A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Silencios de Agua e Pedra Capa ilustrativa

Silêncios de Água e Pedra

Wassily Chuck

Silêncios de Água e Pedra traz o esboço de uma tragédia: nenhum diá­logo entre o homem e o mar, além da contemplação; nenhum diálogo entre o homem e os outros homens, além do dizer cotidiano que nada diz – eis o tempo e o espaço do silêncio. O mar, aqui presente, reflui na solidão e na incomunicabilidade, temas predominantes na poiesis subjetiva e delicada do Autor. O "alto-mar da noite, onde gravitam agora os peixes luminosos". O mar que é só silêncio e sombra. O mar que, tantas vezes, se faz em espuma transitória. O mar, “a textura da ausência”... Também a cidade se tinge de cinza. A forma sutil deste Poeta esconde a meio a visão social de que a cidade – este monstro de pedra – impessoaliza e estratifica o homem. Assim, "a cidade te habita, a pedra por dentro, sob a pele, sob a alma", e disso resulta "a solidão dos teus olhos". O mundo das cidades não é, pois, o mundo íntegro, mas aquele que revela as fissuras do sistema. E, metafísica e metaforicamente, esse espaço social é visto "sob a rosa ferida dos astros". Nietzsche fala de um tempo em que "o homem não mais será capaz de dar à luz uma estrela". Para o Poeta, esse tempo chegou. Para ele, recordando Eliot, "o mundo termina sem nenhuma explosão", somente um lamento que ressoa, quase apagado, as águas e nas pedras deste livro. – Milton Torres Fechar Ler mais

Silêncios de Água e Pedra traz o esboço de uma tragédia: nenhum diá­logo entre o homem e o mar, além da contemplação; nenhum diálogo entre o homem e os outros homens, além do dizer cotidiano que nada diz – eis o tempo e o espaço do silêncio. O mar, aqui presente, reflui na solidão e na incomunicabilidade, temas predominantes na poiesis subjetiva e delicada do Autor. O "alto-mar da noite, onde gravitam agora os peixes luminosos". O mar que é só silêncio e sombra. O mar que, tantas vezes, se faz em espuma transitória. O mar, “a textura da ausência”... Também a cidade se tinge de cinza. A forma sutil deste Poeta esconde a meio a visão social de que a cidade – este monstro de pedra – impessoaliza e estratifica o homem. Assim, "a cidade te habita, a pedra por dentro, sob a pele, sob a alma", e disso resulta "a solidão dos teus olhos". O mundo das cidades não é, pois, o mundo íntegro, mas aquele que revela as fissuras do sistema. E, metafísica e metaforicamente, esse espaço social é visto "sob a rosa ferida dos astros". Nietzsche fala de um tempo em que "o homem não mais será capaz de dar à luz uma estrela". Para o Poeta, esse tempo chegou. Para ele, recordando Eliot, "o mundo termina sem nenhuma explosão", somente um lamento que ressoa, quase apagado, as águas e nas pedras deste livro. – Milton Torres Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Silêncios de Água e Pedra

Silêncios de Água e Pedra

Exibindo todas as publicações encontradas. Filtre pelas mais recentesRemover filtro
Silêncios de Água e Pedra

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie Editorial

Tipo: seminovo/usado

Lombadas Sebo Virtual Lombadas Sebo Virtual RJ - Rio de Janeiro
100% Positivas
82 qualificações
R$ 9,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro em bom estado de conservação, sem grifos ou anotações; topo da capa com duas pequenas manchas de umidade; leves sinais de manuseio; capa dura; 137 páginas.

Silêncios de Água e Pedra

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie

Tipo: seminovo/usado

Semeando Livros Semeando Livros SP - São Paulo
90% Positivas
10 qualificações
R$ 15,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição "Livro seminovo em muito bom estado de conservação, com páginas ligeiramente amareladas devido a ação do tempo e carimbo na folha de rosto. Formato 14 x 21, encadernado em capa dura, com 137 pgs. Silêncios de água e pedra traz o esboço de uma tragédia - nenhum diálogo entre o homem e o mar, além da contemplação; nenhum diálogo entre o homem e os outros homens, além do dizer cotidiano que nada diz - eis o tempo e o espaço do silêncio."

Silêncios de Água e Pedra

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie

Tipo: seminovo/usado

Sebo Tambaú Sebo Tambaú MG - Belo Horizonte
100% Positivas
93 qualificações
R$ 15,83 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Paraiba - Livro capa dura semi-novo e com 137 páginas cod. 23080

Silencios de agua e pedra

Silencios de agua e pedra

Ano:   Editora: Atelie

Tipo: seminovo/usado

Crisálida Livraria Crisálida Livraria MG - Belo Horizonte
97% Positivas
310 qualificações
R$ 20,00 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição capa dura original, 140 pgs, muito bom estado, sem anotações ou marcas

Silêncios de Água e Pedra

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie

Tipo: novo

Sebo Líder Sebo Líder PR - Curitiba
99% Positivas
882 qualificações
R$ 20,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo, capa dura, 137 páginas. 23-12-2015 tipo: usado TIPO: USADO CÓDIGO DE BARRAS: 1000209881294

Silêncios de Água e Pedra

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie

Tipo: novo

Sebo Líder Sebo Líder PR - Curitiba
99% Positivas
882 qualificações
R$ 20,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo, capa dura, 137 páginas. 23-12-2015 tipo: usado TIPO: USADO CÓDIGO DE BARRAS: 1000209881300

Silêncios de Água e Pedra

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie

Tipo: novo

Sebo Líder Sebo Líder PR - Curitiba
99% Positivas
882 qualificações
R$ 20,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo, capa dura, 137 páginas. 23-12-2015 tipo: usado TIPO: USADO CÓDIGO DE BARRAS: 1000209881317

Silêncios de Água e Pedra

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie

Tipo: seminovo/usado

Sebo Alternativa Sebo Alternativa SP - São Paulo
98% Positivas
64 qualificações
R$ 24,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição ml1. livro em ótimo estado de conservação.

Silêncios de Água e Pedra

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie

Tipo: novo

Sebo Líder Sebo Líder PR - Curitiba
99% Positivas
882 qualificações
R$ 25,00 + R$ 7,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo. 07/12/2016. TIPO: NOVO ACABAMENTO: Capa Dura CÓDIGO DE BARRAS: 1000216522715

Silêncios de Água e Pedra

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2290 qualificações
R$ 32,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado. Sinopse: Nenhum diálogo entre o homem e o mar, além da contemplação; nenhum diálogo entre os homens urbanos, além do dizer cotidiano que nada diz. A solidão e a incomunicabilidade são os temas predominantes deste livro, que conta com prefácio de Milton Torres. Na subjetiva e delicada prosa poética de Wassily Chuck, são dois os protagonistas dessa tragédia niilista: o mar – que é só silêncio e sombra, “a textura da ausência” – e a cidade – um monstro de pedra visto “sob a rosa ferida dos astros”.

Silêncios de Água e Pedra

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2290 qualificações
R$ 32,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado. Sinopse: Nenhum diálogo entre o homem e o mar, além da contemplação; nenhum diálogo entre os homens urbanos, além do dizer cotidiano que nada diz. A solidão e a incomunicabilidade são os temas predominantes deste livro, que conta com prefácio de Milton Torres. Na subjetiva e delicada prosa poética de Wassily Chuck, são dois os protagonistas dessa tragédia niilista: o mar – que é só silêncio e sombra, “a textura da ausência” – e a cidade – um monstro de pedra visto “sob a rosa ferida dos astros”.

Silêncios de Água e Pedra

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2290 qualificações
R$ 32,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado. Sinopse: Nenhum diálogo entre o homem e o mar, além da contemplação; nenhum diálogo entre os homens urbanos, além do dizer cotidiano que nada diz. A solidão e a incomunicabilidade são os temas predominantes deste livro, que conta com prefácio de Milton Torres. Na subjetiva e delicada prosa poética de Wassily Chuck, são dois os protagonistas dessa tragédia niilista: o mar – que é só silêncio e sombra, “a textura da ausência” – e a cidade – um monstro de pedra visto “sob a rosa ferida dos astros”.

Silêncios de Água e Pedra

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2290 qualificações
R$ 32,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado. Sinopse: Nenhum diálogo entre o homem e o mar, além da contemplação; nenhum diálogo entre os homens urbanos, além do dizer cotidiano que nada diz. A solidão e a incomunicabilidade são os temas predominantes deste livro, que conta com prefácio de Milton Torres. Na subjetiva e delicada prosa poética de Wassily Chuck, são dois os protagonistas dessa tragédia niilista: o mar – que é só silêncio e sombra, “a textura da ausência” – e a cidade – um monstro de pedra visto “sob a rosa ferida dos astros”.

Silêncios de Água e Pedra Capa ilustrativa

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie Editorial

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2290 qualificações
R$ 32,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 144p. 14x21 Sinopse: Nenhum diálogo entre o homem e o mar, além da contemplação; nenhum diálogo entre os homens urbanos, além do dizer cotidiano que nada diz. A solidão e a incomunicabilidade são os temas predominantes deste livro, que conta com prefácio de Milton Torres.

Silêncios de Água e Pedra Capa ilustrativa

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie Editorial

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2290 qualificações
R$ 32,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 144p. 14x21 Sinopse: Nenhum diálogo entre o homem e o mar, além da contemplação; nenhum diálogo entre os homens urbanos, além do dizer cotidiano que nada diz. A solidão e a incomunicabilidade são os temas predominantes deste livro, que conta com prefácio de Milton Torres.

Silêncios de Água e Pedra Capa ilustrativa

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie Editorial

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2290 qualificações
R$ 32,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 144p. 14x21 Sinopse: Nenhum diálogo entre o homem e o mar, além da contemplação; nenhum diálogo entre os homens urbanos, além do dizer cotidiano que nada diz. A solidão e a incomunicabilidade são os temas predominantes deste livro, que conta com prefácio de Milton Torres.

Silêncios de Água e Pedra Capa ilustrativa

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie Editorial

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2290 qualificações
R$ 32,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 144p. 14x21 Sinopse: Nenhum diálogo entre o homem e o mar, além da contemplação; nenhum diálogo entre os homens urbanos, além do dizer cotidiano que nada diz. A solidão e a incomunicabilidade são os temas predominantes deste livro, que conta com prefácio de Milton Torres.

Silêncios de Água e Pedra Capa ilustrativa

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie Editorial

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2290 qualificações
R$ 32,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 144p. 14x21 Sinopse: Nenhum diálogo entre o homem e o mar, além da contemplação; nenhum diálogo entre os homens urbanos, além do dizer cotidiano que nada diz. A solidão e a incomunicabilidade são os temas predominantes deste livro, que conta com prefácio de Milton Torres.

Silêncios de Água e Pedra Capa ilustrativa

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie Editorial

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2290 qualificações
R$ 32,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 144p. 14x21 Sinopse: Nenhum diálogo entre o homem e o mar, além da contemplação; nenhum diálogo entre os homens urbanos, além do dizer cotidiano que nada diz. A solidão e a incomunicabilidade são os temas predominantes deste livro, que conta com prefácio de Milton Torres.

Silêncios de Água e Pedra Capa ilustrativa

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie Editorial

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2290 qualificações
R$ 32,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 144p. 14x21 Sinopse: Nenhum diálogo entre o homem e o mar, além da contemplação; nenhum diálogo entre os homens urbanos, além do dizer cotidiano que nada diz. A solidão e a incomunicabilidade são os temas predominantes deste livro, que conta com prefácio de Milton Torres.

Silêncios de Água e Pedra Capa ilustrativa

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie Editorial

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2290 qualificações
R$ 32,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 144p. 14x21 Sinopse: Nenhum diálogo entre o homem e o mar, além da contemplação; nenhum diálogo entre os homens urbanos, além do dizer cotidiano que nada diz. A solidão e a incomunicabilidade são os temas predominantes deste livro, que conta com prefácio de Milton Torres.

Silêncios de Água e Pedra Capa ilustrativa

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie Editorial

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2290 qualificações
R$ 32,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 144p. 14x21 Sinopse: Nenhum diálogo entre o homem e o mar, além da contemplação; nenhum diálogo entre os homens urbanos, além do dizer cotidiano que nada diz. A solidão e a incomunicabilidade são os temas predominantes deste livro, que conta com prefácio de Milton Torres.

Silêncios de Água e Pedra Capa ilustrativa

Silêncios de Água e Pedra

Ano:   Editora: Atelie Editorial

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2290 qualificações
R$ 32,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 144p. 14x21 Sinopse: Nenhum diálogo entre o homem e o mar, além da contemplação; nenhum diálogo entre os homens urbanos, além do dizer cotidiano que nada diz. A solidão e a incomunicabilidade são os temas predominantes deste livro, que conta com prefácio de Milton Torres.

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro