agente Abre a Caixa-Preta da Abin

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: seminovo/usado

Sebo Linha Paulista Sebo Linha Paulista SP - São Paulo
100% Positivas
506 qualificações
R$ 35,00 + frete R$ 11,89

Total: R$ 46,89

Comprar ler descrição ocultar

Descrição SQ0604-17... Brochura, 380 páginas. Livro em bom estado. Corte e borda livre de amarelamentos pela ação do tempo. Miolo livre de grifos e rasuras. Folha de rosto com marca de carimbo. Foto ilustrativa... MA168t

Ex-agente Abre a Caixa-preta da Abin

Ex-agente Abre a Caixa-preta da Abin

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: seminovo/usado

Ladeira Livros Ladeira Livros RS - Porto Alegre
99% Positivas
390 qualificações
R$ 38,00 + frete R$ 11,89

Total: R$ 49,89

Comprar ler descrição ocultar

Descrição brochura, bom estado, sem grifos m. u

Ex-agente Abre a Caixa Preta da Abin ( Agência Brasileira de Inteligência ) Capa ilustrativa

Ex-agente Abre a Caixa Preta da Abin ( Agência Brasileira de Inteligência )

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: novo

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
98% Positivas
897 qualificações
R$ 35,90 + frete R$ 14,63

Total: R$ 50,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Os Serviços de Inteligência brasileiros sempre careceram de transparência: não sobre suas informações - muitas vezes distorcidas e mal utilizadas - mas sobre seu funcionamento, estrutura e, principalmente, do modus operandi adotado pelos governantes que os tutelam. O livro Ex-agente abre a caixa preta da ABIN (Agência Brasileira de Inteligência) (selo Escrituras), do tenente-coronel André Soares, ex-analista de contrainteligência da ABIN, em depoimento ao jornalista Cláudio Tognolli, vem lançar essa luz tão necessária sobre o tema. Traz a público o que a sociedade tem direito de saber há muito tempo: como funciona nossa arapongagem oficial, sobretudo quando o Brasil mais precisa da inteligência para enfrentar as demandas dos dias atuais.

Ex-agente Abre a Caixa Preta da Abin ( Agência Brasileira de Inteligência ) Capa ilustrativa

Ex-agente Abre a Caixa Preta da Abin ( Agência Brasileira de Inteligência )

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: novo

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
98% Positivas
897 qualificações
R$ 35,90 + frete R$ 14,63

Total: R$ 50,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Os Serviços de Inteligência brasileiros sempre careceram de transparência: não sobre suas informações - muitas vezes distorcidas e mal utilizadas - mas sobre seu funcionamento, estrutura e, principalmente, do modus operandi adotado pelos governantes que os tutelam. O livro Ex-agente abre a caixa preta da ABIN (Agência Brasileira de Inteligência) (selo Escrituras), do tenente-coronel André Soares, ex-analista de contrainteligência da ABIN, em depoimento ao jornalista Cláudio Tognolli, vem lançar essa luz tão necessária sobre o tema. Traz a público o que a sociedade tem direito de saber há muito tempo: como funciona nossa arapongagem oficial, sobretudo quando o Brasil mais precisa da inteligência para enfrentar as demandas dos dias atuais.

Ex-agente Abre a Caixa Preta da Abin ( Agência Brasileira de Inteligência ) Capa ilustrativa

Ex-agente Abre a Caixa Preta da Abin ( Agência Brasileira de Inteligência )

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: novo

Livros Online Livros Online SP - São Paulo
98% Positivas
897 qualificações
R$ 35,90 + frete R$ 14,63

Total: R$ 50,53

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Os Serviços de Inteligência brasileiros sempre careceram de transparência: não sobre suas informações - muitas vezes distorcidas e mal utilizadas - mas sobre seu funcionamento, estrutura e, principalmente, do modus operandi adotado pelos governantes que os tutelam. O livro Ex-agente abre a caixa preta da ABIN (Agência Brasileira de Inteligência) (selo Escrituras), do tenente-coronel André Soares, ex-analista de contrainteligência da ABIN, em depoimento ao jornalista Cláudio Tognolli, vem lançar essa luz tão necessária sobre o tema. Traz a público o que a sociedade tem direito de saber há muito tempo: como funciona nossa arapongagem oficial, sobretudo quando o Brasil mais precisa da inteligência para enfrentar as demandas dos dias atuais.

