A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Manuel Bandeira uma Poesia da Ausencia Capa ilustrativa

Manuel Bandeira: uma Poesia da Ausência

Yudith Rosenbaum

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Manuel Bandeira : uma Poesia da Ausência

Capa ilustrativa

Manuel Bandeira : uma Poesia da Ausência

Capa ilustrativa
Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Manuel Bandeira : uma Poesia da Ausência Capa ilustrativa

Manuel Bandeira : uma Poesia da Ausência

Ano:   Editora: Edusp

Tipo: seminovo/usado

Iluminações Livros e Cds Iluminações Livros e Cds SP - Campinas
100% Positivas
721 qualificações
R$ 20,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura, com páginas e capa amareladas.

manuel bandeira uma poesia da ausência Capa ilustrativa

manuel bandeira uma poesia da ausência

Ano:   Editora: Edusp

Tipo: seminovo/usado

Sebo Avalovara Sebo Avalovara SP - São Paulo
94% Positivas
218 qualificações
R$ 20,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro em ótimo estado de conservação. Sem marcas de uso.

Manual Bandeira: uma Poesia da Ausência

Manual Bandeira: uma Poesia da Ausência

Ano:   Editora: Edusp

Tipo: seminovo/usado

O Leitor Livraria O Leitor Livraria SP - São Caetano do Sul
99% Positivas
277 qualificações
R$ 24,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Cód. 365409 Livro capa brochura, bom estado de conservação, manuseado, páginas com grifos, corte um pouco amarelado, 207pp. O espaço entre o céu e a terra é comparável ao sopro de uma forja - ela é vazia mas não se exaure, em movimento não cessa de produzir. Com esta epígrafe de Lao-Tsé se inicia um estudo original da poética de Manuel Bandeira, analisada do ponto de vista da linguagem da ausência e da aprendizagem da morte. Trabalhando na intersecção entre a Teoria Literária (predominantemente a estilística de Leo Spitzer) e a Psicanálise (de Freud e Kristeva, passando por Lacan), a proposta da autora é a de articular vivência psíquica com criação estética, mostrando como Bandeira elabora suas perdas e faltas na materialidade do poema.

Manuel Bandeira: uma Poesia da Ausência

Manuel Bandeira: uma Poesia da Ausência

Ano:   Editora: Edusp

Tipo: seminovo/usado

Sebo Girassol Sebo Girassol SP - São Paulo
100% Positivas
123 qualificações
R$ 30,00 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição atrc - livro em excelente estado de conservaÇÃo, isento de detalhes, estado de novo. pÁg: 207 dimensÕes: 23x16 estante: a 35

Manuel Bandeira: uma Poesia da Ausência Capa ilustrativa

Manuel Bandeira: uma Poesia da Ausência

Ano:   Editora: Edusp Imago

Tipo: seminovo/usado

Boa Leitura Livros Boa Leitura Livros SP - São Paulo
99% Positivas
146 qualificações
R$ 33,00 + R$ 8,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro brochura 207 pág. em ótimo estado, corte das folhas preservadas e com pintas escuras, capa e lombada também preservadas, sem grifos, sem rasuras e sem anotações, leo.

Manuel Bandeira: uma Poesia da Ausência

Manuel Bandeira: uma Poesia da Ausência

Ano:   Editora: Edusp

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2305 qualificações
R$ 35,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 210 págs., 16 x 23 cm. Sinopse: O espaço entre o céu e a terra é comparável ao sopro de uma forja: ela é vazia mas não se exaure, em movimento não cessa de produzir.  Com esta epígrafe de Lao-Tsé se inicia um estudo original da poética de Manuel Bandeira, analisada do ponto de vista da linguagem da ausência e da aprendizagem da morte. Trabalhando na intersecção entre a teoria literária predominantemente a estilística de Leo Spitzer e a psicanálise de Freud a Kristeva, passando por Lacan, a proposta da autora é a de articular vivência psíquica com criação estética, mostrando como Bandeira elabora suas perdas e faltas na materialidade do poema. As figuras da ausência são, na interpretação de Yudith Rosenbaum, o núcleo agenciador de uma pulsão criativa capaz de transformar

Manuel Bandeira: uma Poesia da Ausência

Manuel Bandeira: uma Poesia da Ausência

Ano:   Editora: Edusp

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2305 qualificações
R$ 35,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 210 págs., 16 x 23 cm. Sinopse: O espaço entre o céu e a terra é comparável ao sopro de uma forja: ela é vazia mas não se exaure, em movimento não cessa de produzir.  Com esta epígrafe de Lao-Tsé se inicia um estudo original da poética de Manuel Bandeira, analisada do ponto de vista da linguagem da ausência e da aprendizagem da morte. Trabalhando na intersecção entre a teoria literária predominantemente a estilística de Leo Spitzer e a psicanálise de Freud a Kristeva, passando por Lacan, a proposta da autora é a de articular vivência psíquica com criação estética, mostrando como Bandeira elabora suas perdas e faltas na materialidade do poema. As figuras da ausência são, na interpretação de Yudith Rosenbaum, o núcleo agenciador de uma pulsão criativa capaz de transformar

