A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Admiravel Mundo Novo Capa ilustrativa

Admirável Mundo Novo

Aldous Huxley

5 de 5 estrelas (2 avaliações)

Uma sociedade inteiramente organizada segundo princípios científicos, na qual a mera menção das antiquadas palavras ?pai? e ?mãe? produzem repugnância. Um mundo de pessoas programadas em laboratório, e adestradas para cumprir seu papel numa sociedade de castas biologicamente definidas já no nascimento. Um mundo no qual a literatura, a música e o cinema só têm a função de solidificar o espírito de conformismo. Um universo que louva o avanço da técnica, a linha de montagem, a produção em série, a uniformidade, e que idolatra Henry Ford. Essa é a visão desenvolvida no clarividente romance distópico de Aldous Huxley, que ao lado de 1984, de George Orwell, constituem os exemplos mais marcantes, na esfera literária, da tematização de estados autoritários. Se o livro de Orwell criticava acidamente os governos totalitários de esquerda e de direita, o terror do stalinismo e a barbárie do nazifascismo, em Huxley o objeto é a sociedade capitalista, industrial e tecnológica, em que a racionalidade se tornou a nova religião, em que a ciência é o novo ídolo, um mundo no qual a experiência do sujeito não parece mais fazer nenhum sentido, e no qual a obra de Shakespeare adquire tons revolucionários. Entretanto, o moderno clássico de Huxley não é um mero exercício de futurismo ou de ficção científica. Trata-se, o que é mais grave, de um olhar agudo acerca das potencialidades autoritárias do próprio mundo em que vivemos. Como um alerta de que, ao não se preservarem os valores da civilização humanista, o que nos aguarda não é o róseo paraíso iluminista da liberdade, mas os grilhões de um admirável mundo novo. Fechar Ler mais

Uma sociedade inteiramente organizada segundo princípios científicos, na qual a mera menção das antiquadas palavras ?pai? e ?mãe? produzem repugnância. Um mundo de pessoas programadas em laboratório, e adestradas para cumprir seu papel numa sociedade de castas biologicamente definidas já no nascimento. Um mundo no qual a literatura, a música e o cinema só têm a função de solidificar o espírito de conformismo. Um universo que louva o avanço da técnica, a linha de montagem, a produção em série, a uniformidade, e que idolatra Henry Ford. Essa é a visão desenvolvida no clarividente romance distópico de Aldous Huxley, que ao lado de 1984, de George Orwell, constituem os exemplos mais marcantes, na esfera literária, da tematização de estados autoritários. Se o livro de Orwell criticava acidamente os governos totalitários de esquerda e de direita, o terror do stalinismo e a barbárie do nazifascismo, em Huxley o objeto é a sociedade capitalista, industrial e tecnológica, em que a racionalidade se tornou a nova religião, em que a ciência é o novo ídolo, um mundo no qual a experiência do sujeito não parece mais fazer nenhum sentido, e no qual a obra de Shakespeare adquire tons revolucionários. Entretanto, o moderno clássico de Huxley não é um mero exercício de futurismo ou de ficção científica. Trata-se, o que é mais grave, de um olhar agudo acerca das potencialidades autoritárias do próprio mundo em que vivemos. Como um alerta de que, ao não se preservarem os valores da civilização humanista, o que nos aguarda não é o róseo paraíso iluminista da liberdade, mas os grilhões de um admirável mundo novo. Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Regresso ao Admiravel Mundo Novo

Capa ilustrativa

Regresso ao Admiravel Mundo Novo

Capa ilustrativa
Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Regresso ao Admiravel Mundo Novo Capa ilustrativa

Regresso ao Admiravel Mundo Novo

Ano:   Editora: Hemus

Tipo: seminovo/usado

sebo Piraquara sebo Piraquara PR - Curitiba
99% Positivas
118 qualificações
R$ 15,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro bem conservado, amarelado pela ação do tempo, assinatura na 1° folha

Avaliações do livro

5 de 5 estrelas (2 avaliações)

Faça sua avaliação

Avalie o livro

  • Por: Natalia Santos, em 24/07/2009 Eu recomendo este livro

    Considerado profético, escrito na déc. de 30, Huxley mostra um retrato da entorpecida e "feliz" sociedade contemporânea. Chocante em vários aspectos, como a exarcebação e banalização da sexualidade, embotamento mental e castas tão bem definidas.

    Esta avaliação foi útil?
    comentar esta avaliação
  • Por: Ananias Ferreira dos Santos, em 24/04/2009 Eu recomendo este livro

    Nesta obra o autor faz uma previsão perfeita onde o Estado usará de todos os artifícios para ter poder sobre o indivíduo, apesar de ser uma ficção, é latente a idéia de controle, e isso é, a mais pura realidade em nossos dias

    Esta avaliação foi útil?
    comentar esta avaliação