Ex - Agente Abre a Caixa Preta da Abin

Ex - Agente Abre a Caixa Preta da Abin

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: novo

My Bookcase My Bookcase SP - São Paulo
100% Positivas
120 qualificações
R$ 38,00 + frete R$ 12,74

Total: R$ 50,74

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Foto do livro anunciado - brochura - 378 páginas - 16 x 23 cm - livro novo - Damos preferência para pagamento via depósito CEF ou BB - U5

Ex-Agente Abre A Caixa Preta da Abin

Ex-Agente Abre A Caixa Preta da Abin

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: novo

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
98% Positivas
1233 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 11,05

Total: R$ 60,95

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Os Serviços de Inteligência brasileiros sempre careceram de transparência - não sobre suas informações - muitas vezes distorcidas e mal utilizadas - mas acerca de seu funcionamento, estrutura e, principalmente, do modus operandi adotado pelos governantes que os tutelam. A obra do tenente-coronel André Soares, ex-analista de contrainteligência da ABIN, em depoimento ao jornalista Cláudio Tognolli, vem lançar essa luz tão necessária sobre o tema. O livro traz a público o que a sociedade tem direito de saber há muito - como funciona nossa arapongagem oficial, sobretudo quando o Brasil mais precisa da inteligência para enfrentar as demandas dos dias atuais. Isso se dá, sobretudo no que diz respeito às questões de segurança, tecnologia, disputas mercadológicas, descobertas científicas e também nas ações anticorrupção. Conforme destaca, no prefácio, o advogado Romeu Tuma Junior, ex-secretário nacional de Justiça, 'produzir conhecimento e tratar a informação é um trabalho que requer especialização, técnica e eficiência. Criar sistemas que integram os órgãos de inteligência não pode ser algo apenas formal - há que ser conceitual. Trata-se de uma Política de Estado, o que nosso País definitivamente não tem'. O livro é o relato de um brasileiro que quer ver o país melhor e sem que o nosso Estado de Direito (construído a tão duras penas), continue sendo impedido por uma antologia de desmandos e malversações, contaminados com milhões em verbas secretas destinadas a fins inconfessáveis. André Soares, enfim, só tem um objetivo - um Brasil melhor, com instituições à altura da democracia plena, tão sonhada por nós. Inserido, como um vocacionado profissional, nesse caótico cenário brasileiro, o autor vem denunciando, há anos, a criminalidade organizada que impera nos serviços de inteligência no Brasil. E é por esta razão que, também há muito tempo, é perseguido. Perseguido e severamente ameaçado, inclusive de morte. Tudo pela criminosa 'comunidade de inteligência', no comando da ABIN e na cúpula do Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN). Eles consideram esta obra como um 'livro proibido'.

Ex-Agente Abre A Caixa Preta da Abin

Ex-Agente Abre A Caixa Preta da Abin

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: novo

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
98% Positivas
1233 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 11,05

Total: R$ 60,95

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Os Serviços de Inteligência brasileiros sempre careceram de transparência - não sobre suas informações - muitas vezes distorcidas e mal utilizadas - mas acerca de seu funcionamento, estrutura e, principalmente, do modus operandi adotado pelos governantes que os tutelam. A obra do tenente-coronel André Soares, ex-analista de contrainteligência da ABIN, em depoimento ao jornalista Cláudio Tognolli, vem lançar essa luz tão necessária sobre o tema. O livro traz a público o que a sociedade tem direito de saber há muito - como funciona nossa arapongagem oficial, sobretudo quando o Brasil mais precisa da inteligência para enfrentar as demandas dos dias atuais. Isso se dá, sobretudo no que diz respeito às questões de segurança, tecnologia, disputas mercadológicas, descobertas científicas e também nas ações anticorrupção. Conforme destaca, no prefácio, o advogado Romeu Tuma Junior, ex-secretário nacional de Justiça, 'produzir conhecimento e tratar a informação é um trabalho que requer especialização, técnica e eficiência. Criar sistemas que integram os órgãos de inteligência não pode ser algo apenas formal - há que ser conceitual. Trata-se de uma Política de Estado, o que nosso País definitivamente não tem'. O livro é o relato de um brasileiro que quer ver o país melhor e sem que o nosso Estado de Direito (construído a tão duras penas), continue sendo impedido por uma antologia de desmandos e malversações, contaminados com milhões em verbas secretas destinadas a fins inconfessáveis. André Soares, enfim, só tem um objetivo - um Brasil melhor, com instituições à altura da democracia plena, tão sonhada por nós. Inserido, como um vocacionado profissional, nesse caótico cenário brasileiro, o autor vem denunciando, há anos, a criminalidade organizada que impera nos serviços de inteligência no Brasil. E é por esta razão que, também há muito tempo, é perseguido. Perseguido e severamente ameaçado, inclusive de morte. Tudo pela criminosa 'comunidade de inteligência', no comando da ABIN e na cúpula do Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN). Eles consideram esta obra como um 'livro proibido'.

Ex-Agente Abre A Caixa Preta da Abin

Ex-Agente Abre A Caixa Preta da Abin

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: novo

Livraria Cultura Livraria Cultura SP - São Paulo
98% Positivas
1233 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 11,05

Total: R$ 60,95

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Os Serviços de Inteligência brasileiros sempre careceram de transparência - não sobre suas informações - muitas vezes distorcidas e mal utilizadas - mas acerca de seu funcionamento, estrutura e, principalmente, do modus operandi adotado pelos governantes que os tutelam. A obra do tenente-coronel André Soares, ex-analista de contrainteligência da ABIN, em depoimento ao jornalista Cláudio Tognolli, vem lançar essa luz tão necessária sobre o tema. O livro traz a público o que a sociedade tem direito de saber há muito - como funciona nossa arapongagem oficial, sobretudo quando o Brasil mais precisa da inteligência para enfrentar as demandas dos dias atuais. Isso se dá, sobretudo no que diz respeito às questões de segurança, tecnologia, disputas mercadológicas, descobertas científicas e também nas ações anticorrupção. Conforme destaca, no prefácio, o advogado Romeu Tuma Junior, ex-secretário nacional de Justiça, 'produzir conhecimento e tratar a informação é um trabalho que requer especialização, técnica e eficiência. Criar sistemas que integram os órgãos de inteligência não pode ser algo apenas formal - há que ser conceitual. Trata-se de uma Política de Estado, o que nosso País definitivamente não tem'. O livro é o relato de um brasileiro que quer ver o país melhor e sem que o nosso Estado de Direito (construído a tão duras penas), continue sendo impedido por uma antologia de desmandos e malversações, contaminados com milhões em verbas secretas destinadas a fins inconfessáveis. André Soares, enfim, só tem um objetivo - um Brasil melhor, com instituições à altura da democracia plena, tão sonhada por nós. Inserido, como um vocacionado profissional, nesse caótico cenário brasileiro, o autor vem denunciando, há anos, a criminalidade organizada que impera nos serviços de inteligência no Brasil. E é por esta razão que, também há muito tempo, é perseguido. Perseguido e severamente ameaçado, inclusive de morte. Tudo pela criminosa 'comunidade de inteligência', no comando da ABIN e na cúpula do Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN). Eles consideram esta obra como um 'livro proibido'.

EX-AGENTE ABRE A CAIXA-PRETA DA ABIN

EX-AGENTE ABRE A CAIXA-PRETA DA ABIN

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: novo

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
100% Positivas
562 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 11,53

Total: R$ 61,43

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Os Serviços de Inteligência brasileiros sempre careceram de transparência: não sobre suas informações - muitas vezes distorcidas e mal utilizadas - mas acerca de seu funcionamento, estrutura e, principalmente, do modus operandi adotado pelos governantes que os tutelam. A obra 'EX-AGENTE ABRE A CAIXA-PRETA DA ABIN (Agência Brasileira de Inteligência)' do tenente-coronel André Soares, ex-analista de contrainteligência da ABIN, em depoimento ao jornalista Cláudio Tognolli, vem lançar essa luz tão necessária sobre o tema. O livro traz a público o que a sociedade tem direito de saber há muito: como funciona nossa arapongagem oficial, sobretudo quando o Brasil mais precisa da inteligência para enfrentar as demandas dos dias atuais. Isso se dá, sobretudo no que diz respeito às questões de segurança, tecnologia, disputas mercadológicas, descobertas científicas e também nas ações anticorrupção. Conforme destaca, no prefácio, o advogado Romeu Tuma Junior, ex-secretário nacional de Justiça, "produzir conhecimento e tratar a informação é um trabalho que requer especialização, técnica e eficiência. Criar sistemas que integram os órgãos de inteligência não pode ser algo apenas formal: há que ser conceitual. Trata-se de uma Política de Estado, o que nosso País definitivamente não tem". O livro é o relato de um brasileiro que quer ver o país melhor e sem que o nosso Estado de Direito (construído a tão duras penas), continue sendo impedido por uma antologia de desmandos e malversações, contaminados com milhões em verbas secretas destinadas a fins inconfessáveis. André Soares, enfim, só tem um objetivo: um Brasil melhor, com instituições à altura da democracia plena, tão sonhada por nós.

EX-AGENTE ABRE A CAIXA-PRETA DA ABIN

EX-AGENTE ABRE A CAIXA-PRETA DA ABIN

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: novo

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
100% Positivas
562 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 11,53

Total: R$ 61,43

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Os Serviços de Inteligência brasileiros sempre careceram de transparência: não sobre suas informações - muitas vezes distorcidas e mal utilizadas - mas acerca de seu funcionamento, estrutura e, principalmente, do modus operandi adotado pelos governantes que os tutelam. A obra 'EX-AGENTE ABRE A CAIXA-PRETA DA ABIN (Agência Brasileira de Inteligência)' do tenente-coronel André Soares, ex-analista de contrainteligência da ABIN, em depoimento ao jornalista Cláudio Tognolli, vem lançar essa luz tão necessária sobre o tema. O livro traz a público o que a sociedade tem direito de saber há muito: como funciona nossa arapongagem oficial, sobretudo quando o Brasil mais precisa da inteligência para enfrentar as demandas dos dias atuais. Isso se dá, sobretudo no que diz respeito às questões de segurança, tecnologia, disputas mercadológicas, descobertas científicas e também nas ações anticorrupção. Conforme destaca, no prefácio, o advogado Romeu Tuma Junior, ex-secretário nacional de Justiça, "produzir conhecimento e tratar a informação é um trabalho que requer especialização, técnica e eficiência. Criar sistemas que integram os órgãos de inteligência não pode ser algo apenas formal: há que ser conceitual. Trata-se de uma Política de Estado, o que nosso País definitivamente não tem". O livro é o relato de um brasileiro que quer ver o país melhor e sem que o nosso Estado de Direito (construído a tão duras penas), continue sendo impedido por uma antologia de desmandos e malversações, contaminados com milhões em verbas secretas destinadas a fins inconfessáveis. André Soares, enfim, só tem um objetivo: um Brasil melhor, com instituições à altura da democracia plena, tão sonhada por nós.

EX-AGENTE ABRE A CAIXA-PRETA DA ABIN

EX-AGENTE ABRE A CAIXA-PRETA DA ABIN

Ano:   Editora: Escrituras

Tipo: novo

Livraria Martins Fontes Paulista Livraria Martins Fontes Paulista SP - São Paulo
100% Positivas
562 qualificações
R$ 49,90 + frete R$ 11,53

Total: R$ 61,43

Comprar ler descrição ocultar

Descrição Os Serviços de Inteligência brasileiros sempre careceram de transparência: não sobre suas informações - muitas vezes distorcidas e mal utilizadas - mas acerca de seu funcionamento, estrutura e, principalmente, do modus operandi adotado pelos governantes que os tutelam. A obra 'EX-AGENTE ABRE A CAIXA-PRETA DA ABIN (Agência Brasileira de Inteligência)' do tenente-coronel André Soares, ex-analista de contrainteligência da ABIN, em depoimento ao jornalista Cláudio Tognolli, vem lançar essa luz tão necessária sobre o tema. O livro traz a público o que a sociedade tem direito de saber há muito: como funciona nossa arapongagem oficial, sobretudo quando o Brasil mais precisa da inteligência para enfrentar as demandas dos dias atuais. Isso se dá, sobretudo no que diz respeito às questões de segurança, tecnologia, disputas mercadológicas, descobertas científicas e também nas ações anticorrupção. Conforme destaca, no prefácio, o advogado Romeu Tuma Junior, ex-secretário nacional de Justiça, "produzir conhecimento e tratar a informação é um trabalho que requer especialização, técnica e eficiência. Criar sistemas que integram os órgãos de inteligência não pode ser algo apenas formal: há que ser conceitual. Trata-se de uma Política de Estado, o que nosso País definitivamente não tem". O livro é o relato de um brasileiro que quer ver o país melhor e sem que o nosso Estado de Direito (construído a tão duras penas), continue sendo impedido por uma antologia de desmandos e malversações, contaminados com milhões em verbas secretas destinadas a fins inconfessáveis. André Soares, enfim, só tem um objetivo: um Brasil melhor, com instituições à altura da democracia plena, tão sonhada por nós.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro