A Compra Garantida Estante Virtual é uma garantia de que você receberá a encomenda ou o reembolso do valor da sua compra. Saiba mais aqui.

  • 1.350 sebos e livreiros
  • Qualificações positivas dos livreiros
  • Maior acervo do mundo em língua portuguesa
filtros
Os Perigos do Mercado Planetario Capa ilustrativa

Os Perigos do Mercado Planetário

Serge Latouche

A mundialização, ou como dizem os anglo-saxónicos - a "globalização", é um conceito que está na moda. É uma imposição das evoluções recentes; faz parte do espírito do tempo. Em alguns anos, ou mesmo em alguns meses, todos os problemas se tornaram "globais": as finanças e os câmbios económicos, claro está, mas também o ambiente, as técnicas, a comunicação, a publicidade, a cultura e até a política. A mundialização, sob a aparência de uma constatação de facto, é também um slogan que incita a agir no sentido de uma transformação inevitável, a de uma total mercantilização da vida. Retomado instintivamente pelos "novos senhores do mundo", este vocábulo está longe de ser inocente: deixa entender que se estaria perante um processo anónimo e universal benéfico à humanidade e que não está envolvida no tipo de empresa desejada por alguns que, para seu proveito, apresenta riscos enormes e perigos consideráveis para todos. Aquilo a que se pode chamar, de facto, uma "nova mundialização" cobre quatro fenómenos ligados, que são: a transnacionalização das empresas, a debilidade das regulações estatais a ocidente, o domínio da finança sobre a economia e o desmoronamento da economia planificada a leste. O espectro que ameaça doravante o mundo já não é o do comunismo de 1848, mas o do velho liberalismo do século XVIII. Esta "mercantilização" do mundo destrói o Estado-nação e esvazia a política da sua substância, faz pesar enormes ameaças sobre o meio ambiente, corrompe a ética e destrói as culturas. Por conseguinte, as esperanças de recomposição do tecido social só podem derivar da reinserção da economia no social. SERGE LATOUCHE é professor de Economia na Universidade Paris XI. Dirige um seminário sobre as relações entre a cultura, a técnica e o desenvolvimento no Instituto de Estudo do Desenvolvimento Económico e Social da Universidade Paris I. Especialista nas relações económicas e culturais Norte/Sul, Serge Latouche é um dos principais fundadores e animadores do MAUSS (Movimento Antiutilitarismo nas Ciências Sociais). Fechar Ler mais

A mundialização, ou como dizem os anglo-saxónicos - a "globalização", é um conceito que está na moda. É uma imposição das evoluções recentes; faz parte do espírito do tempo. Em alguns anos, ou mesmo em alguns meses, todos os problemas se tornaram "globais": as finanças e os câmbios económicos, claro está, mas também o ambiente, as técnicas, a comunicação, a publicidade, a cultura e até a política. A mundialização, sob a aparência de uma constatação de facto, é também um slogan que incita a agir no sentido de uma transformação inevitável, a de uma total mercantilização da vida. Retomado instintivamente pelos "novos senhores do mundo", este vocábulo está longe de ser inocente: deixa entender que se estaria perante um processo anónimo e universal benéfico à humanidade e que não está envolvida no tipo de empresa desejada por alguns que, para seu proveito, apresenta riscos enormes e perigos consideráveis para todos. Aquilo a que se pode chamar, de facto, uma "nova mundialização" cobre quatro fenómenos ligados, que são: a transnacionalização das empresas, a debilidade das regulações estatais a ocidente, o domínio da finança sobre a economia e o desmoronamento da economia planificada a leste. O espectro que ameaça doravante o mundo já não é o do comunismo de 1848, mas o do velho liberalismo do século XVIII. Esta "mercantilização" do mundo destrói o Estado-nação e esvazia a política da sua substância, faz pesar enormes ameaças sobre o meio ambiente, corrompe a ética e destrói as culturas. Por conseguinte, as esperanças de recomposição do tecido social só podem derivar da reinserção da economia no social. SERGE LATOUCHE é professor de Economia na Universidade Paris XI. Dirige um seminário sobre as relações entre a cultura, a técnica e o desenvolvimento no Instituto de Estudo do Desenvolvimento Económico e Social da Universidade Paris I. Especialista nas relações económicas e culturais Norte/Sul, Serge Latouche é um dos principais fundadores e animadores do MAUSS (Movimento Antiutilitarismo nas Ciências Sociais). Fechar Ler mais

Estatísticas de venda deste livro

Último vendido Nos últimos 3 meses
Vendidos
Preço médio R$ " + data.stats.mean + "
Menor preço R$ " + data.stats.min + "
Maior preço R$ " + data.stats.max + "

Esta informação aparece apenas para usuários logados como livreiros.

Os Perigos do Mercado Planetário

Os Perigos do Mercado Planetário

Os Perigos do Mercado Planetário

Os Perigos do Mercado Planetário

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2451 qualificações
R$ 23,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Economia e Política 59.

Os Perigos do Mercado Planetário

Os Perigos do Mercado Planetário

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2451 qualificações
R$ 23,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Economia e Política 59.

Os Perigos do Mercado Planetário

Os Perigos do Mercado Planetário

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2451 qualificações
R$ 23,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Economia e Política 59.

Os Perigos do Mercado Planetário

Os Perigos do Mercado Planetário

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2451 qualificações
R$ 23,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Coleção Economia e Política nº 59

Os Perigos do Mercado Planetário

Os Perigos do Mercado Planetário

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2451 qualificações
R$ 23,00 + R$ 6,74 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo! Economia e Política 59.

Os Perigos do Mercado Planetário

Os Perigos do Mercado Planetário

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2451 qualificações
R$ 24,40 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado. Sinopse: A mundialização, ou como dizem os anglo-saxónicos - a "globalização", é um conceito que está na moda. É uma imposição das evoluções recentes; faz parte do espírito do tempo. Em alguns anos, ou mesmo em alguns meses, todos os problemas se tornaram "globais": as finanças e os cmbios económicos, claro está, mas também o ambiente, as técnicas, a comunicação, a publicidade, a cultura e até a política. A mundialização, sob a aparência de uma constatação de facto, é também um slogan que incita a agir no sentido de uma transformação inevitável, a de uma total mercantilização da vida. Retomado instintivamente pelos "novos senhores do mundo", este vocábulo está longe de ser inocente: deixa entender que se estaria pera

Os Perigos do Mercado Planetário

Os Perigos do Mercado Planetário

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2451 qualificações
R$ 24,40 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo, lacrado. Sinopse: A mundialização, ou como dizem os anglo-saxónicos - a "globalização", é um conceito que está na moda. É uma imposição das evoluções recentes; faz parte do espírito do tempo. Em alguns anos, ou mesmo em alguns meses, todos os problemas se tornaram "globais": as finanças e os cmbios económicos, claro está, mas também o ambiente, as técnicas, a comunicação, a publicidade, a cultura e até a política. A mundialização, sob a aparência de uma constatação de facto, é também um slogan que incita a agir no sentido de uma transformação inevitável, a de uma total mercantilização da vida. Retomado instintivamente pelos "novos senhores do mundo", este vocábulo está longe de ser inocente: deixa entender que se estaria pera

Os Perigos do Mercado Planetário

Os Perigos do Mercado Planetário

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2451 qualificações
R$ 27,90 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: A mundialização, ou como dizem os anglo-saxónicos - a globalização, é um conceito que está na moda. É uma imposição das evoluções recentes; faz parte do espírito do tempo. Em alguns anos, ou mesmo em alguns meses, todos os problemas se tornaram globais: as finanças e os cmbios económicos, claro está, mas também o ambiente, as técnicas, a comunicação, a publicidade, a cultura e até a política. A mundialização, sob a aparência de uma constatação de facto, é também um slogan que incita a agir no sentido de uma transformação inevitável, a de uma total mercantilização da vida. Retomado instintivamente pelos novos senhores do mundo, este vocábulo está longe de ser inocente: deixa entender que se estaria perante um processo anónimo e universal benéfico à h

Os Perigos do Mercado Planetário

Os Perigos do Mercado Planetário

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2451 qualificações
R$ 27,90 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: A mundialização, ou como dizem os anglo-saxónicos - a globalização, é um conceito que está na moda. É uma imposição das evoluções recentes; faz parte do espírito do tempo. Em alguns anos, ou mesmo em alguns meses, todos os problemas se tornaram globais: as finanças e os cmbios económicos, claro está, mas também o ambiente, as técnicas, a comunicação, a publicidade, a cultura e até a política. A mundialização, sob a aparência de uma constatação de facto, é também um slogan que incita a agir no sentido de uma transformação inevitável, a de uma total mercantilização da vida. Retomado instintivamente pelos novos senhores do mundo, este vocábulo está longe de ser inocente: deixa entender que se estaria perante um processo anónimo e universal benéfico à h

Os Perigos do Mercado Planetário

Os Perigos do Mercado Planetário

Ano:   Editora: Instituto Piaget

Tipo: novo

Flanarte Flanarte SP - São Paulo
99% Positivas
2451 qualificações
R$ 27,90 + R$ 7,68 de frete Comprar ler descrição ocultar

Descrição Livro novo. Sinopse: A mundialização, ou como dizem os anglo-saxónicos - a globalização, é um conceito que está na moda. É uma imposição das evoluções recentes; faz parte do espírito do tempo. Em alguns anos, ou mesmo em alguns meses, todos os problemas se tornaram globais: as finanças e os cmbios económicos, claro está, mas também o ambiente, as técnicas, a comunicação, a publicidade, a cultura e até a política. A mundialização, sob a aparência de uma constatação de facto, é também um slogan que incita a agir no sentido de uma transformação inevitável, a de uma total mercantilização da vida. Retomado instintivamente pelos novos senhores do mundo, este vocábulo está longe de ser inocente: deixa entender que se estaria perante um processo anónimo e universal benéfico à h

Avaliações do livro

Ainda não há avaliações para este título, seja o primeiro a avaliar.

Avalie o livro