Manuel Bandeira: uma Poesia da Ausência

Manuel Bandeira: uma Poesia da Ausência

Ano:   Editora: Edusp

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2305 qualificações
R$ 35,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, 210 págs., 16 x 23 cm. Sinopse: O espaço entre o céu e a terra é comparável ao sopro de uma forja: ela é vazia mas não se exaure, em movimento não cessa de produzir.  Com esta epígrafe de Lao-Tsé se inicia um estudo original da poética de Manuel Bandeira, analisada do ponto de vista da linguagem da ausência e da aprendizagem da morte. Trabalhando na intersecção entre a teoria literária predominantemente a estilística de Leo Spitzer e a psicanálise de Freud a Kristeva, passando por Lacan, a proposta da autora é a de articular vivência psíquica com criação estética, mostrando como Bandeira elabora suas perdas e faltas na materialidade do poema. As figuras da ausência são, na interpretação de Yudith Rosenbaum, o núcleo agenciador de uma pulsão criativa capaz de transformar

Manuel Bandeira: Uma Poesia da Ausência Capa ilustrativa

Manuel Bandeira: Uma Poesia da Ausência

Ano:   Editora: Edusp

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2305 qualificações
R$ 35,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 210 p. 16x23 Sinopse: Trabalhando na intersecção entre a teoria literária (predominantemente a estilística de Leo Spitzer) e a psicanálise (de Freud a Kristeva, passando por Lacan), a proposta da autora é a de articular vivência psíquica com criação estética, mostrando como Bandeira elabora suas perdas e faltas na materialidade do poema. As figuras da ausência são, na interpretação de Yudith Rosenbaum, o núcleo agenciador de uma pulsão criativa capaz de transformar a tendência melancólica em luto libertador.

Manuel Bandeira: Uma Poesia da Ausência Capa ilustrativa

Manuel Bandeira: Uma Poesia da Ausência

Ano:   Editora: Edusp

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2305 qualificações
R$ 35,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 210 p. 16x23 Sinopse: Trabalhando na intersecção entre a teoria literária (predominantemente a estilística de Leo Spitzer) e a psicanálise (de Freud a Kristeva, passando por Lacan), a proposta da autora é a de articular vivência psíquica com criação estética, mostrando como Bandeira elabora suas perdas e faltas na materialidade do poema. As figuras da ausência são, na interpretação de Yudith Rosenbaum, o núcleo agenciador de uma pulsão criativa capaz de transformar a tendência melancólica em luto libertador.

Manuel Bandeira: Uma Poesia da Ausência Capa ilustrativa

Manuel Bandeira: Uma Poesia da Ausência

Ano:   Editora: Edusp

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2305 qualificações
R$ 35,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 210 p. 16x23 Sinopse: Trabalhando na intersecção entre a teoria literária (predominantemente a estilística de Leo Spitzer) e a psicanálise (de Freud a Kristeva, passando por Lacan), a proposta da autora é a de articular vivência psíquica com criação estética, mostrando como Bandeira elabora suas perdas e faltas na materialidade do poema. As figuras da ausência são, na interpretação de Yudith Rosenbaum, o núcleo agenciador de uma pulsão criativa capaz de transformar a tendência melancólica em luto libertador.

Manuel Bandeira: Uma Poesia da Ausência Capa ilustrativa

Manuel Bandeira: Uma Poesia da Ausência

Ano:   Editora: Edusp

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2305 qualificações
R$ 35,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 210 p. 16x23 Sinopse: Trabalhando na intersecção entre a teoria literária (predominantemente a estilística de Leo Spitzer) e a psicanálise (de Freud a Kristeva, passando por Lacan), a proposta da autora é a de articular vivência psíquica com criação estética, mostrando como Bandeira elabora suas perdas e faltas na materialidade do poema. As figuras da ausência são, na interpretação de Yudith Rosenbaum, o núcleo agenciador de uma pulsão criativa capaz de transformar a tendência melancólica em luto libertador.

Manuel Bandeira: Uma Poesia da Ausência Capa ilustrativa

Manuel Bandeira: Uma Poesia da Ausência

Ano:   Editora: Edusp

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2305 qualificações
R$ 35,20 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 210 p. 16x23 Sinopse: Trabalhando na intersecção entre a teoria literária (predominantemente a estilística de Leo Spitzer) e a psicanálise (de Freud a Kristeva, passando por Lacan), a proposta da autora é a de articular vivência psíquica com criação estética, mostrando como Bandeira elabora suas perdas e faltas na materialidade do poema. As figuras da ausência são, na interpretação de Yudith Rosenbaum, o núcleo agenciador de uma pulsão criativa capaz de transformar a tendência melancólica em luto libertador.

Manuel Bandeira: uma Poesia da Ausência Capa ilustrativa

Manuel Bandeira: uma Poesia da Ausência

Ano:   Editora: Edusp

Tipo: novo

Local da Cultura Local da Cultura RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
148 qualificações
R$ 37,00 + R$ 10,58 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição 2ª edição de 2002. Livro sem uso, em perfeito estado de conservação !!!

Manuel Bandeira: uma Poesia da Ausência Capa ilustrativa

Manuel Bandeira: uma Poesia da Ausência

Ano:   Editora: Edusp

Tipo: seminovo/usado

Sebo Poesia Sebo Poesia SP - Santo André
98% Positivas
1134 qualificações
R$ 40,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Brochura; Ótimo estado

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro