A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Contos de Kolima Capa ilustrativa

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

O Artista da Pá Contos de Kolimá 3

O Artista da Pá Contos de Kolimá 3

O Artista da Pá Contos de Kolimá 3

O Artista da Pá Contos de Kolimá 3

Ano:   Editora: 34

Tipo: seminovo/usado

Francisco Gustavo2 Francisco Gustavo2 SP - São Paulo
100% Positivas
2 qualificações
R$ 35,00 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro semi-novo, sem rasuras sem defeitos, sem grifos.

Contos de Kolima

Contos de Kolima

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Compre Livros Compre Livros SP - São Paulo
95% Positivas
498 qualificações
R$ 44,25 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Entre o final dos anos 1920 e o pós-guerra, milhões de pessoas foram deportadas e morreram nos campos de trabalhos forçados soviéticos. Em Kolimá, região desolada no nordeste da Sibéria, "onde um cuspe congela no ar antes de tocar a terra", localizavam-se alguns desses campos, e num deles o escritor russo Varlam Chalámov (1907-1982) cumpriu pena por quase duas décadas, cavando buracos, abrindo estradas e quebrando pedras. Ao final desse período, retorna a Moscou e já no ano seguinte começa a escrever sua obra-prima, os Contos de Kolimá. Após este primeiro volume se seguiram mais cinco, constituindo uma obra monumental, com mais de 2 mil páginas, trabalho que lhe tomaria outros vinte anos e no qual a escavação profunda da memória, o relato autobiográfico sem floreios, é acompanhado a cada p

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: Ed 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2453 qualificações
R$ 44,30 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 304 p. - 14 x 21 cm ISBN 978-85-7326-582-8 Sinopse: Em Kolimá, região desolada no extremo leste da Sibéria, onde as temperaturas alcançam 60 graus negativos, localizavam-se alguns dos campos de trabalhos forçados mais terríveis da era stalinista. Foi aí que o escritor russo Varlam Chalámov 1907-1982 cumpriu a maior parte de sua pena de quase vinte anos, trabalhando até 16 horas por dia em minas de ouro e carvão, constantemente doente e subnutrido. nome completo do autor: Varlam Chalámov / Denise Sales e Elena Vasilevich - trad.;

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: Ed 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2453 qualificações
R$ 44,30 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 304 p. - 14 x 21 cm ISBN 978-85-7326-582-8 Sinopse: Em Kolimá, região desolada no extremo leste da Sibéria, onde as temperaturas alcançam 60 graus negativos, localizavam-se alguns dos campos de trabalhos forçados mais terríveis da era stalinista. Foi aí que o escritor russo Varlam Chalámov 1907-1982 cumpriu a maior parte de sua pena de quase vinte anos, trabalhando até 16 horas por dia em minas de ouro e carvão, constantemente doente e subnutrido. nome completo do autor: Varlam Chalámov / Denise Sales e Elena Vasilevich - trad.;

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: Ed 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2453 qualificações
R$ 44,30 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. 304 p. - 14 x 21 cm ISBN 978-85-7326-582-8 Sinopse: Em Kolimá, região desolada no extremo leste da Sibéria, onde as temperaturas alcançam 60 graus negativos, localizavam-se alguns dos campos de trabalhos forçados mais terríveis da era stalinista. Foi aí que o escritor russo Varlam Chalámov 1907-1982 cumpriu a maior parte de sua pena de quase vinte anos, trabalhando até 16 horas por dia em minas de ouro e carvão, constantemente doente e subnutrido. nome completo do autor: Varlam Chalámov / Denise Sales e Elena Vasilevich - trad.;

O Artista da Pá Contos de Kolimá 3

O Artista da Pá Contos de Kolimá 3

Ano:   Editora: Unesp

Tipo: novo

Armani Armani PR - Curitiba
90% Positivas
40 qualificações
R$ 45,45 Frete grátis Comprar ler descrição ocultar

Descrição Do comboio de prisioneiros que o levou até o campo de Víchera, nos Montes Urais, em 1929, até a longa viagem de trem de Irkutsk a Moscou, em 1953, quando ele finalmente retorna de seu calvário nas geladas minas de Kolimá, no leste da Sibéria, Varlam Chalámov registra, nos 28 contos de O artista da pá, a luta pela sobrevivência no contexto de uma das maiores tragédias da humanidade- os campos de trabalhos forçados na União Soviética stalinista, onde morreram milhões de pessoas. Enquanto alguns autores da literatura de testemunho, como Soljenítsin, buscam um retrato abrangente e moralizante do ocorrido, pregando a redenção por meio do sofrimento, Chalámov vai na direção oposta- sua narrativa seca e objetiva, de ascendência tchekhoviana, expõe os detalhes de cada situação vivida por ele e se

O Artista da Pá Contos de Kolimá 3

O Artista da Pá Contos de Kolimá 3

Ano:   Editora: Unesp

Tipo: novo

Armani Armani PR - Curitiba
90% Positivas
40 qualificações
R$ 45,45 Frete grátis Comprar ler descrição ocultar

Descrição Do comboio de prisioneiros que o levou até o campo de Víchera, nos Montes Urais, em 1929, até a longa viagem de trem de Irkutsk a Moscou, em 1953, quando ele finalmente retorna de seu calvário nas geladas minas de Kolimá, no leste da Sibéria, Varlam Chalámov registra, nos 28 contos de O artista da pá, a luta pela sobrevivência no contexto de uma das maiores tragédias da humanidade- os campos de trabalhos forçados na União Soviética stalinista, onde morreram milhões de pessoas. Enquanto alguns autores da literatura de testemunho, como Soljenítsin, buscam um retrato abrangente e moralizante do ocorrido, pregando a redenção por meio do sofrimento, Chalámov vai na direção oposta- sua narrativa seca e objetiva, de ascendência tchekhoviana, expõe os detalhes de cada situação vivida por ele e se

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2453 qualificações
R$ 47,20 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Sinopse: Em Kolimá, região desolada no extremo leste da Sibéria, onde as temperaturas alcançam 60 graus negativos, localizavam-se alguns dos campos de trabalhos forçados mais terríveis da era stalinista. Foi aí que o escritor russo Varlam Chalámov 1907-1982 cumpriu a maior parte de sua pena de quase vinte anos, trabalhando até 16 horas por dia em minas de ouro e carvão, constantemente doente e subnutrido. Ao final desse período, retorna a Moscou e, no ano seguinte, começa a escrever sua obra monumental: as mais de 2 mil páginas dos Contos de Kolimá - divididos em seis volumes, conforme organização concebida pelo autor -, trabalho que lhe tomaria outros vinte anos e no qual a escavação profunda da memória, o relato autobiográfico sem floreios, são acompanhados a cada passo po

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2453 qualificações
R$ 47,20 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Sinopse: Em Kolimá, região desolada no extremo leste da Sibéria, onde as temperaturas alcançam 60 graus negativos, localizavam-se alguns dos campos de trabalhos forçados mais terríveis da era stalinista. Foi aí que o escritor russo Varlam Chalámov 1907-1982 cumpriu a maior parte de sua pena de quase vinte anos, trabalhando até 16 horas por dia em minas de ouro e carvão, constantemente doente e subnutrido. Ao final desse período, retorna a Moscou e, no ano seguinte, começa a escrever sua obra monumental: as mais de 2 mil páginas dos Contos de Kolimá - divididos em seis volumes, conforme organização concebida pelo autor -, trabalho que lhe tomaria outros vinte anos e no qual a escavação profunda da memória, o relato autobiográfico sem floreios, são acompanhados a cada passo po

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2453 qualificações
R$ 47,20 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Sinopse: Em Kolimá, região desolada no extremo leste da Sibéria, onde as temperaturas alcançam 60 graus negativos, localizavam-se alguns dos campos de trabalhos forçados mais terríveis da era stalinista. Foi aí que o escritor russo Varlam Chalámov 1907-1982 cumpriu a maior parte de sua pena de quase vinte anos, trabalhando até 16 horas por dia em minas de ouro e carvão, constantemente doente e subnutrido. Ao final desse período, retorna a Moscou e, no ano seguinte, começa a escrever sua obra monumental: as mais de 2 mil páginas dos Contos de Kolimá - divididos em seis volumes, conforme organização concebida pelo autor -, trabalho que lhe tomaria outros vinte anos e no qual a escavação profunda da memória, o relato autobiográfico sem floreios, são acompanhados a cada passo po

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2453 qualificações
R$ 47,20 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Sinopse: Em Kolimá, região desolada no extremo leste da Sibéria, onde as temperaturas alcançam 60 graus negativos, localizavam-se alguns dos campos de trabalhos forçados mais terríveis da era stalinista. Foi aí que o escritor russo Varlam Chalámov 1907-1982 cumpriu a maior parte de sua pena de quase vinte anos, trabalhando até 16 horas por dia em minas de ouro e carvão, constantemente doente e subnutrido. Ao final desse período, retorna a Moscou e, no ano seguinte, começa a escrever sua obra monumental: as mais de 2 mil páginas dos Contos de Kolimá - divididos em seis volumes, conforme organização concebida pelo autor -, trabalho que lhe tomaria outros vinte anos e no qual a escavação profunda da memória, o relato autobiográfico sem floreios, são acompanhados a cada passo po

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2453 qualificações
R$ 47,20 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Sinopse: Em Kolimá, região desolada no extremo leste da Sibéria, onde as temperaturas alcançam 60 graus negativos, localizavam-se alguns dos campos de trabalhos forçados mais terríveis da era stalinista. Foi aí que o escritor russo Varlam Chalámov 1907-1982 cumpriu a maior parte de sua pena de quase vinte anos, trabalhando até 16 horas por dia em minas de ouro e carvão, constantemente doente e subnutrido. Ao final desse período, retorna a Moscou e, no ano seguinte, começa a escrever sua obra monumental: as mais de 2 mil páginas dos Contos de Kolimá - divididos em seis volumes, conforme organização concebida pelo autor -, trabalho que lhe tomaria outros vinte anos e no qual a escavação profunda da memória, o relato autobiográfico sem floreios, são acompanhados a cada passo po

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2453 qualificações
R$ 47,20 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Sinopse: Em Kolimá, região desolada no extremo leste da Sibéria, onde as temperaturas alcançam 60 graus negativos, localizavam-se alguns dos campos de trabalhos forçados mais terríveis da era stalinista. Foi aí que o escritor russo Varlam Chalámov 1907-1982 cumpriu a maior parte de sua pena de quase vinte anos, trabalhando até 16 horas por dia em minas de ouro e carvão, constantemente doente e subnutrido. Ao final desse período, retorna a Moscou e, no ano seguinte, começa a escrever sua obra monumental: as mais de 2 mil páginas dos Contos de Kolimá - divididos em seis volumes, conforme organização concebida pelo autor -, trabalho que lhe tomaria outros vinte anos e no qual a escavação profunda da memória, o relato autobiográfico sem floreios, são acompanhados a cada passo po

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2453 qualificações
R$ 47,20 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: Em Kolimá, região desolada no extremo leste da Sibéria, onde as temperaturas alcançam 60 graus negativos, localizavam-se alguns dos campos de trabalhos forçados mais terríveis da era stalinista. Foi aí que o escritor russo Varlam Chalámov 1907-1982 cumpriu a maior parte de sua pena de quase vinte anos, trabalhando até 16 horas por dia em minas de ouro e carvão, constantemente doente e subnutrido. Ao final desse período, retorna a Moscou e, no ano seguinte, começa a escrever sua obra monumental: as mais de 2 mil páginas dos Contos de Kolimá - divididos em seis volumes, conforme organização concebida pelo autor -, trabalho que lhe tomaria outros vinte anos e no qual a escavação profunda da memória, o relato autobiográfico sem floreios, são acompanhados a cada

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2453 qualificações
R$ 47,20 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: Em Kolimá, região desolada no extremo leste da Sibéria, onde as temperaturas alcançam 60 graus negativos, localizavam-se alguns dos campos de trabalhos forçados mais terríveis da era stalinista. Foi aí que o escritor russo Varlam Chalámov 1907-1982 cumpriu a maior parte de sua pena de quase vinte anos, trabalhando até 16 horas por dia em minas de ouro e carvão, constantemente doente e subnutrido. Ao final desse período, retorna a Moscou e, no ano seguinte, começa a escrever sua obra monumental: as mais de 2 mil páginas dos Contos de Kolimá - divididos em seis volumes, conforme organização concebida pelo autor -, trabalho que lhe tomaria outros vinte anos e no qual a escavação profunda da memória, o relato autobiográfico sem floreios, são acompanhados a cada

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2453 qualificações
R$ 47,20 + R$ 9,26 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: Em Kolimá, região desolada no extremo leste da Sibéria, onde as temperaturas alcançam 60 graus negativos, localizavam-se alguns dos campos de trabalhos forçados mais terríveis da era stalinista. Foi aí que o escritor russo Varlam Chalámov 1907-1982 cumpriu a maior parte de sua pena de quase vinte anos, trabalhando até 16 horas por dia em minas de ouro e carvão, constantemente doente e subnutrido. Ao final desse período, retorna a Moscou e, no ano seguinte, começa a escrever sua obra monumental: as mais de 2 mil páginas dos Contos de Kolimá - divididos em seis volumes, conforme organização concebida pelo autor -, trabalho que lhe tomaria outros vinte anos e no qual a escavação profunda da memória, o relato autobiográfico sem floreios, são acompanhados a cada

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Sapere Aude Livros Sapere Aude Livros RS - Porto Alegre
98% Positivas
120 qualificações
R$ 49,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Novo.

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Sapere Aude Livros Sapere Aude Livros RS - Porto Alegre
98% Positivas
120 qualificações
R$ 49,00 + R$ 8,21 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Novo.

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Sociedade dos Livros Sociedade dos Livros SP - São Paulo
97% Positivas
570 qualificações
R$ 50,00 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo, nunca manuseado. Entre o final dos anos 1920 e o pós-guerra, milhões de pessoas foram deportadas e morreram nos campos de trabalhos forçados soviéticos. Em Kolimá, região desolada no nordeste da Sibéria, "onde um cuspe congela no ar antes de tocar a terra", localizavam-se alguns desses campos, e num deles o escritor russo Varlam Chalámov 1907-1982

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Sociedade dos Livros Sociedade dos Livros SP - São Paulo
97% Positivas
570 qualificações
R$ 50,00 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo, nunca manuseado. Entre o final dos anos 1920 e o pós-guerra, milhões de pessoas foram deportadas e morreram nos campos de trabalhos forçados soviéticos. Em Kolimá, região desolada no nordeste da Sibéria, "onde um cuspe congela no ar antes de tocar a terra", localizavam-se alguns desses campos, e num deles o escritor russo Varlam Chalámov 1907-1982

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Sociedade dos Livros Sociedade dos Livros SP - São Paulo
97% Positivas
570 qualificações
R$ 50,00 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição livro novo, nunca manuseado. Entre o final dos anos 1920 e o pós-guerra, milhões de pessoas foram deportadas e morreram nos campos de trabalhos forçados soviéticos. Em Kolimá, região desolada no nordeste da Sibéria, "onde um cuspe congela no ar antes de tocar a terra", localizavam-se alguns desses campos, e num deles o escritor russo Varlam Chalámov 1907-1982

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: 34trintaequarto

Tipo: novo

Sociedade dos Livros Sociedade dos Livros SP - São Paulo
97% Positivas
570 qualificações
R$ 50,00 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo adquirido diretamente da editora

Contos de Kolimá

Contos de Kolimá

Ano:   Editora: 34trintaequarto

Tipo: novo

Sociedade dos Livros Sociedade dos Livros SP - São Paulo
97% Positivas
570 qualificações
R$ 50,00 + R$ 10,95 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo adquirido diretamente da editora

Contos de Kolimá Vol. 1

Contos de Kolimá Vol. 1

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Armani Armani PR - Curitiba
90% Positivas
40 qualificações
R$ 50,50 Frete grátis Comprar ler descrição ocultar

Descrição Entre o final dos anos 1920 e o pós-guerra, milhões de pessoas foram deportadas e morreram nos campos de trabalhos forçados soviéticos. Em Kolimá, região desolada no nordeste da Sibéria, “onde um cuspe congela no ar antes de tocar a terra”, localizavam-se alguns desses campos, e num deles o escritor russo Varlam Chalámov (1907-1982) cumpriu pena por quase duas décadas, cavando buracos, abrindo estradas e quebrando pedras. Ao final desse período, retorna a Moscou e já no ano seguinte começa a escrever sua obra-prima, os Contos de Kolimá. Após este primeiro volume se seguiram mais cinco, constituindo uma obra monumental, com mais de 2 mil páginas, trabalho que lhe tomaria outros vinte anos e no qual a escavação profunda da memória, o relato autobiográfico sem floreios, é acompanhado...

Contos de Kolimá Vol. 1

Contos de Kolimá Vol. 1

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Armani Armani PR - Curitiba
90% Positivas
40 qualificações
R$ 50,50 Frete grátis Comprar ler descrição ocultar

Descrição Entre o final dos anos 1920 e o pós-guerra, milhões de pessoas foram deportadas e morreram nos campos de trabalhos forçados soviéticos. Em Kolimá, região desolada no nordeste da Sibéria, “onde um cuspe congela no ar antes de tocar a terra”, localizavam-se alguns desses campos, e num deles o escritor russo Varlam Chalámov (1907-1982) cumpriu pena por quase duas décadas, cavando buracos, abrindo estradas e quebrando pedras. Ao final desse período, retorna a Moscou e já no ano seguinte começa a escrever sua obra-prima, os Contos de Kolimá. Após este primeiro volume se seguiram mais cinco, constituindo uma obra monumental, com mais de 2 mil páginas, trabalho que lhe tomaria outros vinte anos e no qual a escavação profunda da memória, o relato autobiográfico sem floreios, é acompanhado...

O artista da pá: Contos de Kolimá 3

O artista da pá: Contos de Kolimá 3

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2453 qualificações
R$ 51,00 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. N60994. Sinopse: Do comboio de prisioneiros que o levou até o campo de Víchera, nos Montes Urais, em 1929, até a longa viagem de trem de Irkutsk a Moscou, em 1953, quando ele finalmente retorna de seu calvário nas geladas minas de Kolimá, no leste da Sibéria, Varlam Chalámov registra, nos 28 contos de O artista da pá, a luta pela sobrevivência no contexto de uma das maiores tragédias da humanidade: os campos de trabalhos forçados na União Soviética stalinista, onde morreram milhões de pessoas. Enquanto alguns autores da literatura de testemunho, como Soljenítsin, buscam um retrato abrangente e moralizante do ocorrido, pregando a redenção por meio do sofrimento, Chalámov vai na direção oposta: sua narrativa seca e objetiva, de ascendência tchekhoviana, expõe os detalhe

Contos de Kolimá  1

Contos de Kolimá 1

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Sebo do Bac Sebo do Bac SP - São Paulo
100% Positivas
197 qualificações
R$ 51,92 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo ! Entre o final dos anos 1920 e o pós-guerra, milhões de pessoas foram deportadas e morreram nos campos de trabalhos forçados soviéticos. Em Kolimá, região desolada no nordeste da Sibéria, "onde um cuspe congela no ar antes de tocar a terra", localizavam-se alguns desses campos, e num deles o escritor russo Varlam Chalámov (1907-1982) cumpriu pena por quase duas décadas, cavando buracos, abrindo estradas e quebrando pedras. Ao final desse período, retorna a Moscou e já no ano seguinte começa a escrever sua obra-prima, os Contos de Kolimá. Após este primeiro volume se seguiram mais cinco, constituindo uma obra monumental, com mais de 2 mil páginas, trabalho que lhe tomaria outros vinte anos e no qual a escavação profunda da memória, o relato autobiográfico sem floreios, é acompan

Contos de Kolimá  1

Contos de Kolimá 1

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Sebo do Bac Sebo do Bac SP - São Paulo
100% Positivas
197 qualificações
R$ 51,92 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo ! Entre o final dos anos 1920 e o pós-guerra, milhões de pessoas foram deportadas e morreram nos campos de trabalhos forçados soviéticos. Em Kolimá, região desolada no nordeste da Sibéria, "onde um cuspe congela no ar antes de tocar a terra", localizavam-se alguns desses campos, e num deles o escritor russo Varlam Chalámov (1907-1982) cumpriu pena por quase duas décadas, cavando buracos, abrindo estradas e quebrando pedras. Ao final desse período, retorna a Moscou e já no ano seguinte começa a escrever sua obra-prima, os Contos de Kolimá. Após este primeiro volume se seguiram mais cinco, constituindo uma obra monumental, com mais de 2 mil páginas, trabalho que lhe tomaria outros vinte anos e no qual a escavação profunda da memória, o relato autobiográfico sem floreios, é acompan

Contos de Kolimá  1

Contos de Kolimá 1

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Sebo do Bac Sebo do Bac SP - São Paulo
100% Positivas
197 qualificações
R$ 51,92 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo ! Entre o final dos anos 1920 e o pós-guerra, milhões de pessoas foram deportadas e morreram nos campos de trabalhos forçados soviéticos. Em Kolimá, região desolada no nordeste da Sibéria, "onde um cuspe congela no ar antes de tocar a terra", localizavam-se alguns desses campos, e num deles o escritor russo Varlam Chalámov (1907-1982) cumpriu pena por quase duas décadas, cavando buracos, abrindo estradas e quebrando pedras. Ao final desse período, retorna a Moscou e já no ano seguinte começa a escrever sua obra-prima, os Contos de Kolimá. Após este primeiro volume se seguiram mais cinco, constituindo uma obra monumental, com mais de 2 mil páginas, trabalho que lhe tomaria outros vinte anos e no qual a escavação profunda da memória, o relato autobiográfico sem floreios, é acompan

Contos de Kolimá  1

Contos de Kolimá 1

Ano:   Editora: 34

Tipo: novo

Sebo do Bac Sebo do Bac SP - São Paulo
100% Positivas
197 qualificações
R$ 51,92 + R$ 9,63 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo ! Entre o final dos anos 1920 e o pós-guerra, milhões de pessoas foram deportadas e morreram nos campos de trabalhos forçados soviéticos. Em Kolimá, região desolada no nordeste da Sibéria, "onde um cuspe congela no ar antes de tocar a terra", localizavam-se alguns desses campos, e num deles o escritor russo Varlam Chalámov (1907-1982) cumpriu pena por quase duas décadas, cavando buracos, abrindo estradas e quebrando pedras. Ao final desse período, retorna a Moscou e já no ano seguinte começa a escrever sua obra-prima, os Contos de Kolimá. Após este primeiro volume se seguiram mais cinco, constituindo uma obra monumental, com mais de 2 mil páginas, trabalho que lhe tomaria outros vinte anos e no qual a escavação profunda da memória, o relato autobiográfico sem floreios, é acompan

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro